.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quarta-feira, 10 de Julho de 2013

Workshop de Reiki em Albufeira

Publicado por Viktor às 15:19
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

Profecias Maias Interpretadas por Shtareer

2010

Os reinos animal, vegetal e mineral se harmonizam, desaparecendo da Terra espécies que não são mais necessárias. Chegam mais Irmãos Maiores para conviver com a humanidade, e ensinam coisas que não conseguimos nem imaginar até agora.

"Em 2010 muitas situações serão criticas, ou benéficas ou dolorosas, isso tudo dependerá do comportamento da humanidade e das escolhas nos anos anteriores. Essa ano marca uma divisão cultural total da economia e da cultura de vocês filhos da luz. Os astros como nibiru a muito já terá sido revelado e o contacto com os seus habitantes será revelado pelos governos. Não haverá mais tempo para mentiras. Herculovos estará em órbita tangencial ao eixo do sistema solar próximo a Urano e Júpiter, alterando muito o campo electromagnético solar e dos planetas.  O reino  mineral, vegetal e animal da Terra estará vibrando em outra frequência, o que ajudara a preparação de vários Portais e o surgimento de cidades na Antártida, com suas respectivas civilizações. O 4ª Reich, será revelado e se manifestara para ajudar o processo  do salto cultural da humanidade. A vossa  ciência passara por uma forte alteração, em busca da energia livre, não mais poluente e sem desperdício de energia e gastos desnecessários. A federação passara a ajudar na retomada do equilíbrio dos recursos minerais e naturais da Terra. O eixo da Terra estará com uma inclinação bem menor do que a actual, alias fato  que ocorre de forma  subtis ano a ano. Mudanças na biosfera pela alteração do campo electromagnético se farão presentes, para  em pouco tempo modificar a polaridade dos eixos e do cinturão de van Alen da Terra. A ciência ficara sabendo  como a Terra realmente é um ser vivo, que  também possui ciclos de vida como os humanos e todas as formas de vida."

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 02:35
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 8 de Fevereiro de 2010

Reflexão

Caros amigos,

Mais um fim-de-semana se passou, repleto de actividades Reikianas.

Ontem (Sábado) à tarde estive na Biblioteca Municipal “José Saramago” de Odemira, para efectuar mais um Workshop, na qualidade de Delegado Regional do Algarve da Associação Portuguesa de Reiki. O mesmo correu bem, e teve uma participação activa por parte da audiência. Obrigado pela vossa presença.

Hoje (Domingo) mais um curso de iniciação ao Reiki, onde a descontracção e boa disposição entre todos os participantes imperou. Aproveito também para dar as boas vindas aos novos Reikianos e aos quais lhe presto todo o meu apoio.

Assim sendo, termino o fim-de-semana algo cansado, mas sinto-me bem por mais uma vez ter contribuído para a divulgação desta terapia alternativa junto da população.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:29
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Problemas do Mundo

O mundo está repleto de ouro.

Ouro no solo. Ouro no mar. Ouro nos cofres.

Mas o ouro não resolve o problema da miséria.

O mundo está repleto de espaço.

Espaço nos continentes. Espaço nas cidades. Espaço nos campos.

Mas o espaço não resolve o problema da cobiça.

O mundo está repleto de cultura.

Cultura no ensino. Cultura na técnica. Cultura na opinião.

Mas a cultura da inteligência não resolve o problema do egoísmo.

O mundo está repleto de teorias.

Teorias na ciência. Teorias nas escolas filosóficas. Teorias nas religiões.

Mas as teorias não resolvem o problema do desespero.

O mundo está repleto de organizações.

Organizações administrativas. Organizações económicas. Organizações sociais.

Mas as organizações não resolvem o problema do crime.

Para extinguir a chaga da ignorância, que acalenta a miséria; para dissipar a sombra da cobiça, que gera a ilusão; para exterminar o monstro do egoísmo, que promove a guerra; para anular o verme do desespero, que promove a loucura, e para remover o charco do crime, que carrega o infortúnio, o único remédio eficiente é o Evangelho de Jesus no coração humano.

