.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Lenda Chinesa

Certo dia, perguntaram a um vidente chinês qual a diferença entre o céu e o inferno. Ele respondeu que, na verdade, a diferença era muito sutil, mas de grandes conseqüências.

- Vi uma porção de arroz preparada como alimento e, em torno dela, uma grande quantidade de homens tristes e famintos que não se podiam aproximar da mesma; todos eles possuíam palitos chineses de 2,5 a 3m que poderiam atingir a porção; todavia, quando tentavam levar os palitos com arroz à boca, não conseguiam, porque os palitos mediam de 2,5 a 3m. Isto era o INFERNO.

- Vi uma porção de arroz preparada como alimento e, em torno dela, uma grande quantidade de homens alegres e sorridentes que não se podiam aproximar da mesma; todos eles possuíam palitos chineses de 2,5 a 3m que podiam atingir a porção; todavia, em vez de tentarem levar os palitos à própria boca, serviam-se uns aos outros, saciando, assim, a fome. Isto era o CÉU.

“Autor desconhecido”

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Bons sonhos...
Publicado por Viktor às 23:50
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2008

O Reiki na Actualidade (cont.)

O Reiki encontra-se hoje em dia difundido pelos cinco continentes. Nalguns países foi até já adoptado pelo sistema nacional de saúde, tais como Estados Unidos da América e Inglaterra [UK NHS (National Health Care do Reino Unido) inclui o Reiki no CAM (Complementary Alternative Medicine - programa de acompanhamento de pacientes internados ou em tratamento nos hospitais britânicos)]. Na nossa vizinha Espanha, como já tinha referido no post anterior, estão a ser efectuados os estudos necessários para elaboração da regulamentação necessária à inserção do Reiki como prática complementar hospitalar. Em Portugal a Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama (organização sem fins lucrativos), tem vindo a promover actividades ocupacionais para os seus associados, de entre as quais destaco o Reiki.

Nos EUA, no ano de 2003, Miles P. realizou um estudo utilizando o Reiki com o objectivo de diminuir a dor e a ansiedade nos pacientes com Sida. Os mesmos foram motivados pela ideia da redução de stress e activação do sistema imunológico. Após a aplicação de uma sessão com a duração de 20 minutos, verificou-se que tanto a dor como a ansiedade foram reduzidas em mais de 35%. Todos estes estudos foram efectuados com equipamentos médicos devidamente creditados e certificados pelas entidades competentes da medicina.

Através dos referidos estudos e de outros mais que ao longo do tempo têm vindo a ser realizados, verifica-se que a aplicação de Reiki aos pacientes, tem contribuído  para um melhor controlo da dor e significativamente uma melhor qualidade de vida.

Por estas e muitas outras razões já referidas neste blog, é que sou a favor da prestação deste tipo de serviços (Reiki) nos mais variados locais, por forma a proporcionar um melhor bem-estar e qualidade de vida a todos que, a esta terapia alternativa recorrem.

Posso referir ainda que, por minha iniciativa, já elaborei algumas propostas para a prestação deste tipo de serviços, principalmente a pessoas de idade mais avançada, mas infelizmente, a minha intenção não foi bem aceite por parte de quem tem o poder de decisão. Espero que esta situação venha um dia a tomar um novo rumo, que o Reiki seja aceite e se generalize no nosso país, contribuindo para a diminuição da dor, sofrimento, stress e mau estar no qual muitas pessoas se encontram.

Assim sendo lanço um apelo a todos os Reikianos no sentido de ajudarem a contribuir para que seja regulamentado e aceite o Reiki como terapia alternativa, para que, dessa forma, façamos com que a população em geral usufrua de um melhor bem-estar.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 00:49
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 21 de Setembro de 2008

Para um momento de descontração

Publicado por Viktor às 01:00
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 4 de Setembro de 2008

Dor e Prazer

As experiências de vida podem causar-nos, entre outras sensações ou sentimentos, uma sensação de dor ou uma sensação de prazer.

As sensações de dor têm o seguinte ciclo:

Experiência->Dor->Ressentimento->Reenquadramento->Aceitação->Gratidão->Crescimento.
Muitas pessoas, face às experiências de dor (perdas, rupturas, etc...) prolongam para além do que lhes é saudável a sua permanência num nível de ressentimento, prorrogando as suas condições de vítima ou culpado face à experiência. A verdade é que grande parte fica bloqueada nesse primeiro nível de processamento.

