.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 6 de Janeiro de 2011

REIKI… Esclarecimentos

Caros amigos,

Hoje em dia existe uma grande variedade de sistemas, com os mais variados nomes, mas os sistemas predominantes aqui em Portugal é o Essencial e o Tradicional. Os mesmos dividem-se em 3 ou 4 níveis, consoante o sistema e o objectivo de quem lecciona.

Relativamente a cada um dos níveis, os formandos devem ser informados, pelo Mestre, dos ensinamentos morais dos mesmos. A responsabilidade perante o seu semelhante e o universo aumenta consoante o aumento de conhecimento de cada formando, pois quanto mais elevada for a nossa consciência, maiores se tornam as nossas responsabilidades perante os outros e o universo. Este foi o maravilhoso legado que nos foi deixado por Mikao Usui, ao qual todos nós devemos estar gratos.

Tendo constatado que esta é uma dúvida persistente, vou expor aqui a minha opinião para que fiquem devidamente esclarecidos e elucidados. Por vezes dizem-me: “Gostava de fazer o segundo nível consigo, mas você vai-me obrigar a fazer também o primeiro nível como fazem…”. Neste caso a minha resposta é a seguinte: “Quando iniciamos o caminho com um Mestre devemos prosseguir com o mesmo, a não ser que de um momento para o outro se tenha diluído a empatia energética, tornando-se numa desempatia. Como é que pode dizer que vou fazer isto ou aquilo sem sequer me perguntar? Peço desculpa mas não vou em “modas” que do meu ponto de vista são meramente economicistas. Veja-se o exemplo: A senhora tira um curso em Espanha, ao regressar a Portugal não pode exercer? É claro que pode. Então, se já fez o primeiro nível, porquê repetir? Poderá fazê-lo se assim entender e desejar, mas não é obrigada a isso e, como tal, pode fazer o segundo nível comigo se essa for a sua vontade e desejo.” Esta é a minha forma de ver e observar esta situação, até porque obrigar alguém a repetir é por em causa a competência do Mestre que deu a formação anterior. Respeitemo-nos uns aos outros, em prol de um mundo melhor, mais humilde, coerente e melhor.

Assim para fazer perdurar a boa imagem desta prática de Amor Incondicional, vamos assumir as nossas responsabilidades, trabalhando conjuntamente em prol da integração mais rápida desta terapia alternativa integrativa, em prol de todos os seres sencientes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 22:33
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

Mensagem do dia...

Mãe Santíssima!

Enquanto as mães do mundo são reverenciadas, deixa te recordemos a pureza incomparável e o exemplo sublime...

Soberana, que recebeste na palha singela o Redentor da Humanidade, sem te rebelares contra as mães felizes, que afagavam Espíritos criminosos em palácios de ouro, ensina-nos a entesourar as bênçãos da humildade.

Lâmpada de ternura, que apagaste o próprio brilho para que a luz do Cristo fulgurasse entre os homens, ajuda-nos a buscar na construção do bem para os outros o apoio de nossa própria felicidade.

Benfeitora, que te desvelaste, incessantemente, pelo Mensageiro da Eterna Sabedoria, sofrendo-lhe as dores e compartilhando-lhe as dificuldades, sem qualquer pretensão de furtá-lo aos propósitos de Deus, auxilia-nos a extirpar do sentimento as raízes do egoísmo e da crueldade com que tantas vezes tentamos reter inconformados e no desespero os corações que mais amamos.

Senhora, que viste na cruz da morte o Filho Divino, acompanhando-lhe a agonia com as lágrimas silenciosas de tua dor, sem qualquer sinal de reclamação contra os poderes do Céu e sem qualquer expressão de revolta contra as criaturas da Terra, conduz-nos para a fé que redime e para a renúncia que eleva.

Missionária, salva-nos do erro.

Anjo, estende sobre nós as níveas asas!...

Estrela, clareia-nos a estrada com teu lume...

Mãe querida, agasalha-nos a existência em teu manto constelado de amor!...

