.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 30 de Setembro de 2014

Reflexão: Aproveitamento…

Caríssimos,

     A vida é um constante desafio para qualquer Ser humano, onde devemos estar sempre alertas, pois a qualquer momento pode surgir uma surpresa. Há no entanto imensas formas de dar sentido à vida, que derivam da educação que cada um teve, do meio ambiente onde nasceu, na família em que está inserido, nível académico e tantas outras coisas que fazem parte dos nosso ideais, crenças e convicções de vida.

     Neste “modelo” de planeta e pelo que facilmente podemos observar ao longo dos séculos, tem vivido períodos cíclicos no quais vemos os Seres humanos cometerem os mesmos erros, o que me faz surgir na mente a seguinte questão: “Mas o Ser humano não aprende nada?”. Sim, tem aprendido algumas coisas, mas na generalidade continua a cometer os mesmos erros que cometia à séculos atrás, o que me fez pensar na seguinte questão: “Mas o Ser humano mentalmente não evoluiu?”. (pare a leitura e pense nas duas questões colocadas)

     É com profunda tristeza que lhes digo que na verdade, a humanidade observou grandes evoluções na medicina, ciência e tecnologia, mas ao nível individual do Ser, no que diz respeito à sua mente, parece que ficou “presa” no passado. Repare que em pleno século XXI vivemos crises económicas (tal como no passado), guerras e conflitos (tal como no passado), fome e miséria (tal como no passado), epidemias (tal como no passado), escravatura (tal como no passado), e tantas outras coisas que poderia aqui enumerar. O Ser humano continua “amarrado” ao materialismo (apesar da evolução espiritual que vai tendo) continuando a venerar o “Deus dinheiro” em detrimento do Criador, despertando-lhes a sede de poder, riqueza, luxúria, sexo e até mesmo a soberba, o que faz com que prolifere nas sociedades a corrupção, compadrio, violência, e sobretudo os perigosos jogos psicológicos praticados por quem detém o “poder” sobre aqueles que lhe são “inferiores”. Esse domínio psicológico exercido sobre os seus subalternos vinga devido aos “medos” que lhes incutem na mente. (pare a leitura e pense um pouco no que acabou de ler)

     Infelizmente os jogos psicológicos praticados por aqueles que desempenham cargos de “poder” ou chefia, são práticas comuns em todas as sociedades. Estas manobras de domínio psicológico são também praticadas por seres das mais variadas classes sociais. Por vezes surgem noticias de burlas, geralmente de avultadas quantias, praticadas por “bruxos”, “videntes”, “sócios” e outro tipo de pessoas, por vezes mesmo aquelas que coabitam connosco, o que é algo que me deixa triste, pois aproveitam-se da fragilidade da mente dos outros para lhes incutir falsas crenças, curas milagrosas ou lucros fáceis. Para mim este tipo de atitudes é feita por seres sem escrúpulos, com intuído de malvadez, aproveitando-se dos seus semelhantes. Num país maioritariamente cristão as histórias bíblicas que relatam a vida de Jesus Cristo são conhecidas pela maioria das pessoas, mas nem está escrito nem nunca ouviram dizer que ele cobrou algum dinheiro para ajudar ou curar, certo? Pois é, mas não quero dizer com isto que se deve fazer isto hoje, mas é claro que se devem cobrar quantias simbólicas para que ambas as partes não fiquem a “ganhar” nem a “perder”, cobrando um valor justo.

     Para terminar e para que não se Aproveitem de vocês, deixo-lhes algumas dicas: Mantenha-se sempre atento, pois o “perigo” pode estar ao virar da esquina; Não tome decisões importantes sem dedicar algum tempo a pensar nas mesmas; Quando tiver de tomar uma decisão importante peça a opinião a alguém em quem confie plenamente, mas não se descarte da sua responsabilidade porque a decisão é e será sempre sua; Desconfie de coisas muito fáceis, pois se assim fosse muitas pessoas já tinham aderido; Quando para o ajudarem em algo e lhe pedirem muito dinheiro tenha muito cuidado, desconfie; Cuidado com as aparências, pois elas iludem; Se não se sentir bem, não vá na conversa de ninguém nem tome decisões. Espero que estas dicas o possam ajudar a seguir o seu caminho com mais tranquilidade e felicidade. Façam o favor de ser felizes e tudo de bom para vocês.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:43
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Abril de 2014

Sofrimento, dispenso

Caríssimos,

     Ao longo do tempo tenho tido a preocupação de escrever sobre os temas, que em meu entendimento mais podem atormentar o Ser humano. Desde o inicio dos tempos a humanidade tem assistido a histórias de Sofrimento global e/ou particular que tem atormentado os seres humanos, condicionando o seu desenvolvimento cognitivo, mas sobretudo a sua inteligência emocional. Nós como seres sentimentais reagimos emocionalmente às situações que depois conjuntamente com a nossa inteligência mental obtemos um resultado, que em muitos casos resulta em sofrimento. Fórmula de cálculo: IE+IM=EQ [Inteligência Emocional + Inteligência Mental = Equilíbrio]

     Após a leitura do parágrafo anterior, espero que tenham compreendido uma das fórmulas que nos ajuda a alcançar o nosso equilíbrio e bem-estar. Essa compreensão é fundamental para a nossa estabilidade e também para nossa protecção perante os “ataques” externos de que somos alvo diariamente.

     O Sofrimento é um sentimento que pode ter duas origens: interna e externa. Externamente por todos os acontecimentos do dia-a-dia que possam interferir na sua paz interior e estabilidade emocional, tal como todas as pessoas sabem, pois certamente são situações quotidianas pelas quais passam com uma certa assiduidade. Em meu entendimento o Sofrimento interior é bem pior que o exterior, pois funciona como um vírus que se impregna dentro de nós, o qual depois se torna difícil e complexo remover. Esse vírus [sofrimento interior] que você quer remover ao invés vai permanecendo, pois ele alimenta-se através da energia de baixa vibração que lhe é fornecida pela nossa própria mente [pensamento], já tinha pensado nisso?

