.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 12 de Outubro de 2015

Reflexão: A Humanidade…

 

Caríssimos,

     No decorrer da minha jornada, conheci pessoas de várias cores, origens, religiões, e de tantas outras coisas que as podem caracterizar, pois cada Ser é único, com as suas particularidades, conhecimentos e capacidades.

     Observando o que se passa no mundo, verificamos que há milhares de “guerras” a serem travadas pela humanidade, pelos mais variados motivos e razões. Estas podem ser de grande ou pequena escala, consoante o número de intervenientes e o objectivo das mesmas. Quase me arriscava a dizer que cada Ser Humano é um potencial foco de guerra, além de ter as suas pequenas “guerras”, originadas por ele mesmo ou até mesmo pelo seu semelhante. Ninguém neste mundo está a salvo, nem sequer aqueles que dedicam toda uma vida a auxiliar os seus semelhantes, pois acabam também por ser alvos de críticas, por uma sociedade cada vez mais intolerante. Pois, na minha humilde opinião, verifico que a Humanidade está “doente”, padece de falta de tolerância, respeito, valores e educação, de uns para com os outros, o que em abono da verdade, nada contribui para o bem-estar colectivo da sociedade. Quer acredite ou não que o Universo é composto por energia que se move livremente proporcionando o funcionamento das galáxias e tudo o que delas faz parte, e cada um de nós tem dentro de si mesmo um pouco dessa energia, o que lhe permite ser um Ser vivo. Essa energia pode ser manipulada por cada um de nós, consoante a nossa vontade, por isso se diz na gíria popular que há pessoas boas e más. Concordo parcialmente com esta afirmação, contudo devo esclarecer que cada um de nós pode ser uma pessoa boa ou má, consoante a vibração energética que enviamos através dos pensamentos e das palavras que dizemos. É sobre este aspecto que devemos ter bastante cuidado, pois sendo o Universo justo, vai-nos devolver, na mesma frequência, a vibração energética que enviamos para os outros, porque na verdade cada um de nós é uma fonte de energia, agora cabe a cada um de nós a responsabilidade da vibração que queremos enviar.

     Esta pequena reflexão talvez não lhe diga absolutamente nada de novo, mas se conseguir interiorizar a mensagem que vai nas entrelinhas já valeu a pena o tempo que perdeu a ler este texto, pois em meu entender o primeiro passo para podermos mudar interiormente é a consciencialização. Jamais se esqueça que toda a mudança começa sempre por Si e dentro de Si mesmo. Sejam felizes e vamos fazer deste um mundo melhor, pois no dia em que mudarmos o “nosso” mundo, o mundo à volta também mudará.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 11:15
Link | Comentar | favorito (1)
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 7 de Agosto de 2012

KARUNA

     Vou falar um pouco sobre Karuna, pois frequentemente sou questionado sobre o mesmo. Antes de mais deixe que lhe diga a nomenclatura dos três níveis:

   1º nível: A construção do jardim da alma;

    2º nível: Tratamento amoroso e compassivo do jardim da alma;

     3º nível: Viver no jardim da alma, colher e partilhar as flores desse jardim.

    Em termos meramente “académicos” podemos definir o Karuna como uma “pós-graduação” do Reiki, para um melhor entendimento da vossa parte, e veja-se o porquê desta situação. Qualquer pessoa que pretenda iniciar-se no Reiki pode-o fazer, pois tal escolha não carece de nenhum tipo de requisito a não ser a vontade da pessoa em aprender essa terapia/filosofia holística de vida, o que já não acontece com o Karuna. Toda e qualquer pessoa que pretende iniciar-se no Karuna, tem de ter o segundo nível de Reiki (seja qual for a linhagem) como “pré-requisito”.

     O Reiki define-se como a energia do Amor Incondicional e o Karuna define-se como a energia da Compaixão. A energia de Karuna é de força e intensidade superior à do Reiki e, como tal, actua mais profundamente no nosso Ser.

     Ao entrar no universo de Karuna, estamos a estabelecer uma conexão com a fonte de energia da Compaixão, muito útil para colocar em prática com mais convicção, a energia do Amor Incondicional e os 5 princípios que caracterizam a filosofia de vida do Reiki. O Karuna permite-nos à partida tratar o nosso lado sobra, actuando profundamente no nosso Ser, removendo aqueles “bloqueios” que tentámos ocultar no mais profundo abismo do nosso Ser, mas que necessitam ser removidos, uma vez que são como “travões” no nosso processo de crescimento e ascensão. O Karuna tem boa eficácia no tratamento de traumas infantis, ataques psíquicos, vampirizações energéticas, tratamento de relacionamentos, tratamento de maus hábitos e vícios, tratamento de interdependências, eleva a nossa auto-estima, remove medos e fobias, entre muitas outras aplicações.

