.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Sexta-feira, 30 de Março de 2012

A importância do pensamento

 

     O veículo necessário para a manipulação energética é o pensamento. Para falar sobre este assunto necessitamos, mesmo que rudimentarmente, de falar um pouco sobre o Perispírito, também conhecido como Corpo Astral pelos teosofistas. Este corpo energético é o responsável pela expressão dos seus desejos e consciência.

     O seu campo de energia não é, necessariamente, de natureza electromagnética. Mas costuma-se definir assim devido aos nossos ainda limitados conhecimentos físicos dessa realidade subtil e astral. O importante, porém, é sabermos que o nosso Corpo Astral é o veículo para que possamos expressar nossas paixões, sentimentos, desejos e emoções. Ele serve de intermediário entre o Corpo Mental (ou apenas mente) e o Corpo Físico. Em suma, trata-se de um veículo de consciência e de acção responsável pela transmissão de vibrações, tanto do plano físico para o mental ou vice-versa. Noutras palavras, como o Corpo Físico limita-se a colher no mundo exterior as vibrações daí provenientes, e estas ao chegar ao Corpo Astral, são transformadas em sentimentos como amor, ódio, prazer, dor, alegria, etc.

     Porém, o que mais nos interessa no momento é que, a matéria astral, se é que assim nos podemos referir a esse tipo de energia, é plasmada pela emissão de pensamentos. Os nossos sentimentos imprimem nessa mesma matéria astral determinadas cores, variando conforme a intensidade dos mesmos. Daí o facto da Cromoterapia ser uma técnica importante e que deveria ser conhecida por todos os interessados em cura. E a cor, a forma, a nitidez e a duração da energia são determinadas pela qualidade do pensamento e da emoção, como também pela intenção e vontade do curador.

     Assim, o que necessitamos para enviar bons fluidos é, em primeiro lugar, aprender a controlar os nossos pensamentos e emoções, além de ter vontade de servir ou de se doar. E onde entram os símbolos do Reiki? Estes representam ensinamentos morais que ajudam a pessoa a concentrar-se numa realidade superior. Em suma, ajuda a pessoa a despertar, lentamente, o kundalini adormecido. Cada símbolo está intimamente ligado a um chakra e à sua respectiva energia, pois, apesar do prana ser uno, manifesta-se em sete variedades principais e com funções psíquicas diferentes.

     Assim temos sérias dificuldades para mentalizar o abstracto. Por isso, em quase todas as culturas, criam-se determinados objectos ou símbolos que são catalisadores para facilitar e orientar a emissão do pensamento e da energia. Com o REIKI acontece o mesmo.

     Devemos sempre ressaltar que o pensamento dinâmico pode criar energia positiva ou negativa. Daí inúmeros “acidentes” podem acontecer quando o praticante traça correctamente o símbolo, mas fica durante toda a sessão a emitir pensamentos negativos ou se esta descontrolado emocionalmente. Além disso, pela “Lei do Karma”, toda e qualquer emissão de pensamento, quer positivo ou negativo, terá um efeito sobre aquele que o manifestou.

     A energia emitida pelo REIKI é a mesma energia estudada e classificada como “força ódica”, por Reinchenbach, ou “energia bioplásmica” ou “psicotrónica”, segundo vários cientistas da antiga União Soviética e da Checoslováquia. Desde a Antiguidade, sabe-se que essa energia pode ser transferida de indivíduo para indivíduo, pela imposição das mãos ou a distância, através da vontade, da oração sincera e pura ou do pensamento elevado. Através da vontade sincera é possível emitir uma ou outra qualidade de prâna, de acordo com a finalidade a que nos propomos.

     Como é a vontade e o pensamento que produzem a emissão de fluidos e não os símbolos, ser um reikiano não garante a qualidade das vibrações emitidas, de aí a importância da empatia energética com o terapeuta ou mestre.

     Os símbolos favorecem a imaginação e a concentração numa realidade superior. Está a aumentar a quantidade de reikianos que percebem, na prática, que é necessário estar concentrado para enviar REIKI; que é necessário elevar o pensamento e/ou fazer uma prece; que após algumas sessões seguidas a pessoa sente algum cansaço etc. O simples acto mecânico de traçar um determinado símbolo não é suficiente se faltar a vontade e o desejo de enviar bons fluidos para o receptor. Por mais redundante que possa parecer, o papel do símbolo está na sua dimensão simbólica, ou seja, em representar um ensinamento de cunho moral capaz de elevar o padrão vibratório de cada praticante, precisamente o que a maioria dos cursos de REIKI acaba por deixar de lado. Os símbolos servem, em suma, para disciplinar o pensamento e a vontade.

