.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 22 de Novembro de 2011

Frases para refletir…

Queridos irmãos,

  • A sabedoria nada tem a ver com governar os outros, é uma questão de ordenar a si mesmo.
  • A nobreza nada tem a ver com poder e posição social, é uma questão de auto-realização.
  • A felicidade nada tem a ver com riqueza e posição social, é uma questão de harmonia.
  • As pessoas verdadeiras sabem de que modo considerar o ser interior como grande e o mundo como pequeno.
  • Endireite o seu corpo, unifique a sua visão, e a harmonia do céu chegará.
  • Aqueles que seguem o céu viajam com o Caminho, aqueles que seguem os humanos se misturam com o que é vulgar.
  • Quando as pessoas perdem sua natureza essencial por seguir desejos, as suas ações nunca são corretas.
  • A vastidão do uno é evidente em todo o céu e em toda a terra.
  • Contentamento e raiva são desvios do Caminho, ansiedade e lamento são perdas de virtude, preferências e aversões são excessos da mente, desejos habituais são pesos para a vida.
  • Aqueles que alcançam o Caminho são fracos em ambição mas fortes no trabalho, as suas mentes são abertas e suas respostas adequadas.
  • A flexibilidade e a tolerância são os administradores da vida, a dureza e a força são os soldados da morte.
  • Seguir significa combinar os elementos dos acontecimentos de modo que eles se harmonizem com o momento.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:33
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Astrologia Não

Da Gloriosa Plenitude da Luz e da Substância Omnipresente de Deus provém a abundância de todas as coisas.

O estudante que for suficientemente forte e firme para sustentar-se apenas com sua "Poderosa Presença EU SOU", nunca dividindo a Presença e o Poder de Deus um só instante, encontrar-se-á ascendendo constantemente para esta Poderosa Perfeição, e livre para sempre de toda a ideia ou reconhecimento de qualquer limitação.

A pessoa que se puder manter dentro desta Poderosa Presença, será muito feliz. Para benefício de algumas pessoas que, apesar de muito sinceras, estão av deixar, sem saber, que sua atenção se afaste desta Presença Íntegra, desejo expor alguns fatos, sem qualquer intenção de me imiscuir no livre-arbítrio de cada um. Os documentos que citarei estão em nosso poder e cobrem estes últimos cem anos.

Desejo falar-vos hoje sobre a ilusão da astrologia. Nenhum ser vivo poderá dedicar-se à astrologia e, ao mesmo tempo, entrar na Presença do "EU SOU" e lá ficar. Por trás da prática actual da astrologia, está o desejo humano e a oportunidade de justificar e gratificar os desejos externos. Deixai-me expor um fato aterrador que está nos nossos arquivos: "Não há coisa alguma, nem fase de estudo que tenha causado mais fracassos e mais crimes indirectos do que á fraude causada pela astrologia de hoje."

Em anos recentes existiu, na cidade de Chicago, um brilhante estudante de metafísica que, aceitando conscientemente o engano de seu horóscopo, foi impulsionado ao suicídio.

O que a humanidade mais necessita, e os estudantes acima de tudo, é da rocha firme que é a "Consciência da Poderosa Presença "EU SOU", sobre a qual permanecerão a salvo e livres dos abismos que constituem as maquinações externas. Os estudantes não necessitam saber dos decretos negativos de uma morte em perspectiva, nem da chamada má sorte do destino; só devem dar crédito à Invencível Presença EU SOU que preenche tudo, que é a única e toda vida de nosso Ser e para onde nosso coração precisa ser dirigido e lá mantido firmemente.

Na Presença "EU SOU" não há altura que o estudante não possa alcançar, mas se permitir que a sua atenção se detenha em astrologia, numerologia e as muitas "lógias" de hoje, não haverá abismo em que não possa cair.

O emprego actual da astrologia não se parece em nada com o emprego que tinha séculos atrás. Naquela época, não transmitia declarações negativas de qualquer espécie. O grande mal ao fixar a atenção na astrologia é que os estudantes aceitam as declarações negativas muito mais do que eles próprios admitem. A força sinistra negativa gerada no mundo pela humanidade, sempre se vale de coisas como estas para obter e prender a atenção, especialmente do estudante que está progredindo, e assim mantê-lo naquilo que o faça descer em vez de o elevar.

