.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 30 de Julho de 2018

Reflexão: do Reiki ao Karuna

     Caríssimos, devo começar este texto, recordando mais uma vez, que o Reiki além de ser a terapia do Amor Incondicional, é também uma Filosofia de Vida, para aqueles que integram os 5 princípios em todos os momentos e aspetos da sua vida quotidiana, porque uma coisa é ser reikiano e outra é ter frequentado um curso de Reiki. Mas vou falar dos reiquianos, pois isso é que corresponde ao título deste texto. Em regra geral, um reikiano é um Ser que se encontra num processo evolutivo, de consciência, o que faz com que seja um Ser sempre à procura de mais informação, conhecimento e aprendizagens. Ao longo do tempo, vai conseguindo “manusear” a energia cada vez melhor. O reikiano apenas aprende a utilizar essa energia para a prática do Bem, com o intuito de auxiliar o seu semelhante, de forma a atenuar ou eliminar as causas de sofrimento, que o mesmo manifesta, quando lhe solicita ajuda.

     A cada nível de Reiki que o reikiano aprende, dá-se, através da sintonização, um procedimento de elevação de consciência do mesmo. Sim, quando o reikiano sobe outro nível, através da frequência de uma formação, não lhe aumenta apenas a capacidade de canalização de energia e de conhecimento, o mesmo passa também a ter uma maior responsabilidade perante todo o Universo. Este é um aspeto do qual o reikiano muitas vezes se esquece, contudo devo-lhes recordar que existe a Lei do Retorno, o resto já sabem. Em cada um dos níveis, o reiquiano aprende os exercícios correspondentes ao seu nível vibratório energético, mas como Ser ávido de sabedoria, chegará ao ponto em que a energia de Reiki, por si só já não satisfaz, pois além de criar habituação à sua própria energia, sente vontade de aumentar a sua capacidade de canalização energética e adquirir novos conhecimento. É nesse contexto que surge o Karuna, a energia da Compaixão, que se integra 100% com o Reiki, elevando bastante a sua capacidade de canalização energética. Pense nisto e sejam muito Felizes.

     NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:59
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014

Reflexão: O Materialismo e o Ser

Caríssimos,

     O nosso planeta é composto por inúmeros Seres vivos de várias raças, cores e espécies, mas esta reflexão tem a ver mais propriamente com o Ser Humano. Ao longo do tempo tenho conhecido imensas pessoas, todas elas diferentes, cada uma com as suas virtudes e seus defeitos, tal como eu mesmo. Há aquelas pessoas que se cruzam na nossa vida por acaso, outras por força das circunstâncias e por outras coisas mais, mas na verdade tenho consciência que todos os Seres que cruzam o meu caminho, são “fruto” da vibração energética que tenho “naquele” momento. Todos esses seres “trazem” algum conhecimento ou provação pela qual tenho de passar, para que eu possa ter consciência da minha “evolução” enquanto Ser Espiritual a viver uma experiência terrestre. Desculpem este pequeno parágrafo, mas interpretem como uma introdução à reflexão que se segue.

     Através de conversas que vou tendo, das frases escritas que leio e das notícias que ouço, constato que o Ser Humano continua muito agarrado aos bens materiais. Certo dia, um Ser conhecido (que agora não me recordo) disse uma frase que se tornou iria perpetuar no tempo: “A religião é o ópio do povo”; Em meu entender está correcto pois referia-se ao Deus Criador do Universo, mas na verdade a fé da maioria das pessoas tem venerado deus e não Deus. Talvez não tenha compreendido o que acabei de dizer, mas vou dizer por outras palavras, a maioria dos Seres venera o “deus dinheiro” em detrimento do verdadeiro “Deus Criador”. Mais uma vez acabei por divagar um pouco, mas vou agora abordar o tema em causa.

