Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

03
Nov08

O REIKI actualmente, uma reflexão

Viktor

Caros Reikianos, Amigos e Leitores;

É com imenso prazer que constato que o Reiki cada vez mais é conhecido entre os cidadãos nacionais, não só pelo trabalho executado pelos Mestres que existem no nosso país, bem como por todos aqueles que se iniciam no Reiki, adoptando-o como filosofia de vida (reikianos).

Mas há também o reverso da medalha, ou seja, quem de forma leviana trate o Reiki. Fazer uma iniciação ao Reiki porque está na “moda” ou apenas para poder dizer que também tem o curso, ou então fazer especulação económica através desta terapia. Quando digo especulação económica refiro-me ao facto de através do mesmo serem praticados valores exorbitantes, relativamente aos fundamentos do mesmo.

Sempre que alguém pretende tirar um curso de nível 1, 2 ou 3, deve-se explicar muito bem à pessoa no que consiste o curso, suas potencialidades bem como as “responsabilidades” que o formando(a) em causa passará a ter, desde então. Esta informação fornecida é boa para ambas as partes, mas com uma importância maior para quem vai receber formação, pois assim atenua-se bastante o pensamento que após o curso pode surgir: “Isto não era bem aquilo que eu pensava!”. Sem dúvida que esta é uma situação com a qual não concordo e por esse motivo pretendo ter sempre uma conversa elucidativa com quem se quer iniciar, explicando o que é o Reiki e qual será o seu impacto na vida da pessoa que se inicia.

Vamos todos, em conjunto, através do Reiki ou outras práticas milenarmente utilizadas, tornar este mundo melhor, promovendo o bem-estar das pessoas e por sua vem o bem-estar comum para o bem supremo da humanidade.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D