.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2016

Ensinamentos em Poesia

Não sou nenhum poeta,

Nem tão pouco um escritor,

Apenas escrevo estas palavras,

Para manifestar a minha dor;

         Há dores que não se sentem,

         Em nenhuma parte física do corpo,

         São dores emocionais e mentais,

         Que nos acompanham até ao Porto;

Vão connosco para todo o lado,

Mesmo que vá dar uma volta ao mundo,

São como vírus que se entranham em nós,

Bem escondidos lá no fundo;

         São dores complexas de remover,

         Dão-nos cabo da cabeça,

         Não permita que isso aconteça,

         Para que a sua vida não desapareça;

As coisas nem sempre são como gostaria,

Na verdade são como têm de ser,

Aprenda a aceitar as coisas como são,

Evitando estar a dar cabo do seu ser;

         Dar importância a quem não merece,

         Vai ajuda essa pessoa a o magoar,

         Mantenha a calma e não ligue,

         Pois em nada a pessoa o está a ajudar;

Aprenda a aceitar a vida,

E tudo o que ela tem para nos mostrar,

Quando nos mostra coisas menos boas,

É um sinal de que temos de mudar;

         A maioria não consegue sozinho,

         Não se retraia e peça para ser ajudado,

         Só assim pode melhorar a sua vida,

         Além de se poder libertar do passado;

Nunca é tarde para transmitir o seu amor,

Para si mesmo e para quem possa necessitar,

Vai ser uma grande mudança na sua vida,

E assim pode começar a prosperar.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:46
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 26 de Agosto de 2014

M&A: Uma combinação explosiva…

Caríssimos,

     Para que possam entender melhor a reflexão que segue, desde já lhes digo que M&A quer dizer: “Materialismo e Apego”. Se apenas e só uma delas é má, quanto mais as duas em conjunto, isso sim resulta numa combinação completamente explosiva que pode destruir um Ser humano. Infelizmente a auto-destruição que o Ser humano provoca a si mesmo, exerce uma reacção em cadeia que afecta aqueles que estão mais juntos dele (família e amigos).

     Ser Materialista é querer ter cada vez mais coisas, nunca estando satisfeito com o que tem. São pessoas do tipo: “Se aquele tem eu também tenho de ter”; entre outro tipo de afirmações. Este tipo de pessoas muitas vezes acabam também, ainda que já tenham muitas coisas, emanar energia de Inveja para cima de outras pessoas que tenham coisas que eles não têm. Enfim, esta parece ser a mentalidade da sociedade em geral, mas depois como se não bastasse o “querer”, ainda querem as coisas “topo de gama” que são mais caras. Mas será que as coisas mais simples não são suficientes? Porquê essa ganância em viver do “ter”?

É claro que, depois do que acabei de dizer é fácil entender que os Materialistas têm Apego às coisas, certo?

     Tal como já lhes tinha dito noutros textos, o Apego é a maior fonte de sofrimento do Ser Humano, seja apego a bens materiais, a pessoas, a ideias, ou a outras coisas. Claro é que quando uma pessoa perde alguma coisa à qual tem muito Apego sofre quando a perde, mas não irei falar mais sobre este tema agora.

     No ocidente, mediante as “regras” impostas pelas sociedades, todos os seres humanos são educados valorizando os bens materiais, o que faz com que as pessoas gerem dentro de si mesmas a vontade de obter riqueza, custe o que custar. Esse tipo de “informação errada” que é colocada na mente das pessoas, faz com que muitos façam o que for preciso para alcançar poder e riqueza. Por causa disso surge a corrupção, compadrios, máfia, vinganças, favores e tantas outras coisas mais, através das quais o ser humano desrespeita o seu semelhante, afastando-se assim da simplicidade e humildade do Ser, na sua mais pura criação, na qual age sempre com Amor Incondicional.

     Certamente sabem que a vida é muito mais do que aquilo que apenas temos aqui no planeta Terra, certo? Sabes que depois desta vida regressarás ao plano espiritual, certo? Se em ambas as perguntas a tua resposta for positiva, do que está à espera para mudar? Liberte-se do Materialismo e do Apego, pois quando chegar o momento da sua partida, tudo ficará na Terra, incluindo o seu corpo, que foi concebido também neste planeta. Seja simples e humilde, e verá como a felicidade vai envolver o seu ser, podendo-a partilhar com quem o rodeia. Lembre-se sempre que as pessoas não se compram, conquistam-se através do amor e da humildade.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:57
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 13 de Março de 2014

Meditação das Raízes

)
Publicado por Viktor às 14:13
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 14 de Janeiro de 2014

Karuna é Compaixão

Caros leitores,

     Praticar Karuna é aproximarmo-nos do sofrimento dos outros transformando-o em paz e no Bem que necessitam. A ação compassiva é direta, ativa. Para uns, a maior compaixão de todas é aproximar-se de si mesmo, descobrindo a profundidade da sua dor oculta e assim tratá-la. Para outros, é conseguir chegar aos outros, perdoar, distanciar, não apegar e praticar Karuna – recebendo, dando.

