.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Feliz PÁSCOA para TODOS

A Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da Cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação (ver Sexta-Feira Santa) que teria ocorrido nesta época do ano em 30 ou 33 da Era Comum. O termo pode referir-se também ao período do ano canônico que dura cerca de dois meses, desde o domingo de Páscoa até ao Pentecostes.

Os eventos da Páscoa teriam ocorrido durante o Pessach, data em que os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito.

A palavra Páscoa advém, exatamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do inverno para a primavera) e judaicas (da escravatura no Egito para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir.

A Páscoa cristã celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. De fato, para entender o significado da Páscoa cristã atual, é necessário voltar para a Idade Média e lembrar os antigos povos pagãos europeus que, nesta época do ano, homenageavam Ostera, ou Esther – em inglês, Easter quer dizer Páscoa. Ostera (ou Ostara) é a deusa da Primavera, que segura um ovo em sua mão e observa um coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés nus. A deusa e o ovo que carrega são símbolos da chegada de uma nova vida. Ostara equivale, na mitologia grega, a Deméter. Na mitologia romana, é Ceres.

Os termos "Easter" (Ishtar) e "Ostern" (em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica com o Pessach (Páscoa). As hipóteses mais aceitas relacionam os termos com Estremonat, nome de um antigo mês germânico, ou de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a primavera que era homenageada todos os anos, no mês de Eostremonat, de acordo com o Venerável Beda, historiador inglês do século VII.

 

Páscoa no Judaísmo

Segundo a Bíblia (Livro do Êxodo), Moisés lançou 10 pragas sobre o Egito. Na última delas (Êxodo cap 12), disse Moisés que todos os primogênitos egípcios seriam exterminados (com a passagem do anjo da morte por sobre suas casas), mas os de Israel seriam poupados. Para isso, o povo de Israel deveria imolar um cordeiro, passar o sangue do cordeiro imolado sobre as portas de suas casas, e o anjo passaria por elas sem ferir seus primogênitos. Todos os demais primogênitos do Egito foram mortos, do filho do Faraó aos filhos dos prisioneiros. Isso causou intenso clamor dentre o povo egípcio, que culminou com a decisão do Faraó de libertar o povo de Israel, dando início ao Êxodo de Israel para a Terra Prometida.

A Bíblia judaica institui a celebração do Pessach em Êxodo 12, 14: Conservareis a memória daquele dia, celebrando-o como uma festa em honra de Adonai: Fareis isto de geração em geração, pois é uma instituição perpétua .

 

Tradições pagãs na Páscoa

Na Páscoa, é comum a prática de pintar-se ovos cozidos, decorando-os com desenhos e formas abstratas. Em grande parte dos países ainda é um costume comum, embora que em outros, os ovos tenham sido substítuidos por ovos de chocolate. No entanto, o costume não é citado na Bíblia. Portanto, este costume é uma alusão a antigos rituais pagãos. Ishtar ou Astarte é a deusa da fertilidade e do renascimento na mitologia anglo-saxã, na mitologia nórdica e mitologia germânica. A primavera, lebres e ovos pintados com runas eram os símbolos da fertilidade e renovação a ela associados. A lebre (e não o coelho) era seu símbolo. Suas sacerdotisas eram ditas capazes de prever o futuro observando as entranhas de uma lebre sacrificada. A lebre de Eostre pode ser vista na Lua cheia e, portanto, era naturalmente associada à Lua e às deusas lunares da fertilidade. De seus cultos pagãos originou-se a Páscoa (Easter, em inglês e Ostern em alemão), que foi absorvida e misturada pelas comemorações judaico-cristãs. Os antigos povos nórdicos comemoravam o festival de Eostre no dia 30 de Março. Eostre ou Ostera (no alemão mais antigo) significa “a Deusa da Aurora” (ou, novamente, o planeta Vênus). É uma Deusa anglo-saxã, teutônica, da Primavera, da Ressurreição e do Renascimento. Ela deu nome ao Shabbat Pagão, que celebra o renascimento chamado de Ostara.

