.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quarta-feira, 30 de Outubro de 2013

Cursos de Reiki e Karuna

Caros leitores,

     Estas são as formações agendadas para o mês de Novembro:

Dia 9: Curso de iniciação ao KARUNA em Albufeira; (Karuna é um dos mais belos ramos do Reiki. Esta formação é “A preparação do jardim da alma”, onde a energia da Compaixão se vai impregnar em nós que junta com o Amor Incondicional vai limpar o nosso “lado sombra”, traumas de infância e ataques psíquicos de terceiros)

Dia 16: Curso de iniciação ao REIKI em Albufeira; (Esta formação está centrada no plano físico e na descoberta da nossa própria essência, através da filosofia do Reiki e do caminho da Luz no Amor Incondicional)

     Para fazer a inscrição e/ou esclarecimento adicional, solicite por e-mail (mestreviktor@gmail.com) ou pelo número de telefone 962856134.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 08:40
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 14 de Junho de 2013

Vagueando pelos pensamentos…

Quando era criança,

Vivia sem responsabilidades,

Comia e brincava todo o dia,

Uma vida de facilidades;

            Brincava a muitas coisas,

            Por vezes pregava partidas,

            Gostava de jogar à bola,

            E por vezes às escondidas;

Foi derivado a uma brincadeira,

Que a minha vida mudou,

A alma “desligou-se” do corpo,

E por muitos lugares vagueou;

            Há quem se lembre de tudo,

            Mas eu de nada me lembro,

            Foi como se roubassem,

            As memórias até àquele momento;

Um momento de viragem,

Pelo qual tive de passar,

Tive de encontrar força dentro de mim,

Para poder continuar;

            Foram tempos complicados,

            Repletos de variados tormentos,

            Pensei como conseguia superar aquilo,

            Envolto num emaranhado de pensamentos;

A vida é feita de momentos,

Que acontecem apenas uma vez,

Se não aproveitar aquele momento,

Ele já não volta outra vez;

            Na nossa vida escolhemos as pessoas,

            Que queremos ter ao nosso lado,

            Compartilhando o nosso Ser,

            Com amor e agrado;

Escolhemos a companheira,

E escolhemos as amizades,

Vivendo com amor e liberdade,

Para ultrapassar as adversidades;

            Por vezes seguimos por caminhos,

            Que não são escolhidos por nós,

            Somos influenciados pela família,

            Enviados por um caminho atroz;

Cada Ser na sua essência,

Deve escolher aquilo que quer ser,

Essa responsabilidade é dele,

Não devem ser outros a escolher;

            Nem sempre somos o que queremos,

            Devido às vicissitudes da vida,

            Mantenha a calma e a tranquilidade,

            Não fique de cabeça perdida;

Espero que assim gostem mais de ler,

Este texto escrito em poesia,

Para mais fácil compreensão,

A qualquer hora do dia.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 10:33
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Setembro de 2010

TVP – Terapia de Vidas Passadas

Caros leitores,

Este tipo de terapia tem estado em expansão, principalmente para pessoas com problemas do foro psicológico. Através do uso desta técnica, os pacientes viajam até uma vida passada para compreenderem e solucionarem os seus problemas psicológicos.

Alguns dos problemas podem mesmo ter tido origem mesmo nesta vida, na infância ou na vida intra-uterina, ou poderá ser uma bagagem de um vida passada que ficou alojada no nosso subconsciente. O que foi ou o que era não tem importância, pois o que realmente é importante é a resolução desse problema. Muitas vezes pode advir de experiências traumatizantes, tais como: morte por afogamento, acidente automóvel, por queimadura, asfixia, queda ou outra coisa da qual tenha resultado a sua morte. Podem certamente lembrar-se de coisas positivas, mas aquelas que contêm uma carga energética maior, mais facilmente são recordadas, pois não há impedimento de nenhum dos nossos mecanismos mentais patogénicos ou protectores de coisas desagradáveis.

O Terapeuta poderá aliviar consideravelmente o paciente ao reconduzir o mesmo por aquela experiência até ao desaparecimento do trauma vivenciado. Mas isto apenas não basta para limpar o trauma passado que agora o paciente tem em consciência. É necessário aplicar-lhe uma nova ética, adequada à actual evolução global do universo, eliminando os complexos de culpa.

A lembrança do passado é a ponta do "iceberg" da terapia. Através deste trabalho são aliviados os sintomas do problema na maioria dos pacientes.

Como podem observar, nem tudo o que têm (virtudes e defeitos) são originários da vida actual. Esta terapia pode demorar chegar a demorar 3 horas, e nem sempre se consegue na primeira vez, devido a um variado conjunto de circunstâncias que implicam directamente com a sessão em causa.

Vamos viver em harmonia deixando para trás essa bagagem que veio connosco a este plano e que por vezes nos “impede” de aproveitarmos, o melhor possível, esta oportunidade que nos foi concedida de vir ao planeta Terra. Gostaria de terminar com uma fase celebrizada por Raul Solnado: Façam o Favor de Ser Felizes.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:43
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Fevereiro de 2010

Reflexão

Caros amigos,

A minha vida tem sido repleta de peripécias e altos e baixos.

