Terça-feira, 3 de Agosto de 2010

em Vídeo...

Música: M80
Publicado por Viktor às 10:09
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

Como é uma Sessão de Reiki

Publicado por Viktor às 13:02
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 11 de Outubro de 2009

Sessão de Reiki

Estado de Espiríto: Um pouco cansado...
Publicado por Viktor às 02:46
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 7 de Maio de 2009

REIKI vs TUMOR

A história de cura de um tumor mais antiga, desde a redescoberta do Reiki pelo Sensei Mikao Usui em Março de 1922 no Monte Kurama, situado a norte de Quito no Japão foi a seguinte:

“Longe de ali, vivia Hawayo Takata, que nasceu a 24 de Dezembro de 1900, no Havai, filha de um casal de emigrantes japoneses. Ficando viúva com duas filhas, aos 35 anos a depressão, problemas emocionais, respiratórios e fortes dores abdominais acabaram por se apoderar dela. Quando se deslocou ao Japão para visitar os pais, foi ao Hospital Maeda fazer exames médicos, onde lhe diagnosticaram um tumor abdominal, pedras na vesícula e problemas no apêndice. Foi internada e quando estava a minutos de ser operada ouviu uma voz a afirmar: “A operação não é necessária”. Dizendo isso ao médico, a operação foi cancelada e foi reencaminhada para a Clínica do Dr. Hayashi para um tratamento de Reiki. Foi então lá internada e passados quatro meses, estava totalmente recuperada dos seus problemas de saúde.

Assim sendo, Takata foi a primeira cidadã ocidental a sentir a vontade de aprender Reiki…”.

Como acima pode ler, o Reiki pode ser utilizado como prevenção e até tratamento de problemas relacionados com qualquer tipo de tumor. Há nos dias de hoje variados casos de sucesso através da utilização do Reiki conjuntamente com a medicina convencional. Pessoalmente tive um caso de um tumor maligno no colo uterino de uma jovem de 33 anos, que foi tratada e estabilizada através do Reiki e da medicina convencional. Desta forma pode-mos verificar que conjuntamente ou separadamente o Reiki só trás benefícios (nos níveis físico, emocional, mental e espiritual) a todos os que o recebem (paciente) e alegria e paz interior a quem o proporciona (terapeuta). Pode ser aplicado assim que o problema é diagnosticado, ou em casos mais avançados, depois do trabalho da medicina convencional ter sido feito, minimizando nestes casos os efeitos inerentes e resultantes da doença e respectivo tratamento biomédico. Nestes casos o Reiki vai permitir um reequilíbrio das energias corporais, eliminação de bloqueios, normalização do sistema nervoso, aumenta a capacidade de cicatrização, melhora o fluxo sanguíneo e relaxa o paciente. Indirectamente actua nos campos emocional, mental e espiritual, permitindo-o um melhor controlo das emoções, melhor controlo do pensamento ou do que se permite pensar e trabalha o karma das pessoas, atenuando ou eliminando alguns problemas kármicos. Potencia ainda fortemente os efeitos benéficos da medicação e atenua ou elimina todos os efeitos secundários.

O Toque Terapêutico [Reiki] deriva da Imposição das Mãos, uma arte antiga com base religiosa, de acordo com alguns autores da cura psíquica e espiritual, na medida em que mantém os pressupostos do potencial humano para curar através do toque. No entanto não possui qualquer base religiosa e é independente da fé ou crenças daqueles que a recebem ou dos que a praticam. Os registos mais antigos desta prática datam de 1552 ac. . Por isso se diz que é uma terapia milenar.

O toque terapêutico é um método holístico não invasivo, baseado na concepção de que o ser humano possui um campo de energia abundante, que pode estender-se além da pele e flui em determinados padrões que se pretendem equilibrados.

Consiste num "toque sem toque", uma vez que não há necessariamente o toque do terapeuta directamente sobre a pele do doente/paciente.

Embora existam muitos estudos contraditórios, o Toque Terapêutico é utilizado há décadas por enfermeiros no Canadá, nomeadamente no alívio da dor, diminuição da ansiedade e promoção do relaxamento, o Equilíbrio e Harmonia do Ser num todo.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Com muito Amor Incondicional..
Publicado por Viktor às 09:06
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 13 de Janeiro de 2009

Reiki vs Bíblia

O Reiki não está associado a nenhum tipo de religião sendo completamente vertical. Sendo esta terapia praticada com base no amor incondicional e tendo como objectivo principal o bem-estar comum supremo, a mesma, mesmo não sendo tratada pelo nome, esta prática tem séculos. No tempo de Buda, 250 ac (antes de Cristo), esta prática era utilizada, logo não é de estranhar que em algumas passagem bíblicas se encontrem referências a estas práticas tais como “…Jesus tocando-lhe com a mão disse: Vai, a tua fé curou-te…”, ou este que seguidamente transcrevo:

Lucas 13

1 Ora, naquele mesmo tempo estavam presentes alguns que lhe falavam dos galileus cujo sangue Pilatos misturara com os sacrifícios deles.