 

A palavra Páscoa em várias línguas

  • Afrikaans - "Paasfees"
  • Alemão - Ostern
  • Árabe - عيد الفصح (ʿĪdcrisdutividade u l-Fiṣḥ)
  • Basco - Bazko
  • Búlgaro Великден ('Velikden)
  • Catalão - Pasqua
  • Espanhol - Pascua
  • Esperanto - Pasko
  • Finlandês - Pääsiäinen
  • Francês - Pâques
  • Friulano - Pasche
  • Geórgia- (Aghdgoma)
  • Grego - Πάσχα (Páscha)
  • Húngaro - Húsvét
  • Inglês - Easter
  • Irlandês - Cáisg
  • Islandês - Paska
  • Italiano - Pasqua
  • Japonês - イースター (Īsutā)
  • Latim - Pascha ou Festa Paschalia
  • Letão - Lieldienas
  • Neerlandês - Pasen
  • Norueguês - Påske
  • Polonês - Wielkanoc
  • Português - Páscoa
  • Romeno - Paşti
  • Russo - Пасха (Paskha)
  • Sueco - Påsk
  • Turco - Paskalya
  • Ucraniano - Великдень (Velykden')
Publicado por Viktor às 17:01
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

O Pão da Vida

O que lhes vou transmitir é um relato verídico sobre um homem chamado Vítor.

     Depois de meses sem encontrar trabalho, viu-se forçado a recorrer à mendicidade para sobreviver, o que o entristecia e envergonhava muito.

Numa tarde fria de inverno, encontrava-se nas imediações de um restaurante de luxo, quando vê chegar um casal.

Vítor pediu-lhe algumas moedas para poder comprar algo para comer.

- Não tenho trocos - foi a resposta seca.

A mulher, ouvindo a resposta do marido, perguntou:

- Que queria o pobre do homem?

- Dinheiro para comer. Disse que tinha fome - respondeu o marido encolhendo os ombros.

- Lourenço, não podemos entrar e comer comida farta de que não necessitamos e deixar um homem faminto aqui fora!

- Hoje em dia há um mendigo em cada esquina! Aposto que ele quer é dinheiro para beber!

- Mas eu tenho uns trocos comigo. Vou dar-lhe alguma coisa!

Mesmo de costas para eles, Vítor ouviu tudo o que diziam. Envergonhado, queria afastar-se e fugir dali, mas a voz amável da mulher reteve-o:

- Aqui tem qualquer coisa. Consiga algo de comer, e, ainda que a situação esteja difícil, não perca a esperança: há-de haver, nalgum lugar um trabalho para si. Faço votos para que o encontre.

- Muito obrigado, minha senhora. A senhora ajuda-me a recobrar o ânimo! Nunca esquecerei a sua gentileza.

- Você vai comer o Pão de Cristo! Partilhe-o! - acrescentou ela com um largo sorriso, dirigido mais ao marido do que ao mendigo.

Vítor sentiu como se uma descarga eléctrica lhe percorresse o corpo.

Foi a um lugar barato para comer um pouco. Gastou só metade do que tinha recebido e resolveu guardar o restante para o dia seguinte: comeria do 'Pão de Cristo' dois dias.

Mas uma vez mais sentiu aquela descarga eléctrica a percorrer-lhe o corpo: O PÃO DE CRISTO!

"Um momento! - pensou - Eu não posso guardar o 'Pão de Cristo' só para mim".

Parecia-lhe como que escutar o eco de um hino antigo que tinha aprendido na catequese.

Naquele momento, passava um velhote ao seu lado.

- Quem sabe, se este pobre homem não terá fome também - pensou - Tenho de partilhar o 'Pão de Cristo'.

- Ouça - chamou Vítor - Quer entrar e comer uma comidinha quentinha?

O velho voltou-se e encarou-o de olhar incrédulo.

- Está a falar sério, amigo? O homem não acreditava em tanta sorte, até estar sentado à mesa coberta com uma toalha e com um belo prato de comida quente à frente.

Durante a refeição, Vítor reparou que o homem envolveu um pedaço de pão num guardanapo de papel.

- Está a guardar um pouco para amanhã? - Perguntou.

- Não, não. É conheço um miúdo da rua e que tem passado mal ultimamente. Estava a chorar com fome, quando o deixei. Vou levar-lhe este pão.

- O Pão de Cristo! - Recordou novamente as palavras da senhora e teve a estranha sensação de que havia um terceiro convidado sentado naquela mesa.

Ao longe, os sinos da igreja pareciam entoar o velho hino que antes lhe tinha ressoado na cabeça.

Os dois homens foram levar o pão ao menino faminto que o começou a devorar com alegria. Subitamente, deteve-se e chamou um cãozinho, um cachorrinho pequeno e assustado.