     O Ser humano, na sua generalidade, continua a viver em função do Ter relegando para último plano o Ser. Ao longo dos tempos outros, tal como eu agora, tentam elucidá-los que essa não é a melhor forma de viver nem de aproveitarem da melhor forma esta vida. A maioria das pessoas vive constantemente preocupada com o Ter (dinheiro, bens materiais, etc.) e acabam por provocar stress a si mesmas devido ao número de coisas que devem fazer (porque se meteram nessas coisas?), dão cabo da saúde para ganhar mais uns tostões, ocupam a sua mente com preocupações desnecessárias porque dão importância a mais às coisas, criam irritações e aborrecimentos porque valorizam demais as outras pessoas e, no final de todas estas coisas chega-se à conclusão que se esqueceram do mais importante, que são eles mesmos. Sim, cada Ser é a pessoa mais importante da sua vida, não se esqueça disto. Nem os filhos, marido, família ou amigos devem ser mais importantes para nós do que nós mesmos, porque se não se amar, dificilmente os outros nos amam. A generalidade dos seres deixam-se levar pelas tendências tentações “perversas” desta sociedade de consumo, na qual o bem-estar de uns é alcançado através da escravatura de outros, o que é uma injustiça. O Materialismo é um dos maiores “virús” da sociedade, e sabem porquê? Porque o materialista cria Apego às coisas, e o Apego é a maior fonte de sofrimento na Terra. [Pare e pense um pouco sobre o que acabou de ler]

     Como certamente concluiu, esse Apego que nós próprios criamos futuramente vai acabar em sofrimento, quer seja apego a bens materiais, animais, pessoas ou ideias. A generalidade dos Seres gosta muito de apontar o dedo aos outros, mas reparem bem que muitas vezes somos nós mesmos os causadores do nosso mal-estar, já pensaram nisso? Bem, por agora nada mais irei escrever, pois penso que o que leram é um bom tónico para reflectirem um pouco sobre vocês mesmos, sobre a essência do Ser, libertando-se um pouco do Ter, o que acha? Despeço-me pedindo desculpa por tão longo texto, mas agradeço a sua leitura e desejo-lhes tudo de bom, esperando tê-los ajudado de certa forma e façam o favor de ser Felizes.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 19:00
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 6 de Outubro de 2014

Os 5 Princípios do Reiki

 

Publicado por Viktor às 10:36
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Novembro de 2013

Algarve: Curso de Reiki… Curso de Karuna [Reiki]

Caros leitores,

     Estamos na recta final de 2013 e continuando a senda da divulgação das boas práticas orientais, mais uma vez lhes venho transmitir a agenda formativa para a primeira quinzena de Dezembro.

     Dia 7: Curso de Iniciação ao Reiki em Albufeira (limitado a 6 inscrições);

     Dia 8: Curso de Iniciação ao Karuna em Albufeira (limitado a 5 formandos).

     Talvez este ano queira dar um miminho a si mesmo e presentear-se com algo maravilhoso que perdurará para o resto da sua vida.

     Para fazer a inscrição e/ou esclarecimento adicional, solicite por e-mail (mestreviktor@gmail.com) ou pelo número de telefone 962856134.

NAMASTÊ

Música: rfm
Publicado por Viktor às 11:38
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Novembro de 2013

Cursos no Algarve de Reiki… e de Karuna

Caros leitores,

     Nos dias de hoje já vamos encontrando cursos de Reiki em muitas localidades e em diversos locais, o mesmo não se passa com os cursos de Karuna. Ao longo do ano, todos os meses vou agendando formações de Reiki, Karuna e outras técnicas, na maioria das vezes ao fim de semana.

     Sendo as formações ao fim de semana, muitas vezes as pessoas que trabalham na restauração, hotelaria e outros locais, têm as suas folgas laborais de segunda a sexta-feira, o que os impede e/ou condiciona a sua participação “obrigando-os” a gastar um dia de férias para poder participar.

     Nesse sentido, indo ao encontro das necessidades da população, tenho proporcionado cursos em horário pós-laboral durante a semana, para todas as pessoas que trabalham ao fim de semana. Assim, se pretendem fazer alguma das formações que dou e pretende fazer comigo, pode a qualquer momento entrar em contacto comigo por e-mail ou telefone e solicitar o envio da ficha de pré-inscrição, sem qualquer tipo de compromisso.

