.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 9 de Outubro de 2017

Reflexão: O Reiki em inúmeras situações…

Caríssimos,

     Apesar do Reiki ter chegado a Portugal em 98, subsistem ainda hoje muitas dúvidas acerca desta terapia, mas mais diversas pessoas, dos mais diversos credos, cores e religiões. Há, na generalidade, um erro comum à maioria dos Seres humanos que se resume ao facto de darem opiniões sobre assuntos, dos quais não percebem nada. No que diz respeito ao Reiki isso acontece muito, pois tenho lido e por vezes ouvido por ai as maiores barbaridades, mas enfim, a culpa talvez não seja das pessoas, mas sim de quem as instruiu, incutindo-lhes ideias erradas na mente.

     Sendo o Reiki a terapia do Amor Incondicional e sendo para todos, nem todas as pessoas conseguem ser verdadeiramente reikianas. Não basta tirar um curso de Reiki, há que ter em mente os 5 princípios do mesmo, e diariamente aplica-los mas mais diversas situações ao longo da vida. Os 5 princípios do Reiki são a pedra basilar, que o podem ajudar na sua vida em todas as situações e momentos, desde que paute as suas ações e palavras com base neles. Permitir que o Reiki entre no nosso caminho, é aceitar-mos as mudanças que ele nos provoca, jamais deixando de respeitar os nossos semelhantes bem como o seu livre arbítrio. Infelizmente há quem use o Reiki para “encapotar” outro tipo de práticas ou cultos ritualistas, mas em verdade lhes digo que o Reiki em nada se assemelha a isso. Todos aqueles que permitem que o Reiki integre as suas vidas, permitindo também pautar os seus atos e palavras através dos 5 princípios, vão certamente obter mudanças positivas, pois o Reiki é amor, compaixão, humildade e prazer. Achou estranho ter usado o termo prazer? Sim, o prazer de praticar o bem para com o seu semelhante (senciente) partilhando o seu amor incondicional.

     Em suma, o Reiki pode ser aplicado em todos os gestos que pratica em casa, na escola, no trabalho, no café, enfim, em tudo o que fazemos, pois sendo o amor infinito, podemos coloca-lo em tudo o que fazemos. Pensem se querem aprender a ser assim ou se necessitam dar um novo colorido à vossa vida, e talvez concluam que este poderá ser o caminho, dando uma oportunidade a si mesmo. Tudo de bom a todos e sejam imensamente felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:21
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 1 de Dezembro de 2014

Partilha - Encontro de Reiki

Chá com Reiki.jpg

 Bom dia,

     Dia 2 vai ser realizado mais um encontro/partilha, "Chá com Reiki", às 21h em Albufeira. Estes encontros têm o objectivo de juntar pessoas interessadas nas terapias orientais e praticantes de reiki, num ambiente relaxado e tranquilo, repleto de energia positiva.

     No final poderá usufruir de um chá convívio entre todos os participantes.

     A entrada para este evento é Gratuita, pois este evento destina-se a toda a comunidade.

     Para mais informações e/ou esclarecimentos pode-me contactar através do seguinte número: 962856134.

Saudações holísticas.

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 13:30
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Julho de 2014

Não sinto o Reiki

Caríssimos,

     O Reiki é algo que ainda suscita muitas dúvidas, principalmente porque as pessoas não acreditam nas suas próprias capacidades energéticas e, além disso dizem com alguma regularidade: “Para se fazer isso tem de se ter um Dom”; “Você tem um Dom”. Mas na realidade o Reiki nada tem a ver com Dom, é apenas uma terapia na qual o reikiano se conecta com o universo e passa para si ou para outro a energia vital, a energia do Amor Incondicional. Isto leva-me a colocar-lhe a seguinte pergunta: Você não tem amor dentro de si? É claro que tem, a menos que esteja com falta de auto-estima. Assim basta ter Amor dentro de si para poder ser um praticante de Reiki e, mesmo estando a passar um período menos bom, no qual o seu nível energético baixa, podem surgir bloqueios nos seus canais. Neste caso o reikiano deverá pedir a outro que lhe faça uma aplicação de Reiki e um alinhamento de chakras, para desobstrução dos canais e equilíbrio energético.

     Abordando agora o título deste texto (não sinto o Reiki), é algo que pode acontecer a quem recebe uma sessão de reiki ou até mesmo a quem faz o curso de iniciação ao reiki, pois como sabe por vezes não basta apenas a nossa vontade. Uma vez que o Reiki actua em todo o nosso Ser, nos planos físico, emocional, mental e espiritual, por vezes basta termos um bloqueio maior num desses planos para não sentirmos quase nada quando estamos a receber Reiki. Deixem que lhes diga que o nosso subconsciente, por vezes, também interfere no que sentimos ao receber uma sessão de Reiki. Se formos receber uma sessão de Reiki apenas e só para experimentar certamente pouco ou nada irá sentir, pois desconhecendo o que pode acontecer no decorrer da sessão, o subconsciente do receptor pode criar, tipo uma armadura à volta da pessoa, como autodefesa da mesma. Dessa forma irá impedir que a energia emanada pelas mãos do reikiano penetre no seu Ser, através do plano físico.