     “A compaixão é o que faz o coração dos bondosos se aproximar da dor dos outros. Esmaga e destrói a dor dos outros; assim é a compaixão. É chamada compaixão porque abriga e abraça os necessitados” ~ Buda

    

     Karuna, enquanto sistema, é uma continuação da prática de Reiki. Para mim, não é mais “poderoso”, mais “elevado” ou “superior”. Isso são apenas termos que gostamos de aplicar quando procuramos dignificar o ego ou encontrar a pílula mágica que tudo cura. Karuna é apenas mais um caminho para o nosso desenvolvimento e, se realmente praticamos o amor incondicional do Reiki e a compaixão do Karuna, não encontramos necessidades para sentir que algo é superior ou melhor que – tudo é, tudo faz parte. A diferença que podemos encontrar é que a energia Karuna é mais ativa e no Reiki mais passiva – os mesmos resultados são obtidos por qualquer uma das duas.

     Entramos no caminho de Karuna pela descoberta da compaixão, pela autocura das nossas limitações que nos impedem de viver plenamente a vida e a nossa ligação com o universo.

 

     “Buda definiu a Compaixão como “Amor mais Meditação”. Quando o teu amor não se limita a ser um desejo pelo outro, quando o teu amor não é apenas uma necessidade, quando o teu amor é uma partilha, quando o teu amor é não o de um pedinte mas o de um imperador, quando o teu amor não pede nada como recompensa mas está apenas pronto para dar – para dar pela pura alegria de dar – acrescenta-lhe então a meditação e a pura fragrância liberta-se, o esplendor cativo liberta-se. Isso é compaixão. A Compaixão é o mais elevado fenómeno. O sexo é animal, o amor é humano, a compaixão é divina. O sexo é físico, o amor é psicológico, a compaixão é espiritual.” ~ Osho

 

«Texto de João Magalhães»

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:32
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 6 de Janeiro de 2014

Seja Luz e Amor...

Caros leitores,

     Dia após dia tentamos ser melhores naquilo que fazemos profissional e socialmente, mas como seres sentimentais e emocionais que somos acabamos muitas vezes por cair no erro de guardar na memória resentimentos, mágoas, ódios entre outras coisas menos boas.

     Faça deste novo ano um ano de mudança, libertando-se de todos os sentimentos menos positivos que teimam em parmanecer na sua mente e que apenas e só o prejudicam a si mesmo, em primeiro lugar, e aqueles que o rodeiam em segundo lugar. Ame-se e seja amor, começando por se impregnar com a luz do amor e depois irradie essa luz para todos os que o rodeiam, sem excepção, e verá como se vai sentir muito melhor e mais feliz. Sendo este um exercício algo complexo, deixo-lhe um vídeo que o pode ajudar a perdoar todos os seus semelhantes, libertando-se de resentimentos e memórias menos positivas que tem dentro de si mesmo, tornando-se assim uma fonte de luz e amor. Seja Amor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 10:39
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 26 de Novembro de 2013

Apenas umas palavras… em poesia

Vivo aqui e agora,

Vivo feliz e contente,

Aprendi com o passado,

A estar bem no presente;

         Carregar as coisas do passado,

         Só lhe traz sofrimento,

         Com a mente conturbada,

         É difícil viver neste momento;

Por vezes sinto-me perdido,

Tenho dúvidas sobre o caminho a seguir,

Mas nunca perdi a esperança,

De continuar a evoluir;

         Quero-me conhecer melhor,

         Através do caminho da espiritualidade,

         Descobrir o meu interior,

         Conhecer-me na essência e na verdade;

Quanto mais procuro mais me baralho,

Não sei que caminho devo seguir,

Uns dizem umas coisas e outros outras,

Será que estão a mentir?

         A escolha é sempre sua,

         Só você sabe por onde quer seguir,

         Siga sempre a sua intuição,

         Que não lhe vai mentir;

Ouça sempre o que lhe dizem,

Mas não acredite em tudo cegamente,

Acredite apenas no que tem sentido,

E que entende conscientemente;

         O universo está em constante evolução,

         Nesse sentido devemos caminhar,

         Há quem tente dominar o mundo,

         Inventando para nos tentar travar;

Tentam-nos controlar através da mente,

Enchendo-nos de dogmas, mentiras e crenças,

Mas a morte chega a todos nós,

E nessa altura terão as suas sentenças;

         Não sei porque continuam a esconder,

         O que se passou na realidade e na verdade,

         Dessa forma só se condiciona,

         A evolução geral da humanidade;

O passado serve para aprender,

Passando por algumas duras provações,

Que causam uma profunda dor,

Deixando partidos os corações;

         Liberta-te do teu passado,

         Deixa esse lamento,

         Vive o momento presente,

         Feliz e com contentamento;

Queres ser feliz no presente,

Com paz e amor no coração,

Então dedica tempo a ti mesmo,

Diariamente através da meditação;

         Nada mais vos vou dizer,

         Nesta poesia de reflexão,

         Desejando-lhes tudo de bom,

         Com muita paz e amor no coração.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:51
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2013

A melhor forma de Viver

     Um homem muito rico procurou um mestre e lhe pediu que o ensinasse a viver a vida da melhor forma possí­vel. Ele queria aproveitar o máximo a vida e ser feliz. O mestre respondeu:

     - Infelizmente isso não será possível, pois tive uma vi­são de que o senhor irá morrer amanhã à noite.

