.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 9 de Julho de 2009

Remédio de Base

É possível que tenha caído num profundo desânimo, por estar a sofrer:

a falta de alguém;

a incompreensão de amigos;

o frio da solidão;

o conflito de ideias;

acusações infundadas;

desajustes no trabalho;

dívidas agravadas;

prejuízo nos negócios;

doenças no próprio corpo;

moléstias na família;

complexos de culpa;

reprovações e críticas;

sensações de abandono;

lutas e desafectos;

deserções de entes caros;

e obsessões ocultas...

Seja qual for, porém, a sua prova em si, erga a cabeça, ponha os olhos no Alto e retome a tarefa em que deva servir, confiando-se a Deus, porque Deus proverá e em Deus qualquer problema achará solução.

Espírito: André Luiz

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Busca e Acharás

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito

Workshop num Lar de Idosos

Caros concidadãos,

Ontem o WorkShop de Reiki no Lar de Idosos da Cacela (Manta Rota), da correu bem. Teve a presença de 22 pessoas que interagiram muito bem, interessando-se pelo tema, fazendo perguntas e interessados em sentir a energia Reiki a fluir no organismo. Na recta final houve lugar a uma pequena aplicação de Reiki nos interessados, por mim e pela Maria José. A Maria José é Reikiana nível 3ª (tradicional) que conheci ontem e como esteve presente perguntou se podia também auxiliar-me nas aplicações de Reiki às pessoas presentes. Sem dúvida que aceitei de bom grado o auxílio dela pois a “união faz a força” e estando eu, como Delegado Regional, a representar a Associação Portuguesa de Reiki (APR)Monte Kurama”, divulgando os objectivos da mesma e as suas actividades, é claro que a união dos Reikianos independentemente das escolas de Reiki que tenham frequentado é também uma das metas a alcançar.

No final ficou no ar a vontade de levar a efeito outros eventos ou iniciativas Reikianas, o que é sem dúvida um sinal positivo na senda da divulgação do Reiki como terapia e no seu benéfico papel social.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:58
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 8 de Julho de 2009

Hoje WorkShop…

Caros concidadãos,

Hoje às 16h irá decorrer mais um WorkShop de Reiki no Lar de Idosos da Cacela (Manta Rota), da Santa Casa da Misericórdia de Vila Real de Santo António. O mesmo será realizado pelo Delegado Regional do Algarve da APR “Monte Kurama”.

Aberto à participação de outras pessoas externas à instituição.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:31
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2009

Diferença

"Crês que há um só Deus: fazes bem. Também os demônios o crêem, e estremecem". (TIAGO, 2:19).

A advertência do apóstolo é de essencial importância no aviso espiritual.

Esperar benefícios do Céu é atitude comum a todos.

Adorar o Senhor pode ser trabalho de justos e injustos.

Admitir a existência do Governo Divino é traço dominante de todas as criaturas.

Aceitar o Supremo Poder é próprio de bons e maus.

Tiago foi divinamente inspirado neste versículo, porque as suas palavras definem a diferença entre crer em Deus e fazer-lhe a Sublime Vontade.

A inteligência é atributo de todos.

A cognição procede da experiência.

O ser vivo envolve sempre e quem envolve aprende e conhece.

A diferenciação entre o génio do mal e o génio do bem permanece na direcção do conhecimento.

O demónio, como símbolo de maldade, executa os próprios desejos, muita vez desvairados e escuros.

O anjo identifica-se com os desígnios do Eterno e cumpre-os onde se encontra.

Recorda, pois, que não basta a escola religiosa a que te filias para que o problema da felicidade pessoal alcance a solução desejada.

Adorar o Senhor, esperar e crer nEle são atitudes características de toda a gente.

O único sinal que te revelará a condição mais nobre estará impresso na acção que desenvolveres na vida, a fim de executar-lhe os desígnios, porque, em verdade, não adianta muito ao aperfeiçoamento o ato de acreditar no bem que virá do Senhor e sim a diligência em praticar o bem, hoje, aqui e agora, em seu nome.

