.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quarta-feira, 14 de Maio de 2008

CHAKRAS MAIORES

Denominação:

  1. Centro básico ou fundamental
  2. Centro sacro ou sexual (genésico)
  3. Centro solar ou umbilical (gástrico)
  4. Centro cardíaco
  5. Centro laríngeo
  6. Centro frontal ou cerebral
  7. Centro coronário

Em sânscrito:

  1. Muladhara
  2. Swadhisthana
  3. Manipura
  4. Anahata
  5. Vishuddha
  6. Ajna
  7. Sahashara

A

lém destes, outros são destacados em estudos sobre chakras: o centro esplênico (do inglês splen = baço), "uma parte espiritual no interior do coração físico", o alta-maior e o bindu. O número de chakras médios e menores é muito grande; daí alguns afirmarem que é infinito o número dos chakras.

A enumeração varia por diversos motivos. Leadbeater (Os Chakras, Ed. Pensamento) põe de lado o centro sexual (sacro) por "entender que o despertamento deste centro deve considerar-se como uma desgraça pelos graves perigos a ele relacionados", mencionando que "no plano egípcio de desenvolvimento se tomavam esquisitas precauções para evitar tal despertamento" (vide também - A vida oculta da Maçonaria, Pensamento). Por isto, prefere estudar, em seu lugar, o chakra do baço (esplênico). Edgard Armond, embora assinale o sacro (genésico) além do esplênico, ao tratar da reativação dos chakras não o inclui, esclarecendo que "essa passagem não só é suprimida pela sua diminuta influência na aplicação dos passes, mas sobretudo pelos graves e notórios viciamentos existentes no sector do sexo, pois seria maléfica, em todos os casos, a excitação desse centro de força." (Passes e Radiações, Ed. Aliança Espírita Evangélica).

A enumeração também varia de acordo com os sistemas adoptados em relação aos centros. Nos sistemas tibetanos de meditação, bem como na concepção budista dos centros psíquicos, o sagrado não é considerado como centro independente, porém se acha combinado com o fundamental a formar um só centro (Anagarika Govinda, Fundamentos do Misticismo Tibetano, Pensamento). André Luís (Entre a Terra e o Céu, psicografia de Chico Xavier, FEB), não menciona o chakra fundamental, incluindo, no entanto, o esplênico. No Yoga tibetano, por outro lado, o centro frontal e o coronário são considerados como um só, e assim são mencionados nas escrituras (Anagarika Govinda, op. cit., pp 151/152). A escola japonesa Shingon omite o centro sagrado. Indica, porém, o centro das espáduas e os dois centros situados à altura dos joelhos (Coquet, op. cit., pp 14/15).

O Shat-chakra-Nirupana (Descrição dos seis centros), considera o coronário como de ordem mais elevada do que os simples chakras. O Espírito White Eagle nomeia entre os sete chakras principais o esplênico, mas omite o muladhara como centro independente, indicando, porém, o genital ou sacro a que denomina de kundalini.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:39
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Maio de 2008

Casos da Vida VI

Um dia destes fui tomar um café a uma pastelaria, onde trabalha um amigo meu. Então quando cheguei sentei-me ao balcão e iniciámos um diálogo. Passados uns cinco minutos dei por nós a falar sobre Reiki, e então ele diz-me: Olha está ali uma colega de trabalho que anda à rasca da perna; ao que eu lhe respondi: “diz-lhe para ela vis aqui ter comigo”. Assim sendo ela veio ter comigo e eu disse: Então explica-me lá o que se passa contigo. Ela respondeu assim: Lá no Brasil, aos 13 anos de idade um médico diagnosticou-me uma curvatura da coluna na zona do cóccix e ainda me disse que eu só ia viver até aos 21 anos. Eu esbocei um sorriso e disse-lhe: “O problema na coluna aceito, mas viver até aos 21 isso não, porque você tem 23, mas vamos lá então ao que interessa”. De seguida fiz-lhe um estiramento na coluna, onde se ouviu o barulho da mesma a estalar (pareciam pipocas). Depois fiz uma imposição de mãos, durante 5 minutos na zona dorso lombar da coluna. Depois de retirar as mãos disse-lhe: “Agora vai continuar o teu serviço, mas não abuses com pesos nem com movimentos bruscos”, e ela lá seguiu o seu caminho. Depois disso pedi ao meu amigo um cafezinho, para depois me ir embora, pois naquele dia a minha missão já estava cumprida. E não é que passados cerca de 3 minutos a rapariga vem ter comigo e pergunta-me: “Você é mágico?”; e eu sorrindo respondi: “Não, pois eu mágico só conheço o Luís de Matos, porquê?”; e ela disse: “Porque desapareceu a dor que tinha na minha perna”; e eu disse: “então não era isso que querias? Vai lá e continua com o teu serviço, pois quando precisares de algo mais diz qualquer coisa”. Foi assim, que após cinco minutos, saí da pastelaria contente e feliz com o sentimento do dever cumprido, pois se Deus fez com que me deslocasse àquela pastelaria foi porque algum trabalho tinha reservado para mim, pois nada acontece por acaso.

