.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 4 de Novembro de 2014

Reflexão: A Humanidade

 

193658_194669700573735_100000921206654_516480_7199

Caríssimos,

     Antes de mais desejo-lhe paz nos vossos corações, nesta época em que a humanidade está dividida entre amarguras e alegrias, o que faz com que o trabalho dos servidores da luz se torne ainda mais necessário. O Ser humano deve entender que atrás do que dizem ser a realidade quotidiana, há um propósito maior, que é a transformação de cada um de vós rumo a um novo mundo. Essa transformação só será possível através da transformação interior de cada Ser humano, que habita neste planeta.

     Um dos aspectos que já deveriam ter entendido é que, a sua realidade externa espelha o que está dentro de si, mas parece que este alerta que lhes tenho feito ainda não foram bem assimilados, mas voltarei a repetir as vezes que forem necessárias. Isso acontece porque muitas vezes dão atenção ao que pouco interessa em detrimento de aquilo que realmente interessa. O Ser humano julga através do “ego inferior” que o engana constantemente, sendo esta a visão do que actualmente se passa com a humanidade.

     Seja flexível e abra a sua mente, permitindo que novos conhecimentos possam entrar, pois é importantíssimo para a sua evolução espiritual. Entenda que é bastante importante mudar as suas crenças, emoções, valores, pensamentos, atitudes e sentimentos, o que resulta numa mudança da sua forma de vida enquanto Ser humano. Estas alterações permitem-lhe fazer a transposição do plano material para o plano espiritual. Libertem-se dessa prisão, pois os vossos pensamentos ainda estão amarrados às antigas crenças, impedindo-o de prosseguir na sua caminhada. Enquanto a humanidade viver dividida, onde os sentimentos de ódio, discórdia e falta de respeito mútua coexistir, a humanidade encontra-se “presa” aos velhos paradigmas da Terra, e da vida na dualidade que já se encontra ultrapassada.

     Recordo-os que no planeta, há muitos seres entre vós, que lhes estão a tentar ensinar a encontrar o caminho da paz e do amor, porque dentro da dualidade existem as coisas mais negativas e a inexistência de amor.

     Aquilo que podemos observar na Terra como instrumentos de gestão global, não fazem parte das dimensões superiores que tantos almejam alcançar, pois continuam sob o véu da ilusão. O conflito é algo que desgasta as energias de todos os intervenientes, logo é algo que nesta Nova Era devemos evitar. Longe do que gostariam de ser, espera-lhes um grande trabalho de transformação interior de cada um de vós.

     Entendam que a liberdade do Ser reside no aspecto “Importância”, logo quanto menos importância der às coisas mais densas, mais abertos ficam para a vida espiritual que lhes vai permitir ver o mundo com outros olhos. Para alcançar este objectivo devem exercer a prática do Amor em união uns com os outros e todos no mesmo sentido, fazendo com que o objectivo seja comum a todos, mas isto só se alcança libertando-se do ego inferior e vivendo em humildade, através da energia amorosa do Amor Incondicional.

     Observar apenas o que se passa no mundo físico provoca uma cegueira espiritual. Enquanto os Seres escolhem a religião, eu escolho a luz; enquanto os Seres se focam numa parte, eu observo o todo; Assim consigo, e vocês também, trabalhar na unidade (Uno) e não na dualidade (partes). Tudo tem um Propósito Maior, mesmo que vá para lá da nossa compreensão mental.

     O universo da dualidade cada vez nos consome mais as nossas energias, logo para nossa própria protecção devemos adoptar novas formas de estar e novos métodos de agir, impedindo que aqueles que se “alimentam” das nossas energias nos provoquem medos, receios, angustias, guerras, em suma, mal-estar generalizado. O Ser humano continua à espera de um Salvador, tal como foi acontecendo ao longo da história, mas isso é um enorme erro, pois ninguém o poderá salvar a não ser você mesmo. Esperar sempre que sejam os outros, é tornarem-se dependentes dessas pessoas e dos outros, o que faz com que condicionem o seu próprio livre-arbitrio (por favor não se aprisione). Mantenha sempre a sua auto-estima elevada, porque no dia em que a perder tornar-se-á escravo do planeta, principalmente daqueles que o rodeiam, pois esperam por alguém que os salve, o que certamente não irá acontecer, pois a salvação reside dentro de si.

