Sexta-feira, 26 de Fevereiro de 2010

A transição de Índigo para Cristal

A Crise Transicional de Índigo para Cristal

Por Celia Fenn

O arcanjo Miguel pediu-me para escrever este artigo de modo a ajudar as muitas pessoas que passam por a experiência de uma mudança rápida para uma consciência multi-dimensional, ou uma mudança do estado de consciência Índigo para o estado de consciência Cristal.

Existem pessoas que fazem a transição de uma maneira relativamente gentil, mas há muitas que entram em crise quando isto acontece. Estas são as pessoas que geralmente se abrem às dimensões superiores. Esta escolha não é feita logicamente pela mente racional, mas é antes uma escolha feita pela alma em resposta às energias transicionais que estão disponíveis pela própria Terra. Por isso, ás vezes uma pessoa é impulsionada para mudanças psicológicas, emocionais e físicas para as quais não encontra explicação. Isto pode causar uma crise. A minha experiência diz-me que doutores e psicólogos ortodoxos não podem ajudar muito pois não percebem o que a pessoa está a passar. Quando Os testes vêm de Volta e Os resultados são negativos, a pessoa é frequentemente considerada histérica, não embasada ou até esquizofrénica.

Esta transição frequentemente acontece a pessoas que têm estado em caminhos espirituais, e que estão melhor equipadas para lidar com estas mudanças. Mas, na minha experiência, as crianças Índigos também, não importa o seu estado de consciência, são particularmente vulneráveis à experiência espontânea de transição para a consciência das dimensões superiores. Também tenho de acrescentar que o uso de qualquer tipo de drogas, que é bastante comum nos adolescentes Índigos, muito frequentemente precipita esta crise transicional antes que a pessoa esteja realmente preparada para enfrentar as consequências.

Em baixo, está uma lista de sintomas sentidos neste processo de crise ou revelação:

         Sensibilidade extrema repentina às pessoas e ambientes. Uma pessoa que antes era sociável e activa, de repente vê-se a não poder estar em centros comerciais ou em ambientes de multidão tal como restaurantes.

         Um aumento de habilidade psíquica e de consciência. Isto frequentemente manifesta-se em uma habilidade para "ouvir" Os pensamentos e sentimentos interiores de outros. Isto pode ser um pouco desconcertante se a pessoa imaginar que as outras pessoas todas também lhe podem ouvir Os pensamentos e sentimentos. Também uma sensibilidade extrema para energia negativa em certos ambientes ou pessoas, incluindo uma incapacidade de tolerar certas pessoas que antes lhe eram próximas.

         Esta sensibilidade aumentada pode levar a ataques de pânico e de ansiedade. Estes podem acontecer a qualquer altura, até quando a pessoa acorda à noite. Frequentemente não há razão válida para o ataque, embora a pessoa procure com frequência encontrar uma razão.

         A pessoa também pode sentir-se com a cabeça no AR por longos períodos, apenas querendo se sentar e estar quieta. Isto pode ser irritante para alguém que dantes era bastante energético e activo. Isto é apenas um ajusto consciente para passar mais tempo nas dimensões superiores e menos tempo na terceira e quarta dimensões. Relacionado a isto há a necessidade de descansar e dormir por muito mais tempo do que o costume, e de uma desaceleração geral.

Ansiedades obsessivas de humanos serem destruídos (por poluição, falta de recursos, extra-terrestres, tecnologia, etc). Isto acontece porque uma consciência multi-dimensional pode aceder a todos Os níveis da mente de grupo, incluindo aquela parte que se agarra aos medos e às ansiedades sobre o modo de sobrevivência da espécie humana. Como a pessoa frequentemente se preocupa com a sua própria sobrevivência, elas tendem a estar em sintonia com esta parte da mente de grupo ou campo morfogenético.

         Uma necessidade obsessiva de perceber o que está a acontecer, levando a mente a ficar hiper-activa e a pessoa a ficar com medo que está a ficar maluca ou a sofrer de desgaste. Também um medo de ficar maluca e de ser incapaz de lidar com a vida mundana no futuro. De novo, psicólogos e doutores parecem oferecer muita pouca ajuda.

         Depressão sem qualquer razão, ou relacionado com o estado de crise. Isto é frequentemente apenas a consciência a tirar camadas velhas de energia que precisam de ser liberadas. Não é necessário "processar" ou reviver a experiência, apenas permita ao seu corpo liberar essa energia. Tem paciência com o processo e entende que vai passar.