     [Faça uma pequena pausa na leitura para reflexão sobre o que acabou de ler]

     Para poder remover esses vírus dentro de si mesmo tenha sempre em mente as seguintes afirmações: Você é a pessoa mais importante da sua vida; As pessoas só têm a importância que você lhe dá; Cada um é como cada qual, logo ninguém é mais do que ninguém; A felicidade está dentro de si; Active o seu amor próprio e assim irradiará amor para quem o rodeia; Evite pensar demasiado nas coisas para as quais sente dificuldade em encontrar resposta; Tenha só pensamentos positivos sobre si mesmo; Evite pensamentos negativos sobre quem quer que seja; Evite nutrir sentimentos negativos sobre os outros; Perdoe sempre, mesmo quem é desprovido de razão. Penso que com estas dicas para remover o vosso sofrimento interior, já se aperceberam que podem fazer inúmeras coisas em prol de vocês mesmos e do vosso bem-estar interior. Estejam descansados que o resto virá depois, porque o universo é bondoso devolvendo-nos o amor que emanamos por todas as “obras” do Criador. Sejam felizes e sejam fontes de amor, a mais poderosa de todas as forças do universo.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 13:05
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 20 de Janeiro de 2014

Técnica do perdão: Aprenda a praticar...

Caros leitores,

     O ser humano nos acontecimentos do seu dia-a-dia, reage muitas vezes com a emoção em detrimento da razão. Como seres emocionais que somos, quando nos “picam” há uma tendência para responder automaticamente, o que na maioria dos casos não é bom, pois nem sequer tivemos tempo para reflectir um pouco nas palavras e atitude da outra pessoa. Esta situação é algo que ocorre muitas vezes a muitas pessoas e em termos energéticos gera bloqueios de energia e emocionais que se alojam na zona do estômago, provocando mau estar além de poder chegar ao ponto de provocar doenças no aparelho digestivo.

     O objectivo deste texto é falar sobre a técnica do perdão, mas julguei interessante escrever o parágrafo anterior para que se sintam mais esclarecidos sobre alguns dos efeitos de “não perdoar”. Em meu entender, devemos perdoar todas as pessoas, mesmo quando sabemos que estamos isentos de culpa, devemos perdoar todos os outros. A nossa evolução interior faz-se com o Amor e o Perdão, porque fora da caridade não há salvação. Para lhes dar uma ajuda, visualizem o vídeo que se segue e pratiquem esta técnica com muito amor.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 12:25
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 5 de Setembro de 2013

Hoje: Dia Mundial da Caridade

Saudações queridos,

     Hoje é o primeiro dia mundial da caridade assinalado pela ONU, coincidindo com a data da morte de Madre Teresa de Calcutá. Esta pessoa é conhecida em todo o mundo pela sua vida de dedicação à caridade e ao bem-estar dos outros, preenchendo-se de amor e emanando esse amor para os mais desfavorecidos, um exemplo para a humanidade. Caridade, Humildade, Igualdade, Honestidade e Amor são valores que na generalidade estão cada vez mais “dissipados” da mente dos seres humanos, pois a generalidade da humanidade continua a achar que trabalhar em prol dos outros é um desperdício de tempo e o importante é trabalhar em prol de si mesmo ignorando os outros. Na realidade todos vivemos no mesmo planeta em comunidade (países, tribos, organizações, famílias, estados) e como tal devemos de aprender a viver em comunidade com os nossos semelhantes. Caridade, como o próprio nome indica, é trabalhar em prol de um mundo mais justo, mais humilde e onde impera o Amor Incondicional, sem qualquer tipo de pensamentos menos positivos para com o semelhante.

     Termino deixando um apelo a todos vós, principalmente aos reikianos, que hoje pratiquem pelo menos um gesto de caridade para com alguém, coloquem os mais desfavorecidos nos vossos envios à distância, em prol de um mundo melhor para todos. Pratiquem a Caridade e o Amor sendo Amor Incondicional e sintam uma enorme felicidade dentro de vós.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:25
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Agosto de 2013

Mensagem do dia...

     O planeta Terra está a passar momentos conturbados de grandes mudanças a um nível global. Fenómenos físicos e químicos estão a ocorrer frequentemente em todo o planeta, e muitos deles interferem com todos nós, pois uns são provenientes da natureza e outros estão associados às frequências vibratórias energéticas que têm influência na nossa mente. Nos últimos anos o campo electromagnético da terra, medido em gaus, tem vindo a diminuir segundo informações cientificamente comprovadas, o que significa grandes mudanças globais no nosso planeta. Por exemplo vejamos o caso da inclinação (em graus) do eixo do nosso planeta, que provocou variados problemas ao nível das navegações aéreas via gps, o degelo dos pólos que faz aumentar o nível medi das águas dos mares, o clima mais quente do planeta que provoca alterações na fauna e flora do planeta, entre muitas outras coisas.

     Como certamente compreendem, todas essas mudanças têm influência em todos os reinos (mineral, vegetal e animal) do planeta, e nós, seres espirituais a viver uma experiência terrestre sentimos mais esse impacto, pois somos seres providos de emoções e sentimentos, moldados por “falsas” opiniões, crenças, ideais, leis e muitas outras coisas. Todas essas coisas servem apenas para nos afastar da nossa verdadeira missão, de forma a comandar os destinos da humanidade através da sua mente, fazendo uso de técnicas psicológicas de domínio dos seres humanos. Assim a maioria da humanidade permanece num estado “hipnótico” onde diz ter fé em Deus, mas na realidade têm fé noutro Deus que não o Criador, têm fé no Deus dinheiro, vivendo na essência do Ter e não do Ser. Todos nós somos seres divinos imortais, e por isso uma parte de Deus escondeu-se dentro de cada um de nós (componente divina), depositando em nós confiança na nossa capacidade de o encontrarmos junto ao nosso coração, na nossa chama trina. Vivamos assim segundo as Leis divinas Universais, libertando-nos de certos dogmas, crenças e pensamentos impuros, Sejamos faróis de luz, pois ao encontrarmos o Amor dentro de nós passaremos e irradiar esse Amor, tal como o sol que emana os seus raios de luz e calor. Façam o favor de ser felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 14:53
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2012

O Deus Esquecido...

 

     A humanidade atual está completamente voltada para os valores externos da vida humana, como se toda a sua evolução ficasse resumida a uma única vida.

     Perdeu a noção das suas verdadeiras origens. Os valores mais preciosos e internos, os espirituais, foram relegados a planos tão secundários que só uma pequena parcela tem a noção exata do que estes valores espirituais representam numa evolução.

Esta inversão de intenção e direcionamento da vida só tem trazido sofrimentos, amarguras, desilusões, fome, ódio, guerras e injustiças.