     O homem ficou assustadíssimo com essa  notícia. Saiu de lá rapidamente, e foi ver a sua família. Encontrou sua esposa e filhos, e lhes disse:

     - Meus amores, um sábio me disse, pela sua vidência, que tenho apenas um dia de vida. Queria dizer que amo muito vocês, e que vamos passar este dia todos juntos, em total harmonia, para que na eternidade fi­que registrado o quanto eu sempre os amei. Mas antes, preciso falar com algumas pessoas amanha durante o dia.

     Assim que amanheceu, o homem saiu da casa e foi encontrar-se com seu vi­zinho que, há algum tempo, havia tido um briga bem séria. Pediu perdão ao vizinho por tudo, disse que se arrependia do mal que havia lhe causado e saiu de lá.

     Depois disso, o homem foi encontrar sua mãe, que sendo muito velhinha, havia colocado numa casa dis­tante e estava tendo de se virar sozinha. Assim que viu a mãe, disse:

     - Mãe, perdoe-me por ter me afastado de você. Eu es­tava muito autocentrado e só conseguia ver meu pró­prio umbigo. Estou morrendo e quero que fique co­nnosco agora no  meu último dia de vida.

     O homem foi então perdoando as ofensas das pessoas, ajudando aqueles que antes havia prejudicado, e cada coisa que fazia procurava estar totalmente presente, pois sabia que seria a última vez.

     O dia passou bem rápido, mas foi o dia mais libertador de sua vida. Voltou para casa, reencontrou toda a sua família, e viu a noite cair. Jantaram juntos, ficaram todos abraçados, e o homem esperava o fatídico mo­mento de sua morte.

     O tempo passou, passou, e ele não morreu. Veio o dia seguinte, e o homem ainda estava sentindo-se muito bem, sem nenhum sinal de que estava próximo à morte. Ao contrário de tempos passados, o homem sentia-se maravilhosamente tranquilo e feliz, muito melhor do que qualquer época em toda a sua vida.

     Resolveu então retornar e falar novamente com o sá­bio. Assim que o encontrou, questionou:

     - Mestre, anteontem o senhor me disse que eu morreria ontem, mas veja que hoje continuo saudável e nada me ocorreu. Pelo jeito sua previsão falhou, pois me sinto feliz e bem leve.

     O mestre respondeu:

     - Não falhou, pois não houve nenhuma visão do futuro. Você me perguntou como era possível vi­ver a vida da melhor forma possível. O que você fez neste último dia, acreditando que iria morrer, senão viver intensamente cada momento? Você ficou mais próximo de sua família, perdoou ofensas, arrependeu-se de brigas, aproximou-se de pessoas que ama, e disse a sua família o quanto você a amava, além de ter fi­cado bem próximo a eles. Portanto, este é o ensinamento que deixo a você. Viva cada dia como se fosse o último. Trate as pessoas sem cultivar mágoas, pois um dia tudo isso passa. Sinta-se liberto dessa vida sa­bendo que um dia você não mais estará presente. De­clare seu amor aberta e calorosamente, como se fosse a última vez. Liberte-se das preocupações, das tensões e das culpas, como se elas fossem passar e dissolver-se com o fim de tudo. O que dá sentindo a vida, é o sentido que é dado quando sentimos que tudo está próximo de encerrar. Quando tomamos consciência de nossa mortalidade e da pe­quenez da existência humana, nos libertamos de qualquer prisão, e vivemos de forma leve e feliz.

Autor: Hugo Lapa

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 3 de Setembro de 2013

Evolução, Conceitos, Amor Incondicional

O Grupo Arcturiano Por Marilyn Rafaelle

Em 30 de agosto de 2013

Saudações, queridos.

Viemos novamente para trazer esperança e luz de orientação, pois tudo está se processando de acordo com o plano.

Não tentem simplesmente se desviar quando ouvem isto, pois nós sabemos que escutam palavras da mudança chegando provindas de muitos canais, mas nada parece mudar.

É importante deixar ir quaisquer conceitos que vocês podem ainda ter em relação a como a mudança do mundo deve se manifestar, pois ao manterem ideias específicas de mudança, vocês olham através da lente dos conceitos tridimensionais e veem as aparências tridimensionais.

É hora de mudar para a confiança e para a prática da verdade.

Nós vemos mudança nos corações de muitos que antes levavam vidas de raiva e ressentimento, pois as energias altamente ressonantes que vertem para a Terra nesta época permitem que mais e mais pessoas se abram para a experiência de compaixão independentemente de quaisquer preconceitos previamente arraigados.

Todo conhecimento revelado acrescenta outra centelha de amor incondicional à consciência universal do mundo e ajuda a realizar as mudanças que todos vocês buscam.

Amor incondicional não significa que vocês devem procurar uma conexão emocional com todos, mas significa que, apesar de quaisquer aparências em contrário, vocês reconheçam que todos são manifestações do Divino, mesmo se eles mesmos não souberem ou se importarem.

Isto é amor incondicional e a prática dele não os impede de dizer o que pode precisar ser dito a alguém que se comporta de maneiras que necessitam ser comentadas.

