.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014

Reflexão: O Materialismo e o Ser

Caríssimos,

     O nosso planeta é composto por inúmeros Seres vivos de várias raças, cores e espécies, mas esta reflexão tem a ver mais propriamente com o Ser Humano. Ao longo do tempo tenho conhecido imensas pessoas, todas elas diferentes, cada uma com as suas virtudes e seus defeitos, tal como eu mesmo. Há aquelas pessoas que se cruzam na nossa vida por acaso, outras por força das circunstâncias e por outras coisas mais, mas na verdade tenho consciência que todos os Seres que cruzam o meu caminho, são “fruto” da vibração energética que tenho “naquele” momento. Todos esses seres “trazem” algum conhecimento ou provação pela qual tenho de passar, para que eu possa ter consciência da minha “evolução” enquanto Ser Espiritual a viver uma experiência terrestre. Desculpem este pequeno parágrafo, mas interpretem como uma introdução à reflexão que se segue.

     Através de conversas que vou tendo, das frases escritas que leio e das notícias que ouço, constato que o Ser Humano continua muito agarrado aos bens materiais. Certo dia, um Ser conhecido (que agora não me recordo) disse uma frase que se tornou iria perpetuar no tempo: “A religião é o ópio do povo”; Em meu entender está correcto pois referia-se ao Deus Criador do Universo, mas na verdade a fé da maioria das pessoas tem venerado deus e não Deus. Talvez não tenha compreendido o que acabei de dizer, mas vou dizer por outras palavras, a maioria dos Seres venera o “deus dinheiro” em detrimento do verdadeiro “Deus Criador”. Mais uma vez acabei por divagar um pouco, mas vou agora abordar o tema em causa.

     O Ser humano, na sua generalidade, continua a viver em função do Ter relegando para último plano o Ser. Ao longo dos tempos outros, tal como eu agora, tentam elucidá-los que essa não é a melhor forma de viver nem de aproveitarem da melhor forma esta vida. A maioria das pessoas vive constantemente preocupada com o Ter (dinheiro, bens materiais, etc.) e acabam por provocar stress a si mesmas devido ao número de coisas que devem fazer (porque se meteram nessas coisas?), dão cabo da saúde para ganhar mais uns tostões, ocupam a sua mente com preocupações desnecessárias porque dão importância a mais às coisas, criam irritações e aborrecimentos porque valorizam demais as outras pessoas e, no final de todas estas coisas chega-se à conclusão que se esqueceram do mais importante, que são eles mesmos. Sim, cada Ser é a pessoa mais importante da sua vida, não se esqueça disto. Nem os filhos, marido, família ou amigos devem ser mais importantes para nós do que nós mesmos, porque se não se amar, dificilmente os outros nos amam. A generalidade dos seres deixam-se levar pelas tendências tentações “perversas” desta sociedade de consumo, na qual o bem-estar de uns é alcançado através da escravatura de outros, o que é uma injustiça. O Materialismo é um dos maiores “virús” da sociedade, e sabem porquê? Porque o materialista cria Apego às coisas, e o Apego é a maior fonte de sofrimento na Terra. [Pare e pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Como certamente concluiu, esse Apego que nós próprios criamos futuramente vai acabar em sofrimento, quer seja apego a bens materiais, animais, pessoas ou ideias. A generalidade dos Seres gosta muito de apontar o dedo aos outros, mas reparem bem que muitas vezes somos nós mesmos os causadores do nosso mal-estar, já pensaram nisso? Bem, por agora nada mais irei escrever, pois penso que o que leram é um bom tónico para reflectirem um pouco sobre vocês mesmos, sobre a essência do Ser, libertando-se um pouco do Ter, o que acha? Despeço-me pedindo desculpa por tão longo texto, mas agradeço a sua leitura e desejo-lhes tudo de bom, esperando tê-los ajudado de certa forma e façam o favor de ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 19:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 26 de Junho de 2014

Reflexão: Casamento, um drama de vida…

Caríssimos,

     Todo o Ser humano ao longo da sua vida gosta de estar acompanhado e tem imenso receio da solidão e, derivado a essa sensação, procura estar sempre acompanhado. Faço uma pequena ressalva ao aspecto “solidão” que é diferente de estar só, pois podermos estar só sem sentirmos “solidão” e podemos estar no meio de uma multidão e sentirmos “solidão”. No decorrer da vida o Ser Humano procura constituir família para viver dentro dos parâmetros da sociedade na qual está inserido. Ao longo da sua juventude faz as suas escolhas através do que se chama “namoro”, de forma a conhecer a outra pessoa e assim poder chegar à conclusão se é “aquela pessoa”, com a qual pretende compartilhar a sua vida. Depois chegam a certo momento no qual pretendem contrair matrimónio, com aquela que foi a nossa escolha, sim “sua escolha”, escolha essa que é da nossa inteira responsabilidade.

     Segundo a ordem natural das coisas e da vida, o “casamento” deveria ser uma história de amor feliz, na qual reinasse a harmonia, carinho, ternura e muito amor entre ambos. Mas infelizmente, na maioria dos casos que na generalidade temos conhecimento, a verdade é bem diferente dos padrões mencionados na frase anterior. Em inúmeros matrimónios o Amor é algo que existe apenas durante os primeiros tempos, pois sendo o Amor como um Jardim carece de uma constante manutenção para que as flores estejam sempre viçosas e as ervas daninhas eliminadas. Quando esse jardim é “abandonado” perde a sua beleza tornando-se num “pedaço” de terreno selvagem, o que expressa bem o comportamento de um casal que vivem matrimonialmente sem que exista Amor. [Façam uma pausa na leitura e através de um exercício de consciência vejam em que grupo se enquadra o seu matrimónio]

     Depois de alguns tempos casados, com filhos, com encargos económicos que assumiram e outras coisas mais, iniciam a uma nova etapa nas suas vidas, com a pessoa que escolheram. O tempo vai passando e, eis que a certa altura, o jardim se converte em terreno “selvagem”, no qual existe todo o tipo de vegetação mas que nada tem a ver com o viçoso jardim outrora cultivado através do amor. A partir desse momento, uma nuvem negra abatesse sobre cada um, preenchendo as pessoas e os espaços em que habitam, com uma intensa energia negativa que lhes provoca todos os tipos de sintomas, problemas e pensamentos negativos. É então que, a partir de esse momento, aquilo que deveria ser uma bonita história de Amor, transforma-se numa história dramática [podendo mesmo chegar a ser um filme de terror], onde os personagens deixam de ter um papel de Amor passando a ter um papel de Drama. É claro que ninguém quer que a sua vida seja um filma Dramático, todos querem que seja um filme de Amor, mas a verdade é essa. A verdade torna-se mentira, o amor torna-se ódio, a confiança torna-se desconfiança, o respeito torna-se desrespeito, a tolerância torna-se em impaciência, o carinho torna-se repúdio, enfim, tantas coisas negativas que se apoderam de nós e nos destroem interiormente.