     Para fazer a inscrição e/ou esclarecimento adicional, solicite por e-mail (mestreviktor@gmail.com) ou pelo número de telefone 962856134.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:17
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 30 de Outubro de 2013

Cursos de Reiki e Karuna

Caros leitores,

     Estas são as formações agendadas para o mês de Novembro:

Dia 9: Curso de iniciação ao KARUNA em Albufeira; (Karuna é um dos mais belos ramos do Reiki. Esta formação é “A preparação do jardim da alma”, onde a energia da Compaixão se vai impregnar em nós que junta com o Amor Incondicional vai limpar o nosso “lado sombra”, traumas de infância e ataques psíquicos de terceiros)

Dia 16: Curso de iniciação ao REIKI em Albufeira; (Esta formação está centrada no plano físico e na descoberta da nossa própria essência, através da filosofia do Reiki e do caminho da Luz no Amor Incondicional)

     Para fazer a inscrição e/ou esclarecimento adicional, solicite por e-mail (mestreviktor@gmail.com) ou pelo número de telefone 962856134.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:40
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Outubro de 2013

A Visão Tibetana do Renascimento

     Cremos sim, que o que estabelece a continuidade entre as vidas não é uma entidade, mas antes o mais subtil e último dos níveis de consciência.

     O modo exacto como o renascimento ocorre foi bem ilustrado com o seguinte exemplo:

Numa série de renascimentos, as sucessivas existências não são como as perlas de um colar, seguras por um fio – a «alma» - que passe através de todas as pérolas, são mais como dados empilhados em cima uns dos outros. Cada dado é independente, mas suporta o que está por cima dele, com o qual está funcionalmente ligado. Entre os dados não existe uma identidade, mas sim uma condicionalidade”.

     Nas escrituras budistas há um relato muito claro sobre este processo de condicionalidade. O sábio budista Nagasena explicou-a ao rei Milinda num conjunto de respostas às perguntas que este lhe fez, respostas essas que ficaram famosas.

Milinda perguntou a Nagasena: «Quando uma pessoa renasce, é a mesma que morreu ou é diferente?»

Nagasena respondeu: «Nem é a mesma, nem é diferente… Diz-me, se um homem acendesse uma candeia, poderia esta fornecer luz durante toda a noite?»

«Sim.»

«E a chama que arde na primeira parte da noite é a mesma que arde na segunda… ou na última?»

«Não.»

»Isso quer dizer que há uma candeia na primeira parte da noite, outra na segunda e ainda outra na terceira?»

«Não. É por causa de uma só candeia que a luz brilha durante toda a noite.»

«O renascimento é semelhante: quando nasce um fenómeno, o outro termina ao mesmo tempo. Assim, o primeiro acto da consciência na nova existência não é o mesmo da existência prévia, nem é diferente.»

     O rei pediu outro exemplo para explicar a natureza precisa dessa dependência, e Nagasena comparou-a ao leite: «O coalho, manteiga ou queijo, podem ser feitos do leite, nunca são o leite, mas dependem inteiramente dele para a sua existência.»

     A seguir Milinda perguntou:

«Se não há um ser que passe de corpo para corpo, então porque não estamos todos livres das acções negativas que cometemos em vidas passadas?»

     Nagasena deu-lhe este exemplo:

«Um homem rouba as mangas de alguém, mas elas não são exactamente as mesmas que a outra pessoa originalmente possuíra e plantara. Nesse caso, por que motivo há de ser merecedor de castigo?» «Merece-o», explicou Nagasena, «apenas porque as mangas que ele roubou cresceram a partir daquelas que o seu proprietário plantou. É por isso que as nossas acções numa vida, sejam elas puras ou impuras, estão ligadas a outra vida, e por isso não nos podemos libertar das suas consequências.»

Sogyal Rinpoche

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:41
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 16 de Setembro de 2013

Curso de Iniciação ao Reiki

Caros leitores,

     Um dos bens fundamentais e essenciais que cada ser humano pode ter é a sua saúde e bem-estar. Esta é uma das preocupações constantes que o ser humano tem, por isso se preocupa com a alimentação, em fazer exercício físico, fazer caminhadas, meditação entre muitas outras coisas que lhe proporcionem saúde e bem-estar ou que contribuam para tal. O Reiki é uma terapia holística japonesa, conhecida também como a terapia do Amor Incondicional, e tem por base a canalização energética através da imposição de mãos. Mas o Reiki é muito mais do que uma simples terapia, sendo também uma filosofia de vida que, após a sintonização feita no curso, dá inicio a uma nova etapa de vida do iniciado. Esta é uma maravilhosa transformação interior, operada através da energia, ao ponto de haver quem defina esse dia como um marco na sua vida, um ponto de viragem, o “clik” necessário para despertar e tocar a vida para a frente “que atrás vem gente”. Ao longo do tempo tenho reparado que todos aqueles que entram no universo Reikiano (caminho do Reiki) e que abraçam a causa mudam completamente a sua vida, ao ponto de terem uma viragem de 180 graus. Em verdade lhes digo que na maioria dos casos foram transformações muito positivas que se reflectiram também no bem-estar de quem os rodeia, porque na impossibilidade de mudarmos o mundo todo, conseguimos mudar o nosso e daqueles que nos rodeiam, através do Amor Incondicional que caracteriza o Reiki.