- Toma lá. Metade é para ti - disse o menino. O Pão de Cristo também chegará para ti.

O catraio tinha mudado de semblante. Pôs-se de pé e começou a correr com alegria.

- Até logo! - disse Vítor ao velho - Nalgum lugar encontrará emprego. Não desespere! Sabe? - sussurrou - Isto que comemos é o Pão de Cristo. Foi uma senhora que me disse quando me deu aquelas moedas para o comprar. O futuro só nos poderá trazer algo de muito bom!

Enquanto se afastava, Vitor reparou melhor no cachorrinho, que lhe farejava as pernas. Abaixou-se para o acariciar, quando descobriu que ele tinha uma coleira onde estava gravado o nome e o endereço do dono.

Vítor pegou nele e caminhou um bom bocado até à casa dos donos do cão, e bateu à porta.

Ao ver que o seu cãozinho tinha sido encontrado, o homem primeiro ficou todo contente; depois, tornou-se mais sério, pensando que se calhar o teriam roubado; mas, encarando a cara séria de Vítor e vendo no seu rosto um ar de dignidade, disse então:

- Pus um anúncio no jornal oferecendo uma recompensa a quem encontrasse o cão. Tome!

Vítor olhou o dinheiro, meio espantado, e disse:

- Não posso aceitar. Eu apenas queria fazer bem ao animal.

- Pegue-lhe! Para mim, o que você fez vale muito mais que isto! E olhe, se precisar de emprego, vá amanhã ao meu escritório. Faz-me falta, ao pé de mim, uma pessoa íntegra assim.

Vítor, ao voltar pela avenida, como que volta a ouvir aquele hino que recordava a sua infância e que lhe ressoava no espírito. Chamava-se 'REPARTE O PÃO DA VIDA'.

NÃO TE CANSES DE DAR, MAS NÃO DÊS SOBRAS,

DÁ COM O CORAÇÃO, MESMO QUE DOA.

QUE O SENHOR NOS CONCEDA A GRAÇA

DE TOMAR A NOSSA CRUZ E SEGUÍ-LO, MESMO QUE DOA!

     Jesus: Senhor, eu amo-te muito, e necessito de ti sempre: estás no mais profundo do meu coração.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 14:13
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 23 de Julho de 2010

Reiki na Antiguidade

Há registos acerca da utilização desta técnica holística terapêutica no Tibete que remontam ao Século VII. Estes encontram-se escritos por um dos mais respeitados Monge Professor daquela época, Tse Wang Rigzin. A Terapia Reiki, cujo nome em Tibetano é “Tsi Dup Yang Bod”, sendo esta a mais antiga prática de cura proveniente da civilização Bör (ou Bon), que foram os mais antigos habitantes daquela região e como tal definem-se como população nativa do Tibete (há registo dessa civilização pelo menos três mil anos antes de Cristo), anterior à própria chegada do Budismo ao Tibete, oriundo da Índia.

O nome REIKI foi-lhe atribuído por Mikao Usui. Caso pergunte a um cidadão japonês algo sobre Reiki e ele disser que não conhece não fique admirado. Pois esta técnica de cura natural era uma prática comum na Marinha japonesa (guardada como se de um tesouro nacional se tratasse) até a II Guerra Mundial, altura em que o Japão foi derrotado e muitos dos arquivos perdidos nas constantes mudanças de instalações. Com o orgulho, estima e auto-confiança em baixo, foram tomadas algumas medidas menos coesas como a proibição das práticas terapêuticas holísticas nos primeiros anos após conclusão da guerra, o que não foi o mais coerente pois, nessa altura, toda a ajuda era pouca para elevar a moral e auto-estiva do povo japonês e, tendo esta terapêutica uma incidência na integridade do Ser nos seus 4 níveis (físico, emocional, mental e espiritual) seria uma grande mais valia para todos eles.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Repleto de Amor Incondicional
Música: M80
Publicado por Viktor às 11:34
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 31 de Maio de 2010

Reflexão...

 

Com os recursos de que dispõe, a sociedade tem o dever de fornecer uma ajuda correcta aos seus membros que estão privados do mínimo necessário para o desenvolvimento normal da sua personalidade. Assim sendo, esta frase de São Paulo tem sentido na actualidade ao dizer: Carregai o fardo uns dos outros e assim cumprireis a Lei de Cristo.