Sejamos, assim, valorosos, estendendo a Doutrina Espírita que o desentranha da letra, na construção da Humanidade Nova, irradiando a influência e a inspiração do Divino Mestre, pela emoção e pela ideia, pela directriz e pela conduta, pela palavra e pelo exemplo e, parafraseando o conceito inolvidável de Allan Kardec, em torno da caridade, proclamemos aos problemas do mundo: "Fora de Cristo não há salvação."

Espírito: BEZERRA DE MENEZES_

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 23 de Fevereiro de 2009

O TOQUE como forma de comunicação

O

 toque é uma das primeiras terapêuticas descoberta pelo ser humano. Os estudos científicos demonstram que a estimulação pelo toque é necessária para o nosso bem-estar, quer físico, quer emocional.

O toque tem múltiplas funções, pode servir para fazer notar a presença de alguém, para cumprimentar, chamar a atenção, confortar, toda a vivência humana está intimamente associada ao toque como forma de comunicação.

O toque faz parte de todas as culturas, embora cada uma o entenda de forma diferente havendo costumes e tabus à sua volta. Cada pessoa pode entender o toque de maneiras diferentes. Tem que se ter sempre em conta o contexto sócio-cultural. No entanto, todos precisamos do toque: desde as crianças para estabelecer relações e sobreviver, os idosos, que através do toque, podem minimizar a sensação de solidão ou de que não são desejados. O toque é também um importante canal de transmissão de informação, quando outros meios de comunicação se encontram menos desenvolvidos/diminuídos.

Sendo a pele o maior órgão do ser humano, é perfeitamente aceitável utiliza-lo como forma de melhoria de saúde do indivíduo.

Vários estudos experimentais demonstram as virtudes do toque: fazer-nos sentir melhor com nós mesmos e com o ambiente à nossa volta, provoca mudanças fisiológicas mensuráveis naquele que toca e no que é tocado. O toque físico não é apenas agradável. É necessário.

Diminuir a sensação de isolamento através do toque explica porque a massagem tem um lugar bem definido nos cuidados paliativos. O toque origina alterações e sensações que influenciam a forma de estar do ser humano, tendo por base esta constatação, tem todo o sentido que o “tocar” possa ser utilizado como terapia complementar.

A terapia complementar que se vai desenvolver ao longo deste trabalho(Reiki)  pode não implicar um contacto directo entre o terapeuta e o doente mas tem por base principalmente a transmissão e a comunicação ao outro de bem-estar.

Nursing

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:20
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 21 de Agosto de 2008

Aconselha-se...

A ESPIRAL

Por um mundo Natural
 

Este é o maior e mais antigo centro natural em Portugal: a Espiral reúne uma ampla variedade de espaços e actividades, promovendo e divulgando alternativas nos campos da alimentação, ecologia, saúde, psicologia, sociedade e filosofias de vida.

Com um espaço total de quase 1.000 m2, a Espiral foi a primeira em Portugal a ter um restaurante de alimentação natural com uma ementa diversificada, a desenvolver as medicinas e práticas naturais, a criar uma livraria especializada e a tornar-se também a maior loja de produtos naturais e biológicos do país.

Célia e Vitor ***

Estado de Espiríto: Muito In Love...
Música: Ouvindo os grilos e olhando para as estrelas
Publicado por Viktor às 02:09
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sábado, 7 de Junho de 2008

Energia Universal

Adeptos de todas as religiões falam em experimentar ou ver luz em torno da cabeça das pessoas. Através de práticas religiosas, como a meditação e a oração, eles atingem estados de consciência ampliada que lhes abrem as capacidades da Percepção Sensorial Elevada.

A antiga tradição espiritual indiana, de mais de 5.000 anos, menciona uma energia universal denominada Prana, vista como o constituinte básico e a origem de toda a vida. Prana, o alento da vida, move-se através de todas as formas e lhes dá vida. Os praticantes de ioga manipulam-na por meio de técnicas de respiração da meditação e de exercícios físicos destinados a manter estados alterados de consciência e a juventude muito além do espaço normal de vida.

