Quarta-feira, 26 de Agosto de 2009

Preciso de Ajuda

P

RECISO DE AJUDA. Estas são, algumas das palavras que normalmente são proferidas, por aqueles que me procuram. Quando esta situação ocorre tenho um sentimento de satisfação que apenas se resume ao facto de me ter escolhido como Terapeuta holístico para o/a ajudar a ultrapassar o/os problema(s) que o/a atormenta. Antes de mais quero-lhes dizer que o Terapeuta holístico não mágico, bruxo, curandeiro ou feiticeiro, é apenas um ser humano que escolheu dedicar a sua vida em prol do bem-estar supremo universal, irradiando luz e promovendo o bem-estar de aqueles que o procuram. O Terapeuta através da prática do Reiki promove a auto-cura do paciente através de processos energéticos. Para que esse processo de cura, restabelecimento do equilíbrio e harmonização do Ser se dê, há um factor primordial que é o da entrega total e incondicionalmente. Pretendo com isto dizer que o paciente deve-se despir(não a roupa) de preconceitos e não ter segredos para com o terapeuta, pois se não o fizer o terapeuta apenas poderá combater o efeito do problema temporariamente. Quando digo temporariamente refiro-me ao facto do paciente sentir algum alívio durante a sessão e que se prolonga até ao fim do dia, mas no dia seguinte o problema volta ao de cima porque não foi combatida a causa originária do mesmo. Tem de haver uma entrega 100% de ambas as partes, pois para que a cura se possa operar ambos têm de ir de mãos dadas, tal qual um pai quando leva o seu filho ao jardim de infância, pois o percurso terá de ser percorrido por ambos (terapeuta e paciente) numa sintonia recíproca das partes envolventes. O paciente tem de ter em linha de conta que, acima de tudo o maior interessado no sucesso é ele, pois ele é que se encontra em sofrimento e não o Terapeuta. Se assim não for é mau para ambas as partes pois o paciente pensa (Oh, vim fazer com este terapeuta mas também não resultou! Afinal é mais um e pensei que fosse melhor ou diferente) e o terapeuta fica a pensar (Não correu lá muito bem porque acho que o paciente me ocultou informação fundamental para o processo). Nesta situação posso concluir que para nenhuma das partes foi benéfica, pois o paciente procurava uma solução e o terapeuta procurava a satisfação do paciente, mas algum dos dois não se entregou 100% (de corpo e alma) ao processo. A única explicação que observo aqui é a de o paciente não confiar totalmente no terapeuta, mas tendo este um código de ética terapêutica a cumprir, o paciente pode confiar e ter a certeza que nada do que ali se passar ou for dito será posto a descoberto ou relatado a terceiros fora de ali. Para evitar este tipo de situações, tenho sempre à mão o código de ética terapêutica para mostrar ou até mesmo facultar a qualquer cliente que o solicitar. Além do mais há também um Termo de Responsabilidade que deverá ser lido e assinado por ambos.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 21:35
Link | favorito
De Maria Garrido a 27 de Agosto de 2009 às 20:08
Mestre,
Cá estou eu outra vez. Li tudinho, como reikiana que sou concordo plenamente com o que dizes no texto. Mas sabes , muitas vezes torna-se dificil ao paciente contar a um"estranho" coisas intímas e muito difíceis de superar.

Mas, Meus Irmãos, só através da humildade, confiança, inocência e clareza de espírito poderemos fazer com que o Amor dum Mestre Reikiano possa fazer com que ultrapassassemos os problemas. Por vezes é tão fácil... basta a abertura, e deixar fluir o AMOR que opera milagres.

Devemos encarar um Mestre com um grande AMIGO.

Por isso, Mestre é que quando te conhecemos nâo te largamos.

Obrigada pela ajuda que me dás quando estou mais no fundinho. Depressa fico com uma força enorme e ... encaro as coisas duma forma bem diferente: com simplicidade, amor, sem angústias ... e aceitando o que em cada dia o Universo, Deus me reserva.

È tao importante gostarmos de nós...

Que Uma simples brisa de AMOR DIVINO nos toque a todos.
Namasté
Maria
De Viktor a 27 de Agosto de 2009 às 21:56
Olá Maria,
Obrigado por tudo o que escreves-te e pela mensagem de paz e amor incondicional universal que deixás-te.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ
Comentar:
De
( )Anónimo- este blog não permite a publicação de comentários anónimos.
(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Curso de Iniciação ao Kar...

. A Crise de Cura nos Inici...

. Reflexão: Mundo de Ilusão

. Reiki na Actualidade

. SÍMBOLO: CHO-KU-REI

. As Energias II

. Reflexão: As Energias...

. O que é o Reiki?

. Consultas Terapêuticas Ho...

. Cursos de Reiki e Karuna ...

. Reflexão: do Reiki ao Kar...

. Reflexão: O Reiki em inúm...

. Agenda de Outubro

. Reflexão: A mesquinhez hu...

. Agenda de Junho

. Relexão: Guias...

. Reflexão: Semifrio de Emo...

. Consultas Holísticas

. Actividades em Abril - Re...

. Reflexão: Caminho do Amor

. Agenda... de Março

. Formações em Agenda

. Reflexão: A Infelicidade…

. Ensinamentos em Poesia

. Curso de iniciação ao Rei...

. Hoje em Poesia

. Reflexão: Lixo Invisível…

. Curso de Iniciação ao Rei...

. Brevemente... Reiki e Kar...

. Proximas actividades em a...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007