.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quarta-feira, 24 de Setembro de 2014

Reflexão: Depressão, uma praga social…

Caríssimos,

     A vida é um desafio constante, na qual todos os seres humanos aspiram ou tentam ser algo ou alguma coisa, uma “luta” incessante que cada um de nós mantém, desde o momento da nossa chegada (nascimento). Essa “luta” constante do Ser humano decorre em dois cenários (planos), externo e interno de cada um de nós.

     No plano externo estamos sempre expostos àquilo que nos rodeia, ao meio ambiente e às pessoas com as quais temos de interagir. No plano interno é onde se dá a questão mais complexa, pois é neste plano que o Ser humano tem de se encontrar consigo mesmo, no qual tem a difícil e árdua tarefa de encontrar o equilíbrio entre os planos físico, emocional, mental e espiritual. Esta é a mais difícil de todas as tarefas do Ser humano, a qual exige de cada um de nós uma vigilância constante sobre nós mesmos, em prol do nosso bem-estar.

     Antes de começar esta partilha achei que a explicação anterior fosse necessária para um melhor entendimento da reflexão. Em meu entendimento Depressão define-se assim: “É a não-aceitação do Passado, incerteza no Futuro, que provoca instabilidade no Presente”. (faça uma pausa na leitura e pense na definição que acabou de ler)

     A não-aceitação do Passado em inúmeros casos está intimamente ligada à nossa mente, pois o não entendimento de acontecimentos passados resulta em muitos casos na não-aceitação. Essa não-aceitação vai “prender” a pessoa no “tempo” o que lhe provoca mal-estar no presente, compreendeu? Para melhor compreensão vou-lhe dar um exemplo: Uma determinada pessoa há 5 anos atrás perdeu um parente muito chegado ou terminou um relacionamento (sem que tal tenha sido de sua vontade), incapaz de ultrapassar essa “perda”, a pessoa fica como que “presa” na linha do tempo (na data do acontecimento). Por esse facto torna-se complicado hoje (2014) essa pessoa sentir-se bem, pois a sua mente ficou presa ao acontecimento passado (2009). Como tal e por mais que lhe possa custar, o que lhe vou dizer é apenas e só para seu bem, aceite plenamente o que aconteceu e liberte-se desse acontecimento, causa de muitos dos seus problemas de saúde atuais, e verá como a vida lhe irá sorrir novamente.

     A incerteza no futuro é algo que está ligado directamente à nossa mente, e associado às expectativas, ansiedade, incertezas, medos e receios. Todas estas coisas derivam do facto de atribuirmos demasiada importância a alguns acontecimentos mas principalmente a algumas pessoas. Dar demasiada importância a quem não deveríamos é um erro que quase todos os seres humanos cometem, pois é prejudicial para a nossa estabilidade e equilíbrio. Este é um dos aspectos ao qual você deve dedicar algum tempo e pensar, correcto? Um dia que esteja em sua casa sozinho, pense um pouco na importância que está a atribuir a algumas pessoas, começando por colocar a si mesmo as seguintes perguntas: “Que falta faz esta pessoa na minha vida?”; “Esta pessoa faz parte da minha vida?”; “Qual o contributo desta pessoa para a minha felicidade?”. Outra recomendação que lhe dou é não criar expectativas sobre pessoas e acontecimentos, pois em 99% dos casos nunca acontece o que nós pensamos, relaxe e aceite aquilo que tiver de ser, pois assim evitará dissabores para si mesmo.

     Claro é que, com todas as situações referidas nos 2 parágrafos anteriores, a nossa situação resulta numa instabilidade no presente. Presentemente como é que um Ser humano consegue estar de corpo e alma numa relação, se a alma (mente) ficou presa no passado? Presentemente como consegue ser feliz quando você é a pessoa que mais mal pensa de si mesmo? Presentemente como quer que lhe aconteçam coisas boas quando na sua cabeça predominam os pensamentos ruins? Para encontrar o seu equilíbrio lembre-se que o passado é história, o futuro é um mistério e o presente é uma dádiva que para a podermos viver na plenitude temos de nos libertar do passado e parar de ter preocupações excessivas com o futuro. Seja mentalmente flexível, perdoe o mal que lhe fizeram (sentimentos negativos destroem o nosso interior) e comece hoje a dar a si mesmo o amor e carinho que dá aos outros porque VOCÊ É A PESSOA MAIS IMPORTANTE DA SUA VIDA.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
Sábado, 7 de Junho de 2014