     A partir desse momento o mal-estar generalizado que se apodera das pessoas, dá origem ao surgimento da vontade de mudar de vida, pois não deseja continuar a ser personagem daquele filme dramático. Mas conjuntamente com a vontade de mudar, surgem muitos medos, tais como o medo de não conseguir ter suporte económico para se sustentar na vida, o medo de ser rejeitado pelos filhos, medo de que o companheiro(a) lhe possam fazer a vida negra, entre muitas outras coisas. Isto também acontece, sobretudo no sexo feminino, porque a maioria das pessoas não se acham a pessoa mais importante das suas vidas, achando que os mais importantes são os filhos. Por estas e outras razões as pessoas acabam por ter casamentos de fachada, onde se enganam a eles mesmos, casamentos de conveniência, por medo de não conseguirem enfrentar a vida sozinha(o), entre outras coisas, acabem por manter um casamento de fachada, no qual a chama do Amor já há algum tempo se encontra extinta.

     Depois de ler este texto acha que se enquadra nele? É esse o “tipo” de vida que sonhou para si? Certamente sonhou com outro tipo de vida, em estar acompanhado mas feliz (onde reine a magia do amor). Você merece ser feliz, viver com quem o compreenda, respeite, ame, com quem esteja ao seu lado principalmente nos momentos menos bons e lembre-se sempre que Você é a Pessoa Mais Importante da Sua Vida.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 11:41
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Março de 2012

A protecção do Chakra Cardíaco

Filhos da Luz, não vos esqueçais que sem a “linguagem do sentimento” , como já foi colocada, não é possível a expansão de todos os demais recursos necessários a esta nova jornada para a qual se encaminha a humanidade, e que Eu fui encarregado de tutelar.

     "Amados filhos na Luz, a linguagem do amor é a linguagem mais importante para que se manifeste em cada um de vós o contato com a vossa sagrada Presença Divina.

     Vejam que, ao longo de todo o tempo, temos procurado, aqui, expandir o chacra cardíaco de cada um de vós em todas as vossas Presenças. 

     Durante as sessões em que nos comunicamos convosco, tudo ocorre à vossa volta para que, - muito embora os vossos olhos físicos não possam ver -, estejam aqui presentes os Seres que vão procurar massagear os vossos chacras cardíacos para que ocorra nessa região a expansão de todos os recursos necessários para o contato com vossa sagrada Presença Divina,  com a vossa Sagrada Presença EU SOU.

     Este é o contato que deve efetivamente ocorrer nestes novos tempos, para que através dele flua toda a sabedoria cósmica, todo o amor do grande Pai, todo o espírito regenerador de todas as impurezas cármicas ainda existentes neste plano.

Filhos da Grande Luz, nos próximos trabalhos iremos intensificar ainda mais a expansão do chacra cardíaco para que possais conectar-vos mais facilmente (em vossas casas, em quaisquer lugares, nos vossos locais de trabalho inclusive) a conexão com a vossa sagrada Presença Divina Eu Sou.

     Filhos queridos, percebam que se não tentarem, se não executarem este serviço para vós mesmos (o trabalhar no sentido de expandir a sagrada Chama Crística em vós) fica impossível conectar a Divina Presença Eu Sou.

Procurai criar o hábito de, em vossas casas, em algum horário que seja mais confortável a vós, olhar para o vosso chacra cardíaco e nele imaginar acesas a Chama Azul da Fé e do Poder, a Chama Dourada, da Consciência Divina, e a Chama Rosa, da expansão do Amor.

      Essas são as Chamas que figuram nessa região e que, se expandidas, permitem o contato direto com a vossa sagrada Presença Divina.

     Filhos da Luz, não vos esqueçais que sem a “linguagem do sentimento”, como já foi colocada, não é possível a expansão de todos os demais recursos necessários a esta nova jornada para a qual se encaminha a humanidade, e que Eu fui encarregado de tutelar.

     Criem em vossos corações - utilizando o poder que todos vós tendes de manifestar e direcionar a Luz -, essas Três Chamas; criem um casulo protetor envolvendo esta Chama Trina no chacra cardíaco, para que nenhuma interferência externa, para que nenhum ser que trabalha para a involução possa nela penetrar.

     Não permitais, filhos da Sagrada Luz, que neste momento da evolução planetária haja interferências na conexão de vossos corpos inferiores com os vossos corpos superiores em luz.

     Portanto, protegei, protegei, protegei essa região do chacra cardíaco como um verdadeiro casulo, amorosamente. Colocai ali o manto rubi-dourado da devoção, colocai os mantos dos Setes Raios envolvendo o vosso chacra cardíaco para que não ocorra, em hipótese alguma, a interferência dessas consciências que desejam a involução planetária e a estagnação e para que não haja a conexão dessas consciências com os vossos corpos inferiores, bloqueando o vosso chacra cardíaco e impedindo a vossa manifestação.

     Sagrados filhos na Luz ordenai, ordenai e ordenai para que filhos da involução não se aproximem de vós, para que os pensamentos da involução não se aproximem de vós, para que as emoções da involução não se aproximem de vós.