         Padrões de sono interrompidos, geralmente acordando três vezes à noite, ou mais ou menos às três da manhã. De novo, isto é apenas a consciência a adaptar-se a novos ciclos de actividade. A consciência superior está geralmente mais activa à noite porque as dimensões inferiores estão mais paradas nesta altura.

         Sentir estranha energia eléctrica pelo corpo. O corpo cristal é extremamente sensível, e sente ondas solares, lunares, cósmicas, e energias do centro galáctico. Frequentemente estas energias estão a assistir no processo de "renovação eléctrica" do corpo para poder carregar com estas energias superiores. Pela minha experiência, eu sei que isto pode ser desconfortável. Mas o corpo eventualmente aclimatiza-se a lidar com estas ondas de energia. Tu provavelmente acharás estas energias mais intensas por Volta da Lua Cheia. A melhor maneira que eu achei de lidar com este fenómeno é ir lá para for a e pôr-se descalço na terra e imaginar a energia correndo pelo teu corpo e para dentro DA terra.

         Uma gama inteira de sensações e experiências físicas, geralmente associadas com desintoxicação. O corpo Cristal não contem tóxicos, mas permite que tudo passe por ele. Na verdade, o truque eventual de ser um Cristal é de apenas deixar que tudo passe e não se agarrar a nada. O estado definitivo de liberdade de espírito. Mas neste estágio o corpo precisa de libertar anos de lixo tóxico, quer seja físico, emocional ou mental. A libertação é sempre pelo corpo físico, que apresenta sintomas, tais como fadiga intensa, dores de músculos e de articulações especialmente nas ancas e joelhos, dores de cabeça, especialmente na base do crânio, e dores de pescoço e ombros.

 Tonturas ou ficar "espacejada". Isto é porque estás em estados de consciência superiores. Tens de te habituar a estar nestes novos níveis e a manteres-te "ancorada". Estas sensações tendem também a aumentar durante fulgores solares e luas cheias.

 Aumento de apetite e engordar. Isto é porque o corpo precisa de quantias enormes de energia para propulsar este processo.

 A habilidade para ver alem dos véus. Isto quer dizer, de ficar consciente de espíritos, devas, ET’s e anjos como uma realidade, e comunicar com eles. Isto pode ser bastante assustador se uma pessoa não está habituada a este tipo de consciência dimensional.

Competências para enfrentar à Transição

O melhor conselho que posso dar é aceitarem o processo e não resistirem. A minha própria transição já continua à quase 18 meses. Eu descobri que a chave é aceitação. Eu continuei a esperar que um dia iria acordar e sentir-me "normal" de novo. Foi só quando eu aceitei que nunca mais eu me sentiria "normal", como eu sabia, que eu fui melhor capaz de sentir-me mais confortável no meu espaço e de enfrentar melhor a transição. Depois podes começar a explorar a aventura ou o lado positivo deste estado.

Aqui estão algumas dicas para lidar com esta crise transicional:

 Fica em paz com o que está a acontecer com o teu ser. Estás-te a tornar um Ser Cristal. Outro termo é um "Ser Cístico" que se refere a um ser multi-dimensional com acesso total a 9 dimensões, e talvez 13. A minha experiência até agora é que algumas pessoas só se abrem para a 5D, outras vão para a 6D. Se conseguires atingir a 6D, então conseguirás provavelmente alcançar ainda nesta vida a consciência total da 9D, talvez até num futuro próximo. Que privilégio e bênção!!

 Sê bondoso para ti próprio e cuida de ti. Lembra-te que como ser Cristal, tu carregas uma harmonia igual da energia "mãe" e da energia "pai". A mãe diz, cuida de ti como se fosses um bebé recém-nascido, porque de facto é isso que tu és. Precisarás de tempo para desenvolveres força e aprender as competências novas do teu novo ambiente. Confiança é muito importante aqui. Eu fiz a transição como uma individual ganhando a minha vida com o meu próprio negócio e muito poucos recursos. Estava apavorada que a minha condição física não deixasse-me ganhar o suficiente para sobreviver. Mas fui "segurada" através do processo, e ainda tenho a minha casa e tive sempre o suficiente embora tenha havido algumas situações apertadas.

