Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

16
Nov09

O Elemento Fogo

Viktor

À medida que a consciência das pessoas é elevada à actividade do Elemento Fogo, tudo em seus Seres começa a actuar com uma intensidade que eles não compreendem, e quanto mais trabalham neste Elemento Fogo, mais necessário será manter-se em guarda e alerta.

O treino que tratamos de dar-vos para abençoar, proteger e iluminar as pessoas tem o objectivo de treinar cada um para estar em guarda em todos os momentos. Ainda que todos devam compreender e esforçar-se por usar a Presença "Eu Sou" para manter o autocontrole, devem aprender a permanecerem serenos se algo inesperado acontece.

Usai esta afirmação frequentemente: "Eu Sou a Presença em guarda". Se algo inesperado acontecer, dizei somente: "Anularemos isto" e segui em alegre felicidade. Tratai de não terdes sentimento, porém sabei: "Eu Sou a Poderosa Presença governando a actividade de cada um".

Onde existir um Centro de Luz de Intensidade estará sempre presente um elemento perturbador que entrará através de alguém. Se estais trabalhando em casa, segui usando: "EU SOU a prova contra qualquer distúrbio repentino". Isto cria uma arma­dura que manterá a atmosfera harmoniosa.

Usai frequentemente: "EU SOU a Presença que nada pode perturbar". Mantende-vos sempre em uma atitude calma e alegre aconteça o que acontecer. Para alguém a quem desejais ajudar, dizei: "Olha, irmão, através da Presença "EU SOU", dou-te o poder de controlar isto, esta situação".

O Grande Amor e a Harmonia dentro dos corações dos estudantes, mantidos durante um período de tempo suficiente, farão qualquer coisa possível. Sentis a grande onda de paz e alegria que vem como a brisa de uma manhã de primavera? Eu vos explicarei: assim podeis avaliar quão ilimitado e maravilhoso é esse cuidado amoroso.

O grande Mestre que Jesus contactou e que o ajudou a conseguir a Vitória, é o mesmo que foi meu Mestre, e foi Sua Radiação que nos chegou agora. Ele deseja que Eu vos diga que "A medida em que avançais no Caminho da Luz, achareis que o modo mais fácil de anulardes uma perturbação é dar-lhe as costas e esquecê-la". Mais tarde podereis saber o Nome desse Mestre.

Para as actividades erradas, dizei: "Isto não é correcto" e de­pois, rapidamente, deixai passar. Isto elimina o distúrbio que cresce.

À medida que nos aproximamos da Luz, tornamo-nos uma grande família. Sabendo que somente há "Uma Grande Presença EU SOU" em todas as partes, vós, sendo a individualização dela, sabeis que somente pode haver uma grande família, Filhos do Deus Único.

Que fique bem entendido: Se alguém muito querido é demasiadamente crítico, dizei com convicção definida: "Não existe na­da que possa interferir em teu livre arbítrio. Não nos incomoda o debater sincero, porém não toleramos a crítica nem a discussão".

O Mensageiro deve negar-se a aceitar as coisas discordantes, enviando o elemento Amor para que sejam consumidas. O Mensageiro deve ser forte, porque, do contrário, o trabalho ficará pela metade. Nenhuma categoria ou trabalho do Mensageiro pode ser sustentado se ele permitir que um argumento ou sentimento discordante seja gerado.

É muito difícil ao indivíduo comum compreender que o modo mais fácil de impedir qualquer classe de perturbação é cessar a discussão sobre a questão. A única coisa que necessita atenção é o que está em vossa aura. O que está arquivado em vossa atmosfera só pode sair através de vosso sentimento. A palavra emitida não gravará a desarmonia em vossa Atmosfera Interna, a menos que tenhais usado um sentimento de condenação ou fúria. Se houver estas condições indesejáveis, é muito melhor que uma pessoa externe e retire o fato da mente, do que guardar o ressentimento ou rancor de ter sido ferido, pois isso é o que se regista em vossa Atmosfera Interna. Do Meu ponto de Vista, vejo o que está registado em vossos sentimentos e, portanto, em vossa Atmosfera Interna.

Vós sabeis como se forma um enxame; pois bem, em vosso mundo mental se passa exactamente a mesma coisa que um enxame manifesta no mundo físico. É muito importante que façais algo para não albergar um sentimento contra pessoas, lugares, coisas ou condições, porque estas se juntam e ficam gravadas em vossa Atmosfera Interna.

Se vos advém um desejo como "eu desejaria que fulano fizesse tal coisa", transmutai-o imediatamente e dizei: "Somente Deus em acção está ali". Quando um sentimento se regista em vossa atmosfera, fixa-se ali até que o dissolvais ou o consumais. É sempre o sentimento que faz o Arquivo Interno.

Não tem nenhum objectivo destruir-se uma coisa, se não desfazeis o hábito de gerar a causa. Uma pessoa pode conseguir isto facilmente dizendo: "EU SOU governando aqui". Não deixeis que vossos pensamentos corram desenfreados.

Fonte: Livro de Ouro de Sait Germain

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D