     Ao aprender a utilizar a energia da Compaixão (Karuna) conjuntamente com a energia do Amor Incondicional (Reiki), adquire a capacidade de amar até mesmo aqueles que o perseguem. Termino esta explicação desejando-lhes tudo de bom e façam favor de ser felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 16 de Junho de 2011

O “Não”…

 

Caros Irmãos;

      O ser humano diz variadas vezes ao dia a palavra “não”. Esta palavra tem uma conotação menos positiva, logo cada vez que é dita ou pensada emana uma certa energia de vibração mais baixa. Contudo, ela pode ser encontrada ao longo dos tempos, nos mais variados textos e até mesmo nos ensinamentos que certas pessoas nos deixaram como legado. Em minha opinião, ao fazermos uma afirmação positiva ou ao querermos passar uma mensagem positiva, a frase deverá ser construída com palavras positivas e/ou neutras, evitando a colocação de termos negativos ou de negação, tal como descrevo no exemplo que se segue.

      Aquando da frequência de uma formação de iniciação ao Reiki (seja ela da linhagem que for), são-lhe ensinados os “5 Princípios”, os quais fazem desta terapia uma filosofia de vida. Destes “5 Princípios”, os primeiros dois são vulgarmente transmitidos da seguinte forma:

“Só por hoje, não te irrites”;

“Só por hoje, não se preocupe”;

      Aqui podemos constatar um exemplo do que lhes disse, pois pretendendo fazer uma afirmação positiva, sendo o “não” uma palavra com uma conotação negativa, energeticamente vamos retirar força positiva à afirmação, pois toda e qualquer palavra (dita ou escrita) emana uma determinada vibração e, assim sendo, se pretendemos fazer afirmações positivas, devemos de utilizar palavras de emanação energética positiva ou neutra. Desta forma, podemos dizer os dois primeiros princípios da seguinte forma:

“Só por hoje, seja calmo”;

“Só por hoje, despreocupe-se”;

      Como se pode reparar, acabei de escrever duas afirmações positivas, com uma frequência energética superior às anteriores, pois não existe nenhum termo menos positivo a retirar força a ambas as afirmações.

      Tal como acontece no exemplo por mim mencionado, há um sem fim de situações onde podemos constatar o mesmo facto, ou até mesmo numa vulgar toca de ideias à mesa de um simples café.

      Por hora vou terminar este texto, deixando-lhe um conselho. Evite usar palavras menos positivas, pois as mesmas emanam uma energia menos positiva (baixa vibração) que se pode reflectir logo na reacção seguinte de quem ouve, ou através da “lei de causa/efeito” pelo próprio Universo. Vamos emanar boas palavras, pensamentos e acções, enviando luz, paz, harmonia e amor para todos os seres para que possam também receber vibrações de luz, paz e amor.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 30 de Novembro de 2010

Energia, fonte de vida

Caros Irmãos,

Há uma coisa fundamental que o ser vivo deve de compreender para entender o funcionamento do universo, a energia. Podemos encontrar energia em todos os seres vivos e até mesmo em objectos, pois ela expande-se não tendo limites nem barreiras.

Todos os movimentos necessitam de energia para se processar, o ser humano para se movimentar, as viaturas para circular e até mesmo o planeta terra para girar. Mas vamos agora fazer uma reflexão acerca das energias mais propriamente ditas no Ser Humano.

