Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014

Reiki em vídeos...







Publicado por Viktor às 11:44
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 7 de Novembro de 2013

Sessão de Reiki... Vídeo

Publicado por Viktor às 09:35
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 17 de Outubro de 2013

Reflexão: Karuna e Reiki, combinação perfeita

Caros leitores,

     Hoje vou escrever um pouco acerca destas duas terapias que se encontram intimamente ligadas entre si. É com agrado que, nos dias de hoje, o Reiki se encontra cada vez mais difundido no seio da nossa sociedade muito “presa” aos velhos paradigmas e crenças, onde tem sido difícil a aceitação das terapias e praticas orientais. Tem sido com um grande esforço da Associação Portuguesa de Reiki, dos seus associados e dos mestres independentes, bem como de algumas outras associações que o Reiki se encontra cada vez mais divulgado, o que vai permitindo cada vez mais uma melhor aceitação por parte dos cidadãos nacionais e das instituições.

     Nesta reflexão vou falar um pouco mais acerca do Karuna, pois encontra-se menos difundido que o Reiki. O Reiki, como é do conhecimento geral define-se também como a terapia do “amor incondicional”, que é praticada através da imposição de mãos canalizando assim a energia vital universal (amor incondicional) para o receptor. Através do Reiki todas as pessoas podem fazer a sua entrada no Universo energético, e dentro do mesmo, percorrerem um caminho interior e precisamente pessoal que posteriormente os levará até onde sentirem uma vontade interior de se expandir. Dentro do Reiki nem todas as pessoas alcançam o grau de “mestre”, uns porque não querem, outros por impossibilidades económicas e outros porque cientes da responsabilidade que lhes fica atribuída perante a sociedade, não se acham à altura de tal desafio, pelos mais variados motivos. Por isso uns ficam pelo primeiro nível e outros pelo segundo, não porque não pretendam aprender mais mas porque não é sua intenção, atingir o grau de “mestre” tal como referi anteriormente.

     Mas muitas pessoas pretendem aprender mais do que a terapia do amor incondicional «Reiki», como tal eu recomendo-lhe a aprendizagem de um dos mais belos ramos desta terapia, o da energia da compaixão «Karuna». O Karuna é uma terapia compassiva que nos aumenta significativamente a nossa capacidade de canalização energética, em benefício de nós mesmos, de quem nos rodeia e também do planeta. Para poderem aprender Karuna é necessário ter o segundo nível de Reiki (independentemente da linhagem) no mínimo, pois ao ser uma ramificação necessita dos conhecimentos de nível 2 de Reiki porque trabalham conjuntamente no que diz respeito às aplicações que são necessários os símbolos. O Karuna que lecciono é o Karuna dos mestres independentes, criado pela israelita Rosy Naor diferente so sistema de Karuna Reiki® de William Rand que decidiu criar uma base de dados da certificação dos formandos e mestres desse sistema que os obriga a estarem registados nessa base de dados, tal qual um engenheiro tem de estar inscrito na ordem dos engenheiro para poder exercer a sua profissão. O Karuna dos mestres independenes não “obriga” o formando a estar registado em nenhuma plataforma para poder exercer. A formação de Karuna, tal como o Reiki tem a duração de 22 dias, onde no primeiro dia o mestre lhes transmite os novos conhecimentos, símbolos e lhes faz a abertura dos canais energéticos de Karuna através da sintonização à fonte universal da energia da compaixão «Karuna» e os restantes 21 dias definem-se como o período da purificação interior, nos quais o formando terá de fazer, pelo menos, uma auto-aplicação de Karuna. O Karuna actua muito profundamente em cada um de nós, sendo muito bom para o tratamento de traumas de infância, abusos infantis, traumas que vem nos nossos registos de adn de vidas passadas, remoção de memórias alojadas nas células, quebra de ilusões e padrões negativos mentais, cura do nosso “eu sombra”, anulação de ataques psíquicos, cura de relacionamentos e vícios, auxílio na criação de bons hábitos, atenuação de carências e falta de desejo sexual entre outros problemas relacionados com as emoções. O primeiro nível de Karuna define-se por “A preparação do jardim da Alma” que, como podem entender, para esse jardim estar limpo sem “ervas daninhas” há que passar por um trabalho de purificação interior do nosso “eu sou”, e assim alcançar a paz e harmonia que nos permitira a felicidade interior. Pense bem na oportunidade de vir a usufruir destas coisas através desta terapia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 16:50
Link | Comentar | favorito
Domingo, 23 de Outubro de 2011

KARUNA...