Os chineses, no terceiro milénio AC., acreditavam na existência de uma energia vital a que davam o nome de Ch'i. Toda a matéria, animada ou inanimada, se compunha dessa energia universal e dela se impregna. O Ch'i contém duas forças polares, o yin e o yang. Quando o yin e o yang estão equilibrados, o sistema vivo reflecte saúde física; quando, porém, estão desequilibrados, daí resulta um estado mórbido. Um excesso de força do yang redunda em demasiada actividade orgânica. Quando o yin predomina, é causa de funcionamento insuficiente. Qualquer um desses desequilíbrios acarreta um problema físico. A antiga arte da acupuntura concentra-se no equilíbrio dessas duas forças, o yin e o yang.

A Cabala, teosofia mística judaica que teve início por volta de 538 AC., refere-se às mesmas energias como a luz astral. As pinturas religiosas cristãs retratam Jesus e outras figuras espirituais cercadas de campos de luz. No Antigo Testamento, existem inúmeras referências à luz em torno das pessoas e ao aparecimento de luzes, mas, no correr dos séculos, esses fenómenos perderam o significado original. A estátua de Moisés ou de Miguel Ângelo, por exemplo, mostra o karnaeem como dois chifres na cabeça em lugar dos dois raios de luz a que o termo originalmente se referia. Em hebraico, essa palavra tanto significa chifre como luz.

No livro “Future Science”, John White enumera 97 culturas diferentes que se referem aos fenómenos áuricos com 97 nomes diferentes.

Muitos ensinamentos esotéricos — os antigos textos védicos hindus, os teosofistas, os rosa-cruzes, o povo da Medicina Americana Nativa, os budistas tibetanos e indianos, a Sra. Blavatsky e Rudolph Steiner, para citar apenas alguns — descrevem pormenorizadamente o Campo da Energia Humana. Há pouco tempo, muita gente com estudos científicos modernos adicionou algumas observações num nível físico, concreto.

Publicado por Viktor às 12:10
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

PNEUMATOGRAFIA OU ESCRITA DIRECTA?

A pneumatografia é a escrita produzida directamente pelo Espírito, sem nenhum intermediário; difere da psicografia, por esta ser a transmissão do pensamento do Espírito, mediante a escrita feita com a mão do médium. O fenómeno da escrita directa é, não há dúvida, um dos mais extraordinários do Espiritismo; mas, por muito anormal que pareça, à primeira vista, constitui hoje facto averiguado e incontestável. A teoria, sempre necessária, para nos inteirarmos da possibilidade dos fenómenos espíritas em geral, talvez mais necessária ainda se faz neste caso que, sem contestação, é um dos mais estranhos que se possam apresentar, porém que deixa de parecer sobrenatural, desde que se lhe compreenda o princípio.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 15:15
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 9 de Abril de 2008

REIKI: O toque

Pergunta E relativamente à polémica de tocar ou não no paciente? Nos cursos de orientação mediúnica os passistas aprendem que não se deve tocar, de forma alguma, no paciente. O Reiki, por sua vez, costuma ser feito através do toque. Há problemas em se tocar o paciente?

Resposta Esta diferença ressalta as diferenças de mentalidade entre o Ocidente e o Oriente, entre a visão de mundo ocidental-cristã e a oriental. Existe muito pavor e incompreensão em relação ao corpo físico aqui no Ocidente. A nossa visão do mundo é dicotómica. Desde a Antiguidade se separa, radicalmente, espírito e corpo. Na verdade, parece que á uma guerra Espírito vs Corpo. Em alguns momentos da história ocidental valorizava-se o corpo em detrimento do espírito, noutros o contrário. Falta para nós a visão integrativa oriental.