A doação desinteressada efectuada com Amor Incondicional para com o semelhante é algo que terá sempre uma retribuição definida pela Lei Cósmica da Causa/Efeito. Esse retorno pode vir das mais variadas formas, mas mesmo que em consciência ache que não está a receber o retorno, o Universo irá dar-lhe, a seu tempo, a sua devida recompensa. Mas de facto, quem dá desinteressadamente não aguarda nada em troca, apenas se preza com a felicidade de compartilhar com quem necessita. Esse é um dos objectivos do REIsocialKI®, mas com uma vantagem, pois neste projecto as pessoas além da satisfação da doação desinteressada, recebem em troca “terapias” holísticas que promovem o seu bem-estar, equilíbrio e harmonia integral.

Faça-mos deste planeta, algures situado na via láctea, um local melhor para todos, sem egoísmos, invejas, aldrabices, matreirice, exploração, arrogância, tristeza e egocentrismo, fazendo deste um planeta melhor para todos, vivendo em comunidade e falando através do coração.

Acredite em Si e no seu enorme potencial interior, pois você é capaz de coisas fantásticas se se conseguir libertar dos paradigmas e dogmas do passado. Pense nisto, e se alguma dúvida tiver disponha…

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Energéticamente bem...
Música: M80
Publicado por Viktor às 10:55
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Outubro de 2009

Comando Estelar

ATENTOS!

 Alexiis, 5 de outubro, 2009

São 17:15h e aqui estou, amados Mestres, procurando elevar minha vibração para receber ao que precise me falar.... faço o melhor para recebê-los.... Sinto uma energia forte, repercute em todo meu corpo, por favor, quem é?

Alexiis, sou CRISTO Miguel, e já faz algum tempo que não venho falar através de você, porque realmente as coisas estão acontecendo em forma bastante acelerada, especialmente quanto aos movimentos da Mãe Terra.

Novamente quero dizer que estamos fazendo todo o possível para aliviar a situação e seus efeitos sobre a humanidade, mas por outro lado tal como se há dito em incontáveis oportunidades, não descartamos ainda a eventualidade da imobilização.

Sei que não é um tema que gostam de falar e sei que não é um tema que normalmente abordamos através de Alexiis, mas esta vez se faz necessário. Faz-se necessário porque temos que utilizar o canal que esteja disponível e que seja o suficientemente capaz de entender a mensagem, e nesse momento isso você é, Alexiis. Sabe que normalmente este tipo de mensagem vem de outro lado, mas também sabemos que podemos contar com você e que o consegue transmitir.

Isto não é para alarmar, mas saibam que se for necessário, para preservá-los ante um desastre maior, vamos realizar a imobilização. Bastante se falou e bastante se tem escrito a respeito.

O que eu venho hoje reforçar é somente que se mantenham centrados, mantenham-se em seu equilíbrio. Cada um de vocês. Não permitam que mensagens externas que não são da Luz os alterem. Cada um precisa usar o discernimento de que já é capaz.

Vocês podem dizer, “que segurança temos que esta mensagem enviada através de Alexiis é realmente de Cristo Miguel?” Muito bem, vocês o podem comprovar através do que sentem ao lê-la, o que sentem em seu coração. Eu sei que quanto a Alexiis, ela percebe perfeitamente se uma energia é real e verdadeira ou não. Por isso que hoje vim falar através dela.

Não é longa esta mensagem, pois não quero me estender. Alias, ultimamente é muito pouco o que eu tenho a comunicar. A única coisa que peço aos trabalhadores da luz e ao resto da humanidade é que esteja em condições, mantenham-se atentos, mantenham-se em seu equilíbrio e mantenham-se em sua luz e em seu amor.

Eu Sou CRISTO Miguel.

http://alexiis-vozdelaluz.blogspot.com/

colaborador: Órion 3

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 00:17
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 28 de Maio de 2009

Problemas do Mundo

O mundo está repleto de ouro.

Ouro no solo. Ouro no mar. Ouro nos cofres.

Mas o ouro não resolve o problema da miséria.

O mundo está repleto de espaço.

Espaço nos continentes. Espaço nas cidades. Espaço nos campos.

Mas o espaço não resolve o problema da cobiça.

O mundo está repleto de cultura.

Cultura no ensino. Cultura na técnica. Cultura na opinião.

Mas a cultura da inteligência não resolve o problema do egoísmo.

O mundo está repleto de teorias.

Teorias na ciência. Teorias nas escolas filosóficas. Teorias nas religiões.

Mas as teorias não resolvem o problema do desespero.