O processo de reequilíbrio retoma-se quando a pessoa consegue finalmente reenquadrar a experiência e a dor, valorizando o que há de positivo a valorizar e a classificar como aprendizagem tudo o que de menos positivo há em relação a essa experiência. Ou seja, mesmo que aparentemente não exista nada de positivo a valorizar há algo bastante enriquecedor no processo: a informação, a aprendizagem, o próprio processo em si. Que contribuem directamente para o crescimento do indivíduo e para o desenvolvimento humano.

No entanto, este primeiro nível de reenquadramento, deverá ser feito com o cuidado de preparar o sujeito não para uma vivência de acautelamento ou traumatizada (que poderia comprometer o desfrutar de novas experiências), mas para uma postura de contemplação e total usufruto das novas experiências. Sem medos e com uma natural segurança acrescida.

Depois de reenquadrar a experiência e a dor, a pessoa começa finalmente a aceitar essa experiência como uma experiência de vida e não como um sofrimento, passando - após algum tempo - a demonstrar mesmo alguma gratidão por essa mesma experiência.

Esse é o nível em que o ser humano se liberta e cresce. Subindo mais um degrau.
Em relação às experiências de prazer, o ciclo é de alguma forma semelhante embora com outras valências emocionais:

Experiência->Prazer->Consolidação->Partilha->Gratidão->Crescimento
Também nesta dimensão, é curioso verificar como alguns de nós se mantém num baixo nível de usufruto de prazer - ignorantemente satisfeitos, num desconhecimento dos restantes níveis de evolução da condição humana. Numa sequência em que a consolidação surge como alternativa ao ressentimento e a partilha em paralelo à aceitação, numa comparação com a experiência de dor.
O ser humano é tão maravilhosamente simples na sua complexa diversidade:)

(in "A hipnose dos nossos dias" de Mário Rui Santos)

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:49
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 29 de Agosto de 2008

Cumplicidade I

R

eiki é uma palavra de origem Japonesa que significa “Energia Universal de Vida”. Viver com o Reiki tornou-se uma forma de vida para mim. Passo a passo, fui tomando consciência das suas características, as quais se enquadram plenamente num sistema harmonioso, que se enquadrou plenamente em mim, e que mudou a minha forma de ser e de estar perante tudo o que me rodeia. O Reiki passou a estar presente no meu dia-a-dia de uma forma bastante positiva e benéfica. Destas e de outras formas, para mim, o Reiki não é unicamente uma Terapia Alternativa mas também uma forma de estar, ver e compreender o mundo. Para aqueles que poucos conhecimentos detêm, sobre esta Terapia, vou aqui enunciar e dar uma breve explicação sobre os cinco princípios do Reiki, que seguidamente vêm escritos a negrito: Só por hoje, não se irrite (Isto sempre despertou várias reacções no meu intimo; porque não me devo de irritar? Afinal de contas, tenho o direito aos meus próprios sentimentos! Que ideia idiota é essa? Se não concordo com a regra sou livre para a colocar de parte! Mas é exactamente isso que eu não faço! Eu fico irritado com a situação em vez de assumir a atitude óbvia! De modo que estou a perder o meu tempo. Ah sim, de facto, apenas por hoje não se irrite…); Só por hoje, não se preocupe (Preocupo-me constantemente. Não sei o que o meu filho pretende fazer e isso preocupa-me constantemente! Se hoje não me preocupasse poderia desfrutar a vida. Mas isso é fácil de mais. Não posso fazer isso Então eu não me preocupava com os problemas do mundo e, sem mim, ele entraria em colapso! Enfim, demasiadas preocupações que nos levam a dar demasiada importância às coisas são prejudiciais ao nosso sistema nervoso e em nada contribuem para o nosso equilíbrio emocional bem como para o nosso bem-estar); Respeite os seus Pais, Mestres, Professores e pessoas Idosas (Na verdade, o meu próximo é bondoso para mim? Não sei nada sobre isso. O que acontecerá se eu for bondoso para com eles? Será que me vão interpretar mal? Isso seria embaraçoso! Independentemente das circunstâncias temos sempre o dever de respeitar as outras pessoas, conforme queremos que nos respeitem, aplicando assim a arte do amor incondicional para com aquilo que nos rodeia); Só por hoje, ganhe a vida honestamente (Mas é isso que eu faço, é o que toda a gente faz! Sou sincero na minha declaração do IRS, como muita gente! Cumpro o meu horário e não invento doenças para tirar uma folga ao serviço. Quando for velhinho haverá alguém que vai tratar de mim? Assim sendo, pela parte que me toca, ganho a vida de uma forma honesta.); Só por hoje, seja grato perante todos os seres vivos (Do que é que está a falar? Hoje está um calor desgraçado e ontem choveu. Na TV não dá um programa que preste, e se não der nada de jeito terei de ir ao videoclube alugar um filme. Afinal de contas não posso ficar todo o dia sentado em frente à televisão, ou sair à noite e beber uns copos que nem um doido. Benefícios… Não sei. Amanhã vou perguntar à minha namorada, talvez ela saiba. Todos fazemos parte do mesmo mundo, logo, somos peças de uma engrenagem, da qual os outros também fazem parte. Ah, por isso tenho de respeitar todos os outros para que eles me respeitem de igual modo.).