Espírito: Emmanuel

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Fonte Viva

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 23:59
Link | Comentar | favorito

Reflexão...

Caros concidadãos,

Fazer diariamente a divulgação desta maravilhosa terapia [Reiki] é uma tarefa árdua que exige por parte de quem a faz uma grande força de vontade, muitas vezes contra ventos e marés, e um enorme amor à causa, porque despender tempo e verbas em prol da divulgação de um bem comum universal é uma difícil missão. Como Delegado Regional do Algarve da APRMonte Kurama” verifico que muitos Reikianos não têm conhecimento da sua existência e muito menos dos objectivos colectivos que a mesma se propõe alcançar. Apesar de aqui no Algarve ainda haver uma grande necessidade de divulgação, há também um número de Reikianos muito superior aos actuais 16 associados residentes no Algarve. Divulgar o Reiki através de workshops, palestras e encontros é um passo importante para que pessoas de todas as idades, credos, sexos, regiões, países, etnias e culturas tenham conhecimento desta terapia holística alternativa não convencional. Por vezes não há um recurso às mesmas não porque não gostassem mas sim porque não conhecem nem nunca lhes explicaram os verdadeiros e reais benefícios através da prática do mesmo. Receber Reiki é algo realmente maravilhoso e, devido à sua grande simplicidade, é muitas vezes posto em causa pelas pessoas que com medo se retraem. Não tenham medo porque sendo o Reiki uma prática que se pauta pelo Amor Incondicional, nunca poderá ser praticado nem utilizado para o mal. Mas vamo-nos unir em torno do bem-estar comum universal e demos as mãos formando assim um círculo de energia positiva, emitindo vibrações para os seres vivos e para o universo.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:00
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 6 de Julho de 2009

Vultos do Espiritismo…

ANTÔNIO GONÇALVES DA SILVA BATUÍRA

            Nascido a 19 de Março de 1839, em Portugal, na Freguesia de Águas Santas, hoje integrada no Conselho da Maia, e desencarnado em São Paulo, no dia 22 de Janeiro de 1909.

      Depois de completar a sua instrução primária, foi para o Brasil, com apenas onze anos de idade, aportando no Rio de Janeiro, a 3 de Janeiro de 1850.

      O seu nome de origem era António Gonçalves da Silva, entretanto, devido a ser um rapaz muito activo, correndo daqui para acolá, a gente da rua o apelidara "o batuíra", o nome que se dava à narceja, ave pernalta, muito ligeira, de voo rápido, que frequentava os charcos na várzea formada, no atual Parque D. Pedro 2º, em S. Paulo, pelos transbordamentos do rio

 Tamanduateí. Desde então o cognome "Batuíra" foi incorporado ao seu nome.

      Batuíra desempenhou uma série de actividades que não cabe registar nesta concisa biografia, entretanto, podemos afirmar que defendeu calorosamente a ideia da abolição da escravatura no Brasil, quer seja abrigando escravos na sua casa e conseguindo-lhes a carta de alforria, ou fundando um jornalzinho a fim de colaborar na campanha encetada pelos grandes abolicionistas Luiz Gama, José do Patrocínio, Raul Pompéia, Paulo Ney, Antônio Bento, Rui Barbosa e tantos outros grandes paladinos das idéias liberais.

      Homem de costumes simples, alimentando-se apenas de hortaliças, legumes e frutas, plantava no quintal da sua casa tudo aquilo que necessitava para o seu sustento. Com as economias, adquiriu os então desvalorizados terrenos do Lavapés, em S. Paulo, edificando ali boa casa de residência e, ao lado dela, uma rua particular com pequenas casas que alugava a pessoas necessitadas. O tempo contribuiu para que tudo ali se valorizasse, propiciando a Batuíra apreciáveis recursos financeiros. A rua particular deveria ser mais tarde a Rua Espírita, que ainda lá está.

