Segunda-feira, 31 de Agosto de 2015

Reflexão: A Paz Interior…

Caríssimos,

     Cada Ser humano é único, com as suas virtudes e os seus defeitos, com a sua forma de reagir, a sua forma de falar, mais ou menos sentimental, mais ou menos agressivo, mais ou menos bonito, mais ou menos gordo, mais ou menos baixo, enfim, um sem número de características que nos definem. Desta forma podemos concluir que cada Ser é único, com as suas particularidades, vivências e conhecimento entre tantas outras coisas. Sim, na verdade cada um é como cada qual, o que faz de cada Ser um Ser Único. A “Paz Interior” é algo muito importante, na verdade é algo que cada um de nós procura alcançar, mas aquilo que para uns pode ser um pouco trabalhoso, para outros é muitíssimo trabalhoso, ao ponto de os fazer acreditar que é algo inalcançável. Mas verdadeiramente lhes digo, que é possível que todos possam alcançar essa Paz Interior. (espero que se sinta motivado para tal)

     Alcançar essa Paz Interior, não é algo que se consiga comprar com dinheiro, nem com atitudes desonestas, nem com desrespeito, nem com corrupção, nem com atitudes, palavras e gestos que desrespeitem o seu semelhante. A Paz Interior é um processo Individual de cada Ser humano, pelo que conseguir chegar à formula de sucesso global para todos é extremamente difícil, pois todos somos diferentes e cada um com as suas particularidades. Ainda assim, em minha modesta opinião, vou-lhes dizer quais os passos necessários (pelos quais passei e estou a passar) para conseguirem, ou pelo menos tentarem, alcançar a vossa Paz Interior, em sequência, para assim irem por etapas:

   - Importância: Nesta etapa deve verificar e analisar a Importância que atribui às pessoas que o rodeiam, bem como às palavras e acções que essas pessoas têm;

   - Aceitação: Aprenda a aceitar as pessoas com as suas virtudes e defeitos e o mundo como é, quer concorde ou não com o mesmo;

   - Perdão: Perdoe tudo o que lhe fizerem ou disserem, livrando-se do terrível custo de não perdoar;

   - Amor: Faço do amor uma coisa constante no seu dia-a-dia, emanando amor incondicional em tudo o que faz;

   - Gratidão: Seja grato diariamente por aquilo que tem, não invejando o que não tem.

     Por agora vou ficar-me por aqui, pois acho que os 5 itens anteriores, são grandes desafios para si mesmo, mas no dia em que conseguir verá que poderá sentir dentro de si essa Paz Interior que queria. Claro que cada um irá encontrar os mais variados obstáculos para os conseguir alcançar, mas se sentir muitas dificuldades disponha.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:32
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 13 de Janeiro de 2012

Provações...

Caríssimos Amigos,

     Todos vocês são Seres de Luz, portadores da centelha divina, com enormes capacidades de co-criação que vão muito para além da generalizada compreensão mental do “comum dos mortais”. Enquanto habitantes deste planeta (terra) passam diariamente por inúmeras provações (testes), que têm de superar, em prol de vocês mesmos, enquanto caminham pelos conturbados trilhos da ascensão. Cada Ser, portador do seu livre arbítrio, define os seus caminhos, mediante um conjunto de circunstâncias e fatores. É um caminho com obstáculos (testes) que temos de superar, uns mais baixos e outros mais altos, mas acreditem que essas barreiras nunca são intransponíveis. Sim pois reparem no seguinte, se todos os “desafios” fossem de fácil resolução, gerava em nós desmotivação, apatia e melancolia, e dessa forma nunca seria capaz de sentir o prazer das conquistas que nos dão ânimo para continuar na persecução do nosso caminho de forma a tornarmo-nos Seres cada vez melhores e mais puros.

