.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Domingo, 1 de Junho de 2014

No dia da Criança... Perdão

Bom dia,

     Hoje é o dia internacional da criança.

     Vamos fazer como as crianças esquecendo e perdoando, para podermos ter paz e alcançar a felicidade interior, pois o "não perdão" transporta consigo situações e problemas que nos afectam profundamente.

     Assim aproveito para lhes deixar o vídeo desta maravilhosa técnica de perdão, para que possam praticar e alcançar a vossa paz interior.

     Sejam Amor, sejam Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 06:00
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 15 de Maio de 2014

Reflexão: Pobreza...

Caríssimos,

     Regra geral quando se fala de pobreza, a nossa mente pensa logo nos sem-abrigo, pedintes, escravos e outro tipo de pessoas que vivem em condições bastante precárias, aquilo que se diz “abaixo do limiar da pobreza”. Sobre este tema muitas coisas poderia escrever, mas apenas pretendo abordar um ou dois aspectos do mesmo, aqueles que eu penso ser necessário esclarecer e que são muito pouco falados. Na maioria dos casos a pobreza de que se fala está ligada à falta de dinheiro, porque vivemos numa época “dominada” pelo consumismo, as aparências, a ganância, o ego, a vida social para mostrar, a inveja e tantas outras coisas que estão ligadas aos prazeres meramente terrestres.

     Em meu modesto entendimento, a maior das pobrezas é a de espírito. Um pobre de espírito, regra geral é uma pessoa que não respeita o seu semelhante, usando manhas e artimanhas na maioria dos casos em seu estrito benefício pessoal. Este tipo de atitude revela falta de princípios, educação, valores morais, e sobretudo de respeito sobre os outros e isso levanta-nos uma questão. Conhece alguém que não respeite os outros e se respeite a si mesmo? Eu não, pois todo aquele que vive unicamente como ser terrestre vive intensamente o plano material, procurando obter riqueza a qualquer custo, nem que seja desrespeitando e escravizando o seu semelhante, inclusivamente contra pessoas do mesmo sangue (familiares). Estes são sem dúvida seres de baixo nível que utilizam a força ou incutem o medo nos outros, para se sentirem superiores e assim encherem o seu ego. Pobres seres, pois apesar de terem uma vida economicamente estável, espiritualmente são pobres, são definidos como “espíritos inferiores” ou de “baixa densidade” escrito em textos de natureza espiritual.

     A pobreza espiritual não afecta apenas os seres que mencionei anteriormente, mas atinge seres de todas as camadas e estratos sociais, ou seja, afecta todos aqueles que pensam que a vida se resume apenas ao período entre a vida e a morte, aqueles que não acreditam na reencarnação (imortalidade da alma), aqueles que devido às atrocidades da vida guardaram dentro de si sentimentos de vingança (ódio, retaliação, rancor e muitos outros) entre vários outros que se enquadram nesta explicação.

Este tipo de pobreza (espiritual) pode ser passageiro ou definitivo, conforme a escolha que é feita através do livre arbítrio de cada um. Caso se tenha identificado nas palavras anteriormente ditas e pretenda libertar-se dessa “pobreza” deixo-lhe algumas dicas nas quais deverá reflectir um pouco:

  • Permita que a sua mente adquira novos conhecimentos, libertando-se assim de “velhas” querenças e dogmas e de uma certa rigidez mental;
  • Adore o verdadeiro Deus criador do universo e deixe de idolatrar o Deus dinheiro;
  • Organize o seu tempo de forma a poder ter tempo para si mesmo, trabalhando o seu interior.

     Várias outras coisas poderiam aqui ser descritas, mas não me pretendo alongar demasiado no texto porque cada caso é um caso e a melhor coisa é falar directamente com quem necessite de auxílio. Viva o amor, partilhando intensamente com o universo e sejam muito felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:22
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 12 de Março de 2014

Reflexão: O papel do Mestre

Caros leitores,

     Ao longo dos tempos vou escrevendo alguns textos e reflexões sobre os mais variados assuntos, de forma a partilhar com vocês conhecimentos, aprendizagens e vivências. Nesta reflexão irei abordar o papel do “mestre” de Reiki ou de outras terapias, no contexto actual da sociedade ocidental.