Desde o momento do nascimento até à sua morte, todo e qualquer ser humano é uma fonte de energia emissora e receptora. Cada um tem a sua energia que pode ser mais ou menos densa mediante um conjunto de factores internos e externos que influenciam a mesma. Mas para que vocês possam entender eu vou-lhes explicar utilizando exemplos de fácil entendimento para o vosso plano mental. Ah, antes de explicar deixe que lhe diga que além da nossa própria energia, que permite o funcionamento do nosso organismo, também emanamos essa energia através do pensamento, bem como recebemos a energia que nos é enviada pelo pensamento dos outros e até mesmo pelas palavras. Assim vou-lhes explicar o funcionamento da energia em megahertz (ondas de frequência radiofónica). Ao longo do dia o nosso nível vibratório energético vai variando consoante os acontecimentos do dia-a-dia e até dos locais que frequentou durante o dia. Sim isto é a mais pura das verdades, quer acreditem ou não ela existe e predomina em todos os espaços. Então vamos analisar o seguinte exemplo:

Certo dia levanta-se bem-disposto e vai tomar o seu café matinal. Entra no café, senta-se ao balcão e muito cordialmente dirige a palavra ao funcionário dizendo: “- Um cafezinho se faz favor.”. O funcionário serve-lhe o café e quando de repente sente que a sua boa-disposição se dissipou, chegando mesmo ao ponto de se sentir incomodado por estar naquele local. Ora, o que se passou foi o seguinte: Levantou-se e chegou ao café com o seu nível vibratório energético no 70mhtz, mas ao chegar ao café encontra a energia do espaço que lhe pode fazer baixar um pouco a sua, mas ao inter-agir com o funcionário dá-se uma troca energética, e transportando ele uma carga menos positiva, essa carga é libertada para cima de si, o que faz com que essa energia menos positiva vá baixar a sua frequência de 70 para 50mhtz. Isto passa-se nas interacções diárias que temos com as pessoas, quer se fale ou não com elas (pode-se manifestar até pelo olhar), ou até mesmo à distância por telefone pode haver essa transmissão energética. Como podem constatar, quando o ser humano se encontra num estado doentio, a sua frequência energética é afectada e como tal baixa, por isso muitas pessoas quando são afectadas com determinadas patologias como depressão, ansiedade, irritabilidade, traumas, medos entre outras, a sua vibração baixa acentuadamente e traduz-se em falta de vontade, moleza, sonolência, intolerância, enfim, sente-se com as “baterias em baixo” e depois lamenta-se dizendo: “- Os meus amigos abandonaram-me, nem querem saber de mim”. Ora, ora, com essa energia menos positiva que estás a transmitir aos outros, achas que se querem aproximar de ti? Não se aproximam de si porque não querem ser “afectados” por essa má energia que tem e não porque não tenham pena e lamentem o estado em que se encontra. Mas como não se conseguem proteger dessas frequências energéticas mais baixas, então jogam à defesa afastando-se. Muito mais podia dizer, mas vou ficar agora por aqui e deixar para outra altura.

A Energia é como o Vento não se vê mas sente-se, tal como os Sentimentos e o Amor. Vamos elevar a nossa frequência vibratória energética, tendo bons pensamentos e emanando o nosso Amor Incondicional e Compaixão sobre todos os seres vivos e sobre o planeta.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:22
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 10 de Maio de 2010

Algumas Dúvidas

Adoro animais. Tenho dois cães em casa, mas de há um ano para cá andam sempre doentes, já gastei uma “fortuna” no Veterinário e eles não melhoram, porque será?

Os animais têm uma sensibilidade para as energias mais apurada que o ser humano. Faço-lhe uma pergunta, existe um bom ambiente em casa entre os residentes? Assim sendo, se dentro de casa houver um ambiente negativo impregnado de energias de baixo astral, os animais sofrem imenso com isso. Por isso vamos lá pensar um pouco e se na realidade gostam assim tanto dos animais, então façam uma reflexão sobre isto e vejam como as atitudes para com os outros afectam aqueles de quem gostam.

Gosto muito de estar em casa, mas só me sinto bem quando estou fora. Quando chego a casa fico mal, porquê?

Esta, infelizmente, é uma sensação comum a muita gente, pois o nosso bem-estar não depende única e exclusivamente de nós, mas também dos locais que frequentamos (incluindo a residência). Normalmente os espaços são o reflexo das energias de quem os frequenta, pois além de termos corpos energéticos, também irradiamos a nossa energia, que é mais ou menos boa consoante o padrão de pensamento que regularmente temos.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:39
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 4 de Fevereiro de 2010

Mediunidade e Corpo Espiritual

AURA HUMANA — Considerando-se toda célula em acção por unidade viva, qual motor microscópico, em conexão com a ensina mental, é claramente compreensível que todas as agregações celulares emitam radiações e que essas radiações se articulem, através de sinergias funcionais, a se constituírem de recursos que podemos nomear por “tecidos de força”, em torno dos corpos que as exteriorizam.

