.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

Reflexão...

Caros irmãos,

Estar no caminho da Luz é muito difícil. Difundir o amor e compaixão em prol da ajuda ao semelhante é lindo e algo que nos enche a alma, mas há uma coisa da qual as pessoas se esquecem. Nós também somos seres de carne e osso, tal como quem me procura, também temos vida, família, sentimentos e emoções, logo não podemos ser vistos com aquela imagem estereotipada que as pessoas criam: “Um mestre é algo que já está lá em cima, cheio de paz, luz e amor, sempre disposto a ajudar o seu semelhante…”. Pois, mas em verdade lhes digo que um mestre é apenas alguém que com trabalho e dedicação alcançou essa terminologia (demorei 7 anos a chegar lá) mas o facto de alcançar o topo da hierarquia Reikiana não significa que seja o detentor de todo o conhecimento e sabedoria afecta à mesma. Alcançar esse patamar (mestre) significa o inicio de uma nova caminhada, com uma responsabilidade acrescida perante a sociedade e os seus semelhantes. Alcançar este nível faz com que diariamente sejamos alvos de ataques por parte das pessoas que emanam energias de vibração mais baixa estando constantemente a “puxar-nos” para baixo. É um trabalho árduo e difícil, tentarmos manter sempre a nossa vibração energética elevada, porque já é difícil carregarmos a nossa cruz quanto mais quando “exigem” de nós que ajudemos a carregar a cruz dos outros. Espero que não entendam mal o que estou a dizer, mas é a mais pura das verdades.

Compreendo que muitas pessoas se sintam sós, que procurem quem ouça as suas lamentações, os seus desabafos, que lhes dê uma palavra de conforto, quem lhes dirija umas palavras ao coração reconfortando a alma, mas exigirem que quem muitas vezes abdica do seu tempo e até da sua vida para lhes dedicar atenção é alcançar perigosamente os limites. Todos os que necessitam de ajuda procuram quem lhes possa dar o que necessitam, até aqui tudo bem, agora procurarem e depois porem em causa as recomendações que lhes são dadas procurando depois uma segunda opinião não é bonito. É por em causa o trabalho do profissional, a dedicação do mesmo e o amor por ele empreendido no auxílio prestado. Quem está deste lado sente e é demasiado mau quando estamos a tentar ajudar dizendo e esclarecendo acerca da verdade e as pessoas simplesmente contrapõem o que dizemos com as suas opiniões. Nestes casos será que vale a pena? Talvez não, porque nos sentimos a remar contra a maré, sentindo que o que estamos a dizer nenhuma importância tem porque estamos a falar para o tecto, tipo Santo António a pregar aos peixes. Quando vou ao médico ou ter com alguém com o intuito de ser ajudado e/ou esclarecido, tenho de tomar atenção ao que me estão a dizer para assim poder usufruir do conhecimento que me está a ser dado. Simplesmente estarei grato e mais ainda quando esse conhecimento me é dado a troco de nada, significa que é dado com Amor e dedicação, e para com esta pessoa devo mostrar gratidão agradecendo-lhe o tempo comigo dispendido. Mas afinal de contas eu sou eu e os outros são os outros, quer dizer, cada um é como cada qual. Apenas e só estarei por aqui, o meu verdadeiro cantinho na internet, onde posso falar e esclarecer quem por aqui passar, ou será que também deverei parar de escrever em público, dedicando-me apenas a escrever numas folhas de papel?

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:42
Link | Comentar | ver comentários (9) | favorito
Terça-feira, 14 de Setembro de 2010

Porquês...

Caros amigos,

O ser Humano vive constantemente numa azáfama (stress, tensão, pressão, cansaço, etc.) entre trabalho, casa e família. As pessoas vivem assim porque continuam a viver pelas regras “ditadas” pela sociedade em que estão inseridas e eu pergunto, mas porquê? Porquê viver quase num constante sobressalto? Acha que isso é saudável? Porque não age por si? Porque fazes tudo aquilo que as outras pessoas fazem? Porque achas estranho ver um casal homossexual? Porque não admites quando erras? Então agora seguem-se as respostas às questões supracitadas.

Porquê viver quase num constante sobressalto?

A maioria das pessoas vive assim porque muitas vezes se esquecem do seu corpo e da integridade do seu Ser, nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Vivem para a sua realização pessoal e profissional que muitas vezes não é mais do que alimentar o seu ego, vivendo competindo com os outros. Sim lembram-se do corpo, porque sentem que estão mais gordos, porque lhe surge uma doença, porque têm uma dor, mas é claro, quando o corpo se queixa lembram-se dele, mas quando estão bem não lhe dão importância e assim não zelam pela manutenção de aquilo que os permite estar neste plano (terra). Viver em sobressalto não é nada saudável nem para si nem para quem o rodeia.

Porque não age por si?

Pare, pense e faça uma reflexão sobre isto: Quantas decisões importantes na sua vida foram tomadas única e exclusivamente por si, consoante a sua mente, pensamento e vontade? Pois é, muitas das decisões que tomas são coadunadas com os paradigmas da sociedade actual e das leis humanas que são falíveis em muitos aspectos que apenas servem uma sociedade capitalista na qual o papel social é sempre relegado para segundo plano.

Porque fazes tudo aquilo que as outras pessoas fazem?

