.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 15 de Novembro de 2016

Reflexão: A Infelicidade…

1-Infelicidade.jpg

Caríssimos,

     Cada ser humano neste planeta é único, passando por diversas provações, influenciado pelo maio em que vive e pelas amizades que tem, pela educação que teve, pelas habilitações literárias que possui, entre muitas outras coisas que ao longo do tempo têm influência sobre cada um. De alguma maneira, cada um de nós procura na verdade a sua felicidade, certo? Presumo não me ter enganado, mas na verdade uma grande maioria das pessoas são infelizes, infelizmente, pois muitas vezes definem prioridades erradas, cobiçam o que os outros têm, enfim, por tantos motivos e razões que neste momento não me recordo.

     O ser humano é em muitos casos o principal culpado pelo seu próprio sofrimento, infortúnio, avareza, mal-estar entre outras coisas, devido às escolhas que fazemos, às atitudes que temos, às palavras que dizemos, aos pensamentos que temos, à inércia que temos e à falta de auto estima. Muitas vezes somos muito amorosos para com os outros contudo não reservamos nenhum amor para nós mesmos, temos pena e somos compassivos com os outros mas não temos compaixão por nós mesmos, criticam os outros e no entanto não gostam de ser criticados, querem ganhar mais e trabalhar menos, acham que foi dessa forma que quem honestamente trabalha conseguiu fazer dinheiro? Muitas vezes o ser humano é assim, desrespeita-se a ele mesmo dia após dia, quer ser rico sem construir riqueza, quer ser magro e continua a comer desmedidamente, quer ser bonito e continua a ser desleixado, entre tantas outras coisas. A maioria das pessoas querem muitas coisas, mas além de as cobiçarem nada fazem para as conseguirem obter, de forma honesta sem ultrapassar por cima de ninguém, respeitando sempre o seu semelhante. A maioria da humanidade está mais focada no Ter do que no Ser, por isso “arranjam” fontes de sofrimento, desânimo, tristeza, angustia, infelicidade, e desarmonia entre aqueles que fazem parte do seu mundo (família, amigos, conhecidos, colegas de trabalho, etc…).

[faça uma pausa na leitura para pensar um pouco no que leu]

     Por vezes refletirmos um pouco sobre as nossas atitudes e sobretudo sobre os nossos pensamentos, chegamos à conclusão que uma boa parte do nosso mal estar é provocado por nós mesmos, pela importância indevida que atribuímos às palavras e ações dos outros, e porque queremos as coisas à nossa maneira, mas não nos devemos esquecer que nós quando cá chegámos o planeta, as coisas e as pessoas já existiam, e como diz a sabedoria popular: “O homem foi feito para se adaptar ao meio, e não o meio para se adaptar ao homem”. Tenham mais cuidado com o que dizem, da forma como o dizem, deixando de emanar energias negativas, passando a transmitir o vosso amor incondicional para com todos os que o rodeiam, e façam o favor de ser muito felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 23 de Março de 2015

Reflexão: Impacto do Reiki na Sociedade…

Caríssimos,

     Cada Ser humano é único, com as suas virtudes e os seus defeitos, pois cada um à sua maneira procura a sua perfeição à sua maneira. Uma das missões que temos em comum é a de vivermos em sociedade, o que nos coloca diariamente à prova, principalmente as nossas emoções e sentimentos. Além do que acabei de escrever, somos também “bombardeados”, quase constantemente, por notícias de índole negativa, por parte dos meios de comunicação social, que também interferem bastante no nosso equilíbrio mental/psicológico. Mas na realidade aquilo que efectivamente pode fazer mais moça, ao ponto de nos deixar desorientados, é as relações inter-pessoais com os nossos semelhantes, pois além de nos poderem afectar psicologicamente, podem perturbar as nossas emoções. Conjuntamente devo salientar que todo o ser humano tem uma grande capacidade imaginativa, o que faz com que a nossa mente comece a promover histórias especulativas, que originam sentimentos menos positivos sobre o seu semelhante. Isso não é nada bom, pois pensamentos negativos sobre outra pessoa é como estar a enviar energia negativa sobre a mesma.

     Aquilo que lhes disse no parágrafo anterior certamente não é novo para si, mas penso ser necessário para um melhor entendimento do que se segue. O Reiki além de uma terapia, é uma filosofia de vida, desde que consiga aplicar no seu dia-a-dia os 5 princípios que lhe são ensinados quando se inicia no universo do Reiki. Através do Reiki aprende a canalizar a energia universal do Amor Incondicional, e sendo essa energia inteligente, irá provocar alterações dentro de si. Essas alterações são feitas principalmente no período da purificação interior, ou seja, nos 21 dias seguintes após a sintonização que o mestre lhe faz no dia do curso. Contudo, essas modificações continuam a ser feitas depois desse período, mas com uma menor intensidade. Através dessas alterações e também na mudança do nosso paradigma de pensamento, vamos conseguir alcançar o tão desejado equilíbrio interior, conseguindo assim ter um melhor controlo mental, bem como um melhor controlo sobre as nossas emoções/sentimentos. São sem dúvida, essas capacidades alcançadas com o Reiki, que nos dão uma maravilhosa ajuda no nosso equilíbrio e controlo, evitando assim dissabores e desentendimentos muitas vezes desnecessários, que apenas e só contribuem para o nosso mal-estar pessoal.