Reflexão: Ajuda espiritual…

 

Caríssimos,

     O universo é composto por inúmeras coisas, mas constitui-se essencialmente por energia. A energia é o que está presente em todo e qualquer lugar, nos espaços, objectos e seres. Se a visão do Ser humano tivesse capacidade de ver a energia, tinha-mos literalmente a sensação de viver como um peixe (rodeado por água), com a diferença que estávamos rodeados de energia. Assim sendo toda a humanidade compreendia que estamos todos inter-ligados uns aos outros, através de uma rede energética, como se toda a humanidade vivesse sob um manto energético invisível.

     Este é um pequeno e simples exemplo em como o mundo dos vivos (almas) e dos mortos (espíritos) “coabitam” no mesmo espaço, mas vibram em densidades diferentes. Todos os seres humanos têm alma, o que lhes confere capacidade de comunicar com os espíritos, pois alma e espírito são a mesma coisa, apenas estão em estados diferentes. Passo a explicar melhor, chama-se “alma” a todo e qualquer “espírito” que esteja ligado a um corpo físico (matéria) enquanto de definir como ser vivo e que, após a morte do corpo e da sua libertação desse invólucro carnal (corpo), entra directamente no mundo espiritual (manto energético).

     Se você é uma daquelas pessoas que acha que a vida na dimensão humana é complicada, imagine quem vive nas duas dimensões, humana e espiritual.

     Peço desculpa, mas para um melhor entendimento do que se segue achei por bem este pequeno esclarecimento inicial. Muitos dos problemas e/ou doenças que os seres humanos têm podem estar ligados ao mundo espiritual, por influência desses. A evolução dos seres humanos faz com que as suas crenças se alterem e, em muitos casos só depois de recorrerem a uma data de locais para lhes resolver o problema (sem sucesso) é que recorrem à ajuda espiritual. Por vezes quando recorrem a essa ajuda as pessoas chegam num estado “lastimável”, cheias de dúvidas e por vezes com pouca fé e uma notória descrença, como se diz na gíria popular: “estão pior que o chapéu de um pobre”.

     Para todos aqueles que procurarem ajuda espiritual, vou-lhes dar umas dicas para a sua escolha: 1º Informe-se acerca das opções que pode ter perto de si; 2º Analise se o que lhe dizem encaixa na sua consciência; 3º Quem trabalha na espiritualidade aceita apenas donativos; 4º Verifique se tem empatia com a pessoa; Entre outros cuidados que ache por bem ter para não cair no conto do vigário.

     Ao dispor da humanidade, hoje e sempre em prol do seu Eu superior.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 23 de Abril de 2014

Reflexão: Quem sou?

Caríssimos,

     Cada ser humano tem as suas vocações, sonhos, convicções, crenças e ambições (na sua infância) e esperam um dia ser médicos, bombeiros, policias, estilistas, professores, engenheiros, jogadores de futebol, enfim, um sem número de coisas que passam na mente das crianças e dos adolescentes. Mas a escolha do que vão ser é condicionada pela vocação que temos, pela família e até mesmo pelos amigos que nos rodeiam. Muitas vezes quando uma pessoa escolhe o que quer ser, mais propriamente a profissão que pretende desempenhar no futuro, condiciona a sua escolha também às perspectivas de mercado (se vai ter trabalho ou não) pensando no seu futuro a longo prazo. Esta foi apenas uma pequena introdução à reflexão que pretendo fazer e que vai começar no parágrafo seguinte.

     Por vezes perguntam-me: Quem és?

       Resposta: Sou aquilo que sou.

     Pergunta: Mas tu trabalhas certo, então és o quê?

       Resposta: Sim trabalho, nesse campo sou… mas continuo a dizer que sou o que sou.

     Pergunta: Mas não respondeu totalmente à minha questão.