NAMASTÉ
Publicado por Viktor às 09:35
Link | Comentar | ver comentários (5) | favorito
Segunda-feira, 12 de Maio de 2008

REIKI & Pêndulo

O pêndulo pode ser usado pelos praticantes de Reiki menos experientes, para que assim possam verificar os bloqueios de cada chakra e dessa forma tentar incidir um pouco mais onde se encontram os chakras bloqueados, para então harmonizar o seu funcionamento. O pêndulo não é nenhum método de diagnóstico sobre qualquer tipo de problema que o paciente eventualmente poderá ter. Para se poder utilizar um pêndulo devidamente, o mesmo terá de ser devidamente tratado e a pessoa que o utiliza terá de ser instruída com alguns conhecimentos básicos que deverá ter para o utilizar, pois caso contrário, a pessoa que o utiliza pode influenciar o seu desempenho.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:22
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Maio de 2008

Hon Sha Ze Sho Nen

Esse é o terceiro símbolo do grupo usado no Nível II de REIKI. Dirige a ENERGIA para o Consciente, para o Corpo Mental. É a chave para o envio do REIKI à distância no espaço e no tempo. Para outro bairro, cidade, país, ao passado ou ao futuro.

Esse símbolo acaba com qualquer barreira entre quem envia o REIKI e o receptor, pois ele faz com que, dirigidos pela intenção, os campos áuricos se interajam independente de qualquer obstáculo. Pode ser usado para transpor o tempo, para intervir nas ondas quânticas, traz a totalidade do tempo, e aí são rompidas as ligações de passado, presente e futuro. Esse símbolo é a chave para o envio da cura a distancia, para a ligação com outros seres, mundos e níveis de percepção. Os Registros Akashicos contem todos os pensamentos, emoções, sentimentos, compromissos kármicos, ou seja, tudo o que a mente de cada ser vivo emitiu desde sua origem, guardado em forma de energia. Esse símbolo permite o acesso e a manipulação desses arquivos, ajudando a, quando possível, amenizar o Karma (Compromisso). Particularmente, em minha experiência com mapas astrológicos, pude constatar a veracidade desse fato em inúmeros casos de pessoas que aí encontraram a felicidade. É também conhecido por vários nomes como “Nem Presente, Nem Passado, Nem Futuro”, “A Divindade que existe em mim saúda a Divindade que existe em você”, “A casa da Luz Brilhante venha a mim nesse momento”, “Stupa”, representação budista tântrica dos chakras ou dos cinco elementos em forma de estátua ou construção.  

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Cheio de Energia...
Publicado por Viktor às 09:35
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 8 de Maio de 2008

Sei Hei Ki

Esse é o segundo símbolo do grupo usado no Nível II de REIKI. Seu Yantra lembra um Dragão, o grande protector que cospe o fogo da transmutação. Esse símbolo introduz a divindade em nosso corpo energético e alinha os nossos quatro chakras superiores. Como Terapeutas, a nossa experiência mostra que a grande maioria dos problemas físicos possui origem emocional. Sentimentos e reacções como culpa, ira, inveja, rejeição, solidão, são algumas das causas das doenças humanas. Este símbolo, o Sei Hei Ki, direcciona a energia REIKI para o corpo emocional. Por isso, é recomendável sua utilização em todos os tratamentos. Atenua ou acaba com vícios e compulsões, como Gula e uso de Drogas. Esse símbolo tem o poder de diluir os padrões negativos que advêm de antigos conflitos - sentimentos, memórias, etc – ajudando-nos assim a encontrar as causa escondidas no nosso inconsciente. Facilita a cura, possibilitando a descoberta da causa do problema, descobrindo a energia causadora dos padrões negativos existentes actualmente, procurando nos nossos arquivos de memórias infantis, da vida intra-uterina, podendo mesmo ir até vidas passadas e aos registros Kármicos quando associado ao 3º símbolo.