Publicado por Viktor às 15:42
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 9 de Abril de 2010

do Reiki ao Karuna

Publicado por Viktor às 10:06
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Abril de 2009

O que o Divino dá só Deus pode tirar

DEUS é e sempre será o Senhor que nos dá a vida e define o final da mesma. Nenhum ser humano se pode sobrepor a Ele neste campo. Tu, que te julgas perdido, que achas que a tua vida não faz sentido, que não tens nenhum papel neste mundo, que sentes que não consegues ultrapassar as provações às quais te submetes-te, achas que por termo à vida é solução? Não faças isso, porque no momento em que o fizeres, entras num obscuro mundo de tristeza, angustia e dor que certamente não queres. Ninguém quer, pois todos procuramos a Felicidade mas, a nossa cegueira mental não nos a deixa observar mesmo quando ela está dentro de nós. Para terem uma noção do que podem encontrar caso cometam tal acto de desespero e loucura, deixo-vos umas palavras de Leon Dénis onde fala sobre as memórias de um espírito SUICIDA:

“Precisamente no mês de Janeiro do ano da graça de 1891, fora eu surpreendido com meu aprisionamento em região do Mundo Invisível cujo desolador panorama era composto por vales profundos, a que as sombras presidiam: gargantas sinuosas e cavernas sinistras, no interior das quais uivavam, quais maltas de demónios enfurecidos. Espíritos que foram homens, dementes pela intensidade e estranheza, verdadeiramente inconcebíveis, dos sofrimentos que os martirizavam. Nessa paragem aflitiva a vista torturada do grilheta não distinguiria sequer o doce vulto de um arvoredo que testemunhasse as suas horas de desespero; tão pouco paisagens reconfortantes, que pudessem distraí-lo da contemplação cansativa dessas gargantas onde não penetrava outra forma de vida que não a traduzida pelo supremo horror!

O solo, coberto de matérias enegrecidas e fétidas, lembrando a fuligem, era imundo, pastoso, escorregadio, repugnante! O ar pesadíssimo, asfixiante, gelado, obscuro por vulcões ameaçadores como se eternas tempestades rugissem em torno; e, ao respirarem-no, os Espíritos ali enclausurados sufocavam-se como se matérias pulverizadas, nocivas mais do que a cinza e a cal, lhes invadissem as vias respiratórias, martirizando-os com suplício inconcebível ao cérebro humano habituado às gloriosas claridades do Sol - dádiva celeste que diariamente abençoa a Terra - e às correntes vivificadoras dos ventos sadios que tonificam a organização física dos seus habitantes.

Não havia então ali, como não haverá jamais, nem paz, nem consolo, nem esperança: tudo no seu âmbito marcado pela desgraça era miséria, assombro, desespero e horror. Dir-se-ia a caverna tétrica do Incompreensível, indescritível a rigor até mesmo por um Espírito que sofresse a penalidade de habitá-la.

O vale dos leprosos, lugar repulsivo da antiga Jerusalém de tantas emocionantes tradições, e que no orbe terráqueo evoca o último grau da objecção e do sofrimento humano, seria consolador estágio de repouso comparado ao local que tento descrever.

Pelo menos, ali existiria solidariedade entre os renegados! Os de sexo diferente chegavam mesmo a amar-se! Adoptavam-se em boas amizades, irmanando-se no seio da dor para suavizá-la! Criavam a sua sociedade, divertiam-se, prestavam-se favores, dormiam e sonhavam que eram felizes!

Mas no presídio de que vos desejo dar contas nada disso era possível, porque as lágrimas que se choravam ali eram ardentes demais para se permitirem outras atenções que não fossem as derivadas da sua própria intensidade!

Mas na caverna onde padeci o martírio que me surpreendeu além do túmulo, nada disso havia!

Aqui, era a dor que nada consola, a desgraça que nenhum favor ameniza, a tragédia que ideia alguma tranquilizadora vem orvalhar de esperança! Não há céu, não há luz, não há sol, não há perfume, não há tréguas!

O que há é o choro convulso e inconsolável dos condenados que nunca se harmonizam! O assombroso "ranger de dentes" da advertência prudente e sábia do sábio Mestre de Nazaré! O que há é a raiva envenenada daquele que já não pode chorar, porque ficou exausto sob o excesso das lágrimas! O que há é o desaponto, a surpresa aterradora daquele que se sente vivo a despeito de se haver arrojado na morte! É a revolta, a praga, o insulto, o ulular de corações que o percutir monstruoso da expiação transformou em feras! O que há é a consciência conflagrada, a alma ofendida pela imprudência das acções cometidas, a mente revolucionada, as faculdades espirituais envolvidas nas trevas oriundas de si mesma! O que há é o "ranger de dentes nas trevas exteriores" de um presídio criado pelo crime, votado ao martírio e consagrado à emenda! É o inferno, na mais hedionda e dramática exposição, porque, além do mais, existem cenas repulsivas de animalidade, práticas abjetas dos mais sórdidos instintos, as quais eu me pejaria de revelar aos meus irmãos, os homens!