Onde há um horóscopo que indica a morte de alguém, várias mentes se fixam nessa ideia e indirectamente se comete um verdadeiro crime tão subtil que os indivíduos se horrorizariam se lhes fosse demonstrado que tiveram alguma participação nele. Porém, esta é a Verdade. Se pudésseis ver, por um dia, do grande Ponto de Vista Interno, a força destruidora gerada e usada através do emprego que hoje se faz da astrologia, fugiríeis dela como de uma víbora venenosa que espera para vos atacar e introduzir o veneno em vossas veias.

Eu vos digo, amados estudantes, em nome de vossa Luz e do vosso progresso, permanecei dentro de vossa Presença "EU SOU". Não deixeis que vossa atenção seja desviada ou dividida por nenhuma coisa externa, se desejais evitar a roda da reencarnação indefinidamente.

Do Grande Amor de Meu coração - crendo e sabendo do Ponto de Vista Interno, ao qual vós não tendes acesso ainda - Eu vos aconselho evitar tudo o que tenha sabor a uma expressão ou condição negativa. Então, ascendereis nas Asas de Vossa "Poderosa Presença EU SOU", para a liberdade e bênção da Eterna Perfeita e Ilimitada Luz. Como disse, não desejo me imiscuir em vosso livre-arbítrio, porém, as Portas da Liberdade Eterna estão abertas diante de vós, se acreditais na verdade que Eu vos tenho manifestado e que vos ajudará a entrar por essas Portas e receber a Bênção Eterna da Luz que está à espera para envolver-vos.

Se há condições em vossa vida, lar, meio ambiente, das quais vos quereis livrar, ordenai, através da "Presença EU SOU", que estas condições sejam dissolvidas e consumidas ante Sua Poderosa Luz e Poder.

Amado estudante, que vos encontrais sob esta radiação, não voltaremos a tratar deste assunto novamente. Possa a "Presença EU SOU" dentro de vós, tomar-vos capazes de ver a Luz e a Verdade do que vos digo.

Vi, dentro de vós, a Luz Gloriosa que pode ser acelerada a uma Radiação Deslumbrante, que vos permitirá expressar a Perfeição. Por isso ofereci Minha humilde assistência, por Minha própria vontade, porém, se a personalidade persistir em deixar que a atenção se coloque em qualquer coisa que não seja a Poderosa Presença "EU SOU" - que Eu sei ser a mais poderosa e a única Presença -Transmutadora capaz de resolver todos os problemas - então, os Meus humildes esforços terão sido em vão.

Eu vos asseguro Meus queridos, que chegastes a um ponto no qual deveis ir para cima ou para baixo. Com vossa atenção determinada e firmemente mantida constantemente na "Poderosa Presença EU SOU", não há condição, força ou presença na Terra e no Céu que possa impedir a realização maravilhosa e gloriosa da Eterna Liberdade e Perfeição.

Se não tendes dentro de vós o sentimento que vos fala sobre o Grande Amor Divino que Me capacita a vos expressar esta Verdade para vossa Protecção, então teremos que esperar o momento em que esta Verdade apareça dentro de vós.

                                        Fonte: Livro de Ouro de Saint Germain
Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:03
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 28 de Fevereiro de 2009

Missões no Regresso...

