.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 14 de Maio de 2017

Relexão: Guias...

Caríssimos,

Sinto que algo se esta a passar,

Através da minha intuição;

Há um vazio dentro de mim,

Que me causa alguma insatisfação;

         Fiquei assim de repente,

         Sem encontrar explicação,

         Será um certo vazio,

         Que se encontra no coração;

Não é tristeza,

Nem tão pouco solidão,

É a mudança de guias,

No caminho da ascensão;

         Todos vamos evoluindo,

         Cada um com a sua velocidade,

         Temos de perdoar muita coisa,

         E saber praticar a caridade;

É um caminho árduo,

Repleto de escolhas e privações,

Para nos mantermos equilibrados,

Com muito amor nos nossos corações;

         A vida tem muitos obstáculos,

         É repleta de grandes provações,

         Os quais conseguimos ultrapassar,

         Nos momentos das aflições;

Por ora não digo mais,

Não vos quero preocupar,

Com o dom e o amor que tenho,

Certamente os vou ultrapassar.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:40
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 25 de Fevereiro de 2017

Reflexão: Caminho do Amor

caminho-luz-escuro.jpg

Caríssimos,

     No decorrer da nossa vida, muitos são os caminhos que podemos percorrer e experienciar, uns mais fáceis e outros mais complexos. Escolhemos um e a maioria das pessoas, pelo menos diz, que pretende seguir o caminho do Amor, mas em verdade lhes digo que esse caminho em muitas etapas pode ser um pouco penoso e sombrio. O caminho do Amor é o da Verdade, Honestidade, Humildade, Compaixão, Coerência e Justiça, o que em nos dias que correm é algo que muitas vezes nos coloca em situações complicadas, sobretudo perante aqueles que seguem por caminhos algo diferentes. É certo ao longo da vida cada ser humano faz as suas escolhas, umas vezes seguindo um caminho, outras vezes outro e por vezes completamente perdido, sem saber qual o caminho a seguir. Claro que nem sempre conseguimos seguir o caminho que queremos, porque na verdade fala-se muito em “livre arbítrio” mas as coisas não são bem assim, porque acabamos por ser condicionados por muitas regras sociais, mas não pretendo desviar-me do assunto em causa. Os caminhos que escolhemos podem ser mais ou menos benéficos, moldados pela predominância dos nossos pensamentos e crenças, pelas companhias com quem privamos, pela educação que nos é dada e por muitas outras coisas que poderia aqui enunciar.

     Os caminhos errantes (negativos) pelos quais as pessoas enveredam, são caminhos mais complexos que aquele que eu defino como sendo o “caminho do amor”, pois são impulsionadas pelas drogas, pelo álcool, pelo prazer de furtar, pela ganância, pela inveja, pelo ódio, pela vingança, enfim, por tantas razões que nada têm que ver com a prática diária do amor incondicional. Este tipo de caminhos são menos bons, pois todo aquele que os percorre no dia que consiga ter consciência que está no caminho errado, entra numa complexa espiral de culpabilização, julgando-se a si mesmo, o que depois os obriga a um intenso trabalho de perdão sobre si mesmo e depois sobre os outros. Uma vez que este texto era para escrever sobre o “caminho do amor” deixo este tema para outra reflexão.

     O “caminho do amor” é um caminho complexo atualmente, pois a sociedade vive tempos muito conturbados onde, para infelicidade da mesma, parece predominar a falsidade, a hipocrisia, a mentira, os conflitos, a mesquinhez, as guerras, a ganância de poder, entre outras coisas. São inúmeras as complexidades, tias como: Hoje em dia ao ser amável com alguém, há logo quem pense que queremos algo em troca; Quando ajudamos alguém praticando a compaixão e o amor incondicional de forma desinteressada, pensão logo que queremos algo em troca; Pelo facto de sermos compreensivos, as pessoas tentam arranjar todo o tipo de manhas para nos usurpar; Por sermos compassivos e compreensivos, as pessoas tentam-nos enganar fazendo uso das nossas emoções; Enfim, tantas vezes somos procurados para ajudar e depois recebemos em troca Ingratidão, Má educação, Desrespeito, Desconsideração e muitas outras atitudes que ferem a nossa bondade e compaixão. No “caminho do amor” também temos de dizer não, que apesar de ser uma palavra de conotação negativa, serve para praticar o bem, de forma a educar, esclarecer e a demonstrar o “caminho do amor” a todos aqueles que o pretendem percorrer, mas na verdade continuam noutros caminhos. Para terminar, que o texto já está um pouco longo, recordo-lhes que se pretenderem seguir o “caminho do amor” deve estar 24h alerta sobre si mesmo, sobre os seus pensamentos e sobre as suas atitudes. Boa sorte a todos e sejam felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 03:02
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 25 de Outubro de 2015