     As grandes civilizações passadas tinham uma noção mais exata destes valores espirituais, cada uma à sua maneira, mas pelo menos o direcionamento da vida estava enraizado nos valores mais íntimos (mais profundos), ou seja, os da alma e do espírito. Muitas dessas civilizações tinham uma correspondência divina no Sol e no Fogo, dois símbolos que se interrelacionam e que também estão representados dentro do ser humano: o sol crístico no coração e o fogo sagrado na kundalini e na mente de cada ser humano.

     Mas as conveniências religiosas, políticas e depois científicas, nunca estiveram interessadas em ensinar à humanidade que o verdadeiro Deus está dentro de cada um e que a sua forma mais perfeita, simbolicamente, está representada no Sol e no Fogo, porque ambos são vida, transformação e energia que permitem ao homem evoluir na direção do Absoluto Ser Onipotente e Onipresente em cada átomo, visto que tudo é energia (nos mais variados estados), consciência e evolução.

     O verdadeiro Deus não tem forma, Ele está além da forma; podeis sentir Sua presença através da vossa sensibilidade e do vosso sentimento (chakra cardíaco). Podeis ter uma consciência mais ampla d’Ele, mas não podeis vê-lo, uma vez que Ele está além de qualquer forma.

     Desterraram o verdadeiro Deus quando se viraram para a busca d’Ele bem longe, quando O procuraram nos templos feitos pelos homens, como se alguma religião ou crença tivesse o poder de o aprisionar dentro de um templo. Os templos externos, são meios para que cada um se volte para dentro de si mesmo, na busca do único templo onde se pode reverenciar o verdadeiro Deus, que é o vosso templo interno, formado pelos vossos corpos densos e sutis.

     O verdadeiro Deus está dentro de cada um, prisioneiro da forma, dos egos humanos que colocaram em ação múltiplas causas e querem obrigar a alma (aquela que pode entrar em contato com Deus) a reagir aos efeitos deformados e muitas vezes egoístas das suas ações.

     Toda a humanidade inverteu estes valores, pelo que agora compete à alma colocar em ação as causas e aos egos humanos receberem os efeitos originários da alma que tem sempre o objetivo de conduzir à únião na Luz.

Sim, todos precisam alcançar a sua união interna para depois começarem a construir a unidade externa; sem ela, ninguém conseguirá atingir o verdadeiro amor universal.

     É este amor que, através da entrega absoluta da alma ao Deus Pai-Criador e do serviço aos outros seus semelhantes, levará à unidade na Luz Maior. Ninguém atingirá a libertação e iluminação espirituais sem se fundir com a Luz.

Só quando a alma se funde com a personalidade e ambos são Um só, há um reencontro com Deus nos santuários internos e um contato consciente com Ele, sem intermediários porque todos são seus filhos espirituais.

     A verdadeira essência divina está dentro de cada um.

     Muitos já sabem disto, outros procuram chegar até ao verdadeiro Deus que está no mais sagrado dos santuários internos, nos corações místicos, e nos santuários da mente e do fogo sagrado da kundalini. Porém, poucos se estão a despojar das amarras humanas, dos vícios que esta civilização criou, dos dogmas, tabus e preconceitos para se entregarem de corpo, mente e alma à busca do verdadeiro Deus esquecido dentro de si próprios.

     Não conquistareis o caminho que vos leva ao encontro e fusão com o Deus interno enquanto continuarem a preservar os valores humanos para a satisfação das ambições, dos orgulhos, dos ideais moribundos que não vos levam para o alto da montanha mística da Luz Maior, mas, ao contrário, para os abismos da vossa própria escravidão, alicerçada em personalidades que, muito mal desenvolvidas e educadas, passaram a se servir do que é sagrado dentro de cada um.

     Segundo a vossa própria Bíblia, todos foram “feitos à imagem e semelhança do Grande Criador” e “Ele insuflou dentro do homem o sopro da vida, a alma, para que possa viver também eternamente”. Deste modo, todos foram criados com os mesmos atributos divinos, mas esqueceram o vosso Criador, desse Deus Esquecido que se encontra adormecido e prisioneiro dentro de voces.

     Não basta acreditar em Deus. Não basta orar a Deus.

     Não basta externamente fazer-se de bonzinho, se dentro nada mudou. É preciso uma grande transformação, uma autêntica revolução da consciência, com novas atitudes, novas intenções de viver mais direcionadas para uma verdadeira vida espiritual.

Canal Espiritual: Henrique Rosa

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 18:00
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Outubro de 2011

Reflexão sobe a humanidade...

Queridos amigos,

     O planeta Terra está a passar por um período de grandes transformações, naquilo que muitos definem por “ascensão planetária”. Reparem na quantidade de fenómenos naturais que têm surgido este ano: tsunamis, sismos, inundações, intempéries e outras situações onde o planeta se manifesta. Sim, estamos a passar um momento histórico, a rescrever diariamente a história do planeta e dos seus povos, historia essa que um dia ira constar nos anais. Cada Ser é uma marioneta e todas juntas formam o “teatro da vida”, modelo este que os governos, religiões e sociedades secretas têm vindo a implementar ao longo de milénios, em todos os cantos do planeta. Todos nós enquanto seres humanos, habitantes dos ditos países desenvolvidos, estamos constantemente a ser “atacados” por essas “forças” que tentam a todo o custo, dominar o planeta e fazerem a história do mesmo a seu belo prazer.

     Há uma tentativa constante de controlo mental a todos os habitantes do planeta, por parte das religiões, seitas, organizações secretas, governos, a própria comunicação social, instâncias internacionais e até de uns países sobre outros. Mas as pessoas esquecem-se que, nós, aqueles que eles acham e definem como “seres inferiores”, somos feitos do mesmo material que eles são, e somos detentores do “livre arbítrio”, o que nos permite fazer as nossas escolhas, ter as nossas crenças, seguir a nossa filosofia de vida, analisar em consciência a informação que chega até nós. Retiradas as nossas conclusões, fazemos as nossas escolhas e tomamos o caminho que em consciência achamos ser o melhor para nós enquanto responsáveis por tudo o que nos acontece.