E que todas nós, mulheres desencarnadas e encarnadas em serviço na Terra, possamos repetir, diante de Deus, cada dia, a tua oração de suprema fidelidade:

“Senhor, eis aqui tua serva, cumpra-se em mim segundo a tua palavra.”

Espírito: Anália Franco

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 14:14
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Setembro de 2009

Momento de Reflexão

Caros amigos e Leitores,

Durante os dois anos e meio de existência deste blogue tenho falado de muitas coisas sobre Reiki e Espiritualidades. Confesso que por vezes sinto algumas dificuldades em seleccionar o tema sobre o qual vou escrever, pois colocar quase diariamente novos textos com nova informação e sem querer ser repetitivo, coloca-me apreensivo sobre o tema a abordar. O que aqui escrevo é com o intuito de partilhar essa informação com todos aqueles que a pretendam obter, pois sendo cada um dono do seu livre arbítrio e pensamento, apenas aqui acorrem aqueles que, sobre estes temas que partilho estejam interessados. Mas hoje não vou falar de nenhum tema específico mas sim de mim e do meu sinuoso caminho enquanto trabalhador de luz (Reikiano).

Foi há 10 anos que encontrei o caminho do Reiki e, por sua vez, fiz a minha entrada no mesmo. Tal como qualquer um de vós sou um ser humano com vida própria, família, trabalho, amigos e muitos conhecidos. Muitas coisas me aconteceram algumas boas e outras menos boas, mas todas elas desempenharam o seu papel na senda da minha evolução humana e espiritual. Eis que chega então o momento que tive de tomar uma decisão e após ponderação decidi dedicar parte da minha vida (porque tenho de trabalhar como qualquer um de vós) ao Reiki. Digo parte porque felizmente tenho um trabalho e a restante parte do tempo dedico-a aos outros, estando sempre disponível para auxiliar (dentro das minhas capacidades e limitações) quem me procura, quer seja para uma sessão, para um workshop, para tirar uma dúvida, para um consolo ou até mesmo apenas para uma palavra amiga com dois dedos de conversa. É uma difícil e árdua tarefa ser Mestre de Reiki, pois o caminho é muito sinuoso e obriga-nos a ter de superar duras provações. [Antes de continuar deixem que vos diga que prefiro ser tratado por Viktor apenas, pois o Mestre é apenas uma palavra protocolar.] Muitas foram as vezes que tive e tenho de travar duas “batalhas” em simultâneo, uma do meu Eu com o meu Eu Sou, e outra do meu Eu com o Universo e tudo o que me rodeia. O meu Eu controlo-o através dos sempre presentes Princípios do Reiki e a outra “batalha” é controlada com humildade, tolerância, bom senso e calma pois aqueles que acham que não os posso ajudar terão de percorrer o seu caminho por outros lados até que chegará o dia em que uma intensa luz os inundará com uma realidade até então rejeitada e marginalizada. Toda e qualquer pessoa que me procure trás alguma esperança pois, antes de mais, pretende encontrar alguém que esteja bem para o poder auxiliar a percorrer o caminho em busca do seu bem-estar, equilíbrio e harmonia. Mas eu, como Reikiano, transporto comigo uma enorme carga sentimental que faz com que os sentimentos estejam sempre presentes não só no que faço mas também no que ouço das outras pessoas e isso faz com que nem todos os dias esteja a 100% para poder dar aquilo que tenho em prol do meu semelhante. Agradeço ao divino todas as forças que me tem dado para, nesses momentos de aflição em que me procuram, eu poder dar o meu melhor em prol da pessoa, esquecendo-me que na realidade sou também um igual a ele. Diariamente são imensas as dificuldades e obstáculos que se deparam na minha missão de divulgação do Reiki como terapia energética holística que tem por base o Amor Incondicional. Trabalhar em prol do bem-estar do outros com toda a dedicação e com o coração aberto é um duro caminho no qual, muitas vezes em prol do bem-estar de outra pessoa, assumo perante as entidades divinas a culpa da situação pedindo-lhes que sejam elas a transmutar as energias menos positivas daquela pessoa. Entregar-me a 100% àqueles que me procuram é complicado, pois inúmeras vezes esqueço-me de mim e que, tal como eles, tenho o que qualquer ser humano tem, desde que essa seja a vontade divina, pois nada acontece por acaso.