Quando as palavras são ditas com a conscientização da Natureza Divina do outro, elas fluem numa energia de Luz, enquanto que essas mesmas palavras ditas na energia da dualidade e separação, possuem uma ressonância baixa.

A vida na Terra trata-se de aprender a passar e então ultrapassar os conceitos e crenças falsas que constituem a terceira dimensão.

Isto é evolução.

A raça humana é criativa em virtude de estar e ser do Divino, mas porque a maioria está inconsciente de quem realmente é, seu mundo, universal e pessoalmente, demonstra as manifestações perfeitamente criadas de dualidade e separação.

Isto somente mudará conforme a raça humana mudar e começar a criar seu mundo na e pela verdade.

É hora de ficarem atentos e examinarem quaisquer conceitos persistentes que vocês ainda podem ter com relação ao que se passa como "a vida normal".

Os conceitos simplesmente são crenças inverídicas passadas e aceitas através do tempo como verdade.

Ouçam com atenção e sejam orientados por esses toques intuitivos que surgem quando vocês estão pensando silenciosamente ou conversando com o outro.

Toda questão da vida diária é atividade espiritual revestida com conceitos tridimensionais.

É por isso que não há necessidade de separar sua vida espiritual de sua vida de todo dia, como muitos o fazem - tudo é espiritual.

O trabalho é ver a realidade subjacente em todas as coisas.

Um exemplo disto poderia ser que vocês estão procurando uma casa nova.

Vocês procuram e procuram pela casa perfeita e parece que não conseguem encontrá-la.

Se vocês conseguirem perceber que vocês nunca estão separados de sua casa perfeita (Consciência Divina), a interpretação física desta percepção irá se manifestar no exterior.

É assim que vocês reinterpretam tudo do mundo físico através de novos olhos.

Pratiquem ver através de qualquer e de toda aparência a realidade espiritual que constitui o que vocês estão vendo.

Se doença realmente existisse na Consciência Divina, ela jamais poderia ser curada porque existiria eternamente como uma realidade.

Vocês entendem?

Tudo que é real é mantido no lugar pela Lei Divina e não pode ser alterado de forma alguma.

São apenas as falsas interpretações da raça humana que vêem o bom e o mau.

Inteligência, abundância, harmonia, paz, alegria, amor (unidade), perfeição, totalidade, etc., etc., estão incorporados infinitamente na Consciência Divina onipresente e devem ser reconhecidos e aceitos como o seu real Eu.

Nada existe fora da Consciência Divina e todas as aparências em contrário simplesmente são interpretações falsas.

Estas verdades constituem sua jornada da metafísica para o misticismo.

Os conceitos refletem o pensamento da linha temporal em que ocorreram e refletem qual era o estado de consciência naquele tempo naquele local.

Alguns conceitos se dissolvem conforme a sociedade evolui, mas outros igualmente erróneos entram no lugar deles se os estados de consciência permanecem os mesmos.

A evolução é o processo de ultrapassar os conceitos e chegar à Verdade sobre Deus e o homem.

Houve uma época quando se acreditava que queimar curadores e trabalhadores da Luz como bruxas era o modo adequado de lidar com o "mal".

A consciência densa e o sistema de crença que a acompanhava daqueles tempos não permitia que ninguém, somente Deus, tivesse dons espirituais.

Deus era um homem no céu com normas e regulamentos para serem seguidos sob o medo de punição e o mal era um homem vermelho com chifres chamado Satã ou demónio.

Este é um exemplo brilhante de como a consciência de dualidade e separação ignorantemente se manifesta no mundo.

A sociedade evoluiu quanto a queimar pessoas por terem dons espirituais, mas ainda mantém muitos conceitos igualmente obsoletos e ainda permite punições demasiadamente cruéis para aqueles que podem ter escolhido desrespeitar algum aspecto do atual dogma aceito.

Quando um indivíduo escolhe viver governado por algum dogma e as rígidas normas que o acompanham de certo e errado, ele escolhe viver em servidão.

Independente de o dogma provir de religião, governo ou uma pessoa de autoridade, ele simplesmente ainda representa a interpretação de alguém da verdade - seus conceitos e crenças.

É por isso que se lhes pede para interiorizar, praticar meditação e receber a informação directamente, VOCÊS NÃO PRECISAM DE INTERMEDIÁRIO.

A realidade é livre, amorosa, alegre, não nasce, não morre, não muda e é infinitamente mantida no lugar pela Lei Divina e ELA É QUEM VOCÊS SÃO.

Queridos, vocês estão preparados para dar passos mais profundos de reinterpretar tudo que vêem, ouvem, tocam ou cheiram em sua realidade espiritual, o que significa viver cada dia fazendo o que lhes compete fazer, mas enxergando a realidade além das aparências ruins ou boas.

É uma retirada de rótulos de tudo.

O mundo não é uma ilusão, mas os falsos conceitos do mundo são a ilusão.

Este é o trabalho, queridos, é assim que vocês mudam seu mundo para um novo estado de consciência, e de fato é trabalho, principalmente no início e ninguém pode fazê-lo por vocês.