 Não tomes drogas de qualquer espécie se puderes. Obviamente se estás a tomar medicação para a tua saúde então precisas de continuar. Mas não tomes drogas recreativas de qualquer espécie, porque elas vão agravar o processo e podes te perder "além" nas dimensões superiores. Tenta também enfrentar a vida sem tomar anti-depressivos ou tranquilizantes, embora se estás a tomá-los, vais precisar de conselho médico e não deves parar de repente. O melhor caminho a tomar é medicina homeopática e naturopática, e eu tenho achado que Essências Florais ajudam bastante também.

 Evita multidões e lugares cheios de gente. Eu aperfeiçoei a arte de fazer compras semanais em uma hora relâmpago de modo a cuidar das minhas necessidades mas sem passar muito tempo em ambientes tóxicos e cansativos. A chave aqui, é segurar a tua própria paz e harmonia tão vigorosamente de modo a que em vez de seres tu a ser afectada pelo ambiente, és tu que afecta o ambiente de maneira positiva. A pessoa Cristal segura e carrega sempre energia positiva, mas aprenderás a usá-la de maneiras incrivelmente poderosas uma vez que tenhas atingido o teu equilíbrio e que sejas capaz uma vez mais de te mover entre as pessoas com facilidade.

 Mantêm-te ancorada e centrada. Isto pode ser um desafio grande para aqueles que se estão a aclimatizar à consciência dimensional superior. Vais-te sentir frequentemente tonta e "espacejada". Mas tenta tomar atenção total aos aspectos de vida físicos e de ancoro. A chave aqui é passar tempo fazendo exercício, andar ou actividades culinárias ou artísticas. Não passes horas em frente da TV ou perdido em jogos de computadores. Estes apenas servem para não te sentires ancorada.

 Passa quanto tempo tu puderes na Natureza. Vais achar que passar tempo ao ar livre e ao sol vai ajudar e reforçar os teus corpos. As Devas também estão aqui para suportar os teus processos.

 Come simples e come tanta fruta e vegetais frescos quanto for possível. Deram-me orientação que arroz castanho e vegetais são o melhor tipo de comida para este corpo novo. No entanto sacia os teus desejos - os meus têm variado entre lulas e bolo de chocolate. Não é altura agora para fazer dieta. O teu corpo precisa de quantidades enormes de nutrição para sustentar os processos que estás a passar. Podes até engordar, mas vais ter de aceitar que isto faz parte da transição.

 Finalmente - Celebra a tua transição. Estás-te a tornar um humano Galáctico, o próximo passo na evolução humana! Estás a entrar no teu direito de primogenitura.

Mudanças na Aura de Avril

Esta é a mudança pela qual você está passando.

Agradecemos a Avril por compartilhar estas imagens connosco.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Energéticamente bem...
Publicado por Viktor às 09:58
Link | Comentar | favorito
Sábado, 26 de Setembro de 2009

O que é uma criança Índigo?

O que é uma criança Índigo e porque designamos assim?

Primeiramente a definição. É uma criança que demonstra uma série de atributos psicológicos novos e pouco usuais com um padrão de comportamento nunca documentado até agora. Este padrão de comportamento tem factores comuns únicos que sugerem a quem se relaciona com as crianças (os pais em especial), que devem mudar a forma como os tratam e criá-los para poderem ter um equilíbrio adequado.

Ignorar estes novos padrões de comportamento é criar um desequilíbrio potencial e uma grande frustração na cabeça destas preciosas vidas.

Parece haver diversas categorias de Crianças Índigo, mas vamos dar um dos padrões de comportamento mais importantes para poder ver se alguém do seu conhecimento encaixa nestes padrões?

Apresentamos de seguida 10 das características mais comuns da Criança Índigo:

  1. Vêm ao mundo com um sentimento de realeza (e frequentemente comportam-se como tal).
  2. Têm a sensação de “merecer estar aqui” e surpreendem-se quando outros não compartilham esta mesma sensação.
  3. A auto-estima não é, para elas, um grande tema de preocupação; com frequência dizem aos pais quem elas são.
  4. Têm dificuldade em aceitar uma autoridade absoluta (sem explicação ou sem alternativas).
  5. Pura e simplesmente não farão certas coisas, por exemplo: custa-lhes esperar numa fila.
  6. Frustram-se com sistemas que são apenas rituais e que não requerem criatividade.
  7. Muitas vezes têm formas melhores de fazer as coisas tanto em casa como na escola, o que os torna rebeldes e desintegrados de qualquer sistema.
  8. Parecem muito anti-sociais, a menos que se encontrem entre crianças semelhantes. Se não houver outros com o mesmo nível de consciência tornam-se retraídos, sentindo que não há seres humanos que os entendam. A escola é o local onde lhes é muito difícil socializar.
  9. Não respondem à disciplina de “culpa” (Espera que o teu pai chegue a casa e veja o que fizeste).
  10. São tímidos em expressar o que precisam.