Por: Saint Germain (Comando Estelar Metatron)

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:33
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 9 de Junho de 2011

Julgamento

Caros Irmãos;

      Diariamente os seres humanos têm uma tendência inata de se julgarem mutuamente. Passam o tempo a dizer: “…fez isto…”, “…fez aquilo…”, “…disse isto…”; “…disse que o outro…”; “…acha isto…”; “já viu como ele é?”; “…quem é que acha que é?”;   Enfim, um sem número de expressões que se usam para julgar ou até mesmo fazer juízos de valor acerca das outras pessoas. Aqui no planeta terra, quem tem a missão de julgar, sob a égide das prosaicas leis humanas são os Juízes e não as outras pessoas. Relativamente à questão do chamado “Julgamento Final” que se dá após o desencarne [morte do ser humano (corpo) e mudança de estado do espírito (alma imortal)] cada um de nós será julgado, mas como e por quem? Esta é uma questão questionável que ao longo do tempo sempre gerou grande controvérsia e divergência de opiniões entre cristãos, espíritas, budistas, cientistas, biólogos e outros, pois uns dizem que vamos estar perante uns seres elevados que nos vão julgar por todos os actos cometidos ao longo da vida (tipo um julgamento por um colectivo de juízes), outros dizem que ao desencarnar o nosso espírito fica liberto de todos os condicionalismos e cada um de nós é o seu juiz e carrasco pois passando a ter conhecimento dos objectivos da vida (encarnação) o próprio terá a consciência de assumir ou não o cumprimento dos mesmos, outros acham que a vida do ser humano se limita apenas ao período entre a vida e a morte. Enfim, cada um tem a sua ideia formulada pela sua mente e o seu nível de consciência relativamente ao universo e ao planeta Terra, que é moldado pelos pais, familiares, amigos e sociedade em geral.

      Mas meus amigos, vocês são seres maravilhosos, fontes de amor divinas, capazes de grandes obras e feitos, portadores de qualidades sagradas que não estão longe, pois estão mesmo dentro de vocês. Vocês são como pedras de cristal em bruto, que se podem tornar ainda melhores se forem polidas e tratadas. O mesmo acontece com os vossos corações que para se manterem puros devem de ser constantemente mimados e polidos. Assim, deverá por si definir o seu caminho (crenças e ideais), respeitando os caminhos por outros tomados, mesmo que seja completamente díspar do seu, pois cada um é responsável pelos seus actos. Vamos então ser compreensíveis e aceitar os actos dos outros, mesmo que não estejamos de acordo, pois o “universo” encarregar-se-á de devolver a cada ser aquilo que cada um dá ao seu semelhante.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 00:46
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 11 de Março de 2011

Sofrimento…

Caro Irmão,

      O planeta está em fase de Transição, caso ainda não se tenha dado conta disso, mas na realidade sabe o que isso significa? Transição significa uma profunda mudança em todo o planeta, no seu interior e exterior, e sendo o ser humano terrestre um habitante com mesmo, vai também “sofrer” as consequências da mudança, pois ninguém pode mudar o rumo da ascensão planetária definida e decretada pelo Criador. Assim enquanto Ser terrestre é como se fosse um passageiro (habitante) de um comboio (planeta) que será levado até ao destino do mesmo, pois não há paragens (estações e apeadeiros). Contudo porém há quem teime em saltar do comboio, mas ao dar-se conta que as portas não abrem a única coisa que pode fazer é caminhar ao longo do comboio em direcção às últimas carruagens, mas em verdade lhe digo que por mais que não queira “embarcar” nesta viagem, já se encontra nela da qual a única saída é quando chega a hora da libertação deste plano (vulgarmente definida por morte).

      Irmãos, independentemente da vossa cor, raça ou credo, estão todos em ascensão. Compreendo que é complicado dizer-lhes isto e como tal carece de uma explicação para uma melhor compreensão. Enquanto seres espirituais a vivermos uma experiência terrestre, ao virmos para cá, tal como um computador, fomos programados de uma determinada forma. Isso significa que funcionamos “condicionados” pela formatação terrena e pelas formatações adicionais que nos foram introduzidas depois de termos chegado, limitando o nosso acesso (já por natureza da vinda limitado) a partes do nosso Ser. Pode-se também explicar da seguinte forma, de que adianta nos termos um computador com um processador rápido e potente quando está configurado para ser lento e fraco, significa que há um défice de aproveitamento dos recursos disponíveis, e assim se encontra o Ser Humano neste momento. Desde já peço as minhas desculpas pela introdução, mas entendi como necessária para abordar o tema referente ao título do texto.

      Caro irmão, porque sofre? Porque se maltrata? Porque acha que a ascensão só pode ser feita por via do sofrimento? Todos devemos ascender e evoluir para outras dimensões, mas para que isso seja feito não necessitamos de seguir a via do sofrimento que nos foi incutida por certas religiões e até mesmo por todos aqueles com quem nos cruzamos no nosso caminho. Seja qual for o seu estado civil, lembre-se que você é a pessoa mais importante para si, pois nem o seu o pode superar, pois para poder proporcionar o bem-estar dele terá que estar bem, pois estando doente não o poderá ajudar. Centrando-se em si, na descoberta da sua verdadeira essência interior, através da prática de terapias holísticas, meditação e retiros, conseguirá “dominar” a sua mente removendo chip’s e implantes que lhe foram inseridos na mente (computador) que lhe vão permitir o acesso a capacidades que até então lhe tinham sido vedadas. Você é um Ser divino fantástico, portador de um coração fabuloso, de uma compaixão sem limites e capacidades extraordinárias que vão muito além da própria ficção. Respeite-se, acarinhe-se, venere-se e ame-se intensamente, irradiando diariamente o seu Amor Incondicional, e o Universo retribuir-lhe-á um enorme prazer e bem-estar consigo mesmo, fazendo de si um enorme ponto de luz que brilha intensamente na hora do crepúsculo, gerando uma imagem resplandecente que se propaga ao longo do horizonte.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 14:44
Link | Comentar | ver comentários (5) | favorito
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Conversas com a Alma *Liberdade*

Meu “Eu Sou” Superior,

         Liberdade é um estado que qualquer Ser humano gosta de ter, mas será que sou livre? Será que posso fazer o que quero? Será que posso seguir os meus mais puros e nobres sentimentos? Será que sou dono e senhor da minha vida e destino? Será que profissionalmente sou aquilo que realmente gosto? Será que aquela com quem escolhi compartilhar a vida me dá liberdade? Será que dou liberdade aos outros? Como alcançar a Liberdade?

Caro Viktor,

         “…mas será que sou livre?”

Esse é um juízo que tu irás fazer de ti próprio, depois de ouvires as respostas às questões seguintes.

         “Será que posso fazer o que quero?”

Se fizeres o que tens vontade de fazer, sem nenhum tipo de factor condicionante (situação ou pessoa), agindo em consciência em prol da tua pessoa e sem prejudicar nada nem ninguém então podes, ou então se for um trabalho altruísta baseado no Amor Incondicional e na dádiva desinteressada.