     Além do anteriormente mencionado, as alterações na atmosfera envolvente, mais propriamente no magnetismo do planeta. Para aqueles que não sabem, o magnetismo que envolve do globo terrestre tem uma influência direta no funcionamento da mente de todos os seres humanos, influência tal que dentro das naves espaciais têm de existir equipamentos que gerem campos magnéticos, para proporcionar uma atmosfera equilibrada para o bom funcionamento cerebral dos astronautas. Este magnetismo é medido em “gaus”, e posso-lhes dizer que tem vindo a baixar, pois encontra-se aproximadamente em 4 gaus, quando há dez anos atrás era de 12 gaus. Esta descida já provocou enganos nos movimentos de aves migratórias e implica diretamente no comportamento das pessoas, pois há 10 anos atrás as pessoas eram mais tolerantes, simpáticas e afáveis, e nos dias de hoje as pessoas são mais firas, menos tolerantes e com muita facilidade perdem a paciência.

     Vamos então manter a calma e fazer da nossa vida uma maravilhosa passagem pelo planeta, removendo barreiras mentais, programas obsoletos que nos introduziram, cortando as cordas que nos prendem porque não somos marionetas, e outras coisas mais, pois quando encontrar-mos a nossa essência interior, o nosso lado divino, eis que todo um mundo novo surge à sua volta. Sentirá assim o verdadeiro significado da palavra AMOR e todas as suas nuances tais como a caridade, compaixão, altruísmo, partilha, dádiva, universalidade, entre muitas outras coisas. Cada Ser humano é um diamante bruto, que tal como o nosso coração, necessita ser constantemente polido, pois assim fará com que cada vez irradie mais luz e amor para com todos aqueles que o rodeiam. Vamos ser uns guerreiros de luz, fazendo chegar a luz aos locais mais sombrios e inóspitos da terra e do próprio ser humano.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:43
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Setembro de 2011