É por isso que vocês escolheram estar na Terra nesta época poderosa.

Há muitos que ouvem e lêem a verdade, até fazendo de conta que são estudantes sérios da verdade, mas não estão dispostos a liberar suas confortáveis crenças antigas.

Muitos sentem que as verdades místicas são impraticáveis demais para se levar a sério e então escolhem permanecer no status quo do que eles já sabem.

Neste período vocês estão limpando a memória celular física e também seus corpos emocional e mental - tudo que não pode ser levado com vocês na energia dimensionalmente superior.

Limpezas físicas, emocionais e mentais frequentemente se manifestam de modos que podem ser desconfortáveis em muitos níveis, então aprendam a não entrar em pânico e sim, prestar atenção nessas experiências que são sinais indicando o que vocês ainda podem ter e que precisa de perdão, aceitação e amor incondicional por si e também pelos outros.

Enviem luz às suas células físicas dizendo a elas para liberarem qualquer energia velha e acabada que elas ainda mantêm desta vida e de vidas passadas.

Informem seu corpo mental que agora vocês escolhem deixar ir todas as crenças falsas.

Conscientemente escolham que seu corpo emocional libere qualquer energia emocional tóxica e negativa e que ela seja substituída pelo amor incondicional.

Este é o trabalho, queridos, e vocês estão preparados e totalmente capacitados para fazê-lo, caso vocês escolham.

Nós somos o Grupo Arcturiano.

Fonte: http://blogsintese.blogspot.com.br/2013/08/grupo-arcturiano-evoluca...

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:37
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

Mensagem do dia...

     O planeta Terra está a passar momentos conturbados de grandes mudanças a um nível global. Fenómenos físicos e químicos estão a ocorrer frequentemente em todo o planeta, e muitos deles interferem com todos nós, pois uns são provenientes da natureza e outros estão associados às frequências vibratórias energéticas que têm influência na nossa mente. Nos últimos anos o campo electromagnético da terra, medido em gaus, tem vindo a diminuir segundo informações cientificamente comprovadas, o que significa grandes mudanças globais no nosso planeta. Por exemplo vejamos o caso da inclinação (em graus) do eixo do nosso planeta, que provocou variados problemas ao nível das navegações aéreas via gps, o degelo dos pólos que faz aumentar o nível medi das águas dos mares, o clima mais quente do planeta que provoca alterações na fauna e flora do planeta, entre muitas outras coisas.

     Como certamente compreendem, todas essas mudanças têm influência em todos os reinos (mineral, vegetal e animal) do planeta, e nós, seres espirituais a viver uma experiência terrestre sentimos mais esse impacto, pois somos seres providos de emoções e sentimentos, moldados por “falsas” opiniões, crenças, ideais, leis e muitas outras coisas. Todas essas coisas servem apenas para nos afastar da nossa verdadeira missão, de forma a comandar os destinos da humanidade através da sua mente, fazendo uso de técnicas psicológicas de domínio dos seres humanos. Assim a maioria da humanidade permanece num estado “hipnótico” onde diz ter fé em Deus, mas na realidade têm fé noutro Deus que não o Criador, têm fé no Deus dinheiro, vivendo na essência do Ter e não do Ser. Todos nós somos seres divinos imortais, e por isso uma parte de Deus escondeu-se dentro de cada um de nós (componente divina), depositando em nós confiança na nossa capacidade de o encontrarmos junto ao nosso coração, na nossa chama trina. Vivamos assim segundo as Leis divinas Universais, libertando-nos de certos dogmas, crenças e pensamentos impuros, Sejamos faróis de luz, pois ao encontrarmos o Amor dentro de nós passaremos e irradiar esse Amor, tal como o sol que emana os seus raios de luz e calor. Façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 25 de Julho de 2013

Perdão & Aceitação…

     Cada ser humano é fruto da educação que teve, das suas crenças, da sua fé, dos seus dogmas e da sociedade onde está inserido. É da sabedoria popular que “cada um é como cada qual”, e há também outra pequena frase que se enquadra aqui: “todos iguais, todos diferentes” (united colours). Isto quer dizer que somos iguais sob o plano físico/matéria (corpo) mas diferentes entre nós no plano mental. Somos muito diferentes no conhecimento académico, no conhecimento de vida, nas reacções às situações, nas emoções, nos sentimentos e sobretudo nos pensamentos.

     Na generalidade o ser humano tem uma certa tendência para fazer juízos de valor, mais propriamente julgar, as atitudes e acções dos outros. No universo apenas os seres humanos têm sentimentos e emoções, o faz com que inúmeras vezes sejamos emocionalmente reactivos, reagindo de forma menos apropriada, e que mais tarde acabamos por nos arrepender do que fizemos ou dissemos. No meio de tudo isto constatamos que, de entre vários aspectos comuns, há um que é sem dúvida comum a todos nós e que se define como “Viver em sociedade”. Viver em sociedade é algo que exige várias coisas de nós, tais como compreensão, compaixão, respeito, humildade, amor e aceitação, estes são em meu entender os aspectos mais importantes para a vida em sociedade.