Todo espírito que deseja progredir trabalhando na obra de solidariedade universal recebendo dos espíritos mais elevados uma missão particular, apropriada às suas aptidões e ao seu grau de adiantamento. Alguns têm por tarefa acolher os espíritos no seu retorno à vida espiritual, guiá-los, ajudá-los a se desprenderem dos fluidos espessos que os envolvem; outros são encarregados de os consolar, instruir as almas sofredoras e atrasadas. Espíritos de químicos, físicos, naturalistas, astrónomos, prosseguem as suas pesquisas, estudam os mundos, as superfícies, as profundezas ocultas, actuam em todos os lugares sobre a matéria subtil, que fazem passar por preparações, modificações destinadas a obras que a imaginação humana teria dificuldades em imaginar. Outros aplicam-se às artes, ao estudo do belo sob todas as suas formas. Espíritos menos evoluídos auxiliam os primeiros nas suas tarefas variadas e servem-lhe de auxiliares. Um grande número de espíritos destina-se aos habitantes da Terra e de outros planetas, estimulando-os nas suas pesquisas, fortalecendo ânimos abatidos, guiando os hesitantes pelo caminho do dever. Aqueles que praticaram a medicina e possuem o segredo dos fluidos curativos, reparadores, ocupam-se mais especialmente dos doentes. A mais bela de todas as missões é a dos ESPÍRITOS DE LUZ. Vêm dos espaços celestes para trazer à humanidade os tesouros da sua ciência, da sua sabedoria, do seu amor. Sua tarefa é um sacrifício constante, porque o contacto dos mundos materiais é penoso para eles; porém, encaram todos os sofrimentos por dedicação aos seus protegidos, a fim de assisti-los nas suas provas e colocarem no coração deles grandes e generosas intuições. É justo atribuir-lhes esses clarões de inspiração que iluminam o pensamento, esses desafogos da alma, essa força moral que nos sustenta nas dificuldades da vida. Se soubéssemos a quantos constrangimentos esses nobres espíritos se impõem para chegarem até nós, responderíamos melhor às suas solicitações, faríamos esforços enérgicos para nos desligarmos de tudo o que é insignificante e impuro, unindo-nos a eles na comunhão divina. Nas horas difíceis, é para esses espíritos, para os meus guias bem-amados, que voam os meus pensamentos e meus apelos. É deles que me vem o apoio moral e as consolações supremas. Subi com muita dificuldade os atalhos da vida. Mas nunca me faltou a ajuda de meus amigos espirituais, nunca a minha voz os evocou em vão. Desde os meus primeiros passos neste mundo a sua influência envolveu-me. Compartilharam as minhas alegrias e tristezas e, quando ouvia a tempestade, sabia que estavam firmes ao meu lado, no meu caminho. Sem eles e o seu auxílio, há muito tempo teria sido obrigado a interromper a minha marcha, a suspender o meu trabalho. As suas mãos estendidas têm-me amparado e dirigido na áspera via. Algumas vezes, no recolhimento da tarde ou no silêncio da noite, as suas vozes falam-me, embalam-me e confortam-me; ressoam na minha solidão como uma vaga melodia. Ou, então, são sopros que passam, semelhantes às carícias, sábios conselhos murmurados, indicações preciosas sobre as imperfeições do meu carácter e das formas de o aperfeiçoar. Então esqueço-me das misérias humanas para me alegrar na esperança de um dia rever esses amigos, de me reunir com eles na luz, se Deus me julgar digno disso, com todos aqueles que amei e que, do seio do além, me ajudaram a percorrer esta etapa terrestre. Que para todos vós, espíritos protectores, entidades protectoras, se eleve o meu pensamento de reconhecimento, o melhor de mim mesmo, o tributo da minha admiração e do meu amor! A ALMA VEM DE DEUS E RETORNA A DEUS percorrendo o imenso ciclo dos seus destinos. Por mais baixo que tenha descido, cedo ou tarde, pela atracção divina, sobe de novo para o infinito. O que é que ela procura lá? O conhecimento sempre mais perfeito do universo, a assimilação sempre mais completa dos seus atributos: beleza, verdade, amor! E, ao mesmo tempo, uma libertação gradual das escravizações à matéria, uma colaboração crescente na obra eterna. Cada espírito, no espaço, tem a sua vocação e persegue-a com facilidades desconhecidas na Terra; cada um encontra o seu lugar nesse soberbo campo de acção, nesse vasto laboratório universal. Por todos os lados, tanto na amplidão como nos mundos, objectos de estudo e de trabalho, meios de elevação, de participação na obra divina, oferecem-se à alma laboriosa. Já não é o céu frio e vazio dos materialistas, nem mesmo o céu contemplativo e beato de certos crentes. É um universo vivo, animado, luminoso, repleto de seres inteligentes em via constante de evolução. E quanto mais esses seres espirituais se elevam, mais a sua tarefa se acentua, mais as suas missões se tornam importantes. Um dia, ocupam um lugar entre as almas mensageiras que vão levar aos confins do tempo e do espaço as forças e as vontades da alma infinita.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:30
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 25 de Novembro de 2008

Lenda Chinesa

Certo dia, perguntaram a um vidente chinês qual a diferença entre o céu e o inferno. Ele respondeu que, na verdade, a diferença era muito sutil, mas de grandes conseqüências.