O mundo está repleto de organizações.

Organizações administrativas. Organizações económicas. Organizações sociais.

Mas as organizações não resolvem o problema do crime.

Para extinguir a chaga da ignorância, que acalenta a miséria; para dissipar a sombra da cobiça, que gera a ilusão; para exterminar o monstro do egoísmo, que promove a guerra; para anular o verme do desespero, que promove a loucura, e para remover o charco do crime, que carrega o infortúnio, o único remédio eficiente é o Evangelho de Jesus no coração humano.

Sejamos, assim, valorosos, estendendo a Doutrina Espírita que o desentranha da letra, na construção da Humanidade Nova, irradiando a influência e a inspiração do Divino Mestre, pela emoção e pela ideia, pela directriz e pela conduta, pela palavra e pelo exemplo e, parafraseando o conceito inolvidável de Allan Kardec, em torno da caridade, proclamemos aos problemas do mundo: "Fora de Cristo não há salvação."

Espírito: BEZERRA DE MENEZES_

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:20
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 27 de Maio de 2009

Apelo Fraternal

Meu amigo, não guardes em vão a fé que o Céu te conferiu.

És o discípulo do Mestre, no círculo das lições, embaixador de seu evangelho nos caminhos da vida.

Não te espante, pois, o quadro doloroso do mundo, onde foste chamado a servi-lo.

Ora e vigia, espera e ama sempre, para que sejas em nome Dele luz que dissipe as trevas, amor que anule o ódio, paz que aniquile a guerra, fé que extermine a descrença, sabedoria que esclareça, esperança que reanime, compreensão que auxilie, fraternidade que abençoe, inspiração que conduza ao bem, estímulo à santificação!...

Em face dos sagrados deveres que nos competem, voltemo-nos para o santuário da consciência ouvindo as advertências do Senhor, nas oportunidades de cada dia.

E iluminemos a estrada, ainda que a sombra persista, amemos sem retribuição, como Jesus nos amou, apaziguemos as tempestades da dor, confiemos sempre embora pareça inútil, esclareçamos sem exigências, esperemos o futuro com alegria, ainda que todos desesperem, compreendamos sem reclamar compreensão para nós, irmanemo-nos uns aos outros com sinceridade, inspiremos aos que nos observam, oferecendo-lhes a mensagem do bem, estimulemos a alegria de viver ainda que todos se entreguem ao desalento ...

Lembra-te que és o sal da Terra!

Recorda-te de que és a carta de Cristo no envelope da carne, em cujos caracteres a Humanidade deve aprender o caminho do entendimento com a vida eterna para o Mundo Melhor de Amanhã.

Espírito: AUGUSTO SILVA

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:49
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 30 de Abril de 2009

Segue Somente o CRISTO

Nosso Senhor Jesus Cristo é o nosso Caminho. Ele acordou-nos para a razão. Até hoje segue os nossos passos, esperando que despertemos para o Amor, aquele amor que serve sem trocas transitórias, sem averiguações indesejadas, desprendendo-se dos interesses próprios.

Corres sempre o risco de errar ao seguires homens na Terra, mesmo que sejam os mais entendidos. Ainda resta muita coisa por fazer em todas as condutas, daí o perigo de caíres com eles em erros graves. Segue somente o Cristo, por ser somente Ele o Caminho, a Verdade e a Vida.

É justo que devas apreciar os dotes alheios, examinar os grandes personagens da história, mas procedendo como fez e falou Paulo de Tarso: retirar o que for conveniente e prosseguir o teu próprio caminho. A criatura encarnada, por mais virtuosa que seja, ainda está presa, de certo modo, às trevas do passado. A sua situação actual encontra-se ligada a situações por enquanto instáveis, sujeita a novos deslizes. E quem a segue de olhos fechados, sem o discernimento da razão, está sujeito a cair com ela na fossa do desespero.

Na Terra não há nada definitivo, estando tudo sujeito a constantes mutações. A verdade é relativa em todos os ângulos e as pessoas devem mudar com a força do progresso espiritual. A evolução do Cristo está fora do ambiente terreno. Ele é conhecedor de todas as nossas necessidades, o Engenheiro Sideral mais iluminado, Pastor de todo o rebanho do planeta. Quem segue homens deixa-se influenciar por eles e quem caminha com JESUS é cuidadoso no equilíbrio, de sorte a plasmar somente o que suporta, na sua estrutura de vida.