Reflexão: A Essência do Reiki

Caríssimos,

     Hoje senti vontade de fazer uma reflexão sobre a essência do Reiki, o que é na sua verdadeira essência e dimensão. Qualquer cidadão pode entrar no universo do Reiki, tornando-se assim num reikiano, apenas o devendo fazer se tal vontade seja uma manifestação no seu interior. A partir do momento que essa vontade desperta dentro de si, surge agora uma importante passo a dar, a escolha do mestre que, em meu entendimento, é a escolha mais importante que temos de fazer e com o qual devemos ter empatia energética. Depois de escolhido o mestre, através do curso, onde será sintonizado, dá-se a sua entrada no maravilhoso universo energético da terapia do Amor Incondicional, o Reiki.

     A partir desse momento passa a ser mais um reikiano, neste universo em constante crescimento, entrando no universo reikiano que continua dia apos dia a crescer. Contudo, é insuficiente apenas tirar a formação, pois o Reiki vai muito além de um simples curso, é uma Filosofia de Vida, através dos cinco princípios que Mikao Usui adaptou ao Reiki, criados pelo Imperador Meiji. Claro está que, para que tal seja possível, todo o “candidato” a reikiano deverá estar ciente se de facto, pretende dar um Novo Rumo à sua Vida. Quando queremos essa mudança ou novo rumo, devemos sentir esse desejo a florescer dentro de nós, dar inicio a uma transmutação da nossa mente, desligando-se de “velhos” paradigmas (dogmas e crenças) e estar recetivo à aprendizagem das novas matrizes universais.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Todas estas mudanças devem ser feitas por cada um de nós, com ou sem auxílio de outros, demoram um certo tempo e como tal devemos ser pacientes e fazermos essa mudança, cada um a seu ritmo. É um trabalho moroso, no qual muitas vezes nos sentimos de tal maneira sós, que chegamos a pensar que temos o mundo contra nós. Recorde-se que sendo este um trabalho interior, é e será sempre da Sua Inteira Responsabilidade, pelo que, quem o rodeia, quer compreenda ou não, certamente irá emitir opiniões menos positivas, opiniões essas que não passam de pensamentos ou conclusões, as quais deverá desvalorizar, para que não interfiram no seu processo. Dependendo de pessoa para pessoa, este processo pode demorar meses ou anos, pois uma pessoa antes de ser reikiano, vive inserido numa família, sociedade e país, que em inúmeros casos são intolerantes à mudança individual e intelectual do Ser, tornando-se adversários à mudança do nosso Eu Sou Interior. Talvez sejam por estas razões, além do facto de atualmente o Ser Humano querer tudo para “ontem”, que a determinada altura, no decorrer desse processo, as pessoas desistam daquilo que alcançaram até ao momento, deitando a “perder” o que já tinham alcançado. Humildemente lhe digo: “Jamais desista, porque a pessoa mais importante da sua vida é você, e a felicidade está dentro de si, dê a si mesmo o amor que transmite aos outros”.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Para terminar, pois esta reflexão já vai extensa, esclareço que tudo aquilo que aqui escrevi está intimamente ligado à minha visão e pensamento sobre o Reiki, tentando sempre transmitir a verdade, pois ao longo dos tempos será esse o aspeto que irá perdurar. Grato pelo tempo dispensado nesta leitura e faça o favor de ser feliz.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:05
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 12 de Maio de 2015

Agenda de Maio

     Para os católicos este é o mês de Maria, também conhecido por epoca mariana, no qual o amor de mãe deve ser ainda mais enaldecido. Reiki também é conhecido pela terapia do Amor Incondicional, aquele que transmitimos ao nosso semelhante pelo prazer interior que nos dá a prática desse gesto tão nobre. Nesse sentido, dando continuidade ao trabalho que tenho desenvolvido, esta vai ser a agenda das actividades que vou desenvolver ao longo do mês:

  Dia 16: Curso de Reiki nível 2, em Vila Real de Santo António;

    Dia 19: Chá com Reiki em Albufeira, às 21h (entrada gratuita);

      Dia 23: Curso de iniciação ao Reiki em Albufeira;

        Dia 30: Curso de Mestrado de Reiki, em Vila Real de Santo António;

  Dia 10 de Junho: Curso de Iniciação ao Reiki, em Vila Real de Santo António;

    Dia 21 de Junho: Curso de Karuna nível 2, em Vila Real de Santo António.