         “Será que posso seguir os meus mais puros e nobres sentimentos?”

Seguir os teus sentimentos é um bonito acto, mas deverás ter sempre em linha de conta as leis morais universais, principalmente quando há envolvimento de outros Seres.

         “Será que sou dono e senhor da minha vida e destino?”

Viktor, ser dono da vida e do destino é definir o seu percurso no caminho de ascensão em direcção a Deus, norteando-se pelas Leis Cósmicas Universais, sem pressas nem atropelos, sem prejudicar ninguém. Em verdade te digo que se te for possível ir auxiliando aqueles que ao longo do caminho vais encontrando no chão (cansados, atrapalhados, perdidos, desmotivados) servindo para eles como uma luz, um farol, um guia, também te estás a auxiliar a ti mesmo.

         “Será que profissionalmente sou aquilo que realmente gosto?”

Viktor, só tu mesmo é que podes constatar isso, pois isso é uma questão de realização, pois se te sentires realizado com o que fazes significa que gostas, e se gostas é porque felizmente tires-te a oportunidade de escolher o teu caminho profissional, porque há muitos que trabalham por necessidade, mesmo fazendo o que não gostam, que em termos de saúde não é recomendável.

         “Será que aquela com quem escolhi compartilhar a vida me dá liberdade?”

Se a pessoa em causa te dá liberdade para fazeres o que gostas, sempre com o devido respeito pelas regras morais universais que norteiam esse tipo de situação, então essa pessoa dá-te liberdade.

         “Será que dou liberdade aos outros?”

Todos merecem ser livres, e não dar liberdade aos outros significa ter sentimentos de posse sobre a pessoa, o que resulta no Apego. Ninguém é dono de ninguém, mesmo de aqueles que amamos (incluindo familiares e filhos). Treinar o desapego às pessoas é dar liberdade às mesmas, porque aqueles que por ti nutrem verdadeiros sentimentos voltam sempre a cruzar-se contigo no teu caminho. Títulos de propriedade só existem no planeta terra e sobre bens e não sobre pessoas.

         “Como alcançar a Liberdade?”

O Ser humano nasce logo à nascença com uma série de condicionalismos que são como amarras que os prendem aos velhos paradigmas e crenças, impostos pela educação e pela própria sociedade. Há ainda também os governos e religiões que “ocultamente” pretendem comandar as pessoas através das mentes, tal como um pastor comanda um rebanho de ovelhas. Exercer a sua liberdade é viver solto desses paradigmas, é pensar por si mesmo em vez de fazer simplesmente porque os outros também fazem. Seja criativo, siga a sua intuição, respeite todos os seres, pense colectivamente nunca descorando a sua integridade como Ser, e libertando a sua essência divina verificará que o mundo à sua volta também irá mudar.  

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:47
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 25 de Novembro de 2009

Tipos de Obstruções Energéticas

Os bloqueios podem apresentar-se de variadas formas e feitios. A obstrução “maçante” resulta de se deprimirem os sentimentos e a energia da pessoa até a sua estagnação, provocando uma acumulação de fluidos corporais na área. O corpo tende a inchar-se ali. Essa obstrução, em geral, não é de alta energia, mas antes de baixa que habitualmente está associada ao desespero. Se a obstrução continuar, a doença resultante possível será uma colite ou uma angina de peito. A cor, quase sempre o azul-acinzentado, produz uma sensação de coisa pegajosa e pesada, como o muco. Ali há raiva também, geralmente do tipo que censura. A pessoa desistiu de tudo e sente-se impotente. Uma mulher, que teve um casamento infeliz e renunciou à carreira pelo casamento, por exemplo, sofre uma obstrução desse género. Agora, cinquentona, verificou ser impossível voltar ao mundo dos negócios e encetar uma carreira. Em vez disso, atribui simplesmente ao marido sua infelicidade. Exige que as filhas façam o que ela nunca fez. Tenta viver a vida através delas, mas é claro que isso não pode dar certo.

Por outro lado, a obstrução de compactação, que suprime os sentimentos, contém grande quantidade de fúria acumulada, como um vulcão. De cor vermelho-escura, costuma aparecer, pressagia, ao observar, que normalmente não deseja ser o recipiente da erupção vulcânica. Essa obstrução da energia resulta numa acumulação de gordura ou músculos corporais na área. Se a compactação continuar por muito tempo, poderá redundar em enfermidades como uma inflamação da pelve. A pessoa geralmente se dá conta da fúria e sente-se presa porque a liberação da fúria está associada à humilhação. Uma mulher que conheci chegou à conclusão, na infância, de que o fato de experimentar sensações sexuais acarreta humilhação. O pai humilhou-a em relação à sua sexualidade quando ela era moça. Resultado: ela bloqueou suas vigorosas sensações sexuais e as manteve, apertadas, na pelve. As sensações sexuais contidas, pouco a pouco, se transformaram em fúria. E porque a fúria não se soltou, graças ao medo da humilhação, o acúmulo de energia estagnada na pelve produziu uma infecção. Depois de anos de pequenas infecções crónicas, ela ouviu finalmente o diagnóstico de que sofria de uma inflamação da pelve.

A armadura de rede  é uma obstrução eficaz porque ajuda a pessoa a evitar sentimentos, sobretudo e medo, pela rápida movimentação das obstruções quando ela é desafiada, quer numa situação de vida, quer na terapêutica. Se o terapeuta, por exemplo, procurar liberar uma obstrução pelo exercício ou pela massagem profunda, a obstrução simplesmente se mudará para outra parte do corpo. Esse tipo de obstrução provavelmente não dará início a uma moléstia tão depressa quanto os outros tipos de obstruções. Tudo parecerá maravilhoso na vida do paciente. Ele será bem-sucedido no mundo, terá um casamento “perfeito” e “filhos modelos” mas, em que pese a tudo isso, terá a vaga sensação de que lhe falta alguma coisa. Essa pessoa só será capaz de tolerar sentimentos profundos por um curto período de tempo, antes de pular fora deles. Por fim, criará alguma crise em sua vida a fim de irromper os sentimentos mais profundos. Essa crise pode assumir qualquer forma, como uma doença inesperada e súbita, um acidente ou um caso de amor.