No oriente, as práticas espirituais e mesmo profanas procuram sempre o equilíbrio físico, mental, emocional e espiritual. Não se concebe uma coisa dissociada da outra. Além disso, a massagem ou o toque não tem a conotação pejorativa e sexualizada que tem no Ocidente. O acto de tocar, de massajar é visto com naturalidade no Oriente. No Ocidente as pessoas levam tudo para o campo da sexualidade, devido à própria formação cultural e sexual do cidadão ocidental. Aqui, ao mesmo tempo, onde a maioria das religiões cristãs trata o sexo como Tabu, as pessoas são bombardeadas por propagandas e programas de TV que vivem da exploração de um erotismo desenfreado. O homem Ocidental vive angustiado pelo medo do pecado, de um lado, e pelo erotismo exacerbado, de outro.

Sem segundas intenções, seria possível aplicar Reiki e fazer massagens ao mesmo tempo, principalmente, nos pés. Mas o Terapeuta necessita ter um auto controle, dominando seus instintos inferiores, mantendo sempre o seu pensamento elevado. O único momento em que não se deve tocar no paciente é quando, o que é raro, ocorre uma “incorporação”. Se a sala é preparada para o trabalho e é protegida pela espiritualidade, raramente isso irá acontecer. Mas é preciso lembrar que se o paciente for um médium e estiver sob forte acção obsessiva, é necessário mandar energia sem tocar na pessoa, fazendo muitas preces para a espiritualidade adormecer e levar para esclarecimento aquele irmão obsessor. Vocês devem-se lembrar sempre que na hora do tratamento, seja com o Reiki ou com o passe, o momento não é para desenvolvimento mediúnico e nem para doutrinação, seja ela qual for.

Publicado por Viktor às 09:31
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 14 de Março de 2008

SÍMBOLOS

PerguntaE os canalizadores que afirmam que foram seres de outros planetas, que foram extraterrestres que lhe transmitiram os símbolos e que os mesmos lhes disseram para não os divulgar a qualquer pessoa, pois seria muito perigoso, transformando, assim, o símbolo numa mercadoria cara e disputada, avidamente, pelos adeptos das seitas das Novas Eras?
RespostaPara aquele que paga, há sempre aquele que vende. O charlatanismo só existe porque ainda há pessoas que gostam de ser enganadas. Se o canalizador tem essa vontade de “canalizar” um símbolo que o possa tornar famoso, que dê para ele criar um novo sistema de Reiki e, além disso, ganhar dinheiro comercializando o símbolo, tudo isso fará com que ele atraia para o seu lado consciências desencarnadas zombeteiras ou mistificadoras. Não é por acaso que vão aparecer seres de “altíssima” evolução espiritual, afirmando serem de outros planetas, com formas bizarras como lagartos e outros bichos, e vão transmitir ao “canalizador” símbolos com nomes apropriados para filmes de ficção científica e vão dizer, obviamente, para ele guardar o símbolo com muito cuidado.
Vão dizer, para estimular a vaidade do médium, que são símbolos valiosos e que servem para curar cancro ou outras doenças que, se não podemos afirmar que são incuráveis, podemos garantir que, dependem, sobretudo, do merecimento do paciente. Sem a reforma íntima, tais enfermidades, como as colheitas dos erros do passado, não são curadas.
As toxinas astrais que as originam só podem ser drenadas a partir do Amor ou da Dor, quando são, então, drenadas para o corpo físico na forma de graves enfermidades. Por isso não importa se o símbolo foi transmitido por “Buda”, “dr. Lagarto”, “Saint-Germain”, “Jesus” ou outro espírito que diz ter vindo de Sírius ou de Júpiter... A toxina será drenada pelo suor do trabalho amoroso ou pela dor da expiação.
E por que dizem que são símbolos valiosos? Porque servem para a mistificação, para estimular o orgulho e o egoísmo do médium invigilante que o canalizou. Jesus e São Francisco usaram algum símbolo para curar? Não. Eles usavam apenas o grande poder mental que possuíam e contavam com o amparo da espiritualidade superior.
Estado de Espiríto:
Publicado por Viktor às 09:27
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2008