Agora quero que saibam porque é que estas crianças se chamam Índigo.

Ao longo da história da psicologia criaram-se sistemas para agrupar os seres humanos pelo seu comportamento.

Estes grupos tratam de identificar e correlacionar as acções humanas de diversas maneiras. Trata-se, sem dúvida alguma, de encontrar alguma fórmula que permita encaixar cada ser dentro de uma categoria, que ajude os estudiosos da mente humana. Alguns destes sistemas são muito antigos, outros são muito recentes.

Para validar isto, temos Richard Seigle que, não só é um médico que praticou o ofício, mas que também é um perito em estudos humanos e espirituais.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:07
Link | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Domingo, 14 de Junho de 2009

BORISKA, O Garoto Índigo

Boris Kipriyanovich, ou Boriska, hoje [2008] um adolescente, há anos que aparece em jornais, revistas e documentários do mundo inteiro. Ele é considerado um dos mais destacados seres humanos de uma nova geração, que já está amplamente conhecido como índigo-children, dotados de faculdades especiais, como um alto grau de inteligência e surpreendentes conhecimentos sobre o Universo, extraterrestres, o passado arcaico da Terra, mistérios da antiguidade e futuro do planeta. Boriska nasceu em 11 de janeiro de 1996 e desde os quatro anos mora na cidade de Zhirinovsk da região Volgograd, Rússia. Costuma visitar um local próximo à sua cidade, a montanha Medvedetskaya Gryada, considerada “zona anómala”. Ali, o garoto encontra o ambiente ideal para o que ele chama de reposição das suas energias.

Os seus pais, gentis, educados e hospitaleiros, ficaram preocupados com os fascinantes talentos do filho. Eles temem que Boriska tenha dificuldades de convívio social quando se tornar um adulto. A mãe conta que o menino conseguia sustentar a própria cabeça com apenas 15 dias de vida. Começou a falar aos quatro meses e com um ano e meio já lia os jornais. Aos dois anos, no jardim-de-infância, os professores perceberam que ele era diferente: aprendia tudo rapidamente e tinha uma memória extraordinária.

Mais ainda, Boriska mostrava conhecimentos que não eram adquiridos na escola, sobre outros mundos, planetas desconhecidos. A sua mãe conta: “Muitas vezes ele senta-se em posição de lótus e começa a falar detalhadamente sobre o planeta Marte, sistemas planetários e outras civilizações”. O espaço cósmico é uma dos temas favoritos de Boriska. Afirma que viveu em Marte e diz que o planeta é habitado, embora tenha, já uma vez, perdido a sua atmosfera depois de uma enorme catástrofe. Hoje, segundo o índigo-boy, os marcianos vivem em cidades subterrâneas.

Lembrando uma vida passada, Boriska afirma que costumava visitar a Terra pilotando uma nave espacial. Naquele tempo, a Terra era dominada pela civilização Lemuriana cujo declínio, que ele testemunhou e foi causado pela degradação espiritual daquela Humanidade. A mãe deu-lhe o livro Whom We Are Originated From [mais ou menos traduzível como De Quem Nós Fomos Originados], de Ernest Muldashev, ele ficou muito entusiasmado com as descrições dos Lemurianos, as imagens dos templos tibetanos e passou muitas horas a falar com os pais sobre a Lemúria, o seu povo e cultura. Segundo Boriska, os lemurianos dominaram a Terra à 70 mil anos e eram gigantes de 9 metros de altura. Perguntado sobre como sabia tais coisas, respondeu: “Eu lembro-me, eu vi”.

Sobre um segundo livro de Ernest Muldashev, In Search of the City of Gods [ Em Busca da Cidade dos Deuses], mais uma vez olhando as figuras, comentava sobre as pirâmides, os santuários e revelou: “As pessoas não vão encontrar os conhecimentos antigos embaixo da Grande Pirâmide de Quéops [Egito]. Esse conhecimento está oculto no subterrâneo de uma outra pirâmide que ainda não foi descoberta e acrescentou: “A Humanidade vai se surpreender e até mudar quando conseguirem abrir a Esfinge; há um mecanismo de abertura em algum lugar atrás de uma orelha, não me lembro exactamente onde”.