     Observem agora o comentário da psicóloga Maria do Carmo Oliveira, sobre o otimismo em Portugal:

Na opinião da psicóloga, o “medo da crise” que se sente poderá fazer as pessoas reagir, tornando-as mais ativas e empreendedoras. Os hábitos de poupança que as famílias têm vindo a desenvolver são um sinal positivo para a especialista, que constata e aplaude esta alteração de mentalidades: “Nos últimos anos verificou-se, em Portugal, uma escalada do consumismo. Havia uma tendência acentuada na valorização do outro pelo ‘ter’. As pessoas tinham imensa necessidade de ter um carro caro, uma boa casa, serem vistos nos restaurantes da moda, vestir roupas de marca … Quanto mais mostrava ter, mais valorizada a pessoa se sentia.” No entanto, relembra, a tais manifestações de riqueza não terá correspondido uma melhoria no nível de felicidade dos portugueses, sendo que o número de casos de depressão continuou a aumentar.

A necessidade de reduzir despesas deverá conduzir, sugere Maria do Carmo Oliveira, a uma desvalorização das aparências e do consumo: “As pessoas vão deixar de se preocupar tanto com o ‘ter’ para se concentrarem mais em ‘Ser’, olhando para as qualidades de cada um e não para os seus bens materiais.” Numa frase, a especialista em otimismo considera: “Vamos dar mais valor ao ser feliz apesar das circunstâncias, redescobrindo o prazer nas coisas simples.” Ainda assim, a psicóloga encara a incerteza e a angústia face ao futuro como normais, uma vez que as pessoas irão ter de abandonar as suas zonas de conforto.”

     Estas são as provações mais generalizadas que no ano seguinte vamos ter de passar, o que vem reforçar as ideias que lhes tenho tentado passar, tais como a felicidade tem de ser encontrada no seu interior, o apego ao materialismo é a maior fonte de sofrimento do Ser humano, emanar energia de inveja para com o semelhante só nos prejudica a nós mesmos, entre outras.

     Vamos ser otimistas, positivos, desapegados e gratos pelo que temos libertando-nos da ganância de querer sempre mais e mais, pois assim poderemos contribuir para uma sociedade mais justa, igualitária e social.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Junho de 2011

Gratidão

Caros Irmãos;

      Ao fim de todos estes anos, onde fui evoluindo como ser, passei por bons e menos bons momentos, surpresas e desilusões, enfim, tanta coisa passou. Conheci muitas pessoas, com umas tive mais empatia e com outras menos, tal como qualquer ser humano neste plano, mas afinal de contas a vida é uma aprendizagem onde cada um aprende ao seu ritmo, definindo assim o seu caminho.

      Deram-me conhecimento, luz, carinho, ternura, respostas e amor, e por isso lhes estou grato, pois tudo isso contribuiu para o meu conhecimento, crescimento e para ser o que sou, por isso tudo humildemente agradeço. Não sendo um Ser perfeito procuro ao longo da minha vida, colher uma boa aprendizagem em todos os gestos, atitudes e acções. Sou um ser que se vai libertando das “amarras” colocadas desde o primeiro momento (nascimento), através do estudo, leitura e de outros seres que cruzaram o meu caminho que me passaram conhecimento, me deram respostas, me auxiliaram a por em prática a Aceitação, que permitiram que com Eles partilhasse o meu Amor, que me deram conforto, que me estenderam a mão nos momentos mais difíceis. Agradeço aqueles que me apoiaram nesta minha caminhada e também aos que não o fizeram pois também me conseguiram dar ainda mais força para seguir o meu caminho, pois com as pedras que vou encontrando nele irei construir o meu “castelo”.

      Mas há duas pessoas, melhor 3, os meus pais e a minha irmã, aos quais tenho de agradecer, uns porque foram o meu “passaporte” de vinda à Terra que me aturaram durante alguns anos e ainda me aturam de vez em quando, a minha irmã que também teve de me aturar durante uns anos. Contudo estou-lhes grato por isso e por tudo o que me puderam proporcionar.

