Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

07
Set10

Reflexão

Viktor

Caros leitores,

O Ser sofre pelas mais variadas razões e motivos, perda, solidão e eutanásia. Muitos Seres sofrem porque perderam a casa, o computador, um amigo ou até mesmo um familiar, até aqui tudo bem, mas vamos lá ver porque sofrem? Sofrem devido ao apego (já aqui abordei este tema) que deriva da educação individual e colectiva das pessoas, pois teimam em viver “agarradas” aos paradigmas da sociedade e das velhas crenças que cada vez mais se encontram ultrapassadas. Lembrem-se de quando nasceram, o que trouxeram convosco? Nada! Logo, não esperem levar nada de cá, pois nada lhes pertence, a não ser as vivências e aprendizagens de cada momento que têm na vida, pois os momentos são únicos. Assim sendo tenham presente que nada é eternamente vosso e tudo aquilo que diz ter é apenas temporariamente seu, porque amanhã poderá já não ser e quando partir tudo ficará cá, ou espera ser enterrado como os faraós?

A Solidão pode ser sentida das mais diversas formas e feitios. O Ser pode-se sentir só estando realmente sozinho, no meio de uma multidão ou até mesmo fazendo uma vida normal. Sente-se só porque as outras pessoas não dão valor ao seu trabalho, porque é incompreendido, porque não o convidam para as festas, porque se sente “posto de parte”, porque sabe que poderia ser útil e não lhe pedem, enfim pelos mais variados motivos. Não se sinta assim, pois o mal não é seu mas sim de todos aqueles que não reconhecem o benefício da sua obra, pois o valor de qualquer “obra” ou “projecto” é “medido” consoante o objectivo e a finalidade com que o mesmo é executado e não pela sua grandeza física ou pela quantidade de participantes que tem.

Eutanásia é uma palavra que tem suscitado inúmeros comentários e opiniões no meio científico. Esta é apenas uma palavra para “encapotar” uma ordem de Morte. Mas quem é o Ser humano para definir segundo os seus paradigmas e conceitos, quem e quando deve morrer? Agora pergunto eu, quem é que disse àquelas pessoas para virem ao planeta Terra? Se não são donos do fenómeno da vida, porque querem ser donos da hora da partida (morte)? Nestes casos o Ser humano deve agir como age com qualquer pessoa que necessita de cuidados médicos, e assim tentar por todos os meios possíveis manter a pessoa neste planeta ou não será esta a função dos médicos? Respeitemos o próximo mesmo não concordando com as suas ideias, situação fundamental para se conseguir viver harmoniosamente em sociedade.

Saudações Holísticas

NAMAS

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D