Boriska também adverte sobre uma alteração dos pólos magnéticos da Terra que, em breve, causará duas catástrofes: uma em 2009; outra em 2013. Poucas pessoas sobreviverão; e fala sobre a morte: “Não, eu não tenho medo da morte porque nós vivemos eternamente. Houve uma catástrofe em Marte, onde eu vivia. Ainda há pessoas que vivem lá. Houve uma guerra nuclear e tudo ficou em cinza. Mas eles construíram abrigos e criaram novas armas. Os marcianos, em geral, [não se sabe o quê ele quer dizer com 'em geral'], respiram dióxido de carbono. Se viajassem para outro planeta [como a Terra] teriam de se manter vivos usando respiradouros adequados [standing next to pipes and breathing in fumes]”.

Perguntaram, [tolamente] a ele: Se você é de Marte, você precisa de dióxido de carbono? Resposta: “Se eu estou neste corpo [terreno] eu respiro oxigénio” [o quê é óbvio! no contexto...] . Mas você sabe, isso causa envelhecimento. Especialistas perguntaram ao jovem por quê naves da Terra frequentemente avariam/partem ou são desactivadas quando se aproximam de Marte. Ele explicou: “Os marcianos transmitem sinais especiais que danificam naves, estações e/ou sondas que emitem radiações”. Boriska tem dificuldades com escolas. Fez uma entrevista e foi colocado no segundo grau porém logo quiseram livrar-se dele: constantemente interrompia os professores apontando-lhes erros. Agora ele estuda com um professor particular.

FONTE: Boriska, boy from Mars, says that all humans live eternally

PRAVDA ENGLISH - publicado em 05/03/2008 tradução: Lígia Cabús

LINK RELACIONADO: BORISKA: O MENINO QUE VEIO DE MARTE

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 17:04
Link | Comentar | ver comentários (5) | favorito
Domingo, 3 de Maio de 2009

Informação Básica para Pais de Crianças Índigo/Cristal

Na interacção e no cuidar da sua criança Índigo/Cristal precisam de ter em mente que a sua criança é muito diferente de vocês. O que funcionou com vocês em crianças não irá funcionar para elas.

As principais áreas a que terão de se ajustar são:

1º.   A criança Índigo/Cristal é um ser com Orientação Cerebral Direita.

2º.   A criança Índigo/Cristal é Super Sensível ao stress ambiental.

3º.   A criança Índigo/Cristal é sensível à comida e irá desenvolver frequentemente Alergias Alimentares.

O que é que isto significa para vocês?

1. ORIENTAÇÃO CEREBRAL DIREITA

As crianças Índigo e Cristal operam primariamente a partir do Cérebro Direito. Isto significa que são criativos, imaginativos e emocionalmente inteligentes. Contudo, a nossa cultura é primariamente orientada pelo cérebro esquerdo, o que significa que é linear, racional e lógica.

As dificuldades surgem quando a criança entra para o sistema escolar e precisa de adaptar-se ao seu modo de funcionamento. Um “cérebro à direita” aprende muito depressa e muitas vezes dá pulos intuitivos que demonstram uma inteligência estonteante. Mas o sistema escolar é conduzido por um funcionamento cerebral esquerdo o qual é repetitivo, rotineiro, organizado e linear/cumulativo. Esta abordagem “mais lenta” significa que a criança começa a sentir-se aborrecida muito depressa e perde o interesse. Geralmente depois começa a procurar outros meios para estimular o seu interesse. Isto leva a que muitas Crianças Índigo sejam etiquetadas como tendo Transtorno de Défit de Atenção (TDA) ou/e Hiperatividade (TDAH) e são muitas vezes medicadas com Ritalina, quando de facto não existe nada de errado com elas a não ser aborrecimento.

Por causa da sua inteligência intuitiva, elas também podem muitas vezes ir passando os vários anos do sistema escolar sem que se apercebam que não conseguem ler ou escrever “correctamente”. Isto leva a que muitas vezes a criança seja etiquetada como disléxica, outro estigma.