     Se pretender informações e/ou esclarecimentos, solicite através do seguinte e-mail: mestreviktor@gmail.com .

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 22:27
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2014

Reflexão: O Reiki e o Espiritismo

Caríssimos,

     Actualmente encontramos imensa informação sobre os dois temas mencionados no título, contudo muitas pessoas levantam dúvidas que, em meu entender, carecem de mais um esclarecimento sobre esta temática.

     Há quem confunda Reiki com Espiritismo, mas na verdade são duas coisas bem distintas, pois o Espiritismo é como uma “religião” e o Reiki é uma terapia e filosofia de vida. Espiritismo, Doutrina Espírita ou Kardecismo é a doutrina codificada por um francês que tinha o pseudónimo de “Allan Kardec” que alia ciência, filosofia e religião. Os adeptos do Espiritismo são frequentadores de centros espíritas e fazem do espiritismo a sua “religião” e os seus princípios de vida.

     O Reiki é em si mesmo um caminho interior e pessoal de cada Ser humano. Todo o Ser que frequenta uma formação de iniciação ao Reiki, entra no universo energético das energias universais do amor incondicional e torna-se um praticante de reiki. Qualquer Ser, depois de ser “sintonizado” (por um mestre) no decorrer de uma formação, dá entrada no maravilhoso mundo energético e passa a ser um praticante de Reiki, juntando-se assim à comunidade de reikianos espalhados por todo o mundo. O Reiki é uma terapia complementar/integrativa que tem por base a canalização energética da energia universal do amor incondicional, e é também uma filosofia de vida, para aqueles que diariamente tentam aplicar 5 princípios do Reiki na sua vida quotidiana. Devo ainda salientar que o Reiki é vertical, ou seja, não está ligado a nenhum tipo de religião, pois há budistas, cristãos, ortodoxos, judeus e até mesmo ateus que praticam Reiki em todo mundo.

     Devo no entanto salientar que a partir do momento em que um Ser se torna reikiano, são dentro do mesmo desencadeadas algumas reacções que provocam mudanças de dentro para fora. Essas mudanças impelem-nos em prol da nossa verdadeira essência, a qual até o momento tem estado algo adormecida dentro de cada um de nós. Todo este processo resulta também em mudanças nos nossos padrões de pensamento, dando assim inicio à nossa caminhada interior, na procura da nossa essência. Todo este processo faz também cair por terra aqueles velhos padrões de padrões de pensamento e querenças que tinha, pois deixam de fazer sentido para si e como tal acreditar nos mesmos torna-se agora inviável. Este conjunto de mudanças acontece devido à nossa elevação do padrão de consciência, que agora em harmonia com o universo nos permite observar tudo o que nos rodeia de uma forma diferente, o que nos leva a concluir que cada nível de Reiki é a subida de um degrau na nossa elevação de consciência.

     Derivado ao que acabei de lhes dizer é que surge muitas vezes a confusão de confundirem Reiki com Espiritismo, mas como puderam verificar são coisas bem diferentes. Há no entanto algo semelhante que poderá estar associado ao Reiki que é a Espiritualidade, mas Espiritualidade não está ligada ao Espiritismo. Espiritualidade é um termo que define todo e qualquer Ser humano que procura um significado para a sua vida através de conceitos superiores, um Propósito Maior, o que alguns seres definem como Supremo.

     Espero que possam ter ficado esclarecidos e assim termino desejando-lhes muita paz, bem-estar, felicidade e amor, em prol de um mundo melhor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:56
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 4 de Novembro de 2014

Reflexão: A Humanidade

 

193658_194669700573735_100000921206654_516480_7199

Caríssimos,

     Antes de mais desejo-lhe paz nos vossos corações, nesta época em que a humanidade está dividida entre amarguras e alegrias, o que faz com que o trabalho dos servidores da luz se torne ainda mais necessário. O Ser humano deve entender que atrás do que dizem ser a realidade quotidiana, há um propósito maior, que é a transformação de cada um de vós rumo a um novo mundo. Essa transformação só será possível através da transformação interior de cada Ser humano, que habita neste planeta.