Como pode verificar, os princípios do Reiki possuem sabedoria nos seus ensinamentos. Independentemente de com eles concordar-mos ou não, eles ajudam-nos a identificar a nossa posição no mundo e perante a vida actual. Não são ensinamentos bíblicos, mas dão-nos indicações sobre a melhor direcção e compreensão de nós próprios.

Este post já está um pouco longo de mais, pois não os querendo maçar demasiado com a leitura do mesmo, posteriormente colocarei outro na continuidade deste.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:28
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 27 de Agosto de 2008

A Infância

À medida que a criança cresce e o segundo chakra principia a desenvolver-se, a sua vida emocional vai sendo enriquecida. A criança cria mundos de fantasia em que pode viver, começa a sentir-se uma pessoa separada da mãe, e esses mundos ajudam a criar a separação. Dentro dos mundos de fantasia estão as propriedades da criança. Ela enviará do seu campo etérico projecções semelhantes a amebas, circundando com elas os objectos. Quanto mais importante for o objecto na construção do mundo de fantasia, tanto maior será a consciência da energia do seu campo com que ela o circundará. O objecto passa a ser parte do eu. E quando lhe é arrebatado à força das mãos, dilacera-lhe o campo e causa-lhe dor, física e emocional.

Aos dois anos de idade, mais ou menos, a criança começa a ver os pais como se estes lhe pertencessem: “eu, papá, mamã, etc.” As cores vermelho-laranja e cor-de-rosa tornam-se mais visíveis na aura. A criança aprende a relacionar-se com outras pessoas, aprende um tipo básico de amor. Em função do campo, é capaz de separar-se do campo da mãe, apesar do umbigo etérico que ainda as/os liga. Dá-se assim início ao processo da separação e da identidade independente. A criança cria um espaço de fantasia, vive nele, mas ainda tem a mãe ligada a ela por intermédio do umbigo etérico. Ainda pode olhar para trás e perceber que mamã não está longe demais. Esse espaço apresenta-se à visão clarividente como composto de energia proveniente, na maior parte, do nível azul ou nível etérico. Um espaço em que a criança prefere brincar sozinha ou, se consentir na entrada de um companheiro de brincadeiras, vigiando-o com muito cuidado, a fim de não admitir uma perturbação excessiva do seu espaço. Nessa fase, a criança não tem o ego suficientemente forte para manter muita clareza entre o Eu e o Outro. Luta por encontrar a sua singularidade e, no entanto, ainda se sente ligada a todas as coisas. Os objectos pessoais tornam-se modos de definir a individualidade. O espaço da energia particular ajuda a definição. Assim, quando outra criança visita o quarto de uma criança de cinco a sete anos de idade, a anfitriã se debate entre o desejo de comunicação com outrem e a preservação da imagem do Eu. Daí a sua luta por controlar objectos pessoais que ajudam a definir quem ela é e em torno dos quais colocou a sua própria consciência de energia. A luta aqui visa reconhecer e manter a auto-individuação e ainda sentir a conexão de um “indivíduo” diferente.

