Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

18
Ago11

Diagnóstico...

Viktor

Caros Irmãos de Luz,

      Aquilo que na generalidade o Ser humano define como doença, é um anormal funcionamento de uma ou várias partes do corpo. De facto lembramo-nos que temos de cuidar de nós, quando sentimos qualquer tipo de manifestação no corpo físico (dor, picadas, formigueiro, pontada, etc.) o que na verdade não chega. Em tempos já aqui expliquei o processo criativo da doença, mas caso não tenha lido esse texto e para um melhor entendimento seguidamente vou esquematizar:

Processo criativo da doença: Plano Espiritual -> Plano Mental -> Plano Emocional -> Plano Físico.

      Podem assim observar através do esquema, todo o processo da doença, desde a sua origem até ao seu ponto de manifestação física. Como se pode observar, tudo tem origem no plano espiritual, fonte suprema do nosso conhecimento e da nossa verdadeira essência. Encontrando-se aí a dita “doença”, permanecerá por lá durante um período de tempo mais ou menos longo, que varia consoante alguns factores externos bem como com o nosso próprio Plano Mental, e daí deriva a importância do controlo mental de cada Ser.

      Todo e qualquer Ser que não tem domínio sobre a sua própria mente sofre de escravatura mental (p.ex. doentes hipocondríacos) que impõe a si próprio, o que em abono da verdade, não contribui em rigorosamente nada para a sua harmonia e bem-estar global. O plano mental tem mais capacidade do que a maioria das pessoas pensam, por exemplo, reparem na complexa estrutura que compõe o nosso organismo (nervos, músculos, ossos, veias, artérias, pulmões, etc.) e que o nosso cérebro comanda sem necessitar da nossa intervenção, já pensaram nisso? A nossa mente, quer dizer parte dela (estudos científicos dizem que o ser humano apenas tem acesso a 10% da sua capacidade) é capaz de coordenar isso tudo descontraidamente, então vamos através dela também providenciar o nosso bem-estar e saúde, em vez de atrair-mos coisas menos positivas, através da energia que emanamos através do pensamento. Nesta altura do “campeonato” a tal “doença” que já tinha saído do plano espiritual acaba de atravessar o plano mental, e eis que se aloja no plano emocional.

      Neste plano provoca alterações do bem-estar geral, ou seja, mau humor, mau estar, indisposição, irritação, excesso de sensibilidade, variações contínuas do estado de humor e tendências para o isolamento. Este tipo de situação faz com que fiquemos mais negativistas, o que por sua vez faz também baixar a nossa vibração energética. Assim sendo, a energia que emanamos certamente que não é positiva, e desta feita acabamos por afastar as pessoas, porque essa energia negativa as incomoda, e naturalmente afastam-se, ou será que você gosta de estar com quem não se sente bem? Quando diz: “…os meus amigos afastam-se de mim…”,não é porque não gostam de si, mas pelas razões que na frase anterior mencionei, como tal pense na forma como está a agir e na energia que está a emanar que os faz afastarem-se de si. Eis então que chegamos à última etapa da “doença”, o plano físico.

      Neste plano dão-se todo o tipo de manifestações físicas (p.ex: dores, hematomas, quistos, etc.). É normalmente neste plano que o Ser Humano tem plena consciência que realmente tem um problema para ultrapassar ou uma “doença” para curar. Muitas vezes isto não é mais do que mais uma aprendizagem ou lição de vida que temos de aprender, de uma forma mais dura. A vida é uma constante aprendizagem, e até mesmo aquilo que se define como doença é uma aprendizagem, que nos vai moldando na nossa forma de estar e pensar ao longo da nossa caminhada.

      Com isto pretendo-lhes dizer o seguinte, não basta diariamente tratar da vossa higiene física e oral, vestir roupa lavada, estar apresentável, cheirar bem, quando na verdade nos estamos a “baldar” para a nossa essência e apenas vivemos na aparência. Vamos tratar da nossa alma, purificarmo-nos, tratar bem da nossa essência sem nos concentrarmos exclusivamente no plano físico, mas também lhes digo que este (corpo) fala, e muitas vezes basta mudar algumas atitudes, comportamentos e até pensamentos, para que se notem melhorias no plano físico. Numa consulta holística, o paciente é visto como um todo, onde cada um dos seus 4 planos (físico, emocional, mental e espiritual) será tido em linha de conta, para que assim se possa fazer um estudo do paciente na sua globalidade, de forma a poder restabelecer com a máxima brevidade, o bem-estar, harmonia e saúde do mesmo. Dê a si mesmo uma oportunidade de voltar a sentir-se bem, através de uma sessão terapêutica ou mesmo de uma orientação dada por um conselheiro espiritual.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D