Para terminar esta já mui grande reflexão de hoje gostava deixar uma palavra de agradecimento a todos aqueles que recebem e-mail’s meus, a disponibilizar-me para realizar um workshop ou uma actividade que entendam por interessante em prol da divulgação desta maravilhosa terapia milenar, e que nunca me chegaram a responder, pois essas pessoas são também o fuel de que necessito, para continuar a fazer este trabalho em prol do bem-estar supremo universal. Obrigado pela leitura.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:54
Link | Comentar | ver comentários (10) | favorito
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Um Marco na Vida

O PRIMEIRO NÍVEL (Essencial) ou Shoden (tradicional) definido como “A descoberta e o acordar do curador interior” é o curso de iniciação no mundo do Reiki. É no meu ponto de vista o curso mais importante dos três pois é aquele que mais transformação nos traz a nível da personalidade na vida privada, social e profissional de cada um. É neste período que se dá inicio a mudanças ao nível da sensibilidade e intuição que, vão aumentando o longo do tempo através da prática continuada do Reiki. Estas mutações operam-se consoante a mente (espírito) se vai purificando à medida que vai assimilando a verdadeira e fundamental essência do Reiki. A entrada neste universo permite que, aquelas máscaras formadas no pensamento das pessoas sejam removidas e as mesmas mostrem na realidade aquilo que são, na sua mais pura essência. Porque ser Reikiano é ser verdadeiro, agir com pureza, respeito e amor incondicional para com o seu semelhante.

Para dar início a esta caminhada e após o curso que pode ter uma duração de um dia ou dois, conforme planeamento por parte do formador (mestre instrutor), bem como o valor do mesmo. Na parte final da formação, os formandos (alunos) são iniciados através de um procedimento denominado de: Ritual Iniciático. Este ritual é um momento único, simbólico e muitas vezes caracterizado por uma componente vibratória, sensorial e sentimental muito intensa, pois durante o mesmo o formador (mestre) e o formando (aluno) fundem-se num só estabelecendo um encontro de energias ímpar que é mais ou menos sentido por parte do formando (aluno) consoante o seu nível de sensibilização energética. Durante este processo, o formando (aluno) pode ser elevado a níveis de consciência de tal forma elevados que podem surgir na mente lembranças de vidas passadas, visões de entes queridos que já se encontram noutros planos, vozes de entidades superiores que tentam comunicar connosco e as mais variadas sensações fazendo deste um momento único e intensamente marcante na nossa vida. Após este ritual, os formandos (alunos) passam por aquilo que defino como processo de Purificação Interior e tem uma duração de vinte e um dias ininterruptos. É neste período que grandes alterações se dão no formando (aluno), pois agora as modificações vão ser empreendidas de dentro para fora, ou seja, a nossa verdadeira essência vai ser revelada e tornamo-nos naquilo para que viemos e não no que pretendemos demonstrar ser. Neste período podem ocorrer algumas perturbações tais como uma maior actividade intestinal, visceral, náuseas, dores de cabeça, alguma agitação e stress mas que passa através da prática continuada da auto-aplicação pois estes fenómenos definem-se como crise de cura. O nosso organismo entrou também numa fase diferente pois a partir deste momento vai-se habituar à entrada e circulação de energia que até então praticamente nunca tinha sentido e como tal, terá de se habituar e por isso podem-se dar reacções da mais variada ordem. Durante este o processo o formando (aluno) vai notar no seu dia-a-dia alterações ao nível comportamental bem como na forma de estar e encarar o mundo. Sendo este tipo de alterações produzidas de dentro para fora, chegamos por vezes a ficar um pouco admirados com as nossas reacções às mais variadas situações do dia-a-dia, que por vezes nos leva a pensar, como é que eu reagi assim? Na verdade, a nossa ligação à fonte (deus) está mais vincada e permite-nos reagir intuitivamente de uma forma célere, mais justa e com um profundo sentimento de amor incondicional para com o nosso semelhante. Apesar de maravilhosos estes sublimes gestos de auxílio ao semelhante com a intenção de lhe proporcionar um melhor bem-estar, somos muitas vezes incompreendidos porque devido à actual conjuntura mundial, actos de bondade e generosidade são sempre observados com desconfiança e até mesmo repúdio por parte de terceiros. Isto por vezes deixa-me triste porque se algo me diz que posso contribuir para a felicidade e bem-estar de aquele semelhante, e ele rejeita veementemente a minha oferta que com tanto carinho e humildade eu lhe ofereci.

