.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Sexta-feira, 16 de Janeiro de 2015

Reflexão: O Valor da Palavra

Caríssimos,
     Vivem-se tempo conturbados no planeta Terra. Muitas pessoas transportam consigo sentimentos de saturação laboral, familiar e social, manifestados em pensamentos e palavras ditas em meras conversas de circunstância, em locais públicos ou privados. Além deste tipo de sentimentos que se instalam dentro de si, e que lhe provocam algum mau estar do qual se quer libertar, a generalidade das pessoas acabam por alimentar esse mau estar em conversas de circunstância onde predomina a coscuvilhice, o mal dizer, a critica negativa entre tantas outras coisas que, juntas significam uma elevada carga negativa. Então você não gosta de si mesmo? Porque é que em vez de se ajudar a sair do “buraco” ainda se afunda mais nele? Se você sabe como se por bem e se aquilo que lhe digo não é nada de novo, é apenas recordá-lo de certas coisas porque insiste em permanecer nesse paradigma? [pense um pouco sobre as questões que acabei de lhe colocar]
     Na verdade cada Palavra, dita ou pensada, tem uma energia própria que se liberta manifestando-se no Ser alvo das palavras e pensamentos. Como podem constatar, todos nós através de palavras e pensamentos já envia-mos energias menos positivas para outras pessoas, certo? Pois, na verdade todos nós já fomos e por vezes continuamos a ser “fontes” de energia negativa, mas isto faz com que surja na vossa mente a seguinte pergunta: Mas como posso evitar isso? Na realidade vivemos num mundo complexo, rodeados por “fontes de energia negativas” (televisões, jornais e seres), no qual estamos constantemente a ser “bombardeados” por notícias negativas, o que em nada nos ajuda a preservar um pensamento positivo. Realmente é extremamente difícil mantermos ao longo do dia o pensamento positivo, sem julgar as coisas e os outros, pois a generalidade dos seres foi “formatado” assim. Recordo-lhes ainda que há uma Lei Universal que se chama “Lei do Retorno”, o que significa que a energia que emanamos para com os outros mais tarde é devolvida (pelo universo) à fonte (nós).
     Mas vou-lhes dar uma preciosa dica, algo que aprendi com o tempo e pretendo partilhar com vocês, cada ser tem de ser o seu próprio polícia, estando constantemente a vigiar-se a si mesmo, para que cada vez que surja um pensamento menos positivo o possa contrapor com muitos pensamentos positivos, bem como pedir desculpa ao universo pelo pensamento proferido. Fazer o que acabei de lhe dizer é algo que tem um alto grau de dificuldade, mas nada é impossível e o querer é poder. Acredite em si mesmo e nas suas infinitas capacidades interiores para ultrapassar mais esta etapa, e verifique por si mesmo o bem-estar que isso lhe vai proporcionar, dando assim mais um passo em prol da sua felicidade. Sejam felizes, sejam fontes de luz, paz e harmonia, sejam amor incondicional.
NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:30
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014

Reflexão: O Materialismo e o Ser

Caríssimos,

     O nosso planeta é composto por inúmeros Seres vivos de várias raças, cores e espécies, mas esta reflexão tem a ver mais propriamente com o Ser Humano. Ao longo do tempo tenho conhecido imensas pessoas, todas elas diferentes, cada uma com as suas virtudes e seus defeitos, tal como eu mesmo. Há aquelas pessoas que se cruzam na nossa vida por acaso, outras por força das circunstâncias e por outras coisas mais, mas na verdade tenho consciência que todos os Seres que cruzam o meu caminho, são “fruto” da vibração energética que tenho “naquele” momento. Todos esses seres “trazem” algum conhecimento ou provação pela qual tenho de passar, para que eu possa ter consciência da minha “evolução” enquanto Ser Espiritual a viver uma experiência terrestre. Desculpem este pequeno parágrafo, mas interpretem como uma introdução à reflexão que se segue.

     Através de conversas que vou tendo, das frases escritas que leio e das notícias que ouço, constato que o Ser Humano continua muito agarrado aos bens materiais. Certo dia, um Ser conhecido (que agora não me recordo) disse uma frase que se tornou iria perpetuar no tempo: “A religião é o ópio do povo”; Em meu entender está correcto pois referia-se ao Deus Criador do Universo, mas na verdade a fé da maioria das pessoas tem venerado deus e não Deus. Talvez não tenha compreendido o que acabei de dizer, mas vou dizer por outras palavras, a maioria dos Seres venera o “deus dinheiro” em detrimento do verdadeiro “Deus Criador”. Mais uma vez acabei por divagar um pouco, mas vou agora abordar o tema em causa.