Só por hoje, estou grato por todos os que se cruzaram no meu caminho, passando a fazer parte dele.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 09:17
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 26 de Maio de 2011

REFLEXÃO... em Poesia

Caros Irmãos;

O planeta está em transformação,

Todos temos de mudar,

Respeitar todos os seres vivos,

Sem se andarem a magoar;

Teimas em não fazer nada,

Nem de ti queres saber,

Achas que são tudo são facilidades,

Mas ainda tens muito para aprender;

Choras porque alguém partiu,

Pois acabaram de o enterrar,

Agora dizes que era bom,

Mas em vida só o sabias maltratar;

Gostas que outros te digam,

És o melhor que eu conheci,

Não permitas que isso alimente o teu ego,

Pois só tens de provar a ti;

Pensar que és o melhor,

É uma grande incoerência,

Revela uma cegueira estrema,

Desconhecendo a sua essência;

Vives constantemente atormentado,

Com pensamentos menos bons na tua mente,

Pedes ajuda aos outros,

Porque queres ser diferente;

É errado esperar que outros façam,

Aquilo que nos compete fazer,

Ir correr sem motivação,

Já “sabemos” que vamos perder;

Sentes que és incompreendido,

Além de te sentires isolado,

É a sina dos seres espirituais,

Espalhados por todo o lado;

Ser diferente não é mau,

É seres tu na tua essência,

Assim aproveitas muito mais,

A razão da tua existência;

Não pautas a vida pelas leis humanas,

Reges-te pelas leis universais,

Segues o teu caminho de ascensão,

Sem dares importância a “bocas” banais;

Sentes que não tens valor,

Porque te estás sempre a inferiorizar,

Tu és um ser divino,

Não te deves minimizar;

Tens imenso Amor para dar,

Mas não sabes onde o vais aplicar,

Coloca-o em tudo o que fazes,

Como um sol sempre a irradiar;

O mundo está “doente”,

Padece de uma grande dor,

Afecta todos os seres humanos,

Pelos gestos praticados sem amor;

Felizmente todos nós temos,

Amor no nosso coração,

Que podemos doar gratuitamente,

Nos gestos que fazemos com compaixão;

Sozinhos não mudamos o mundo,

Porque sós não temos essa capacidade,

Mas se unirmos o nosso amor,

Conseguimos mudar uma cidade;

Ao mudar uma,

Podemos mudar mais,

Surpreendemos as pessoas,

E até os nossos pais;

Vamos então todos “trabalhar”,

Juntando as energias em União,

É um grande beneficio,

Na nossa caminhada de ascensão;

Não sou um grande ser,

Apenas vos tento ajudar,

Já fico muito feliz,

Se esta mensagem vos tocar;

Se toca faz reflectir,

Reflectir faz pensar,

Se escolherem este caminho,

Fico grato por vos ajudar a mudar.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: rfm
Publicado por Viktor às 15:15
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 14 de Fevereiro de 2011

Reflexão...

Caros irmãos,

Estar no caminho da Luz é muito difícil. Difundir o amor e compaixão em prol da ajuda ao semelhante é lindo e algo que nos enche a alma, mas há uma coisa da qual as pessoas se esquecem. Nós também somos seres de carne e osso, tal como quem me procura, também temos vida, família, sentimentos e emoções, logo não podemos ser vistos com aquela imagem estereotipada que as pessoas criam: “Um mestre é algo que já está lá em cima, cheio de paz, luz e amor, sempre disposto a ajudar o seu semelhante…”. Pois, mas em verdade lhes digo que um mestre é apenas alguém que com trabalho e dedicação alcançou essa terminologia (demorei 7 anos a chegar lá) mas o facto de alcançar o topo da hierarquia Reikiana não significa que seja o detentor de todo o conhecimento e sabedoria afecta à mesma. Alcançar esse patamar (mestre) significa o inicio de uma nova caminhada, com uma responsabilidade acrescida perante a sociedade e os seus semelhantes. Alcançar este nível faz com que diariamente sejamos alvos de ataques por parte das pessoas que emanam energias de vibração mais baixa estando constantemente a “puxar-nos” para baixo. É um trabalho árduo e difícil, tentarmos manter sempre a nossa vibração energética elevada, porque já é difícil carregarmos a nossa cruz quanto mais quando “exigem” de nós que ajudemos a carregar a cruz dos outros. Espero que não entendam mal o que estou a dizer, mas é a mais pura das verdades.