Aos sete anos de idade, a criança começa a criar muita energia dourada nesse espaço, que fica mais livre, maior, menos ligado à mãe e mais aberto a terceiros. Com um sentido maior do Eu, a criança começa a observar as suas similaridades com outros seres humanos. Pode permitir ao “outro” uma auto-expressão maior dentro do seu espaço particular. Consente a terceiros criar todos os tipos de formas de energia dentro do espaço particular. Isso torna as coisas mais “divertidas” e “animadas” e realça a vida da fantasia. As crianças entram na fase da “turma”. Uma das coisas que possibilita tudo isso é que, aos sete anos de idade, mais ou menos, todos os chakras têm uma tela protectora estendida sobre eles, que filtra muitas influências energéticas procedentes do campo à sua volta. A criança sente-se “mais segura” porque, em nos seus corpos áuricos, realmente o é.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:31
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 8 de Agosto de 2008

Pedido Geral Reikiano

Caros colegas reikianos,

foi diagnosticado a uma colega minha de trabalho um temor maligno em ambos os lados do colo do útero. Assim sendo eu e algumas vezes em conjunto como meu amigo Mestre Joaquim vamos-lhe fazer umas sessões de Reiki presenciais, e agradecia que alguns mestres ou reikianos nível 2 me contactassem para lhes fornecer os dados para fazerem envios de Reiki à distância ajudando a minha colega. Finalmente, após algum tempo e terem deixado que o cancro se alastrá-se, ela vai hoje pelas 15h fazer a sua primeira sessão de Quimioterapia, numa clínica particular que presta serviços para o Hospital de Faro. Normalmente pedem-me para enviar mas desta vez sou eu que vos peço, agradecendo a vossa compreensão.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Vamos Iluminar uma Estrela...
Publicado por Viktor às 13:45
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Reiki e Seus Benefícios, entenda como funciona

Publicado por Viktor às 08:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

WorkShop de REIKI no passado dia 28

Caros amigos,

Posso-lhes dizer que o WorkShop realizado no dia 28 na Junta de Freguesia de Veiros correu como previsto. Pecou na aderência ao mesmo, mas isso sucedeu pelo facto de se ter realizado pelas 14:30h, e estando muito calor, apenas meia dúzia de participantes estiveram presentes. No final da tarde, em conversa com pessoas conhecidas no café, disseram-me que não foram precisamente por essa razão, e eu, para não dar o tempo por perdido, prontamente lhes comecei a explicar o que era e para o que servia o Reiki. Fiquei satisfeito e até recebi uma proposta para posteriormente ir lá fazer umas sessões de Reiki. Assim ficou cumprido o objectivo de continuar a divulgar o Reiki para assim, o fazer chegar, a todos os que dele podem usufruir para o seu próprio beneficio. E assim se passou um fim-de-semana dedicado ao Reiki por terras do Alto Alentejo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:44
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 27 de Junho de 2008

Reiki, o que é isso?

Eis aqui uma questão que com certa regularidade vou ouvindo. Mas isso não me deixa muito admirado, pois não está ainda muito divulgado. O que me preocupa é por vezes as pessoas associarem o nome “Reiki” a práticas de bruxaria e charlatanismos. Este tipo de associação só pode ser feito por pessoas que desconhecem nenhum conhecimento sobre esta terapia alternativa possui. O Reiki é uma terapia milenar praticada no oriente desde os tempos antes de Cristo. Apesar de apenas ter chegado em meados da década de 90 a Portugal, ainda se encontra numa fase de divulgação e expansão. Para isso tento contribuir através de post’s aqui colocados no blog, workshop’s, sessões terapêuticas, palestra, formações e informações por e-mail ou pessoalmente. É um trabalho árduo, que me obriga a perder algum tempo, mas que faço com todo o amor incondicional. Faço porque acredito em todo o seu potencial pelas provas que o mesmo me tem dado aquando da sua aplicação àqueles que me procuram; Pelas pessoas porque precisam de ajuda pois devido ao stress laboral, preocupações familiares, económicas e psicológicas, necessitam de ajuda para reequilibrar as emoções e as energias. Este é o meu papel enquanto Mestre de Reiki, ajudando a divulgar e auxiliando quem me procura. O Reiki é já nos dias de hoje utilizado em alguns hospitais estrangeiros, bem como terapia complementar de tratamentos, em alguns hospitais nacionais. É uma terapia Holística.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:02
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 26 de Junho de 2008