     Estas mudanças que se dão dentro de cada um de nós são fruto da elevação de consciência que cada um dos níveis nos provoca, pois, tal como em anteriores textos referi, por vezes nós somos os principais causadores dos nossos próprios problemas, chatices e aborrecimentos, entre outras coisas, pois permitimos que os outros interfiram no nosso equilíbrio, perturbando assim a nossa paz e bem-estar. Nunca se esqueça que você é a pessoa mais importante da sua vida e façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:10
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Reflexão: Aproveitamento…

Caríssimos,

     A vida é um constante desafio para qualquer Ser humano, onde devemos estar sempre alertas, pois a qualquer momento pode surgir uma surpresa. Há no entanto imensas formas de dar sentido à vida, que derivam da educação que cada um teve, do meio ambiente onde nasceu, na família em que está inserido, nível académico e tantas outras coisas que fazem parte dos nosso ideais, crenças e convicções de vida.

     Neste “modelo” de planeta e pelo que facilmente podemos observar ao longo dos séculos, tem vivido períodos cíclicos no quais vemos os Seres humanos cometerem os mesmos erros, o que me faz surgir na mente a seguinte questão: “Mas o Ser humano não aprende nada?”. Sim, tem aprendido algumas coisas, mas na generalidade continua a cometer os mesmos erros que cometia à séculos atrás, o que me fez pensar na seguinte questão: “Mas o Ser humano mentalmente não evoluiu?”. (pare a leitura e pense nas duas questões colocadas)

     É com profunda tristeza que lhes digo que na verdade, a humanidade observou grandes evoluções na medicina, ciência e tecnologia, mas ao nível individual do Ser, no que diz respeito à sua mente, parece que ficou “presa” no passado. Repare que em pleno século XXI vivemos crises económicas (tal como no passado), guerras e conflitos (tal como no passado), fome e miséria (tal como no passado), epidemias (tal como no passado), escravatura (tal como no passado), e tantas outras coisas que poderia aqui enumerar. O Ser humano continua “amarrado” ao materialismo (apesar da evolução espiritual que vai tendo) continuando a venerar o “Deus dinheiro” em detrimento do Criador, despertando-lhes a sede de poder, riqueza, luxúria, sexo e até mesmo a soberba, o que faz com que prolifere nas sociedades a corrupção, compadrio, violência, e sobretudo os perigosos jogos psicológicos praticados por quem detém o “poder” sobre aqueles que lhe são “inferiores”. Esse domínio psicológico exercido sobre os seus subalternos vinga devido aos “medos” que lhes incutem na mente. (pare a leitura e pense um pouco no que acabou de ler)

     Infelizmente os jogos psicológicos praticados por aqueles que desempenham cargos de “poder” ou chefia, são práticas comuns em todas as sociedades. Estas manobras de domínio psicológico são também praticadas por seres das mais variadas classes sociais. Por vezes surgem noticias de burlas, geralmente de avultadas quantias, praticadas por “bruxos”, “videntes”, “sócios” e outro tipo de pessoas, por vezes mesmo aquelas que coabitam connosco, o que é algo que me deixa triste, pois aproveitam-se da fragilidade da mente dos outros para lhes incutir falsas crenças, curas milagrosas ou lucros fáceis. Para mim este tipo de atitudes é feita por seres sem escrúpulos, com intuído de malvadez, aproveitando-se dos seus semelhantes. Num país maioritariamente cristão as histórias bíblicas que relatam a vida de Jesus Cristo são conhecidas pela maioria das pessoas, mas nem está escrito nem nunca ouviram dizer que ele cobrou algum dinheiro para ajudar ou curar, certo? Pois é, mas não quero dizer com isto que se deve fazer isto hoje, mas é claro que se devem cobrar quantias simbólicas para que ambas as partes não fiquem a “ganhar” nem a “perder”, cobrando um valor justo.