Brilhando na arte de pensar

A arte de pensar é a manifestação mais sublime da inteligência. Todos pensamos, mas nem todos desenvolvemos qualitativamente a arte de pensar. Por isso, frequentemente não expandimos as funções mais importantes da inteligência, tais como aprender a interiorizar, a destilar sabedoria diante das dores, a trabalhar as perdas e frustrações com dignidade, a agregar ideias, a pensar com liberdade e consciência crítica, a romper as ditaduras intelectuais, a gerir com maturidade os pensamentos e emoções nos focos de tensão, a expandir a arte da contemplação do belo, a doar sem contrapartida (retorno), a colocarem-se no lugar do outro e considerar as suas dores e necessidades psicossociais.
Muitos Homens, ao longo da história, brilharam com as suas inteligências e desenvolveram algumas áreas importantes do pensamento. Sócrates foi um questionador do mundo. Platão foi um investigador das relações sociopolíticas. Hipócrates foi o pai da medicina. Confúcio foi um filósofo, mestre, teórico e político. Sáquia-Múni, o fundador do budismo, foi um pensador da procura interior. Moisés foi o grande mediador do processo de liberdade do povo de Israel, conduzindo-o até a terra de Canaã. Maomé, na sua peregrinação profética, foi o unificador do povo árabe, um povo que estava dividido e sem identidade. Há muitos outros homens que brilharam na inteligência, tais como Tomás de Aquino, Agostinho, Hume, Bacon, Spinoza, Kant, Descartes, Galileu, Voltaire, Rosseau, Shakespeare, Hegel, Marx, Newton, Max Well, Gandhi, Freud, Habermas, Heidegger, Curt Lewin, Einstein, Viktor Frankl etc.
A temporalidade da vida humana é muito curta. Em poucos anos encerramos o espectáculo da existência. Infelizmente, poucos investem na sabedoria durante esse breve espectáculo, por isso não se interiorizam, não se expandem. Se compararmos a lista dos homens que brilharam nas suas inteligências e investiram na sabedoria ao contingente de nossa espécie, ela torna-se muito pequena. Independente de qualquer julgamento que possamos fazer desses homens, o facto é que eles expandiram o mundo das ideias no campo científico, cultural, filosófico e espiritual. Alguns não se preocuparam com a notoriedade social, preferiram o anonimato, não se importaram em divulgar suas ideias e escrever seus nomes nos anais da história. Porém, suas ideias não puderam ser sepultadas. Elas germinaram como sementes na mente dos homens e enriqueceram a história da humanidade. Estudar a inteligência deles pode-nos ajudar muito a expandir nossas próprias inteligências.
Houve um homem que viveu há muitos séculos e que não apenas brilhou na sua inteligência, mas teve uma personalidade intrigante, misteriosa e fascinante. Ele conquistou uma fama indescritível. O mundo comemora seu nascimento. Todavia, em detrimento de sua enorme fama, algumas áreas fundamentais da sua inteligência são pouco conhecidas. Ele destilava sabedoria diante das suas dores e era íntimo da arte de pensar. Esse homem foi Jesus Cristo.
A história de Cristo teve particularidades em toda a sua trajectória: do seu nascimento à sua morte. Ele abalou os alicerces da história humana por intermédio da sua própria história. Seu viver e seus pensamentos atravessaram gerações, varreram os séculos, embora ele nunca tenha procurado status social e político.
Estado de Espiríto: Com os anjos...
Publicado por Viktor às 01:00
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2008

ENCONTROS ALTERNATIVOS - Informação

Caros Reikianos, Amigos e Interessados em Reiki;

Venho por este meio informar que brevemente irei fazer algumas sessões de esclarecimento acerca do Reiki (origem, utilidades e benefícios). Essas sessões são dirigidas a todos aqueles que têm alguma curiosidade sobre o tema e que pretendam aprofundar os conhecimentos acerca do tema. As pessoas já iniciadas neste tipo de terapias podem também participar nos eventos dando o seu testemunho e posteriormente na organização de “Encontros Alternativos de Reiki”.

Se pretenderem mais informações podem solicitar via e-mail ou então comentando este post.

Saudações ReikianasNAMASTÉ.