A armadura de placa, congela todos os tipos de sentimentos, que são mantidos no lugar, em volta do corpo, por um campo de alta tensão generalizada. Essa armadura ajuda eficazmente a pessoa a construir uma vida bem estruturada no nível exterior. O corpo será bem construído; os músculos tenderão a ser rijos. No nível pessoal, a vida será menos satisfatória, porque a armadura de placa, na verdade, anula os sentimentos, criando alta tensão em todo o corpo, tensão que pode redundar em tipos diferentes de doenças: úlceras decorrentes do excesso de trabalho, ou problemas cardíacos consequentes ao “emperramento” da vida sem alimentação pessoal. Porque não pode sentir bem o corpo, como, por exemplo, a tensão nos músculos longos, a pessoa fará, provavelmente, pressão excessiva sobre os músculos, causando uma distensão dolorosa dos extensores da perna, ou uma tendinite. Essa pessoa também terá uma vida aparentemente “perfeita”, à qual faltará, todavia, uma ligação pessoal mais profunda. É provável que também acabe criando alguma espécie de crise de vida, como as crises supramencionadas, que a ajudará a ligar-se à sua realidade mais profunda. Um ataque cardíaco obtém lindamente esse resultado para alguns homens. Conheço, por exemplo, um homem de negócios muito bem-sucedido, dono de várias revistas, todas de grande circulação. Ele andava tão absorto no trabalho que se acabou distanciando da família. Depois do enfarte, os filhos chegaram-se a ele e lhe disseram: “Você precisa parar, pois caso contrário, morrerá. Ensine-nos a ajudá-lo a dirigir seus negócios.” Ele ensinou-os, eles aprenderam e a família voltou a ajuntar-se.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:48
Link | Comentar | favorito
Sábado, 26 de Setembro de 2009

O que é uma criança Índigo?

O que é uma criança Índigo e porque designamos assim?

Primeiramente a definição. É uma criança que demonstra uma série de atributos psicológicos novos e pouco usuais com um padrão de comportamento nunca documentado até agora. Este padrão de comportamento tem factores comuns únicos que sugerem a quem se relaciona com as crianças (os pais em especial), que devem mudar a forma como os tratam e criá-los para poderem ter um equilíbrio adequado.

Ignorar estes novos padrões de comportamento é criar um desequilíbrio potencial e uma grande frustração na cabeça destas preciosas vidas.

Parece haver diversas categorias de Crianças Índigo, mas vamos dar um dos padrões de comportamento mais importantes para poder ver se alguém do seu conhecimento encaixa nestes padrões?

Apresentamos de seguida 10 das características mais comuns da Criança Índigo:

  1. Vêm ao mundo com um sentimento de realeza (e frequentemente comportam-se como tal).
  2. Têm a sensação de “merecer estar aqui” e surpreendem-se quando outros não compartilham esta mesma sensação.
  3. A auto-estima não é, para elas, um grande tema de preocupação; com frequência dizem aos pais quem elas são.
  4. Têm dificuldade em aceitar uma autoridade absoluta (sem explicação ou sem alternativas).
  5. Pura e simplesmente não farão certas coisas, por exemplo: custa-lhes esperar numa fila.
  6. Frustram-se com sistemas que são apenas rituais e que não requerem criatividade.
  7. Muitas vezes têm formas melhores de fazer as coisas tanto em casa como na escola, o que os torna rebeldes e desintegrados de qualquer sistema.
  8. Parecem muito anti-sociais, a menos que se encontrem entre crianças semelhantes. Se não houver outros com o mesmo nível de consciência tornam-se retraídos, sentindo que não há seres humanos que os entendam. A escola é o local onde lhes é muito difícil socializar.
  9. Não respondem à disciplina de “culpa” (Espera que o teu pai chegue a casa e veja o que fizeste).
  10. São tímidos em expressar o que precisam.

Agora quero que saibam porque é que estas crianças se chamam Índigo.

Ao longo da história da psicologia criaram-se sistemas para agrupar os seres humanos pelo seu comportamento.

Estes grupos tratam de identificar e correlacionar as acções humanas de diversas maneiras. Trata-se, sem dúvida alguma, de encontrar alguma fórmula que permita encaixar cada ser dentro de uma categoria, que ajude os estudiosos da mente humana. Alguns destes sistemas são muito antigos, outros são muito recentes.

Para validar isto, temos Richard Seigle que, não só é um médico que praticou o ofício, mas que também é um perito em estudos humanos e espirituais.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:07
Link | Comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Lesões Afectivas

Um tipo de auxilio raramente lembrado: o respeito que devemos uns aos outros na vida particular.

Caro é o preço que pagamos pelas lesões afectivas que provocamos nos outros.

Nas ocorrências da Terra de hoje, quando se escreve e se fala tanto, em torno do amor livre e do sexo livre, muitos poucos são os companheiros encarnados que meditam nas consequências amargas dos votos não cumpridos.

Se habitas um corpo masculino, conforme as tarefas que te foram assinaladas, se encontraste essa ou aquela irmã que se te afinou com o modo de ser, não lhe desarticules os sentimentos, a pretexto de amá-la, se não estás em condição de cumprir a própria palavra, no que tange a promessas de amor. E se moras presentemente num corpo feminino, para o desempenho de determinadas actividades, se surpreendeste este ou aquele irmão que se harmonizou com as tuas preferências, não lhe perturbes a sensibilidade sob a desculpa de desejar-lhe a protecção, caso não estejas na posição de quem desfruta a possibilidade de honorificar os próprios compromissos.

Não comeces um romance de carinho a dois, quando não possas e nem queiras manter-lhe a continuidade.

O amor, sem dúvida, é lei da vida, mas não nos será lícito esquecer os suicídios e homicídios, os abortos e crimes na sombra, as retaliações e as injúrias que dilapidam ou arrasam a existência das vítimas, espoliadas do afecto que lhes nutria as forças, cujas lágrimas e aflições clamam, perante a Divina Justiça, porque ninguém no mundo pode medir a resistência de um coração quando abandonado por outro e nem sabe a qualidade das reacções que virão daqueles que enlouquecem, na dor da afeição incompreendida, quando isso acontece por nossa causa.

Certamente que muitos desses delitos não estão catalogados nos estatutos da sociedade humana; entretanto, não passam despercebidos nas Leis de Deus que nos exigem, quando na condição de responsáveis, o resgate justo.

Tangendo este assunto, lembramo-nos automaticamente de Jesus, perante a multidão e a mulher sofredora, quando afirmou, peremptório: "aquele que estiver isento de culpa, atire a primeira pedra".

