Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

«Reiki & Terapias Orientais»

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

Aqui divulgo Terapias energeticas e/ou holísticas, evolução do Ser e crescimento pessoal. Autor do livro "Partilhas de um Ser" «Mestre de Reiki e Karuna». Tratamentos, Cursos e Workshop's

«Reiki & Terapias Orientais»

04
Ago10

Mensagem para o Semelhante...

Viktor

Trago-vos a bênção do Espírito Santo, que flui através de vossa Divina Presença EU SOU e percorre o incansável vaivém do caudal energético, vivificando todo o vosso ser, desde o corpo mais denso (físico) aos corpos mais subtis.

Sua substância enriquece a consciência dos homens, como também facilita toda evolução que, actualmente, se desenvolve dentro, sobre e em volta da Terra.

Apresento-vos um estudo interessante: a energia dirigida. A energia (VIDA) é, especificamente, actividade do Sétimo Raio. Ela é atraída e qualificada, há milénios, por Seres que vivem nas esferas da perfeição, que já alcançaram a sua maestria divina.

Essa energia é oriunda de Suas auras e de Sua atmosfera pessoal. Para possibilitar a descida da energia impregnada da cura, com a bênção da iluminação, da paz e abundância de todas as coisas boas que significam harmonia, bem-estar, compreensão, amor, beleza, ternura, prosperidade, alegria, saúde, felicidade, etc., é necessário formar canais conscientes e FOCOS DE LUZ, através dos quais essa energia seja primeiramente magnetizada e depois irradiada.

Quando a actividade de uma chama é acelerada na atmosfera, produz calor, mas se é retardada, surge o frio. Assim, a energia que recebeu a qualificação de PAZ ou de BEM se eleva através da consciência harmónica ao seu próprio nível, enquanto a energia qualificada com desarmonia permanece à volta do indivíduo, sob a forma de mal-estar, angústia, aflição e penúria, aumentando as trevas daquelas almas que anseiam por liberdade.

Para atrair uma energia de vibrações aceleradas e fazê-la descer ao nível dos homens e dos seres do reino elemental, é necessário cumprir a lei natural da ascensão.

Como fazê-lo? Isto somente pode acontecer com a participação de Seres intermediários que, em absoluto, não necessitam ser ascensionados. Esses Seres oferecem-se para descer à vibração baixa, onde grassa a miséria. Através dos seus conhecimentos, da sua sabedoria e do auxílio recebido de outros Seres que vivem em planos superiores e perfeitos, os primeiros têm acesso às dádivas, forças e irradiações necessárias para afastar as limitações dos homens.

Tais auxiliares se prontificam, por meio da sua própria consciência, a magnetizar as radiações cósmicas (que naturalmente são neutras); ato contínuo, irradiam essa bênção cósmica sobre os seus semelhantes. Eu lhes quero muito bem, pois eles formam o fundamento do Raio do Cerimonial, no actual esquema de evolução. Ao Raio do Cerimonial poderia dar-se o nome de Raio da Transmutação, purificação ou sublimação (alquimia); esse é o verdadeiro sentido do Sétimo Raio ao qual Me dedico.

Para que um centro vivo de magnetização das forças espirituais possam manter-se na atmosfera da Terra, é necessário Ter a aprovação de alguns Seres inteligentes que concordem em ser o canal (ou conduto protector) e centro de irradiação por onde escoe uma virtude muito especial.

Sabeis que determinados produtos químicos, assim que expostos ao ar, tornam-se cada vez mais fracos e finalmente são absorvidos pela atmosfera; é assim que sua irradiação e eficácia perdem o efeito. Certamente, já observastes como é dissipada pelo vento a fumaça de um charuto. Acontece o mesmo quando a irradiação magnetizada com a essência ou substância espiritual é levada à atmosfera mais baixa.

Se a irradiação não for, constantemente, sustentada e complementada por invocações, apelos, cânticos, afirmações, visualizações e atenção dirigida num Serviço de Adoração ritmado, sua eficácia perder-se-á.