      Tomando conhecimento das altamente consoladoras verdades do Espiritismo, integrou-se resolutamente nessa causa, procurando pautar seus actos nos moldes dos preceitos evangélicos. Identificou-se de tal maneira com os postulados espíritas e evangélicos que, ao contrário do "moço rico" da narrativa evangélica, como que procurando dar uma demonstração eloquente da sua comunhão com os preceitos legados por Jesus Cristo, desprendeu-se de tudo quanto tinha e pôs-se a seguir as suas pegadas. Distribuiu o seu tesouro na Terra, para entrar de posse daquele outro tesouro do Céu.

      Tornou-se um dos pioneiros do Espiritismo no Brasil. Fundou o "Grupo Espírita Verdade e Luz", onde, no dia 6 de Abril de 1890, diante de enorme assembleia, dava início a uma série de explanações sobre "O Evangelho Segundo o Espiritismo".

      Nessa oportunidade deixara de circular a única publicação espírita da época, intitulada "Espiritualismo Experimental" redigida desde setembro de 1886, por Santos Cruz Junior. Sentindo a lacuna deixada por essa interrupção, Batuíra adquiriu uma pequena tipografia, a que denominou

      "Tipografia Espírita", iniciando a 20 de Maio de 1890, a publicação de um quinzenário de quatro páginas com o nome "Verdade e Luz", posteriormente transformado em revista e do qual foi o director responsável até a data de sua desencarnação. A tiragem desse periódico era das mais elevadas, pois de 2 ou 3 mil exemplares, conseguiu chegar até 15 mil, quantidade fabulosa naquela época, quando nem os jornais diários ultrapassavam a casa dos 3 mil exemplares. Nessa tarefa gloriosa e ingente Batuíra despendeu sua velhice. Era de vê-lo, trôpego, de grandes óculos, debruçado nos cavaletes da pequena tipografia, catando, com os dedos trémulos, letras no fundo dos caixotes.

      Para a manutenção dessa publicação, Batuíra despendeu somas respeitáveis, já que as assinaturas somavam quantia irrisória. Por volta de 1902 foi levado a vender uma série de casas situadas na Rua Espírita e na Rua dos Lavapés, a fim de equilibrar suas finanças.

      Não era apenas esse periódico que pesava nas finanças de Batuíra. Espírito animado de grande bondade, coração aberto a todas as desventuras, dividia também com os necessitados o fruto de suas economias. Na sua casa a caridade se manifestava em tudo: jamais o socorro foi negado a alguém, jamais uma pessoa saiu dali sem ser devidamente amparada, havendo mesmo muitas afirmativas de que "um bando de aleijados vivia com ele". Quem ali chegasse, tinha cama, mesa e um cobertor.

      Uma vez um desses homens que viviam sob o seu amparo, furtou-lhe um relógio de ouro e corrente do mesmo metal. Houve uma denúncia e ameaças de prisão. A esposa de Batuíra lamentou-se, dizendo: "é o único objecto bom que lhe resta". Batuíra, porém, impediu que se tomasse qualquer medida, afirmando: "Deixai-o, quem sabe precisa mais do que eu".

      Batuíra casou-se em primeiras núpcias com D. Brandina Maria de Jesus, de quem teve um filho, Joaquim Gonçalves Batuíra, que veio a desencarnar depois de homem feito e casado. Em segundas núpcias, casou-se com D. Maria das Dores Coutinho e Silva; desse casamento teve um filho, que desencarnou repentinamente com doze anos de idade. Posteriormente adoptou uma criança retardada mental e paralítica, a qual conviveu em sua companhia desde 1888.