     Reparem numa coisa, ficam tristes quando são rejeitados porque não se enquadram no “estilo” dos outros, mas já se aperceberam que vocês são iguais a eles pois reagem da mesma maneira com outras pessoas? Pois se não queres que te façam isso, não o faças aos outros, porque as atitudes, gestos e pensamentos são como energia, que quando é emanada assim, mais tarde ela retorna. Este foi apenas um pequeno exemplo, antes de falar sobre o título deste texto. Aprendermos a aceitar os outros como são, com as suas ideias e feitios, sem os menosprezar, sem fazer juízos de valor nem julgar as pessoas, evitando emanar energia negativa para essas pessoas, para o nosso próprio bem-estar, pois “recebemos o que damos” o que significa que essa energia volta para nós. Aprender a aceitar é contribuir para o seu bem-estar, equilíbrio e harmonia.

     Diariamente acontecem muitas coisas com cada um de nós, umas apenas e só connosco mas a maioria delas em inter-acção com outras pessoas. Por vezes saímos tristes e magoados por coisas que nos dizem e/ou fazem, que deixam marcas psicológicas que geralmente nos afectam no geral. Estas situações são mais difíceis de ultrapassar, mas na verdade existem para testar a nossa capacidade de perdoar. O segredo para se conseguir perdoar é o Amor, e devemos perdoar o nosso semelhante mesmo achando que a culpa não é nossa. Envolva-se em amor (próprio) e assim conseguirá emanar amor incondicional à sua volta, aceitando e perdoando as coisas e pessoas, e assim conseguirá atenuar “possíveis” problemas psicológicos. Sinta o Amor na sua plenitude envolvendo-se nele e emanando-o para quem o rodeia. SEJA AMOR.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 20:40
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2012

Crise Existencial…

Caros leitores,

     Cada um de nós, enquanto seres vivos terrestres, desde o momento que chegamos a este planeta, demos inicio a um período que se chama vida. O que vou ser quando for grande? Irei um dia para a faculdade? Poderei ser pai? Vou ter trabalho? Vou conseguir ganhar para viver? Irei constituir família? Estas e muitas outras questões já passaram na mente de cada um de nós. Todos nós já vivemos momentos mais ou menos felizes, em certas alturas estávamos convictos do que queríamos e qual o caminho a percorrer, noutras sentíamo-nos completamente perdidos sem rumo, sem acção nem vontade para nada, com a nossa mente impregnada de pensamentos menos positivos que em nada contribuem para a elevação da nossa auto-estima, entre muitas outras coisas que nos fazem sentir que estamos a atravessar uma “crise existencial”.

     O Ser humano no seu todo é composto por 4 níveis ou planos: físico, emocional, mental e espiritual (para quem desconhecia), isto para lhes explicar que quando estamos a passar uma “crise existencial” a fonte primária/originária de todo esse mal-estar é a nossa própria mente. Compreendo que seja difícil para cada um de nós, entender e aceitar que somos de facto os principais causadores do nosso próprio mal-estar, mas essa é a mais pura das verdades. Eu mesmo já passei por este tipo de situações, e depois de as ultrapassar chego sempre à mesma conclusão: “Vitor, tu mesmo contribuis-te para esse mau estar, sobretudo devido aos pensamentos, e filmes criados pela tua mente”. É claro que o que nos rodeia também podem ser factores de influência para esse nosso estado, mas isso já depende da forma como observamos as coisas, da importância que lhes damos e até que ponto deixamos que essas coisas nos influenciem.

     Para terminar, vou-lhes deixar umas dicas que os podem ajudar a superar estas situações:

- Acreditem que são tão capazes como as outras pessoas;

- O passado é história e aprendizagens que serviram para o nosso crescimento;

- Deixem de andar com o passado agarrado a vocês, pois assim pode-se sobrecarregar;

- O futuro é um mistério, quando lá chegarem o importante é estarem preparados para o viver da melhor maneira possível;

- O presente é o momento, o aqui e agora que estamos a viver, e para o vivenciarmos na sua plenitude temos de estar libertos das “amarras” que anteriormente foram descritas;

- Em todos os momentos devemos respeitar sempre os outros e sermos gratos pelo que a vida nos vai dando;

- Aprender a viver humildemente apenas com o que temos é aprender a viver em harmonia com o planeta.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 25 de Janeiro de 2012

Crianças...

    

     As Crianças são seres maravilhosos, aos quais a maioria dos seres humanos chama de anjos. Sem dúvida que o são, pois Deus disse um dia: “Somente te enviarei anjos”, mas parece que o Ser humano rapidamente, após a sua chegada ao plano terrestre, se esquece dessas palavras. Quanto mais vão crescendo, mais se vão afastando da sua componente divina, o seu Eu Sou Superior.

     Se todos nós fossemos Seres com a pureza de uma criança, que vive para si e em si, agindo sem maldade com gestos de amor na sua mais pura expressão certamente o mundo seria bem melhor, onde reinaria a paz e o amor universais.

     Libertar a nossa criança interior, é desabrochar o amor e a compaixão que reside dentro de nós, sem artificialismos nem pensamentos inapropriados ao comum dos mortais.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 9 de Março de 2011

Prazer...

Caros Irmãos,

     Quando se diz a palavra “Prazer”, as pessoas dão-lhe um sentido conotativo ou denotativo, dependendo do contexto frásico onde está inserida.

