.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Reflexão: The power of Love

Caros leitores,

     De todas as energias e forças do universo a energia do Amor é a mais forte de todas. Todo o universo está a passar por um período de profundas mudanças que acabam por vir gerar ainda mais confusão mental, às mentes já algo conturbadas dos Seres humanos. Todas as semanas surgem fenómenos naturais no planeta (tsunamis, cheias, tremores de terra, incêndios, etc.) que perturbam as zonas afectadas do globo terrestre, às quais podemos acrescentar as atitudes dos seres humanos que, detentores de um certo poder, tentam “manipular” os destinos evolutivos do planeta. Esses conjuntos de pessoas que pretendem dominar o planeta são, como a maioria das pessoas sabe, as organizações secretas, países, estados, governos, grupos de guerrilha, religiões, enfim, uma grande variedade de organizações, que vão tentando manipular o Ser humano das mais variadas formas. Uns tentam através da força das armas, outros através do “poder” que lhes é conferido quando ocupam determinados lugares de organizações e outros através da religião comandando as pessoas através da mente.

     Na realidade esta reflexão era para abordar o tema Amor, mas senti a necessidade de escrever o parágrafo anterior para, na generalidade, lhes dar um exemplo global dos gestos e atitudes desprovidos de qualquer tipo de sentimento de Amor. Na verdade vivemos num planeta onde diariamente somos “obrigados” a lidar com esse tipo de gestos, desprovidos de amor, compaixão, humildade ou até mesmo humanidade, o que é triste e me leva a pensar: Mas que evolução teve a mente humana desde os nossos antepassados? (Pare de ler e pense um pouco na pergunta.)

     Em meu entender, o primeiro passo que devemos dar para podermos usufruir e usar a energia do Amor é amarmo-nos a nós próprios acima de tudo. Quando um Ser se ama impregna-se de Amor, passando a ser como um sol irradiando “raios” de luz e Amor em seu redor. Ao nos preenchermos com Amor vamos também dar um contributo fundamental para a nossa mente, de forma a termos pensamentos mais positivos, puros, humildes e humanos, sem segundas intenções e sem nunca querer prejudicar ninguém. Normalmente o Ser humano quando fala da palavra Amor utiliza-a associada à palavra Sexo, o que restringe imenso o verdadeiro sentido da palavra Amor, até porque sexo é algo que pode ser praticado com ou sem Amor, dependendo da maneira de ser de cada um. Veja-se o seguinte exemplo, ao longo da história algumas pessoas deram provas de verdadeiro Amor (Buda, Tao, Jesus, Madre Teresa de Calcutá, São Francisco de Assis, Santo António, entre outros) e quando se fala da vida e obra dessas pessoas nunca se fala de sexo, o que demonstra bem que Amor verdadeiro nada tem a ver com isso, estando apenas associado a isso quando se fala de Amor entre dois seres humanos especificamente (namorados, casados, etc.).

     Diariamente podemos colocar Amor em tudo o que fazemos, no trabalho, nas conversas, na socialização, nos gestos, nas atitudes, isto é o Amor Incondicional (uma dádiva desinteressada) praticada em prol do nosso semelhante, e acreditem que quando toda a humanidade praticar esse tipo de gestos, teremos sem dúvida um mundo muito melhor para todos os seres, onde predominará o Amor e a compaixão entre todos. Termino esta reflexão dizendo que uns gestos de Amor por dia, nem sabem o bem que lhes fazia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 1 de Setembro de 2010

Conversas com a Alma

Perguntas da Terra (mente): Será que sigo o caminho correcto? Fiz alguma coisa de mal? Como não compreendem a simplicidade da minha pessoa, será que sou incompreendido? Como não gosto de criar ambientes tensos, será que não me levam a sério? Tenho um projecto social em prol do meu semelhante e nem a instituição que é ajudada divulga, porquê? Porque é que as pessoas aparecem e desaparecem da minha vida? Porque é que me dizem uma coisa e fazem outra? Será útil ter um blogue? Tenho de ouvir e compreender todos os desabafos e ninguém me ouve? Porque a solidão teima em me acompanhar?