Todos nós, os espíritos vinculados à evolução da Terra, estamos altamente comprometidos em matéria de amor e sexo, e, em matéria de amor e sexo irresponsáveis, não podemos estranhar os estudos respeitáveis nesse sentido, porque, um dia, todos seremos chamados a examinar semelhantes realidades, especialmente as que se relacionem connosco, que podem efectivamente ser muito amargas, mas que devem ser ditas.

Espírito: EMMANUEL

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Momentos de Ouro

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:57
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Sexta-feira, 28 de Agosto de 2009

Familia

Caros leitores e amigos,

Cada um de nós tem uma família com a qual temos de viver enquanto cá estamos. Esperamos que a mesma esteja ao nosso lado nos altos e baixos da vida. Ao longo da vossa vida, por vezes já deram pela vossa mente a fazer-lhes estas e outras perguntas: Porque é que eu tenho estes pais? Porque é que tenho esta família? Porque é que fui abusado(a) por um familiar? Porque é que a minha família me rejeita?

Então eu vou-lhes responder a todas estas questões. O/A único culpado/a disto é você. Nada mais correcto, pois foi você que escolheu a família em que quis nascer, mediante as provações necessárias pelas quais tem de passar no seu processo evolutivo enquanto espírito encarnado. Pois é, a vida não acaba quando morrer, apenas vai ser transportado para outro plano onde o que vê na terra também existe, à excepção das leis defeituosas criadas pelos Homens, pois nesse plano é regido pela Lei da Providência criada pelo divino Criador. Se foi essa a família que lhe saiu na rifa não foi por acaso, foi sim obra do merecimento, por aquilo que fez ou não nas anteriores vidas em que cá esteve (terra). Por isso meu amigo, não se lamente por isso, pois ninguém tem culpa da tua situação a não seres tu e apenas tu. Assume o papel da tua vida, vivendo com o que tens (partilhando com o teu semelhante) sem desejares a cada dia que passa, mais, mais e mais pois isso será uma chaga. Essa chaga vai criar bloqueios energéticos no corpo que por sua vez vão despoletar alguns problemas tais como úlceras, enxaquecas, alterações no sistema nervoso, dores na região dorso lombar e noutras partes do corpo, hipertensão arterial, ansiedade, medos, fobias e uma grande baixa nos níveis de auto-estima. Todas estas situações podem ser atenuadas ou até mesmo eliminadas através da prática do Reiki. Pense nisto e se tiver algo a dizer ou acrescentar, tenha a liberdade.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 11:01
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 3 de Agosto de 2009

Reiki, Cepticismo e Sucesso

a Nurse's Story; História de uma enfermeira  [Denise Rossignol, LPN Denise Rossignol, LPN ]

I am a nurse and was originally very skeptical about what Reiki could do for me.Sou enfermeira e inicialmente era muito céptica sobre o que o Reiki poderia fazer por mim.

I learned Reiki for my own benefit as I had disabling migraines, rheumatoid arthritis and allergies. Aprendi Reiki para o meu próprio benefício pois tinha com frequência enxaquecas, artrite reumatóide e alergias. I was not a very spiritual person, so I was unsure how or why Reiki would work for me. Eu não era uma pessoa muito espiritual, por isso estava insegura de como e porquê o Reiki ia trabalhar comigo.

It does help my various medical conditions, but I think the most important part it plays is in how I deal with my burdens. O Reiki ajudou-me em vários aspectos, mas acho que a parte mais importante é a que ele desempenha na forma como eu lido com os meus encargos. I no longer let them have control of me (most of the time) and that makes life easier all around. Eu já não os deixo ter controle de mim (a maior parte do tempo) e que torna a vida mais fácil de todo.

However, the most exciting Reiki experience I had was when a co-worker was attempting to become pregnant through invitro fertilization. No entanto, a experiência mais emocionante que tive com Reiki foi quando uma colega de trabalho estava a tentar engravidar através de fertilização in vitro. Although she had been successful with this once three years earlier and she had many failed attempts and had to go through rigorous preparation for this last try. Embora tivesse sido bem sucedido desta vez, há três anos atrás teve muitas tentativas falhadas e teve de passar por uma rigorosa preparação para esta última tentativa.

I offered to send her Reiki. Eu ofereci-me para lhe enviar Reiki. I also asked her to leave a picture of herself with me. Também lhe pedi para dar uma foto.I prepared to send her some Reiki at the time of her procedure, however I was overcome with the sense that they were running late. Eu preparei-a para lhe enviar Reiki no momento do seu processo, no entanto tiva a sensação que eles estavam a procurar tarde. So I sent my Reiki when I felt it was right. Então eu enviei Reiki quando senti que era o momento certo. I also had an immediate feeling that she was pregnant. Eu também tinha uma imediata sensação de que estava grávida.

As they say the rest is history. Como se costuma dizer o resto é história. She just had a baby girl. Ela só tinha uma menina. Talk about transforming around a skeptic! Este foi um processo de transformação em torno de um céptico! It did make me feel wonderful though!!!Obrigado por compartilhar a minha história.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:11
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Maio de 2009

Reflexão do dia

Cada vez mais o Reiki vai sendo conhecido por todo o mundo, mas em Portugal apesar de surgirem cada vez mais espaços onde esta terapia é colocada ao dispor das pessoas, ainda há quem crie enormes barreiras às terapêuticas alternativas, preferindo as convencionais com recurso à medicamentação. Muitas vezes os valores pagos pelas consultas mais o que têm de desembolsar quando vão à farmácia ultrapassa várias vezes o valor do recurso à terapêutica holística natural, sem recurso a medicação química. Mas vamos ser positivos e pensar que aos poucos as coisas vão-se modificando. O Reiki, é para muitas pessoas desconhecido e as que pouco ouviram falar, questionam-se levantando dúvidas uma vez que o mesmo é apenas praticado através das mãos. A essas pessoas pergunto: Porque não questionam e põem em causa o facto de apenas utilizarem 10% das vossas capacidades cerebrais? Já repararam que quando os vossos filhos são pequenos e se aleijam que vocês intuitivamente colocam as mãos no local onde eles bateram, friccionam e dizem: Pronto, pronto, já passou! E eles (filhos) na sua inocência e ingenuidade cerebral ficam convencidos que resulta e dor é como que se fosse eliminada através desse gesto. Isso acontece por eles, ao contrário dos adultos, aceitam o gesto de amor e não complicam colocando dúvidas acerca do que lhe fizeram. Mas enfim, esse é um erro de todo o ser humano que conforme vais aumentando o seu conhecimento, mais barreiras vai levantando às coisas simples que o divino criador nos deixou ao alcance. Vamos eliminar essas barreiras e, através do Reiki encontre a sua essência, o seu equilíbrio, a sua harmonia, o seu bem-estar e a sua saúde sem recurso à medicamentação que tem efeitos secundários por vezes potenciadores de futuros problemas. Pense um pouco em si e no seu bem-estar deixando de viver 24h ocupada com as tarefas e a família, pois assim vive apenas em função de quem o rodeia esquecendo-se de si próprio. O seu bem-estar reflecte-se naqueles que a rodeiam, porque eles também sentem. Por isso, faça o favor de ser Feliz.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:21
Link | Comentar | favorito
Domingo, 3 de Maio de 2009