- Vi uma porção de arroz preparada como alimento e, em torno dela, uma grande quantidade de homens tristes e famintos que não se podiam aproximar da mesma; todos eles possuíam palitos chineses de 2,5 a 3m que poderiam atingir a porção; todavia, quando tentavam levar os palitos com arroz à boca, não conseguiam, porque os palitos mediam de 2,5 a 3m. Isto era o INFERNO.

- Vi uma porção de arroz preparada como alimento e, em torno dela, uma grande quantidade de homens alegres e sorridentes que não se podiam aproximar da mesma; todos eles possuíam palitos chineses de 2,5 a 3m que podiam atingir a porção; todavia, em vez de tentarem levar os palitos à própria boca, serviam-se uns aos outros, saciando, assim, a fome. Isto era o CÉU.

“Autor desconhecido”

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Bons sonhos...
Publicado por Viktor às 23:50
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 18 de Setembro de 2008

PREEXISTÊNCIA DA ALMA

Sem a preexistência da alma, a doutrina do pecado original não seria somente inconciliável com a justiça de Deus, que tornaria todos os homens responsáveis pela falta de um só, seria também um contra-senso, e tanto menos justificável quanto, segundo essa doutrina, a alma não existia na época a que se pretende fazer que a sua responsabilidade remonte.

Com a preexistência, o homem traz, ao renascer, o gérmen das suas imperfeições, dos defeitos de que se não corrigiu e que se traduzem pelos instintos naturais e pelos pendores para tal ou tal vício. É esse o seu verdadeiro pecado original, cujas consequências naturalmente sofre, mas com a diferença capital de que sofre a pena das suas próprias faltas, e não das de outrem; e com a outra diferença, ao mesmo tempo consoladora, animadora e soberanamente equitativa, de que cada existência lhe oferece os meios de se redimir pela reparação e de progredir, quer despojando-se de alguma imperfeição, quer adquirindo novos conhecimentos e, assim, até que, suficientemente purificado, não necessite mais da vida corporal e possa viver exclusivamente a vida espiritual, eterna e bem-aventurada.

Pela mesma razão, aquele que progrediu moralmente traz, ao renascer, qualidades naturais, como o que progrediu intelectualmente traz ideias inatas; identificado com o bem, pratica-o sem esforço, sem cálculo e, por assim dizer, sem pensar. Aquele que é obrigado a combater as suas más tendências vive ainda em luta; o primeiro já venceu, o segundo procura vencer. Existe, pois, a virtude original, como existe o saber original, e o pecado ou, antes, o vício original.

Do Livro: “A Génese” – Capítulo I – Item 38

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:07
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 16 de Setembro de 2008

VISÃO HOLÍSTICA DO CORPO HUMANO

Hólus é um vocábulo grego que quer dizer total, portanto o termo holístico refere-se à totalidade do ser, nos níveis: físico, emocional, mental e espiritual.

Observando o nosso corpo de forma holística, compreendemos que ele troca energia com o Universo através de centros energéticos chamados chakras, e que o corpo é envolvido por um campo energético chamado aura.

Tanto os chakras quanto a aura podem ser percebidos quando estamos em estado alterado de consciência, bastando tornarmo-nos sensíveis à percepção da energia.

Dependendo da escola ou tradição, a que se refere à aura ou chakras, há algumas diferenças em nomenclaturas ou localização. Porém não nos devemos de apegar a isso, devemos simplesmente ter consciência da sua existência, para assim desenvolvermos a nossa sensibilidade e ampliarmos os efeitos das nossas práticas meditativas.

Existem muitas obras publicadas que se referem a esse assunto.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:10
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

A Face da Nova Medicina

Conforme se modifica a nossa visão da doença, modifica-se também a nossa forma de a tratar. Consoante nos tornamos mais eficientes no diagnóstico e tratamento da doença, podemos individualizar melhor os nossos programas curativos. Sendo único, cada indivíduo requer uma combinação ligeiramente diversa de agentes usados no processo de cura. Cada sessão de tratamento é diferente. O curador tem de estar preparado com uma grande base de informações, muito amor e um bom contacto com os guias espirituais no tratamento e na canalização. À medida que passamos para um modo mais requintado de efectuar o tratamento, a prática converte-se em arte. O tratamento profundo penetra na estrutura da personalidade quando feito por um longo período de tempo. Disse Heyoan que “a substância precisa, tomada na quantidade precisa, no momento preciso, age como substância transformadora”. Nesses casos emprego uma combinação de imposição de mãos, acesso directo à informação e análise psicodinâmica. Tudo isso, combinado com a própria iniciativa e a auto-responsabilidade do paciente não somente debelou a doença, mas também provocou mudanças na sua vida, que só foram possíveis porque o paciente assumiu plena responsabilidade pela própria cura.