     Para terminar e para que não se Aproveitem de vocês, deixo-lhes algumas dicas: Mantenha-se sempre atento, pois o “perigo” pode estar ao virar da esquina; Não tome decisões importantes sem dedicar algum tempo a pensar nas mesmas; Quando tiver de tomar uma decisão importante peça a opinião a alguém em quem confie plenamente, mas não se descarte da sua responsabilidade porque a decisão é e será sempre sua; Desconfie de coisas muito fáceis, pois se assim fosse muitas pessoas já tinham aderido; Quando para o ajudarem em algo e lhe pedirem muito dinheiro tenha muito cuidado, desconfie; Cuidado com as aparências, pois elas iludem; Se não se sentir bem, não vá na conversa de ninguém nem tome decisões. Espero que estas dicas o possam ajudar a seguir o seu caminho com mais tranquilidade e felicidade. Façam o favor de ser felizes e tudo de bom para vocês.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:43
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Reflexão: Depressão, uma praga social…

Caríssimos,

     A vida é um desafio constante, na qual todos os seres humanos aspiram ou tentam ser algo ou alguma coisa, uma “luta” incessante que cada um de nós mantém, desde o momento da nossa chegada (nascimento). Essa “luta” constante do Ser humano decorre em dois cenários (planos), externo e interno de cada um de nós.

     No plano externo estamos sempre expostos àquilo que nos rodeia, ao meio ambiente e às pessoas com as quais temos de interagir. No plano interno é onde se dá a questão mais complexa, pois é neste plano que o Ser humano tem de se encontrar consigo mesmo, no qual tem a difícil e árdua tarefa de encontrar o equilíbrio entre os planos físico, emocional, mental e espiritual. Esta é a mais difícil de todas as tarefas do Ser humano, a qual exige de cada um de nós uma vigilância constante sobre nós mesmos, em prol do nosso bem-estar.

     Antes de começar esta partilha achei que a explicação anterior fosse necessária para um melhor entendimento da reflexão. Em meu entendimento Depressão define-se assim: “É a não-aceitação do Passado, incerteza no Futuro, que provoca instabilidade no Presente”. (faça uma pausa na leitura e pense na definição que acabou de ler)

     A não-aceitação do Passado em inúmeros casos está intimamente ligada à nossa mente, pois o não entendimento de acontecimentos passados resulta em muitos casos na não-aceitação. Essa não-aceitação vai “prender” a pessoa no “tempo” o que lhe provoca mal-estar no presente, compreendeu? Para melhor compreensão vou-lhe dar um exemplo: Uma determinada pessoa há 5 anos atrás perdeu um parente muito chegado ou terminou um relacionamento (sem que tal tenha sido de sua vontade), incapaz de ultrapassar essa “perda”, a pessoa fica como que “presa” na linha do tempo (na data do acontecimento). Por esse facto torna-se complicado hoje (2014) essa pessoa sentir-se bem, pois a sua mente ficou presa ao acontecimento passado (2009). Como tal e por mais que lhe possa custar, o que lhe vou dizer é apenas e só para seu bem, aceite plenamente o que aconteceu e liberte-se desse acontecimento, causa de muitos dos seus problemas de saúde atuais, e verá como a vida lhe irá sorrir novamente.

     A incerteza no futuro é algo que está ligado directamente à nossa mente, e associado às expectativas, ansiedade, incertezas, medos e receios. Todas estas coisas derivam do facto de atribuirmos demasiada importância a alguns acontecimentos mas principalmente a algumas pessoas. Dar demasiada importância a quem não deveríamos é um erro que quase todos os seres humanos cometem, pois é prejudicial para a nossa estabilidade e equilíbrio. Este é um dos aspectos ao qual você deve dedicar algum tempo e pensar, correcto? Um dia que esteja em sua casa sozinho, pense um pouco na importância que está a atribuir a algumas pessoas, começando por colocar a si mesmo as seguintes perguntas: “Que falta faz esta pessoa na minha vida?”; “Esta pessoa faz parte da minha vida?”; “Qual o contributo desta pessoa para a minha felicidade?”. Outra recomendação que lhe dou é não criar expectativas sobre pessoas e acontecimentos, pois em 99% dos casos nunca acontece o que nós pensamos, relaxe e aceite aquilo que tiver de ser, pois assim evitará dissabores para si mesmo.

     Claro é que, com todas as situações referidas nos 2 parágrafos anteriores, a nossa situação resulta numa instabilidade no presente. Presentemente como é que um Ser humano consegue estar de corpo e alma numa relação, se a alma (mente) ficou presa no passado? Presentemente como consegue ser feliz quando você é a pessoa que mais mal pensa de si mesmo? Presentemente como quer que lhe aconteçam coisas boas quando na sua cabeça predominam os pensamentos ruins? Para encontrar o seu equilíbrio lembre-se que o passado é história, o futuro é um mistério e o presente é uma dádiva que para a podermos viver na plenitude temos de nos libertar do passado e parar de ter preocupações excessivas com o futuro. Seja mentalmente flexível, perdoe o mal que lhe fizeram (sentimentos negativos destroem o nosso interior) e comece hoje a dar a si mesmo o amor e carinho que dá aos outros porque VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 4 de Junho de 2014

Felicidade, onde estás?