Respostas do Eu Sou: [Será que sigo o caminho correcto?] Segues pelo caminho que escolhes-te em consciência, que a tua intuição te diz que apesar de o percorreres muitas vezes só, consegues encontrar de quando a quando momentos de felicidade interior que te servem de combustível. [Fiz alguma coisa de mal?] Desde que ajas em consciência em prol do teu semelhante e isso vai-se reflectir na tua pessoa. [Como não compreendem a simplicidade da minha pessoa, será que sou incompreendido?] Vitor, as pessoas quando têm um certo “título” são vistas como diferentes, sérias, ponderadas com um certo ar de “superioridade” e como tu não és nada disso, sendo uma pessoa simples, brincalhona, sempre disposto a ajudar e não gostando de criar distâncias/barreiras enfim, igual aos que te procuram em prol do teu conhecimento e ajuda, e isso gera confusão nas mentes deles. [Como não gosto de criar ambientes tensos, será que não me levam a sério?] Como já te tinha alertado, acho que dás “demasiada” liberdade às pessoas e depois Elas abusam porque se acham nesse direito, não respeitando o espaço nem o momento que é teu, pois elas pensam só nelas (alimentando o seu ego) e depois é que vêm os outros. [Tenho um projecto social em prol do meu semelhante e nem a instituição que é ajudada divulga, porquê?] Vitor, sabes muito bem que perante uma atitude de violência o Ser responde com outra atitude de violência imediatamente, o que já não se passa quando praticas um acto de Amor Incondicional para com o teu semelhante, pois recebem de braços abertos mas dizer “Obrigado” ou simplesmente lembrarem-se de ti futuramente esquece porque o Ser Humano ainda não conseguiu abolir a ingratidão, pois está difícil terem consciência das mudanças planetárias que os “obrigam” cada vez mais a pensar nos benefícios colectivos em detrimento dos individuais. [Porque é que as pessoas aparecem e desaparecem da minha vida?] Realmente isso tem sido uma constante na tua vida e irá continuar a ser até ao teu último dia, pois elas aproximam-se de ti quando têm algo a aprender ou para te ensinar e depois das suas “missões contigo” cumpridas simplesmente seguem os caminhos que definem através do seu livre arbítrio. [Porque é que me dizem uma coisa e fazem outra?] Vitor, isso acontece porque as pessoas querem ser simpáticas para contigo e até podem querer ir ter contigo, pelos mais variados motivos, mas sabes que a Luz e as Trevas estão constantemente em “luta”, o que dificulta a vida das pessoas, pois quando procuram a Luz, as Trevas tentam sempre impedir a acção. [Será útil ter um blogue?] Essa é uma das formas de transmitires as tuas mensagens e ensinamentos de forma a despertar consciências para que saibam, mas é claro que apenas esporadicamente sabes que as pessoas lêem o que escreves porque te dizem, pois vão lá e nada dizem ou comentam. Estas a escrever um livro que também não saberás se vai ser aceite ou lido. Foca-te apenas no objectivo maior que é o “auxílio ao semelhante” e o resto o universo dir-te-á. [Tenho de ouvir e compreender todos os desabafos e ninguém me ouve?] Vitor, diariamente a maioria das pessoas que te rodeiam são pessoas muito terrenas e que pouca ou nenhuma importância dão à espiritualidade, por isso como nessa perspectiva pouco entendem do que lhes possas dizer e por sua vez também não te podem ser mais úteis, pois as observações e opiniões delas são norteadas pelas leis terrenas e não universais. [Porque a solidão teima em me acompanhar?] Vitor, cada um segue o seu caminho de ascensão e como “tens a mania” que és um “pescador de almas”, baixas um pouco a tua vibração energética para andares a ajudar os outros a elevarem-se. Podes estar só fisicamente, mas sabes e tens consciência de que nunca estás só, pois tens uns seres que te acompanham para onde vais e sempre ao teu dispor para te auxiliarem nas tuas intenções.

Saudações Holísticas

NAMAS

Estado de Espiríto: Em Reflexão...
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:28
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: The power of Lo...

. Conversas com a Alma

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007