O seu trabalho dá-se especificamente sobre os chakras Cardíaco e do Plexo Solar, que são os que recebem energia mais directamente do corpo áureo emocional, e assim curando os bloqueios emocionais que estavam seguros nessa região da AURA. Aquele que recebe o REIKI liga-se directamente com esse aspecto emocional, de uma forma suficiente para o resolver definitivamente, bem como a sua manifestação física se for o caso. Também pode ser usado para outras finalidades, como protecção, purificação, para transformar energias negativas, tirar obsessões, defesa de energias negativas em formas de emoções de pessoas ou entidades. É também conhecido por vários nomes como “Purificação”, “Chave do Universo”, “O Homem e Deus são Unos”, “O Homem encontra Deus” ou “Emocional”.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:42
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Maio de 2008

O que é Médium de Cura?

É uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem moléstias. Ocorre de forma espontânea. Podem realizar curas, provocando reacções reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar ou por um gesto.

 Não podemos confundir mediúnidade de cura com magnetização. A magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao passo que a cura realizada por um médium curador ocorre espontaneamente e de forma instantânea.

O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluidos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada.

Os fluidos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos.

Nos fenómenos de cura os fluidos são subtis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.

O médium curador capta os fluidos leves e benignos da natureza ( através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está vibrando em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que vertem sobre o doente que também está em vibração de fé e desejo de cura.

Nos médiuns curadores o centro diafragmático, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre as omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.

Estes médiuns também possuem os chacras tatwas( nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluidos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos elétrons. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.

Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluidos penetram o corpo etérico e físico do doente atingindo as células e seus átomos, bombardeando-os com elétrons. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais activas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reactivando as suas funções originais.

Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.

Porém, as moléstias de ordem kármica só podem ser curadas se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

Para que a cura seja efectiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.

O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.

Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.

BIBLIOGRAFIA: O livro dos médiuns - Allan Kardec

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:55
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Maio de 2008

REIKI nos Hospitais Públicos em Espanha

Dois hospitais públicos espanhóis estão a utilizar terapias de cura com as mãos em doentes com cancro, noticia o jornal espanhol 20minutos. O método conhecido como Reiki está a ser utilizado por médicos e enfermeiras nos hospitais 12 de Outubro e El Ramón y Cajal.

Araceli Garcia, cirurgiã pediátrica, foi uma das médicas que propôs esta terapia. Segundo conta, quando fez a proposta inicial tomaram-na por «louca». O Reiki é uma terapia japonesa que cura através das mãos.

O hospital acabou por ser convencido e promoveu uma conferência que ficou a cargo do presidente da Federação Espanhola de Reiki, Jonh Curtin. A iniciativa foi de tal forma um sucesso que desde o verão que mais de 100 médicos e enfermeiras receberam formação para poder «curar com as mãos».

Reiki significa «energia universal», explica Curtin. «É um método de cura natural que consiste em canalizar energia num único ponto do corpo, colocando as mãos em cima.

O Reiki não cura por si mesmo, mas fortalece a nossa capacidade autocurativa».

A médica Araceli Garcia conta como os seus companheiros aplicam a técnica para tratar dores de cabeça e «algumas enfermeiras, com mais experiência, ajudam a dormir crianças hospitalizadas», explica.

Num outro extremo de Madrid, os doentes oncológicos do hospital Ramón y Cajal já recebem sessões de Reiki há três anos, todas as quartas-feiras, graças à Associação Alaia, que se encarrega dos doentes terminais. Entretanto, o hospital já autorizou uma investigação sobre os efeitos do Reiki. «Verificamos que o tratamento tem um efeito muito benéfico nos pacientes, mas agora queremos revesti-lo de um carácter mais científico e por isso vamos realizar este projecto», adiantou ao jornal o responsável dos cuidados a doentes, Luís Carlos Martínez Aguado.

Link:

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:08
Link | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 5 de Maio de 2008

Tratamento da dor ciática

Foi procurado por uma senhora com deficiências orgânicas ciáticas que tinha recebido um tratamento médico para várias semanas e além da parte de doente relativa ao internamento. O doutor tinha-lhe dado alta com a advertência que ela teria que continuar a viver com as dores que lhe provocavam sofrimento. Apesar das injecções e das infusões, sentia-se ainda com muita dor o nervo direito ciático. Além da sessão normal de REIKI, foram-lhe aplicadas outras posições de mãos em posição especial para a dor ciática. Durante a sessão, pode-se tratar também de um equizema que tinha na perna. Para surpresa dela, notou que a perna esquerda reagiu bem e que se notava que estava com mais força que a direita.