Isto causa danos porque a Criança Índigo tem um sentido forte de ser “perfeita”, e está aqui numa “missão”. Se lhe é dito que é disfuncional ou que “há alguma coisa de errado com ela”, vai ficar traumatizada e, ou procurar a cura, ou disfarçar essa mágoa. Isto pode levar, nos anos da adolescência, ao abuso de drogas ou a distúrbios alimentares, como meios de cura ou de esconder o trauma.

É vital e importante que a Criança Índigo ou Cristal seja reconhecida como diferente mas não disfuncional. Se a diferença for honrada e manejada, a criança irá crescer de um modo equilibrado, mas se não, irá levar à disfunção e a problemas.

2. SENSIBILIDADE AO STRESS AMBIENTAL

A sua criança é também muito mais sensível do que o que vocês foram ou são. É a audição, a visão, e os sentidos que são muito mais desenvolvidos que os seus. Isto faz parte da mudança evolucionária, à medida que os humanos se tornam mais abertos e sensíveis.

O que isto significa é que a sua criança vai ficar stressada e perturbada por sons altos, por multidões, música aos berros e pela televisão. A sua resposta pode tanto ser fechar-se e deprimir-se, como permitir os estímulos e tornar-se hiperactiva e destrutiva.

Sendo assim, a Criança Índigo/Cristal, necessita de um ambiente em casa tranquilo e calmo, com o mínimo de brinquedos, jogos electrónicos, e engenhocas, e certamente não usar a televisão como babysitter. Existe uma correlação quase directa entre a quantidade e tipo de TV que é absorvida e o comportamento da criança.

O stress ambiental também inclui a relação entre os pais. Se existir abertura ou agressão não expressa, verbal ou não verbal, no lar, a criança irá apanhá-la e desenvolverá mecanismos disfuncionais ou defensivos. Não conseguem esconder nada de uma Criança Índigo/Cristal, ela “lê” o seu campo de energia e percebe exactamente aquilo que pensam e sentem mesmo que permaneça não dito.

ALERGIAS ALIMENTARES

O Corpo físico de uma Criança Índigo/Cristal também é muito sensível. Muitas vezes elas não conseguem tolerar comida processada e os seus aditivos. E também reagem mal ao açúcar e a cafeína.

Isto significa que os doces, as bebidas artificialmente coloridas tortas, hamburguers, e chocolates, irão criar um comportamento hiperactivo e disfuncional na criança. Dar um chocolate, ou uma Coca-Cola, a uma Criança Índigo/Cristal é, literalmente, o equivalente a dar-lhe uma droga. O seu sistema vai reagir tornando-se sobreactivo - produzindo um maior comportamento hiperactivo seguido por uma queda, quando os efeitos esgotarem-se, e a criança for abaixo e sofrer de uma retirada dos sintomas do açúcar e da cafeína.

Isto pode também, significar que um dieta “normal” não será tolerada por muitos Índigos. A galinha e a carne estão cheias de hormonios, antibióticos, e químicos, e a maior parte da comida embalada e processada, que se compra nos supermercados, também contêm químicos que podem não ser tolerados. Somando a isto, a criança pode ser intolerante ao trigo e a lacticínios, produzindo sintomas como eczemas, problemas digestivos, sinusite e desordens relacionadas com a garganta, ouvidos e nariz.

Linhas de Orientação para Lidar com estes Problemas

EDUCAÇÃO

A sua Criança Índigo/Cristal irá reagir bem a um sistema educacional que equilibre o cérebro direito e esquerdo e que inclua criatividade na forma de música, arte, dança, e teatro.

Provavelmente o melhor sistema para estas crianças é o Sistema Waldorf que maximiza inicialmente o elemento cerebral direito enquanto desenvolve o esquerdo como suporte. Foca também a integração da criança no seu corpo, uma vez que muitas crianças Índigo lidam com os seus traumas ao se tornar “aluada” ou escapando dos seus corpos.

Se a sua criança fizer um teste para identificar TDA ou TDAH, seja cauteloso em medicá-la com Ritalina, que é um medicamento (com efeitos secundários e sintomas de isolamento) usado para ajudar os pais e professores a lidarem em vez de simplesmente a assistirem. Existem alternativas dietéticas e homeopáticas menos prejudiciais e mais efectivas.

STRESS AMBIENTAL

Nos primeiros anos de vida da criança tentar minimizar os barulho e o stress. Isto significa diminuir as actividades “violentas”, os jogos electrónicos, e a televisão.

