Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

30
Nov10

Energia, fonte de vida

Viktor

Caros Irmãos,

Há uma coisa fundamental que o ser vivo deve de compreender para entender o funcionamento do universo, a energia. Podemos encontrar energia em todos os seres vivos e até mesmo em objectos, pois ela expande-se não tendo limites nem barreiras.

Todos os movimentos necessitam de energia para se processar, o ser humano para se movimentar, as viaturas para circular e até mesmo o planeta terra para girar. Mas vamos agora fazer uma reflexão acerca das energias mais propriamente ditas no Ser Humano.

Desde o momento do nascimento até à sua morte, todo e qualquer ser humano é uma fonte de energia emissora e receptora. Cada um tem a sua energia que pode ser mais ou menos densa mediante um conjunto de factores internos e externos que influenciam a mesma. Mas para que vocês possam entender eu vou-lhes explicar utilizando exemplos de fácil entendimento para o vosso plano mental. Ah, antes de explicar deixe que lhe diga que além da nossa própria energia, que permite o funcionamento do nosso organismo, também emanamos essa energia através do pensamento, bem como recebemos a energia que nos é enviada pelo pensamento dos outros e até mesmo pelas palavras. Assim vou-lhes explicar o funcionamento da energia em megahertz (ondas de frequência radiofónica). Ao longo do dia o nosso nível vibratório energético vai variando consoante os acontecimentos do dia-a-dia e até dos locais que frequentou durante o dia. Sim isto é a mais pura das verdades, quer acreditem ou não ela existe e predomina em todos os espaços. Então vamos analisar o seguinte exemplo:

Certo dia levanta-se bem-disposto e vai tomar o seu café matinal. Entra no café, senta-se ao balcão e muito cordialmente dirige a palavra ao funcionário dizendo: “- Um cafezinho se faz favor.”. O funcionário serve-lhe o café e quando de repente sente que a sua boa-disposição se dissipou, chegando mesmo ao ponto de se sentir incomodado por estar naquele local. Ora, o que se passou foi o seguinte: Levantou-se e chegou ao café com o seu nível vibratório energético no 70mhtz, mas ao chegar ao café encontra a energia do espaço que lhe pode fazer baixar um pouco a sua, mas ao inter-agir com o funcionário dá-se uma troca energética, e transportando ele uma carga menos positiva, essa carga é libertada para cima de si, o que faz com que essa energia menos positiva vá baixar a sua frequência de 70 para 50mhtz. Isto passa-se nas interacções diárias que temos com as pessoas, quer se fale ou não com elas (pode-se manifestar até pelo olhar), ou até mesmo à distância por telefone pode haver essa transmissão energética. Como podem constatar, quando o ser humano se encontra num estado doentio, a sua frequência energética é afectada e como tal baixa, por isso muitas pessoas quando são afectadas com determinadas patologias como depressão, ansiedade, irritabilidade, traumas, medos entre outras, a sua vibração baixa acentuadamente e traduz-se em falta de vontade, moleza, sonolência, intolerância, enfim, sente-se com as “baterias em baixo” e depois lamenta-se dizendo: “- Os meus amigos abandonaram-me, nem querem saber de mim”. Ora, ora, com essa energia menos positiva que estás a transmitir aos outros, achas que se querem aproximar de ti? Não se aproximam de si porque não querem ser “afectados” por essa má energia que tem e não porque não tenham pena e lamentem o estado em que se encontra. Mas como não se conseguem proteger dessas frequências energéticas mais baixas, então jogam à defesa afastando-se. Muito mais podia dizer, mas vou ficar agora por aqui e deixar para outra altura.

A Energia é como o Vento não se vê mas sente-se, tal como os Sentimentos e o Amor. Vamos elevar a nossa frequência vibratória energética, tendo bons pensamentos e emanando o nosso Amor Incondicional e Compaixão sobre todos os seres vivos e sobre o planeta.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D