     Qualquer pessoa que tenha o nível 2 de Reiki e sinta interiormente o “impulso” para dar continuidade à sua aprendizagem, depois do nível 2, além do nível 3 de Reiki, pode também optar por fazer o curso de iniciação ao Karuna, aprendendo as práticas da energia da compaixão, que muitos definem como “o mais belo ramo da árvore do Reiki”. O Karuna é uma fantástica energia que, em primeiro lugar vai fazer uma profunda limpeza interior no iniciado, alcançando grandes benefícios pessoais, que se reflectem no seu Ser e no que o rodeia, mas vou deixar esta explicação para outro texto dedicado a esse assunto.

     Assumir o papel de “mestre” é de grande responsabilidade, porque assume-se como alguém que vai dar continuidade a todo um legado, além de assumir perante o universo uma enorme responsabilidade. Um mestre é uma pessoa que além da sua vida pessoal, deve estar disponível para tirar dúvidas aos formandos (quer tenham feito formação com ele ou com outro), dar o seu contributo na divulgação das terapias holísticas, dar formação a quem lhe solicitar sem julgar quem lhe pede e um dos mais importantes gestos, partilhar com o universo os conhecimentos que vai adquirindo porque o conhecimento é para ser partilhado com os semelhantes. Este papel deve ser assumido por quem sente interiormente e verdadeiramente esse chamamento, sempre com muito amor incondicional, compaixão e imparcialidade, respeitando sempre os seus semelhantes, mesmo que tenham opiniões completamente dispares das suas. Neste tipo de casos o mestre não vê o debate de ideias como uma discussão, mas sim como mais uma oportunidade de aprendizagem e enriquecimento de conhecimentos, pois além das Leis universais (iguais para todos) cada Ser tem a sua verdade. O mestre deve saber escutar todos os seres, mantendo sempre a humildade reconhecendo que não está acima de ninguém, sendo apenas e só que é, um ser simples que escolheu a missão de auxiliar o próximo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 13:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 7 de Janeiro de 2014

Crença ou Descrença…

Caros leitores,

Os tempos estão conturbados,

Vivem-se momentos de agitação,

Com tantas duvidas na mente,

Sentimos receio de qualquer acção;

         A nossa mente é atormentada,

         Por pensamentos e conceitos errados,

         Que nos provocam aquela sensação,

         De estarmos completamente isolados;

Ao sermos educados numa religião,

Acabamos por gerar certas crenças,

Assim com o passar dos anos,

Vamos observando e ditando sentenças;

         Muitos seres andam confusos,

         Com muitas coisas para tratar,

         Agora estão desorientados,

         Sem saber para que lado se virar;

Pedem ajuda a Deus,

Pois dizem ser essa a sua crença,

Mas o Deus que deviam venerar,

Já o colocaram em descrença;

         Em detrimento do único Deus,

         Veneram o Deus dinheiro,

         Como paga andam carecas,

         Como alguns que vão ao barbeiro;

Vivo algo atormentado,

Não sei o que fazer,

Com decisões importantes para tomar,

Mas sem saber o caminho a escolher;

         Devo parar e reflectir,

         para chegar a uma conclusão,

         Sem dúvida que a sua melhor escolha,

         Será sempre a do coração;

Seguir o caminho do coração,

Tem as suas ambiguidades,

Podem sempre tomar essa decisão,

Independentemente das idades;

         Escolha o que é melhor para si,

         Começando por se libertar do passado,

         Não transporte consigo esse fardo,

         Assim ficará muito cansado;

Ame-se acima de tudo,

Você é a pessoa mais importante da sua vida,

Se colocar os outros à sua frente,

Esta será mais uma vida perdida;

         Você é o responsável pela sua vida,

         Por tudo aquilo que lhe acontece,

         Faça sem o seu melhor,

         Independentemente de quem o reconhece;

O mais importante é estar bem,

Com a sua consciência,

Se não acreditarem no que diz,

Tenha para com eles paciência;

         A verdade vem sempre ao de cima,

         Tudo acaba por se saber,

         Julgar apenas pelas aparências,

         É um erro que se costuma cometer;