A Pequena Alma... ...Perdoar

- Eu sei quem sou!
E Deus disse:
- Que bom! Quem és tu?
E a Pequena Alma gritou:
- Eu sou Luz!
E Deus sorriu.
- É isso mesmo! - exclamou Deus. - Tu és Luz!
A Pequena Alma ficou muito contente, porque tinha descoberto aquilo que todas as almas do Reino deveriam descobrir.
- Uauu, isto é mesmo bom! - disse a Pequena Alma.
Mas, passado pouco tempo, saber quem era já não lhe chegava. A Pequena Alma sentia-se agitada por dentro, e agora queria ser quem era. Então foi ter com Deus e disse:
- Olá, Deus! Agora que sei Quem Sou, posso sê-lo?
E Deus disse:
- Quer dizer que queres ser Quem já És?
- Bem, uma coisa é saber Quem Sou, e outra coisa é sê-lo mesmo. Quero sentir como é ser a Luz! - respondeu a Pequena Alma.
- Mas tu já és Luz - repetiu Deus, sorrindo outra vez.
- Sim, mas quero senti-lo! - gritou a Pequena Alma.
- Bem, acho que já era de se esperar. Tu sempre foste aventureira - disse Deus com uma risada.
Depois a sua expressão mudou.
- Há só uma coisa...
- O quê? - perguntou a Pequena Alma.
- Bem, não há nada para além da Luz. Porque eu não criei nada para além daquilo que tu és. Por isso, não vai ser fácil experimentares-te como Quem És, porque não há nada que tu não sejas.
- Hã? - disse a Pequena Alma, que já estava um pouco confusa.
- Pensa assim: tu és como uma vela ao Sol. Estás lá sem dúvida. Tu e mais milhões, zilhões de outras velas que constituem o Sol. E o Sol não seria o Sol sem vocês. Não seria um sol sem uma das suas velas... e isso não seria de todo o Sol, pois não brilharia tanto. E, no entanto, como podes conhecer-te como a Luz quando estás no meio da Luz? - eis a questão.
- Bem, tu és Deus. Pensa em alguma coisa! - disse a Pequena Alma mais animada.
Deus sorriu novamente.
- Já pensei. Já que não podes ver-te como a Luz quando estás na Luz, vamos rodear-te de escuridão - disse Deus.
- O que é a escuridão? perguntou a Pequena Alma.
- É aquilo que tu não és - replicou Deus.
- Eu vou ter medo do escuro? - choramingou a Pequena Alma.
- Só se o escolheres. Na verdade, não há nada de que devas ter medo, a não ser que assim o decidas. Porque estamos inventando tudo. Estamos fingindo.
- Ah! - disse a Pequena Alma, sentindo-se logo melhor.
Depois, Deus explicou que, para se experimentar o que quer que seja, tem de aparecer exatamente o oposto.
- É uma grande dádiva, porque sem ela não poderíamos saber como nada é - disse Deus - Não poderíamos conhecer o Quente sem o Frio, o Alto sem o Baixo, o Rápido sem o Lento. Não poderíamos conhecer a Esquerda sem a Direita, o Aqui sem o Ali, o Agora sem o Depois. E por isso, - continuou Deus - quando estiveres rodeada de escuridão, não levantes o punho nem a voz para amaldiçoar a escuridão. Sê antes uma Luz na escuridão, e não fiques furiosa com ela. Então, saberás Quem Realmente És, e os outros também o saberão. Deixa que a tua Luz brilhe tanto que todos saibam como és especial!
- Então posso deixar que os outros vejam que sou especial? - perguntou a Pequena Alma.
- Claro! - Deus riu-se. - Claro que podes! Mas lembra-te de que "especial" não quer dizer "melhor"! Todos são especiais, cada qual à sua maneira! Só que muitos se esqueceram disso. Esses apenas vão ver que podem ser especiais quando tu vires que podes ser especial!
- Uau - disse a Pequena Alma, dançando e saltando e rindo e pulando. - Posso ser tão especial quanto quiser!
- Sim, e podes começar agora mesmo - disse Deus, também dançando e saltando e rindo e pulando juntamente com a Pequena Alma - Que parte de especial é que queres ser?
- Que parte de especial? - repetiu a Pequena Alma. - Não estou entendendo.
- Bem, - explicou Deus - ser a Luz é ser especial, e ser especial tem muitas partes. É especial ser bondoso. É especial ser delicado. É especial ser criativo. É especial ser paciente. Conheces alguma outra maneira de ser especial?
A Pequena Alma ficou em silêncio por um momento.
- Conheço imensas maneiras de ser especial! - exclamou a Pequena Alma - É especial ser prestativo. É especial ser generoso. É especial ser simpático. É especial ser atencioso com os outros.
- Sim! - concordou Deus - E tu podes ser todas essas coisas, ou qualquer parte de especial que queiras ser, em qualquer momento. É isso que significa ser a Luz.
- Eu sei o que quero ser, eu sei o que quero ser! - proclamou a Pequena Alma com grande entusiasmo. - Quero ser a parte de especial chamada "perdão". Não é ser especial alguém que perdoa?
- Ah, sim, isso é muito especial, assegurou Deus à Pequena Alma.
- Está bem. É isso que eu quero ser. Quero ser alguém que perdoa. Quero experimentar-me assim - disse a Pequena Alma.
- Bom, mas há uma coisa que devias saber - disse Deus.
A Pequena Alma já começava a ficar um bocadinho impaciente. Parecia haver sempre alguma complicação.
- O que é? - suspirou a Pequena Alma.
- Não há ninguém a quem perdoar.
- Ninguém?
A Pequena Alma nem queria acreditar no que tinha ouvido.
- Ninguém! - repetiu Deus. Tudo o que Eu fiz é perfeito. Não há uma única alma em toda a Criação menos perfeita do que tu. Olha à tua volta.
Foi então que a Pequena Alma reparou na multidão que tinha se aproximado. Outras almas tinham vindo de todos os lados - de todo o Reino - porque tinham ouvido dizer que a Pequena Alma estava tendo uma conversa extraordinária com Deus, e todas queriam ouvir o que eles diziam. Olhando para todas as outras almas ali reunidas, a Pequena Alma teve de concordar. Nenhuma parecia menos maravilhosa, ou menos perfeita do que ela. Eram de tal forma maravilhosas, e a sua Luz brilhava tanto, que a Pequena Alma mal podia olhar para elas.
- Então, perdoar quem? - perguntou Deus.
- Bem, isto não vai ter graça nenhuma! - resmungou a Pequena Alma - Eu queria experimentar-me como Aquela que Perdoa. Queria saber como é ser essa parte de especial.
E a Pequena Alma aprendeu o que é sentir-se triste. Mas, nesse instante, uma Alma Amiga destacou-se da multidão e disse:
- Não te preocupes, Pequena Alma, eu vou ajudar-te - disse a Alma Amiga.
- Vais? - a Pequena Alma animou-se. - Mas o que é que tu podes fazer?
- Ora, posso dar-te alguém a quem perdoares!
- Podes?
- Claro! - disse a Alma Amiga alegremente. - Posso entrar na tua próxima vida física e fazer qualquer coisa para tu perdoares.
- Mas por quê? Por que é que farias isso? - perguntou a Pequena Alma. - Tu, que és um ser tão absolutamente perfeito! Tu, que vibras a uma velocidade tão rápida a ponto de criar uma Luz de tal forma brilhante que mal posso olhar para ti! O que é que te levaria a abrandar a tua vibração para uma velocidade tal que tornasse a tua Luz brilhante numa luz escura e baça? O que é que levaria a ti, que danças sobre as estrelas e te moves pelo Reino à velocidade do pensamento, a entrar na minha vida e a tornares-te tão pesada a ponto de fazeres algo de mal?
- É simples - disse a Alma Amiga. - Faço-o porque te amo.
A Pequena Alma pareceu surpreendida com a resposta.
- Não fiques tão espantada - disse a Alma Amiga - tu fizeste o mesmo por mim. Não te lembras? Ah, nós já dançamos juntas, tu e eu, muitas vezes. Dançamos ao longo das eternidades e através de todas as épocas. Brincamos juntas através de todo o tempo e em muitos lugares. Só que tu não te lembras. Já fomos ambas o Todo. Fomos o Alto e o Baixo, a Esquerda e a Direita. Fomos o Aqui e o Ali, o Agora e o Depois. Fomos o Masculino e o Feminino, o Bom e o Mau - fomos ambas a vítima e o vilão. Encontramo-nos muitas vezes, tu e eu; cada uma trazendo à outra a oportunidade exata e perfeita para Expressar e Experimentar Quem Realmente Somos.- E assim, - a Alma Amiga explicou mais um bocadinho - eu vou entrar na tua próxima vida física e ser a "má" desta vez. Vou fazer alguma coisa terrível, e então tu podes experimentar-te como Aquela Que Perdoa.
- Mas o que é que vais fazer que seja assim tão terrível? - perguntou a Pequena Alma, um pouco nervosa.
- Oh, havemos de pensar em alguma coisa - respondeu a Alma Amiga, piscando o olho.
Então, a Alma Amiga pareceu ficar séria, e disse numa voz mais calma:
- Mas tens razão acerca de uma coisa, sabes?
- Sobre o quê? - perguntou a Pequena Alma.
- Eu vou ter de abrandar a minha vibração e tornar-me muito pesada para fazer esta coisa não-muito-boa. Vou ter de fingir ser uma coisa muito diferente de mim. E, por isso, só te peço um favor em troca.
- Oh, qualquer coisa, o que tu quiseres! - exclamou a Pequena Alma, e começou a dançar e a cantar: - Eu vou poder perdoar, eu vou poder perdoar!
Então a Pequena Alma viu que a Alma Amiga estava muito quieta.
- O que é? - perguntou a Pequena Alma. - O que é que eu posso fazer por ti? És um anjo por estares disposta a fazer isto por mim!
- Claro que esta Alma Amiga é um anjo! - interrompeu Deus, - são todas! Lembra-te sempre: Não te enviei senão anjos.
E, então, a Pequena Alma quis mais do que nunca satisfazer o pedido da Alma Amiga.
- O que é que posso fazer por ti? - perguntou novamente a Pequena Alma.
- No momento em que eu te atacar e ferir, - respondeu a Alma Amiga - no momento em que eu te fizer a pior coisa que possas imaginar, nesse preciso momento...
- Sim? - interrompeu a Pequena Alma - Sim?
A Alma Amiga ficou ainda mais quieta.
- Lembra-te de Quem Realmente Sou.
- Oh, não me hei de esquecer! - gritou a Pequena Alma - Prometo! Lembrar-me-ei sempre de ti tal como te vejo aqui e agora.
- Que bom, - disse a Alma Amiga - porque, sabes, eu vou estar fingindo tanto, que eu própria vou me esquecer. E se tu não te lembrares de mim tal como eu sou realmente, eu posso também não me lembrar durante muito tempo. E se eu me esquecer de Quem Sou, tu podes esquecer-te de Quem És, e ficaremos as duas perdidas. Então, vamos precisar que venha outra alma para nos lembrar as duas de Quem Somos.
- Não vamos, não! - prometeu outra vez a Pequena Alma. - Eu vou lembrar-me de ti! E vou agradecer-te por esta dádiva - a oportunidade que me dás de me experimentar como Quem Eu Sou.
E assim o acordo foi feito. E a Pequena Alma avançou para uma nova vida, entusiasmada por ser a Luz, que era muito especial, e entusiasmada por ser aquela parte especial a que se chama Perdão.
E a Pequena Alma esperou ansiosamente pela oportunidade de se experimentar como Perdão, e por agradecer a qualquer outra alma que o tornasse possível.
E, em todos os momentos dessa nova vida, sempre que uma nova alma aparecia em cena, quer essa nova alma trouxesse alegria ou tristeza - principalmente se trouxesse tristeza - a Pequena Alma pensava no que Deus lhe tinha dito.
"Lembra-te sempre," - Deus aqui tinha sorrido – "não te enviarei senão anjos".
FONTE: A Pequena Alma e o Sol - Neale Donald Walsch
Publicado por Viktor às 00:11
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 29 de Agosto de 2011

