.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 14 de Maio de 2017

Relexão: Guias...

Caríssimos,

Sinto que algo se esta a passar,

Através da minha intuição;

Há um vazio dentro de mim,

Que me causa alguma insatisfação;

         Fiquei assim de repente,

         Sem encontrar explicação,

         Será um certo vazio,

         Que se encontra no coração;

Não é tristeza,

Nem tão pouco solidão,

É a mudança de guias,

No caminho da ascensão;

         Todos vamos evoluindo,

         Cada um com a sua velocidade,

         Temos de perdoar muita coisa,

         E saber praticar a caridade;

É um caminho árduo,

Repleto de escolhas e privações,

Para nos mantermos equilibrados,

Com muito amor nos nossos corações;

         A vida tem muitos obstáculos,

         É repleta de grandes provações,

         Os quais conseguimos ultrapassar,

         Nos momentos das aflições;

Por ora não digo mais,

Não vos quero preocupar,

Com o dom e o amor que tenho,

Certamente os vou ultrapassar.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:40
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Domingo, 25 de Outubro de 2015

Reflexão: A Essência do Reiki

Caríssimos,

     Hoje senti vontade de fazer uma reflexão sobre a essência do Reiki, o que é na sua verdadeira essência e dimensão. Qualquer cidadão pode entrar no universo do Reiki, tornando-se assim num reikiano, apenas o devendo fazer se tal vontade seja uma manifestação no seu interior. A partir do momento que essa vontade desperta dentro de si, surge agora uma importante passo a dar, a escolha do mestre que, em meu entendimento, é a escolha mais importante que temos de fazer e com o qual devemos ter empatia energética. Depois de escolhido o mestre, através do curso, onde será sintonizado, dá-se a sua entrada no maravilhoso universo energético da terapia do Amor Incondicional, o Reiki.

     A partir desse momento passa a ser mais um reikiano, neste universo em constante crescimento, entrando no universo reikiano que continua dia apos dia a crescer. Contudo, é insuficiente apenas tirar a formação, pois o Reiki vai muito além de um simples curso, é uma Filosofia de Vida, através dos cinco princípios que Mikao Usui adaptou ao Reiki, criados pelo Imperador Meiji. Claro está que, para que tal seja possível, todo o “candidato” a reikiano deverá estar ciente se de facto, pretende dar um Novo Rumo à sua Vida. Quando queremos essa mudança ou novo rumo, devemos sentir esse desejo a florescer dentro de nós, dar inicio a uma transmutação da nossa mente, desligando-se de “velhos” paradigmas (dogmas e crenças) e estar recetivo à aprendizagem das novas matrizes universais.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Todas estas mudanças devem ser feitas por cada um de nós, com ou sem auxílio de outros, demoram um certo tempo e como tal devemos ser pacientes e fazermos essa mudança, cada um a seu ritmo. É um trabalho moroso, no qual muitas vezes nos sentimos de tal maneira sós, que chegamos a pensar que temos o mundo contra nós. Recorde-se que sendo este um trabalho interior, é e será sempre da Sua Inteira Responsabilidade, pelo que, quem o rodeia, quer compreenda ou não, certamente irá emitir opiniões menos positivas, opiniões essas que não passam de pensamentos ou conclusões, as quais deverá desvalorizar, para que não interfiram no seu processo. Dependendo de pessoa para pessoa, este processo pode demorar meses ou anos, pois uma pessoa antes de ser reikiano, vive inserido numa família, sociedade e país, que em inúmeros casos são intolerantes à mudança individual e intelectual do Ser, tornando-se adversários à mudança do nosso Eu Sou Interior. Talvez sejam por estas razões, além do facto de atualmente o Ser Humano querer tudo para “ontem”, que a determinada altura, no decorrer desse processo, as pessoas desistam daquilo que alcançaram até ao momento, deitando a “perder” o que já tinham alcançado. Humildemente lhe digo: “Jamais desista, porque a pessoa mais importante da sua vida é você, e a felicidade está dentro de si, dê a si mesmo o amor que transmite aos outros”.

