Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

22
Set08

Missão: proporcionar qualidade de vida ao doente com patologia mamária

Viktor

Dr.ª Verónica Albuquerque Rufino

A Associação Portuguesa de Apoio à Mulher com Cancro da Mama (APAMCM) nasceu em Abril de 1998 e tornou-se uma IPSS em 1999. Criada por um grupo pluriprofissional, tem como missão proporcionar uma melhor qualidade de vida ao doente com patologia mamária.

Para que esta missão seja cumprida, o atendimento personalizado e as várias acções promovidas são fundamentais. Contamos com 50 profissionais voluntários de diversas áreas de intervenção: assistentes sociais, psicólogos, enfermeiros, médicos, fisioterapeutas e advogados. Promovemos, ainda, outras acções que completam todo o apoio terapêutico – o Reiki, a pintura, a biodanza e as actividades lúdicas – artesanato, aulas de inglês e francês e mushing.

Outro objectivo primordial desta Instituição é promover a formação/informação, organizando seminários, cursos, acções de sensibilização e palestras direccionados aos técnicos de saúde e à própria comunidade.

É na partilha dos conhecimentos que assenta a verdadeira equidade. Vivemos numa sociedade em que todos dependemos uns dos outros e do trabalho de todos. Apresentando os indivíduos com cancro da mama necessidades multidimensionais, tornam premente uma abordagem multidisciplinar e holística.

Ora, talvez por estar ligada à problemática, exercendo as funções de fisioterapeuta há mais de 20 anos, fez-se sentir a necessidade de criar uma associação deste género.

A fisioterapia é uma área importante de intervenção em oncologia.

A própria natureza do trabalho do fisioterapeuta requer uma invasão constante do espaço pessoal do indivíduo, pois existe a necessidade de tocá-lo onde ele está relutante em se tocar. Este aspecto precioso do tratamento providencia um veículo para os doentes verbalizarem os seus medos, colocarem questões e expressarem as suas ansiedades.

Esta panóplia de informação cimentou a premência de uma associação diferenciada.

O impacto desta associação na sociedade é muito positivo, quer nas mulheres com cancro da mama, quer nos familiares e amigos que acompanham esse drama, e um dos exemplos é os ateliers que privilegiam momentos de lazer, onde a criatividade e a descontracção andam de mãos dadas...

As aulas de desenho e pintura surgiram na APAMCM em resposta à necessidade ocupacional sentida pelos elementos fundadores e pelas doentes.

É um espaço entre outros que funcionam na Associação, tais como as aulas de Biodanza, de Inglês ou as sessões de Reiki, em que os ou as participantes se sentem pessoas activas e em desenvolvimento através de exercícios físicos e mentais.

Esta participação exige do indivíduo um empenhamento completo, distanciando-o assim dos problemas de saúde, que o afligiram tanto tempo. Aqui o tempo é de evasão, quer através da chamada de atenção para a realidade que nos envolve, nomeadamente a natureza e as suas mutações constantes, ou os seres vivos que nos rodeiam e nos acarinham, de sentirem a nossa receptividade e disponibilidade.

A abertura de horizontes é um dos objectivos a atingir neste grupo: nem tudo se passa no espaço da APAMCM. Há uma passagem de informação e ideias cujo emissor não é apenas a professora ou os elementos directivos, mas também os diferentes elementos que formam o grupo.

Assim, os grupos de trabalho funcionam activamente a nível de informação, técnica e cultural. Visitamos exposições, fazemos pesquisa em casa ou no trabalho, recolhemos elementos que nos pareçam importantes, quer para a realização de trabalhos pessoais, quer para o desenvolvimento de trabalhos de grupo ou de outros colegas.

Esta inter ajuda desenvolve o grupo de maneira a que se estabeleçam elos de amizade, de forma a que a aprendizagem seja estimulada e o sentido de vida em sociedade reforçado. Os trabalhos e as aprendizagens são feitos de forma coerente, para que o indivíduo adquira uma linguagem visual capaz de o fazer comunicar através da imagem, com o seu semelhante.

Mas não só: enquanto realizador/agente de uma obra, as suas tensões são descarregadas/drenadas para o papel, ou qualquer outro suporte pictórico. O exercício da escolha de cores, técnicas e matérias, assim como o contacto manual com esses elementos, traz-nos uma sensação tal que nos esquecemos de tudo o resto. O resultado final destes trabalhos é deveras gratificante e é do agrado geral, para além do próprio autor se sentir grato pelo prazer do resultado obtido.

Link: http://medicosdeportugal.saude.sapo.pt/action/2/cnt_id/114/

NAMASTÉ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D