Será teu?

 

Caros Irmãos de Luz

      Neste planeta cada Ser é como uma gota de água, com as suas capacidades, a sua sabedoria e livre arbítrio. As gotas juntas formam lagos, ao se juntarem mais formam rios que seguem até ao ponto de união, o mar, tal qual como acontece com os Seres quando juntos formam um imenso conhecimento, pois todos somos Uno. Neste planeta a sede de poder, fez com que os Seres cometessem, ao longo dos tempos, actos de grande atrocidade, desrespeitando aquele que é composto da mesma matéria, o seu Irmão, pois todo o Ser deriva de Deus (criador).

      Todo e qualquer Ser, aquando da sua vinda à Terra, tem sempre o objectivo de progredir, de se tornar uma melhor pessoa, de evitar cometer erros, entre outras coisas que no fundo se resumem numa tentativa diária de ser cada vez mais uma pessoa melhor. Ser uma pessoa melhor é “trabalhar” o seu Eu interior, descobrindo dentro de si o enorme potencial que tem, inclusivamente facetas da sua personalidade que se encontram ocultas, derivado aos inúmeros chip’s e implantes que nos são mentalmente colocados, tanto por aqueles que nos são próximos como pela sociedade em geral, das mais diversas formas.

      Cada um de nós quando chegámos à Terra, o que trouxemos connosco? Trouxemos algum conhecimento e capacidades adquiridas noutras pré-existências (vidas passadas) através do espírito (alma quando anima um ser vivo) que se vem juntar à matéria (corpo) que se está a formar dentro do útero daquele ser que será a sua Mãe Terrestre. Deixem que faça aqui um pequeno aparte, os nossos pais foram por nós escolhidos no plano espiritual. Como podem constatar, matéria é algo que apenas e só existe aqui no planeta Terra, pois nem o nosso corpo vem do espaço, pois este é aqui criado/gerado e aqui também ficará (em decomposição) aquando do momento da nossa partida.

      Assim, como podem constatar, nada é nosso, à excepção da nossa essência, o nosso Eu Sou interior. Tudo o que são bens materiais, são e pertencem à terra, e destes, o único que é exclusivamente nosso e do qual temos de tratar é o nosso corpo, o mesmo que nos permite estar aqui nesta dimensão, no cumprimento dos nossos desígnios. Todos somos “iguais”, seres divinos, portadores de uma característica única, o livre arbítrio, e como tal, nós somos os responsáveis por tudo o que nos acontece e detemos plenos direitos em escolher o nosso caminho, bem como em podermos estar com quem entendermos e com quem nos sintamos bem. Ninguém é dono de ninguém, nem dos seus familiares, nem dos companheiros e nem sequer dos filhos. Quando escolhemos ser pais, nós somos o veículo/meio que permite a mais um Ser vir à Terra cumprir a sua missão, e assumimos a responsabilidade de os educar para a vida, para que Ele um dia siga também o seu caminho tal como todos os Seres. Aqui neste planeta podemos ser “donos” de alguns bens materiais temporariamente, porque aquilo que hoje dizemos ser nosso, amanhã pode já não ser. Além do mais gerar apego ao que quer que seja, apenas e só provoca sofrimento a si mesmo. Por isso irmãos, todos os Seres são livres e ninguém é dono de ninguém, nenhum Ser deve exercer o poder sobre outros Seres, tal como tem vindo acontecer ao longo de milénios, das mais variadas formas tais como: escravatura, ditaduras, violência psicológica e/ou física, repressão, injustiça, tortura e outras formas, de forma a exercer poder sobre o seu semelhante. Vamo-nos respeitar mutuamente, fazendo deste um mundo melhor.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: RFM
Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 26 de Maio de 2010

Pensamento do Dia

O Criador, na sua Providência, predispôs os homens para se entenderem, se ajudarem, se completarem uns aos outros, trabalhando fraternalmente em conjunto, procurando com paciência chegar a ajustes nos seus desacordos e repartindo equitativamente os bens terrenos, segundo a caridade e a justiça.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 09:13
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Fevereiro de 2010

Mantras

É reconhecido por todos que a palavra falada possui um poder relativamente profundo na mente das pessoas, tanto positiva quanto negativamente. Quando algum doente ouve palavras de ânimo, de alento, parece que uma nova força toma conta da sua alma, dando-lhe mais optimismo e segurança num iminente restabelecimento. Quando alguém se deprime por diversos problemas em sua vida, alegra-se ao ouvir um cântico religioso, permitindo-se uma interiorização e contemplação de seu "mundo interior", para uma maior comunhão com Deus, a fonte essencial da cura.

No entanto, o poder da palavra falada, chamada de Mantraterapia (ou Verboterapia), que não se restringe a uma disciplina verbal, no sentido socrático da ideia, ou seja, simplesmente utilizar com precisão e ordem os conceitos intelectuais que se quer transmitir. A Mantraterapia vai mais além, ao defender que por trás da pronúncia de um som se encontra um poder, uma energia, uma força espiritual, capaz de operar magicamente, não só no operador, mas no ambiente à sua volta.