     O Ser humano, na sua generalidade, continua a viver em função do Ter relegando para último plano o Ser. Ao longo dos tempos outros, tal como eu agora, tentam elucidá-los que essa não é a melhor forma de viver nem de aproveitarem da melhor forma esta vida. A maioria das pessoas vive constantemente preocupada com o Ter (dinheiro, bens materiais, etc.) e acabam por provocar stress a si mesmas devido ao número de coisas que devem fazer (porque se meteram nessas coisas?), dão cabo da saúde para ganhar mais uns tostões, ocupam a sua mente com preocupações desnecessárias porque dão importância a mais às coisas, criam irritações e aborrecimentos porque valorizam demais as outras pessoas e, no final de todas estas coisas chega-se à conclusão que se esqueceram do mais importante, que são eles mesmos. Sim, cada Ser é a pessoa mais importante da sua vida, não se esqueça disto. Nem os filhos, marido, família ou amigos devem ser mais importantes para nós do que nós mesmos, porque se não se amar, dificilmente os outros nos amam. A generalidade dos seres deixam-se levar pelas tendências tentações “perversas” desta sociedade de consumo, na qual o bem-estar de uns é alcançado através da escravatura de outros, o que é uma injustiça. O Materialismo é um dos maiores “virús” da sociedade, e sabem porquê? Porque o materialista cria Apego às coisas, e o Apego é a maior fonte de sofrimento na Terra. [Pare e pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Como certamente concluiu, esse Apego que nós próprios criamos futuramente vai acabar em sofrimento, quer seja apego a bens materiais, animais, pessoas ou ideias. A generalidade dos Seres gosta muito de apontar o dedo aos outros, mas reparem bem que muitas vezes somos nós mesmos os causadores do nosso mal-estar, já pensaram nisso? Bem, por agora nada mais irei escrever, pois penso que o que leram é um bom tónico para reflectirem um pouco sobre vocês mesmos, sobre a essência do Ser, libertando-se um pouco do Ter, o que acha? Despeço-me pedindo desculpa por tão longo texto, mas agradeço a sua leitura e desejo-lhes tudo de bom, esperando tê-los ajudado de certa forma e façam o favor de ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 19:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 8 de Outubro de 2014

Frases para Reflectir

 

Publicado por Viktor às 09:06
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 26 de Agosto de 2014

M&A: Uma combinação explosiva…

Caríssimos,

     Para que possam entender melhor a reflexão que segue, desde já lhes digo que M&A quer dizer: “Materialismo e Apego”. Se apenas e só uma delas é má, quanto mais as duas em conjunto, isso sim resulta numa combinação completamente explosiva que pode destruir um Ser humano. Infelizmente a auto-destruição que o Ser humano provoca a si mesmo, exerce uma reacção em cadeia que afecta aqueles que estão mais juntos dele (família e amigos).

     Ser Materialista é querer ter cada vez mais coisas, nunca estando satisfeito com o que tem. São pessoas do tipo: “Se aquele tem eu também tenho de ter”; entre outro tipo de afirmações. Este tipo de pessoas muitas vezes acabam também, ainda que já tenham muitas coisas, emanar energia de Inveja para cima de outras pessoas que tenham coisas que eles não têm. Enfim, esta parece ser a mentalidade da sociedade em geral, mas depois como se não bastasse o “querer”, ainda querem as coisas “topo de gama” que são mais caras. Mas será que as coisas mais simples não são suficientes? Porquê essa ganância em viver do “ter”?

É claro que, depois do que acabei de dizer é fácil entender que os Materialistas têm Apego às coisas, certo?

     Tal como já lhes tinha dito noutros textos, o Apego é a maior fonte de sofrimento do Ser Humano, seja apego a bens materiais, a pessoas, a ideias, ou a outras coisas. Claro é que quando uma pessoa perde alguma coisa à qual tem muito Apego sofre quando a perde, mas não irei falar mais sobre este tema agora.

     No ocidente, mediante as “regras” impostas pelas sociedades, todos os seres humanos são educados valorizando os bens materiais, o que faz com que as pessoas gerem dentro de si mesmas a vontade de obter riqueza, custe o que custar. Esse tipo de “informação errada” que é colocada na mente das pessoas, faz com que muitos façam o que for preciso para alcançar poder e riqueza. Por causa disso surge a corrupção, compadrios, máfia, vinganças, favores e tantas outras coisas mais, através das quais o ser humano desrespeita o seu semelhante, afastando-se assim da simplicidade e humildade do Ser, na sua mais pura criação, na qual age sempre com Amor Incondicional.

     Certamente sabem que a vida é muito mais do que aquilo que apenas temos aqui no planeta Terra, certo? Sabes que depois desta vida regressarás ao plano espiritual, certo? Se em ambas as perguntas a tua resposta for positiva, do que está à espera para mudar? Liberte-se do Materialismo e do Apego, pois quando chegar o momento da sua partida, tudo ficará na Terra, incluindo o seu corpo, que foi concebido também neste planeta. Seja simples e humilde, e verá como a felicidade vai envolver o seu ser, podendo-a partilhar com quem o rodeia. Lembre-se sempre que as pessoas não se compram, conquistam-se através do amor e da humildade.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:57
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 20 de Maio de 2014

Ter ou Ser?

Caríssimos,

     Esta é sem dúvida uma questão sobre a qual o ser humano se tem debatido ao longo de milénios. Se algum dia colocar esta questão a um conjunto de pessoas não se surpreenda com as respostas e reacções, pois são muito díspares.