Levas uma vida dita normal porque fazes aquilo que toda a gente faz (casa->trabalho, trabalho->casa). Se gostas de fazer outras coisas, se tens sonhos e projectos que gostarias de realizar, porque não tomas a iniciativa de arrancar com eles? Não receies se acham que és diferente.

Porque achas estranho ver um casal homossexual?

És quem és e os teus gostos bem como a tua orientação sexual só a ti diz respeito por isso sê tu próprio, na tua verdadeira essência. Sentes-te desconfortável porque te apontam? Não sintas, pois isso é uma atitude de pessoas de nível espiritual baixo que vivem agarradas aos paradigmas da velha sociedade. Assumires que és é um acto de coragem pessoal, mas os outros marginalizarem-te por isso é porque têm graves problemas com aquilo que se define como Aceitação, pois não conseguem aceitar a diferença, ou seja, o facto de seres diferente. Como vivemos em comunidade, aceitemo-nos uns aos outros com as nossas virtudes e defeitos pois ninguém é 100% perfeito.

Porque não admites quando erras?

Admitir o erro é um acto de coragem e revela humildade por parte da pessoa, ao contrário do que a maior parte das pessoas faz. As pessoas têm enorme dificuldade em assumir os seus erros porque gostam de viver de aparências e fachadas e assumir isso seria, no entender delas, estar a desvalorizar-se perante os outros indo contra o seu ego. Vamos humildemente aceitar e agradecer quando nos alertam para algo e nos mostram uma solução, pois isso é aquilo que defino como crítica construtiva ( o mesmo já não, caso a critica seja meramente destrutiva).

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:52
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Agosto de 2010

"Paciência"

Caros amigos,

PACIÊNCIA! Isto já não é como antigamente. Não lhe posso dizer nada que fica logo alterado. É pá, as pessoas parecem que andam sempre a implicar comigo. Vou a qualquer lado, as pessoas atendem-me com ma cara, parece que lhes devo e não lhes pago. Vê lá tu, disse à pessoa que tinha deixado cair uma coisa e nem obrigado me disse! Aquela pessoa falou para mim com 7 pedras na mão quando apenas lhe pedi uma informação. Parece que anda tudo doido! As pessoas não têm calma nenhuma. Já não há paciência para aturar esta gente. Estou que nem posso com esta gente.”

Estas e tantas outras questões surgem na vossa mente, no decorrer do dia-a-dia. De certo porém que já ouviram dizer que o planeta terra encontra-se numa fase evolutiva onde determinados fenómenos podem vir a acontecer, atingindo o auge que se prevê ser o ano de 2012, chegando mesmo a ser previsto pela antiga civilização Maia. O que vai acontecer? Não faço a mínima ideia, e penso que tudo o que se possa dizer é pura especulação, pois o futuro a Deus pertence e quando lá chegarmos apenas temos de ACEITAR, mas não fugindo mais ao título do post, vamos lá falar do mesmo. O planeta Terra está sem dúvida a passar um processo de transformação, onde o magnetismo da Terra (medido em gaus) está a baixar, pois há 10 anos atrás era de 4 gaus e neste momento é de 1,3 gaus. Isto significa que o magnetismo da terra está a baixar de dia para dia e ao longo dos milhares de anos do planeta, sabe-se que aqueles que sobreviveram às mutações globais, foram os que conseguiram criar “campos magnéticos” para não entrarem em estado de loucura e consequente morte. Por esta facto podemos também observar os movimentos migratórios das aves que se enganam, baleias a dar à costa enfim, a natureza está em regeneração. Sim, isto que lhes estou dizer á algo que a própria comunidade cientifica já provou e demonstrou, tal como a deslocação do eixo central do pólo em 13 graus, que interferiu com todos os sistemas de navegação globais (gps).

Quer queiram ou não, tudo isto tem interferência com cada um de nós, fazendo com que as pessoas cada vez mais entrem em estado de irritação com mais facilidade, se enervem, se sintam cansadas, frustradas, mais negativas e com menos auto-confiança, mas contudo isto faz também as pessoas despertar para uma consciência diferente, para um universo multidimensional. Para inverter isso necessitam de se equilibrar a vocês em primeiro lugar, porque se teimam em continuar a colocar os outros à frente (filhos, maridos, familiares) e se esquecem do vosso Ser? Nós emanamos ondas magnéticas que são captadas pelas outras pessoas (já aqui expliquei a empatia energética) e faz com que se atraiam ou repelem. Vamos lá ter paciência e pensar um pouco em vocês, porque quando estiverem bem vão ver um “milagre”, pois todos os que o/a rodeiam “mudam”. Faça por si, pelo seu bem-estar, paz, harmonia, amor e equilíbrio.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:02
Link | Comentar | ver comentários (8) | favorito
Domingo, 5 de Abril de 2009

Para Além da Terapia...

O Reiki é muito mais que uma Terapia Alternativa Holística milenar, praticada já antes da vinda de Deus personificada (Jesus) ao mundo terreno. É uma filosofia de vida que nos leva a viver em harmonia reciproca com as obras do Criador para todos aqueles que façam do Reiki também a sua forma de estar e encarar o universo.

Assim sendo, deixo aqui um fabuloso vídeo que relata parte dessa essência e forma de estar, em equilibrio e harmonia com tudo o que nos rodeia.

 

Publicado por Viktor às 00:15
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão...

. Porquês...

. "Paciência"

. Para Além da Terapia...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007