     Se gostou do que leu e se gostaria de empreender estas mudanças na sua vida, eis que chegou o momento para dar o “passo” em prol de uma nova etapa na sua vida, desbravando os caminhos da Luz impregnado de Amor Incondicional. Este passo é dado através do curso de iniciação ao Reiki, e desde já aproveito para os informar que está um curso de iniciação ao Reiki agendado para o próximo dia 21 de Setembro. Caso pretenda fazer a sua inscrição para uma próxima formação a efectuar, poderá solicitar informações e preencher a ficha de pré-inscrição para a formação, por e-mail: mestreviktor@gmail.com .

NAMASTÊ

 

Publicado por Viktor às 16:32
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Julho de 2013

Reflexão: O Reiki

Caros leitores,

     Hoje vou falar e reflectir um pouco sobre o Reiki. É claro que todos os que se interessam por esta temática já leram imensas coisas sobre Reiki, em revistas, nas redes sociais e aqui na internet (sites e blogues). O Reiki além de uma terapia vibracional energética é também uma filosofia (estilo) de vida. Quando uma pessoa decide fazer essa aprendizagem através de uma formação (curso de iniciação), o primeiro passo á a escolha de um mestre de Reiki (devidamente habilitado), com o qual irá fazer a sua entrada no universo reikiano. Pela experiência que tenho, cada vez mais verifico que esta formação é um marco na vida de qualquer Ser. Marca sem dúvida o inicio de um novo percurso de vida, provocando alterações em cada um de nós, mudanças que se dão de dentro para fora, pois permite-nos descobrir interiormente, facetas da nossa personalidade que até então estavam bem escondidas dentro do nosso Ser.

     O Reiki é vulgarmente conhecido pela terapia do AMOR INCONDICIONAL e há também quem o defina como “terapia vibratória energética integrativa”. Ambos os termos estão correctos mas têm significados diferentes. O Reiki tem por base o respeito integral da vontade do semelhante e o amor universal, como tal pode-se definir como “terapia do amor incondicional” pois é a energia do Amor Incondicional que o terapeuta capta do universo e canaliza para o receptor. Contudo se o definirem como “terapia vibratória energética integrativa” também está correcto, pois é uma terapia que funciona através da energia canalizada, energia essa que vai provocar vibrações (ao nível físico) do receptor e complementa todo o tipo de tratamentos médicos convencionais e/ou natural, o que faz com que seja integrativa.

     Pessoalmente digo-lhes que o Reiki mudou de uma forma muito positiva a minha vida, e pelos relatos que tenho ouvido ao longo do tempo, também provocou mudanças positivas a muitas outras pessoas, o que sem dúvida me deixa satisfeito, por isso se diz também que o Reiki é uma filosofia de vida. Esta filosofia (estilo) de vida tem como base os 5 princípios do Reiki, e a sua aplicação na vida quotidiana, em cada momento, palavra e pensamento do Ser humano. Devido ao contexto actual, a sua aplicabilidade carece de um esforço, dedicação e controlo mental quase permanente, que com a prática diária se vai tornando cada vez mais simples.

     Termino deixando-lhes uma recomendação: “Se acha que a sua vida está menos bem, pondere e tome uma atitude de mudança, sem nunca se esquecer que qualquer mudança na sua vida começa sempre por Si. Seja Positivo, seja Feliz”.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 21:00
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Fevereiro de 2013

Formação completa de Reiki

Caros leitores,

    Antes de mais deixem que lhes diga que a formação completa em Reiki é composta por três níveis (Reiki Essencial) e por 4 (Reiki tradicional), sendo que neste último o terceiro nível é subdividido em 2: 3A e 3B (mestre terapeuta e mestre instrutor).