     Um dos aspectos que já deveriam ter entendido é que, a sua realidade externa espelha o que está dentro de si, mas parece que este alerta que lhes tenho feito ainda não foram bem assimilados, mas voltarei a repetir as vezes que forem necessárias. Isso acontece porque muitas vezes dão atenção ao que pouco interessa em detrimento de aquilo que realmente interessa. O Ser humano julga através do “ego inferior” que o engana constantemente, sendo esta a visão do que actualmente se passa com a humanidade.

     Seja flexível e abra a sua mente, permitindo que novos conhecimentos possam entrar, pois é importantíssimo para a sua evolução espiritual. Entenda que é bastante importante mudar as suas crenças, emoções, valores, pensamentos, atitudes e sentimentos, o que resulta numa mudança da sua forma de vida enquanto Ser humano. Estas alterações permitem-lhe fazer a transposição do plano material para o plano espiritual. Libertem-se dessa prisão, pois os vossos pensamentos ainda estão amarrados às antigas crenças, impedindo-o de prosseguir na sua caminhada. Enquanto a humanidade viver dividida, onde os sentimentos de ódio, discórdia e falta de respeito mútua coexistir, a humanidade encontra-se “presa” aos velhos paradigmas da Terra, e da vida na dualidade que já se encontra ultrapassada.

     Recordo-os que no planeta, há muitos seres entre vós, que lhes estão a tentar ensinar a encontrar o caminho da paz e do amor, porque dentro da dualidade existem as coisas mais negativas e a inexistência de amor.

     Aquilo que podemos observar na Terra como instrumentos de gestão global, não fazem parte das dimensões superiores que tantos almejam alcançar, pois continuam sob o véu da ilusão. O conflito é algo que desgasta as energias de todos os intervenientes, logo é algo que nesta Nova Era devemos evitar. Longe do que gostariam de ser, espera-lhes um grande trabalho de transformação interior de cada um de vós.

     Entendam que a liberdade do Ser reside no aspecto “Importância”, logo quanto menos importância der às coisas mais densas, mais abertos ficam para a vida espiritual que lhes vai permitir ver o mundo com outros olhos. Para alcançar este objectivo devem exercer a prática do Amor em união uns com os outros e todos no mesmo sentido, fazendo com que o objectivo seja comum a todos, mas isto só se alcança libertando-se do ego inferior e vivendo em humildade, através da energia amorosa do Amor Incondicional.

     Observar apenas o que se passa no mundo físico provoca uma cegueira espiritual. Enquanto os Seres escolhem a religião, eu escolho a luz; enquanto os Seres se focam numa parte, eu observo o todo; Assim consigo, e vocês também, trabalhar na unidade (Uno) e não na dualidade (partes). Tudo tem um Propósito Maior, mesmo que vá para lá da nossa compreensão mental.

     O universo da dualidade cada vez nos consome mais as nossas energias, logo para nossa própria protecção devemos adoptar novas formas de estar e novos métodos de agir, impedindo que aqueles que se “alimentam” das nossas energias nos provoquem medos, receios, angustias, guerras, em suma, mal-estar generalizado. O Ser humano continua à espera de um Salvador, tal como foi acontecendo ao longo da história, mas isso é um enorme erro, pois ninguém o poderá salvar a não ser você mesmo. Esperar sempre que sejam os outros, é tornarem-se dependentes dessas pessoas e dos outros, o que faz com que condicionem o seu próprio livre-arbitrio (por favor não se aprisione). Mantenha sempre a sua auto-estima elevada, porque no dia em que a perder tornar-se-á escravo do planeta, principalmente daqueles que o rodeiam, pois esperam por alguém que os salve, o que certamente não irá acontecer, pois a salvação reside dentro de si.

     Ao longo do tempo tenho-os alertado para diversas situações e para o que realmente se passa, pois parece que teimam em não querer ver aquilo que está mesmo à vista. Não sou mais do que ninguém, sou apenas um Ser (com as suas virtudes e defeitos) que vai partilhando com vocês o seu conhecimento e as suas experiências, para que possa contribuir para um mundo melhor para todos, no qual reine a Paz e o Amor Incondicional com um profundo sentimento de Compaixão. Sejam felizes, sejam Luz, sejam Amor.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 11:33
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2014

Os 5 Princípios do Reiki

 

Publicado por Viktor às 10:36
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 20 de Maio de 2014

Ter ou Ser?

Caríssimos,

     Esta é sem dúvida uma questão sobre a qual o ser humano se tem debatido ao longo de milénios. Se algum dia colocar esta questão a um conjunto de pessoas não se surpreenda com as respostas e reacções, pois são muito díspares.