Compreendo que muitas pessoas se sintam sós, que procurem quem ouça as suas lamentações, os seus desabafos, que lhes dê uma palavra de conforto, quem lhes dirija umas palavras ao coração reconfortando a alma, mas exigirem que quem muitas vezes abdica do seu tempo e até da sua vida para lhes dedicar atenção é alcançar perigosamente os limites. Todos os que necessitam de ajuda procuram quem lhes possa dar o que necessitam, até aqui tudo bem, agora procurarem e depois porem em causa as recomendações que lhes são dadas procurando depois uma segunda opinião não é bonito. É por em causa o trabalho do profissional, a dedicação do mesmo e o amor por ele empreendido no auxílio prestado. Quem está deste lado sente e é demasiado mau quando estamos a tentar ajudar dizendo e esclarecendo acerca da verdade e as pessoas simplesmente contrapõem o que dizemos com as suas opiniões. Nestes casos será que vale a pena? Talvez não, porque nos sentimos a remar contra a maré, sentindo que o que estamos a dizer nenhuma importância tem porque estamos a falar para o tecto, tipo Santo António a pregar aos peixes. Quando vou ao médico ou ter com alguém com o intuito de ser ajudado e/ou esclarecido, tenho de tomar atenção ao que me estão a dizer para assim poder usufruir do conhecimento que me está a ser dado. Simplesmente estarei grato e mais ainda quando esse conhecimento me é dado a troco de nada, significa que é dado com Amor e dedicação, e para com esta pessoa devo mostrar gratidão agradecendo-lhe o tempo comigo dispendido. Mas afinal de contas eu sou eu e os outros são os outros, quer dizer, cada um é como cada qual. Apenas e só estarei por aqui, o meu verdadeiro cantinho na internet, onde posso falar e esclarecer quem por aqui passar, ou será que também deverei parar de escrever em público, dedicando-me apenas a escrever numas folhas de papel?

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:42
Link | Comentar | ver comentários (9) | favorito
Terça-feira, 25 de Janeiro de 2011

Querem saber…

Caros Irmãos,

      Ao longo dos anos tenho-me dedicado cada vez mais a esta causa que empreendi. É algo que faço com imenso gosto e dedicação diariamente. Normalmente estou pelo Sul (Albufeira), mas também me desloco frequentemente para outras zonas, tais como Lisboa, Famalicão, Guarda e Odemira. Nesses locais e arredores há sempre pessoas que manifestam algum interesse em saber onde e quando realizo por lá as minhas actividades ou quando estarei por lá, de forma a participarem ou até mesmo conhecerem-me pessoalmente. Já em tempos aqui os informei que, caso pretendam receber regularmente informações sobre as minhas actividades holísticas no seu e-m@il, faça-me chegar esse pedido para o meu mail [mestreviktor@gmail.com].

      Desde já os informo que se encontram abertas inscrições para as formações na Covilhã, Famalicão, Serpa, Albufeira e Lisboa, para as diversas formações (iniciação ao Reiki, Reiki nível 2 e Karuna).

       Em prol do meu semelhante, continuo a desenvolver o Projecto Social REIsocialKI® bem como a publicar textos no blogue e no facebook, sempre com o intuito de divulgar e difundiras terapias holísticas e também contribuir para o bem-estar do meu semelhante. Há variadas formas de ajudar (palavra, voz e acção) as quais disponibilizo sempre com muito amor e compaixão. Todos aqueles que me procuram são o fuel que me dá cada vez mais ânimo para continuar na minha caminhada, fazendo da felicidade deles a minha felicidade.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 11:40
Link | Comentar | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Sessão de Reiki

Estado de Espiríto: Um pouco cansado...
Publicado por Viktor às 02:46
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: A Paz Interior…

. Provações...

. Gratidão

. REFLEXÃO... em Poesia

. Reflexão...

. Querem saber…

. Sessão de Reiki

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007