    Toda e qualquer formação de iniciação ao Reiki têm uma duração de um dia ou dois com o mestre instrutor, consoante as normas e técnicas pedagógicas utilizadas pelo mesmo. No decorrer dessa formação é feita uma sintonização, do formando, à fonte de energia universal, dando assim inicio ao período de purificação interior do formando. Esse período tem uma duração de 21 dias ininterruptos de auto-aplicação de Reiki por parte do formando. Na globalidade podemos concluir que a formação de iniciação ao Reiki varia entre 22 ou 23 dias, consoante o que anteriormente referi. Assim ficam desde já esclarecidos que para poderem frequentar o nível seguinte têm de pelo menos aguardar 23 dias, de forma a completarem o nível já tirado. Em meu entender, acho que cada formando tem os seus “timing’s”, ou seja, sendo o Reiki um caminho, cada formando tem os seus tempos e como tal deverá apenas fazer o nível seguinte quando interiormente sentir o chamamento para tal.

    Espero que tenham ficado esclarecidos e precavidos para as ofertas promocionais que se podem encontrar por ai, e lembrem-se que a sua escolha deverá sempre ser em função do quanto se identificam (empatia) com o mestre e não propriamente com a variante de Reiki (tradicional ou essencial).

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:32
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Novembro de 2012

Só por hoje

     Só por hoje, vou procurar viver unicamente no presente (o momento) sem querer resolver só de uma vez todos os problemas da minha vida. Durante doze horas, faça qualquer coisa que o aterrorizava se achasse que tinha de o fazer por uma vida inteira.

     Só por hoje vou estar feliz, pois muitas pessoas são felizes quando se dispõe a sê-lo, seja feliz.

     Só por hoje, vou-me ajustar à realidade em vez de adapta-la aos meus desejos. Vou aceitar a minha vida e “sorte” como vier, aceitando-a de braços abertos.

     Só por hoje, vou tentar fortalecer o meu espírito. Estudarei para aprender coisas úteis, mantendo o espírito centrado em algo que exija esforço, pensamento e concentração.

     Só por hoje, irei exercitar a minha alma de três formas: com muito prazer vou fazer um favor a alguém subtilmente e mesmo que se note jamais irei enaltecer tal gesto. Farei pelo menos duas coisas sem vontade de fazer (só por exercício). Ocultarei os meus sentimentos de dor e mesmo que esteja magoado jamais revelarei essa dor.

     Só por hoje, vou ser agradável. Apresentar-me-ei aos outros da melhor forma possível: vou vestir-me convenientemente, dialogar baixo, ser delicado, elogiarei o meu semelhante em detrimento da crítica, apenas transmitirei coisas e palavras positivas aos outros, apenas me controlarei a mim mesmo.

     Só por hoje vou idealizar o meu dia. Mesmo que possa correr de maneira diferente, tentarei com que seja como idealizei. Irei evitar a pressa e a indecisão.

     Só por hoje, vou ter pelo menos meia hora apenas e só para mim. Durante esse tempo, vou descansar, relaxar, impedir-me de pensamentos negativos, meditar e tentar vislumbrar a minha vida de uma melhor maneira.

     Só por hoje, evitarei ter medo, em especial vou ter prazer em apreciar a beleza, acreditando que o que eu der ao universo ele me vai retribuir.

Fonte: João XXIII revisto e adaptado por: Mestre Viktor

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:30
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 7 de Agosto de 2012

KARUNA

     Vou falar um pouco sobre Karuna, pois frequentemente sou questionado sobre o mesmo. Antes de mais deixe que lhe diga a nomenclatura dos três níveis:

   1º nível: A construção do jardim da alma;

    2º nível: Tratamento amoroso e compassivo do jardim da alma;

     3º nível: Viver no jardim da alma, colher e partilhar as flores desse jardim.

    Em termos meramente “académicos” podemos definir o Karuna como uma “pós-graduação” do Reiki, para um melhor entendimento da vossa parte, e veja-se o porquê desta situação. Qualquer pessoa que pretenda iniciar-se no Reiki pode-o fazer, pois tal escolha não carece de nenhum tipo de requisito a não ser a vontade da pessoa em aprender essa terapia/filosofia holística de vida, o que já não acontece com o Karuna. Toda e qualquer pessoa que pretende iniciar-se no Karuna, tem de ter o segundo nível de Reiki (seja qual for a linhagem) como “pré-requisito”.

