Terça-feira, 18 de Fevereiro de 2014

Reflexão: Eles andam aí…

Caros leitores,

     O planeta Terra tem passado grandes transformações ao longo dos seus milénios de existência e os seres humanos sentiram sempre a necessidade de acreditar em algo superior, que mesmo sendo muitas vezes inexplicável, sentiram essa necessidade interiormente. Tem sido também ao longo de milénios que a humanidade vai assistindo a uma guerra que parece nunca ter fim, a batalha entre o Bem e o Mal.

     Todo o ser humano que nasce tem direito a viver com dignidade, respeitar e ser respeitado pelos demais, mas infelizmente há grandes disparidades que começam pelas zonas do globo terrestre, seguem-se os continentes, os países, religiões e famílias. É uma “luta” constante entre o Bem e o Mal não só em tudo aquilo que nos rodeia mas inclusivamente dentro de nós mesmos. A nossa luta interior entre o Bem e o Mal é difícil e complexa, porque todos nós, até atingirmos o nível de consciência que nos permite termos consciência do que realmente se passa, somos mentalmente bombardeados e chipados. Cada um de nós, desde o momento do nascimento entra numa nova etapa de aprendizagem, num processo educativo e de inter-acção com tudo o que nos rodeia. É precisamente nesse processo que nos “implantam” ideias na mente, tais como falsas crenças e dogmas, começando desde muito cedo a “exercer” sobre nós um certo domínio mental, que nos condiciona o livre arbítrio.

     Muitas pessoas têm receio de falar de assuntos que estejam relacionados com rituais satânicos, bruxarias e outras coisas negativas, mas na verdade essas coisas existem mais do que imaginamos, para infelicidade da humanidade. Para que vocês entendam melhor eu vou-lhes dar um exemplo: Um reikiano antes de começar a fazer reiki (a outro ou a si mesmo) faz a invocação, pedindo aos seus guias (ou anjo da guarda) ou até mesmo a um santo/anjo que seja da sua devoção (consoante a crença de cada um) para lhes darem uma ajuda na aplicação de reiki. São seres de luz repletos de amor incondicional que auxiliam os reikianos nas suas aplicações de reiki através da canalização dos fluidos vitais, tais como os seres de luz aos quais os fieis dirigem as suas orações e preces, no que diz respeito às questões religiosas. Estes seres que existem e que alguns já estiveram entre nós são reais, apenas não visíveis aos olhos do comum dos mortais, aos quais cada um de nós já dirigiu as suas preces em determinados momentos da vida, certo? (faça uma pequena reflexão sobre as palavras) Todos nós aspiramos um dia ser como esses seres, seguindo o caminho da ascensão, através das aprendizagens nas sucessivas reencarnações da roda da vida. A esses seres de luz recorrem todos os seres humanos que agem de boa fé, com amor e compaixão pelos seus semelhantes. Aqueles que procuram rituais satânicos, bruxarias e outras coisas negativas, invocam e usam seres de baixo astral, do subsolo, de baixa dimensão, ou até mesmo deuses maléficos. Estes seres têm um nível de consciência tão baixo que, ao invés de sentirem prazer quando praticam o bem, sentem prazer ao praticar o mal, prejudicando os seus semelhantes. Essas são atitudes reprováveis e devem ser denunciadas, as quais aqui lhes descrevi apenas com o intuito de vos alertar. Espero que esta reflexão vos faça pensar um pouco para que possam escolher o melhor caminho para vocês, repleto de luz, paz e amor.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:23
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 27 de Janeiro de 2014

Alerta: Cuidado

Caros leitores,

     A vida de cada um ser humano é como um teatro de improviso, onde ao longo do dia podemos ter cenas dramáticas, cómicas, monólogos, diálogos, mascaras entre muitas outras coisas. Todas as coisas que nos acontecem são por nós mesmos atraídas, através do nosso nível de vibração energética. Compreendo que para muitas pessoas aquilo que acabei de dizer lhes possa parecer desprovido de sentido, mas aquilo que tento fazer é apenas partilhar com vocês as minhas aprendizagens.

Antes de escrever sobre o alerta que vos pretendo transmitir, quero-lhes dizer que ao longo da minha vida tenho passado por diversas atribulações, onde muitas vezes tive de fazer algumas escolhas.

     São precisamente nos períodos mais conturbados, quer sociais quer pessoais, que surgem nas mentes dos seres humanos dúvidas, incertezas, descrenças, pessimismo, pensamentos negativos, enfim, um conjunto de aspectos negativos que se “implantam” na nossa mente. Todos estes pensamentos tornam-nos frágeis, sensíveis e inseguros, que nos “impelem” a procurar respostas e/ou ajuda, pois a confusão que se instala na mente é tal que, as pessoas acabam por recorrer a pessoas e práticas de credibilidade algo duvidosa. É para as pessoas que neste momento se enquadram no que acabei de dizer, que este texto se dirige se bem que todas as outras podem ler também, alertando-as para as armadilhas e ciladas que podem encontrar no seu caminho. Quando o ser humano tem um determinado problema (prefiro usar o termo obstáculo) que pretende ver resolvido, vai recorrendo a vários locais e/ou pessoas até que alguém que lhe consiga resolver a situação em causa. Compreendo que certas coisas lhe possam causar um enorme transtorno, mas antes de procurar auxílio pense se não estará, por ventura, a dar demasiada importância à pessoa ou acontecimento em causa. Depois de analisar o que acabei de lhe dizer, faça a sua escolha em consciência e, antes de tomar uma decisão analise bem o que lhe dizem. Veja se as coisas que lhe dizem têm alguma coerência e sobretudo se não lhe exigem o pagamento de elevadas quantias monetárias, pois há por ai muito “lobo” vestido com “pele de cordeiro”. Há pessoas que são peritas, infelizmente no sentido menos positivo, em manipular a mente, que se encontra em estado “débil” e que quer soluções rápidas, acabando por enganar as pessoas que no final ficam ainda pior, pois ficam sem algum dinheiro além de se sentirem enganadas. Por isso lhes digo, tenham cuidado porque nem tudo o que reluz é ouro.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:35
Link | Comentar | favorito

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: Eles andam aí…

. Alerta: Cuidado

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007