Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

O Amor

Muitos de nós temos uma visão estreita do amor. Ao passar os anos seguintes, após a minha iniciação ao Reiki, concentrando-me em dar amor da maneira que pudesse, fosse qual fosse a forma de o fazer, o modo por que ele fosse necessário, encontrei muitas formas de amor e todas diziam: “Interesso-me pelo seu bem-estar de todas as formas que posso”; “reverencio a sua alma e respeito a sua luz”; “apoio a sua integridade e a sua luz, e confio nelas, como um companheiro de jornada ao longo da estrada da vida.” Você, então, começa a compreender que dar é receber, é dar, é receber.

O mais difícil é aprender o amor-próprio. Se não se impregnar de amor, como é que o pode dar aos outros? O amor-próprio necessita de prática. Todos precisamos dele. O amor-próprio advém do facto de vivermos de maneira a que não nos atraiçoam. Advêm de vivermos segundo a nossa verdade.

Aqui tem alguns exercícios simples que serão um desafio para si.

Descubra a coisa mais fácil de amar, como, por exemplo, uma florzinha, uma árvore, um animal ou uma obra de arte. De seguida, simplesmente, sente-se ao lado dela transmita o seu amor. Depois de o fazer um certo número de vezes, estenda um pouco desse amor para si mesmo. Quem possui um dom precioso como esse amor é, sem dúvida, digno de ser amado.

Outro exercício consiste em se sentar à frente do espelho cerca de dez minutos e amar a pessoa que ali observa. Não a critique. Todos somos bons quando olhamos para o espelho e descobrimos as falhas possíveis da imagem que nos observa. Isso não é permitido; neste exercício só se admitem cumprimentos positivos. Se pretender um verdadeiro desafio, sempre que se critica, recomece tudo novamente. Verifique se lhe é possível contemplar-se com amor sem fazer uma única crítica.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:07
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Numa sessão de Reiki vou usufruir de?

Vai usufruir benefícios a quatro níveis, tais como:

FÍSICO: No corpo, dores e bloqueios energéticos;

EMOCIONAL: Através dos sentimentos;

MENTAL: O que a pessoa pensa, permitindo um melhor controlo mental;

ESPIRÍTUAL: A capacidade de se amar e amar os outros e observar o mundo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:15
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

O Amor

Muitos de nós temos uma visão estreita do amor. Passados oito anos concentrando-me em dar amor da maneira que pudesse, fosse qual fosse o modo de o fazer, o modo por que ele se fizesse necessário, encontrei muitas formas de amor e todas diziam: “Interesso-me pelo seu bem-estar de todas as formas que posso”; “respeito a sua alma e respeito a sua luz”; “apoio a sua integridade e a sua luz, e confio nelas, como um companheiro de jornada ao longo da estrada da vida.” Você, então, começa a compreender que dar é receber, é dar, é receber.

O mais difícil é aprender o amor-próprio. Se você não se impregnar de amor, como o dará aos outros? O amor-próprio exige prática. Todos precisamos dele. O amor-próprio advém do facto de vivermos de maneira que não nos atraiçoam. Advêm de vivermos segundo a nossa verdade.

O amor-próprio necessita de ser praticado. Aqui estão alguns exercícios simples que serão um desafio para você.

Descubra a coisa mais fácil de você amar, como, por exemplo, uma flor, uma árvore, um animal ou uma obra de arte. De seguida, simplesmente, sente-se ao lado dela e dê-lhe o seu amor. Depois de o fazer um certo número de vezes, comece por estender um pouco desse amor a si mesmo. Quem possui um dom precioso como esse amor é, sem dúvida, digno de ser amado.

Outro exercício consiste em você se sentar à frente do espelho cerca de dez minutos e amar a pessoa que vê ali. Não se meta a criticá-la. Todos somos óptimos em olhar para o espelho e descobrir umas falhazinhas possíveis da imagem que olha para nós. Isso aqui não é permitido; neste exercício só se admitem cumprimentos positivos. Se você quiser um verdadeiro desafio, todas as vezes que se critica, recomece tudo. Verifique se lhe é possível contemplar-se com amor sem fazer uma única crítica.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:56
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. O Amor

. Numa sessão de Reiki vou ...

. O Amor

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007