Quem ali temporariamente estaciona, como eu estacionei, são grandes vultos do crime! É a escória do mundo espiritual - falanges de suicidas que periodicamente para seus canais afluem levadas pelo turbilhão das desgraças em que se enredaram, a se despojarem das forças vitais que se encontram, geralmente intactas, revestindo-lhes os envoltórios físico-espirituais, por sequências sacrílegas do suicídio, e provindas, preferentemente, de Portugal, da Espanha, do Brasil e colónias portuguesas da África,

infelizes carentes do auxílio reconfortante da prece; aqueles, levianos e inconsequentes, que, fartos da vida que não quiseram compreender, se aventuraram ao Desconhecido, na procura do Olvido, pelos despenhadeiros da Morte!

O Além-túmulo acha-se longe de ser a abstracção que na Terra se supõe, ou as regiões paradisíacas fáceis de conquistar com algumas poucas fórmulas inexpressivas.

Ele é, antes, simplesmente a Vida Real, e o que encontramos ao penetrar suas regiões é Vida! É no Invisível, mais do que em mundos planetários, que as criaturas humanas colhem inspiração para os progressos que lentamente aplicam no orbe.

Não sei como decorrerão os trabalhos correccionais para suicidas nos demais núcleos ou colónias espirituais destinadas aos mesmos fins e que se desdobrarão sob céus portugueses, espanhóis e seus derivados. Sei apenas é que fiz parte de sinistra falange detida, por efeito natural e lógico, nessa paragem horrenda cuja lembrança ainda hoje me repugna à sensibilidade.

Não os convidarei a crer. Não é assunto que se imponha à crença, simplesmente, mas ao raciocínio, ao exame, à investigação. Se sabem raciocinar e podem investigar - que o façam, e chegarão a conclusões lógicas que os colocarão na pista de verdades assaz interessantes para toda a espécie humana!

Em nenhuma parte se encontraria a abstracção, ou o nada, pois que semelhantes vocábulos são inexpressivos no Universo criado e regido por uma Inteligência Omnipotente! Negar o que se desconhece, por se não encontrar à altura de compreender o que se nega, é insânia incompatível com os dias actuais.

O que conhece o homem, aliás, do próprio planeta onde tem renascido desde milénios, para criteriosamente rejeitar o que o futuro há de popularizar sob os auspícios do Psiquismo?...

Por toda a parte, em torno dele, existem mundos reais, exarando vida abundante e intensa: e se ele o ignora será porque se compraz na cegueira, perdendo tempo com futilidades e paixões que lhe sabem ao carácter.

No próprio ar que respira, no solo onde pisa encontraria o homem outros núcleos organizados de vida, obedecendo ao impulso inteligente e sábio de leis magnânimas fundamentadas no Pensamento Divino, que os acciona para o progresso, na conquista do

mais perfeito! Bastaria que se munisse de aparelhamentos precisos, para averiguar a veracidade dessas colectividades desconhecidas que, por serem invisíveis umas, e outras apenas suspeitadas, nem por isso deixam de ser concretas, harmoniosas, verdadeiras!

Era eu, pois, presidiário dessa cova ominosa do horror!

Não habitava, porém, ali sozinho. Acompanhava-me uma colectividade, falange extensa de delinquentes, como eu.

Então ainda me sentia cego. Pelo menos, sugestionava-me de que o era, e, como tal, me conservava, não obstante minha cegueira só se definir, em verdade, pela inferioridade moral do Espírito distanciado da Luz. A mim cego não passaria, contudo, despercebido o que se apresentasse mal, feio, sinistro, imoral, obsceno, pois conservavam meus olhos visão bastante para toda essa escória contemplar.

Dotado de grande sensibilidade, para maior mal tinha-a agora como superexcitada, o que me levava a experimentar também os sofrimentos dos outros mártires meus compares, fenómeno esse ocasionado pelas correntes mentais que se despejavam sobre toda a falange e oriundas dela própria, que assim realizava impressionante afinidade de classe, o que é o mesmo que asseverar que sofríamos também as sugestões dos sofrimentos uns dos outros, além das insídias a que nos submetiam os nossos próprios sofrimentos.”