Reiki no Universo de Deus

Ele, o todo poderoso está em todo o lado sempre presente e enche-se de orgulho quando alguma ovelha do seu rebanho age em conformidade com a Lei da Providência. No Reiki isso define-se como “Amor Incondicional”, ou seja, estas duas palavras conjuntamente com os cinco princípios são o pilar e a base sobre o qual todo e qualquer reikiano se deve basear. O Reiki, para quem o abraça, não transmite somente a quem aprende mais uma terapia que se aprende, transmite um conhecimento de como encarar a vida de uma forma diferente, para quem segue os seus verdadeiros ensinamentos. Na minha humilde opinião o reikiano é todo aquele que se preocupa em divulgar esta terapia alternativa milenar em qualquer parte ou lugar, mesmo sendo por vezes incompreendido, e que está sempre pronto para ajudar o seu semelhante a ultrapassar situações desconfortáveis através de breves ou prolongadas sessões de Reiki. A humanidade, a natureza e o universo são uma imensidão de coisas belas que se movem constantemente através de campos energéticos. Os rios que correm incessantemente, as pétalas que flutuam na água como as nuvens no céu, as árvores florescem nas margens dando alegria e sombra para as crianças brincarem, as pedras formam cascatas que nos transmitem um som maravilhoso e harmónico, desaguando no mar imenso com aqueles maravilhosos corais onde as espécies vivem harmoniosamente. Estas são algumas das maravilhosas obras do Divino às quais o comum dos mortais muitas vezes não dá a devida importância. O amor, na sua mais pura essência, pode-se ver nos mais variados e banais actos do dia-a-dia, e aos quais ainda há quem não dê a devida importância. Assim sendo, e não me querendo alongar demasiado, deixo um conselho: Reparem nas pequenas coisas que se passam à vossa volta, nos simples gestos do dia-a-dia e verão que muitos deles são acompanhados de amor, carinho, humildade e simpatia. Sejam mais positivos e vão ver que a vida tem na realidade outro sentido.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muito calor e muita energia...
Música: Enya - Caribean Blue
Publicado por Viktor às 09:10
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 24 de Junho de 2008

O REIKI na minha Vida

Desde 2000, quando me iniciei no Reiki com o Mestre Pedro, que a minha vida deu uma enorme volta. Desde então comecei a ver o universo de outra forma, sentindo o amor e o valor de coisas que até ao momento eram para mim algo banais. Entendi que começou a ter sentido aquele sentimento que estava dentro de mim, desde a minha infância, que algo me dizia que além do dever comum de trabalhar, como qualquer ser humano, estava incumbido de uma “missão” de auxiliar o meu semelhante, através das capacidades que detinha e de outras que adquiri. No decorrer do meu dia-a-dia o Reiki é uma constante, sou abordado várias vezes por pessoas que pretendem saber o que é o Reiki, de onde vem e para que serve. Então, sempre com o espírito de “missão” presente, eu tento-lhes explicar da melhor forma o que é o Reiki e complementando com experiências idênticas que comigo se passaram ao longo da vida. Hoje sinto que sou uma pessoa diferente, sinto que me preocupo com o bem-estar de quem me procura e a imensa felicidade quando vejo alguém bem e sei que em parte pude contribuir para o bem-estar e a felicidade daquela pessoa. Esta é uma sensação única, que também me faz sentir maravilhosamente bem, leve e em harmonia com a natureza. Quando faço uma aplicação de Reiki numa pessoa, animal ou planta, sinto-me bem, pois ao entrar em conexão com a energia universal, para a passar a quem a estiver a receber, também recebo alguma o que me faz sentir bem. O espírito de “missão” que tenho dentro de mim, fez de mim uma pessoa diferente, sempre pronto a ajudar quem me pede, disponível para tirar dúvidas ou aconselhar, ajudando assim as pessoas a alcançar a harmonia em quatro níveis: físico, emocional, mental e espiritual. O amor incondicional que está na mais pura essência do Reiki passou a fazer parte de mim e da minha forma de estar. Há ainda, nos dias de hoje, muita gente que não sabe o que é o Reiki, nem para que serve, e isso faz com que continue a minha “senda” de divulgação desta terapia alternativa e dos benefícios que a mesma pode trazer, para cada um de nós, individual ou colectivamente. É assim que vivo o dia-a-dia  encarando o amanhã sempre de uma forma positiva e confiante que o amanhã será melhor.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:33
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 21 de Maio de 2008

Finalidades das Curas Espirituais

s

abemos que o grande papel desempenhado pelo Espiritismo está relacionado à moralização da humanidade. Assim sendo, pergunta-se por­que assume a Doutrina Espírita compromissos com as curas espiri­tuais? Qual a finalidade da existência de médiuns curadores? Quem responde é Divaldo Franco:

"A prática do bem, do auxílio aos doentes. O apóstolo Paulo já di­zia: Uns falam línguas estran­geiras, outros profetizam, outros impõe as mãos... Como o Espiritismo é o Consolador, a mediúnidade, sendo o campo, a porta pelos quais os Espíritos Superiores semeiam e agem, a faculdade cu­radora é o veículo da misericórdia para atender a quem pa­dece, despertando-o para as realidades da Vida Maior, a Vida Ver­dadeira. Após a recuperação da saúde, o paciente já não tem direito de manter dúvidas nem suposições negativas perante a realidade do que ex­perimentou.