     TER ou SER é uma questão de grande importância e que tem suscitado dúvidas e debates entre religiões, países e nações, mas antes de chegar a esses níveis é sem dúvida uma questão pessoal. O planeta assistiu no século passado a um grande desenvolvimento tecnológico e científico, que aconteceu a uma velocidade superior à da evolução da espécie (ser humano). A par desta evolução todos os seres humanos que detinham poder e algumas capacidades económicas viram oportunidades para enriquecer cada vez mais, muitas vezes através de falsas promessas criando ilusões na mente dos outros, mas é apenas uma forma hábil de escravizar os subalternos. Oh, coitados dos que têm de se subjugar a esses seres pelas necessidades que a vida lhe impõe, mas vou escrever sobre o tema que realmente aqui pretendo abordar. O desenvolvimento económico desenfreado instalou na mente da generalidade da humanidade um vírus definido como a “febre do consumismo”, que é o materialismo na sua expressão máxima. Desculpem esta introdução mas penso ser necessária para a reflexão que se segue.

     É pelos motivos que escrevi anteriormente e ainda por outros que hoje em dia os seres humanos atribuem mais importância ao TER do que ao SER. O Ser humano é muito mais do que apenas um corpo físico e o “materialismo” é algo que apenas está ligado ao mundo terreno, além de ser a origem de desentendimentos entre muitos seres humanos. Actualmente a sociedade valoriza mais o TER do que o SER, ou seja, se um Ser tem “poder” e riqueza é respeitado, se não tem é simplesmente “ignorado”. Valorizam-se os bens materiais (TER) em detrimento dos valores morais e da essência interior (SER). Vivermos na essência do Ser é vivermos em paz connosco mesmos, com os outros, respeitar tudo e todos, enchermo-nos de amor e irradiá-lo para quem nos rodeia, evitar a todo o custo julgar os semelhantes e pensamentos negativos que possam pairar na nossa mente entre outras coisas. Dedicarmos tempo a nós mesmos através da auto-aplicação de técnicas holísticas de relaxamento e meditação, eleva-nos a consciência para nobres níveis de paz, harmonia, compaixão e amor, despertando em nós um enorme sentimento de bem-estar. Ao longo de décadas o TER tem semeado o pecado, raiva, guerras, discórdias, mortes, alimenta o ego, vaidade, poder e tantas coisas outras atrocidades cometidas ao longo da história, no passado e no presente, mas será que a humanidade nada tem a aprender com isso?

     Espero que esta pequena reflexão o faça pensar e reflectir para que possa escolher que caminho pretende seguir, através de seu “livre arbítrio”. Eu escolhi viver no SER e tu?

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 12 de Março de 2014

Técnica para praticar o Perdão

)
Publicado por Viktor às 10:50
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 24 de Fevereiro de 2014

Esclarecimentos sobre Reiki

Caríssimos,

     Relativamente aos cursos de Reiki parece que há um conjunto de dúvidas que paira na mente das pessoas e a quais penso ser do interesse geral esclarecer. O Reiki é uma terapia integrativa oriental que é praticada através da imposição de mãos, sendo o seu objectivo inicial proporcionar o bem-estar ao próprio reikiano. Assim, como podem constatar, o Reiki é um eficaz método de auto-ajuda, o que nos dá a entender que frequentar um curso de iniciação ao Reiki é um investimento que fazemos em nós mesmos e no nosso bem-estar. Quando estamos bem aqueles que nos rodeiam também se ficam melhor, pois tornamo-nos fontes de luz, energia e amor que contagia quem está ao nosso redor.

     A sintonização feita pelo mestre no dia do curso marca a entrada no universo do Reiki, mas o mesmo prolonga-se por mais 21 dias, nos quais o iniciado tem de fazer uma auto-aplicação de Reiki por dia (pelo menos). Os 21 dias seguintes definem-se como o “período da purificação interior” do reikiano, fundamentais e imprescindíveis para qualquer um, pois são parte integrante do curso. Mesmo que inicialmente possa não sentir nada nas suas mãos, mantenha a calma e confie que vai começar a sentir, pois eu mesmo nos primeiros dias tinha a sensação de nada sentir nas mãos. No decorrer deste período podem surgir nas mãos vários sintomas, tais como: formigueiro, picadas, frio, calor, sucção, entre outras sensações. São esses sinais que nos transmitem o estado em que se encontra o chakra, que nos “transmite” o que está menos bem no nosso corpo. É durante o período da “purificação interior” que pode ocorrer o fenómeno denominado de “crise de cura”, pois durante esses 21 dias, através da auto-aplicação de Reiki, o nosso organismo está a receber um tratamento de Reiki. Esse tratamento vai purificar o nosso organismo eliminando bloqueios, libertando toxinas (aquilo que se chama desparazitação em termos médicos), além de poder “puxar” algo que esteja para acontecer brevemente (gripe, infecção, etc…) para ser tratada com o Reiki. Pessoalmente sempre tive crises de cura nos meus 21 dias, que podem ser: Um pico de febre, cheiro mais intenso das fezes, mais vontade de ir ao wc, mais vontade de beber água, entre outros sintomas, pois cada caso é um caso e como tal é impossível generalizar as situações que podem ocorrer.