     [pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Para terminar, pois esta reflexão já vai extensa, esclareço que tudo aquilo que aqui escrevi está intimamente ligado à minha visão e pensamento sobre o Reiki, tentando sempre transmitir a verdade, pois ao longo dos tempos será esse o aspeto que irá perdurar. Grato pelo tempo dispensado nesta leitura e faça o favor de ser feliz.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:05
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 6 de Novembro de 2014

Reflexão: O Reiki e o Espiritismo

Caríssimos,

     Actualmente encontramos imensa informação sobre os dois temas mencionados no título, contudo muitas pessoas levantam dúvidas que, em meu entender, carecem de mais um esclarecimento sobre esta temática.

     Há quem confunda Reiki com Espiritismo, mas na verdade são duas coisas bem distintas, pois o Espiritismo é como uma “religião” e o Reiki é uma terapia e filosofia de vida. Espiritismo, Doutrina Espírita ou Kardecismo é a doutrina codificada por um francês que tinha o pseudónimo de “Allan Kardec” que alia ciência, filosofia e religião. Os adeptos do Espiritismo são frequentadores de centros espíritas e fazem do espiritismo a sua “religião” e os seus princípios de vida.

     O Reiki é em si mesmo um caminho interior e pessoal de cada Ser humano. Todo o Ser que frequenta uma formação de iniciação ao Reiki, entra no universo energético das energias universais do amor incondicional e torna-se um praticante de reiki. Qualquer Ser, depois de ser “sintonizado” (por um mestre) no decorrer de uma formação, dá entrada no maravilhoso mundo energético e passa a ser um praticante de Reiki, juntando-se assim à comunidade de reikianos espalhados por todo o mundo. O Reiki é uma terapia complementar/integrativa que tem por base a canalização energética da energia universal do amor incondicional, e é também uma filosofia de vida, para aqueles que diariamente tentam aplicar 5 princípios do Reiki na sua vida quotidiana. Devo ainda salientar que o Reiki é vertical, ou seja, não está ligado a nenhum tipo de religião, pois há budistas, cristãos, ortodoxos, judeus e até mesmo ateus que praticam Reiki em todo mundo.

     Devo no entanto salientar que a partir do momento em que um Ser se torna reikiano, são dentro do mesmo desencadeadas algumas reacções que provocam mudanças de dentro para fora. Essas mudanças impelem-nos em prol da nossa verdadeira essência, a qual até o momento tem estado algo adormecida dentro de cada um de nós. Todo este processo resulta também em mudanças nos nossos padrões de pensamento, dando assim inicio à nossa caminhada interior, na procura da nossa essência. Todo este processo faz também cair por terra aqueles velhos padrões de padrões de pensamento e querenças que tinha, pois deixam de fazer sentido para si e como tal acreditar nos mesmos torna-se agora inviável. Este conjunto de mudanças acontece devido à nossa elevação do padrão de consciência, que agora em harmonia com o universo nos permite observar tudo o que nos rodeia de uma forma diferente, o que nos leva a concluir que cada nível de Reiki é a subida de um degrau na nossa elevação de consciência.

     Derivado ao que acabei de lhes dizer é que surge muitas vezes a confusão de confundirem Reiki com Espiritismo, mas como puderam verificar são coisas bem diferentes. Há no entanto algo semelhante que poderá estar associado ao Reiki que é a Espiritualidade, mas Espiritualidade não está ligada ao Espiritismo. Espiritualidade é um termo que define todo e qualquer Ser humano que procura um significado para a sua vida através de conceitos superiores, um Propósito Maior, o que alguns seres definem como Supremo.

     Espero que possam ter ficado esclarecidos e assim termino desejando-lhes muita paz, bem-estar, felicidade e amor, em prol de um mundo melhor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:56
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Reflexão: Aproveitamento…

Caríssimos,

     A vida é um constante desafio para qualquer Ser humano, onde devemos estar sempre alertas, pois a qualquer momento pode surgir uma surpresa. Há no entanto imensas formas de dar sentido à vida, que derivam da educação que cada um teve, do meio ambiente onde nasceu, na família em que está inserido, nível académico e tantas outras coisas que fazem parte dos nosso ideais, crenças e convicções de vida.