Após entrar neste maravilhoso universo do Reiki, o iniciado ficará também moralmente incumbido de ser mais um elemento para auxiliar na divulgação do Reiki no nosso país, na minha opinião. Desde já alerto que não é fácil pois devido ao conservadorismo que ainda predomina na maioria dos cidadãos, há uma certa relutância em aceitar as terapias oriundas do oriente observando-as com alguma resistência.

Quando por vezes me perguntam: Mestre de aqui a quanto tempo é que posso tirar o segundo nível; eu respondo da seguinte forma: caro amigo(a), não tenhas pressa de tirar o segundo nível. No Japão, país de origem do Reiki, os iniciados chegam a estar um, dois, cinco ou até mesmo dez anos até fazerem essa sintonização, ou seja, apenas são sintonizados quando o seu Mestre entender que já possuem os conhecimentos necessários para tal, cumprindo um certo número de itens por ele definidos como necessários e fundamentais para essa sintonização. Por isso e como a pressa nunca foi boa conselheira não tenham pressa em passar para o segundo nível e aguarde pelo momento certo, dado pela intuição e com uma necessidade profundamente sentida de auxílio ao seu semelhante.

Neste nível as aplicações feitas pelo iniciado a terceiros, centram-se no plano físico essencialmente.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Energia Positiva...
Publicado por Viktor às 09:45
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2009

A Máscara

Muito se fala na máscara e mais ainda nesta quadra carnavalesca. Mas as máscaras que se usam no carnaval são apenas apetrechos alegóricos que camuflam as pessoas para sob a protecção destas darem asas à sua imaginação ou desejos mais íntimos. Esta é a forma como observo o carnaval, mas quando digo a palavra “máscara” refiro-me àquela que diariamente as pessoas usam para com o mundo que as rodeia. Nos dias de hoje o Ser tem enormes dificuldades em mostrar realmente aquilo que é e por isso esconde-se criando máscaras idealizadas pela sua mente que tentam mostrar a forma como ele quer que os outros o vejam. Em inúmeros casos além disso tornar as pessoas menos agradáveis, ficam menos sensatas e humildes ou seja, mostra ser aquilo que na realidade (essência) não é. Isso não é muito agradável para a própria pessoa que por vezes, ao atingir a maturidade se apercebe de tal e depois é complicado mudar por si só. Neste campo o Reiki desempenha um importante papel, pois vai para além de uma Terapia holística é também uma filosofia de vida e uma forma de estar que nos permite estar e encarar a vida de uma forma mais positiva, tolerante, humilde e com todo o amor incondicional em consonância com a natureza e todas as obras do Criador. Digo isto porque qualquer pessoa ao fazer a sua iniciação ao Reiki, passa depois por um processo de purificação interior onde as mudanças são operadas de dentro para fora. Todas as pessoas têm consciência dessas mudanças e, é neste período que essas máscaras são removidas (pela própria pessoa que as criou) e a pessoa alcança uma leveza e bem-estar que há muito não sentia. Por isso pode-se afirmar que o Reiki auxilia todos os iniciados tanto na sua vida privada como na profissional. Vamos remover essas máscaras que superfluamente criamos e sejamos como somos, com todas as nossas virtudes e defeitos pois a perfeição é uma meta muito distante e ninguém a consegue alcançar numa vida.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 18:05
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. REIKI… Esclarecimentos

. Mensagem do dia...

. Momento de Reflexão

. Um Marco na Vida

. A Máscara

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007