     Qualquer reikiano deve sempre pautar-se pelo respeito do seu semelhante, por isso só deve aplicar Reiki a outra pessoa se lhe for pedido, porque não temos o direito de interferir no livre-arbítrio seja de quem for. Claro que o reikiano poderá sempre oferecer-se para aplicar Reiki à outra pessoa, mas só o deverá fazer se na verdade a pessoa quiser, e se for a primeira vez deve-lhe explicar bem o que vai fazer para que o receptor fique devidamente esclarecido.

     Por agora fico por aqui, mas caso tenham alguma situação que queiram vez esclarecida não hesitem em perguntar ou sugerir para um próximo texto de esclarecimento geral. Desejo-lhes tudo de bom e façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:31
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2014

Reflexão: Eles andam aí…

Caros leitores,

     O planeta Terra tem passado grandes transformações ao longo dos seus milénios de existência e os seres humanos sentiram sempre a necessidade de acreditar em algo superior, que mesmo sendo muitas vezes inexplicável, sentiram essa necessidade interiormente. Tem sido também ao longo de milénios que a humanidade vai assistindo a uma guerra que parece nunca ter fim, a batalha entre o Bem e o Mal.

     Todo o ser humano que nasce tem direito a viver com dignidade, respeitar e ser respeitado pelos demais, mas infelizmente há grandes disparidades que começam pelas zonas do globo terrestre, seguem-se os continentes, os países, religiões e famílias. É uma “luta” constante entre o Bem e o Mal não só em tudo aquilo que nos rodeia mas inclusivamente dentro de nós mesmos. A nossa luta interior entre o Bem e o Mal é difícil e complexa, porque todos nós, até atingirmos o nível de consciência que nos permite termos consciência do que realmente se passa, somos mentalmente bombardeados e chipados. Cada um de nós, desde o momento do nascimento entra numa nova etapa de aprendizagem, num processo educativo e de inter-acção com tudo o que nos rodeia. É precisamente nesse processo que nos “implantam” ideias na mente, tais como falsas crenças e dogmas, começando desde muito cedo a “exercer” sobre nós um certo domínio mental, que nos condiciona o livre arbítrio.

     Muitas pessoas têm receio de falar de assuntos que estejam relacionados com rituais satânicos, bruxarias e outras coisas negativas, mas na verdade essas coisas existem mais do que imaginamos, para infelicidade da humanidade. Para que vocês entendam melhor eu vou-lhes dar um exemplo: Um reikiano antes de começar a fazer reiki (a outro ou a si mesmo) faz a invocação, pedindo aos seus guias (ou anjo da guarda) ou até mesmo a um santo/anjo que seja da sua devoção (consoante a crença de cada um) para lhes darem uma ajuda na aplicação de reiki. São seres de luz repletos de amor incondicional que auxiliam os reikianos nas suas aplicações de reiki através da canalização dos fluidos vitais, tais como os seres de luz aos quais os fieis dirigem as suas orações e preces, no que diz respeito às questões religiosas. Estes seres que existem e que alguns já estiveram entre nós são reais, apenas não visíveis aos olhos do comum dos mortais, aos quais cada um de nós já dirigiu as suas preces em determinados momentos da vida, certo? (faça uma pequena reflexão sobre as palavras) Todos nós aspiramos um dia ser como esses seres, seguindo o caminho da ascensão, através das aprendizagens nas sucessivas reencarnações da roda da vida. A esses seres de luz recorrem todos os seres humanos que agem de boa fé, com amor e compaixão pelos seus semelhantes. Aqueles que procuram rituais satânicos, bruxarias e outras coisas negativas, invocam e usam seres de baixo astral, do subsolo, de baixa dimensão, ou até mesmo deuses maléficos. Estes seres têm um nível de consciência tão baixo que, ao invés de sentirem prazer quando praticam o bem, sentem prazer ao praticar o mal, prejudicando os seus semelhantes. Essas são atitudes reprováveis e devem ser denunciadas, as quais aqui lhes descrevi apenas com o intuito de vos alertar. Espero que esta reflexão vos faça pensar um pouco para que possam escolher o melhor caminho para vocês, repleto de luz, paz e amor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:23
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014

Seja Luz e Amor...