2 Respondeu-lhes Jesus: Pensais vós que esses foram maiores pecadores do que todos os galileus, por terem padecido tais coisas?

3 Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.

4 Ou pensais que aqueles dezoito, sobre os quais caiu a torre de Siloé e os matou, foram mais culpados do que todos os outros habitantes de Jerusalém?

5 Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.

6 E passou a narrar esta parábola: Certo homem tinha uma figueira plantada na sua vinha; e indo procurar fruto nela, e não o achou.

7 Disse então ao viticultor: Eis que há três anos venho procurar fruto nesta figueira, e não o acho; corta-a; para que ocupa ela ainda a terra inutilmente?

8 Respondeu-lhe ele: Senhor, deixa-a este ano ainda, até que eu cave em derredor, e lhe deite estrume;

9 e se no futuro der fruto, bem; mas, se não, cortá-la-ás.

10 Jesus estava ensinando numa das sinagogas no sábado.

11 E estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade havia já dezoito anos; e andava encurvada, e não podia de modo algum endireitar-se.

12 Vendo-a Jesus, chamou-a, e disse-lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade;

13 e impôs-lhe as mãos e imediatamente ela se endireitou, e glorificava a Deus.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:09
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Setembro de 2008

A Face da Nova Medicina

Conforme se modifica a nossa visão da doença, modifica-se também a nossa forma de a tratar. Consoante nos tornamos mais eficientes no diagnóstico e tratamento da doença, podemos individualizar melhor os nossos programas curativos. Sendo único, cada indivíduo requer uma combinação ligeiramente diversa de agentes usados no processo de cura. Cada sessão de tratamento é diferente. O curador tem de estar preparado com uma grande base de informações, muito amor e um bom contacto com os guias espirituais no tratamento e na canalização. À medida que passamos para um modo mais requintado de efectuar o tratamento, a prática converte-se em arte. O tratamento profundo penetra na estrutura da personalidade quando feito por um longo período de tempo. Disse Heyoan que “a substância precisa, tomada na quantidade precisa, no momento preciso, age como substância transformadora”. Nesses casos emprego uma combinação de imposição de mãos, acesso directo à informação e análise psicodinâmica. Tudo isso, combinado com a própria iniciativa e a auto-responsabilidade do paciente não somente debelou a doença, mas também provocou mudanças na sua vida, que só foram possíveis porque o paciente assumiu plena responsabilidade pela própria cura.

O descobrimento da causa iniciadora da doença é sempre a chave do tratamento, para a qual o acesso directo à informação é sempre um instrumento inestimável. Em todos os casos, discute-se a causa da doença do ponto de vista da circunstância da vida física, da psicodinâmica envolvida, dos sistemas de crença do paciente e do seu plano de vida espiritual.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 00:49
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 12 de Fevereiro de 2008

Casos Pessoais III

Um dia estava de visita à casa de uma pessoa amiga e eis que me deparei com uma situação curiosa. Estava preocupada com a filha mais nova dela, com 5 anos, pois estava com um torcicolo desde o dia anterior e pretendia ir com a miúda ao endireita para ver se aquilo lhe passava. Então eu disse-lhe: “Penso que não será necessário ir. Dás-me autorização de ver o que posso fazer por ela?”. Prontamente tive uma resposta positiva. Então eu pedi à pequena que se deitasse na cama. Seguidamente fiz uma limpeza pessoal, depois uma meditação Gassho e depois coloquei a minha mão direita sobre o 5º chakra, que tem com uma das suas funções a de purificar o corpo eliminando venenos de várias proveniências e a esquerda sobre o chakra do plexo solar. Após dez minutos de imposição das mãos, nos locais anteriormente indicados, retirei-as suavemente, terminando com uma limpesa e alizamento da aura. No final, ao me aperceber que a criança tinha adorecido, retirei-me do local. Passados cerca de 40 minutos a criança aparece junto de nós esboçando um soriso de felicidade e ao dirigir-se junto da mãe disse: “Mãe, não é preciso ir ao endireita pois eu já estou bem”. A mãe, demonstrando a sua felicidade diz-me: “Obrigado”; e eu respondo da seguinte forma: “Não fiz mais que a minha “obrigação” ao ver que podia atenuar ou eliminar o sofrimento sua filha”.
NOTA: Este foi um caso “típico” de uma pessoa que demostrava cépticismo sobre o Reiki enquanto medicina alternativa, e que constactou quase na primeira pessoa os beneficios da mesma, e assim passou a respeitar e a recorrer ao Reiki sempre que entendia que necessário lhe era. Isso deixa-me feliz por assim contibuír também para o desenvolvimento e divulgação desta medicina alternativa do Japão e Tibete.
Publicado por Viktor às 10:01
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 24 de Agosto de 2007