     TER ou SER é uma questão de grande importância e que tem suscitado dúvidas e debates entre religiões, países e nações, mas antes de chegar a esses níveis é sem dúvida uma questão pessoal. O planeta assistiu no século passado a um grande desenvolvimento tecnológico e científico, que aconteceu a uma velocidade superior à da evolução da espécie (ser humano). A par desta evolução todos os seres humanos que detinham poder e algumas capacidades económicas viram oportunidades para enriquecer cada vez mais, muitas vezes através de falsas promessas criando ilusões na mente dos outros, mas é apenas uma forma hábil de escravizar os subalternos. Oh, coitados dos que têm de se subjugar a esses seres pelas necessidades que a vida lhe impõe, mas vou escrever sobre o tema que realmente aqui pretendo abordar. O desenvolvimento económico desenfreado instalou na mente da generalidade da humanidade um vírus definido como a “febre do consumismo”, que é o materialismo na sua expressão máxima. Desculpem esta introdução mas penso ser necessária para a reflexão que se segue.

     É pelos motivos que escrevi anteriormente e ainda por outros que hoje em dia os seres humanos atribuem mais importância ao TER do que ao SER. O Ser humano é muito mais do que apenas um corpo físico e o “materialismo” é algo que apenas está ligado ao mundo terreno, além de ser a origem de desentendimentos entre muitos seres humanos. Actualmente a sociedade valoriza mais o TER do que o SER, ou seja, se um Ser tem “poder” e riqueza é respeitado, se não tem é simplesmente “ignorado”. Valorizam-se os bens materiais (TER) em detrimento dos valores morais e da essência interior (SER). Vivermos na essência do Ser é vivermos em paz connosco mesmos, com os outros, respeitar tudo e todos, enchermo-nos de amor e irradiá-lo para quem nos rodeia, evitar a todo o custo julgar os semelhantes e pensamentos negativos que possam pairar na nossa mente entre outras coisas. Dedicarmos tempo a nós mesmos através da auto-aplicação de técnicas holísticas de relaxamento e meditação, eleva-nos a consciência para nobres níveis de paz, harmonia, compaixão e amor, despertando em nós um enorme sentimento de bem-estar. Ao longo de décadas o TER tem semeado o pecado, raiva, guerras, discórdias, mortes, alimenta o ego, vaidade, poder e tantas coisas outras atrocidades cometidas ao longo da história, no passado e no presente, mas será que a humanidade nada tem a aprender com isso?

     Espero que esta pequena reflexão o faça pensar e reflectir para que possa escolher que caminho pretende seguir, através de seu “livre arbítrio”. Eu escolhi viver no SER e tu?

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Reflexão: Quem sou?

Caríssimos,

     Cada ser humano tem as suas vocações, sonhos, convicções, crenças e ambições (na sua infância) e esperam um dia ser médicos, bombeiros, policias, estilistas, professores, engenheiros, jogadores de futebol, enfim, um sem número de coisas que passam na mente das crianças e dos adolescentes. Mas a escolha do que vão ser é condicionada pela vocação que temos, pela família e até mesmo pelos amigos que nos rodeiam. Muitas vezes quando uma pessoa escolhe o que quer ser, mais propriamente a profissão que pretende desempenhar no futuro, condiciona a sua escolha também às perspectivas de mercado (se vai ter trabalho ou não) pensando no seu futuro a longo prazo. Esta foi apenas uma pequena introdução à reflexão que pretendo fazer e que vai começar no parágrafo seguinte.

     Por vezes perguntam-me: Quem és?

       Resposta: Sou aquilo que sou.

     Pergunta: Mas tu trabalhas certo, então és o quê?

       Resposta: Sim trabalho, nesse campo sou… mas continuo a dizer que sou o que sou.

     Pergunta: Mas não respondeu totalmente à minha questão.

       Resposta: Respondi sim. Disse-te o que sou profissionalmente e qual o meu trabalho. Certamente já ouviu falar sobre Jesus Cristo e sobre as palavras por ele ditas, as acções que ele praticava e o exemplo que deixou para a humanidade. Ele mesmo foi amado por uns e odiado por outros, por isso mesmo eu lhe respondo que sou aquilo que sou, nada mais.