     Todo e qualquer ser vindo a este plano norteia-se pelas verdadeiras leis universais cósmicas, pelas leis dúbias criadas pelo ser humano, pelo seu bom senso e livre arbítrio. Enquanto seres divinos e espirituais a viver uma experiência terrestre, à partida estamos muito condicionados, relativamente à nossa verdadeira essência e para nos complicar mais a vida, o nosso plano mental encontra-se agarrado às energias e vibrações da terceira dimensão, que em verdade nada abonam a nosso favor se queremos ascender verdadeiramente, na persecução da nossa plenitude.

     Nesta minha vinda, depois de uma certa atribulação inicial eis que encontrei o verdadeiro sentido da palavra Amor e assim defini o meu rumo. Decidi viver uma vida de missão, de dedicação ao semelhante, em prol do bem-estar comum universal. Não foi uma decisão fácil, pois para se alcançar esse estado, tive de passar por um longo período de aprendizagem, descobrindo a minha essência, limpar e repor as energias retidas no passado, perdoar todos os que comigo se cruzaram e de alguma forma interagiram comigo, libertar-me de todos os apegos, libertar-me do materialismo, e de muitas outras coisas que estão intimamente ligadas às energias de baixas vibrações. Todas estas libertações têm a ver com o caminho de ascensão do Ser, soltando-se das amarras que do passado, não o deixando viver no presente, impedindo-o de prosseguir para um futuro melhor. Nesse caminho de ascensão devemo-nos reger pelas leis universais, aquelas que são verdadeiramente coerentes e tratam todos os seres de igual forma, o que não acontece com as leis humanas, feitas e regidas pelo governo oculto que trabalha arduamente com o intuito de comandar os desígnios da evolução da espécie terrestre.

     Termino dizendo-lhes que se centrem em vocês mesmos, preencham-se com Amor e sintam o verdadeiro prazer que a felicidade do semelhante lhes pode transmitir, principalmente quando conseguiram ajudar sendo parte “integrante” desse objectivo alcançado por outrem. Ame-se, adore-se, venere-se, admire-se, mime-se porque na verdade você é a pessoa mais importante na sua vida, e verá que descobrirá a felicidade que reside dentro de si.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:07
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 9 de Novembro de 2010

No Momento da Partida

Caros Irmãos,

         Vivi entre vocês nesse mundo de dualidade. Mesmo quando possuía 100% das minhas faculdades enquanto Ser humano terrestre, estava bastante limitado, podendo mesmo comparar essa limitação à explicação científica de que o Ser humano apenas usa 10% das suas capacidades mentais. Mas uma coisa lhes digo, o vosso pensamento é como as nuvens, quanto mais pensam mais nublado se torna o céu e menos capacidade de visualizar o fantástico universo em que estão inseridos. Para que possam entender eu vou-lhes contar brevemente a minha história.

         Nasci em 1932 animando o corpo de uma mulher. Fui crescendo e desde muito cedo comecei a trabalhar. Tive 4 filhos fantásticos, muito diferentes e muito amigos de se ajudarem uns aos outros, até ao fatídico dia em que terceiros fizeram “vingar” a sua vontade no seio da família, levando à desunião gradual da mesma. Naquele momento o meu envoltório carnal (corpo) já sofria de alguns problemas de circulação sanguínea e cardíacos associados também ao excesso de peso que tinha, e com o acontecimento de outras e mais esta situação, as quais em vida não tinha consciência de que ia passar e que eram provações, um dia eis que uma trombose atira comigo para o hospital. Mesmo apesar de ter a minha saúde algo debilitada, nunca fui pessoa de estar parada. A trombose que se repetiu 3 vezes, o que me fez ficar amarrada a uma cama, com o lado direito do corpo completamente imobilizado, sem conseguir falar correctamente apenas emitindo sons desconcertantes, e 100% dependente de terceiros para a minha restante estadia nesse plano terrestre. Quando digo restante estadia, refiro-me aos meus últimos 7 anos de vida. No primeiro ano, vivi numa grande revolta, porque agora estava ainda mais condicionada na minha, e até então já restrita liberdade, pois não andava, não me lavava e não falava, apesar de ter plena consciência do que se estava a passar, ver e ouvir sem poder falar era para mim bastante penoso. Por vezes nem tinham certas conversas à minha frente, mas isso era o que achavam que ser melhor para mim, mas tive sempre o apoio daqueles que me estavam mais chegados, nunca me abandonando. Mas eis que um dia, os meus intestinos resolveram atrapalhar um pouco mais o meu estado débil de saúde. Então, necessitando de cuidados mais especializados fui transportada para um hospital, onde ao fim de pouco tempo acabei por me libertar daquele envoltório carnal (corpo). Lembro-me que momentos antes de partir comecei a ver uma luz intensa, que brilhava mas não feria a vista (já tinha perdido a visão). Emocionalmente tive um grande sentimento de paz e tranquilidade que me proporcionou um agradável momento satisfação que me fez esboçar um ligeiro sorriso (desprendimento parcial do corpo). Por fim perdi a audição, neste meu ultimo sopro de vida. Agora sim, nesta dimensão já me sinto quase completamente livre. Digo isto devido ao facto de o perispirito ou “cordão umbilical” necessitar de cerca de 72 horas para se separar completamente com meu corpo. Por isso, tenho pleno conhecimento do que me fizeram, do velório bem como do local onde depositaram o meu corpo. Por falar em velório, houve uma coisa que me deixou feliz, foi o facto de ver todos os meus filhos reunidos novamente, ainda que fosse pela última vez. Mas nesse local, oh que choros, quantas lágrimas, quanta dor, quanta tristeza… não havia necessidade, pois naquele momento eu já não estava ali dentro daquele corpo, já era novamente livre, mas a tradição faz as pessoas praticarem rituais que já não têm sentido. Mas houve algo no velório que me despertou a atenção, o meu neto estava com ar satisfeito e feliz, não porque estava a gostar do que via, mas porque tinha a consciência da felicidade que tive ao libertar-me daquele corpo.

