Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

02
Set09

Não consigo…

Viktor

Não consigo. Não sou capaz. É mais forte do que eu. Não tenho força. É impossível. Etc…

Estes e outras frases são usadas pelas pessoas quando, segundo o meu ponto de vista, se conformam ou resignam ao estatuto de “pessoa com uma doença”. Porque dizem isso? Porque usam um termo de negação (não)? Porque acham que não conseguem superar? Porque acham que não têm força? Porque acham que é impossível? Então eu vou-lhes dar as minhas respostas para essa situação. Nesse caso eu pergunto, quem é a pessoa mais interessada em resolver o problema, o médico/terapeuta ou o paciente? Com certeza que é o paciente. Então, assim sendo, se o paciente diz e assume que anda sempre com pensamentos negativos, ele é a primeira pessoa a ter de mudar e consciencializar-se que ele, e só ele, terá de alterar a sua forma de pensar relativamente a esse assunto, pondo de parte a negatividade mental que o afecta. Terá de abolir a palavra não do seu pensamento, no que diz respeito a todas as situações que o impedem de evoluir de uma forma favorável relativamente ao problema que pretende superar. Não deve pensar que não tem força, pois Deus nunca nos coloca perante uma prova que não tenhamos força suficiente para a ultrapassar. Dizem que é impossível melhorar ou eliminar o problema porque já duas ou três pessoas lhes disseram e eu pergunto, algo é impossível para Deus? Nada é impossível, demora é mais tempo, e por isso é que com fé e uma enorme vontade de vencer conseguem-se por vezes fazer coisas que muitas pessoas definem como “pequenos milagres”.

Estes e outro tipo de coisas são debatidas nas minhas sessões de Reiki, por forma a despertar a consciência das pessoas despertando o seu Eu interior para reagirem positivamente promovendo a auto-cura do paciente, pois não faço milagres nem passes de magia.

Termino deixando aqui os ensinamentos proferidos por BUDA GAUTAMA, há 2600 anos.

“Não acredites naquilo que ouviste ; não acredites em tradições, só porque têm sido transmitidas ao longo de várias gerações; não acredites nas coisas só porque são murmuradas e ditas por muitos; não acredites só porque as afirmações escritas e algum velho sábio são produzidas; não acredites em conjecturas; não acredites nisso como verdade á qual te ligaste por hábito ; não acredites na simples autoridade dos teus mestres e antepassados.

Após observação e análise, quando isso concordar com a razão e for conducente ao bem e beneficio de todos, então aceita-o e vive em conformidade.”

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D