Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

13
Mai08

Casos da Vida VI

Viktor

Um dia destes fui tomar um café a uma pastelaria, onde trabalha um amigo meu. Então quando cheguei sentei-me ao balcão e iniciámos um diálogo. Passados uns cinco minutos dei por nós a falar sobre Reiki, e então ele diz-me: Olha está ali uma colega de trabalho que anda à rasca da perna; ao que eu lhe respondi: “diz-lhe para ela vis aqui ter comigo”. Assim sendo ela veio ter comigo e eu disse: Então explica-me lá o que se passa contigo. Ela respondeu assim: Lá no Brasil, aos 13 anos de idade um médico diagnosticou-me uma curvatura da coluna na zona do cóccix e ainda me disse que eu só ia viver até aos 21 anos. Eu esbocei um sorriso e disse-lhe: “O problema na coluna aceito, mas viver até aos 21 isso não, porque você tem 23, mas vamos lá então ao que interessa”. De seguida fiz-lhe um estiramento na coluna, onde se ouviu o barulho da mesma a estalar (pareciam pipocas). Depois fiz uma imposição de mãos, durante 5 minutos na zona dorso lombar da coluna. Depois de retirar as mãos disse-lhe: “Agora vai continuar o teu serviço, mas não abuses com pesos nem com movimentos bruscos”, e ela lá seguiu o seu caminho. Depois disso pedi ao meu amigo um cafezinho, para depois me ir embora, pois naquele dia a minha missão já estava cumprida. E não é que passados cerca de 3 minutos a rapariga vem ter comigo e pergunta-me: “Você é mágico?”; e eu sorrindo respondi: “Não, pois eu mágico só conheço o Luís de Matos, porquê?”; e ela disse: “Porque desapareceu a dor que tinha na minha perna”; e eu disse: “então não era isso que querias? Vai lá e continua com o teu serviço, pois quando precisares de algo mais diz qualquer coisa”. Foi assim, que após cinco minutos, saí da pastelaria contente e feliz com o sentimento do dever cumprido, pois se Deus fez com que me deslocasse àquela pastelaria foi porque algum trabalho tinha reservado para mim, pois nada acontece por acaso.

NAMASTÉ

1 comentário

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D