É certo que participes da religião ou filosofia que preferires. No entanto, deves habituar-te a carregar a tua própria cruz, conhecer os teus problemas e construir o teu reino, onde serás o deus. Não deixes que palavras bonitas e bem postas de pregadores e tribunos de todas as espécies te prendam, associando as ideias deles às tuas, como sendo pensamentos condicionados, quando a Sua fala esteja em conflito com as leis divinas. Prepara-te para analisares o que ouves, seja de quem for, porque és diferente daquele que fala e as tuas necessidades nem sempre são iguais às dele. Deves procurar o teu próprio caminho e seres o instrutor de ti mesmo, sem, contudo, desconsiderar o que foi bom para muitos.

A experiência alheia muito nos ajuda, porém, como estudo para que tomemos as nossas decisões. Naturalmente devemos ouvir os companheiros que têm o dom da palavra. Entretanto, não devemos nos deixar guiar por eles. Existem muitos tipos de alimentos que servem para manter a nossa vida física. Todavia, o próprio organismo rejeita certas espécies. Assim é no campo do espírito. Tudo o que existe, certamente o é por lei. Entrementes, nem tudo convém ser assimilado. E, para isso, procuremos JESUS pela oração, que Ele nos ensinará a escolher o que de melhor possamos receber. O Mestre é, por excelência, o Pastor inconfundível, que deve ser despertado em nós por amor a nós mesmos e por obediência ao Nosso PAI CELESTIAL.

Cirurgia Moral

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:06
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Abril de 2009

CARIDADE – A Nossa Bandeira

Meus filhos:

Jesus - o nosso Mestre.

Amor - o nosso clima.

Caridade - a nossa bandeira.

Serviço - a nossa bênção.

Sim, filhos do coração,

quanto nos seja lícito;

tanto quanto pudermos;

seja com quem for;

em toda parte;

em qualquer tempo;

à frente de todos;

ante quaisquer circunstâncias;

por todos os modos justos;

nos mínimos gestos;

sem restrições de qualquer natureza;

como nos seja possível;

através dos sentimentos;

pelo veículo das ideias;

pela forma das palavras;

e pela força das acções

levantemos o nosso estandarte de luz!...

Que, em tudo, a caridade,

por presença do Cristo,

resplandeça de nós para com os outros,

com o esquecimento de nós próprios,

para que o Reino Eterno

do Pai Celestial,

seja instalado, enfim,

em nossos corações,

agora e para sempre.

Espírito: Fabiano de Cristo

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:06
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Janeiro de 2009

Paz Espiritual

Vocês concebem a balbúrdia terrível no plano etéreo, tão próximo ao físico? Tente sintonizar o seu rádio e captar do éter cerca de uma vintena de estações ao mesmo tempo! Pode imaginar a tremenda confusão? Os pensamentos da humanidade gerem barulho e não som. Somente nos planos espirituais de harmonia podemos chamar as vibrações de som, ou música. Então, imagine ultrapassar esta balbúrdia desarmónica, rude e confusa, e ir para cima, em direcção aos planos da vida espiritual, cada um mais harmonioso e delicado, até atingir as verdadeiras esferas de harmonia. Nesses planos, há música na atmosfera; o próprio vestuário dos habitantes vibra harmonia e melodia.

Podem apreciar a beleza de um pequeno grau? Podem adquirir o poder de sintonizar aquela orquestra divina. Mas esse não é simplesmente um dom físico, é um dom da alma; está dentro de si. Podem adquirir o poder de ouvir com maior clareza e correcção, do que é possível no plano físico. Mas inicialmente tem de haver harmonia, pureza e muito amor próprio.

Todos estamos constantemente envolvidos pela emanação espiritual, força espiritual que se irradia da aura de Cristo, que veio do Deus “Pai-Mãe” para nos proteger, purificar e iluminar o caminho para todas as crianças de Deus. Não podemos permanecer fora dessa vida do Filho, o Cristo. Enquanto a humanidade se contorce em agonia, enquanto almas sombrias infligem sofrimento e almas ignorantes sofrem, recordem-se sempre que vocês são um canal através do qual Cristo pode atingir outros e iluminar a escuridão deles.