Caros leitores,

     Dia após dia tentamos ser melhores naquilo que fazemos profissional e socialmente, mas como seres sentimentais e emocionais que somos acabamos muitas vezes por cair no erro de guardar na memória resentimentos, mágoas, ódios entre outras coisas menos boas.

     Faça deste novo ano um ano de mudança, libertando-se de todos os sentimentos menos positivos que teimam em parmanecer na sua mente e que apenas e só o prejudicam a si mesmo, em primeiro lugar, e aqueles que o rodeiam em segundo lugar. Ame-se e seja amor, começando por se impregnar com a luz do amor e depois irradie essa luz para todos os que o rodeiam, sem excepção, e verá como se vai sentir muito melhor e mais feliz. Sendo este um exercício algo complexo, deixo-lhe um vídeo que o pode ajudar a perdoar todos os seus semelhantes, libertando-se de resentimentos e memórias menos positivas que tem dentro de si mesmo, tornando-se assim uma fonte de luz e amor. Seja Amor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 10:39
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013

Reflexão: Karuna e Reiki, combinação perfeita

Caros leitores,

     Hoje vou escrever um pouco acerca destas duas terapias que se encontram intimamente ligadas entre si. É com agrado que, nos dias de hoje, o Reiki se encontra cada vez mais difundido no seio da nossa sociedade muito “presa” aos velhos paradigmas e crenças, onde tem sido difícil a aceitação das terapias e praticas orientais. Tem sido com um grande esforço da Associação Portuguesa de Reiki, dos seus associados e dos mestres independentes, bem como de algumas outras associações que o Reiki se encontra cada vez mais divulgado, o que vai permitindo cada vez mais uma melhor aceitação por parte dos cidadãos nacionais e das instituições.

     Nesta reflexão vou falar um pouco mais acerca do Karuna, pois encontra-se menos difundido que o Reiki. O Reiki, como é do conhecimento geral define-se também como a terapia do “amor incondicional”, que é praticada através da imposição de mãos canalizando assim a energia vital universal (amor incondicional) para o receptor. Através do Reiki todas as pessoas podem fazer a sua entrada no Universo energético, e dentro do mesmo, percorrerem um caminho interior e precisamente pessoal que posteriormente os levará até onde sentirem uma vontade interior de se expandir. Dentro do Reiki nem todas as pessoas alcançam o grau de “mestre”, uns porque não querem, outros por impossibilidades económicas e outros porque cientes da responsabilidade que lhes fica atribuída perante a sociedade, não se acham à altura de tal desafio, pelos mais variados motivos. Por isso uns ficam pelo primeiro nível e outros pelo segundo, não porque não pretendam aprender mais mas porque não é sua intenção, atingir o grau de “mestre” tal como referi anteriormente.

     Mas muitas pessoas pretendem aprender mais do que a terapia do amor incondicional «Reiki», como tal eu recomendo-lhe a aprendizagem de um dos mais belos ramos desta terapia, o da energia da compaixão «Karuna». O Karuna é uma terapia compassiva que nos aumenta significativamente a nossa capacidade de canalização energética, em benefício de nós mesmos, de quem nos rodeia e também do planeta. Para poderem aprender Karuna é necessário ter o segundo nível de Reiki (independentemente da linhagem) no mínimo, pois ao ser uma ramificação necessita dos conhecimentos de nível 2 de Reiki porque trabalham conjuntamente no que diz respeito às aplicações que são necessários os símbolos. O Karuna que lecciono é o Karuna dos mestres independentes, criado pela israelita Rosy Naor diferente so sistema de Karuna Reiki® de William Rand que decidiu criar uma base de dados da certificação dos formandos e mestres desse sistema que os obriga a estarem registados nessa base de dados, tal qual um engenheiro tem de estar inscrito na ordem dos engenheiro para poder exercer a sua profissão. O Karuna dos mestres independenes não “obriga” o formando a estar registado em nenhuma plataforma para poder exercer. A formação de Karuna, tal como o Reiki tem a duração de 22 dias, onde no primeiro dia o mestre lhes transmite os novos conhecimentos, símbolos e lhes faz a abertura dos canais energéticos de Karuna através da sintonização à fonte universal da energia da compaixão «Karuna» e os restantes 21 dias definem-se como o período da purificação interior, nos quais o formando terá de fazer, pelo menos, uma auto-aplicação de Karuna. O Karuna actua muito profundamente em cada um de nós, sendo muito bom para o tratamento de traumas de infância, abusos infantis, traumas que vem nos nossos registos de adn de vidas passadas, remoção de memórias alojadas nas células, quebra de ilusões e padrões negativos mentais, cura do nosso “eu sombra”, anulação de ataques psíquicos, cura de relacionamentos e vícios, auxílio na criação de bons hábitos, atenuação de carências e falta de desejo sexual entre outros problemas relacionados com as emoções. O primeiro nível de Karuna define-se por “A preparação do jardim da Alma” que, como podem entender, para esse jardim estar limpo sem “ervas daninhas” há que passar por um trabalho de purificação interior do nosso “eu sou”, e assim alcançar a paz e harmonia que nos permitira a felicidade interior. Pense bem na oportunidade de vir a usufruir destas coisas através desta terapia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:50
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 16 de Outubro de 2013