 

Estado de Espiríto: Com muita energia ...
Publicado por Viktor às 12:15
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

Ectoplasma (parapsicologia)

Ectoplasma (do Grego Ektós: por fora + plasma: molde ou substância), na acepção da parapsicologia, designa uma substância hipotética, que seria "semi-material" e sensível a determinados impulsos, se exteriorizaria do corpo de determinados indivíduos com características especiais, permitindo até mesmo a sua configuração em corpos distintos daquele onde saiu.


Acepções actuais

O termo ectoplasma, largamente utilizado no cinema em filmes e desenhos animados onde aparecem fantasmas, ganhou certa popularidade, e teria tido acepções não necessariamente condizentes com os conceitos defendidos pelo espiritismo ou pela parapsicologia.

É no Espiritismo, consoante seu desenvolvimento ocorrido no Brasil, entretanto, que o vocábulo ganhou maiores definições e, efectivamente, seria a base material para todos os fenómenos ditos mediúnicos.

Acepção espírita

O Ectoplasma seria o plasma usado por entidades espirituais, para materializar um corpo etéreo, e que por sua vez não poderia ser visualizado de maneira convencional.

Nos fenómenos mediúnicos o ectoplasma seria moldado pelo Espírito, a partir do plasma existente no corpo do médium em transe.

É defendido que o ectoplasma não poderia ser observado como um fenómeno natural de forma corriqueira, já tendo, no entanto, sido alegadamente fotografado várias vezes saindo da boca e de outros orifícios do corpo de médiuns em transe. Apesar de algumas dessas fotos terem sido provadas fraudulentas, nem todas o foram.

wikipédia
Publicado por Viktor às 19:39
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2007

CRIANÇA ÍNDIGO

A criança índigo é um dos percursores, um dos mestres, uma das pessoas, um dos curadores que vêem alterar esta realidade. Esta realidade, não pode de maneira nenhuma continuar pelo caminho materialista, normalizado e saturado de tecnologia que leva. É precisa a criatividade. É preciso saber aproveitar cada vez mais do tempo livre que a tecnologia nos deixa. Quem é que nos vai ensinar? Os índigo, porque a frequência índigo, a frequência do chacra frontal é a que unifica o prático com o criativo. Porque esta sociedade e esta realidade, se não começarem a ser criativas com o seu tempo livre, e com os meios de que dispõem, se não começarem a relacionar-se com o próximo a partir do coração, vão explodir! Tanta tecnologia e tanto tempo livre em sociedades altamente culturizadas, altamente tecnológicas, como por exemplo a Suiça e a Suécia, resultaram num grande número de suicídios de crianças, de adolescentes e de adultos. Porquê? Porque há muito tempo, muito dinheiro, muita tecnologia, e não se sabe o que se há-de fazer deles, porque não há educação criativa! Que casualidade, não é verdade?

Às crianças índigo, a única motivação com que as podemos ajudar, a única via para que despertem e desenvolvam toda a potencialidade que têm em si mesmos, é através da criatividade. Eles não se sentem motivados, nem lhes interessa em absoluto que na sua escola haja um programa de aprendizagem que vá do primeiro ao último mês do ano escolar, nem com a aprendizagem dos adjectivos, das proposições e da tabuada do um ao nove, para dar um exemplo, e têm que se adaptar a cumprir esse programa, que é ditado por quem? pelo sistema educativo existente para o nosso melhor bem, e evidentemente dos nossos filhos também. Mas a criança índigo não se adapta ao método: necessita de um método que se adapte a ela. E a não ser que tenhamos a sorte de metê-lo numa escola Montessori, ou numa escola Waldorf, ou numa escola especial que não esteja massificada, na qual as pessoas que formam parte dessa escola tenham necessidade de expressar a sua vocação, amorosa e apaixonadamente, e não usem a sua profissão apenas como um meio de gerar dividendos no fim do mês...

