Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

24
Set08

Terapia de REIKI ou Químicos?

Viktor

Caros leitores,

Na noite passada foi tornado público, através dos canais televisivos, o aumento significativo das vendas de antidepressivos, relaxantes e ansiolíticos, sendo o mesmo confirmado pelas entidades farmacêuticas, por alguns médicos e até mesmo por cidadãos entrevistados na via pública. Ao ver as referidas notícias fiquei preocupado pelo que está a acontecer, o que significa que o bem-estar dos cidadãos não anda nada bem, e isso levou-me a escrever as palavras que se seguem.

Numa sessão de Reiki, ao paciente é aplicado um tratamento a quatro níveis: físico, emocional, mental e espiritual. Num ambiente relaxante, energeticamente harmonizado, espiritualmente elevado, com uma música celestial e pensamentos elevados apelando ao amor incondicional, permitem que através do terapeuta sejam canalizadas energias e fluidos cósmicos para o bem estar supremo do paciente. Assim possibilita que se aplique aquela muito conhecida máxima grega: mente sã, corpo são. Todo o nosso organismo funciona através de energias, bem como todos os seres vivos do universo, e assim sendo, um bom equilíbrio energético nos chakras principais, nádis e meridianos permite que se atinjam os quatro níveis já citados de bem-estar, permitindo que o paciente fique num estado relaxamento tal, como há muito não sentia.

Assim sendo, uma maior adesão a este tipo de terapias, contribuía para uma diminuição significativa do consumo desse tipo de medicamentos, e contribuindo ainda para que alguns cidadãos que se tornaram dependentes dos mesmos, deixem essa dependência que o próprio organismo cria com a ingestão continuada dos mesmos por longos períodos de tempo.

Será que se vai continuar a tomar químicos em detrimento das terapias alternativas? O que acham?

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    trilho_sol 01.10.2008

    Qualquer terapia energética é uma mais valia~aquando dum invivíduo que se encontra sobre medicação á base se antidepressivos e/ou ansiolíticos.
    Reside o problema na questão "dependência" em que inconscientemente o paciente pode integrar mentalmente, coisa que deve então ser sublimada pelos terapeutas respectivos.
    Além disso, o consumo de ansiolíticos e anti-de+ressivos agem de tal forma sobre os nossos sistemas que nos pode conduzir a uma adormecimento de quem somos, do nosso real estado pois que estão induzidos sob químicos não produzidos pelo proprio organismo, logo, haverá dificuldade em a mente consciente ter consciência do estado sensorial e desperto.
    Neste caso o Reiki, o Shiatsu, umas caminhadas na praia, trabalhos manuais á base de argilas, madeiras "elemento Madeira necessário!", entre outros, irá provocar naturalmente um despertar gradualmente gratificante.
    Como se tratam de processos gradativos, é importante o acompanhamento de esclarecimento, e detrimento do tratamento á base de "consolo", pois também se tornaria em mais um alvo de depndência e que poderia levar a um processo de vitimização, indo depois reforçar o processo patológico ou descompensação emocional da pessoa em tratamento.
    bem-hajam com o Amor e discernimento que a Suprema Consciência nos permite.
  • Imagem de perfil

    Viktor 01.10.2008

    Obrigado David,
    por mais um testemunho teu e mais informação para enriquecimento deste blog. Volta sempre, pois aqui opiniões válidas como a tua são sempre uma mais valia para mim e para quem é leitor assíduo deste blog.
    Suadações Reikianas.
    NAMASTÊ
  • Comentar:

    Mais

    Comentar via SAPO Blogs

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Local/Contacto:

    Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

    Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

    Links

    FÓRUM DO BLOG

    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D