     Para poder sentir e usufruir plenamente de uma sessão de Reiki deve confiar plenamente no Terapeuta e entregar “de corpo e alma”, para que a Energia Reiki possa actuar nos quatro planos (físico, emocional, mental e espiritual) e até mesmo nos bloqueios localizados na linha do tempo (passado, presente e futuro). Recordo-lhes também que um Terapeuta não faz diagnósticos médicos, pois não está habilitado para tal e, mesmo que possa e/ou consiga detectar algo deverá sugerir ao paciente que se dirija a um médico especializado. O Reiki é uma terapia complementar e/ou integrativa, como tal pode ser utilizada conjuntamente com qualquer outra terapia, convencional ou holística.

     Em conclusão devo-lhes dizer que, caso sintam algum medo ou receio, recomendo-lhe que não marque uma sessão de Reiki, pois deve antes entrar em contacto com um Terapeuta ou Mestre, para que o possam esclarecer sobre o que é uma sessão de Reiki e o que pode acontecer no decorrer de uma sessão. Aproveite também para verificar se tem empatia energética com o mesmo e só depois de tudo esclarecido e dos “medos/receios” debelados, marque então uma sessão e desfrute na sua plenitude da Energia Vital do Amor Incondicional.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:06
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 3 de Outubro de 2013

Reiki, esclarecimento de dúvidas

Caros leitores,

     Cada vez mais o Reiki vai estando presente na vida de muitas pessoas. É sem dúvida algo muito positivo, mas como é claro antes de receber uma sessão terapêutica de Reiki ou fazer uma formação de iniciação ao Reiki, qualquer pessoa procure informações e/ou esclarecimentos (benefícios e outros) relativamente a esta terapêutica. Assim, surgem então um conjunto de questões na mente, as quais pretendo esclarecer devidamente para que possam fazer as vossas escolhas em consciência.

     Como escolho um mestre de Reiki?

     Em meu entendimento esta é a escolha mais importante, independentemente da linhagem (tradicional, essencial, tibetano, etc…), pois deverá informar-se sobre o trabalho do mesmo perante a sociedade global. Deverá contactá-lo para verificar se há uma verdadeira empatia energética, muito importante para a ligação que com Ele vai estabelecer desde o momento da sintonização.

     Quanto custa receber uma sessão de Reiki?

     O preço de uma sessão de Reiki varia de terapeuta para terapeuta e de espaço para espaço, o que faz com que possa encontrar desde sessões gratuitas até a sessões de 70€ ou mais.

     Qual o valor do curso de Reiki?

     Esta questão tem uma resposta idêntica à anterior, ou seja, cada mestre define um valor para a formação que vai dar.

     Posso continuar com outro mestre?

     Quando se inicia no Reiki em regra geral começa-mos e terminamos as formações com o mesmo mestre, mas caso mudem de opinião e pretendam continuar com outro podem fazê-lo. Comigo mesmo há pessoas que já fizeram o nível 2 ou 3 e o Karuna e tinham sido iniciados por outros mestres. Há quem defenda que quando se começa com outro mestre se deve começar de inicio, mas isso não corresponde à verdade, pois “obrigar” os formandos a repetir níveis que já fizeram com outra pessoa é uma forma de lhes extorquir dinheiro, além de ser uma falta de respeito para com o outro mestre (colega) que merece ser respeitado profissionalmente.

     Quanto tempo dura um curso?

     O curso tem a duração de um dia ou mais, consoante os métodos e técnicas pedagógicas adoptadas pelo mestre, sendo a duração do curso da sua inteira responsabilidade.

     Posso ir a uma consulta ou fazer o curso se estiver menstruada?

     É claro que pode, pois isso é apenas um processo fisiológico natural na vida de qualquer mulher.

     Sendo uma pessoa com problemas de saúde posso fazer o curso?

     Sim pode, além de ser uma grande mais valia para si mesmo, pois assim vai passar a ter nas mãos uma ferramenta que o pode ajudar sempre que queira, além de aprender a fazer reiki às caixas de medicamentos, potenciando o seu efeito benéfico, atenuando ou excluindo os efeitos secundários da mesma.

     Para ser reikiano tenho de ser vegetariano?

     Ser vegetariano é uma opção de vida de cada Ser humano, contudo é natural que depois de se iniciar no reiki o seu organismo deixe de “pedir” tantas vezes carne e que coloque de parte a ingestão de bebidas alcoólicas, mas tudo isso são opções pessoais de cada reikiano. Ser reikiano não é ser fundamentalista.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:13
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 7 de Agosto de 2013

Esclarecimentos sobre Reiki…

     O caminho do Reiki é uma constante aprendizagem na qual muitas vezes nos deparamos com algumas dúvidas e nem sempre está alguém “à mão” para os esclarecer. É no sentido de continuar o trabalho de divulgação desta prática terapêutica que vou responder a algumas dúvidas que surgem, principalmente nos reikianos que entraram neste universo energético há pouco tempo.