Tenha fé no verdadeiro Deus,

Aquele que todos ama por igual,

Não aos falsos “Deus” que nos iludem,

Fazendo-nos acreditar no caminho do mal;

         O único e verdadeiro Deus,

         Ensina o caminho da compaixão e amor,

         Através dos gestos e das palavras,

         Libertando os seres do mal e da dor;

Emana luz divina para todos,

Através do amor e do perdão,

Somos todos fontes de luz,

Provenientes do seu coração;

         Sou apenas o que sou,

         Sem ser um grande ser humano,

         Espero poder dar mais compaixão,

         E amor ao semelhante neste novo ano.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:41
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 30 de Setembro de 2013

Técnica do Perdão... Hawai

Publicado por Viktor às 10:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2013

A melhor forma de Viver

     Um homem muito rico procurou um mestre e lhe pediu que o ensinasse a viver a vida da melhor forma possí­vel. Ele queria aproveitar o máximo a vida e ser feliz. O mestre respondeu:

     - Infelizmente isso não será possível, pois tive uma vi­são de que o senhor irá morrer amanhã à noite.

     O homem ficou assustadíssimo com essa  notícia. Saiu de lá rapidamente, e foi ver a sua família. Encontrou sua esposa e filhos, e lhes disse:

     - Meus amores, um sábio me disse, pela sua vidência, que tenho apenas um dia de vida. Queria dizer que amo muito vocês, e que vamos passar este dia todos juntos, em total harmonia, para que na eternidade fi­que registrado o quanto eu sempre os amei. Mas antes, preciso falar com algumas pessoas amanha durante o dia.

     Assim que amanheceu, o homem saiu da casa e foi encontrar-se com seu vi­zinho que, há algum tempo, havia tido um briga bem séria. Pediu perdão ao vizinho por tudo, disse que se arrependia do mal que havia lhe causado e saiu de lá.

     Depois disso, o homem foi encontrar sua mãe, que sendo muito velhinha, havia colocado numa casa dis­tante e estava tendo de se virar sozinha. Assim que viu a mãe, disse:

     - Mãe, perdoe-me por ter me afastado de você. Eu es­tava muito autocentrado e só conseguia ver meu pró­prio umbigo. Estou morrendo e quero que fique co­nnosco agora no  meu último dia de vida.

     O homem foi então perdoando as ofensas das pessoas, ajudando aqueles que antes havia prejudicado, e cada coisa que fazia procurava estar totalmente presente, pois sabia que seria a última vez.

     O dia passou bem rápido, mas foi o dia mais libertador de sua vida. Voltou para casa, reencontrou toda a sua família, e viu a noite cair. Jantaram juntos, ficaram todos abraçados, e o homem esperava o fatídico mo­mento de sua morte.

     O tempo passou, passou, e ele não morreu. Veio o dia seguinte, e o homem ainda estava sentindo-se muito bem, sem nenhum sinal de que estava próximo à morte. Ao contrário de tempos passados, o homem sentia-se maravilhosamente tranquilo e feliz, muito melhor do que qualquer época em toda a sua vida.

     Resolveu então retornar e falar novamente com o sá­bio. Assim que o encontrou, questionou:

     - Mestre, anteontem o senhor me disse que eu morreria ontem, mas veja que hoje continuo saudável e nada me ocorreu. Pelo jeito sua previsão falhou, pois me sinto feliz e bem leve.

     O mestre respondeu:

     - Não falhou, pois não houve nenhuma visão do futuro. Você me perguntou como era possível vi­ver a vida da melhor forma possível. O que você fez neste último dia, acreditando que iria morrer, senão viver intensamente cada momento? Você ficou mais próximo de sua família, perdoou ofensas, arrependeu-se de brigas, aproximou-se de pessoas que ama, e disse a sua família o quanto você a amava, além de ter fi­cado bem próximo a eles. Portanto, este é o ensinamento que deixo a você. Viva cada dia como se fosse o último. Trate as pessoas sem cultivar mágoas, pois um dia tudo isso passa. Sinta-se liberto dessa vida sa­bendo que um dia você não mais estará presente. De­clare seu amor aberta e calorosamente, como se fosse a última vez. Liberte-se das preocupações, das tensões e das culpas, como se elas fossem passar e dissolver-se com o fim de tudo. O que dá sentindo a vida, é o sentido que é dado quando sentimos que tudo está próximo de encerrar. Quando tomamos consciência de nossa mortalidade e da pe­quenez da existência humana, nos libertamos de qualquer prisão, e vivemos de forma leve e feliz.