Caríssimos,

     O universo está em constante mutação, assim como tudo o que nele se encontra. O que hoje á verdade amanhã é mentira, uma mentira contada muitas vezes torna-se verdade, o que foi já não é, enfim, constantemente temos de nos adaptar às mudanças. As pessoas envelhecem, os materiais deterioram-se, os resíduos entram em decomposição, tudo vai mudando com o tempo. Fisicamente o nosso corpo vai-se deteriorando e envelhecendo naturalmente, mas também está constantemente exposto a mudanças mais bruscas na sequência de “acidentes”, mas não é apenas o nosso corpo que muda, é também a nossa mente e os nossos pensamentos.

     A procura da Felicidade tem sido, ao longo de séculos, algo que é comum a todos os seres humanos. A humanidade tem recorrido às mais diversas formas e maneiras para tentar alcançar a tão almejada Felicidade, mas poucos a têm conseguido encontrar. Uns acham que a conseguem alcançar através do poder, outros através da força, outros através da magia, outros através de manhas, outros através da mentira, outros através do casamento, enfim, já tentaram de tantas formas, mas será que nunca chegaram à conclusão que a Felicidade está dentro de cada um de nós e na simplicidade do Ser? Pois, se calhar ninguém os avisou ou lhes disse.

     A Felicidade não é um objecto que se adquira por um determinado valor, é um estado de alma, ao qual temos acesso através da simplicidade do Ser. Para terminar esta pequena reflexão, vou-lhe deixar algumas dicas para vocês conseguirem alcançar esse estado: libertem-se de todo o passado; perdoem tudo e todos; libertem-se de todos os sentimentos negativos; amem-se; adorem-se; encham-se de amor; espalhem alegria; respeitem todas as formas de vida; agradeçam diariamente o que têm; não invejem; não criem apegos (ninguém é de ninguém); tenham apenas pensamentos positivos; enfim, muitas dicas podia dar, mas por agora deixo-lhes apenas estas, pois estas já lhe vão dar que fazer nos próximos tempos. Termino deixando uma frase que Raul Solnado eternizou: “Façam favor de Ser Felizes”.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:33
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 21 de Maio de 2014

Deixa-o em paz…

Caríssimos,

     Ao longo dos anos uma das coisas para as quais os tenho alertado é o amor sem apego. Reparem no seguinte, se o amor é a coisa mais bonita do mundo e o apego a maior fonte de sofrimento do mundo, como podem coisas tão diferentes andar de mãos dadas? Pois é, certamente vocês estão a pensar que tenho razão, mas por outro lado estão a impedir que consigam pensando “mas eu não sou capaz”. Ora se eu sou capaz porque é que vocês não são? Não sou mais nem menos do que vocês! Parece que mesmo assim não ficaram muito convencidos das minhas palavras, mas em verdade lhes digo que amar sem apego é uma das etapas que deve ultrapassar para alcançar a sua felicidade interior.

     Mas na realidade o Apego vai muito mais além do que é comum falar-se, além das nuances que tem, pois pode-se ter apego a pessoas, bens, ideias, teorias, dogmas e até mesmo apego à negatividade. Neste texto pretendo centrar-me no Apego às pessoas, como tal esse será o objectivo central do mesmo. Ultimamente tenho-me apercebido que os padres (religião católica) no decorrer das suas homilias (missas), alertam as pessoas para a espiritualidade, o que em meu entender é um bom princípio vindo ao encontro dos meus princípios acerca da imortalidade do espírito (alma enquanto ser vivo terrestre). Assim sendo, mais uma vez podemos chegar à conclusão de que a vida é muito mais, do que uns anos calculados entre a data do nascimento e a data da morte, pois todos nós somos mortais fisicamente mas imortais espiritualmente.

      Desculpem os 2 parágrafos anteriores, mas era de importância vital o esclarecimento anterior para poderem interpretar correctamente aquilo que de seguida lhes vou transmitir. Quando disse que “o Apego vai muito mais além” é real, pois perdura para lá da nossa partida (morte do corpo físico), o que ainda nos trás mais algumas dificuldades. Enquanto seres vivos vivemos no plano terrestre, depois de morrer passamos a viver no plano espiritual, onde nos movemos à velocidade do pensamento, no imenso cosmos onde não existe a barreira espaço/tempo. Sendo estes dois planos paralelos devemos respeitar isso e não os misturar, mas isso é algo muito difícil pois quem é que nunca sentiu falta de alguém depois de partir? Isso é algo que se chama Saudade, porque com aquele Ser passamos bons momentos ou porque foi alguém para nós importante. Cada vez que se lembram de alguém que já partiu deste mundo (dos vivos) é como se estivessem a gritar e a chamar por essa pessoa, e acreditem que ela vem ao vosso encontro. Por favor não façam isso, porque essa pessoa pode-se “colar” a vocês e, como estão em planos diferentes, isso só lhe vai trazer problemas e possíveis doenças. Recordem aqueles que morreram apenas pelas coisas boas e enviem-lhes amor, assim além de os ajudarem (no seu plano) também se ajudam a vós mesmos. Removam toda e qualquer vontade e/ou desejo de os ter junto a vocês, porque eles são incapazes de vos ajudar agora (peçam auxílio ao vosso anjo da guarda) por favor, para o vosso próprio bem-estar. Sabem porque é que há pessoas que têm doenças cancerosas e imensos problemas na vida após a morte de alguém que lhes é muito querido? Precisamente pelo Apego que têm a essa pessoa. Não aprisionem (através do Apego) aqueles que vos são queridos, pois vocês mesmos também gostam de ser livres.