Ao estudarmos algumas passagens de livros religiosos, vemos como o uso dos Mantras sempre foi considerado de seriíssima importância. Encontrando-se num templo de Mistérios egípcio, o sábio grego Sólon perguntou a um dos mestres ali presentes sobre as possíveis causas do afundamento da Atlântida; esse Mestre afirmou com ênfase que não se podia falar inconsequentemente sobre desgraças daquela natureza, principalmente num ambiente carregado de energias de altíssima força espiritual, pois poderia-se atrair as mesmas circunstâncias. Essa resposta foi suficiente para calar o filósofo grego.

Vemos também um caso espantoso, como é o da destruição de Jericó por Josué e seus sacerdotes e guerreiros, os quais rodearam as muralhas dessa cidade durante vários dias e logo após entoaram cânticos, gritaram e tocaram os seus instrumentos, o que fez com que Jericó fosse totalmente destruída pelos fogos subterrâneos. Também vemos o grande Mestre Jesus, o Cristo, realizando múltiplos milagres com a simples pronúncia de umas tantas palavras, muitas delas ininteligíveis aos ouvidos dos não iniciados.

A Bíblia diz-nos claramente, segundo João Batista, que no princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus... E o profeta Moisés, na sua Génese, explica que Deus, Elohim, criou todas as coisas com o uso da Sua Palavra. "Faça-se ", e o caos se transformou nas diversas ordens de Cosmos, de acordo com a Música das Esferas, cantada pelos Construtores (Elohim é uma palavra plural, indicando que foram os Deuses que criaram o mundo).

Por isso vemos porque a palavra sempre foi muito bem empregada, sempre foi reconhecida como fundamental para o crescimento e desenvolvimento dos nossos poderes internos, da nossa saúde mental e física, além do nosso nível de Consciência.

Os magos afirmavam que os sons que emitimos obedecem à Lei cósmica do Retorno, ou seja, à lei da Causa e Efeito, ou Karma.

Toda acção gera uma reacção proporcional e em sentido contrário, em três níveis: físico, mental e consciêncial.

As origens de muitos Mantras, nomes sagrados, termos cabalísticos etc., remontam a épocas arcaicas. Muitos ocultistas afirmam que os Mantras não passam de resquícios de uma Língua de Ouro, perdida quase que totalmente na actualidade, somente falada por Deuses e Anjos. Para o profeta Enoch, esses gigantes eram Seres fantásticos que guiaram nossa evolução em épocas imemoriais, entregando-nos os seus alfabetos sagrados e Mantras de ouro.

Alguns desses Mantras permaneceram até os dias de hoje, graças às Escolas de Mistérios que conseguiram resguardar alguma coisa dessa língua mágica falada pelos Ancestrais, na forma de nomes divinos, palavras misteriosas e sem significado aparente:

ADONAI, YAH, YOM, EHEIEH, ISIS, ALLAH, IAO, AOM, KWAN - YIN, INRI etc...

Diz Eliphas Lévi sobre o poder do Verbo: "Toda Magia está numa palavra, e esta palavra, pronunciada cabalisticamente, é mais forte que todos os poderes do céu e do inferno. Com o nome IOD-HE-VAU-HE comandamos a natureza; os reinos são conquistados em nome de ADONAI e as forças ocultas que compõem o nome de HERMES são todas obedientes àquele que sabe pronunciar o nome incomunicável de AGLA. Por isso, os sábios de todos os séculos temeram diante dessa Palavra absoluta e terrível".

Os Mantras foram usados para diversos fins: curativos, mágicos, ritualísticos, espirituais. Para os descrentes, a pronúncia contínua e concentrada de certos Mantras induz a uma auto-sugestão, a um auto-engano. Na verdade, devido ao desconhecimento da Anatomia Oculta do Homem, somente alguns percebem os efeitos das palavras mantralizadas, que vibram inicialmente na nossa Alma, ressoando nos chacras, nos canais energéticos (Meridianos) e sobre os estados de Consciência.

Por isso, essas mesmas pessoas, principalmente hindus e maias, enfatizam a ideia de que o nosso corpo e nossa alma são a resultante de um Alfabeto Cósmico e cada fonema vibra em determinadas regiões do nosso organismo, actuando terapêutica e magicamente sobre o próprio mantralizador. Ou seja, somos um instrumento musical que deve vibrar com as mais deliciosas melodias cósmicas.

Vejamos alguns exemplos práticos:

Mantras - Finalidade

AOM » Cristaliza o que se desejou, é o nosso Ámen.

Conjunto poderoso de Mantras para se atrair

AOM-TAT-SAT - TAM - PAM - PAZ » a força curativa do Sol. São os Mantras do Arcanjo Michael.

Abre a atmosfera astral para a manifestação HAGIOS dos Mestres, possibilitando maior contacto com eles.

ANTIA - DAUNA - SASTASA » Poderoso Mantra de invocação dos Mestres Ascensionados. Deve ser cantado.

OM...HUM... » Melhora nossa meditação e interiorização.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:45
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 27 de Outubro de 2009

O que é o Reiki?

Publicado por Viktor às 03:47
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 16 de Outubro de 2009

HO’OPONOPONO

 Ho'oponopono

Significa amar-se a si  mesmo.

" Teus Olhos são candeia do teu corpo; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz."

Matheus 6:22

Para os antigos havaianos, todos os problemas começam com o pensamento. Mas o problema não está no simples pensar. O problema ocorre quando nossos pensamentos estão impregnados de memórias dolorosas a respeito de pessoas, lugares ou coisas”.

Dr Len

Numa escola no início do ano lectivo, disseram aos professores que alguns alunos eram superdotados. Só que aqueles alunos foram escolhidos aleatoriamente. No final do ano aqueles alunos, que os professores acreditavam serem superdotados, tiveram realmente um aproveitamento acima do normal. ” Os alunos reagiram de acordo com o que os professores esperavam deles.”Assim podemos entender um pouco como interferimos na realidade do outro, com nossos pensamentos e expectativas sobre ele...

O Dr. Len explicou, então, que entendia que a total responsabilidade pela nossa vida implica em tudo o que está na nossa vida, pelo simples fato de estar em nossa vida e ser, por esta razão, é de nossa responsabilidade.

Num sentido literal, o mundo todo é criação nossa!

O problema não está neles, está em você, e, para mudá-lo, você é quem tem que mudar. Sei que isto é menos fácil de entender, muito menos de aceitar ou de realmente vivenciar.

Colocar a culpa noutra pessoa é muito mais fácil que assumir a  total responsabilidade; o ho'oponopono significa amar-se a si mesmo.