P: Posso fazer o curso de iniciação ao Reiki estando grávida?

R: Sim pode, desde que sinta essa vontade e estando a gerar outro Ser dentro de si, o Reiki será também uma boa ferramenta para auxiliar o bem-estar de ambos.

P: O que devo fazer para me sentir mais preparado no dia do curso?

R: Fisicamente (corpo) deve, principalmente na véspera do curso, evitar beber bebidas alcoólicas e comer carnes vermelhas, evitar ambientes energeticamente carregados e/ou negativos, deve comer saladas e beber líquidos, deve levar roupas confortáveis e não levar metais (fios, pulseiras e anéis).

P: Para se ser reikiano temos de ter um dom?

R: Para ser reikiano é preciso termos amor, o que todo o ser humano tem dentro de si, basta envolver-se nele e deixar que se expanda para o seu semelhante.

P: Ao entrar no universo do Reiki tornamo-nos vegetarianos?

R: Ser vegetariano é uma opção de cada um, não uma obrigação. Cada um tem as suas opções consoante as necessidades e gostos pessoais.

P: Se eu passar a ser Reikiano tenho de deixar de beber álcool?

R: Para ser reikiano não necessita de ser abstémico, pode beber um copo à refeição mas sempre com moderação, mas não sendo algo necessário para a sobrevivência do Ser humano, é natural que vá perdendo a vontade de beber.

P: Como escolho um mestre de reiki?

R: Essa é das coisas mais importantes, e o método de escolha mais eficaz é através da empatia energética que dá a indicação necessária à nossa intuição para escolher este ou aquele mestre.

P: Quando devo receber ou fazer auto-aplicação de Reiki?

R: Faça sempre que lhe seja possível, porque não tem contra-indicações, promove o seu bem-estar e saúde, em prol da sua harmonia e bem-estar.

Desejo-lhes tudo de bom.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 12:08
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 16 de Maio de 2012

Universo Energético do Reiki… (esclarecimentos)

     Ao longo do tempo muitas coisas têm sido ditas, escritas e até mesmo feitas sob o nome ou designação “Reiki”. Como em tudo na vida, há quem acredite e desacredite, quem venere e enxovalhe, enfim tanta coisa, mas cada um é dono das suas próprias vontades e crenças, do seu caminho e das suas escolhas, e assim deve ser respeitado. Sendo o Reiki uma terapia holística energética, que tem como base fundamental a prática do amor incondicional jamais poderá ser utilizada para praticar o mal para com os outros, pois o amor nunca foi usado para a pratica de actos impróprios.

     Para que não façam juízos errados acerca do Reiki, deixem que os esclareça sobre um conjunto de situações:

     - O Reikiano canaliza a energia universal para o recetor através da imposição de mãos;

     - A energia universal é fonte de vida para todo o universo, pois sem energia nada se move, tal como acontece ao ser humano quando a perde na totalidade (óbito);

     - Se o Reiki é a canalização dessa energia cuja fonte é comum, logo dizer que o Reiki A é melhor que o B é incorrecto, pois ambos provêm do mesmo local (ex.: o Manuel vai à fonte com um garrafão de vido e o José leva um de plástico, a diferença apenas está no garrafão, pois a água é da mesma fonte).

     - Algumas pessoas acreditam que quem criou o mundo foi Deus, outros acreditam apenas que há algo superior (energia superior) geradora de tudo, mas isso é apenas e só a crença de cada um pois ambos podem aprender e praticar o Reiki;

     - O Reiki é apenas uma terapia, independente das religiões, dogmas e crenças de cada um, pois traduz-se na prática do amor na sua mais pura forma;

     - Promovendo uma boa circulação energética corporal, o Reiki é um eficaz sistema para o equilíbrio do Ser nos níveis: físico, emocional, mental e espiritual;

     - Para aprender e ser praticante de Reiki basta querer e ter vontade de aprender, pois é completamente errada a ideia que só quem tem um “dom” é que pode praticar, pois o que se exige é apenas que tenha amor dentro de si mesmo.

     Espero que tenham ficado um pouco mais esclarecidos e/ou elucidados, mas caso ainda tenham algumas dúvidas façam o favor de as colocar. Uma vez que acredito em Deus, deixo-os na paz e no amor divino universal.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:05
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 6 de Abril de 2012

Eu, Tu, Ele… Nós, Vós, Eles… O Ser

     Cada Ser humano é uma peça única da engrenagem universal. Ao longo da vida, cada um de nós tenta, à sua maneira, viver da melhor forma possível.