     O Reiki define-se como a energia do Amor Incondicional e o Karuna define-se como a energia da Compaixão. A energia de Karuna é de força e intensidade superior à do Reiki e, como tal, actua mais profundamente no nosso Ser.

     Ao entrar no universo de Karuna, estamos a estabelecer uma conexão com a fonte de energia da Compaixão, muito útil para colocar em prática com mais convicção, a energia do Amor Incondicional e os 5 princípios que caracterizam a filosofia de vida do Reiki. O Karuna permite-nos à partida tratar o nosso lado sobra, actuando profundamente no nosso Ser, removendo aqueles “bloqueios” que tentámos ocultar no mais profundo abismo do nosso Ser, mas que necessitam ser removidos, uma vez que são como “travões” no nosso processo de crescimento e ascensão. O Karuna tem boa eficácia no tratamento de traumas infantis, ataques psíquicos, vampirizações energéticas, tratamento de relacionamentos, tratamento de maus hábitos e vícios, tratamento de interdependências, eleva a nossa auto-estima, remove medos e fobias, entre muitas outras aplicações.

     Ao aprender a utilizar a energia da Compaixão (Karuna) conjuntamente com a energia do Amor Incondicional (Reiki), adquire a capacidade de amar até mesmo aqueles que o perseguem. Termino esta explicação desejando-lhes tudo de bom e façam favor de ser felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:20
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 25 de Novembro de 2010

A Imortalidade do Ser...

Caros Irmãos,

         Cada um de vós vive presencialmente na Terra mas efectivamente pertence a dois mundos (visível e invisível). A nossa ligação ao mundo visível é feita através do corpo físico e ao invisível através do corpo etéreo. Assim podem constatar que o sono é a separação temporária entre estes dois mundos e a morte a separação definitiva (nesta vida). Dessa forma verificamos que a Alma quando se separa do corpo físico, concentra-se no nosso corpo etéreo, logo, a vida para lá da morte é simplesmente a mudança de estado através da libertação da parte invisível do nosso Ser.

         Esta verdade e realidade foi durante muito tempo oculta por religiões e filosofias, que nos foram transmitindo e incutindo dados pouco concretos no que toca a estes problemas, dados esses desprovidos de controlo e confirmação e quase na sua totalidade opostos à ideia de continuidade e evolução dos mundos. Por outro lado temos a ciência, que ao longo dos tempos foi estudando o Ser humano terrestre, no que diz respeito à sua componente física, mas essa é apenas uma das partes da integridade do Ser e não o seu todo. Relativamente ao corpo etéreo, coisa que o cérebro físico não tem consciência, tem sido muito ignorada ao longo dos tempos. Por isso sempre foi impotente na resolução do problema da sobrevivência do Ser, uma vez que apenas a parte etérea é que sobrevive. A ciência não compreende o conjunto de manifestações psíquicas que se dão no sono, no desprendimento ou na exteriorização, cada vez que a Alma se escapa para a vida superior. Assim, apenas com a constatação deste facto nesta vida, é que podemos ter uma visão e conhecimento positivo da natureza do nosso Eu, da imortalidade e das condições da sua existência no plano invisível ou além. Apenas a experiência poderia resolver esta questão, estudando o homem actual para nos tentarmos esclarecer sobre o homem futuro, sem saída para o pensamento humano que a ciência, a religião e a filosofia, nas suas incapacidades, o encurralaram no materialismo. Esse seria o preço da salvação social, mas o materialismo apenas conduziria a anarquia dos povos e sociedades.

         Foi através do estudo da espiritualidade que o problema da sobrevivência passou a entrar nos domínios da observação científica e rigorosa. Este foi um grande passo, pois em vez de se cavar um fosso, veio estabelecer-se uma solução de continuidade entre as formas de vida terrestre e celeste, visível e invisível. A preexistência da vida, mantendo todos os seus atributos (memória, inteligência e faculdades afectivas) foram recolhidas em vários pontos do planeta através de experiências e estudos efectuados por sociedades de estudos psíquicos dos mais variados países.