     Sou apenas um simples ser humano que, a determinada altura da sua vida, decidiu escolher seguir um determinado caminho, ajudando-me a mim mesmo para poder ajudar aqueles que me procuram com esse propósito. Jamais em tempo algum me achei ser mais que os outros seja naquilo que for, pois cada um é como cada qual e eu sou apenas e só eu, nada mais. Escolhi partilhar com a humanidade (meu semelhante) experiencia e conhecimento que fui adquirindo ao longo dos tempos, uns mais e outros menos conturbados, pelos quais tive de passar para hoje ser aquilo que sou. Senti solidão, rejeição social, desprezo, fome, desgosto, um vazio que se alojou em mim, mas nunca perdi o amor-próprio e a fé, acreditando que ia chegar o dia em que conseguia ultrapassar todas essas barreiras. Foi um caminho moroso, árduo, difícil e doloroso, o qual tive de percorrer sozinho a maior parte das vezes, sem o apoio de ninguém com formação em psicologia ou até mesmo no campo da espiritualidade. Neste caminho nunca me faltou o amor de família, que foi um bom contributo para essa fase da minha caminhada, na qual tive de reaprender conhecimentos, de me encontrar a mim mesmo e de me auto-ajudar, pois exteriormente sentia a crueldade de uma sociedade que não está preparada para este tipo de casos. Encaro tudo isto com tranquilidade, pois sei que tinha de passar por uma experiência de “quase morte” e por todas estas coisas para ser quem hoje sou, um simples ser que tenta ser para o seu semelhante aquilo que nunca foram para ele durante tão conturbado período.

     Por agora vou terminar esta reflexão, desejando-lhes tudo de bom e nunca deixem de ter amor e de acreditar em vocês, porque se eu consegui tu também consegues, sê feliz.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:00
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 22 de Abril de 2014

Reflexão do dia

Caríssimos,

     A vida é feita de surpresas, emoções, sentimentos, pensamentos, gestos e tantas outras coisas, que nos alteram os estados de humor, tranquilidade, bem-estar e até mesmo da saúde. Seja ou não da nossa vontade, acabamos por estar sempre expostos a tudo e todos, é como se a nossa vida real fosse um gigantesco “Big brother”, no qual temos inúmeros olhos “postos” em cima de nós a observar e julgar tudo o que fazemos. Por vezes a vida do Ser humano parece a vida de um animal selvagem, constantemente vigiado por abutres que esperam que tombe, para dele se poderem alimentar. Mas no caso dos seres humanos os “abutres” são diferentes, pois atacam a presa em vida, praticando o cinismo depois da morte da presa. Será que a humanidade ainda não compreendeu que esse tipo de atitudes não lhe trás nenhum benefício? Porque se continuam a praticar rituais pagãos nos quais impera dor, sofrimento e cinismo de forma exacerbada? Pelo contrário, só lhe vai trazer mais problemas a somar aos que já tem. (faça uma pausa na leitura e pense no que acabou de ler)

     Talvez pelo facto de vivermos completamente expostos aos outros, é que a maioria das pessoas dá tanta importância ao que está à vista, vivendo sempre preocupados com o que parecem e com o que os outros pensam deles. Preocupem-se com aquilo que interiormente são, porque a essência de qualquer Ser está no seu interior, não no seu exterior. Cada Ser humano vive em certa medida condicionado, sendo o próprio o primeiro a condicionar-se a si mesmo através de pensamentos do tipo: “Não visto isto porque vão fazer chacota de mim”; “Se não beber sou excluído do grupo”; “O que será que vão pensar de mim”; enfim, tantas outras frases que são apenas bloqueios (em forma de palavras) mentais. Muitos destes bloqueios são criados e “alimentados” por nós mesmos, os quais acabam também por ser “alimentados” pelas pessoas com as quais lidamos no dia-a-dia, já tinham pensado nisto? Em certa medida as acções do ser humano estão condicionadas porque atribui demasiada importância aos outros e ao que possam dizer, certo? Talvez tenha chegado a hora e o momento de mudar em si mesmo essas atitudes e pensamentos, e verá como cresce a sua liberdade, sentindo-se bem melhor consigo mesmo, porque o que é realmente importante é agir correctamente e ser verdadeiro, o que faz com que esteja de consciência tranquila e isso sim, é realmente importante para si mesmo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:10
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 26 de Novembro de 2013

Apenas umas palavras… em poesia

Vivo aqui e agora,

Vivo feliz e contente,

Aprendi com o passado,

A estar bem no presente;

         Carregar as coisas do passado,

         Só lhe traz sofrimento,

         Com a mente conturbada,

         É difícil viver neste momento;

Por vezes sinto-me perdido,

Tenho dúvidas sobre o caminho a seguir,

Mas nunca perdi a esperança,

De continuar a evoluir;

         Quero-me conhecer melhor,

         Através do caminho da espiritualidade,

         Descobrir o meu interior,

         Conhecer-me na essência e na verdade;

Quanto mais procuro mais me baralho,

Não sei que caminho devo seguir,

Uns dizem umas coisas e outros outras,

Será que estão a mentir?