     Assim que acabamos de nascer deviam de nos dizer:

          “- Bem-vindo ao planeta Terra, hoje é o teu primeiro dia de aulas na Escola da Vida”.

     É logo a partir desse momento que surgem as primeiras dificuldades, pois não sendo autónomos necessitamos de quem cuide de nós, que nos dê banho, que nos dê de beber (comer é mais tarde) e nos aconchegue enquanto dormimos. Depois aprendemos a andar, a falar, a comer sozinhos, estudamos e por ai adiante. Na generalidade todo o Ser humano segue na procura de mais conhecimento, observando, estudando e visitando cidades e países. O Ser humano faz estas e outras coisas sempre na procura do seu bem-estar, paz, harmonia, amor e felicidade, o que é natural, mas dá muita importância ao Ter em detrimento do Ser, o que é menos positivo. Apego, materialismo, inveja e outros sentimentos menos positivos são os principais causadores de sofrimentos nos Seres humanos e lembre-se de uma coisa, no momento da partida levam aquilo que trouxeram. Quando nascemos trazemos as mãos fechadas (trazemos connosco a esperança de cumprir os nossos desígnios) e quando partimos vamos de mãos abertas (levamos apenas o conhecimento adquirido e as acções praticadas para com o nosso semelhante).

     A verdadeira essência do Ser está precisamente na palavra que o define “SER”. Cada um de nós (Ser) é um infindável mistério, que vai muito além do seu corpo físico (que é apenas o envoltório carnal que lhe permite viver na Terra) e da sua visão. Somos seres em constante inter-acção uns com os outros e com todo o espaço que nos envolve, aos quais reagimos emocionalmente, sentimentalmente, mentalmente e até mesmo fisicamente, consoante o nosso nível de consciência. Conhecer, entender e compreender a essência do Ser é uma árdua tarefa, impossível de cumprir apenas com uma existência (vida). O Ser é como uma galáxia em ponto pequeno, onde o coração é o Sol, a mente é a Lua e o estômago a Terra, onde os órgãos se encontram a uma grande distância uns dos outros. Já pensaram quantas palavras são ditas sem passar pelo crivo do Sol, que se reflectem na Terra, local onde somos “atormentados” por inúmeros sentimentos e emoções, que por sua vez afectam a Lua que nos leva a agir de maneiras impróprias (segundo as leis universais). Descobrir a própria essência do nosso Ser, é sem dúvida o maior desafio para qualquer um de nós.

     Termino deixando-lhes esta dica: “Amor é igual a compartilhar”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 05:53
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 4 de Outubro de 2011

KARUNA

Karuna é uma palavra sânscrita que significa acção compassiva, terminologia que foi adoptada por esta Terapia. Saliento que não significa ter pena ou piedade relativamente aos outros Seres, mas o de sentir o sofrimento deles “na pele” para que o terapeuta tenha consciência do sofrimento e tudo fazer para o debelar ou erradicar.

No budismo, Kwan Yin é a bodisatva da compaixão, o que faz dela a principal mentora desta terapia recente, que surgiu nos anos 90 (séc. XX), através da canalização de alguns símbolos sagrados que foram canalizados por alguns praticantes mediunicamente e/ou enviados por um Avatar.

O Karuna, tal como o Reiki, é uma terapia vibracional natural de cura, que tem por base a imposição de mãos e é uma excelente técnica para muitos incómodos. Sendo estas terapias oriundas da mesma fonte, a energia Karuna efectua uma transmutação da energia Reiki, que é quantitativa e qualitativamente diferente, pois possui uma vibração mais elevada que permite alcançar os corpos mais subtis do nosso Ser.

Desta forma, o Karuna é um bom passo evolutivo, para todos aqueles que pretendem aprofundar a sua caminhada espiritual, para que o seu coração compassivo vá sendo cada vez mais polido para que o seu corpo de luz brilhe cada vez mais.

Esta terapia harmoniza e cura através do esclarecimento das emoções e do esclarecimento espiritual através da ação compassiva e do trabalho de perdão mútuo, através da utilização de símbolos, mudras e mantras sagrados, partes integrantes de um maravilhoso caminho de transformação e de iluminação. Comparado com o Reiki, a energia do Karuna exterioriza-se de forma mais abrangente, eficaz e penetrante, fazendo com que seja necessária a sua utilização, quando numa sequência de tratamentos de Reiki constatamos que é necessário aprofundar mais o processo de cura, mas apenas quando o paciente já estiver em condições de receber esta técnica.

Objectivos:

Os praticantes desta técnica terapêutica dividem-se em três níveis:

No primeiro nível é sintonizado nos primeiros quatro símbolos desta técnica que têm entre vários objectivos, a ampliação da sua capacidade de canalização energética, com uma energia mais forte e poderosa tanto nas auto-aplicações como nas aplicações a terceiros, bem como a criação de pacotes energéticos para envio de energia Karuna à distância; no segundo nível, é sintonizado em mais quatro símbolos com novos mantras e mudras, potenciado ainda mais as suas capacidades; no terceiro nível é sintonizado nos restantes símbolos do sistema alcançando assim o objectivo de “viver no jardim da alma e colher as suas flores”.