Incentivar a brincadeira, a imaginação, livros e leitura destes, colorir desenhos, e histórias.

Basicamente, criar, o mais possível, um ambiente calmo e tranquilo.

COMIDA

Esta é a mais difícil de monitorizar, já que o consumo conveniente e a pressão dos colegas significam que a criança vai ser exposta à sedução da “comida de plástico”.

Tentem focarem-se em alternativas naturais, orgânicas e saudáveis.

Se a criança sofrer de mudanças de humor ou alergias pode haver a necessidade de identificarem o problema alimentar e criar um plano mais equilibrado nutricionalmente.

LINK: http://www.starchildglobal.com/portuguesa/

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Com muita Energia...
Publicado por Viktor às 15:16
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Janeiro de 2009

Um papel Importante...

Actualmente o planeta está a passar por tempos conturbados, que geram inúmeras dúvidas nas pessoas. A minha experiência de vida diz-me que nada acontece por acaso, acontece quando tem que ser. O que está a acontecer a uma escala global vai levar a mudanças de comportamentos e mentais, e é neste campo que vão entrar em cena as crianças Índigo e Cristal. Viver em sobressalto sem certezas laborais e sociais, multiplica os casos de mau estar, ansiedade, depressão, stress, problemas musculares, ortopédicos e psicológicos ou até mesmo tumores podem surgir com mais frequência, pois o equilíbrio do Ser como um todo está desarmonizado. Já anteriormente aqui disse que, qualquer tipo de problema físico que apareça, antes que seja detectado, o mesmo ultrapassa a parte espiritual, depois a mental, depois a emocional e repercute-se aí (campos áureos). Neste campo o Reiki pode desempenhar um importante papel na sociedade, promovendo a saúde e o bem-estar (nos níveis físico, emocional, mental e espiritual) às pessoas das mais variadas idades, harmonizando os seus campos energéticos para o equilíbrio do Ser. O Reiki tem uma multiplicidade de aplicações, podendo ser aplicado nos hospitais, lares, clínicas, pediatrias e ipss proporcionando uma melhor qualidade de vida aos utentes. É com alguma pena que verifico que o Reiki ainda não se encontra muito divulgado e assim sendo, há ainda um longo caminho e um árduo trabalho a fazer, por forma a que seja difundido nos quatro cantos do país, bem como para que seja devidamente reconhecido pelas entidades governamentais. Quando aplico Reiki a quem me procura, a minha maior felicidade não é o valor que despendem mas a felicidade e bem-estar que lhe posso proporcionar, porque o bem-estar do paciente é a minha felicidade.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:39
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

MENSAGEM INÉDITA DE JESUS SOBRE OS ÍNDIGO

Almas Índigo

Os índigo são especiais. Eles sabem que são especiais e querem ser amados como tal.
São crianças que não esperam a hora de ver o mundo em paz.
Não é uma utopia, não penses.
Eles trazem uma lembrança futura, onde o mundo subirá de vibração, e as palavras de ordem serão compreensão, aceitação e amor incondicional.
Amor por tudo. Pela terra, pelas árvores, pelos animais, ter amor pelo chão que se pisa.
Ter respeito pelos seres que coabitam esta imensidão de espaço.
Este é o sonho dos índigo. Esse é o seu sonho e a sua missão.

Os índigo são treinados lá em cima. Mostramos-lhes o futuro e tudo o que têm que fazer na terra para o alcançar.
Por isso é que uma vez eu te disse "As crianças não é preciso educá-las. Só é preciso amá-las. Elas já vêm educadas".
Elas realmente já vêm treinadas. Sabem onde vocês têm de chegar e preparam-vos para isso.Têm a lembrança futura do que a terra vai ser e preparam-se para conquistá-la. Têm um propósito. Por isso é que se acham diferentes. Sentem que não fazem parte deste mundo, e por um lado é verdade. Eles fazem parte de um outro mundo. O do Futuro. Não suportam autoridade porque não querem confusão. As suas mentes estão programadas para o que têm que fazer.