     Neste “modelo” de planeta e pelo que facilmente podemos observar ao longo dos séculos, tem vivido períodos cíclicos no quais vemos os Seres humanos cometerem os mesmos erros, o que me faz surgir na mente a seguinte questão: “Mas o Ser humano não aprende nada?”. Sim, tem aprendido algumas coisas, mas na generalidade continua a cometer os mesmos erros que cometia à séculos atrás, o que me fez pensar na seguinte questão: “Mas o Ser humano mentalmente não evoluiu?”. (pare a leitura e pense nas duas questões colocadas)

     É com profunda tristeza que lhes digo que na verdade, a humanidade observou grandes evoluções na medicina, ciência e tecnologia, mas ao nível individual do Ser, no que diz respeito à sua mente, parece que ficou “presa” no passado. Repare que em pleno século XXI vivemos crises económicas (tal como no passado), guerras e conflitos (tal como no passado), fome e miséria (tal como no passado), epidemias (tal como no passado), escravatura (tal como no passado), e tantas outras coisas que poderia aqui enumerar. O Ser humano continua “amarrado” ao materialismo (apesar da evolução espiritual que vai tendo) continuando a venerar o “Deus dinheiro” em detrimento do Criador, despertando-lhes a sede de poder, riqueza, luxúria, sexo e até mesmo a soberba, o que faz com que prolifere nas sociedades a corrupção, compadrio, violência, e sobretudo os perigosos jogos psicológicos praticados por quem detém o “poder” sobre aqueles que lhe são “inferiores”. Esse domínio psicológico exercido sobre os seus subalternos vinga devido aos “medos” que lhes incutem na mente. (pare a leitura e pense um pouco no que acabou de ler)

     Infelizmente os jogos psicológicos praticados por aqueles que desempenham cargos de “poder” ou chefia, são práticas comuns em todas as sociedades. Estas manobras de domínio psicológico são também praticadas por seres das mais variadas classes sociais. Por vezes surgem noticias de burlas, geralmente de avultadas quantias, praticadas por “bruxos”, “videntes”, “sócios” e outro tipo de pessoas, por vezes mesmo aquelas que coabitam connosco, o que é algo que me deixa triste, pois aproveitam-se da fragilidade da mente dos outros para lhes incutir falsas crenças, curas milagrosas ou lucros fáceis. Para mim este tipo de atitudes é feita por seres sem escrúpulos, com intuído de malvadez, aproveitando-se dos seus semelhantes. Num país maioritariamente cristão as histórias bíblicas que relatam a vida de Jesus Cristo são conhecidas pela maioria das pessoas, mas nem está escrito nem nunca ouviram dizer que ele cobrou algum dinheiro para ajudar ou curar, certo? Pois é, mas não quero dizer com isto que se deve fazer isto hoje, mas é claro que se devem cobrar quantias simbólicas para que ambas as partes não fiquem a “ganhar” nem a “perder”, cobrando um valor justo.

     Para terminar e para que não se Aproveitem de vocês, deixo-lhes algumas dicas: Mantenha-se sempre atento, pois o “perigo” pode estar ao virar da esquina; Não tome decisões importantes sem dedicar algum tempo a pensar nas mesmas; Quando tiver de tomar uma decisão importante peça a opinião a alguém em quem confie plenamente, mas não se descarte da sua responsabilidade porque a decisão é e será sempre sua; Desconfie de coisas muito fáceis, pois se assim fosse muitas pessoas já tinham aderido; Quando para o ajudarem em algo e lhe pedirem muito dinheiro tenha muito cuidado, desconfie; Cuidado com as aparências, pois elas iludem; Se não se sentir bem, não vá na conversa de ninguém nem tome decisões. Espero que estas dicas o possam ajudar a seguir o seu caminho com mais tranquilidade e felicidade. Façam o favor de ser felizes e tudo de bom para vocês.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:43
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 13 de Junho de 2014

O Reiki na minha Vida

Caríssimos,

     Muitas vezes as pessoas necessitam de exemplos de vida e/ou vivências para entenderem melhor o que é o Reiki como filosofia de vida, e assim hoje vou partilhar com vocês a minha própria experiência com o Reiki. Desde muito cedo, ainda criança, sentia dentro de mim uma “força” que me impulsionava a ajudar os outros de alguma forma. Enquanto criança e jovem participei em movimentos associativos, fiz muitos trabalhos de grupo (enquanto estudante), fui escuteiro e também bombeiro, este último durante 16 anos.