Isso jamais será alcançado apenas através da oração, mas somente pelo fortalecimento do seu espírito, pelo crescimento da mente divina em cada um, pela radiação da boa vontade e paz no seu coração; não meramente uma crença em que a guerra é terminantemente errada, mas uma paz, que pode lhes guiar durante o dia placidamente, até alegremente, uma paz que permanece imperturbável no meio do conflito físico, exactamente como o Mestre ensinou através do assim denominado milagre em que acalmou a tempestade. O Mar da Galileia representa o corpo da alma agitado pelos elementos exteriores. O Mestre, adormecido no barco, ou no coração (do ser) do homem, levanta-se e acalma a tempestade; pois não é Ele o Mestre, o comandante? Ele é paz.

É isso que quero dizer com facto de serem pacíficos e viverem em paz. Vocês necessitam de uma realização contínua do seu relacionamento com Cristo, com o Deus “Pai-Mãe”. Sintam a paz que os anjos de Cristo trazem. Não pensem em paz como uma condição puramente negativa, pois as profundezas da paz contêm as forças criativas do universo, e as palavras do som poderoso do silêncio. A Paz é um dinâmica tanto quanto o Amor e a Sabedoria o são: todos esses atributos espirituais estão impregnados com poder, um poder inatingível sem quietude da mente e da alma.

(In "Spiritual Unfoldment I" do espírito White Eagle pela médium Grace Cooke, Liss (Inglaterra), The White Eagle Publishing Trust, 1972).

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Bem Estar Comum Universal
Publicado por Viktor às 00:32
Link | Comentar | ver comentários (6) | favorito
Quinta-feira, 1 de Janeiro de 2009

A GRANDE INVOCAÇÃO

Do ponto de Luz na Mente de Deus

Que a Luz se irradie para a mente dos homens.

Que a Luz desça sobre a Terra.

Do ponto de Amor no Coração de Deus

Que o Amor se irradie para o coração dos homens.

Que o Cristo regresse à Terra

Do centro em que a Vontade de Deus é conhecida

Que o propósito oriente as pequenas vontades dos homens,

O propósito que os mestres conhecem e a que servem.

Do centro a que chamamos de raça dos homens

Que o Plano do Amor e da Luz se realize

E ele possa selar a porta onde o mal habita.

Que a Luz, o Amor e o Poder restabeleçam o Plano na Terra.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Feliz Ano Novo...
Publicado por Viktor às 16:39
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2008

Pensamento do Dia

Vós sois as mãos de Cristo
Cristo não tem actualmente sobre a terra nenhum corpo senão o teu,
Outras mãos senão as tuas,
Outros pés senão os teus,
Tu és os olhos com os quais a compaixão de Cristo deve observar o mundo,
Tu és os pés com os quais Ele deve de ir fazendo o bem,
Tu és as mãos com as quais Ele deve abençoar os homens de hoje.
Santa Teresa D’Ávila
Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

EL REIKI

El Reiki es un sistema de sanación japonés. Si deseáis profundizar en vuestros conocimientos, en la bibliografía que aparece al final del libro se indican los nombres de excelentes libros sobre la historia del Reiki y sobre la energía en general.
El sistema de sanación del Reiki fue redescubierto en el siglo XIX por un monje cristiano de Kyoto, el doctor Mikao Usui. Tras una larga y profunda investigación, el doctor Usui halló las huellas de estos símbolos de sanación en el Coran y en la Biblia. Sin embargo, en ninguna parte se especificaban estos símbolos, ni siquiera cómo llegar a encontrarlos. En todas las tradiciones se mencionan a profetas que curan con sus manos, como por ejemplo Cristo, pero nunca se llega a especificar cómo utilizar esta ciencia secreta.
El doctor Usui, después de una larga búsqueda y tras haber practicado el ayuno durante mucho tiempo, a través de una iluminación, recibió estos símbolos secretos así como las posiciones de las manos a ser utilizadas. Enseguida formuló estos símbolos y sistematizó las posiciones de las manos de tal forma que, con frecuencia, al Reiki también se le denomina el «Usui Healmg System». De hecho, Reí significa cósmico y ki significa fuerza. Aunque esta traducción pueda parecer algo limitada, al mismo tiempo también es muy exacta.
Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