Por este motivo, são convocados grupos de pessoas que queiram dedicar-se a invocações, afirmações, cerimoniais de adoração, campos de forças e FOCOS DE LUZ. Esses grupos não somente se dedicam ao rito como também à manutenção das irradiações dos Mestres Ascensionados. Tais Focos são comparáveis a sóis, devido aos seus raios, e nunca perdem a radiação.

Assim, a energia do discípulo é dedicada a uma virtude, dom ou bênção especial para proveito de todos.

Fostes instruídos: que a experiência resultante de uma energia carregada de harmonia se eleva e constitui a glória do vosso corpo causal, enquanto que a experiência de uma energia mal qualificada se torna um cascão cármico em volta de vossa consciência externa. Isto é um exemplo muito importante da lei natural: o BOM eleva-se e o MAU rebaixa-se (frequência vibratória mais lenta).

O magnânimo Lord GAUTAMA, Senhor do Mundo, MAITREYA, o BUDA DIVINO, o Mestre JESUS e muitos outros Seres de Luz mergulharam, espontaneamente, na essência do Coração Divino e logo em seguida desceram ao mundo da forma para servirem de magnetos às vibrações mais elevadas, a abençoaram a humanidade. Eles rebaixaram, voluntariamente, Sua frequência vibratória a fim de actuarem na esfera mais densa, pois a delicadeza das Suas essências puríssimas impediria a Sua manifestação aqui na Terra.

Na época actual, o Arcanjo EZEQUIEL e Meu humilde Ser assumimos a responsabilidade de instruir os discípulos na consciente arte da invocação. Após o esforço em grupo dos Focos de Luz ou campos de força conseguirem, aos poucos, o seu desenvolvimento e amadurecimento, irá prevalecer a irradiação dos Seres para os quais esse Serviço de Adoração é dedicado, que influenciará a consciência externa do homem.

A exigência da hora requer perseverança em todos os esforços, para que a bênção, que foi invocada por meio da alegre energia vital do discípulo, através de cânticos, afirmações e Serviço de Adoração, seja expressada e sustentada para sempre.

Amor e Bênção

SAINT GERMAIN

Saudações Holísticas

NAMAS

11
Fev10

Mantras

Viktor

É reconhecido por todos que a palavra falada possui um poder relativamente profundo na mente das pessoas, tanto positiva quanto negativamente. Quando algum doente ouve palavras de ânimo, de alento, parece que uma nova força toma conta da sua alma, dando-lhe mais optimismo e segurança num iminente restabelecimento. Quando alguém se deprime por diversos problemas em sua vida, alegra-se ao ouvir um cântico religioso, permitindo-se uma interiorização e contemplação de seu "mundo interior", para uma maior comunhão com Deus, a fonte essencial da cura.

No entanto, o poder da palavra falada, chamada de Mantraterapia (ou Verboterapia), que não se restringe a uma disciplina verbal, no sentido socrático da ideia, ou seja, simplesmente utilizar com precisão e ordem os conceitos intelectuais que se quer transmitir. A Mantraterapia vai mais além, ao defender que por trás da pronúncia de um som se encontra um poder, uma energia, uma força espiritual, capaz de operar magicamente, não só no operador, mas no ambiente à sua volta.

Ao estudarmos algumas passagens de livros religiosos, vemos como o uso dos Mantras sempre foi considerado de seriíssima importância. Encontrando-se num templo de Mistérios egípcio, o sábio grego Sólon perguntou a um dos mestres ali presentes sobre as possíveis causas do afundamento da Atlântida; esse Mestre afirmou com ênfase que não se podia falar inconsequentemente sobre desgraças daquela natureza, principalmente num ambiente carregado de energias de altíssima força espiritual, pois poderia-se atrair as mesmas circunstâncias. Essa resposta foi suficiente para calar o filósofo grego.

Vemos também um caso espantoso, como é o da destruição de Jericó por Josué e seus sacerdotes e guerreiros, os quais rodearam as muralhas dessa cidade durante vários dias e logo após entoaram cânticos, gritaram e tocaram os seus instrumentos, o que fez com que Jericó fosse totalmente destruída pelos fogos subterrâneos. Também vemos o grande Mestre Jesus, o Cristo, realizando múltiplos milagres com a simples pronúncia de umas tantas palavras, muitas delas ininteligíveis aos ouvidos dos não iniciados.