O descobrimento da causa iniciadora da doença é sempre a chave do tratamento, para a qual o acesso directo à informação é sempre um instrumento inestimável. Em todos os casos, discute-se a causa da doença do ponto de vista da circunstância da vida física, da psicodinâmica envolvida, dos sistemas de crença do paciente e do seu plano de vida espiritual.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 00:49
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Dedicação

“Tornar-se num curador significa dedicar-se. Não obriga a alguma prática espiritual específica, nem a qualquer religião, nem mesmo a um conjunto de regras rígidas, senão dedicar-se ao seu caminho particular de verdade e amor. Isso quer dizer que a prática dessa verdade e desse amor provavelmente mudarão à medida que você avançar pela vida afora. Existem muitas estradas para o ‘Céu’. Atrevo-me a dizer que existem tantas estradas para o ‘Céu’ quantas almas existem que regressam à casa. Se devêssemos indagar escrupulosamente a história do ser humano, esbarraríamos com muitos que viajaram antes de nós e encontraram a iluminação. Um sem-número desses caminhos particulares calcorreados já não é conhecido da raça humana neste momento da história. Alguns estão a ser recuperados; outros continuam perdidos. Mas isso não quer dizer nada, pois novos caminhos estão a ser continuamente formados desde as profundezas da alma humana, do sítio, seja ele qual for, em que se encontra cada alma a qualquer momento, a fim de proporcionar um caminho de volta para casa. Como vêm, caros leitores, este é o processo, sempre renovado, da força criativa que brota dentro de si e de todos nós. É isso que significa voltar para casa. Quando você aprender a fluir completamente, sem resistência, com o movimento criativo interior, estará em casa. Eis o que quer dizer estar em casa.”

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:27
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

DINHEIRO

O dinheiro não é luz, mas sustenta a lâmpada.
Não é a paz, no entanto, é um companheiro para que se possa obtê-la.
Não é calor, contudo, adquire agasalho.
Não é o poder da fé, mas alimente a esperança.
Não é amor, entretanto, é capaz de erguer-se por valioso ingrediente na protecção afectiva.
Não é tijolo de construção, todavia, assegura as actividades que garantem o progresso.
Não é cultura, mas apoia o livro.
Não é visão, contudo, ampara o encontro de instrumentos que ampliam capacidade dos olhos.
Não é base da cura, no entanto, favorece a aquisição do remédio.
Em suma, o dinheiro associado a consciência tranquila, alavanca do trabalho e fonte da beneficência, apoio da educação e alicerce da alegria, é uma bênção do Céu que, de modo imediato, nem sempre faz felicidade, mas sempre faz falta.
Espírito: BEZERRA DE MENEZES
Médium: Francisco Cândido Xavier
Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

DINHEIRO

O dinheiro não é luz, mas sustenta a lâmpada.
Não é a paz, no entanto, é um companheiro para que se possa obtê-la.
Não é calor, contudo, adquire agasalho.
Não é o poder da fé, mas alimente a esperança.
Não é amor, entretanto, é capaz de erguer-se por valioso ingrediente na protecção afectiva.
Não é tijolo de construção, todavia, assegura as actividades que garantem o progresso.
Não é cultura, mas apoia o livro.
Não é visão, contudo, ampara o encontro de instrumentos que ampliam capacidade dos olhos.
Não é base da cura, no entanto, favorece a aquisição do remédio.
Em suma, o dinheiro associado a consciência tranquila, alavanca do trabalho e fonte da beneficência, apoio da educação
e alicerce da alegria, é uma benção do Céu que, de modo imediato, nem sempre faz felicidade, mas sempre faz falta.
Espírito: BEZERRA DE MENEZES
Médium: Francisco Cândido Xavier
Publicado por Viktor às 00:54
Link | Comentar | ver comentários (6) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Frases para refletir…

. Astrologia Não

. Missões no Regresso...

. Lenda Chinesa

. PREEXISTÊNCIA DA ALMA

. VISÃO HOLÍSTICA DO CORPO ...

. A Face da Nova Medicina

. Dedicação

. DINHEIRO

. DINHEIRO

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007