     Amem-se incondicionalmente e preencham todo o vosso ser com Amor, a força mais poderosa do universo e aquela que vos orienta nos conturbados caminhos em busca da felicidade. Sejam amor, sejam Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:36
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 29 de Abril de 2014

Sofrimento, dispenso

Caríssimos,

     Ao longo do tempo tenho tido a preocupação de escrever sobre os temas, que em meu entendimento mais podem atormentar o Ser humano. Desde o inicio dos tempos a humanidade tem assistido a histórias de Sofrimento global e/ou particular que tem atormentado os seres humanos, condicionando o seu desenvolvimento cognitivo, mas sobretudo a sua inteligência emocional. Nós como seres sentimentais reagimos emocionalmente às situações que depois conjuntamente com a nossa inteligência mental obtemos um resultado, que em muitos casos resulta em sofrimento. Fórmula de cálculo: IE+IM=EQ [Inteligência Emocional + Inteligência Mental = Equilíbrio]

     Após a leitura do parágrafo anterior, espero que tenham compreendido uma das fórmulas que nos ajuda a alcançar o nosso equilíbrio e bem-estar. Essa compreensão é fundamental para a nossa estabilidade e também para nossa protecção perante os “ataques” externos de que somos alvo diariamente.

     O Sofrimento é um sentimento que pode ter duas origens: interna e externa. Externamente por todos os acontecimentos do dia-a-dia que possam interferir na sua paz interior e estabilidade emocional, tal como todas as pessoas sabem, pois certamente são situações quotidianas pelas quais passam com uma certa assiduidade. Em meu entendimento o Sofrimento interior é bem pior que o exterior, pois funciona como um vírus que se impregna dentro de nós, o qual depois se torna difícil e complexo remover. Esse vírus [sofrimento interior] que você quer remover ao invés vai permanecendo, pois ele alimenta-se através da energia de baixa vibração que lhe é fornecida pela nossa própria mente [pensamento], já tinha pensado nisso?

     [Faça uma pequena pausa na leitura para reflexão sobre o que acabou de ler]

     Para poder remover esses vírus dentro de si mesmo tenha sempre em mente as seguintes afirmações: Você é a pessoa mais importante da sua vida; As pessoas só têm a importância que você lhe dá; Cada um é como cada qual, logo ninguém é mais do que ninguém; A felicidade está dentro de si; Active o seu amor próprio e assim irradiará amor para quem o rodeia; Evite pensar demasiado nas coisas para as quais sente dificuldade em encontrar resposta; Tenha só pensamentos positivos sobre si mesmo; Evite pensamentos negativos sobre quem quer que seja; Evite nutrir sentimentos negativos sobre os outros; Perdoe sempre, mesmo quem é desprovido de razão. Penso que com estas dicas para remover o vosso sofrimento interior, já se aperceberam que podem fazer inúmeras coisas em prol de vocês mesmos e do vosso bem-estar interior. Estejam descansados que o resto virá depois, porque o universo é bondoso devolvendo-nos o amor que emanamos por todas as “obras” do Criador. Sejam felizes e sejam fontes de amor, a mais poderosa de todas as forças do universo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 13:05
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2014

Reflexão sobre Karuna

Caros leitores,

     Hoje em dia o Ser humano tenta viver ou sobreviver, numa sociedade dita democrática mas onde os valores morais e colectivos foram quase extintos. A maioria dos seres só pensa neles próprios e no seu bem-estar, o que é incorrecto, pois ninguém vive só em completo isolamento, pois tem sempre de interagir com o seu meio envolvente. Como penso ser do conhecimento colectivo, sempre que a humanidade teve de ultrapassar tempos de “agitação social”, todos os seres que ocupam cargos relevantes (governos, igrejas, etc…) falam no aumento da caridade e ajuda mútua entre os seres. São sem dúvida palavras bonitas, mas que apenas servem de consolo psicológico para quem ouve, pois quem as diz falam, falam, falam, mas nada fazem. Falar apenas para ficar “bem na fotografia” ou para a “imagem” que pretendem manter, são apenas jogos psicológicos que fazem com que o povo acredite em tais palavras, mas que servem apenas para encobrir o verdadeiro “estado social” e dar certo alento às pessoas. Em verdade lhes digo que o que a sociedade precisa é de compaixão e não caridade. Sim compaixão, porque esta define-se como uma “dádiva desinteressada” agindo para com a outra pessoa como gostaríamos que agissem connosco e cuja única retribuição que esperamos é o bem-estar e felicidade da outra pessoa.