         A escolha é sempre sua,

         Só você sabe por onde quer seguir,

         Siga sempre a sua intuição,

         Que não lhe vai mentir;

Ouça sempre o que lhe dizem,

Mas não acredite em tudo cegamente,

Acredite apenas no que tem sentido,

E que entende conscientemente;

         O universo está em constante evolução,

         Nesse sentido devemos caminhar,

         Há quem tente dominar o mundo,

         Inventando para nos tentar travar;

Tentam-nos controlar através da mente,

Enchendo-nos de dogmas, mentiras e crenças,

Mas a morte chega a todos nós,

E nessa altura terão as suas sentenças;

         Não sei porque continuam a esconder,

         O que se passou na realidade e na verdade,

         Dessa forma só se condiciona,

         A evolução geral da humanidade;

O passado serve para aprender,

Passando por algumas duras provações,

Que causam uma profunda dor,

Deixando partidos os corações;

         Liberta-te do teu passado,

         Deixa esse lamento,

         Vive o momento presente,

         Feliz e com contentamento;

Queres ser feliz no presente,

Com paz e amor no coração,

Então dedica tempo a ti mesmo,

Diariamente através da meditação;

         Nada mais vos vou dizer,

         Nesta poesia de reflexão,

         Desejando-lhes tudo de bom,

         Com muita paz e amor no coração.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:51
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

Pensamento, um dilema humano…

     Ao longo de milénios o Ser humano tem-se debatido com esse problema que se chama Pensamento. Muitos Seres humanos procura desafios externos que lhe possam proporcionar bem-estar, nas relações familiares, sociais, amorosas e laborais, mas o grande desafio de cada um é ele mesmo. O Ser humano é como um computador, mas bem mais “complexo” devido às suas imensas ligações e funções, pois o “sistema operativo” de cada um é diferente do outro, bem como os métodos de raciocínio e cálculo, o que torna cada um de nós, num fantástico mistério para descobrirmos. O pensamento é um dos maiores mistérios da nossa mente, sobre o qual há imensos estudos feitos e outras tantas técnicas para o controlar.

     O Pensamento é algo muito próprio de cada um de nós, mas é também um grande mistério devido às suas especificidades, volatilidade e vulnerabilidade. O Pensamento de cada Ser humano é fruto da educação, família, escola, vivencias, amizades, governos, países, religião, dogmas e crenças de cada Ser, e também de nós mesmos através da maior ou menor rigidez mental com que comandamos a nossa mente. Há coisas que geneticamente (adn) vêm na nossa mente, outras coisas que vêm do conhecimento adquirido, mas muitas coisas são “oscilantes” principalmente aquelas que estão intimamente ligadas aos sentimentos e emoções. Curiosamente, todo o Ser humano tem uma tendência inata para criticar o seu semelhante, apontando defeitos ou invejando-o, o que na generalidade parece ser algo comum entre os humanos, mas é precisamente aí que está a raiz dos problemas que depois se “ramificam” para outras partes. Essa tem sido ao longo de séculos, o grande desafio do Ser humano com Ele mesmo, a conquista da capacidade total de comandar a sua mente [Pensamento]. Alcançar esse patamar é alcançar a harmonia, pois sendo a mente um emissor de radiações energéticas, a energia emitida está intimamente ligada à emoção, sentimento e à própria energia das palavras, tal como podem encontrar descrito nos textos bíblicos: “… a força do verbo, da palavra…”. Caso não tenha entendido bem eu vou dar-lhe um exemplo: Se a pessoa “A” tiver um pensamento menos positivo da pessoa “B”, quer esse pensamento esteja associado a sentimentos/emoções ou não, o “A” está inocentemente (porque ninguém lhe explicou) a emanar energia negativa para o “B”. Todas as energias menos positivas que enviamos através do pensamento mais tarde volta para nós, por isso espero que compreendam o mal que fazemos a nós mesmos com estas atitudes.

     Desde já lhes digo que é uma tarefa árdua, difícil e complexa, mas não é impossível. Alcançar este objectivo exige de cada um de nós uma vigilância permanente dos nossos pensamentos e palavras, evitando emanar energia negativa mesmo para aqueles que amamos. Eu ainda não consigo plenamente, mas tento diariamente caminhar nesse sentido.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 22:06
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?

Esclarecimentos sobre Reiki…

     O caminho do Reiki é uma constante aprendizagem na qual muitas vezes nos deparamos com algumas dúvidas e nem sempre está alguém “à mão” para os esclarecer. É no sentido de continuar o trabalho de divulgação desta prática terapêutica que vou responder a algumas dúvidas que surgem, principalmente nos reikianos que entraram neste universo energético há pouco tempo.

P: Posso fazer o curso de iniciação ao Reiki estando grávida?

R: Sim pode, desde que sinta essa vontade e estando a gerar outro Ser dentro de si, o Reiki será também uma boa ferramenta para auxiliar o bem-estar de ambos.

P: O que devo fazer para me sentir mais preparado no dia do curso?

R: Fisicamente (corpo) deve, principalmente na véspera do curso, evitar beber bebidas alcoólicas e comer carnes vermelhas, evitar ambientes energeticamente carregados e/ou negativos, deve comer saladas e beber líquidos, deve levar roupas confortáveis e não levar metais (fios, pulseiras e anéis).

P: Para se ser reikiano temos de ter um dom?

R: Para ser reikiano é preciso termos amor, o que todo o ser humano tem dentro de si, basta envolver-se nele e deixar que se expanda para o seu semelhante.

P: Ao entrar no universo do Reiki tornamo-nos vegetarianos?

R: Ser vegetariano é uma opção de cada um, não uma obrigação. Cada um tem as suas opções consoante as necessidades e gostos pessoais.