 ADILSON MARQUES

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 20:00
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 21 de Fevereiro de 2012

Como é uma Sessão Terapeutica de Reiki

Caros leitores,

     Nos dias de hoje, há ainda muitas pessoas que ficam confusas quando uso o termo “sessão terapêutica” e, como tal, vou-lhes dar uma breve explicação do que é e no que consiste. Antes de explicar deixe que lhe diga que os Terapeutas são como os Médicos, cada um com mais ou menos experiência desenvolve o seu trabalho (consulta) à sua maneira, com o objetivo de melhor servir o seu paciente, à exceção que os Terapeutas não diagnosticam doenças.

     Uma sessão terapêutica é algo que pode demorar entre 5 a 60 aproximadamente [demonstração, mini aplicação ou sessão completa] sendo que a mesma pode ser feita com o recetor sentado ou deitado. O mesmo não necessita de se despir tal como acontece com uma massagem, pois a roupa não constitui nenhum impedimento ao fluxo energético que é transmitido pelas mãos do terapeuta. Se o recetor tiver algum complexo relativo ao toque, a sessão pode ser feita sem sequer se tocar no corpo físico do paciente, aplicando a sessão diretamente na aura, mas mesmo que se toque, nunca se irá tocar em partes que provoquem emoções inconvenientes, física e mentalmente. A energia que o terapeuta emana é a energia do Amor Incondicional puro e desinteressado que se vai refletir nos planos físico, emocional, mental e espiritual do recetor, e o mesmo sente consoante o seu nível de sensibilidade energética e de aceitação à terapia.

     Para que possam observar, deixo-lhes este pequeno vídeo demonstrativo da mesma, mas se alguma dúvida persistir não hesite em a colocar.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:32
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Outubro de 2010

Médium Curador

Caros Irmãos,

     Esta é uma faculdade que alguns médiuns possuem para curarem enfermidades. Decorre de forma espontânea, podendo realizar curas, provocando reacções reparadoras de tecidos e órgãos do corpo humano, através de um toque de mãos, pelo olhar, por um gesto ou até pela voz. Por vezes confundem mediúnidade de cura com magnetização, mas são coisas distintas. A magnetização é um tratamento contínuo, regular e metódico; ao invés da cura realizada por um médium curador que ocorre espontaneamente e de forma instantânea.

     O médium curador além do magnetismo próprio, tem o Dom de captar, condensar, e dinamizar os fluidos cósmicos (substância cósmica fundamental) e transmiti-los para a zona doente de forma ordenada.

     Os fluidos transmitidos possuem propriedades e efeitos que variam de acordo com a fonte geradora, de vibração específica, como por exemplo o sentimento do médium durante a emissão dos mesmos também tem influência.

Nos fenómenos de cura os fluidos são subis, radiantes e próprios para alterar as vibrações existentes.

     O médium curador capta os fluidos leves e benignos da natureza (através da concentração mental, com o pensamento firme no intuito de fazer a reparação dos tecidos doentes) e irradia-os sobre o doente. Quando está a vibrar em ressonância com o Cristo, gera forças de alto poder curador que são derramadas sobre o doente que também está numa vibração de fé e desejo de cura.

     Nos médiuns curadores o centro do diafragma, localizado atrás do plexo solar (no chacra umbilical) é muito grande e desenvolvido, e é chamado de Centro de Cura. Também é considerado como um Centro da vontade como aquele entre as omoplatas, este centro também é maior em médiuns curadores.

     Estes médiuns também possuem os chacras tatwas (nas palmas das mãos) muito desenvolvidos pois é por onde canalizam os fluidos curadores para os doentes. Exemplo disto é quando qualquer dor que sintamos, colocamos imediatamente a nossa mão sobre o local da dor para que possa ser restabelecido o equilíbrio dos electrões. As pessoas fracas gostam de estar segurando as mãos das mais fortes e os enfermos também fazem com os sadios.

     Os médiuns curadores captam as energias cósmicas através dos chacras coronário, umbilical e Umeral e as canalizam para as suas mãos ou seus pensamentos. Este fluidos penetram o corpo etéreo e físico do doente atingindo as células e os átomos, bombardeando-os com electrões. Isto faz com que a vibração dos mesmos seja harmonizada tornando assim as células mais activas, acelerando as suas trocas químicas. Estas alterações fazem com que as células restabeleçam a sua capacidade regenerativa, equilibrando-se e reactivando as suas funções originais.

     Agindo através dos chacras do doente atingem o seu perispírito; purificando-o pela aceleração vibratória auxiliando assim a realizar a cura no corpo astral do doente.

     Porém, problemas de ordem Kármico só podem ser curados se houver merecimento do doente, mas mesmo assim sempre haverá benefícios para o mesmo.