Nestas formações, além da teoria há uma forte componente prática, através da utilização das novas técnicas adquiridas no decorrer da acção, por forma a que adquira novas técnicas de aplicação terapêutica, por forma a se tornar mais eficaz na sua capacidade energética enquanto canal de cura. Haverá também algumas meditações, bem como o processo de sintonização onde o mestre inicia o aprendiz através de um ritual intensamente energético e gratificante, que assinala um marco na vida do aprendiz. Durante esses processos dá-se o fenómeno de “expansão de consciência” por parte do aprendiz que, peso embora possa passar despercebida, ele é reconectado à essência das energias cósmicas universais da fonte divina.

O Karuna destina-se a todos aqueles que se sentem motivados em atenuar o sofrimento de quem os rodeia, principalmente a todos os que se ocupam de tarefas de âmbito social ou de saúde, tal como a todos os que pretendem desenvolver um percurso de crescimento interior (ascensão).

Sendo esta terapia uma continuidade do Reiki, é necessário que o formando tenha o segundo nível de Reiki, uma vez que para executar determinados exercícios tem de ser sintonizado nos primeiros três símbolos de Reiki (CKR – SHK – HSZSN)  e um dos exercícios só pode ser efectuado por formandos que já tenham o nível 3 de Reiki completo (Mestre intrutor).

O Sistema Energético KARUNA é composto por:

-   Técnica de remoção de bloqueios energéticos alojados na aura;
-   Sintonização com 15 símbolos (chaves energéticas);
-   Tratamento duplo: mãos e cânticos de mantras;
-   Fortalecimento da imposição de mãos Reikiana;

-   Técnicas de análise do campo energético (locais e à distância);
-   Várias técnicas de respiração;
-   Meditações diversas para fortalecimento e expansão energetica;
-   "cirurgia" psíquica, entre outras coisas.

Publicado por Viktor às 01:13
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 13 de Outubro de 2010

Vida sem Complexidades…

Caros irmãos,

Ultimamente tenho constatado que muitos de vós estão cada vez mais confusos, mais baralhados, stressados e infelizes. Muitos dizem que não gostam deles, que todos gozam com eles, que são marginalizados, ninguém os entende, acham que estão loucos, entre muitas outras coisas, e eis que então começam os mais variados sintomas (insegurança, medo, desconfiança, tristeza, angustia, desmotivação, inacção, intolerância). O que torna esta situação, em variados casos “aflitiva”, é que, apesar de estar assim, a pessoa tem plena consciência do seu estado, bem como da incapacidade que detém de por si só sair dessa mesma situação.

Mentalmente e desde o momento da chegada à Terra (nascimento), sempre nos incutiram que quando não estamos bem, devemos sempre recorrer a alguém para nos ajudar a superar o problema que estamos a atravessar, tal como um computador que funciona mediante o “sistema operativo” que lhe instalamos. Errado, pois afinal de contas cada Ser Humano é como um Super Computador que segundo após segundo, ao longo da sua vida, faz milhões de processamentos. Reparem na complexa malha corporal que temos (músculos, órgãos, membros, sistema digestivo, sistema nervoso, plano mental) e então, não acham que são capazes? Porque se inferiorizam? Porque agem em função do que os outros pensam? Porque se preocupam com os outros? Porque se “afogam” em trabalho? Porque te sentes perdido?

Porque não se acham capazes?

Vocês são tão capazes como qualquer outra pessoa, pois todos somos seres divinos que provimos do pai (Deus) e ao encontro Dele caminhamos, por isso têm tanta capacidade como qualquer pessoa, desde que deixem exteriorizar a vossa divindade.

Porque se inferiorizam?

Ninguém é mais que ninguém e como tal não se sinta inferior a ninguém. O período da escravatura física, para Portugal, acabou há mais de 500 anos, mas parece que a escravatura psicológica teima em continuar e ainda por cima imposta por si própria! Por favor, não se castigue mais.

Porque agem em função do que os outros pensam?

O que os outros pensam a eles diz respeito, pois o que realmente importa é estar abem com a sua consciência, ou seja, sendo moralmente uma pessoa integra nada o/a deverá atormentar, por isso desvalorize essas coisas e lembre-se de si.

Porque se inferiorizam?

Não se atormente mais nem queira viver num clima de auto-flagelação e punição porque apenas está a fazer mal a si próprio e aí ninguém lhe pode valer. Vamos mudar esses padrões de pensamento, elevando a sua frequência vibratória energética para outros níveis e constate a mudança que se vai operar à sua volta.

Porque agem em função do que os outros pensam?