Reflexão: Reiki, os sintomas

Caros leitores,

     Como certamente já é do vosso conhecimento, o Reiki não se vê sente-se. Por esta razão, o Reiki é uma experiência única, diferente de pessoa para pessoa. Como o Reiki actua em 4 níveis [físico, emocional, mental e espiritual] logo aquilo que podemos sentir ao receber uma sessão varia consoante o estado em que se encontram os 4 níveis, naquele momento. Para entender um pouco melhor o que acabei de transmitir vou-lhes dar um exemplo: Se uma pessoa estiver bastante bloqueada, ao receber uma sessão de Reiki pode não sentir absolutamente nada, mas na verdade a energia vai fluir das mãos do terapeuta para o seu corpo conseguindo actuar mesmo que passe despercebido ao receptor, porque o seu melhor diagnóstico é feito por ele mesmo (receptor) na manhã seguinte.

     O mesmo pode acontecer nas formações de Reiki, onde cada formando sente as coisas à sua maneira consoante o seu estado e sobretudo o seu nível de sensibilidade energética.

     A energia é fonte de vida, como tal é algo que está impregnado em todos os espaços, até nos mais recônditos locais do universo. Com a entrada no universo reiquiano passamos a ter uma sensibilidade mais apurada, no que diz respeito à nossa energia, às energias dos outros e dos espaços.

     Ao lerem esta reflexão talvez procurem saber que tipos de sensações ou reacções podem ter quando recebem uma sessão de Reiki. Assim irei enumerar algumas coisas que podem sentir: relaxamento profundo, vazio mental durante a sessão, sentir calor, sentir arrepios, sentir desejos, ter uma regressão, ter uma progressão, sentir leveza, vir à tona sentimentos associados a experiências passadas menos positivas, peso no local onde a mão está colocada, entre muitos outros. Recomendo-lhe que sempre que receba uma sessão de Reiki não pense em nada, relaxe o corpo e mesmo que sinta algo não se mexa, deixando assim a energia fluir livremente por todo o seu corpo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 10:33
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 30 de Setembro de 2013

Técnica do Perdão... Hawai

Publicado por Viktor às 10:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Relexão: Guias...

. Reflexão: Caminho do Amor

. Reflexão: A Essência do R...

. Agenda de Maio

. Reflexão: O Reiki e o Esp...

. Reflexão: A Humanidade

. Os 5 Princípios do Reiki

. Ter ou Ser?

. Técnica para praticar o P...

. Esclarecimentos sobre Rei...

. Reflexão: Eles andam aí…

. Seja Luz e Amor...

. Reflexão: Karuna e Reiki,...

. Reflexão: Reiki, os sinto...

. Técnica do Perdão... Hawa...

. Curso de Iniciação ao Rei...

. Como praticar o PERDÃO

. Evolução, Conceitos, Amor...

. Mensagem do dia...

. A Jornada…

. Reflexão: A Vida…

. Fácil vs Difícil

. A maravilhosa ferramenta ...

. Vagueando pelos pensament...

. Cursos de Reiki em Maio

. Reflexão do dia

. Curso de Reiki Nível II

. Curso de iniciação ao REI...

. "Perdoa e serás Perdoado"...

. Formação completa de Reik...

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31