Têm os comandos todos na cabeça.
Têm um novo mundo na cabeça.
Quando um pai, uma mãe ou uma professora dá uma ordem sem a explicar, esse comando torna-se extremamente agressivo ao índigo. Ele quer saber o porquê da ordem e verificar se confere com o que está na sua lembrança futura.
Por isso é tão importante a negociação.
Para que essa criança aceite o que os adultos propõem sem pôr em causa o mundo que veio edificar. Ela sabe que não pode construir o seu novo mundo hoje, mas também sabe que não pode perpetuar o velho.
As máquinas e os homens são a sua grande paixão. As máquinas porque terão de utilizá-las para o avanço pretendido.
Os homens, porque em cada gota de sangue de um índigo corre a humanidade inteira. Ele é capaz de sentir as dores do mundo, e quer, sem dúvida curá-las.
Assim como as dores da terra, dos animais.
Ele vem à terra com uma missão. Consertar o que está errado. Quem são vocês para impedir?
Os índigos são os meus representantes na terra.
O problema é a memória que eles trazem das outras vidas.
A partir do momento em que essa memória seja retirada eles estarão livres.
Para cumprir a missão que eu lhes destinei.
Eles só nascem de pessoas que tenham capacidade de os orientar, compreender e amar.
As pessoas podem não perceber ainda, mas poderão sempre escolher evoluir, escolher mudar.
Eu envio os índigo para famílias que têm potencial espiritual, mas que nem sempre escolheram desenvolver esse potencial. Como a vossa terra necessita de seres altamente espiritualizados para superar a frequência energética da terra no seu todo, escolhemos esses pais e enviamos um índigo, para que tenham compulsivamente que evoluir.

- E os que escolhem não evoluir?

Estarão a maltratar estas almas índigo, estarão a interferir na missão desse ser, entupindo-o com a sua densidade.
Em vez de todos se elevarem, o índigo é obrigado a retroceder. Terá doenças, depressões e hiperactividade, fruto da alteração energética a que é sujeito.
Estamos a enviar forças para modificar o sistema energético de terra e vocês estão a bloquear essas forças. A escolha é vossa. Essa tem sido a escolha colectiva da humanidade.
Enquanto não compreenderem que essas crianças (e também adultos, pois já existem adultos índigo na terra. Tu és um deles) têm uma tarefa específica, e são tão destemidas que irão morrer a tentar executá-l. Enquanto não perceberem que podem perder os vossos filhos ou tê-los doentes por várias temporadas pelo simples motivo que se recusam a deixá-los ensinar-vos a nova lei, a energia do triângulo, enquanto esta re-harmonização não acontecer, a tristeza reinará nos vossos campos.

- Como é feita essa harmonização?

Tem a ver com o amor incondicional.
Os índigo, por trazerem o terceiro vértice de energia do triângulo, que é a conexão absoluta com o céu, numa primeira fase não conseguem assentar completamente na matéria.
Essa energia densa que se vive aí em baixo é muito pesada para eles e eles ressentem-se muito com isso.
Apanham entidades, incorporam as suas próprias encarnações, fruto de extrema conexão e presença de memória das vidas passadas no seu complexo vibracional.
Com muito amor, esses pais iriam ensinar estes miúdos a viver cá em baixo, seguindo regras que as suas mentes espirituais pudessem aprender, onde estariam invariavelmente presentes os conceitos da justiça, humanidade, humildade, ecologia e afecto.
Estes conceitos terão de estar presentes na vida destes índigo, de contrário há ameaça de eles se revoltarem, pois não conseguem compreender conceitos densos tais como hipocrisia, falsidade e violência.
Estas crianças, ao serem respeitadas nas suas frequências energéticas, irão ensinar todo um mundo novo, onde as outras dimensões estão presentes e são interligadas com a maior das naturalidades.
Este é nosso plano. Uma vez, eu disse-te que quem morria já não poderia nascer no mesmo nível de densidade.
Seria treinado, teria estágios evolutivos avançados, treinamento acerca da sua nova missão. E, quando estivesse preparado, com um nível energético apropriado para mudar a frequência da terra, nessa altura iria passar o novo filtro da consciência e ter autorização para encarnar.
Pois bem. Estes são os meninos índigo.
Treinados. Evoluídos. Preparados.
Prontos para o confronto. Prontos para serem mártires, se necessário, mas nunca desistindo da sua nova missão.
Fazer-vos ver a luz.

                                                                                                                                                                                  Jesus

Publicado por Viktor às 01:19
Link | Comentar | ver comentários (3) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. A transição de Índigo par...

. O que é uma criança Índig...

. BORISKA, O Garoto Índigo

. Informação Básica para Pa...

. Um papel Importante...

. MENSAGEM INÉDITA DE JESUS...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007