P: Se eu passar a ser Reikiano tenho de deixar de beber álcool?

R: Para ser reikiano não necessita de ser abstémico, pode beber um copo à refeição mas sempre com moderação, mas não sendo algo necessário para a sobrevivência do Ser humano, é natural que vá perdendo a vontade de beber.

P: Como escolho um mestre de reiki?

R: Essa é das coisas mais importantes, e o método de escolha mais eficaz é através da empatia energética que dá a indicação necessária à nossa intuição para escolher este ou aquele mestre.

P: Quando devo receber ou fazer auto-aplicação de Reiki?

R: Faça sempre que lhe seja possível, porque não tem contra-indicações, promove o seu bem-estar e saúde, em prol da sua harmonia e bem-estar.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 12:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 19 de Julho de 2013

Reflexão: A Vida…

Caros leitores,

     A sabedoria popular diz: “A vida é bela, nós é que damos cabo dela”, o que é sem sombra de dúvida uma grande verdade. Há um variado conjunto de ideias, conceitos, dogmas e outras coisas mais que durante milénios foram implantados nas mentes dos Seres humanos, e estes são factores condicionantes ao nosso desenvolvimento e que nos inibem de acreditarmos na nossa verdadeira essência divina.

     Ao longo da nossa vida, muito daquilo que nos acontece é o reflexo dos nossos gestos, atitudes e palavras. Para todas essas coisas é necessária energia, que é a fonte de vida, pois todos nós somos seres energéticos, quer acreditem ou não, pois tal como acontece ao carro, o dia que não tiver energia (bateria) para e o mesmo nos acontece a nós enquanto seres humanos. Na verdade nós somos seres espirituais a viver uma experiência terrestre, procurando vida após vida melhorar a nossa essência, aprimorando a alma até alcançarmos o mais elevado estado de pureza e conhecimento. Este caminho é agreste, onde surgem imensas armadilhas e ciladas, que muitas vezes somos tentados a ser desviados do mesmo, das mais variadas formas, através de manhas e artimanhas que mexem com os nossos sentimentos, desejos e vontades, impulsionados por desejos mentais, fruto da imaginação fértil do ser humano. Isto para os alertar que ninguém está a salvo destas tentativas, pois até mesmo Jesus Cristo, aquando da sua vinda à Terra, foi alvo de várias tentações para ser desviado da sua missão. Assim, devemos de estar constantemente atentos pois as tentações surgem quando menos se espera nos mais variados locais.

     Vou agora concluir esta reflexão, deixando-lhes algumas recomendações para que possa ter uma vida melhor: Você é a pessoa mais importante da sua vida; Procure a felicidade dentro de si; Ame-se a si mesmo; Encontre o amor dentro de si mesmo; Perdoe o seu semelhante sem ressentimentos; Aceite o seu semelhante; Liberte-se do materialismo; Por agora chega, pois conseguir mudar leva o seu tempo, e o importante é implementar essas mudanças na sua vida.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:01
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Quinta-feira, 18 de Julho de 2013

Fácil vs Difícil

Falar é completamente fácil quando se tem em mente as palavras que expressam a nossa opinião, o difícil é expressar por gestos e atitudes o que realmente queremos dizer....

     Fácil é sair com varias pessoas ao longo da vida, difícil é entender que pouquíssimas delas te vão aceitar como és e fazer-te completamente feliz...

     Fácil é ser colega, fazer companhia a alguém, dizer o que ela deseja ouvir. Difícil é ser sempre amigo e dizer sempre a verdade quando for preciso...

     Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre ela. Difícil é viver essa situação e saber o que fazer...

     Fácil é mentir ao vento o que tentamos esconder. Difícil é mentir ao nosso coração...

     Fácil é ver o que queremos ver. Difícil é saber que nos iludimos com o que achavamos ter visto...

    Fácil é dizer "olá" ou "tás bem?". Difícil é dizer "adeus" principalmente quando somos culpados pela partida de alguém da nossa vida...

     Fácil é perguntar o que queres saber. Difícil é estar preparado para ouvir a resposta....

     Fácil é chorar ou sorrir quando temos vontade. Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar com vontade de sorrir...

     Fácil é beijar, difícil é entregar a alma.

     Fácil é ditar regras, difícil é segui-las.

     Fácil é sonhar todas as noites, difícil é lutar por um sonho.

     Fácil é exibires a tua vitória a todos, difícil é assumires a tua derrota com dignidade..

     Fácil é viver o presente, difícil é esquecer o passado.

     Fácil é tropeçar numa pedra, difícil é levantar duma queda.

     Fácil é desfrutar a vida de cada dia, difícil é dar-lhe o verdadeiro valor.

    Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados, difícil é sentir a energia que é transmitida, aquela que toma conta do corpo como uma corrente eléctrica quando tocamos a pessoa certa...

     Fácil é julgar pessoas que estão a ser expostas pelas circunstâncias, difícil é encontrar e reflectir sobre os seus erros, ou tentar fazer diferente algo que já fez errado!

     Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado, difícil é expressar o teu amor a alguém que realmente te conhece, respeita e entende.

Eterno é tudo aquilo que dura a fracção de segundo, mas com tanta intensidade que se petrifica e nenhuma força pode destruir.... Há muitas coisas fáceis, difícil é conseguir as que são difíceis...

Autor desconhecido

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 20:38
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Sexta-feira, 12 de Julho de 2013

Responsabilidades e Medos

     Cada Ser Humano define o seu percurso de vida norteado pelas responsabilidades e medos. Cada um de nós vai tendo ao longo do tempo as suas vivências e assim vai adquirindo algumas responsabilidades, umas em virtude da vida que temos e outras que surgem porque nos aventuramos. Há uma expressão bastante conhecida que diz: “O sonho comanda a vida”, concordo com a mesma, mas ainda assim há que ter certas cautelas porque outra expressão diz: “Quanto mais alto se sobe maior é o tombo”, e pensando que ficaram algo baralhados com esta associação passo a explicar de seguida. Se sonharmos muito alto, queremos alcançar esse patamar e caso consigamos lá chegar nada é eterno e podemos de um momento para o outro perder tudo aquilo que levou anos a construir, o que faz com que o tombo seja ainda maior. Devemos sonhar sim, mas com moderação, tendo sempre a consciência do que pode ou não ser alcançado, pois tal poderá ser a nossa ruína. Muitas vezes estas situações estão associadas a pessoas que norteiam a sua vida sob a ideologia do materialismo, do ter, das posses, do mostrar e de outras coisas mais. Neste tipo de vida as responsabilidades são muitas e os medos também existem e estão sempre presentes, pois o apego aos bens materiais gera conjuntamente o medo de os perder e/ou de ser roubado.

     Através desta pequena introdução ao tema, espero que tenham chegado à conclusão que somos os primeiros e principais responsáveis pela nossa vida e que muitos dos medos que temos são gerados, criados e alimentados pela nossa própria mente.

     Isto é sem dúvida o resultado de quem vive com base no Ter em vez do Ser. A essas pessoas eu pergunto de que lhes vai servir ter muitas coisas (grande parte delas desnecessariamente) se quando partirem deste mundo nada vão levar, com excepção do conhecimento e aprendizagens adquiridas ao longo da vida! Agora faça uma pausa na leitura reflectindo um pouco sobre o que acabou de ler.

     Reparou que pode ser mais feliz se viver no Ser em vez do Ter? Espero que o tenha ajudado a reflectir um pouco sobre si mesmo, e assim termino desejando-lhes tudo de bom e FAÇAM FAVOR DE SER FELIZES.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:49
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Segunda-feira, 27 de Maio de 2013

Reflexão do dia

Caros leitores,

     O Ser Humano é muito mais do que aquilo que se vê, pois apenas vemos a sua parte física (1/4), pois a sua parte emocional, mental e espiritual (3/4) é invisível à vista do Ser Humano. A visão holística do Ser Humano engloba estas 4 componentes, observando-o como um todo. Hoje em dia muitas pessoas sobrevalorizam a sua componente física, preocupando-se excessivamente com a sua aparência exterior (física), descorando os outros aspectos (emocional, mental e espiritual). Pensem no seguinte:

- Se você for uma pessoal muito emocional, que diariamente é afectado pelos mais variados acontecimentos, acha que isso não tem influência no seu corpo?

- Se você tiver algum tipo de perturbação mental, acha que não se vai reflectir no seu estado físico (corpo)?

- Se você está insatisfeito e observa passivamente a destruição do seu corpo, não acha que o seu espírito está desligado do seu corpo?

     Neste momento pare de ler este texto e pense em cada uma das três questões anteriormente colocadas e depois retome a leitura.

     Talvez tenha chegado o momento de redistribuir a sua preocupação e atenção pelos 4 níveis (físico, emocional, mental e espiritual), de olhar para si como um todo e não como uma parte. Uma das coisas fundamentais que devemos aprender é a Aceitação, pois a “não-aceitação” de algo pode ser o princípio de uma barreira, por nós criada (no plano mental), a qual pretendemos ultrapassar, mas que se torna extremamente difícil devido à altura (dimensão) que lhe atribuímos. Por esta e outras razões devemos de aprender a “Aceitação” pois isso facilita-nos imenso o nosso bem-estar e por sua vez a nossa paz interior.

     Deixo-lhes a seguinte sugestão para vossa reflexão: As pessoas e os problemas têm a importância e a dimensão que lhe quisermos dar”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
Terça-feira, 30 de Abril de 2013

A natureza da Alma

Mensagem de Owen Waters.

28 de Abril de 2013.

     Sua alma é o seu ser interior imortal. Ela existia antes do início do tempo e sempre irá existir, até quando você se fundir novamente em seu derradeiro lar espiritual como um aspecto consciente do Ser Infinito.