     Ao longo do tempo tenho-os alertado para diversas situações e para o que realmente se passa, pois parece que teimam em não querer ver aquilo que está mesmo à vista. Não sou mais do que ninguém, sou apenas um Ser (com as suas virtudes e defeitos) que vai partilhando com vocês o seu conhecimento e as suas experiências, para que possa contribuir para um mundo melhor para todos, no qual reine a Paz e o Amor Incondicional com um profundo sentimento de Compaixão. Sejam felizes, sejam Luz, sejam Amor.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 11:33
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Julho de 2013

Believe or not believe...

     A reflexão de hoje tem precisamente a ver com o título, o qual traduzido significa: “Acreditar ou não Acreditar”. Esta é uma questão com a qual o ser humano se debate diariamente, pois na sociedade actual somos “bombardeados” com as mais diversas informações, sobre os mais variados assuntos, mas é sobre o próprio Ser que pretendo falar.

     Quantas vezes acredita mais nos outros do que em si mesmo? Quantas vezes necessitam que os outros confirmem que está bem, para ter a certeza de que o que fez foi bem feito? Que prazer tem ao prejudicar o semelhante para se enaltecer? Porque se preocupa com a vida do seu semelhante quando a sua é suficiente para se manter ocupado? Qual o prazer que dá falar mal dos outros? Estas e muitas outras perguntas podem colocar a vocês mesmos para reflectirem um pouco sobre a vossa atitude (se de facto se enquadra nessas questões). Este tipo de situações deve-se à falta de AUTO-ESTIMA que têm, situação menos positiva, a qual deve ser resolvida com brevidade.

     Todos nós somos seres divinos humanamente mortais e espiritualmente imortais (alma), mas a nossa vinda a este planeta para testarmos as nossas aprendizagens é como se fosse-mos uns hamsters colocados numa caixa de testes laboratoriais, daí a maioria da humanidade esquecer verdadeiramente as suas origens vivendo como se estivesse em transe hipnótico, dentro de determinadas regras e padrões sociais e religiosos. LIBERTEM-SE desse “transe hipnótico” e dessas “amaras” que lhe prendem as asas e voe como um anjo, seja livre, feliz e amor, porque na verdade você é isso mesmo. Adore-se, surpreenda-se e sobretudo ame-se acima de todas as coisas, porque você é um ser maravilhoso, um ser divino cuja essência se encontra tão bem escondida em si, que até a sua mente dúvida da existência da mesma. Aceite-se quem verdadeiramente É. Seja AMOR e assim conseguirá envolver os outros em amor, ser para eles um farol de orientação nos conturbados caminhos da vida, uma luz ao fundo do túnel ou até mesmo uma candeia quando outros se sentem perdidos na escuridão.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 12:29
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

A minha importância

Caros leitores,

     Esta é uma questão que quando se coloca às pessoas obtemos uma enorme diversidade de respostas e consequentemente suscita também uma grande variedade de interpretações.

      Quando se pergunta a uma pessoa: “Quem é a pessoa mais importante na tua vida?” e a mesma responde: “Eu”, um dos primeiros pensamentos que surge na mente de quem colocou a questão é: “Este(a) deve ser egocêntrico(a) ”. Mas há também uma enorme quantidade de pessoas que respondem: “É, ou são, o meu filho, ou filhos” ou “São os meus pais”, enfim, um sem número de respostas que se podem ouvir, mas frisei estas por serem as mais comuns. No parágrafo que se segue vou fazer a análise das mesmas e partilhar convosco a minha visão sobre esta temática.

     Em meu entender a resposta mais correcta à pergunta é: “Eu” e passo a explicar. Eu sou a pessoa mais importante na minha vida, porque se eu não estiver bem como poderei eu proporcionar o bem-estar a quem me rodeia? Como poderei dar bem-estar ao meu filho? Como poderei dar amor verdadeiro à namorada? Como poderei partilhar com o meu semelhante? Quem me conhece sabe perfeitamente que se há coisa que não sou é egocêntrico (pessoa que se julga o centro do universo e que tudo gira em torno da mesma), mas apenas e só falo por mim mesmo, porque é do conhecimento comum que há quem dê esta resposta e seja egocêntrico, portanto não se pode generalizar.

     Amem-se, adorem-se e mimem-se muito, pois cada um de vós é a pessoa mais importante na vossa vida.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:14
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Humanidade

. Believe or not believe...

. A minha importância

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007