Porque quer na docência, quer na medicina oficial, há muita gente que podemos definir como “funcionários”, pois não é a mesma coisa um professor que ame as crianças e ame a sua vocação, e um funcionário que estudou uma carreira fácil, curta, agradável, com aliciantes, com bastantes períodos de férias, paga pelos pais, e é tudo. Esse é um funcionário, esse não suporta as crianças, e se tem crianças índigo na sua aula, não está hoje aqui. Está a fazer uma massagem, ou um curso de inglês ou de dança, ou num bar a tomar café, porque sabe que o seu período de trabalho é remunerado, e quando acaba, “óptimo, pois estão a chegar os papás e as mamãs para levarem os monstrozinhos”... Em troca, as pessoas que estão aqui e que têm como vocação o amor às crianças e o amor ao ensino, sabem que têm índigos nas suas salas...Que fazemos com eles, que fazemos? Temos que recorrer ao engenho para continuar dentro do sistema, porque o sistema é um colosso tremendo e não podemos lutar contra ele, mas aumentando a criatividade e fazendo os possíveis por implicar os pais no processo.

Os pais devem ficar conscientes de que o seu filho é um ser especial como toda a criança, mas se além disso é um índigo, é uma responsabilidade ter um filho destes. Um filho índigo é o futuro profissional em que estaremos todos nós, porque todos os âmbitos da sociedade de amanhã, serão formados pelas crianças de agora. Que em cada um dos profissionais do nosso futuro, haja um índigo que tenha podido expressar as suas qualidades ou potencialidades, que tenha podido expressar-se a partir da criatividade, e que tenha podido descubrir o que mais o apaixona na vida, para que seja um profissional totalmente curador.

Porque a criança índigo é um terapeuta: veio para curar esta sociedade, como se disse anteriormente. Se uma criança índigo se apaixona por fazer pães, bolos, biscoitos, qualquer profissão que eleja, seja mecânico, seja médico, seja advogado, seja arquitecto, seja terapeuta holístico, seja cineasta, seja escritor, se fizer aquilo que o apaixona ( e só pode descobrir se se lhe permitir ser criativo com a sua aprendizagem), se descobrir o que o apaixona, dedique-se ao que se dedicar na vida, teremos e receberemos um amor, um nível de consciência que neste momento não temos, como devíamos e merecemos ter. A maioria dos profissionais da nossa sociedade, de qualquer sector, trabalha por dinheiro. A maioria, não todos. Quando podemos unir remuneração, profissão e vocação, é um presente do céu. E quem ama a sua profissão sabe isso. É isso que se pretende com as crianças índigo. Que a todos os níveis, quando forem adultos, em qualquer sector da sociedade em que trabalhem, onde se realizem profissionalmente, o façam através daquilo que os apaixona, e que não lhes tenha sido imposto. Mas para isso, precisam desde o início de se sentir amados, apoiados, compreendidos, e com um sistema de ensino e de aprendizagem que se adapte a eles, e não ao contrário.

Publicado por Viktor às 01:45
Link | Comentar | ver comentários (12) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

AMOR LIVRE

Pergunta: Qual das duas, a poligamia ou a monogamia é mais conforme à lei da Natureza?

Resposta: A poligamia é lei humana cuja abolição marca Progresso social. O casamento segundo as vistas de Deus tem que se fundar na afeição dos seres que se unem. Na poligamia, não há afeição real: há apenas sensualidade. Item n° 701, de "O livro dos Espíritos".