Durante o tratamento, a paciente procurou estar completamente relaxada, tendo assim o prazer e o luxo particular de sentir como a energia fluía com impulsos macios pela sua perna. A perna esquerda estava realmente quente. O tratamento continuou por várias sessões. Durante a segunda sessão, a senhora disse que o calor ficou durante a noite inteira. As seguintes sessões de tratamentos sempre tiveram os mesmos resultados: a perna esquerda precisou consideravelmente mais energia que a direita. Deduzi que aquele problema teria sido provocado por um excesso de carga no lado esquerdo, o que provocando um desnível no fundo da coluna. Este era o factor provocador da dor ciática na perna, mas não a origem a mesma. Após uma análise mais cuidada da situação reparei que a perna esquerda era dois centímetros mais curtos que a direita.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:43
Link | Comentar | favorito
Domingo, 4 de Maio de 2008

Capacidade de cura…

O efeito de cura através do REIKI pode ser aproximadamente “calculado” da seguinte forma: período de tratamento x frequência dos tratamentos x capacidade de REIKI do canal que trata x disposição subconsciente da pessoa tratada para desenvolver-se x vontade divina. Sem o Espírito Universal absolutamente nada acontecerá!

No entanto, o Espírito Universal raramente tem alguma objecção à cura. A maioria dos obstáculos é de origem humana.

walter lübeck

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 05:00
Link | Comentar | favorito
Sábado, 3 de Maio de 2008

Reiki no Hospital

Estado de Espiríto: Com muita energia...
Publicado por Viktor às 00:00
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Maio de 2008

CHAKRA CORONÁRIO

Também chamado SAHASRARA, está situado no alto da cabeça, na direcção da glândula pineal, a que corresponde. É um exaustor com 12 pás no centro e com 960 pás na periferia, dai ser também chamado “lótus de mil pétalas”.

Sua cor predominante e seu brilho variam de acordo com seu desenvolvimento e, portanto, com a evolução da criatura. O seu despertamento é importantíssimo, para que não receba vibrações do astral, mas somente do mental.

Ligação com o astral superior Telepatia Incorporação - É através do coronário que recebemos a Luz do Alto, e que em nós penetra a Onda Espiritual do Logos. Os primitivos cristãos conheciam bem sua força, tanto que os monges ocidentais (à imitação do que sucedia com os orientais: egípcios, chineses, hindus, tibetanos etc.) raspavam a cabeça como um símbolo: afastavam os cabelos, isto é, todos os empecilhos materiais, para que a ligação com o Espírito e o recebimento de Luz fosse a mais perfeita possível.

O chakra coronário é o sintonizador das ondas do plano mental recebidas por telepatia, quer provenham elas de fora, de espíritos desencarnados, quer das “noúres” (P. Ubaldi), correntes de pensamento que constituem a “noosfera” (Teilhard de Chardin), por meio da mente da própria criatura encarnada; neste caso, a Mente transmite a intuição que é recebida pelo “ponto de contacto” do Eu profundo, situado no coração, e este o transmite ao chakra coronário, o qual o transfere à pineal, para que esta o leve ao cérebro, que transformará a ideia ou intuição em raciocínio. Neste ponto é que com muita frequência morrem as intuições rejeitadas pelo intelecto vaidoso, que não as aceita.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Curso de Iniciação ao Kar...

. A Crise de Cura nos Inici...

. Reflexão: Mundo de Ilusão

. Reiki na Actualidade

. SÍMBOLO: CHO-KU-REI

. As Energias II

. Reflexão: As Energias...

. O que é o Reiki?

. Consultas Terapêuticas Ho...

. Cursos de Reiki e Karuna ...

. Reflexão: do Reiki ao Kar...

. Reflexão: O Reiki em inúm...

. Agenda de Outubro

. Reflexão: A mesquinhez hu...

. Agenda de Junho

. Relexão: Guias...

. Reflexão: Semifrio de Emo...

. Consultas Holísticas

. Actividades em Abril - Re...

. Reflexão: Caminho do Amor

. Agenda... de Março

. Formações em Agenda

. Reflexão: A Infelicidade…

. Ensinamentos em Poesia

. Curso de iniciação ao Rei...

. Hoje em Poesia

. Reflexão: Lixo Invisível…

. Curso de Iniciação ao Rei...

. Brevemente... Reiki e Kar...

. Proximas actividades em a...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007