     Em meu entendimento, para se poder praticar a compaixão são necessários anos de dedicação, devoção e aprendizagem. Uma das “ferramentas” que nos pode auxiliar nessa tarefa é do Karuna [energia da compaixão], pois é uma técnica que está directamente ligada à compaixão e aos elevados seres compassivos que emanam energia compassiva para o planeta. Esta terapia permite-lhe sentir em si o mesmo que sente a pessoa que pretende ajudar, o que é uma preciosa ajuda para ambos, permitindo que o terapeuta seja eficaz e o receptor fique mais feliz. Praticar a compaixão é algo que leva o seu tempo, variando de pessoa para pessoa, porque cada caso é um caso e aquilo que uns demoram 2 horas a entender outros necessitam de 2 semanas ou 2 meses. Karuna, é uma dos mais belos ramos do Reiki, mas com maior profundidade e eficácia, permitindo tratar abusos infantis, ataques psicológicos, abusos físicos, traumas e todos os problemas associados ao nosso passado. Após a formação, são 21 dias de purificação interior onde se vão operar grandes limpezas no seu Ser, que lhe vão proporcionar mudanças muito positivas em si e em quem o rodeia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:34
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

Mensagem do dia...

     O planeta Terra está a passar momentos conturbados de grandes mudanças a um nível global. Fenómenos físicos e químicos estão a ocorrer frequentemente em todo o planeta, e muitos deles interferem com todos nós, pois uns são provenientes da natureza e outros estão associados às frequências vibratórias energéticas que têm influência na nossa mente. Nos últimos anos o campo electromagnético da terra, medido em gaus, tem vindo a diminuir segundo informações cientificamente comprovadas, o que significa grandes mudanças globais no nosso planeta. Por exemplo vejamos o caso da inclinação (em graus) do eixo do nosso planeta, que provocou variados problemas ao nível das navegações aéreas via gps, o degelo dos pólos que faz aumentar o nível medi das águas dos mares, o clima mais quente do planeta que provoca alterações na fauna e flora do planeta, entre muitas outras coisas.

     Como certamente compreendem, todas essas mudanças têm influência em todos os reinos (mineral, vegetal e animal) do planeta, e nós, seres espirituais a viver uma experiência terrestre sentimos mais esse impacto, pois somos seres providos de emoções e sentimentos, moldados por “falsas” opiniões, crenças, ideais, leis e muitas outras coisas. Todas essas coisas servem apenas para nos afastar da nossa verdadeira missão, de forma a comandar os destinos da humanidade através da sua mente, fazendo uso de técnicas psicológicas de domínio dos seres humanos. Assim a maioria da humanidade permanece num estado “hipnótico” onde diz ter fé em Deus, mas na realidade têm fé noutro Deus que não o Criador, têm fé no Deus dinheiro, vivendo na essência do Ter e não do Ser. Todos nós somos seres divinos imortais, e por isso uma parte de Deus escondeu-se dentro de cada um de nós (componente divina), depositando em nós confiança na nossa capacidade de o encontrarmos junto ao nosso coração, na nossa chama trina. Vivamos assim segundo as Leis divinas Universais, libertando-nos de certos dogmas, crenças e pensamentos impuros, Sejamos faróis de luz, pois ao encontrarmos o Amor dentro de nós passaremos e irradiar esse Amor, tal como o sol que emana os seus raios de luz e calor. Façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

Responsabilidades e Medos

     Cada Ser Humano define o seu percurso de vida norteado pelas responsabilidades e medos. Cada um de nós vai tendo ao longo do tempo as suas vivências e assim vai adquirindo algumas responsabilidades, umas em virtude da vida que temos e outras que surgem porque nos aventuramos. Há uma expressão bastante conhecida que diz: “O sonho comanda a vida”, concordo com a mesma, mas ainda assim há que ter certas cautelas porque outra expressão diz: “Quanto mais alto se sobe maior é o tombo”, e pensando que ficaram algo baralhados com esta associação passo a explicar de seguida. Se sonharmos muito alto, queremos alcançar esse patamar e caso consigamos lá chegar nada é eterno e podemos de um momento para o outro perder tudo aquilo que levou anos a construir, o que faz com que o tombo seja ainda maior. Devemos sonhar sim, mas com moderação, tendo sempre a consciência do que pode ou não ser alcançado, pois tal poderá ser a nossa ruína. Muitas vezes estas situações estão associadas a pessoas que norteiam a sua vida sob a ideologia do materialismo, do ter, das posses, do mostrar e de outras coisas mais. Neste tipo de vida as responsabilidades são muitas e os medos também existem e estão sempre presentes, pois o apego aos bens materiais gera conjuntamente o medo de os perder e/ou de ser roubado.

