Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

03
Set14

Queres ajuda… então Ajuda-te

Viktor

Caríssimos,

     A vida é uma escola, onde surgem imensas surpresas, obstáculos e desafios, na qual estamos constantemente a ser testados. Para superarmos todas essas situações, o mais importante é estarmos bem e repletos de amor-próprio e incondicional.

     Mas todos nós, principalmente no decorrer da nossa educação, sempre nos ensinaram que quando estávamos mal tínhamos de recorrer a outra pessoa (médico) para nos ajudar, certo? Certamente é assim pois o mesmo sucedeu comigo também, mas devo-lhes dizer que essa afirmação que lhes “implantaram” na vossa mente é um implante negativo, pois o Ser Humano possui fantásticas capacidades de se auto-curar e regenerar. (pare a leitura e pense um pouco sobre o que acabou de ler)

     Certamente ficaram também algo apreensivos com o título deste texto, correcto? É possível que tenham estranhado, mas aos poucos vão entendendo o que significam aquelas palavras. Pelo que observo, constato que a maioria dos Seres Humanos estão sempre à espera que sejam outros a resolver aquilo que eles têm de fazer. Em tempos expliquei-lhes o “processo criativo da doença” como sendo algo que surge na seguinte ordem: Planos espiritual -> mental -> emocional -> físico. Qualquer problema de saúde que possam ter aparece sempre nesta sequência, mas infelizmente a maior parte da humanidade só se apercebe quando está no físico, através das dores e/ou sinais no corpo. E se um dia lhes disser que através das terapias holísticas pode debelar as doenças no plano mental e emocional, e por vezes até mesmo no espiritual, acredita? Pessoalmente já não me recordo da última vez que tive de recorrer ao auxílio médico.

     Mas vamo-nos focar na mensagem que pretendo passar, pois é o que é realmente importante. Através das terapias holísticas o terapeuta não cura, ele promove sim a auto-cura do paciente. Está baralhado, eu vou explicar, como é que se tira um alcoólico do álcool se ele não tenciona deixar de beber? Como podemos ajudar um toxicodependente a deixar as drogas se ele não quer? Como em tudo, o paciente tem de ser a primeira e mais interessada pessoa a querer ficar bem, o que é sem dúvida o aspecto mais importante para que o restabelecimento do bem-estar dele possa acontecer. Deixa que lhes lembre de como se processa uma cura holística, para melhor entenderem e compreenderem o que lhes estou a dizer, através do exemplo que se segue. Imaginem que vocês são o Senhor “A” e estão com um problema e recorrem ao Senhor “B” (o terapeuta holístico) para os ajudar a ficarem bem. O terapeuta vai fazer o papel de “canalizador” da energia universal do amor incondicional, estabelecendo uma ligação ao universo captando essa energia e canalizando-a (através das mãos) para vocês. Sendo essa energia inteligente e pertencente ao universo, ela vai fazer o seu trabalho consoante as leis universais (lei do karma, do merecimento, entre outras), pois o terapeuta jamais passa a sua própria energia, pois necessita dela para viver. Tal como já lhes tinha explicado noutros textos, cada “doença” transporta consigo uma aprendizagem para nós mesmos, a qual devemos assimilar para mais rapidamente alcançarmos o bem-estar. Assim para o paciente se curar é necessário que as 3 partes (paciente, terapeuta e universo) estejam de acordo e ajam nesse sentido.

     Assim podem também concluir que 2 pessoas com os mesmos problemas (doença) podem ter períodos de cura mais curtos ou mais longos, consoante a aprendizagem mental do ensinamento da doença bem como também se sujeitam à lei universal do merecimento.

     Para concluir este já longo texto deixo-lhes algumas dicas para conseguirem superar com mais sucesso os vossos problemas (doenças): *Você é a pessoa mais importante no mundo para si mesmo; *Pare de ser lamechas e faça algo por si mesmo; *Elimine toda a rigidez mental que tem e abra-se para novos conhecimentos e horizontes; *Quando tiver de mudar os pensamentos nenhum ser o poderá fazer a não ser você mesmo; *Dê a si mesmo o amor e carinho que dá aos outros; *Remova da sua mente todos os pensamentos negativos; *Dar importância a pessoas erradas é alimentar a negatividade; *Não se fique apenas pela leitura do texto, interiorize e pratique as aprendizagens que lhe transmito; *Afaste-se de pessoas negativas que muitas vezes vampirizam a sua própria energia; *Seja feliz valorizando o que tem e deixe de cobiçar o que não tem; *Faça algo por si mesmo eliminando as percas de tempo que tem enquanto espera que outros o venham fazer por si.

NAMASTÊ

Comentar:

Mais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D