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Luz e Amor...
Publicado por Viktor às 09:09
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Mundo do Reiki

Entrar no “Mundo do Reiki” é entrar num maravilhoso mundo de sensações e emoções. Para quem já está absorvido por este universo, cada dia que passa é uma aprendizagem contínua através da prática continuada no próprio reikiano ou a todos aqueles que o procuram. Encontrar-mos o nosso bem-estar e ter possibilidade de o proporcionar a terceiros é sem dúvida uma experiência maravilhosa e gratificante, elevando a auto-estima de ambos pois é desenvolvido um trabalho mental e espiritual em todos os intervenientes. Ao fazer Reiki a si mesmo ou aos outros pode usufruir dos benefícios que a seguir transcrevo e explico.

RELAXAMENTO PROFUNDO: As auto-aplicações e aplicações de Reiki em terceiros, leva-os a um estado de relaxamento profundo desde que, se entreguem de “corpo e alma” ao que lhes estão a fazer pois, caso contrário, o subconsciente da pessoa bloqueia qualquer tipo de entrada ou troca energética.

ELIMINAÇÃO DE BLOQUEIOS: Diariamente através da interacção com várias pessoas, somos constantemente alvos e emissores de “ondas” energéticas entre nós e os outros, conforme já aqui tinha explicado neste blogue. Com relativa facilidade captamos energias negativas emanadas de outras pessoas que, assim que se “agarram” a nós, provocam bloqueios e mau estar físico e emocional.

DESINTOXICAÇÃO: Medicamente falando define-se como desparazitação, isto é, eliminação de anticorpos indesejáveis ao organismo que, pelos meios usuais (urina e fezes) não conseguem ser libertos.

AUMENTO DA FREQUÊNCIA VIBRATÓRIA: Significa o aumento do fluxo sanguíneo no corpo, permitindo uma boa oxigenação das células, por mais distantes que estejam da fonte (coração).   

COMPLEMENTO A TRATAMENTOS MÉDICOS: Qualquer terapeuta ou praticante de Reiki, não se pode sobrepor a um médico de clínica geral ou especialista. Deve sim, em consonância com o mesmo, trabalhar em conjunto, potenciando os efeitos benéficos da medicação e atenuando ou eliminando os efeitos secundários da mesma.

ELIMINAÇÃO DO STRESS: Entrando em relaxamento o stress alivia, mas como o Reiki actua também nos níveis, emocional, mental e espiritual, isso permite que a sensação e acumulação do stress seja ultrapassado.

RECOMENDADO A GRÁVIDAS: Como o Reiki aplicado durante a gravidez e com maior frequência nos 5 dias antecedentes ao parto, vai permitir uma melhor abertura ou deslocação do osso da bacia, bem como ao bebé colocar-se na posição indicada para sair. Todo este conjunto de serviços proporcionam o verdadeiro EQUILÍBRIO DO SER.

Estes são os benefícios de uma sessão de Reiki, mas ele não se fica apenas por aqui. Qualquer reikiano pode também aplicar Reiki nos alimentos, na água, nas plantas e nos seus animais domésticos que, por vezes sofrem devido aos seus donos.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muito Amor Incondicional...
Publicado por Viktor às 09:13
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 9 de Fevereiro de 2009

CHAKRAS...

Publicado por Viktor às 11:00
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 5 de Outubro de 2008

Numa sessão de Reiki vou usufruir de?

Vai usufruir benefícios a quatro níveis, tais como:

FÍSICO: No corpo, dores e bloqueios energéticos;

EMOCIONAL: Através dos sentimentos;

MENTAL: O que a pessoa pensa, permitindo um melhor controlo mental;

ESPIRÍTUAL: A capacidade de se amar e amar os outros e observar o mundo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:15
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Setembro de 2008

O Amor

Muitos de nós temos uma visão estreita do amor. Passados oito anos concentrando-me em dar amor da maneira que pudesse, fosse qual fosse o modo de o fazer, o modo por que ele se fizesse necessário, encontrei muitas formas de amor e todas diziam: “Interesso-me pelo seu bem-estar de todas as formas que posso”; “respeito a sua alma e respeito a sua luz”; “apoio a sua integridade e a sua luz, e confio nelas, como um companheiro de jornada ao longo da estrada da vida.” Você, então, começa a compreender que dar é receber, é dar, é receber.

O mais difícil é aprender o amor-próprio. Se você não se impregnar de amor, como o dará aos outros? O amor-próprio exige prática. Todos precisamos dele. O amor-próprio advém do facto de vivermos de maneira que não nos atraiçoam. Advêm de vivermos segundo a nossa verdade.

O amor-próprio necessita de ser praticado. Aqui estão alguns exercícios simples que serão um desafio para você.

