Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

27
Abr11

Adeus SRI SATHYA SAI BABA… até um dia

Viktor

Caros Irmãos,

 “Eu vim para acender a lâmpada de Amor nos vossos corações, para ver que ele brilha de dia para dia, com brilho intenso. Eu não vim em nome de qualquer religião exclusiva. Eu não vim em missão de publicidade para uma seita ou credo ou causa, nem vim para recolher os seguidores de uma doutrina. Não tenho nenhum plano para atrair discípulos ou devotos para o meu abraço ou qualquer dobra. Vim para lhe falar desta fé unitária, este princípio espiritual, este caminho de Amor, essa força do Amor, este dever de Amor, esta obrigação de Amor. [04 de Julho de 1968, Baba]”

      Milhares de devotos compareceram nesta segunda-feira ao ashram do guru hindu Sathya Sai Baba, um dia depois de sua morte. O corpo do líder religioso foi colocado em uma redoma de vidro em seu ashram em Puttaparti, na Índia.

O corpo do Líder ficará no local até terça-feira, e um funeral com honras de estado está previsto para a quarta-feira. Sai Baba, de 84 anos, era um dos mais populares líderes religiosos da Índia, considerado por milhares de seguidores como o Deus vivo.

      Sai Baba estava internado há um mês e respirava com ajuda de aparelhos. Ele morreu de falência múltipla dos órgãos, por conta de complicações no coração e pulmões, informou a imprensa local.

      Seus seguidores, estimados em número de seis milhões, incluem líderes políticos indianos, empresários e estrelas de Hollywood.

       A morte causou a tristeza dos devotos. Centenas de milhares de fiéis são esperados para o funeral do líder, conhecido por seus cabelos encaracolados e suas vestes na cor de açafrão.

      Sai Baba nasceu Sathyanarayana Raju em Puttaparti, em 1926. Aos 13 anos, anunciou que era a reencarnação de um líder religioso do século 19, venerado tanto por hindus quanto por muçulmanos. Ele arrebatou milhões de seguidores mundo afora com seus ensinamentos que eram um misto das duas crenças, que recitava com uma fala sempre suave.

      O guru também dizia ter o poder de materializar objetos como anéis e relógios, habilidade desqualificada por seus críticos como meros truques para enganar as pessoas. Os fiéis, porém, acreditavam que ele tinha ainda a capacidade de curar doentes terminais.

      Graças às doações dos fiéis, muitas delas de milionários convertidos à sua crença, Sai Baba construiu em Puttaparti um hospital, uma universidade, hotéis e até um aeroporto privado. Sua fundação também mantém um serviço de alimentação para a população carente.


Baghavan Sri Sathya Sai Baba, pseudônimo de Sathya Narayana Raju foi um guru indiano. É considerado por muitos como um Avatar (encarnação numa forma humana de um ser divino). O próprio Sai dizia ser a segunda de uma tríplice encarnação: teria sido Shirdi Sai Baba, um religioso indiano do século XIX venerado por hindus e muçulmanos, e futuramente seria Prema Sai Baba. Nasceu em 23 de novembro de 1926, em Puttaparthi, pequena vila no sul da Índia, no estado de Andhra Pradesh.

Muitos dos seus seguidores consideravam-no uma divindade e atribuíam-lhe poderes sobrenaturais, como a levitação[1].

Em 1950, Baba fundou o seu primeiro templo ashram. Desde então, construiu uma poderosa organização, que financia projectos de saúde e educação e promove as medicinas alternativas[1]. Mas a sua carreira não está isenta de controvérsia, nomeadamente queixas por abuso sexual (que nunca resultaram em acusações formais) e fraudes nos seus supostos "milagres"[1].

Morreu em 24 de abril de 2011 por problemas cardíacos e pulmonares, em Puttaparthi, após prolongado internamento hospitalar. Como reacção à sua morte, o primeiro-ministro da Índia, Manmohan Singh, afirmou "Ele inspirou milhões a levar uma vida mais moral e significativa, independentemente da religião que seguiam. A sua morte é uma perda irreparável para o país”[1] Milhões de pessoas acorreram ao seu ashram para as cerimónias do funeral.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D