          Todos os seres vivos, por isso, dos mais rudimentares aos mais complexos se revestem de um “halo energético” que lhes corresponde à natureza.

          No homem, contudo, semelhante projecção surge profun­damente enriquecida e modificada pelos factores do pensamento contínuo que, ajustando-se às emanações do campo celular, lhe modelam, em redor da personalidade, o conhecido corpo vital ou duplo etéreo.

          Nas reentrâncias e ligações subtis desta túnica electromagnética com que o homem interage, circula o pensamento, colo­rindo-a com as vibrações e imagens de que se constitui, exi­bindo aí em primeira mão, as solicitações e os quadros que im­provisa, antes de irradiá-los no rumo dos objectos e das metas que demanda.

          Aí temos, nessa conjugação de forças físico-químicas e mentais, a Aura Humana, peculiar a cada indivíduo, interpene­trando-o, ao mesmo tempo que parece emergir dele, à maneira de campo ovóide, não obstante a feição irregular em que se con­figura, valendo por espelho sensível em que todos os estados da alma se estampam com sinais característicos e em que todas as ideias se evidenciam, plasmando telas vivas, quando perduram em vigor e semelhança como no cinematógrafo comum.

Fotosfera psíquica, entretecida em elementos dinâmicos, atende à cromática variada, segundo a onda mental que emiti­mos, retratando-nos todos os pensamentos em cores e imagens que nos respondem aos objectivos e escolhas, enobrecedores ou deprimentes.

MEDIUNIDADE INICIAL — A aura é, portanto, a nossa plataforma omnipresente em toda comunicação com as rotas alheias, antecâmara do Espírito, em todas as nossas actividades de intercâmbio com a vida que nos rodeia, através da qual so­mos vistos e examinados pelas Inteligências Superiores, senti­dos e reconhecidos pelos nossos afins, e temidos e hostilizados ou amados e auxiliados pelos irmãos que caminham em posição inferior à nossa ou por caminhos bem diferentes.

Isto porque exteriorizamos, de maneira invariável, o re­flexo de nós mesmos, nos contactos de pensamento a pensamen­to, sem necessidade das palavras para as simpatias ou repulsões fundamentais.

É por essa couraça vibratória, espécie de carapaça fluídi­ca, em que cada consciência constrói o seu ninho ideal, que co­meçaram todos os serviços da mediunidade na Terra, conside­rando-se a mediunidade como atributo do homem encarnado para corresponder-se com os homens libertos do seu corpo físico.

Essa obra de permuta, no entanto, foi iniciada no mundo sem qualquer direcção consciente, porque, pela natural apresen­tação da própria aura, os homens melhores atraíram para si os Espíritos humanos melhorados, cujo coração generoso se volta­va, compadecido, para a esfera terrena, auxiliando os compa­nheiros da retaguarda, e os homens rebeldes à Lei Divina alicia­ram a companhia de entidades da mesma classe, transformando-se em pontos de contacto entre o bem e o mal ou entre a Luz e a Sombra que se digladiam na própria Terra.

Pelas ondas de pensamento que se enovelam umas nas outras, segundo a combinação de frequência e trajecto, nature­za e objectivo, encontraram-se as mentes semelhantes entre si, formando núcleos de progresso em que homens nobres assimilaram as correntes mentais dos Espíritos Superiores, para gerar trabalho edificante e educativo, ou originando processos vários de simbiose em que almas estacionárias se enquistaram mutuamente, desafiando debalde os imperativos da evolução e estabe­lecendo obsessões lamentáveis, a se elastecerem sempre novas, nas teias do crime ou na etiologia complexa das enfermidades mentais.

A intuição foi, por esse motivo, o sistema inicial de inter­câmbio, facilitando a comunhão das criaturas, mesmo a distân­cia, para transmitir no trabalho subtil da telecomunicação, nesse ou naquele domínio do sentimento e da ideia, por intermédio de remoinhos mensuráveis de força mental, assim como na actualidade o remoinho electrónico infunde em aparelhos especiais a voz ou a figura de pessoas ausentes, em comunicação recíproca na radiotelefonia e na televisão.

Evolução em dois mundos.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 12:08
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Humanidade…

. KARUNA

. O “Não”…

. Energia, fonte de vida

. Algumas Dúvidas

. Mediunidade e Corpo Espir...

.Arquivos

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31