      Figura bastante popular em S. Paulo, Batuíra tornou-se querido de todos, tendo vários órgãos da imprensa leiga registado a sua desencarnação e apologizado a sua figura exponencial de homem caridoso e dedicado aos sofredores.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:09
Link | Comentar | favorito
Domingo, 5 de Julho de 2009

WorkShop de Reiki

Caros amigos e leitores,

No passado dia 30 levei a cabo um WorkShop de Reiki na Escola Secundária de Vila Real de Santo António. O mesmo decorreu bem, graças a Deus e com uma participação que chegou às 50 pessoas. Estou satisfeito como pessoa e como Delegado Regional, pois foi mais um passo dado em prol da divulgação do Reiki junto das comunidades.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 02:10
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Julho de 2009

Papel Social do Reiki

O Reiki é diariamente uma filosofia de vida que me absorve completamente, tanto na minha forma de estar como na de agir. Assim sendo, vou aqui transcrever a abordagem que ao mesmo fiz, quando abordei este tema no meu livro. Há áreas de cariz social onde o Reiki pode desempenhar um importante papel, tais como lares, centros de dia, cuidados paliativos, hospitais, centros de saúde, redes sociais e casas de abrigo, conforme seguidamente vou explicar. Os lares nos dias de hoje são instituições que não “conseguem absorver” a totalidade de idosos e que, infelizmente, por vezes são usados como locais onde “depositam” os idosos. Mesmo aqueles que, cujas suas possibilidades económicas permitem que as famílias nessas instituições os coloquem, provocam neles um certo sentimento de revolta, abandono, injustiça, angustia e tristeza que se traduz numa profunda solidão. Nos Centros de Dia, o tipo de utentes não difere muito dos anteriormente mencionados, com a diferença de estes residirem em habitação própria utilizando estes serviços apenas durante o dia. Nos Cuidados Paliativos que são nos dias de hoje já oferecidos, o Reiki pode dar um enorme contributo na melhoria dos serviços. Nos Hospitais e Centros de Saúde, conforme prática regular noutros países, presta um bom serviço a acamados de média e longa duração, nos tratamentos de quimioterapia e radioterapia, serviços de ortopedia e até nas urgências. Nas Redes Sociais quer sejam locais, municipais ou regionais, pode desempenhar um excelente apoio àqueles que vivem com sérias dificuldades e muitas vezes são “marginalizados” por pessoas de nível social mais elevado. Nas Casas de Abrigo e instituições de apoio a órfãos também pode desempenhar um papel benéfico no apoio emocional, mental e espiritual, a todos aqueles que por “força das circunstâncias” até àqueles locais foram parar.

Desde o início desta minha caminhada, a minha sensibilidade para os problemas sociais, causas humanitárias, voluntariado e outras aumentou consideravelmente, o que me faz observar o mundo de uma forma diferente tornando-me mais humano. É claro que, este caminho de luz, paz e amor não é nada fácil, sendo por vezes até demasiado sinuoso, pois ouvir os problemas, angustias, traumas e conflitos dos outros é uma tarefa árdua e morosa que, exige da parte do terapeuta uma boa disponibilidade, vontade e predisposição temporal para o mesmo. Para percorrer este caminho de luz e amor necessitamos de uma preparação interior que passa através de várias etapas que podem demorar anos e mesmo assim por vezes temos a sensação de não estar preparados.

Por estas e outras razões aqui não enunciadas, “luto” diariamente para que esta terapia seja aceite pelas entidades governamentais para que, assim sendo, seja possível dar um valioso contributo nas áreas de saúde, social e pessoal das pessoas. Para esta acreditação renovo aqui o apelo a todos os associados que pretendam dar o seu contributo para tal, por pequeno que lhes possa parecer, é para o processo é de grande utilidade. Vamos todos juntos contribuir para a aceitação desta terapia para o bem-estar comum e supremo universal.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 14:15
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito

Mensagem do Dia

Publicado por Viktor às 10:36
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Julho de 2009