Descubra a coisa mais fácil de você amar, como, por exemplo, uma flor, uma árvore, um animal ou uma obra de arte. De seguida, simplesmente, sente-se ao lado dela e dê-lhe o seu amor. Depois de o fazer um certo número de vezes, comece por estender um pouco desse amor a si mesmo. Quem possui um dom precioso como esse amor é, sem dúvida, digno de ser amado.

Outro exercício consiste em você se sentar à frente do espelho cerca de dez minutos e amar a pessoa que vê ali. Não se meta a criticá-la. Todos somos óptimos em olhar para o espelho e descobrir umas falhazinhas possíveis da imagem que olha para nós. Isso aqui não é permitido; neste exercício só se admitem cumprimentos positivos. Se você quiser um verdadeiro desafio, todas as vezes que se critica, recomece tudo. Verifique se lhe é possível contemplar-se com amor sem fazer uma única crítica.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:56
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Agosto de 2008

Reiki e Seus Benefícios, entenda como funciona

Publicado por Viktor às 08:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 30 de Julho de 2008

Energia Cósmica Universal...

Estado de Espiríto: Energia divina...
Música: Enya - Caribean Blue
Publicado por Viktor às 10:11
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 18 de Junho de 2008

Primeiro Chakra

MULADHARA = CHAKRA DA RAÍZ

O chakra da raiz situa-se na zona da cavidade pélvica entre o ânus e os genitais e abre-se para baixo. A imagem para a meditação é a flor lótus de 4 pétalas. A cor do chakra é o Roxo luminoso e corresponde ao elemento terra.

Ao chakra da raiz é atribuído toda a matéria sólida do corpo (ossos, dentes e unhas), pés e pernas. O sistema digestivo com o ânus, a próstata, o sangue e a constituição das células tratam-se través deste chakra. O órgão sensitivo deste chakra é o nariz, logo está associado ao olfacto.

Problemas no Chakra da Raiz

Estes podem ser detectados através das seguintes atitudes: a pessoa tem medos extremos de ter feridas físicas ou psíquicas. Para evitar ser magoado prefere magoar os outros. Um egoísmo extremo caracteriza estas pessoas. Os bloqueios deste chakra identificam-se com um pensamento e uma conduta marcadamente materialista. A sensualidade aumenta com a impulsividade extrema desprezando os sentimentos. As pessoas com este chakra perturbado ou bloqueado têm tendência a fugir da realidade e são bastante propensos a vícios (álcool, nicotina e o pior de todos as drogas).

Com o Chakra da Raiz Equilibrado

Transmite um sentimento de segurança. Supera o medo e a impotência prevalecendo o amor e a confiança. A união com a terra, com o eterno, permite uma relação com realidade. As pessoas sensitivas com este chakra equilibrado são capazes de esgotar as suas habilidades espirituais, aperfeiçoando as suas aptidões. Isto inclui a capacidade de abandonar o corpo, de perceber visões sem sentir medo da clarividência.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:48
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Abril de 2008

3º CHAKRA

Nome: Gástrico, Solar ou Umbilical, Manipura.

Região: Umbigo

Nº de Pétalas: 10

Cores: Vermelho, Verde

Relacionamento: Gira para dentro, atinge principalmente o sistema digestivo, controla a simpatia, relacionando-se com as emoções e sensibilidade, emoções em estado bruto e impulsos de poder e identificação social, ligação comum de sofredores e obsessores.

Plexo a que se liga: Solar.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Abril de 2008

2º CHAKRA

Nome: Esplênico, Svadhistana.

Região: Região do Baço.

Nº de Pétalas: Seis.

Cores: Vermelho, alaranjada, amarela, verde, azul e violáceo.

Energia a que se refere: prana.

Relacionamento: Gira para dentro, sua principal função é captar e redistribuir a energia diamante do sol; ligado a mediunidade de cura, ligação de vampirismo e aos impulsos sexuais primários.

Plexo a que se liga: Lombar.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:48
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reiki em vídeos...

. Sessão de Reiki... Vídeo

. Reflexão: Karuna e Reiki,...

. KARUNA...

. do Reiki ao Karuna

. O que o Divino dá só Deus...

. Mundo do Reiki

. CHAKRAS...

. Numa sessão de Reiki vou ...

. O Amor

. Reiki e Seus Benefícios, ...

. Energia Cósmica Universal...

. Primeiro Chakra

. 3º CHAKRA

. 2º CHAKRA

. O que significa Reiki?

. Se você sonhou com...[H]....

. What is Reiki?

. In Médicos de Portugal...

. O que é o Reiki? What is ...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007