     Através desta pequena introdução ao tema, espero que tenham chegado à conclusão que somos os primeiros e principais responsáveis pela nossa vida e que muitos dos medos que temos são gerados, criados e alimentados pela nossa própria mente.

     Isto é sem dúvida o resultado de quem vive com base no Ter em vez do Ser. A essas pessoas eu pergunto de que lhes vai servir ter muitas coisas (grande parte delas desnecessariamente) se quando partirem deste mundo nada vão levar, com excepção do conhecimento e aprendizagens adquiridas ao longo da vida! Agora faça uma pausa na leitura reflectindo um pouco sobre o que acabou de ler.

     Reparou que pode ser mais feliz se viver no Ser em vez do Ter? Espero que o tenha ajudado a reflectir um pouco sobre si mesmo, e assim termino desejando-lhes tudo de bom e FAÇAM FAVOR DE SER FELIZES.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:49
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 12 de Abril de 2013

Reflexão do dia

Caros leitores,

     Ao longo do tempo o Ser Humano vai evoluindo física, emocional e mentalmente, através das suas aprendizagens, vivências, educação, estudos e amizades. Cada um de nós cria as suas crenças, os seus dogmas, os seus anseios, os seus objectivos, os seus medos em suma, a sua verdade.

    Como é natural, todo e qualquer Ser humano almeja ser bom naquilo que faz, para dessa forma se sentir profissionalmente realizado. Mas esta realização é apenas uma parte de um conjunto de coisas que pretendemos Ser e que nos podem ajudar a conseguir encontrar a tão desejada felicidade.

     A Felicidade é algo incerto, pois varia de pessoa para pessoa, ou seja a minha felicidade pode ser completamente diferente da tua. Cada Ser humano é único e como tal cada um sabe certamente o que o faz feliz e o que pretende alcançar para que essa felicidade possa ser encontrada. Há um aspecto da felicidade comum a todos os Seres humanos, ela tem de ser encontrada dentro de nós, e isso sim, é uma tarefa demorada, uma jornada interior, caminho esse que a maior parte do tempo percorremos sozinhos. O facto de sermos famosos, socialmente populares, ricos, bonitos, ou possuidores de outro tipo de atributos não significa que somos na verdade felizes. Alguns atributos podem “auxiliar” na procura da felicidade interior, mas sem os mesmos também a podemos encontrar pois muitos dos atributos que mencionei têm a ver com os termos “posse”, “materialismo”, “egocentrismo”, “ego” e a felicidade está e sempre esteve ligada ao Ser e não ao Ter. Façam o que o vosso coração diz e procurem a felicidade em tudo o que fazem com amor.

     Por agora termino deixando-lhes uma frase para vossa reflexão:

“Desejo ter uma mente clara como as pessoas grandiosas que, embora desconhecidas, têm almas e mentes grandiosas. Eu, sendo o Imperador não sou um grande ser humano.” Meiji

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2013

Palavras Soltas

     Apetece-me escrever não sei o quê, algo mais ou menos profundo, com a intensidade e o significado que cada um lhe quiser atribuir. Por vezes escrevo frases soltas, outras vezes um simples parágrafo e noutras textos completos.

     Do muito que se pode escrever, por vezes fico com a sensação que quase nada escrevi. Cada palavra vale aquilo que vale, e quando encadeadas numa deterninada sequência formam ideias, conceitos, mensagens ou simples expressões daquilo que nos vai na alma naquele momento.

     Escrevo partilhando um pouco de mim, para uns não é nada, mas para outros pode significar algo. Em momentos diferentes vislumbramos cenários e personagens diferentes, mas com situações tão semelhantes que nos levam à conclusão de que todos temos de passar por experiências idênticas.

     Por vezes sentimo-nos fortes, repletos de energia, cheios de amor, impregnados de luz e tantas outras coisas que nos fazem sentir bem. Nesses momentos sorrimos, brincamos, dançamos, cantamos, é como se o mundo parasse è nossa volta, mas esses momentos parecem ser tão pequenos. Nesses dias o dia tem 24h tal como nos outros, aquilo que chamamos de “estado de espírito” é que está diferente e assim o tempo parece que passa mais depressa.

     Quantas vezes nos sentimos completamente sós, nos deixamos abater por atitudes incompreendidas, palavras negativas, acusações sem fundamento ou gestos menos próprios? Tantas, quantas as vezes que damos demasiada importância à situação ou até mesmo à pessoa que nos tentou “ferir”. Isto acontece porque desde tenra idade apenas nos ensinaram a pensar, não a comandar e domesticar a nossa mente. Em verdade lhes digo que o dia que conseguirem dominar a vossa mente (pensamentos) serão os vossos próprios mestres e podem assim viver mais em paz e harmonia com o universo. Vivam na Paz e no Amor e ai serão Felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:40
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

A Felicidade... reflexão

     É sem sombra de dúvida um tema controverso, que ao longo dos tempos tem gerado inúmeros diálogos, debates e imensas opiniões. As definições de felicidade são inúmeras e tão diversas que posso dizer que são tantas quanto o número de habitantes no planeta. Humildemente vou partilhar com todos vocês a minha visão/opinião sobre este assunto, após esta pequena nota introdutória ao tema.