Tive uma infância boa, com muito amor, amigos e uns pais maravilhosos.

Mas como o que é bom não dura sempre e aos 9 anos uma mudança radical foi operada na minha vida, que me “aprisionou” como um passarinho dentro de uma jaula. Durante os longos 6 anos que estive dentro dessa “jaula” perdi quase tudo, senti-me marginalizado, rejeitado, incompreendido, triste e . Assim a solidão passou a fazer parte de mim e assim aprendi a viver com ela da pior forma.

Adolescência, o que é isso? Nem me lembro… pois passou por mim num ápice que nem tive tempo de a saborear.

Foi então que já adulto comecei a voltar a ter “alguma” normalidade. Digo alguma, pois nem sempre as coisas estiveram bem, tal e qual como qualquer pessoa. Foi então em 2000 quase na viragem do século que descobri um novo rumo para a minha vida. Com esse novo rumo eu diria que a minha vida deu inicio a uma série de situações que apesar de me terem perturbado um pouco a vida, deram-me mais força para continuar pois muitas vezes consegui extrair as coisas positivas daquelas situações que a generalidade das pessoas acham negativas. Isto tudo deveu-se aos conhecimentos adquiridos e ao caminho que fui traçando para mim.

Agora, quando olho para trás e me sinto satisfeito com o trabalho que tenho feito, ensinado uns, auxiliando outros e desenvolvendo um trabalho social para os mais necessitados, eis que me apercebo que, não sei porquê, as pessoas vêem e vão. Mas se desaparecem é porque o meu “trabalho” com elas terminou, e por mais ou menos que me custe resta-me a conformação.

Em jeito de conclusão, pretendo assim demonstrar que nem sempre a vida dos outros é melhor que a nossa e muitas vezes para chegarem onde estão, as pessoas tiveram de passar muitos maus bocados. Desculpem, mas hoje tive necessidade de exteriorizar isto.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:23
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

A Primeira Infância

O processo do lento despertar para o mundo físico continua após o nascimento. O bebe dorme frequentemente durante esse tempo; a alma enche os seus corpos de energia mais elevada. Deixa os corpos físico e etéreo desimpedidos e permite que eles se ocupem no trabalho da construção do corpo.

Nas primeiras fases da vida, à criança incumbe acostumar-se às limitações da sensação física e ao mundo tridimensional. Vi muitos recém-nascidos lutando com esse processo. Tendo ainda alguma percepção do mundo espiritual, evitam e fazem por descartar-se dos parceiros espirituais e das figuras dos pais e por transferir as afeições para os novos pais. Os recém-nascidos que tenho observado possuem chakras da coroa bem abertos. Lutam por caber, espremendo-se, nas limitações de um corpinho de bebe. Quando os vejo deixar o corpo físico, em seus corpos superiores, parecem muitas vezes espíritos de cerca de doze pés de altura. Travam uma luta enorme para abrir o chakra da raiz inferior e estabelecer conexão com a terra.

Exemplo disso foi o caso de um menino nascido um mês depois do que se esperava. Após um nascimento muito rápido, foi acometido de uma febre. Os médicos realizaram uma sangria espinhal para verificar se não se tratava de encefalite. Administrou-se a sangria espinhal na região do chakra sacro. A criança lutava para desfazer-se de dois companheiros de brincadeiras e de uma mulher espiritual que tampouco queria soltá-lo. Na luta, ele se abria e estabelecia conexão com a terra todas as vezes que o seu guia se achava presente. Em seguida, perdia contacto com o guia, avistava os companheiros de folguedo e a mulher, e lutava vigorosamente entre os dois mundos. Nessas ocasiões, sentia maior afinidade com a mulher espiritual do que com a própria mãe física. Na luta para não encarnar, jogava energia fora pelo chakra sacro e para a direita, a fim de evitar o crescimento de raízes directamente através do chakra básico (primeiro chakra). Conseguia fazê-lo, em parte, à conta do buraco áureo deixado pela sangria espinhal. Depois de um momento de luta, voltava a estabelecer conexão com o guia e se acalmava, abria a raiz e recomeçava o processo de entrada.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 02:58
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 26 de Janeiro de 2009

Pós parto, as dificuldades da Criança…

O processo do lento despertar para o mundo físico continua após o nascimento. O bebé dorme frequentemente durante esse tempo; a alma enche o seu corpo da energia mais elevada. Deixa os corpos físico e etéreo desimpedindo-os e permite que eles se ocupem com o trabalho da construção do corpo.