Faça as coisas consoante o que a sua intuição e consciência lhe diz, em vez de se limitar a fazer como os outros fazem receando ser apontado. Vejamos o seguinte: Uma pessoa que não tem roupas novas e bonitas, sendo uma pessoa marginalizada pela sociedade [um sem abrigo] e decide ir à igreja pedir auxílio divino. Naquele momento estava a ocorrer uma homilia (missa) e várias pessoas ficaram algo “incomodadas” com aquela presença. Sendo a Igreja uma casa de Deus, aquele Ser tem tanto direito de lá estar quanto tem um que esteja engravatado, pois naquele local vai-se para manifestar a fé e não para mostrar o aspecto que tem, pois isso apenas serve para alimentar egos em locais de manifestação de fé, contra todos os princípios da fé, pois não andava Jesus de sandálias?

Porque se preocupam com os outros?

Preocupe-se com o seu bem-estar, saúde, paz e harmonia em vez de se preocupar com os outros, porque quando necessitar será que se vão preocupar consigo? Preocupar-se consigo é valorizar-se, respeitar-se e nutrir amor pelo maravilhoso ser de luz que é. Viver preocupado com o bem-estar dos outros esquece-se do seu, o que o impede de viver a sua vida na sua plenitude.

Porque se “afogam” em trabalho?

Esta é uma das formas que o Ser Humano tem para tentar ocupar a mente e assim não pensar nos problemas que o/a afligem. Esta é uma forma errada, pois agindo assim apenas estão a prolongar o sofrimento e o problema adiando a sua resolução. Não acham melhor resolver de uma vez por todas essa situação e retirar esse peso que trazem nas costas?

Porque te sentes perdido?

Muitos de vós sentem-se perdidos e sós, inclusivamente chegam a pensar que não são deste “mundo”. Certo, vocês são do Universo, mas estão cá porque quiseram, vindo para evoluírem passando pelas demais provações que vão tendo ao longo da vossa vida. Tenham consciência de que não estão cá por acaso e o facto de se sentirem perdidos é porque o vosso plano mental se sobrepôs ao seu subconsciente, impedindo-o de viver na plenitude e harmonia.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:51
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Dúvidas Frequentes

Ao fazer a Iniciação ao Reiki, o que irei “ganhar” com isso?

R: Bem, fazer um curso de Reiki ou Karuna não é como um qualquer curso que se pode fazer num iefp ou escola pública. As terapias incidem na totalidade e integridade do nosso Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Assim, uma formação destas provoca alterações profundas no Ser, fazendo da mesma um marco na vida de todos aqueles que abraçam a causa, tornando-os pessoas melhores, mais humanas, humildes, calmas e afectuosas irradiando assim o seu Amor Incondicional para com o seu semelhante. Mas para que tal aconteça deverá o formando compreender, entender, interiorizar e depois passar a exteriorizar os verdadeiros ensinamentos morais desta prática.

Quando aplicam Reiki normalmente pedem ajuda ou auxílio divino para o vosso trabalho, isto significa que esta terapia está associada a alguma religião?

R: O Reiki não está associado a nenhuma crença, dogma ou ideologia religiosa, pois há praticantes desta terapêutica que são hindus (religião mais antiga do mundo, com cerca de 4500 anos), budistas, Judeus, Católicos e ortodoxos. Assim pode-se constatar que nada existe no Reiki que o ligue a esta ou aquela religião, o que faz desta uma prática universal (não condicionada).

Porque é que se fizer uma pesquisa encontro para o curso de iniciação os mais variados preços?

R: Sim, não existe uma tabela nacional que determine limites de valores, o que faz com que cada Mestre atribua às suas formações o valor que entender, determinado pelos seus próprios critérios. Mas independentemente do valor pedido pela formação, há um aspecto que eu considero fundamental que é a empatia energética.

Empatia energética, o que é isso?

R: Ora, deixa lá ver como te vou explicar isso! Nunca estives-te a falar com alguém que, depois de terminada a conversa te sintas extremamente cansado? Nesse caso não existiu empatia energética. Quando estás com uma pessoa durante 15 minutos ou algum tempo e te sentes bem, gostas de estar e sentes uma vibração agradável que por vezes te dá a sensação de que conheces aquela pessoa há séculos (gíria popular), aí sim, constatamos que existe de facto uma verdadeira e real empatia energética que deve ser tida em linha de conta aquando da escolha daquele que eventualmente irá ser o seu Mestre de Reiki.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 13:29
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 25 de Junho de 2010

Se quiseres Servir…

A lei de causa e efeito terá ajustado aos teus momentos de agora problemas difíceis de resolver, incluindo provações que te acabrunham a alma, no entanto, se quiseres servir a benefício dos outros, a Misericórdia Divina interferirá no campo da Divina Justiça, em teu favor, e conseguirás sem dificuldade renovar o próprio caminho.

Por injunções da tarefa que desempenhas, adversários gratuitos te impõem duros reveses, promovendo discórdia e incompreensão em torno das responsabilidades que te marcam as horas, mas, se quiseres servir, a breve tempo transformarás aversão em simpatia, angariando novos amigos para a esfera de tua causa.