     A felicidade é algo que existe e cada um de nós pode-a encontrar, mas é uma tarefa com um elevado grau de dificuldade. Para que seja possível alcançá-la temos em primeiro lugar de ter consciência do que é real (possível alcançar) e do que é imaginário (sonhos e coisas praticamente impossíveis de alcançar). É claro que podemos sonhar e almejarmos isto ou aquilo, mas apenas qb (quanto baste) de forma a mantermos o nosso equilíbrio evitando o facto de nos tornarmos escravos da nossa própria mente. A felicidade é algo que tem de ser construído por cada um de nós.

     Em minha opinião a felicidade constrói-se através dos seguintes passos:

     1º Devemo-nos amar para encontrarmos o nosso equilíbrio interior;

     2º Devemos estar de bem com tudo o que nos rodeia;

     3º Encontrar alguém para amar;

     4º Encontrar a felicidade conjuntamente com a pessoa amada;

     5º Praticar todos os gestos com amor.

     Assim podemos ser e viver felizes. Alcançar este ponto é uma tarefa árdua mas possível de se encontrar, como tal nunca devemos perder a esperança e devemos acreditar sempre, porque nada é impossível.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:25
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 29 de Março de 2012

Mensagem do dia…

Foste enviado para a Terra,

Para cumprir mais uma missão,

Sentes-te perdido e baralhado,

No seio de tanta confusão;

         Um turbilhão de pensamentos,

         Surgem na sua mente,

         Muitas perguntas sem resposta,

         Às quais não fico indiferente;

Interpretam mal o que dizes,

Incompreendendo as palavras e reflexões,

Mas as palavras que dizes ficam nas suas mentes,

E quando chegar o momento alcançarão os corações;

         Mas um dia sem contar,

         Um Ser de luz apareceu na sua vida,

         Chegou quando estavam reunidas as condições,

         Para dar as orientações quando estava perdida;

Agora sabe por onde caminhar,

Sabe o que quer fazer,

Definiu um rumo para a sua vida,

Acabou com o receio de se perder;

         Sabe que praticar o bem é o seu desígnio,

         Aprender a usar a energia do Amor Incondicional,

         Para assim ajudar o seu semelhante,

         Emanando para todos o Amor Universal;

Todos devemos praticar o Amor,

Viver a vida com gratidão,

Somos as mãos de Deus,

Ele nunca nos deixa de dar a mão;

         Ser um servo da Luz,

         É agir e trabalhar com o coração,

         Em prol do bem-estar comum,

         Seguindo o caminho universal de ascensão.

Encontro a felicidade,

Contida dentro do meu Ser,

Sinto-me feliz e confiante,

Para o seu caminho ajudar a percorrer.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: Yani
Publicado por Viktor às 18:46
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 19 de Dezembro de 2011

Lançado o Livro “Partilhas de um Ser”

Queridos e Amados irmãos,

     Em tempos disse-lhes aqui e estava a elaborar um livro. Um livro que aborda variados temas, reflexões, terapias, o REIsocialKI® e algumas orientações de auto-ajuda, partilhando assim o conhecimento ao longo dos anos, para com o meu semelhante. Foi então que no decorrer deste mês que foi lançado publicamente o livro, e colocado à disposição de toda a comunidade, na livraria on-line.

     Caso seja do vosso interesse adquirirem o mesmo, cliquem AQUI para irem directamente ao local onde o mesmo se encontra publicado e façam a encomenda do mesmo, caso seja do vosso interesse. A imagem que pode ver é a capa original do livro.

     Aproveito também para desejar a todas as pessoas um feliz Natal, na companhia de todos aqueles que lhes são queridos e que esta quadra lhes possa trazer paz, harmonia, felicidade, alegria, saúde e Amor.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:04
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Infelicidade…

. Reflexão: Impacto do Reik...

. Reflexão: Aproveitamento…

. Reflexão: Depressão, uma ...

. Felicidade, onde estás?

. Deixa-o em paz…

. Sofrimento, dispenso

. Reflexão sobre Karuna

. Mensagem do dia...

. Responsabilidades e Medos

. Reflexão do dia

. Palavras Soltas

. A Felicidade... reflexão

. Mensagem do dia…

. Lançado o Livro “Partilha...

. Reflexão...

. Prazer...

. Reflexão...

. Amor...

. Cada um é como cada qual…

. Dezembro, em Albufeira...

. O Plano Mental...

. TVP – Terapia de Vidas Pa...

. Servir mais, trabalhando ...

. Mensagem de Metatron

. Reflexão

. Reflexão...

. Mudança de Hábitos

. Não estrague o seu dia

. Diferença

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31