     Com o decorrer do tempo, arranja-se trabalho, constitui-se família, muda-se de cidade e muitas outras coisas surgem no nosso caminho. Com todas estas coisas, mas principalmente a partir do momento que deixei de ser bombeiro, passado pouco senti que não estava bem. Felizmente não era nenhuma doença, era sim um certo mal-estar dentro de mim mesmo, como se sentisse um vazio dentro de mim, algo que deveria de ser preenchido para me poder sentir “completo”.

     Foi então que, num momento de complexas provações, através da “mão” de um amigo fui levado a uma formação de iniciação ao Reiki. Na verdade, naquele momento desconhecia completamente o que era o Reiki, pois no ano 2000 a informação era extremamente escassa e a internet era algo que ainda não estava tão vulgarizado como nos dias de hoje. Por isso fui literalmente às escuras e sem nenhum tipo de ideias sobre o que era o Reiki, pois até mesmo a pessoa que me levou até ao mestre, também apenas me soube dizer que era uma terapia oriental e que trabalhava com as energias, nada mais.

     Posso dizer que, inesperadamente e sem criar expectativas, fui fazer a formação, a qual gostei bastante. Foi desde esse dia que, como diz o povo, a minha vida deu uma volta, dando inicio a um novo ciclo de vida, uma nova caminhada, uma jornada no universo energético. O Reiki veio preencher “aquele” vazio que sentia dentro de mim, aquela “necessidade” de auxiliar o semelhante, debelando aquele sentimento de mal-estar, que atrás referi, que estava dentro de mim.

     O Reiki fundiu-se comigo transformando-me numa pessoa mais calma, tranquila, sensata, tolerante, amorosa, entre muitas outras coisas que provocaram uma profunda mudança no meu Ser. Ao fundir-se dentro de nós provoca-nos mudanças de dentro para fora, tornando-nos seres mais harmoniosos e integrados com a natureza universal. Claro que todas estas mudanças não se dão apenas e só com a formação de iniciação ao Reiki, é necessário que nós façamos o nosso “trabalho de casa”, mais propriamente a transposição dos 5 princípios do Reiki para a nossa vida quotidiana. No Reiki a regra número 1 é o respeito pelo “livre arbítrio”, seja o nosso ou o do nosso semelhante, por isso as alterações em nós e a capacidade que o mesmo pode exercer no nosso Ser, depende da nossa vontade própria conjugada com as Leis universais, que observam todos os seres de igual forma sem descriminações de nenhum tipo.

     Sejam Luz, sejam Harmonia, sejam Reikianos na sua mais simples e nobre expressão Amor Incondicional.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:07
Link | Comentar | ver comentários (6) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 20 de Maio de 2014

Ter ou Ser?

Caríssimos,

     Esta é sem dúvida uma questão sobre a qual o ser humano se tem debatido ao longo de milénios. Se algum dia colocar esta questão a um conjunto de pessoas não se surpreenda com as respostas e reacções, pois são muito díspares.

     TER ou SER é uma questão de grande importância e que tem suscitado dúvidas e debates entre religiões, países e nações, mas antes de chegar a esses níveis é sem dúvida uma questão pessoal. O planeta assistiu no século passado a um grande desenvolvimento tecnológico e científico, que aconteceu a uma velocidade superior à da evolução da espécie (ser humano). A par desta evolução todos os seres humanos que detinham poder e algumas capacidades económicas viram oportunidades para enriquecer cada vez mais, muitas vezes através de falsas promessas criando ilusões na mente dos outros, mas é apenas uma forma hábil de escravizar os subalternos. Oh, coitados dos que têm de se subjugar a esses seres pelas necessidades que a vida lhe impõe, mas vou escrever sobre o tema que realmente aqui pretendo abordar. O desenvolvimento económico desenfreado instalou na mente da generalidade da humanidade um vírus definido como a “febre do consumismo”, que é o materialismo na sua expressão máxima. Desculpem esta introdução mas penso ser necessária para a reflexão que se segue.