       Resposta: Respondi sim. Disse-te o que sou profissionalmente e qual o meu trabalho. Certamente já ouviu falar sobre Jesus Cristo e sobre as palavras por ele ditas, as acções que ele praticava e o exemplo que deixou para a humanidade. Ele mesmo foi amado por uns e odiado por outros, por isso mesmo eu lhe respondo que sou aquilo que sou, nada mais.

     Sou apenas um simples ser humano que, a determinada altura da sua vida, decidiu escolher seguir um determinado caminho, ajudando-me a mim mesmo para poder ajudar aqueles que me procuram com esse propósito. Jamais em tempo algum me achei ser mais que os outros seja naquilo que for, pois cada um é como cada qual e eu sou apenas e só eu, nada mais. Escolhi partilhar com a humanidade (meu semelhante) experiencia e conhecimento que fui adquirindo ao longo dos tempos, uns mais e outros menos conturbados, pelos quais tive de passar para hoje ser aquilo que sou. Senti solidão, rejeição social, desprezo, fome, desgosto, um vazio que se alojou em mim, mas nunca perdi o amor-próprio e a fé, acreditando que ia chegar o dia em que conseguia ultrapassar todas essas barreiras. Foi um caminho moroso, árduo, difícil e doloroso, o qual tive de percorrer sozinho a maior parte das vezes, sem o apoio de ninguém com formação em psicologia ou até mesmo no campo da espiritualidade. Neste caminho nunca me faltou o amor de família, que foi um bom contributo para essa fase da minha caminhada, na qual tive de reaprender conhecimentos, de me encontrar a mim mesmo e de me auto-ajudar, pois exteriormente sentia a crueldade de uma sociedade que não está preparada para este tipo de casos. Encaro tudo isto com tranquilidade, pois sei que tinha de passar por uma experiência de “quase morte” e por todas estas coisas para ser quem hoje sou, um simples ser que tenta ser para o seu semelhante aquilo que nunca foram para ele durante tão conturbado período.

     Por agora vou terminar esta reflexão, desejando-lhes tudo de bom e nunca deixem de ter amor e de acreditar em vocês, porque se eu consegui tu também consegues, sê feliz.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:00
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Novembro de 2013

Sessão de Reiki... Vídeo

Publicado por Viktor às 09:35
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Dúvidas Frequentes

Ao fazer a Iniciação ao Reiki, o que irei “ganhar” com isso?

R: Bem, fazer um curso de Reiki ou Karuna não é como um qualquer curso que se pode fazer num iefp ou escola pública. As terapias incidem na totalidade e integridade do nosso Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Assim, uma formação destas provoca alterações profundas no Ser, fazendo da mesma um marco na vida de todos aqueles que abraçam a causa, tornando-os pessoas melhores, mais humanas, humildes, calmas e afectuosas irradiando assim o seu Amor Incondicional para com o seu semelhante. Mas para que tal aconteça deverá o formando compreender, entender, interiorizar e depois passar a exteriorizar os verdadeiros ensinamentos morais desta prática.

Quando aplicam Reiki normalmente pedem ajuda ou auxílio divino para o vosso trabalho, isto significa que esta terapia está associada a alguma religião?

R: O Reiki não está associado a nenhuma crença, dogma ou ideologia religiosa, pois há praticantes desta terapêutica que são hindus (religião mais antiga do mundo, com cerca de 4500 anos), budistas, Judeus, Católicos e ortodoxos. Assim pode-se constatar que nada existe no Reiki que o ligue a esta ou aquela religião, o que faz desta uma prática universal (não condicionada).

Porque é que se fizer uma pesquisa encontro para o curso de iniciação os mais variados preços?

R: Sim, não existe uma tabela nacional que determine limites de valores, o que faz com que cada Mestre atribua às suas formações o valor que entender, determinado pelos seus próprios critérios. Mas independentemente do valor pedido pela formação, há um aspecto que eu considero fundamental que é a empatia energética.

Empatia energética, o que é isso?

R: Ora, deixa lá ver como te vou explicar isso! Nunca estives-te a falar com alguém que, depois de terminada a conversa te sintas extremamente cansado? Nesse caso não existiu empatia energética. Quando estás com uma pessoa durante 15 minutos ou algum tempo e te sentes bem, gostas de estar e sentes uma vibração agradável que por vezes te dá a sensação de que conheces aquela pessoa há séculos (gíria popular), aí sim, constatamos que existe de facto uma verdadeira e real empatia energética que deve ser tida em linha de conta aquando da escolha daquele que eventualmente irá ser o seu Mestre de Reiki.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:29
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

O Reiki nas Grávidas...