Estorvos à realização de teus ideais te afligirão a senda, contudo, se quiseres servir, atrairás braços inúmeros que estarão contigo, sintonizados no esforço das obras.

Sofres a influência obsessiva da parte de inimigos desencarnados a te inibirem os movimentos, como se grilhões invisíveis te barrassem os passos, todavia, se quiseres servir, nisso empenhando vontade e decisão, para logo, terás o convertido desafeto em cooperação, criando atmosfera de paz e amor, ao redor de teus dias.

O quadro de tuas obrigações te parece duvidoso, com vistas a possível execução dos deveres que a vida te designa no erguimento do bem, fornecendo a impressão de iminente insucesso, entretanto, se quiseres servir, colherás novos contingentes de auxílio e verás frutecer em triunfo as flores que te pendem dos projetos edificantes.

Jamais desanimes. Obstáculo é agente renovador, acumulando a riqueza da experiência. Trabalho digno, é cimento espiritual na construção da felicidade. O que hoje é sombra e perturbação, amanhã pode ser luz e esclarecimento, segurança e harmonia. Mas para que isso aconteça por demonstração da Força Divina em nossa fraqueza humana, é necessário olvidar a nós mesmos, procurando servir.

Espírito: EMMANUEL

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 11:08
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito

Última Hora

Amanhã, Curso de Iniciação ao Reiki em ODEMIRA.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 11:05
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Junho de 2010

Algumas questões…

Vitor, como terapeuta, se for trabalhar para um local onde há fisioterapeutas e/ou massagistas não vai haver conflitos?

Não, nem acho que devam haver conflitos, pois devem ambos trabalhar em conjunto em prol do bem estar dos utentes, pois ninguém tira o trabalho de ninguém e o Reiki vai complementar e potencializar os tratamentos dos massagistas e fisioterapeutas, acelerando os processos de cura e manutenção do bem-estar.

Vitor, como sei que me devo de iniciar no Reiki?

Bem se está a fazer essa pergunta parto do princípio que tem interesse em fazer a aprendizagem de Reiki. Nesse caso há um aspecto importante a salientar, que é a importância da escolha do Mestre, pois deverá ter com ele uma boa empatia energética, pois é fundamental. Assim, tendo algum interesse na aprendizagem é porque certamente algo dentro de si lhe está a dar essa indicação, para que possa aprender esta técnica que o ajudará no seu processo de purificação interior no decorrer do seu caminho de ascensão divina.

Vitor, o Reiki pode ser conjugado com outras terapias?

Sim, pode ser conjugado perfeitamente com outras terapias, principalmente com as holísticas energéticas. Mas não nos podemos de esquecer de uma regra fundamental do Reiki que é a de só se poder aplicar quando o receptor autorizar, o que obriga sempre o aplicador da terapia a perguntar ao receptor se autoriza ou não a sua administração.

Regularmente sofro de ansiedade e outras situações que alteram o meu sistema nervoso, o Reiki pode-me ajudar?

Sim, o Reiki tem um efeito bastante positivo no restabelecimento do normal funcionamento do sistema nervoso central. A ansiedade e outros são coisas que têm uma implicação directa com o sistema nervoso e neste campo o Reiki tem uma particular eficácia tratando o ser no seu todo (níveis físico, emocional, mental e espiritual) e não apenas como uma parte.

Com regularidade engordo ou emagreço, não conseguindo manter o mesmo peso por muito tempo, será que o Reiki me faz bem?

Sim, fazia-lhe bem receber algumas sessões de Reiki para regular, equilibrar e harmonizar o seu organismo restabelecendo o equilíbrio entre as diferentes partes corporais e assim poder manter o seu peso de uma forma harmónica.

Gostava imenso de fazer uma sessão de Reiki mas como estou grávida será que posso?

Pode fazer e recomenda-se, pois o mesmo vai restabelecer as energias da mãe e contribuir para o bom desenvolvimento do feto, que muito se regozija ao receber a energia cósmica universal.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 10:49
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Junho de 2010

Reflexão...

Caros leitores,

No Universo Reikiano fala-se e lê-se muita coisa, e por vezes isso baralha aqueles que procuram respostas às suas questões, principalmente aqui na internet. Aqui neste universo informático de informação não há controlo de conteúdos e quem quer escreve aquilo que lhe apetece e lhe dá na real gana, o que pessoalmente acho errado pois não sabemos quem estará do outro lado a ler, quais os conhecimentos que possui, o que procura e muito menos o estado emocional, mental e espiritual em que a pessoa se encontra. Como participante neste universo informativo, pauto-me por escrever e publicar coisas com fundamento e verdadeiras, escrevendo como se fosse para mim mesmo, tendo sempre um grande respeito por todos aqueles que podem por aqui passam à procura de mais alguma informação ou até mesmo de uma palavra amiga que os possa reconfortar e fazer entender aquilo por que estão a passar. Não sendo o Reiki indiferente com o passar do tempo há mitos que se criam mas que oportunamente pretendo desmistificar para o vosso esclarecimento. Desta forma vou colocar aqui algumas questões que por vezes me colocam e, as quais pretendo responder de uma forma mais global.

