Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

25
Jul13

Perdão & Aceitação…

Viktor

     Cada ser humano é fruto da educação que teve, das suas crenças, da sua fé, dos seus dogmas e da sociedade onde está inserido. É da sabedoria popular que “cada um é como cada qual”, e há também outra pequena frase que se enquadra aqui: “todos iguais, todos diferentes” (united colours). Isto quer dizer que somos iguais sob o plano físico/matéria (corpo) mas diferentes entre nós no plano mental. Somos muito diferentes no conhecimento académico, no conhecimento de vida, nas reacções às situações, nas emoções, nos sentimentos e sobretudo nos pensamentos.

     Na generalidade o ser humano tem uma certa tendência para fazer juízos de valor, mais propriamente julgar, as atitudes e acções dos outros. No universo apenas os seres humanos têm sentimentos e emoções, o faz com que inúmeras vezes sejamos emocionalmente reactivos, reagindo de forma menos apropriada, e que mais tarde acabamos por nos arrepender do que fizemos ou dissemos. No meio de tudo isto constatamos que, de entre vários aspectos comuns, há um que é sem dúvida comum a todos nós e que se define como “Viver em sociedade”. Viver em sociedade é algo que exige várias coisas de nós, tais como compreensão, compaixão, respeito, humildade, amor e aceitação, estes são em meu entender os aspectos mais importantes para a vida em sociedade.

     Reparem numa coisa, ficam tristes quando são rejeitados porque não se enquadram no “estilo” dos outros, mas já se aperceberam que vocês são iguais a eles pois reagem da mesma maneira com outras pessoas? Pois se não queres que te façam isso, não o faças aos outros, porque as atitudes, gestos e pensamentos são como energia, que quando é emanada assim, mais tarde ela retorna. Este foi apenas um pequeno exemplo, antes de falar sobre o título deste texto. Aprendermos a aceitar os outros como são, com as suas ideias e feitios, sem os menosprezar, sem fazer juízos de valor nem julgar as pessoas, evitando emanar energia negativa para essas pessoas, para o nosso próprio bem-estar, pois “recebemos o que damos” o que significa que essa energia volta para nós. Aprender a aceitar é contribuir para o seu bem-estar, equilíbrio e harmonia.

     Diariamente acontecem muitas coisas com cada um de nós, umas apenas e só connosco mas a maioria delas em inter-acção com outras pessoas. Por vezes saímos tristes e magoados por coisas que nos dizem e/ou fazem, que deixam marcas psicológicas que geralmente nos afectam no geral. Estas situações são mais difíceis de ultrapassar, mas na verdade existem para testar a nossa capacidade de perdoar. O segredo para se conseguir perdoar é o Amor, e devemos perdoar o nosso semelhante mesmo achando que a culpa não é nossa. Envolva-se em amor (próprio) e assim conseguirá emanar amor incondicional à sua volta, aceitando e perdoando as coisas e pessoas, e assim conseguirá atenuar “possíveis” problemas psicológicos. Sinta o Amor na sua plenitude envolvendo-se nele e emanando-o para quem o rodeia. SEJA AMOR.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D