Autor: Hugo Lapa

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 11 de Setembro de 2013

Como praticar o PERDÃO

Publicado por Viktor às 10:23
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 6 de Agosto de 2013

A missão… servir

     Cada Ser humano é único e vem à terra com uma determinada missão. Sedento de conhecimento e sabedoria, vive numa constante aprendizagem e aperfeiçoamento da sua essência. Independentemente dos moldes nos quais somos educados, da sociedade onde somos inseridos e de outros factores, o importante é acreditarmos em nós e não aceitarmos tudo de ânimo leve, do tipo “Maria vai com as outras”.

     Cada Ser tem as suas capacidades, dons e “limitações”, estando estas últimas associadas à religião, sociedade, política, educação e a todas as instituições e/ou órgãos que de certa forma, fazem a “manipulação” do Ser humano através da sua mente, gerando dogmas, crenças, opiniões e conceitos que são implantados na mente. Reparem no seguinte, uma mentira muitas vezes dita com grande convicção torna-se verdade, e assim a humanidade tem vivido ao longo de séculos, sob a crença e falsas verdades, que os governos secretos têm colocado em prática, para comandar a história do planeta. Por estas situações que referi e outras mais é que a humanidade parece viver numa hipnose colectiva, à qual se habituaram de tal forma que dela não pretendem sair, concentrando-se no seu Ser, na sua essência, no seu verdadeiro lado divino.

     Depois desta pequena introdução vou falar um pouco da missão que abracei nesta vida, tal como outrora já tinha feito noutras vidas e que se define numa simples palavra: servir. Desde tenra idade sempre fui uma pessoa de causas, do voluntariado, do associativismo e da ajuda ao próximo, tentando sempre ajudar o meu semelhante, proporcionando-lhes aquilo que nunca tive. É uma missão que nem sempre é fácil, pois tal como qualquer Ser humano, necessito de trabalhar para sobreviver, e conjugar as coisas é uma tarefa com um certo grau de dificuldade. Muitas vezes, ao longo desta missão, somos mal interpretados pelos nossos semelhantes, pois hoje em dia ninguém dá nada a ninguém, e os Seres humanos são muito desconfiados, por isso nos apontam “segundas intenções” quando na realidade estamos a praticar um gesto de amor incondicional, compaixão e solidariedade. Esse tipo de interpretação errada deve-se ao facto de grande parte da humanidade ter imensas dificuldades em tirar “prazer” do acto de praticar o bem, mas já Jesus Cristo dizia: “Aquilo que aos outros fizeres a ti mesmo o estará a fazer”. Ao longo desta caminhada várias foram as pessoas que cruzaram o meu caminho, que procuraram para as ajudar (consulta) ou para lhes ensinar (curso) e assim poderem ter uma vida um pouco melhor, para verem a vida sob outra perspectiva, na procura de um esclarecimento para acontecimentos da sua vida quotidiana, para aprenderem a auto-ajudarem-se ou apenas à procura de uma terapia de relaxamento profundo. Gostaria de um dia poder abraçar esta causa a 100%, podendo assim ter uma vida de ainda mais dedicação ao meu semelhante, cuja contrapartida seria ver as pessoas bem e felizes, porque eu sou feliz assim.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:01
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 31 de Julho de 2013

Pensamentos poéticos

Vivo envolto em pensamentos,

Que invadem a minha mente,

Parece que vivo em sobressalto,

Não consigo estar em paz tranquilamente;

         Observo os outros e faço comparações,

         Ao ponto de pensar mal de mim,

         Às vezes invejo os outros,

         Mas não gosto de ser assim;

A nossa mente é traiçoeira,

Está-nos sempre a tentar desviar da Luz,

Essa é uma guerra muito duradoura,

Que em sofrimento quase sempre se traduz;