         Os espíritos dos Seres desencarnados (mortos) manifestam-se aos milhares, manifestando características da sua vida terrena (aspecto físico e vestes) nos fenómenos de materialização, ou dizendo coisas intimamente pessoais para que o receptor constate a veracidade do espírito ali presente. Ao longo desse tempo esses espíritos, através dos meios que estavam ao seu alcance, foram facultando informações acerca da vida para lá da morte e até mesmo das leis cósmicas universais que regem o universo, deixando ficar muitos desses ensinamentos através da psicografia. Mesmo sem a manifestação dos mortos, estas manifestações já se podiam verificar nas experiências através do desdobramento dos vivos, dando-nos a conhecer um mundo invisível.

         Pode-se então concluir que o nascimento é o fenómeno da morte da Alma, ficando enclausurada dentro do envoltório carnal (corpo). Desta forma aquilo que você define como morte é simplesmente o retorno da Alma (espírito) à liberdade, depois de se ter enriquecido ou não no decurso da vida terrestre. Os sonos são também pequenas fugas ou retornos à vida no mundo invisível. A morte é uma fuga, mas por tempo indeterminado. Espero ter ficado esclarecido sobre o quão imortal é.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:47
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010

Princípios do Reiki

Depois de verem, deixem o voso comentário .

Música: M80
Publicado por Viktor às 09:57
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Março de 2010

…mais questões…

Então mas já curas-te pessoas com o Reiki, além de haver relatos sobre isso. Porque dizes que não cura por si só?

Digo isto porque as pessoas menos informadas acerca desta prática, quando procuram um terapeuta parece que vão com a ideia que Ele tem uns pozinhos de “perlim pim pim”, deita-os em cima do paciente e Ele fica curado. A cura é um acordo entre 3 partes (paciente, terapeuta, divino), sendo que o divino engloba algumas Leis, tais como a do merecimento, a causa/efeito, da vida e sobre a Lei Maior que regue um conjunto de Leis menores que é a Lei da Morte.

Como é que o Terapeuta vê a doença?

Para muita gente a doença é um problema, para o Terapeuta a doença é apenas um obstáculo no nosso caminho de aprendizagem na grande escola da vida.

Assim sendo como se combatem esses obstáculos?

Os mesmos devem ser combatidos na sua origem e não na causa, pois assim apenas se está a proporcionar algum bem-estar momentâneo, que mais tarde virá novamente ao de cima. Procurar a origem e combater o obstáculo lá, permite que o mesmo seja definitivamente eliminado.

O Reiki pode-nos ajudar nos nossos relacionamentos pessoais e sociais?

Sim pode, seguindo as orientações que o terapeuta lhe dá nas consultas, mas sobretudo ao iniciar-se no maravilhoso mundo do Reiki. Ao fazer a iniciação ou sintonização no Reiki, a pessoa passa por um momento onde irá ser sintonizada com as energias cósmicas universais onde lhe vão ser abertos os chakras das mãos. Seguem-se os 21 dias seguintes definido como “período de purificação interior”, onde o iniciado passará por uma purificação do seu Eu Sou em que se vão operar mudanças de dentro para fora. Essas mudanças fazem, variadas vezes cair “máscaras”, e assim a pessoa torna-se mais humana, social, tranquila e simpática, ou seja, no geral o iniciado passará a ver o tudo o que o rodeia de uma forma mais coerente, humana, social, com todo o Amor Incondicional

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:35
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: do Reiki ao Kar...

. Reflexão: O Materialismo ...

. Os 5 Princípios do Reiki

. Algarve: Curso de Reiki… ...

. Cursos no Algarve de Reik...

. Cursos de Reiki e Karuna

. A Visão Tibetana do Renas...

. Curso de Iniciação ao Rei...

. Reflexão: O Reiki

. Formação completa de Reik...

. Só por hoje

. KARUNA

. A Imortalidade do Ser...

. Princípios do Reiki

. …mais questões…

. Poemas de MEIJI para O Po...

. Dia Internacional do REIK...

. O que é o Reiki?

. REIKI um Caminho e/ou Fil...

. Reflexão...

. Perguntas Frequentes???

. A importância da Iniciaçã...

. Para Além da Terapia...

. A Essência do Reiki

. O TOQUE como forma de com...

. Muito trabalho a fazer...

. Reiki… Medicina Tradicion...

. Aprender Reiki, para quê?

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007