Informação Básica para Pais de Crianças Índigo/Cristal

Na interacção e no cuidar da sua criança Índigo/Cristal precisam de ter em mente que a sua criança é muito diferente de vocês. O que funcionou com vocês em crianças não irá funcionar para elas.

As principais áreas a que terão de se ajustar são:

1º.   A criança Índigo/Cristal é um ser com Orientação Cerebral Direita.

2º.   A criança Índigo/Cristal é Super Sensível ao stress ambiental.

3º.   A criança Índigo/Cristal é sensível à comida e irá desenvolver frequentemente Alergias Alimentares.

O que é que isto significa para vocês?

1. ORIENTAÇÃO CEREBRAL DIREITA

As crianças Índigo e Cristal operam primariamente a partir do Cérebro Direito. Isto significa que são criativos, imaginativos e emocionalmente inteligentes. Contudo, a nossa cultura é primariamente orientada pelo cérebro esquerdo, o que significa que é linear, racional e lógica.

As dificuldades surgem quando a criança entra para o sistema escolar e precisa de adaptar-se ao seu modo de funcionamento. Um “cérebro à direita” aprende muito depressa e muitas vezes dá pulos intuitivos que demonstram uma inteligência estonteante. Mas o sistema escolar é conduzido por um funcionamento cerebral esquerdo o qual é repetitivo, rotineiro, organizado e linear/cumulativo. Esta abordagem “mais lenta” significa que a criança começa a sentir-se aborrecida muito depressa e perde o interesse. Geralmente depois começa a procurar outros meios para estimular o seu interesse. Isto leva a que muitas Crianças Índigo sejam etiquetadas como tendo Transtorno de Défit de Atenção (TDA) ou/e Hiperatividade (TDAH) e são muitas vezes medicadas com Ritalina, quando de facto não existe nada de errado com elas a não ser aborrecimento.

Por causa da sua inteligência intuitiva, elas também podem muitas vezes ir passando os vários anos do sistema escolar sem que se apercebam que não conseguem ler ou escrever “correctamente”. Isto leva a que muitas vezes a criança seja etiquetada como disléxica, outro estigma.

Isto causa danos porque a Criança Índigo tem um sentido forte de ser “perfeita”, e está aqui numa “missão”. Se lhe é dito que é disfuncional ou que “há alguma coisa de errado com ela”, vai ficar traumatizada e, ou procurar a cura, ou disfarçar essa mágoa. Isto pode levar, nos anos da adolescência, ao abuso de drogas ou a distúrbios alimentares, como meios de cura ou de esconder o trauma.

É vital e importante que a Criança Índigo ou Cristal seja reconhecida como diferente mas não disfuncional. Se a diferença for honrada e manejada, a criança irá crescer de um modo equilibrado, mas se não, irá levar à disfunção e a problemas.

2. SENSIBILIDADE AO STRESS AMBIENTAL

A sua criança é também muito mais sensível do que o que vocês foram ou são. É a audição, a visão, e os sentidos que são muito mais desenvolvidos que os seus. Isto faz parte da mudança evolucionária, à medida que os humanos se tornam mais abertos e sensíveis.

O que isto significa é que a sua criança vai ficar stressada e perturbada por sons altos, por multidões, música aos berros e pela televisão. A sua resposta pode tanto ser fechar-se e deprimir-se, como permitir os estímulos e tornar-se hiperactiva e destrutiva.

Sendo assim, a Criança Índigo/Cristal, necessita de um ambiente em casa tranquilo e calmo, com o mínimo de brinquedos, jogos electrónicos, e engenhocas, e certamente não usar a televisão como babysitter. Existe uma correlação quase directa entre a quantidade e tipo de TV que é absorvida e o comportamento da criança.

O stress ambiental também inclui a relação entre os pais. Se existir abertura ou agressão não expressa, verbal ou não verbal, no lar, a criança irá apanhá-la e desenvolverá mecanismos disfuncionais ou defensivos. Não conseguem esconder nada de uma Criança Índigo/Cristal, ela “lê” o seu campo de energia e percebe exactamente aquilo que pensam e sentem mesmo que permaneça não dito.

ALERGIAS ALIMENTARES

O Corpo físico de uma Criança Índigo/Cristal também é muito sensível. Muitas vezes elas não conseguem tolerar comida processada e os seus aditivos. E também reagem mal ao açúcar e a cafeína.

Isto significa que os doces, as bebidas artificialmente coloridas tortas, hamburguers, e chocolates, irão criar um comportamento hiperactivo e disfuncional na criança. Dar um chocolate, ou uma Coca-Cola, a uma Criança Índigo/Cristal é, literalmente, o equivalente a dar-lhe uma droga. O seu sistema vai reagir tornando-se sobreactivo - produzindo um maior comportamento hiperactivo seguido por uma queda, quando os efeitos esgotarem-se, e a criança for abaixo e sofrer de uma retirada dos sintomas do açúcar e da cafeína.

Isto pode também, significar que um dieta “normal” não será tolerada por muitos Índigos. A galinha e a carne estão cheias de hormonios, antibióticos, e químicos, e a maior parte da comida embalada e processada, que se compra nos supermercados, também contêm químicos que podem não ser tolerados. Somando a isto, a criança pode ser intolerante ao trigo e a lacticínios, produzindo sintomas como eczemas, problemas digestivos, sinusite e desordens relacionadas com a garganta, ouvidos e nariz.