         Tenho de zelar os meus pensamentos,

         Para não fazer ao meu próprio Ser,

         Pois sei que são pura energia negativa,

         Que em nada me ajudam a crescer;

Partilho com todos vocês,

Ensinamentos e a minha sabedoria,

Espero que os entendam e compreendam,

E que vos ajudem a viver em paz e harmonia;

         Sou para os outros,

         Aquilo que nunca foram para mim,

         Não me importa o que pensem,

         Pois sou muito feliz assim;

A vida é como um momento,

Devemos de o saber aproveitar,

Porque depois já é passado,

E não nos devemos lamentar;

         Viver no amor universal verdadeiro,

         É ser puro amor no seu coração,

         Utilize-o em tudo o que faz,

         Libertando-o como um vulcão em erupção;

Seja positivo nos pensamentos e acções,

Observe o universo com amor e paz,

Sinta a energia do amor dentro de si,

E veja o bem-estar que isso lhe traz;

         Acredita que és capaz,

         De fazer muitas coisas bonitas,

         Confia no amor que tens dentro de ti,

         Sê persistente e não desistas;

Respeita o teu semelhante,

Lida com ele com humildade e amor,

São gestos que nos enriquecem interiormente,

Evitando sentimentos de desgosto e dor.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:36
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 30 de Maio de 2013

Simplicidade ou Complexidade?

Caros leitores,

     Observando tudo o que me rodeia, com facilidade posso utilizar estas duas palavras. Quando visualizo algo que entendo penso que é simples, quando não entendo penso ser complexo. Apesar de ter falado em termos pessoais, isto é algo que se aplica à globalidade dos seres humanos, pois em variadas coisas somos muito semelhantes. A sociedade nos dias de hoje está “formatada” de tal maneira que aqueles que possuem um determinado nível académico ou que ocupam determinados cargos de chefia, usam um elaborado e complexo vocabulário para escrever e dialogar para com os outros. Em meu entender acho que isso é apenas um método de mostrar uma certa “superioridade” (meramente académica) fruto de um curso superior tirado (ou não) e que lhes alimenta o ego, por isso a sabedoria popular diz: “cantas bem mas não me alegras”.

     A própria vida em si e as situações que diariamente aparecem já são, muitas vezes, demais para complicar a mente do ser humano, quanto mais quando pretendemos um esclarecimento e nos deparamos com uma pessoa que (armado aos cucos), nos fala com palavras de “sete e quinhentos” usando terminologias técnicas como se estivesse a falar com algum colega de profissão.

     Vamos deixar de complicar a vida e interromper a nossa contribuição para complicar a mente (já algo baralhada) do nosso semelhante. Vamos escrever e falar para os outros como se estivéssemos a explicar uma coisa a uma criança de 10 anos, com palavras e frases simples e de fácil compreensão, ou tem receio de partilhar o seu conhecimento com o seu semelhante? Evite esse receio, pois ninguém nasce ensinado e você também gosta que lhe expliquem as coisas (para aprender) quando não sabe, certo?

     Ao longo do tempo em diálogos e sobretudo nos textos que escrevo, tento usar um vocabulário simples e de fácil entendimento, pois quero que os textos que escrevo (partilho) sejam de fácil compreensão, e sobretudo que as pessoas possam aprender algo com eles, em prol de si mesmas e do seu bem-estar.

     Hoje termino este texto colocando-lhe uma questão: “Acha que os textos que publico são de fácil compreensão?”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 29 de Março de 2012

Mensagem do dia…

Foste enviado para a Terra,

Para cumprir mais uma missão,

Sentes-te perdido e baralhado,

No seio de tanta confusão;

         Um turbilhão de pensamentos,

         Surgem na sua mente,

         Muitas perguntas sem resposta,

         Às quais não fico indiferente;

Interpretam mal o que dizes,

Incompreendendo as palavras e reflexões,

Mas as palavras que dizes ficam nas suas mentes,

E quando chegar o momento alcançarão os corações;

         Mas um dia sem contar,

         Um Ser de luz apareceu na sua vida,

         Chegou quando estavam reunidas as condições,

         Para dar as orientações quando estava perdida;