A Gravidez de uma mulher é um fenómeno único, pois na mesma mulher cada gravidez é única.

O Reiki possibilita às grávidas os seguintes efeitos:

     1º- Relaxamento da mulher e do feto;

     2º- Proporciona um melhor desenvolvimento do feto;

     3º- Proporciona o relaxamento de ambos;

     4º- Activa o sistema imunitário na sua totalidade;

     5º- Elimina bloqueios provocados no dia-a-dia;

     6º- No dia do parto proporciona o um melhor alargamento do osso da bacia;

     7º- Coloca o feto na postura de saída mais correcta.

Estes são alguns dos efeitos provocados nas grávidas que, no seu processo de gestação do feto, recorrem ao Reiki como uma terapia alternativa aos métodos convencionais.

É claro que além destes efeitos, a grávida também usufrui de todos os outros benefícios que uma sessão normal de Reiki proporciona.

Publicado por Viktor às 13:59
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

REIKI vs GRAVIDAS

A gravidez é uma coisa maravilhosa, pois um ser humano gera dentro do seu ventre outro ser humano, mas tem os seus quês.
A mesma mulher se engravidar três vezes irá ter três gravidezes diferentes. A gravidez é um fenómeno que se reproduz das mais variadas formas, mesmo na mesma pessoa.
O REIKI tem neste caso um papel fundamental, pois além da sua função terapêutica é também um relaxante. A receptora (mulher) de energia Reiki irá sentir o seguinte:
            - Relaxamento profundo;
            - Bem-estar geral (mulher e criança);
            - Maior fluidez circulatória;
            - Desintoxicação do organismo;
            - Relaxamento espiritual;
            - Eliminação de bloqueios;
            - Aumento da frequência vibratória;
            - Complementa os tratamentos médicos;
            - Remove estados de stress e ansiedade.
Em Portugal já existem hospitais onde os doentes recebem REIKI por parte de profissionais de saúde (enfermeiros e médicos) como já tinha aqui relatado aqui no blog, bem como noutros locais da Internet.
Mais informo que estou disponível para tirar quaisquer dúvidas que tenham, bem como para responder com brevidade aos vossos comentários.
Saudações Reikianas - NAMASTÉ
Publicado por Viktor às 11:04
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 14 de Agosto de 2007

Benefícios do Reiki

Dor crónica: Aliviar dores de artrite, reumatismo, artrose, coluna e dores lombares, menstruais, enxaqueca e de cabeça etc.
Óseo-Muscular: Acelera o processo de cura e solda de lesões ósseas. Reduz a inflamação em deslocamentos, curar músculos rasgados, torcicolos, etc.
Infecções: Ajuda o organismo a aumentar a capacidade de lutar contra doenças e viroses, enquanto reforçando o sistema imunitário das células (há melhorias documentadas em pessoas seropositivas, por exemplo). Otite, gastroenterite, infecções da pele etc.
Cancro: Foi usado com sucesso em combinação com a quimioterapia, ajudando o organismo a manter a força física necessária para os tratamentos. Chega a fazer desaparecer pequenos sintomas de cancro na pele.
Depressão, agressividade e outros tipos de doenças mentais: O Reiki é bom para equilibrar energicamente e espiritualmente as pessoas. Para as doenças mentais, é recomendado, pois chegam a desaparecer quando a pessoa consegue equilibrar o seu estado Físico com o Espiritual, alcançando a felicidade.
Em resumo, o último ponto conta tudo. Reiki, mais do que tratar doenças específicas, auxilia outras medicinas e completa o equilíbrio através da Energia Universal. Deste modo, o Reiki é cada vez mais procurado por pessoas de todas as classes sociais.
Publicado por Viktor às 11:52
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Depressão, uma ...

. Reflexão: Ajuda espiritua...

. Reflexão: Quem sou?

. Sessão de Reiki... Vídeo

. Dúvidas Frequentes

. O Reiki nas Grávidas...

. REIKI vs GRAVIDAS

. Benefícios do Reiki

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007