     É pelos motivos que escrevi anteriormente e ainda por outros que hoje em dia os seres humanos atribuem mais importância ao TER do que ao SER. O Ser humano é muito mais do que apenas um corpo físico e o “materialismo” é algo que apenas está ligado ao mundo terreno, além de ser a origem de desentendimentos entre muitos seres humanos. Actualmente a sociedade valoriza mais o TER do que o SER, ou seja, se um Ser tem “poder” e riqueza é respeitado, se não tem é simplesmente “ignorado”. Valorizam-se os bens materiais (TER) em detrimento dos valores morais e da essência interior (SER). Vivermos na essência do Ser é vivermos em paz connosco mesmos, com os outros, respeitar tudo e todos, enchermo-nos de amor e irradiá-lo para quem nos rodeia, evitar a todo o custo julgar os semelhantes e pensamentos negativos que possam pairar na nossa mente entre outras coisas. Dedicarmos tempo a nós mesmos através da auto-aplicação de técnicas holísticas de relaxamento e meditação, eleva-nos a consciência para nobres níveis de paz, harmonia, compaixão e amor, despertando em nós um enorme sentimento de bem-estar. Ao longo de décadas o TER tem semeado o pecado, raiva, guerras, discórdias, mortes, alimenta o ego, vaidade, poder e tantas coisas outras atrocidades cometidas ao longo da história, no passado e no presente, mas será que a humanidade nada tem a aprender com isso?

     Espero que esta pequena reflexão o faça pensar e reflectir para que possa escolher que caminho pretende seguir, através de seu “livre arbítrio”. Eu escolhi viver no SER e tu?

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 12 de Maio de 2014

Porque estás triste?

Caríssimos,

     Cada ser humano é muito mais que aquilo que se vê, porque apenas vemos o plano físico do mesmo, mas é também composto pelo plano emocional, mental e espiritual. Por esse facto, ao longo dos tempos têm vindo a ser feitos estudos sobre o ser humano e muito há ainda para ser descoberto.

     Cada um de nós já passou certamente por momentos felizes e infelizes, sendo na generalidade mais frequentes os segundos que os primeiros. Há também um sem número de situações que nos podem causar sentimentos de tristeza, mágoa, solidão, angustia, enfim, tantas situações que nos podem “deitar abaixo”, baixar a nossa auto-estima, nos por de mau humor, nos fazem chorar, nos provocam ira e/ou outros sentimentos negativos. Todas essas situações fazem parte da nossa caminhada e aprendizagem, pois são testes à nossa inteligência emocional, testando a nossa capacidade de controlo das nossas emoções. Controlar as nossas emoções é um grande desafio o qual alguns de nós temos imensas dificuldades em alcançar esse objectivo no decorrer da vida. Em inúmeros casos a tristeza que se “abate” ou “apodera” de nós deriva da incapacidade que temos em controlar as nossas emoções, por isso tenho frisado a importância da nossa Inteligência Emocional (IE).

     Não me querendo alongar demasiado no texto, deixo-lhes algumas dicas para reflectirem de forma a poderem libertar esses sentimentos de tristeza que se instalaram dentro de si: Remova da sua mente a ideia de que os outros são como você, pois isso só lhe vai trazer decepções; Cada um exprime o amor à sua maneira, não espere ser retribuído da mesma forma; Evite criar expectativas para as coisas, aceite apenas com tranquilidade pois o que tiver de ser será; Faça sempre o que for melhor para si, sem desrespeitar o seu semelhante; Quando faz caridade de coração não espere reconhecimento, pois a ingratidão ainda esta dentro de muitas pessoas; Liberte-se de todo e qualquer apego a pessoas ou bens, assim libertar-se-á da maior fonte de sofrimento da Terra. Nada mais tenho a dizer por agora e se conseguirem aplicar as dicas que lhes referi verão o bem que se vão sentir interiormente. Muita paz e amor incondicional para todos.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:05
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 12 de Abril de 2013

Reflexão do dia

Caros leitores,

     Ao longo do tempo o Ser Humano vai evoluindo física, emocional e mentalmente, através das suas aprendizagens, vivências, educação, estudos e amizades. Cada um de nós cria as suas crenças, os seus dogmas, os seus anseios, os seus objectivos, os seus medos em suma, a sua verdade.