Comenta-se a possibilidade de legalização das relações sexuais livres, como se fora justo escolher companhias para a satisfação do impulso genésico, qual se apontam iguarias ou vitaminas mais desejáveis numa hospedaria. Relações sexuais, no entanto, envolvem responsabilidade. Homem ou mulher, adquirindo parceira ou parceiro para a conjunção afectiva, não conseguirá, sem dano a si mesmo, tão-somente pensar em si. Referentemente ao assunto, não se trata exclusivamente da ligação em base do matrimónio legalmente constituído. Se os parceiros da união sexual possuem deveres a observar entre si, à face de preceitos humanos, voluntariamente aceitos, no plano das chamadas ligações extralegais acham-se igualmente submetidos aos princípios das Leis Divinas que regem a Natureza. Cada Espírito detém consigo o seu íntimo santuário, erguido ao amor, e Espírito algum acabará com o "lugar sagrado" de outro Espírito, sem lesar a si mesmo. Conferir pretensa legitimidade às relações sexuais irresponsáveis seria tratar "consciências" qual se fossem "coisas", e se as próprias coisas, na condição de objectos, reclamam respeito, que se dirá do acatamento devido à consciência de cada um? É óbvio que ninguém se lembrará, em são juízo, de recomendar escravidão às criaturas claramente abandonadas ou espezinhadas pelos próprios companheiros ou companheiras a que se entregaram, confiantes; isso, no entanto, não autoriza ninguém a estabelecer liberdade indiscriminada para as relações sexuais que resultariam unicamente em licença ou devassidão. Instituído o ajuste afectivo entre duas pessoas, levanta-se, concomitantemente, entre elas, o impositivo do respeito à fidelidade natural, ante os compromissos abraçados, seja para a formação do lar e da família ou seja para a constituição de obras ou valores do espírito. Desfeitos os votos articulados em dupla, claro que a ruptura corre à conta daquele ou daquela que a empreendeu, com o aceite compulsório das consequências que advenham de semelhante resolução. Toda sementeira se acompanha de colheita, conforme a espécie. É razoável nos lembremos disso, porquanto o autor ou autora da defecção havida, ante os princípios de causa e efeito, é considerado violador de almas, assumindo com as vítimas a obrigação de restaurá-las, até o ponto em que as injuriou ou prejudicou, ainda mesmo quando na conceituarão incompleta do mundo essas criaturas tenham sido encontradas supostamente já prejudicadas ou injuriadas por alguém. O diamante no lodo não deixa de ser diamante, sem perder o valor que lhe é próprio, diante da vida. A criatura em sofrimento não deixa de ser criação de Deus, sem perder a imortalidade que lhe é própria, à frente do Universo. Que a tentação de retorno dos sistemas poligâmicos pode ocorrer habitualmente com qualquer pessoa, na Terra, é mais que natural - é justo. Em circunstâncias numerosas, o pretérito pode estar vivo nos mecanismos mais profundos de nossas inclinações e tendências. Entretanto, os deveres assumidos, no campo do amor, ante a luz do presente, devem prevalecer, acima de quaisquer anseios inoportunos, de vez que o compromisso cria leis no coração e não se danificarão os sentimentos alheios sem resultados correspondentes na própria vida. Observem-se, nos capítulos do sexo, os desígnios superiores da Infinita Sabedoria que nos orienta os destinos e, nesse sentido, urge considerar que a Vontade de Deus, na essência, é o dever em sua mais alta expressão traçado para cada um de nós, no tempo chamado "hoje". E se o "hoje" jaz vincado de complicações e problemas, a reportarem do "ontem", depende de nós a harmonia ou o desequilíbrio do "amanhã".

Emmanuel

Publicado por Viktor às 08:35
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Workshop de Reiki em Albu...

. Profecias Maias Interpret...

. Reflexão

. Problemas do Mundo

. O TOQUE como forma de com...

. Aconselha-se...

. Energia Universal

. PNEUMATOGRAFIA OU ESCRITA...

. REIKI: O toque

. SÍMBOLOS

. Brilhando na arte de pens...

. ENCONTROS ALTERNATIVOS - ...

. Ectoplasma (parapsicologi...

. CRIANÇA ÍNDIGO

. AMOR LIVRE

. Biografia do Grande Mestr...

. O que significa Reiki?

. ORIGEM DO REIKI

. ANTE O ALÉM

. DINHEIRO

. NECESSIDADE DA ENCARNAÇÃO

. DEUS E NÓS

. Se você sonhou com...[M]....

. Mediunidade profissional ...

. CURSO REIKI NÍVEL I [Inic...

. INÁCIO BITTENCOURT

. ALLAN KARDEC

. FREDRICH MYERS

. ESPÍRITO E MATÉRIA

. OS PROBLEMAS DA EXISTÊNCI...

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31