Se você deseja melhorar sua vida, você deve curar sua vida. Se você deseja curar alguém, mesmo um criminoso mentalmente doente, você o faz curando a si mesmo.

Explicou Dr. Len como é que ele se auto-curava. O que era, exactamente, que ele fazia, quando olhava os prontuários daqueles pacientes. E ele disse: " Eu, simplesmente, permanecia dizendo ' Eu sinto muito' e 'Te amo', uma vez após outra" explicou-me.

" Só isso? "  -

"Só isso! Acontece que amar-se a si mesmo é a melhor forma de melhorar a si mesmo e, à medida que você melhora a si mesmo, melhora o seu mundo"

Os: “ Primeiro mandamento; Amarás ao Senhor Teu Deus, com todo o teu coração, toda a tua Alma, e, todo o teu entendimento”. Logo, Ame a você sobre todas as coisas “.

 “ Permita-me, agora, dar um rápido exemplo de como isto funciona”:

Um dia, alguém me enviou um e-mail que me desequilibrou. No passado, eu teria reagido trabalhando meus aspectos emocionais tórridos ou tentado argumentar com a pessoa que me enviara aquela mensagem detestável. Mas, desta vez, eu decidi testar o método do Dr. Len. Comecei a pronunciar, em silêncio: "Sinto muito" e "Te amo". Não dizia isto para alguém, em particular. Ficava, simplesmente, invocando o espírito do amor, para que ele curasse dentro de mim o que estava criando aquela circunstância externa. Depois de uma hora, recebi um e-mail da mesma pessoa, desculpando-se pela mensagem que me enviara antes.

Observe que eu não realizei qualquer acção externa para receber essa desculpa. Eu nem sequer respondi aquela mensagem. Não obstante, somente repetindo "sinto muito" e "te amo", de alguma maneira curei dentro de mim aquilo que criara naquela pessoa.

 “Memórias são companheiras constantes da Mente Subconsciente. Elas nunca deixam a Mente Subconsciente sair “de férias”.

 Elas nunca deixam a Mente Subconsciente se retirarem para dentro de si mesmas. Memórias nunca param de recordar, incessantemente! Para acabar de uma vez por todas com as memórias, elas devem ser apagadas também de uma vez por todas”.

" Eu te amo ”

Quando sua Alma experienciar problemas de recordações, diga para elas mentalmente ou silenciosamente: "Eu amo vocês, queridas memórias. Eu agradeço pela oportunidade de libertar tudo entre você e eu". " Eu te amo ", pode ser repetido mentalmente novamente e novamente.

 Memórias nunca saem “de férias” ou se aposentam, a menos que você as aposente. " Eu te amo ", pode ser usado até mesmo se você não estiver consciente dos problemas. Por exemplo, pode ser aplicado antes de se ocupar de qualquer atividade como fazendo ou respondendo um telefonema ou antes de entrar em seu carro para ir a algum lugar.  Dr. Len

“ Oração criada por Morrnah Simeona "guardiã do segredo”

“Divino Criador, pai, mãe, filho em um...

Se eu, minha família, meus parentes e ancestrais lhe ofenderam, à sua família, parentes e ancestrais em pensamentos, palavras, atos e ações do início da nossa criação até o presente, nós pedimos seu perdão...Deixe isto limpar, purificar, liberar, cortar todas as lembranças, bloqueios, energias e vibrações negativas e transmute estas energias indesejáveis em pura luz...

E assim está feito”.

Saudações Estelares

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 13:32
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Reiki uma História…

Estado de Espiríto: Repleto de Amor Incondicional
Publicado por Viktor às 09:19
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

Reflexão do dia

O

 universo está a passar por tempos algo conturbados relacionados com a evolução da espécie humana. Estão a chegar ao planeta Terra Frequências Vibracionais de altos níveis e quando a Esmeralda de Cristal for activada no Portal 9-9-9, grandes e rápidas mudanças nas consciências das pessoas vão ocorrer em todo o planeta.

Estas mudanças são mais do que necessárias no meu ponto de vista, pois nos dias que correm muitas pessoas (espíritos encarnados) vivem muito agarrados aos prazeres da vida terrena o que os faz estar cada vez mais distantes da origem (Deus). Digo origem porque dentro de cada um de nós e até mesmo de cada uma das nossas células, está um pouco Dele, o Divino criador da humanidade. Quando as pessoas me procuram vêm pelos mais variados motivos (stress, fobias, depressões, ansiedade, problemas emocionais, etc…). A partir do momento em que as pessoas através do Reiki começam a ser ajudadas têm uma melhoria nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Nalguns casos pode também, com o decorrer do tempo, sofrer alterações de personalidade positivas, através do despertar da sua verdadeira essência interior, o seu EU. Como é óbvio, este tipo de alterações reproduz efeitos no comportamento da pessoa perante os outros, principalmente quando estes lhe são mais chegados (esposa, esposo, filho, filha, pai, mãe, pai), tanto aqueles com que vive como os que se encontram mais afastados. Quando as pessoas começam a despertar o seu Eu, a sua verdadeira essência, passam por um processo onde imensas perguntas lhe surgem na mente e a descoberta de facetas interiores permitem que se consciencialize que na verdade algumas das atitudes que até então tomava não eram as mais correctas nem estavam em harmonia com a sua verdadeira essência.

Em jeito de conclusão termino lançando um apelo a todos os familiares de pessoas que andam a ser acompanhadas/tratadas através do Reiki. Aceitem as pessoas e as mudanças nas mesmas, pois ninguém é dono de ninguém e cada um tem o seu livre arbítrio, por isso respeitem as alterações positivas das pessoas.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Aproveitamento…

. Sofrimento, dispenso

. Técnica do perdão: Aprend...

. Hoje: Dia Mundial da Cari...

. Mensagem do dia...

. O Deus Esquecido...

. Reflexão sobe a humanidad...

. A Pequena Alma... ...Perd...

. Será teu?

. Pensamento do Dia

. Mantras

. O que é o Reiki?

. HO’OPONOPONO

. Reiki uma História…

. Reflexão do dia

. Reflexão

. Preceitos de Saúde

. Vida: Uma Passagem...

. Onde Existimos…

. O que o Divino dá só Deus...

. Deus está Presente…

. Para Além da Terapia...

. Que razões terei para me ...

. O Caminho do Ser

. O Estranho caso de Benjam...

. A Máscara

. Reflexão…

. Pedido de um Irmão…

. Problemas da Existência…

. Quem se Cura?

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007