Agora sabe por onde caminhar,

Sabe o que quer fazer,

Definiu um rumo para a sua vida,

Acabou com o receio de se perder;

         Sabe que praticar o bem é o seu desígnio,

         Aprender a usar a energia do Amor Incondicional,

         Para assim ajudar o seu semelhante,

         Emanando para todos o Amor Universal;

Todos devemos praticar o Amor,

Viver a vida com gratidão,

Somos as mãos de Deus,

Ele nunca nos deixa de dar a mão;

         Ser um servo da Luz,

         É agir e trabalhar com o coração,

         Em prol do bem-estar comum,

         Seguindo o caminho universal de ascensão.

Encontro a felicidade,

Contida dentro do meu Ser,

Sinto-me feliz e confiante,

Para o seu caminho ajudar a percorrer.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: Yani
Publicado por Viktor às 18:46
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 4 de Janeiro de 2012

O LIVRO...

Publicado por Viktor às 17:03
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 7 de Julho de 2011

Reflexão...

Caros Irmãos,

      A vida nem sempre é fácil, e o ser humano parece ser um “expert” em complicar até mesmo as coisas mais simples. Cada Ser Humano deve-se preocupar com a sua própria vida e não com a vida dos outros, com a sua evolução espiritual e não com a dos outros, deve viver com o que tem ao invés de invejar o que têm os outros. Há um ditado popular que diz o seguinte: “Tens inveja do meu viver, trabalha malandro”; Nada mais correcto, pois cada um tem de fazer por si, começando por assumir a responsabilidade da sua vida e de tudo o que lhe surge, pois isso é fruto da energia que emana (lei universal da atracção). Dia após dia as pessoas pensam em pôr-se bonitas, vestem roupas de marca, gostam de andar na moda (“é in”), gostam de fazer “vista grossa” aos outros vivendo nas aparências, são materialistas querendo cada vez mais e mais, invejam a vida do vizinho porque acham que é sempre melhor do que a deles, quando alguém parte (morre) é sempre boa pessoa (que hipocrisia, quando era vivo era mal tratado), conseguem obter “prazer” do mal-estar que provocam nos outros, e até no trabalho passam o tempo a criticar os colegas, enfim, esta é a triste realidade da vida quotidiana da actualidade, onde se vive de aparências em “mundos ilusórios” onde o Ser Humano se engana a si mesmo, vivendo sob o paradigma da “escravatura mental” (da sua própria mente).

Derivado a estas e outras coisas que não foram mencionadas no parágrafo anterior, o Ser Humano comete também um grande erro que é o de constantemente passar o tempo a “julgar” o semelhante, e como as costas dos outros são os nossos espelhos e é neles que fluem os nossos sentimentos.

      Enquanto seres espirituais a viver uma experiência terrestre, todos viemos com uma missão e um propósito que, apesar das particularidades de cada um, chegámos com a vontade de nos tornarmos melhores Seres, através das experiências que diariamente temos de superar, em prol da perfeição. Por outras palavras, como descendentes de Deus, caminhamos ao encontro dele, mas para lá chegarmos temos de nos purificar nas sucessivas reencarnações, aprendizagens e acções. Este é o caminho da luz, paz, amor, compaixão, felicidade e harmonia, que posteriormente explicarei na reflexão seguinte…

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 02:01
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 9 de Maio de 2011

Curso em Pós Laboral [Reiki e/ou Karuna]

 

Caros Amigos;

     Ao longo do tempo tenho constatado que as pessoas que trabalham por turnos e aquelas que apenas têm o/os seu/s dias de descanso semanal entre a segunda e a sexta-feira, têm imensas dificuldades em fazer uma formação em Reiki, uma vez que a maioria dos cursos decorrem aos Sábados e/ou Domingos.

     Assim sendo, informo-os que irei levar a efeito, aqui em Albufeira, uns cursos em horário pós-laboral. Assim, é permitido satisfazer-se as necessidades daqueles que sentem interiormente essa vontade, mas que por motivos laborais têm sido condicionados ao longo do tempo.