Nas primeiras fases da vida, à criança incumbe acostumar-se às limitações da sensação física e ao mundo tridimensional. Há muitos recém-nascidos que lutam neste processo. Tendo ainda alguma percepção do mundo espiritual, forçam por se descartar dos parceiros espirituais e das figuras dos pais e por transferir as afeições para os novos pais. Os recém-nascidos que vejo possuem o chakra da coroa bem aberto). Lutam por caber, espremendo-se, nas limitações de um corpinho de bebé. Travam uma luta enorme para abrir o chakra da raiz inferior e estabelecer conexão com a terra.

Exemplo disso foi o caso de um menino nascido um mês depois do que se esperava. Após um nascimento muito rápido, foi incomodado por um estado febril. Os médicos realizaram uma sangria espinhal para verificar se não se tratava de cefalite. Administrou-se a sangria espinhal na região do chakra sacro. A criança lutava para desfazer-se de dois companheiros de brincadeiras e de uma mulher espiritual que tão pouco o queria soltar. Na luta, ele abria-se e estabelecia conexão com a terra todas as vezes que o seu guia estava presente. Em seguida, perdia o contacto com o guia, avistava os companheiros e a mulher, e lutava vigorosamente entre os dois mundos. Nessas ocasiões, sentia maior afinidade com a mulher espiritual do que com a própria mãe física. Na luta para não encarnar, deitava energia fora pelo chakra sacro e para a direita, a fim de evitar o crescimento de raízes directamente através do chakra básico (primeiro chakra). Conseguia fazê-lo, em parte, à conta do buraco áurico deixado pela sangria espinhal. Depois de um momento de luta, voltava a estabelecer conexão com o guia e se acalmava, abria a raiz e recomeçava o processo de entrada.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:05
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Quarta-feira, 5 de Setembro de 2007

MEDIUNIDADE EM CRIANÇAS

O desenvolvimento mediúnico de crianças é extremamente perigoso. Isso porque na infância, o Espírito encarnado não possui estrutura psíquica apropriada a este tipo de actividade.

O organismo da criança é delicado e poderia sofrer sérios danos sob a influência de fluidos e mentes desencarnadas em desarmonia. Também deve-se levar em consideração, que as crianças são muito impressionáveis e que sua relação com os Espíritos poderia excitar seu psiquismo de forma inconveniente.

Há ocasiões em que certas crianças podem apresentar naturalmente fenómenos de natureza mediúnica, geralmente passageiros. Mas, mesmo nesses casos, não se deve estimular o desenvolvimento de suas faculdades psíquicas.

Não há uma idade específica para o início do desenvolvimento da mediunidade, quando ela existir de fato. Enquanto há jovens que são maduros, existem pessoas com idade avançada, que permanecem na imaturidade. Mas, para fins práticos, convém que somente se admita para o estudo e exercício da mediunidade nos centros espíritas, os maiores de 18 anos, idade em que se supõe a pessoa estar em condições psicológicas mínimas para exercer a razão.

Allan Kardec, no mesmo item citado anteriormente, assim se expressa a respeito do desenvolvimento mediúnico de crianças:

 

"A prática do Espiritismo requer muito tato para se desfazer o embuste dos Espíritos mistificadores. Se homens feitos são por eles enganados, a infância e a juventude estão ainda mais expostas a isso, por sua inexperiência. Sabe-se também que o recolhimento é condição essencial para se tratar com Espíritos sérios. As evocações feitas levianamente ou por divertimento constituem verdadeira profanação, que abre as portas aos Espíritos zombeteiros ou malfazejos.

"Como não se pode esperar de uma criança a gravidade necessária a um ato semelhante, seria de temer que, entregue a si mesma, ela o transformasse em brinquedo. Mesmo nas condições mais favoráveis, é de se desejar que uma criança dotada de mediunidade só a exerça sob vigilância de pessoas mais experimentadas, que lhe ensinarão, por exemplo, o respeito devido às almas dos que se foram deste mundo".

 

Para finalizar, queremos nos dirigir aos que, nos últimos tempos, foram convidados para a mesa mediúnica.

A mediunidade é coisa sublime. Para desenvolvê-la, ou educá-la com proveito, deve-se adquirir conhecimentos teóricos e melhorar-se intelectual e moralmente. O progresso moral, sabemos, é o mais difícil. A vida, porém, ensina que as coisas adquiridas facilmente pouco valor possuem.

A dedicação, a paciência e a renúncia são os caminhos do crescimento mediúnico. O orgulho e os maus Espíritos são seus obstáculos.

A mediunidade é faca de dois gumes. Se por um lado é fonte de abençoadas alegrias, por outro, pode ser também de profundas decepções. Poderíamos citar aqui inúmeras obras respeitáveis para lhes orientar o desenvolvimento. Porém, aconselhamos o velho e bom O Livro dos Médiuns. Comece pelo começo, conheça Kardec e estude-o em profundidade.

GEBM

Publicado por Viktor às 00:11
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Cursos de Reiki e Karuna

. Vagueando pelos pensament...

. TVP – Terapia de Vidas Pa...

. Reflexão

. A Primeira Infância

. Pós parto, as dificuldade...

. MEDIUNIDADE EM CRIANÇAS

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007