OS CHAKRAS MENORES

Os chakras menores são algumas vezes mencionados nos textos sagrados dos hindus. Contudo, eles oferecem muito pouco interesse, salvo aqueles que estão em estreita relação com o cérebro e aos quais fazem algumas vezes alusão certos autores: “O Lalanâ chakra, em frente da úvula, com doze pétalas (ou lobos), região que se supõe associada à produção dos sentimentos e das afeições ego-altruístas, como o amor próprio, o orgulho, a afeição, a cólera, o pesar, a veneração, o contentamento, etc.”.
O iniciado se concentra sobre este centro no momento em que visualiza seu instrutor para solicitar-lhe conhecimentos diversos. O centro Lalanâ é responsável pelos doze pares de nervos cranianos que partem do cérebro para terminar nos diferentes órgãos dos sentidos.
"O Mana chakra, o sensório, com seis lobos (cinco sensórios especiais para as sensações de origem periférica, e um sensório comum para as sensações de origem central, como nos sonhos e nas alucinações".
Considera-se geralmente que o Mana chakra é fisicamente exteriorizado pelo cerebelo. É também a partir destas pétalas que nascem as sensações dos cinco sentidos.
"O Soma chakra, gânglio com dezesseis lobos, compreendendo os centros do cérebro, acima do sensório; sede dos sentimentos altruístas e do controle da vontade, da compaixão, da bondade, da paciência, da renúncia, da determinação, da magnanimidade, etc."
Dizem os yogues que é neste centro que pode ser contemplada a bem-aventurança do glorioso Ishvara (Ishvara corresponde ao segundo aspecto da trindade cristã, isto é, ao Filho, ao Cristo manifestado; Ishvara é também Aum, a palavra sagrada; é “o Cristo em nós, a esperança e a glória”). (Arthur Avalon, La puissance du serpent, Dervy-Livre).
Publicado por Viktor às 10:30
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Janeiro de 2008

ESSAS OUTRAS CRIANÇAS

Quando abraças teu filho, no conforto doméstico, fica essas outras crianças que jornadeiam sem lar.
Dispões de alimento abundante para que teu filho se mantenha em linha de robustez.
Essas outras crianças, porem, caminham desnorteadas, aguardando os restos da mesa que lhes atira, com displicência, findo o repasto.
Escolhes a roupa nobre e limpa de que teu filho se vestirá, conforme a estação.
Todavia, essas outras crianças tremem de frio, recobertas de andrajos.
Defendes teu filho contra a intempérie, sob o teto acolhedor, sustentando-o à feição de jóia no escrínio.
Contudo, essas outras crianças coxeiam estremunhadas na via pública quando não se distendem no espaço asfixiante do esgoto.
Abres ao olhar deslumbrados de teu filho, os tesouros da escola.
E essas outras crianças suspiram debalde pela luz do alfabeto, acabando, muita vez, encerradas no cubículo das prisões, à face da ignorância que lhes cega a existência.
Conduzes teu filho a exame de pediatras distintos sempre que tenha uma leve dor de cabeça.
Entretanto, essas outras crianças mimadas por moléstias atrozes, agonizam em leitos de pedra, sem que mão amiga as socorra.
Ofereces aos sentidos de teu filho, a festa permanente das sugestões felizes, através da educação incessante.
No entanto, essas outras crianças guardam olhos e ouvidos quase sintonizados no lodo abismal das trevas.
Afaga, assim, teu filho no trono familiar, mas desce ao pátio da provação, onde essas outras crianças se agitam em sombra ou desespero e ajuda-as quanto possa!
Quem serve no amor de Cristo, sabe que a boa palavra e o gesto de carinho, o pedaço de pão e a peça de vestuário, o frasco de remédio e a xícara de leite operam maravilhas.
Proclamas a cada passo que esperas confiante o esplendor do futuro mas, enquanto essas outras crianças chorarem desamparadas, clamaremos em vão pelo mundo melhor.
Espírito: EMMANUEL
Médium: Francisco Cândido Xavier
Publicado por Viktor às 16:00
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Feliz PÁSCOA para TODOS

. O Pão da Vida

. Reiki na Antiguidade

. Reflexão...

. Comando Estelar

. Problemas do Mundo

. Apelo Fraternal

. Segue Somente o CRISTO

. CARIDADE – A Nossa Bandei...

. Paz Espiritual

. A GRANDE INVOCAÇÃO

. Pensamento do Dia

. EL REIKI

. OS CHAKRAS MENORES

. ESSAS OUTRAS CRIANÇAS

. Esperança e responsabilid...

. Cristo-Luz

. A GENEALOGIA DE JESUS CRI...

. TRANQUILIDADE

. PAZ ESPIRITUAL

. DESPERTAMENTO DOS CHAKRAS

. CHAKRA CARDÍACO

. EVA E A COSTELA ADÃO: UM ...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007