     Assim, que pretenda frequentar uma formação nestes moldas, poder-me-á contactar nesse sentido, de forma a se poder arranjar um horário que se adeqúe com a sua disponibilidade.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 22 de Fevereiro de 2011

Ajuda…

Irmão,

      O Reiki é uma terapia holística, tal como outras, que tem por base a manipulação/canalização das energias corporais, em prol do bem-estar nos níveis físico, emocional, mental e espiritual, de quem recebe a aplicação / sessão / tratamento. É claro que uma consulta ou sessão não se resume apenas a uma aplicação energética, mas também a uma conversa de consciencialização psicológica do paciente. Esta é a minha forma de estar e ser, muito própria.

      Ajudar o semelhante não é colocar-lhe o peixe no prato para comer, é dar-lhe a cana e ensiná-lo a pescar. Dar-lhe uma orientação, atenção e carinho, dedicando-lhe algum tempo é algo que conforta qualquer pessoa, mas não nos podemos esquecer de nós próprios. Sim, este é também um aspecto a ter em linha de conta, pois por vezes a nossa vontade de ajudar é tanta que literalmente nos esquecemos de nós, e depois lá estamos a servir de esponja, absorvendo as energias menos positivas do paciente, o que provoca um certo “sofrimento” a quem pratica, sobretudo àqueles que ainda estão a iniciar que se encontram algo limitados em termos de ferramentas para proceder à sua respectiva limpeza e restauro de bem-estar. O que lhes digo é a mais pura das verdades, pois é isso que deve ser dito e explicado às pessoas e não encapotado. É claro que ajudar o semelhante me dá uma enorme felicidade interior, mas também nos gera algum desgaste, sobretudo quando por esquecimento não nos protegemos. Sim, isto deve ser dito e esclarecido às pessoas, porque a verdade é aquela que sempre prevalece em detrimento da calúnia, infâmia, injúria e encobrimento. As pessoas necessitam de ser esclarecidas sobre as coisas, principalmente quando pretendem saber o que vão encontrar quando entrarem no mundo do Reiki. É sem dúvida um fantástico mundo onde muitas coisas incríveis acontecem, mas tem também algumas coisas menos boas, tal qual uma rosa tem os seus espinhos no caule, porque explicar às pessoas o Reiki só falando dos aspectos positivos faz lembrar os vendedores de banha da cobra.

      Outra coisa é o nosso trabalho social, ou seja, os serviços que no percurso da nossa vida, vamos realizando em prol do nosso semelhante. Antes de mais deixe que lhe diga que, para podermos executar um trabalho desses temos de estar bem. Estar bem é sentirmo-nos bem connosco mesmos, aceitarmo-nos e amarmo-nos mais do que a qualquer outra pessoa, pois assim vão conseguir irradiar luz e amor por todos os poros corporais, tornando-se um foco de luz e amor para com todos os que cruzam o nosso caminho. Gosto de ser assim, e isto dá-me uma enorme felicidade interior e bem-estar comigo mesmo. Neste planeta todos temos as mesmas capacidades e como tal, o que eu sou capaz de fazer vocês também são e se estou aqui vocês também podem cá chegar. Dê valor a si mesmo, ame-se, acredite mais em si, seja mais confiante e verá que o seu dia ficará repleto de luz, amor e harmonia.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 11:43
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. No dia da Criança... Perd...

. Reflexão: Pobreza...

. Reflexão: O papel do Mest...

. Crença ou Descrença…

. Técnica do Perdão... Hawa...

. A melhor forma de Viver

. Como praticar o PERDÃO

. A missão… servir

. Pensamentos poéticos

. Simplicidade ou Complexid...

. Mensagem do dia…

. O LIVRO...

. Reflexão...

. Curso em Pós Laboral [Rei...

. Ajuda…

. Cada um é como cada qual…

. Actividades Formativas e ...

. Natal...

. Médium Curador

. REIsocialKI® contra a pob...

. REIsocialKI® & REInatalKI

. Valor… Importância… Custo...

. Conversas com a Alma

. Reflexão do dia

. Projecto de Voluntariado....

. Caminhos, percursos, tril...

. No próximo fim-de-semana

. Auto Flagelação…

. Para Todos Vós…

. Ho'oponopono

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31