         Não me vou alongar mais, dizendo-lhes apenas que quando um dia voltar a estar entre vós, na hora da minha partida façam uma festa e não sofram, por isso treinem o desapego, porque ninguém é de ninguém e amar não é prender mas sim dar liberdade.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 09:34
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

Pós Iniciação ou Sessão

Caros irmãos,

     A iniciação ou sintonização num sistema energético, quer seja Reiki ou Karuna ou outro qualquer, podem provocar profundas mudanças no Ser ou Iniciado, começando logo nesse dia ou nos 21 dias seguintes. Essas mutações podem ser de tal forma que a pessoa se pode sentir mentalmente baralhada e até surgir alguma dor física, mas não fique com receio, pois isto não é nada de anormal mas carece de um explicação e/ou esclarecimento. Sentir-se “mentalmente baralhado” e com variações repentinas no seu humor e estado emocional, nada mais é do que “arrumar a casa”, pois uma nova forma de observar a vida e o universo implica numa mudança do padrão de pensamento e da forma de estar no seu dia-a-dia, de uma forma positiva. Como sabem vivemos na 3ª dimensão, por isso muitas vezes a transmutação dos nossos corpos dá-se por via da dor e como tal vamos aceitá-la de bom grado, pois significa que as nossas mutações corporais (plano físico) se estão a dar ao nível celular, por isso aceitem a porque a mesma é para o vosso bem-estar e elevação de consciência.

     Este tipo de situação pode acontecer também depois de uma sessão terapêutica. Antes de mais deixem que lhes diga que não há uma sessão terapêutica igual, pois variam de terapeuta para terapeuta e até mesmo se as fizer com o mesmo terapeuta. Estas sessões quer sejam feitas apenas uma terapia ou com uma combinação de terapias, actuam nos planos físico, emocional, mental e espiritual e como tal, ninguém consegue estar sempre igual nos 4 planos, logo aí podemos constatar uma diferença. Uma das coisas que contribui para essa situação é também o factor Tempo, pois quando alguém vem pela primeira vez ter comigo, depois de ouvir as “lamentações” da pessoa eu pergunto: Há quanto tempo se sente assim? Resposta: Olhe, se quer que lhe diga já nem me lembro! Eu: Pois é, você foi deixando a situação arrastar-se até esse ponto e agora vai tornar o processo de restauro de bem-estar ainda mais complicado e moroso, pois a situação com o tempo foi-se agravando. Contudo desde já lhe digo que há hipótese de alcançar o bem-estar, mas você também terá de se ajudar a si próprio. No dia seguinte: Vitor, saí bem da sessão, mas depois tive uma grande dor de costas e até senti náuseas e vómitos. Eu: Amigo, esta terapêutica actua profundamente ao nível celular bem como nos seus corpos subtis, actuando na origem e não na causa do problema. Como vivemos na dualidade da terceira dimensão e o caminho de ascensionamento leva à transformação dos nossos corpos de carbono em corpos de cristal, e isso carece de alguma dor, mas interprete essa dor de uma forma positiva, pois está a trabalhar e transmutar a sua essência reestruturando a sua complexa malha celular e todas as suas energias.

     Vamo-nos elevar para índices de bem-estar e felicidade, transmutando os nossos corpos, despertando a nossa divindade e irradiando toda a nossa Luz libertando-nos deste envoltório corporal, manifestando o Ser angelical que somos em toda a nossa plenitude.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Ensinamentos em Poesia

. M&A: Uma combinação explo...

. Meditação das Raízes

. Karuna é Compaixão

. Seja Luz e Amor...

. Apenas umas palavras… em ...

. A melhor forma de Viver

. Evolução, Conceitos, Amor...

. Mensagem do dia...

. Perdão & Aceitação…

. Crise Existencial…

. Crianças...

. Prazer...

. No Momento da Partida

. Pós Iniciação ou Sessão

. Meditação das Raízes

. A jornada...

. Aceitação

. Reflexão...

. Meditação do Portal 9-9-9

. Confia e Caminha

. Eles estão Vivos

. Deus está Presente…

. Mecanismos Neurofisiológi...

. O Caminho do Ser

. DEVER E LIBERDADE

. JESUS PROCLAMOU EM NAZARÉ...

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31