A Bíblia diz-nos claramente, segundo João Batista, que no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus... E o profeta Moisés, na sua Génese, explica que Deus, Elohim, criou todas as coisas com o uso da Sua Palavra. "Faça-se ", e o caos se transformou nas diversas ordens de Cosmos, de acordo com a Música das Esferas, cantada pelos Construtores (Elohim é uma palavra plural, indicando que foram os Deuses que criaram o mundo).

Por isso vemos porque a palavra sempre foi muito bem empregada, sempre foi reconhecida como fundamental para o crescimento e desenvolvimento dos nossos poderes internos, da nossa saúde mental e física, além do nosso nível de Consciência.

Os magos afirmavam que os sons que emitimos obedecem à Lei cósmica do Retorno, ou seja, à lei da Causa e Efeito, ou Karma.

Toda acção gera uma reacção proporcional e em sentido contrário, em três níveis: físico, mental e consciêncial.

As origens de muitos Mantras, nomes sagrados, termos cabalísticos etc., remontam a épocas arcaicas. Muitos ocultistas afirmam que os Mantras não passam de resquícios de uma Língua de Ouro, perdida quase que totalmente na actualidade, somente falada por Deuses e Anjos. Para o profeta Enoch, esses gigantes eram Seres fantásticos que guiaram nossa evolução em épocas imemoriais, entregando-nos os seus alfabetos sagrados e Mantras de ouro.

Alguns desses Mantras permaneceram até os dias de hoje, graças às Escolas de Mistérios que conseguiram resguardar alguma coisa dessa língua mágica falada pelos Ancestrais, na forma de nomes divinos, palavras misteriosas e sem significado aparente:

ADONAI, YAH, YOM, EHEIEH, ISIS, ALLAH, IAO, AOM, KWAN - YIN, INRI etc...

Diz Eliphas Lévi sobre o poder do Verbo: "Toda Magia está numa palavra, e esta palavra, pronunciada cabalisticamente, é mais forte que todos os poderes do céu e do inferno. Com o nome IOD-HE-VAU-HE comandamos a natureza; os reinos são conquistados em nome de ADONAI e as forças ocultas que compõem o nome de HERMES são todas obedientes àquele que sabe pronunciar o nome incomunicável de AGLA. Por isso, os sábios de todos os séculos temeram diante dessa Palavra absoluta e terrível".

Os Mantras foram usados para diversos fins: curativos, mágicos, ritualísticos, espirituais. Para os descrentes, a pronúncia contínua e concentrada de certos Mantras induz a uma auto-sugestão, a um auto-engano. Na verdade, devido ao desconhecimento da Anatomia Oculta do Homem, somente alguns percebem os efeitos das palavras mantralizadas, que vibram inicialmente na nossa Alma, ressoando nos chacras, nos canais energéticos (Meridianos) e sobre os estados de Consciência.

Por isso, essas mesmas pessoas, principalmente hindus e maias, enfatizam a ideia de que o nosso corpo e nossa alma são a resultante de um Alfabeto Cósmico e cada fonema vibra em determinadas regiões do nosso organismo, actuando terapêutica e magicamente sobre o próprio mantralizador. Ou seja, somos um instrumento musical que deve vibrar com as mais deliciosas melodias cósmicas.

Vejamos alguns exemplos práticos:

Mantras - Finalidade

AOM » Cristaliza o que se desejou, é o nosso Ámen.

Conjunto poderoso de Mantras para se atrair

AOM-TAT-SAT - TAM - PAM - PAZ » a força curativa do Sol. São os Mantras do Arcanjo Michael.

Abre a atmosfera astral para a manifestação HAGIOS dos Mestres, possibilitando maior contacto com eles.

ANTIA - DAUNA - SASTASA » Poderoso Mantra de invocação dos Mestres Ascensionados. Deve ser cantado.

OM...HUM... » Melhora nossa meditação e interiorização.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

Links

FÓRUM DO BLOG

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D