Filosofia de Vida

Entrar no mundo do Reiki através de um curso de iniciação/sintonização ou nível 1 não é apenas mais uma aprendizagem, mais uma formação ou conhecimento adquirido na longa caminhada da nossa vida. Seguir este caminho é penetrar num universo energeticamente intenso e gratificante, repleto de emoções e sensações, que vai alterar todos os iniciados que “abraçam” esta causa. O Reiki foi redescoberto pelo Sensei Mikao Usui em 1922, após anos de estudos variados e de uma meditação de 21 dias no Monte Kurama, redescobriu esta maravilhosa terapia holística alternativa não convencional. Cedo o Sensei se apercebeu que aplicar Reiki ou ensiná-lo não chegava e assim criou os 5 princípios. Os mesmos servem de referência aos Reikianos, para que dessa forma possam pautar as suas forma de estar enquanto cidadãos, na sua vida quotidiana. Os 5 princípios são os seguintes:

Kyo Dake Wa                  Só por Hoje,

Okaru-Na                       Sou Calmo,

Shinpai Suna                   Confio,
Kansha Shite                   Sou Grato,

Gyo-o Hage Me               Trabalho Arduamente,

Hito Ni Shinsetsu Ni       Sou Bondoso.

Para uma melhor compreensão dos mesmos, informo que o primeiro [Kyo Dake Wa – Só por hoje] não conta pois repete-se nos restantes cinco (p.ex.: Só por hoje, Sou calmo) e vou dar uma breve explicação sobre eles.

  1. Só por hoje: Esta afirmação transporta-nos para o aqui e o agora, pela anulação temporal.
  2. Sou calmo: A irritação faz com que haja uma dessincroniza entre o nosso eu físico, emocional, mental e espiritual, provocando uma não compreensão do que está associado à energia vital.
  3. Confio: A desconfiança atrai pensamentos menos positivos que dessincroniza o nosso Eu físico e espiritual.
  4. Sou grato: O universo é abundância e dá-nos tudo o que necessitamos, no entanto as pessoas querem sempre mais e mais, provocando insatisfação e apego que são fontes de sofrimento. Uma questão, quantas vezes agradece por dia?
  5. Trabalho arduamente: Não significa trabalhar até cair para o lado, corresponde ao nosso desenvolvimento pessoal e humano enquanto seres vivos.
  6. Sou bondoso: Nenhuma forma de vida está a mais, nem merece viver mais que outra independentemente da cor ou credos. Partilhar o Amor Incondicional é uma dádiva que nos enriquece e preenche interiormente.

Assim, através dos princípios e de todas as outras coisas que aprende, verá que a sua vida desde esse dia não mais voltará a ser a mesma, pois alterações provocadas de dentro para fora (despertar do nossa verdadeira essência interior) não conseguem controlar. É como um marco na nossa vida. Esta é a Filosofia de vida do Reiki.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:58
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Curso de Iniciação ao Kar...

. A Crise de Cura nos Inici...

. Reflexão: Mundo de Ilusão

. Reiki na Actualidade

. SÍMBOLO: CHO-KU-REI

. As Energias II

. Reflexão: As Energias...

. O que é o Reiki?

. Consultas Terapêuticas Ho...

. Cursos de Reiki e Karuna ...

. Reflexão: do Reiki ao Kar...

. Reflexão: O Reiki em inúm...

. Agenda de Outubro

. Reflexão: A mesquinhez hu...

. Agenda de Junho

. Relexão: Guias...

. Reflexão: Semifrio de Emo...

. Consultas Holísticas

. Actividades em Abril - Re...

. Reflexão: Caminho do Amor

. Agenda... de Março

. Formações em Agenda

. Reflexão: A Infelicidade…

. Ensinamentos em Poesia

. Curso de iniciação ao Rei...

. Hoje em Poesia

. Reflexão: Lixo Invisível…

. Curso de Iniciação ao Rei...

. Brevemente... Reiki e Kar...

. Proximas actividades em a...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007