CHAKRA CARDÍACO

Em sânscrito é denominado de Anahata (imbatível, inviolado), estando situado entre as omoplatas, ligeiramente à esquerda da espinha dorsal. Satyananda esclarece que ao contrário do coração físico, o espaço astral ocupado por este chakra é vasto e informe.
Possui doze pétalas, correspondendo aos doze raios de sua energia primária. No entanto, o Yoga Kundalini Upanishad aponta-lhe 16 pétalas. Segundo Leadbeater, Powell e Tara Michael, elas seriam de uma brilhante cor de ouro; para Coquet sua cor é próxima do amarelo ou ouro incandescente; para Aurobindo é o rosa dourado. Satyananda descreve-o como normalmente escuro, tornando-se de um vermelhão radiantemente brilhante quando ativado. O Schat-chakra-Nirupana atribui-lhe o vermelhão; o Siva Samhita, o vermelhão escuro, e o Garuda Purana, o dourado.
André Luiz indica-o como centro da emoção e do equilíbrio geral (Entre a Terra e o Céu, p. 128), dirigindo a circulação das forças de base (Evolução em dois Mundos, p. 27).
Ele é representado por um lótus de cor escura com doze pétalas de cor vermelha em torno. No interior do mandala se acham dois triângulos entrelaçados (estrela de Salomão), de cor cinza esfumaçado. O animal é umantílope negro e o bija a letra "Yam". Quando ativado, ele adquire um brilho radiante.
É o centro do amor e diz respeito ao princípio espiritual do ser.
Leadbeater indica um segundo lótus no coração, abaixo do maior (op. cit., p. 129). Aurobindo, no entanto, em More Lights on Yoga, traduzido como 32º volume da coleção A Consciência que vê, afirma: “Nunca ouvi falar de dois lótus no coração; mas ele é a sede de dois poderes - na frente, o vital mais alto ou ser emocional, atrás, e escondido, o ser psíquico ou alma.” (p. 207).
Como função do centro cardíaco, aponta Aurobindo, por isso, o comando do ser emocional superior, da parte mais elevada do vital, com o psíquico profundamente atrás (vide p.p. 203 a 205).
O centro do coração”, ensina Coquet, “terá todas as chances de desenvolver-se harmoniosamente e sem perigo se o neófito, ou o homem em geral, viver tendo em consideração, sobretudo, os interesses do grupo, cultivando o sentido amplo da fraternidade e da tolerância, amando coletivamente e buscando servir o plano divino sem preocupação de agradar, de ser apreciado ou recompensado.” Seria perigoso procurar os poderes criadores do centro laríngeo antes que o despertar do centro cardíaco não tenha começado, adverte ele.
Esta é a atitude natural que procura cultivar o Karma-yoguin, também recomendado pelos instrutores espirituais que supervisionam a elaboração da Doutrina Espírita; encontra-se retratada em todo decorrer da vida do Cristo, que sempre fez referência não só à atuação criadora do Pai, como também ao magistério divino, na revelação da Boa-Nova.
Entre as habilidades que resultam do seu despertamento, Satyananda indica:
Ø       aquisição do controle do ar;
Ø       o despertar de um amor cósmico e não individualista;
Ø       desenvolvimento da eloqüência e do gênio poético;
Ø       aquisição do poder de ter seus desejos satisfeitos;
Ø       tornar o sentido do tato tão sutil que pode sentir a matéria astral, através do sentido astral, sensação que pode ser transmitida a outros (o sentido desse chakra é a pele e o órgão ativo, o coração).
Motoyama acrescenta que seu despertar provoca o desenvolvimento do poder de cura psíquica. “Prana pode ser transmitido através das palmas das mãos e dirigido à área doente do corpo de outra pessoa. A técnica bem conhecida da “imposição das mãos” está provavelmente relacionada com o estabelecimento de uma conexão íntima entre o anahata e as mãos. Poderes psicocinéticos também se desenvolvem quando o anahata é despertado.” (op. cit., p. 231).
Publicado por Viktor às 11:00
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. em Vídeo...

. Como é uma Sessão de Reik...

. Sessão de Reiki

. REIKI vs TUMOR

. Reiki vs Bíblia

. A Face da Nova Medicina

. Casos Pessoais III

. CHAKRA CARDÍACO

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007