    Como é natural, todo e qualquer Ser humano almeja ser bom naquilo que faz, para dessa forma se sentir profissionalmente realizado. Mas esta realização é apenas uma parte de um conjunto de coisas que pretendemos Ser e que nos podem ajudar a conseguir encontrar a tão desejada felicidade.

     A Felicidade é algo incerto, pois varia de pessoa para pessoa, ou seja a minha felicidade pode ser completamente diferente da tua. Cada Ser humano é único e como tal cada um sabe certamente o que o faz feliz e o que pretende alcançar para que essa felicidade possa ser encontrada. Há um aspecto da felicidade comum a todos os Seres humanos, ela tem de ser encontrada dentro de nós, e isso sim, é uma tarefa demorada, uma jornada interior, caminho esse que a maior parte do tempo percorremos sozinhos. O facto de sermos famosos, socialmente populares, ricos, bonitos, ou possuidores de outro tipo de atributos não significa que somos na verdade felizes. Alguns atributos podem “auxiliar” na procura da felicidade interior, mas sem os mesmos também a podemos encontrar pois muitos dos atributos que mencionei têm a ver com os termos “posse”, “materialismo”, “egocentrismo”, “ego” e a felicidade está e sempre esteve ligada ao Ser e não ao Ter. Façam o que o vosso coração diz e procurem a felicidade em tudo o que fazem com amor.

     Por agora termino deixando-lhes uma frase para vossa reflexão:

“Desejo ter uma mente clara como as pessoas grandiosas que, embora desconhecidas, têm almas e mentes grandiosas. Eu, sendo o Imperador não sou um grande ser humano.” Meiji

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

O Amor

Muitos de nós temos uma visão estreita do amor. Ao passar os anos seguintes, após a minha iniciação ao Reiki, concentrando-me em dar amor da maneira que pudesse, fosse qual fosse a forma de o fazer, o modo por que ele fosse necessário, encontrei muitas formas de amor e todas diziam: “Interesso-me pelo seu bem-estar de todas as formas que posso”; “reverencio a sua alma e respeito a sua luz”; “apoio a sua integridade e a sua luz, e confio nelas, como um companheiro de jornada ao longo da estrada da vida.” Você, então, começa a compreender que dar é receber, é dar, é receber.

O mais difícil é aprender o amor-próprio. Se não se impregnar de amor, como é que o pode dar aos outros? O amor-próprio necessita de prática. Todos precisamos dele. O amor-próprio advém do facto de vivermos de maneira a que não nos atraiçoam. Advêm de vivermos segundo a nossa verdade.

Aqui tem alguns exercícios simples que serão um desafio para si.

Descubra a coisa mais fácil de amar, como, por exemplo, uma florzinha, uma árvore, um animal ou uma obra de arte. De seguida, simplesmente, sente-se ao lado dela transmita o seu amor. Depois de o fazer um certo número de vezes, estenda um pouco desse amor para si mesmo. Quem possui um dom precioso como esse amor é, sem dúvida, digno de ser amado.

Outro exercício consiste em se sentar à frente do espelho cerca de dez minutos e amar a pessoa que ali observa. Não a critique. Todos somos bons quando olhamos para o espelho e descobrimos as falhas possíveis da imagem que nos observa. Isso não é permitido; neste exercício só se admitem cumprimentos positivos. Se pretender um verdadeiro desafio, sempre que se critica, recomece tudo novamente. Verifique se lhe é possível contemplar-se com amor sem fazer uma única crítica.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:07
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Relexão: Guias...

. Reflexão: A Essência do R...

. Reflexão: O Reiki e o Esp...

. Reflexão: Aproveitamento…

. O Reiki na minha Vida

. Ter ou Ser?

. Porque estás triste?

. Reflexão do dia

. O Amor

.Arquivos

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Outubro 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31