- Vitor, para se fazer um curso de Reiki é preciso ir de branco?

R: Não. Cada um vai vestido com roupa confortável e com a cor em que se sinta melhor ou se identifique. Recomenda-se não levar metais (pulseiras, brincos, anéis ou fios) porque o metal cria alguns obstáculos na circulação energética da Ki.

- Vitor, agora durante 21 dias não posso comer carne, beber nem fazer sexo?

R: Humm (franzindo as sobrancelhas), achas mesmo? É claro que as carnes vermelhas causam alguns bloqueios energéticos, mas se te convidarem para jantar e te colocarem um bife na mesa, certamente não vais comer só o arroz e a salada. Bebidas com teor alcoólico devem ser evitadas nesse período uma vez que se estão a purificar interiormente e o álcool não é parte integrante do organismo, mas se tomar um copo, só um, porque se esqueceu também não traz mal nenhum ao mundo. Agora não fazer sexo, desculpa, estás de Ramadão? Estás bem? Isso é daquelas coisas que não tem nada a ver, desde que feita com amor e dentro das regras universais.

Nota: Por ora vou ficar por aqui e deixo-lhes o programa de actividades para os próximos dias [fim-de-semana].

««««« ESTE FIM-DE-SEMANA »»»»»

No Sábado dia 12, irei realizar um Workshop na Biblioteca Municipal Lídia Jorge em ALBUFEIRA, às 15h. ENTRADA GRATUITA

No Domingo dia 13, Curso de Iniciação ao Reiki em ODEMIRA (ainda há vagas), no mesmo espaço onde dou consultas, em frente à Caixa Geral de Depósitos de Odemira. O curso terá inicio às 10:30h.

Para mais informações e/ou esclarecimentos clique aqui.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 13:53
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

Reiki? Porquê?

Diariamente ouço comentários do tipo:

- Mas vou fazer um curso de Reiki porquê?

- Isso não me faz falta!

- Não tenho tempo para isso.

- Não tenho nenhum dom!

É claro que não é errado as pessoas colocarem este tipo de questões, pois quando não sabemos, inúmeras questões e especulações surgem na mente de cada um. Assim, apraz-me aqui responder a estas e outras questões, de forma a elucidar todos aqueles que aqui vêem à procura de resposta às suas questões, bem como para os que chegam com vontade de alargar o seu horizonte de conhecimentos.

Tirar um curso de Reiki é algo que os vais marcar para toda a vida, pois depois de ser iniciado ficará iniciado para o resto da vida. Para se iniciar no Reiki não necessita de ter nenhum dom especial, basta para tal que, sinta um “chamamento” interior para ir frequentar o curso. Caso o sinta, não encha a sua mente com questões e porquês, vá simplesmente pois algo no seu plano espiritual o “alertou” para isso.

Não ter tempo é a desculpa mais desgastada que conheço, pois quando as pessoas querem têm tempo para tudo, é apenas uma questão de organização.

Dizer que não faz falta não vulgo ser correcto, pois até aos dias de hoje nenhum ser terrestre nasceu e faleceu sem ter tido nenhuma dor física, emocional ou mental.

Fazer a iniciação ao Reiki é fazer um investimento em Si, na sua Saúde e no seu Bem-Estar, ou seja, é como “comprar” um seguro de saúde vitalício que só paga no momento da aquisição, simplesmente sem mensalidades nem palavras escritas com letrinhas pequeninas. Afinal de contas o que é mais importante, é ter dinheiro ou ter saúde? Eu, pessoalmente prefiro a saúde.

Se tiverem dúvidas que gostariam de ver esclarecidas, façam o favor de me as enviar por e-mail, pois terei todo o gosto e prazer em os elucidar.

Desejo-lhes um excelente fim-de-semana e tudo de bom.

Saudações Reikianas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 12:58
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: O Reiki em inúm...

. Partilha - Encontro de Re...

. Não sinto o Reiki

. Reiki, esclarecimento de ...

. Esclarecimentos sobre Rei...

. Universo Energético do Re...

. Eu, Tu, Ele… Nós, Vós, El...

. KARUNA

. Vida sem Complexidades…

. Dúvidas Frequentes

. Se quiseres Servir…

. Última Hora

. Algumas questões…

. Reflexão...

. Reiki? Porquê?

. Iniciação ao REIKI [Expli...

. Os vários níveis do REIKI...

. Perguntas Frequentes II

. Perguntas Frequentes???

. Onde estás? O que ficou?

. Reiki, o que é isso?

. OS PROBLEMAS DA EXISTÊNCI...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007