     Para que a cura seja efectiva, o médium curador deve orientar o doente para a reeducação da sua atitude mental, afastando a causa do desequilíbrio patológico, através de pensamentos positivos, fé e esperança.

    O médium pode associar várias técnicas ao seu Dom curador, assim como o Reiki, Magnify Healing, a Cromoterapia, Cristalterapia, entre tantas outras.

     Todas os requisitos necessários ao médium passista também se aplicam ao médium curador, como os de conduta, de asseio, de reforma moral, etc.

"A prática do bem, do auxílio aos doentes. O apóstolo Paulo já di­zia: Uns falam línguas estran­geiras, outros profetizam, outros impõe as mãos... A mediúnidade, sendo o campo, a porta pelos quais os Espíritos Superiores semeiam e agem, a faculdade cu­radora é o veículo da misericórdia para atender a quem pa­dece, despertando-o para as realidades da Vida Maior, a Vida Ver­dadeira. Após a recuperação da saúde, o paciente já não tem direito de manter dúvidas nem suposições negativas ante a realidade do que ex­perimentou.

O médium curador é o intermediário para o chamamento aos que sofrem, para que mudem a direcção do pensamento e do comportamento, inte­grando-se na esfera do bem."

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz e Repleto de Energia...
Música: M80
Publicado por Viktor às 10:55
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 3 de Setembro de 2010

Esclarecimentos sobre Sessões

Caros leitores,

Há uma coisa que deve ser bem explicada às pessoas, pois muitas associam o Reiki às massagens e não é nada que se pareça com isso. Em primeiro e por questões éticas, uma pessoa pode receber Reiki vestida ao contrário das massagens onde o paciente tem de se despir. Nas massagens o terapeuta manipula o corpo do cliente com as mãos e numa sessão de Reiki o terapeuta apenas faz a imposição das mãos em forma de concha nas posições que aprendeu ou como lhe seja indicado pela sua intuição. Mas não sendo massagista e para não dizer algo errado cometendo uma gafe, vou apenas focalizar-me no Reiki.

Para melhor compreenderem o que seguidamente lhes vou explicar tenho de lhes dizer uma coisa, os Reikianos são todos iguais e todos diferentes pois pese embora todos pratiquem o amor incondicional como canais energéticos, cada um tem a sua forma própria de fazer a imposição pois pode efectuar as que aprendeu ou deixar-se levar pela sua intuição. Pela experiência que tenho e pelo que tenho constatado também, quando faço uma aplicação ou sessão de Reiki, encosto sempre as mãos ao paciente, à excepção de quando coloco a não sobre o primeiro chakra (situado na base da coluna sobre o órgão sexual do paciente), no qual coloco a mão a 3 a 4 dedos de altura, por questões éticas, morais e de respeito pois o toque nessa zona provoca desconforto e “incomoda o relaxamento mental” do qual o paciente usufrui aquando da sessão. Ao encostar levemente a mão na pessoa, o terapeuta tem uma melhor percepção da canalização energética que está a fazer, bem como o de saber ou não se aquele chakra necessita ou não de mais energia para remover algum bloqueio que se encontre mais oculto. Para usufruir de uma sessão de Reiki a pessoa pode estar em pé, sentada ou deitada, sendo que quanto mais confortável esteja o paciente mais relaxado ficará e com mais facilidade poderá sentir as energias que lhe estão a ser passadas. É também importante a posição em que o terapeuta se encontra, pois se não o estiver a fazer confortavelmente, poderá estar a gerar algum desconforto físico (bloqueio) que depois irá “sugar” uma parte da energia que está a canalizar, deixando assim de ser benéfico para ambas as partes.

Para terminar vou relatar aqui uma situação que se passou comigo para que possam ter conhecimento de como a ignorância acerca das coisas pode levar as pessoas a dizerem as maiores barbaridades.

Um certo dia um rapaz disse-me: “Mestre, quando estás a fazer Reiki lá àquelas moças todas jeitosas não ficas excitado?”. Ao ouvir isto frisei as sobrancelhas, encolhendo os ombros e fazendo uma cara estranha respondi: “Rapaz, tu não estás a quilómetros nem a léguas, estás a anos-luz do que eu estou a fazer.”. Isto serve apenas para que tenham consciência do tipo de pensamento que podem ter as pessoas cépticas que em nada disto acreditam.

Nada mais tendo a acrescentar, deixo-lhes um vídeo para ficarem esclarecidos sobre o que é uma sessão de Reiki.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 11:53
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. A importância do pensamen...

. Como é uma Sessão Terapeu...

. Médium Curador

. Esclarecimentos sobre Ses...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007