O médium curador é o intermediário para o chamamento aos que sofrem, para que mudem a direcção do pensamento e do comportamento, inte­grando-se na esfera do bem."

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:21
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Casos da Vida VI

Um dia destes fui tomar um café a uma pastelaria, onde trabalha um amigo meu. Então quando cheguei sentei-me ao balcão e iniciámos um diálogo. Passados uns cinco minutos dei por nós a falar sobre Reiki, e então ele diz-me: Olha está ali uma colega de trabalho que anda à rasca da perna; ao que eu lhe respondi: “diz-lhe para ela vis aqui ter comigo”. Assim sendo ela veio ter comigo e eu disse: Então explica-me lá o que se passa contigo. Ela respondeu assim: Lá no Brasil, aos 13 anos de idade um médico diagnosticou-me uma curvatura da coluna na zona do cóccix e ainda me disse que eu só ia viver até aos 21 anos. Eu esbocei um sorriso e disse-lhe: “O problema na coluna aceito, mas viver até aos 21 isso não, porque você tem 23, mas vamos lá então ao que interessa”. De seguida fiz-lhe um estiramento na coluna, onde se ouviu o barulho da mesma a estalar (pareciam pipocas). Depois fiz uma imposição de mãos, durante 5 minutos na zona dorso lombar da coluna. Depois de retirar as mãos disse-lhe: “Agora vai continuar o teu serviço, mas não abuses com pesos nem com movimentos bruscos”, e ela lá seguiu o seu caminho. Depois disso pedi ao meu amigo um cafezinho, para depois me ir embora, pois naquele dia a minha missão já estava cumprida. E não é que passados cerca de 3 minutos a rapariga vem ter comigo e pergunta-me: “Você é mágico?”; e eu sorrindo respondi: “Não, pois eu mágico só conheço o Luís de Matos, porquê?”; e ela disse: “Porque desapareceu a dor que tinha na minha perna”; e eu disse: “então não era isso que querias? Vai lá e continua com o teu serviço, pois quando precisares de algo mais diz qualquer coisa”. Foi assim, que após cinco minutos, saí da pastelaria contente e feliz com o sentimento do dever cumprido, pois se Deus fez com que me deslocasse àquela pastelaria foi porque algum trabalho tinha reservado para mim, pois nada acontece por acaso.

NAMASTÉ
Publicado por Viktor às 09:35
Link | Comentar | ver comentários (5) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

O que é Médium de Cura?

É uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma espontânea. Podem realizar curas, provocando reacções reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.

 Não podemos confundir mediúnidade de cura com magnetização. A magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.

O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluidos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada.

Os fluidos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenómenos de cura os fluidos são subtis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.

O médium curador capta os fluidos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.

Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre as omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.

Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluidos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.

Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluidos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais activas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reactivando as suas funções originais.

Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.

Porém, as moléstias de ordem kármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efectiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.

O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.

Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.

BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:55
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Lenda Chinesa

. O Reiki na Actualidade (c...

. Para um momento de descon...

. Dor e Prazer

. Cumplicidade I

. A Infância

. Pedido Geral Reikiano

. Reiki e Seus Benefícios, ...

. WorkShop de REIKI no pass...

. Reiki, o que é isso?

. Reiki no Universo de Deus

. O REIKI na minha Vida

. Finalidades das Curas Esp...

. Casos da Vida VI

. O que é Médium de Cura?

. A Respiração

. REIKI vs PASSE ESPÍRITA

. REIKI e TRATAMENTOS

. Para reflectir um pouco

. OS CINCO PRINCÍPIOS DO RE...

. SÍMBOLOS

. Casos da Vida V

. Natureza

. Casos Pessoais IV

. Casos Pessoais III

. Casos Pessoais II

. Casos Pessoais I

. Reiki - Albufeira

. Divulgação...

. ENCONTROS ALTERNATIVOS - ...

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31