Linhas de Orientação para Lidar com estes Problemas

EDUCAÇÃO

A sua Criança Índigo/Cristal irá reagir bem a um sistema educacional que equilibre o cérebro direito e esquerdo e que inclua criatividade na forma de música, arte, dança, e teatro.

Provavelmente o melhor sistema para estas crianças é o Sistema Waldorf que maximiza inicialmente o elemento cerebral direito enquanto desenvolve o esquerdo como suporte. Foca também a integração da criança no seu corpo, uma vez que muitas crianças Índigo lidam com os seus traumas ao se tornar “aluada” ou escapando dos seus corpos.

Se a sua criança fizer um teste para identificar TDA ou TDAH, seja cauteloso em medicá-la com Ritalina, que é um medicamento (com efeitos secundários e sintomas de isolamento) usado para ajudar os pais e professores a lidarem em vez de simplesmente a assistirem. Existem alternativas dietéticas e homeopáticas menos prejudiciais e mais efectivas.

STRESS AMBIENTAL

Nos primeiros anos de vida da criança tentar minimizar os barulho e o stress. Isto significa diminuir as actividades “violentas”, os jogos electrónicos, e a televisão.

Incentivar a brincadeira, a imaginação, livros e leitura destes, colorir desenhos, e histórias.

Basicamente, criar, o mais possível, um ambiente calmo e tranquilo.

COMIDA

Esta é a mais difícil de monitorizar, já que o consumo conveniente e a pressão dos colegas significam que a criança vai ser exposta à sedução da “comida de plástico”.

Tentem focarem-se em alternativas naturais, orgânicas e saudáveis.

Se a criança sofrer de mudanças de humor ou alergias pode haver a necessidade de identificarem o problema alimentar e criar um plano mais equilibrado nutricionalmente.

LINK: http://www.starchildglobal.com/portuguesa/

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Com muita Energia...
Publicado por Viktor às 15:16
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Abril de 2009

Reflexão do dia…

A

 vida é uma constante aprendizagem. Diariamente aprendemos uns com os outros, vocês comigo e eu com vocês. É este ciclo vicioso que nos absorve diariamente numa enorme diversidade de situações, sensações e emoções. Viver para o trabalho e ocupar todo o tempo com as preocupações da família (marido, esposa, filhos) o que fazer para o jantar, tratar dos filhos, arrumar a casa, organizar as finanças, dar atenção aos filhos, ufff… é na realidade esta rotina diária que vai desgastando as pessoas que, por falta de vontade ou auto estima se deixam levar na corrente diária de casa trabalho e trabalho casa. Pense também um pouco em si e dedique algum desse tempo para si (nunca excluindo os outros). Dedique tempo para o seu bem-estar pois a fazê-lo está a elevar os seus índices de auto estima e estando bem consigo mesmo tem todas as condições para dar todo o seu amor aos outros. Neste campo o Reiki pode desempenhar um importante papel a vários níveis. Receber uma sessão de Reiki vai equilibrar os seus índices de auto estima, na medida em que lhe remove o stress, elimina os bloqueios energéticos provocados diariamente pelas mais vulgares trocas energéticas interpessoais, activa o seu sistema imunitário permitindo assim que o organismo responda combatendo as adversidades que nele se manifestam, permite-lhe um melhor controlo mental tendo um melhor discernimento sobre o que pensamos e nos permitimos pensar, além da atenuação ou remoção de dores físicas combatendo o problema na causa e não no efeito.

Dê uma oportunidade a si mesmo, à sua saúde e bem-estar. Informe-se aqui ou noutro lado acerca da terapia de Reiki e experimente uma sessão através desta terapia bioenergética oriunda do Ocidente (Japão/Tibete). Caso esteja a ser medicado e a efectuar algum tratamento não aguarde o final do mesmo pois o Reiki pode ser aplicado conjuntamente com qualquer tratamento biomédico, pois vai potenciar os efeitos benéficos da medicação e atenua ou mesmo elimina os efeitos secundários da mesma. Experimente e verifique por si mesmo as boas sensações e vibrações, bem como o relaxamento e bem-estar provocado por uma maravilhosa sessão de Reiki. A sua Felicidade e bem-estar é a minha satisfação e objectivo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Uma Luz no Horizonte...
Publicado por Viktor às 13:31
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Abril de 2009

Onde Existimos…

A Humanidade não se limita à Terra; habita inúmeros mundos que no Espaço circulam; já habitou os desaparecidos, e habitará os que se formarem. Tendo-a criado de toda a eternidade, Deus jamais cessa de criá-la. Muito antes que a Terra existisse e por mais remota que a suponhamos, outros mundos havia, nos quais Espíritos encarnados percorreram as mesmas fases que ora percorrem os de mais recente formação, atingindo seu fim antes mesmo que houvéramos saído das mãos do Criador.

De toda a eternidade tem havido, pois, puros Espíritos ou anjos; mas, como a sua existência humana se passou num infinito passado, eis que os supomos como se tivessem sido sempre anjos de todos os tempos.

Realiza-se assim a grande lei de unidade da Criação; Deus nunca esteve inactivo e sempre teve puros Espíritos, experimentados e esclarecidos, para transmissão de suas ordens e direcção do Universo, desde o governo dos mundos até os mais ínfimos detalhes. Tão pouco teve Deus necessidade de criar seres privilegiados, isentos de obrigações; todos, antigos e novos, adquiriram suas posições na luta e por mérito próprio; todos, enfim, são filhos de suas obras.

E, desse modo, completa-se com igualdade a soberana justiça do Criador.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:08
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: O Materialismo ...

. Reflexão: Casamento, um d...

. A protecção do Chakra Car...

. Julgamento

. Sofrimento…

. Conversas com a Alma *Lib...

. Tipos de Obstruções Energ...

. O que é uma criança Índig...

. Lesões Afectivas

. Familia

. Reiki, Cepticismo e Suces...

. Reflexão do dia

. Informação Básica para Pa...

. Reflexão do dia…

. Onde Existimos…

. Reiki para crianças…

. Cumplicidade I

. A Infância

. ESSAS OUTRAS CRIANÇAS

. CRIANÇA ÍNDIGO

. Esperança e responsabilid...

. PAIS E FILHOS

. FILHOS

. CADA DIA

. FAMÍLIA

. MEDIUNIDADE EM CRIANÇAS

. NEM PAIS NEM FILHOS

. OS FILHOS DE DEUS CASARAM...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007