     Dos 12 níveis ou camadas de dimensões da existência, nós, neste reino físico, estamos na 3ª dimensão. A alma está na 5ª dimensão e o Ser Infinito está além da 12ª. Sua alma é a sua presença espiritual individualizada, operando na 5ª dimensão e ela mantém a comunicação com as almas de todos com quem você interage na vida cotidiana.

     O mundo da alma da 5ª dimensão é não físico. O nosso mundo físico e denso está na 3ª dimensão, embora a 4ª dimensão – o mundo da vida após a morte ou mundo espiritual – seja quase física. O termo quase físico significa que o mundo espiritual é sólido aos seus residentes, ainda que eles sejam etéricos ou como fantasmas, quando comparado as nossas estruturas físicas e densas. Os espíritos podem esbarrar uns nos outros nos reinos espirituais, porque eles são sólidos em relação ao outro.

     A vida no mundo espiritual é como a vida em nosso mundo físico e denso, exceto que há determinadas liberdades que existem pelo fato de possuírem um corpo menos denso. A capacidade de levitar é uma destas liberdades e, melhor ainda, os espíritos podem se projetar quase que de forma instantânea em outro local e subitamente aparecerem lá. É necessário apenas o foco mental e eles aparecem no local de destino.

     Você não vê pessoas usando óculos no mundo espiritual, porque o seu sentido da visão funciona como uma percepção direta, em vez de através dos seus olhos, da maneira com que usamos os nossos olhos. Eles podem se concentrar de forma telescópica em um objeto próximo, até a sua estrutura atômica. O seu sentido de audição, também, pode ser focado para assimilar os sons a grandes distâncias.

     Quando nós, no mundo físico, formos capazes de reaplicarmos os princípios por trás da “projeção astral”, nós, também, teremos o transporte instantâneo a outros locais. Então, adeus aos carros, caminhões, trens, aviões e naves espaciais.

     A 5ª dimensão é o início da existência não física, assim a sua alma é uma esfera não física da consciência. Ela tem a liberdade para se deslocar tanto no tempo quanto no espaço, mas ela passa a maior parte do seu tempo suprindo as necessidades de seu ser físico, encarnado.

     Na 5ª dimensão, quando a nossa alma encontra o outro, eles se reconhecem, não a partir de qualquer aparência física, mas a partir de sua assinatura vibracional única. Cada alma emite um tom de assinatura único, que é uma forma de energia mental que é percebida como um som sutil.

     Sua alma é o arquivista e o catalogador de todas as suas experiências enquanto você adiciona a sua contribuição à vasta gama de experiências humanas na Terra. A maior parte da consciência de sua alma vive aqui na 3ª dimensão com vocês, atendendo a todos as suas necessidades espirituais. Como o seu ser interior, a sua alma o conhece melhor do que a qualquer outra pessoa no mundo, e está disponível para consultas 24 horas por dia, nos 7 dias da semana. O fator limitante é quanto a sua mente física irá permitir e aceitar os pensamentos intuitivos, originados da alma.

     A fim de viver uma vida inspirada pela sabedoria interior, intuitiva, você precisa apenas tomar uma decisão de fazer exatamente isto. Abra a sua consciência aos sussurros de sua natureza intuitiva. Pratique seguir os seus palpites mais íntimos. Anote-os de modo que possa olhar novamente mais tarde e ver o quanto eles se tornaram precisos.

     Acima de tudo, não se intimide se os seus palpites parecerem inexatos durante as suas primeiras tentativas. Isto acontece desta forma para a maioria das pessoas. Apenas continue praticando e muito em breve os seus palpites começarão a se transformar em um recurso tão valioso que você irá se perguntar o que fez sem eles.

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte: http://planetaazul.ning.com/profiles/blogs/a-natureza-da-alma

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
 O que é? |  O que é?
::: GUESTBOOK :::

.Procurar no Blog

 

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Lisboa, Loures, Porto, Odemira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: Partilhas de um Ser - APR
CURRENT MOON
------------------------------- REIsocialKI: Projecto Social em Prol do Semelhante

Divulga também a tua página -------------------------------

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: O Valor da Pala...

. Reflexão: O Materialismo ...

. Frases para Reflectir

. M&A: Uma combinação explo...

. Ter ou Ser?

. Reflexão: Quem sou?

. Reflexão do dia

. Apenas umas palavras… em ...

. Pensamento, um dilema hum...

. Esclarecimentos sobre Rei...

. Reflexão: A Vida…

. Fácil vs Difícil

. Responsabilidades e Medos

. Reflexão do dia

. A natureza da Alma

. Reflexão do dia

. Cursos de Reiki e Karuna

. Reiki – Formação…

. A SABEDORIA QUE JÁ VIVE E...

. Reflexão... Saúde...

. Universo Energético do Re...

. Eu, Tu, Ele… Nós, Vós, El...

. Mensagem do dia…

. Consultas e Tratamentos…

. Reflexão do dia...

. Sábado às 15:30h

. A Sabedoria do SILÊNCIO I...

. O LIVRO...

. Perdoa-os Senhor…

. Reflexão sobe a humanidad...

.Arquivos

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

.subscrever feeds

.tags

. todas as tags

.Maio 2017

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31