.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Reflexão sobre Reiki…

Caros leitores,

     Nos mais variados locais encontramos textos explicativos sobre o Reiki, a sua origem, o que é, os seus benefícios e outras coisas mais. Cada pessoa define o Reiki à sua maneira, pois cada um também o sente de maneira diferente.

     Sendo o ser humano uma pessoa por natureza curiosa, constantemente procura informações que possam enriquecer o seu conhecimento, o que faz com que, quando ouvem falar de Reiki, procurem saber o que é para em consciência verificarem quais os benefícios que isso lhe pode trazer. Das inúmeras descrições que podemos encontrar acerca do Reiki, uns escrevem de uma maneira e outros de outra, quando é explicado num diálogo uns falam de uma maneira mais calma e elaborada, outros de uma forma mais descontraída com vocabulário simples.

     Como o ser humano por vezes fica entusiasmado com a ideia que outra pessoa lhe transmite acerca do Reiki e sendo algo “influenciável” pelas palavras ouvidas, acaba por ir fazer a formação ao mesmo local que quem lhe disse fez. Neste contexto pretendo alerta-los para o seguinte: sendo o Reiki uma terapia de base energética, o que uns sentem é completamente díspar do que sentem outros, ou seja, já tive um grupo de 8 formandos onde aquilo que cada um sentiu no decorrer do curso, na sintonização e na meditação foi completamente diferente de formando para formando, pois aquilo que sentimos tem muito a ver com o nosso estado de espírito naquele momento, bem como com a sensibilidade mais ou menos apurada que cada formando tem. Como tal, mais uma vez lhes recomendo que quando sentirem a vontade de se iniciarem, deixem que o vosso interior (intuição) escolha a pessoa (mestre) com o qual o pretendem fazer a vossa entrada neste maravilhoso mundo energético.

     Em jeito de conclusão termino dizendo que o Reiki mais do que tudo aquilo que se ouve, é na realidade aquilo que se sente, pois é dessa forma que cada um vive a sua experiência enquanto Reikiano. Permitam então que ele se manifeste em si mesmo e verifique pessoalmente os benefícios que lhe traz. Ame-se e permita que a energia do amor incondicional o envolva e se impregne dentro de si.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:58
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 24 de Junho de 2008

O REIKI na minha Vida

Desde 2000, quando me iniciei no Reiki com o Mestre Pedro, que a minha vida deu uma enorme volta. Desde então comecei a ver o universo de outra forma, sentindo o amor e o valor de coisas que até ao momento eram para mim algo banais. Entendi que começou a ter sentido aquele sentimento que estava dentro de mim, desde a minha infância, que algo me dizia que além do dever comum de trabalhar, como qualquer ser humano, estava incumbido de uma “missão” de auxiliar o meu semelhante, através das capacidades que detinha e de outras que adquiri. No decorrer do meu dia-a-dia o Reiki é uma constante, sou abordado várias vezes por pessoas que pretendem saber o que é o Reiki, de onde vem e para que serve. Então, sempre com o espírito de “missão” presente, eu tento-lhes explicar da melhor forma o que é o Reiki e complementando com experiências idênticas que comigo se passaram ao longo da vida. Hoje sinto que sou uma pessoa diferente, sinto que me preocupo com o bem-estar de quem me procura e a imensa felicidade quando vejo alguém bem e sei que em parte pude contribuir para o bem-estar e a felicidade daquela pessoa. Esta é uma sensação única, que também me faz sentir maravilhosamente bem, leve e em harmonia com a natureza. Quando faço uma aplicação de Reiki numa pessoa, animal ou planta, sinto-me bem, pois ao entrar em conexão com a energia universal, para a passar a quem a estiver a receber, também recebo alguma o que me faz sentir bem. O espírito de “missão” que tenho dentro de mim, fez de mim uma pessoa diferente, sempre pronto a ajudar quem me pede, disponível para tirar dúvidas ou aconselhar, ajudando assim as pessoas a alcançar a harmonia em quatro níveis: físico, emocional, mental e espiritual. O amor incondicional que está na mais pura essência do Reiki passou a fazer parte de mim e da minha forma de estar. Há ainda, nos dias de hoje, muita gente que não sabe o que é o Reiki, nem para que serve, e isso faz com que continue a minha “senda” de divulgação desta terapia alternativa e dos benefícios que a mesma pode trazer, para cada um de nós, individual ou colectivamente. É assim que vivo o dia-a-dia  encarando o amanhã sempre de uma forma positiva e confiante que o amanhã será melhor.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:33
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quinta-feira, 17 de Janeiro de 2008

Obsessão Espiritual

"A obsessão é a acção persistente que um espírito mau exerce sobre um indivíduo. Apresenta caracteres muito diversos, desde a simples influência moral, sem perceptíveis sinais exteriores, até a perturbação completa do organismo e das faculdades mentais."

(Allan Kardec)

Publicado por Viktor às 12:00
Link | Comentar | favorito
Domingo, 12 de Agosto de 2007

Chakras e Corpo Astral

INFLUENCIAÇÃO RECÍPROCA DOS CHAKRAS – Destaca Pierre Weil que os chakras não estão isolados uns dos outros; eles mantêm uma influência recíproca.
 
“Os chakras inferiores retêm o homem na vida animal, propiciando-lhe, no entanto, as energias necessárias à sobrevivência, enquanto os superiores buscam acelerar a evolução do indivíduo (Fronteiras da Evolução e da Morte, Vozes, p. 69). No Yoga se afirma que cada chakra é constituído metade dele mesmo e metade dos seis chakras restantes. As características funcionais de um chakra seriam, assim, influenciadas pelos outros chakras.” (para maiores detalhes, vide Pierre Weil, op. cit.).
 
 
CHAKRAS, FORMAÇÃO DO CORPO ASTRAL E EVOLUÇÃO - Os chakras são responsáveis pela formação do corpo espiritual. É o que ensina André Luiz ao dizer que "vibrando em sintonia uns com os outros, ao influxo do poder directriz da mente, estabelecem, para nosso uso, um veículo de células eléctricas, que podemos definir como sendo um campo electromagnético, no qual o pensamento vibra em circuito fechado." (Entre a Terra e o Céu, p. 126).
 
Esta também é a opinião emitida por Coquet: "... Os centros são as causas primárias na formação e na construção do templo do homem ou, em outros termos, do mecanismo da alma. É, pois, normal constatar as dificuldades que têm as glândulas endócrinas de se adaptarem aos ritmos que lhes impõe a consciência objectiva em curso da evolução e particularmente neste século rico de novidades.
 
“Mas isto faz parte do plano de evolução e cada um deve estar consciente disso. À medida que a natureza emocional se desenvolve e o intelecto torna-se mais activo, os centros correspondentes tornam-se igualmente mais activos e pode-se observar a emergência de determinadas perturbações. Tomemos o exemplo do centro laríngeo que, em se desenvolvendo, arrasta consigo uma crescente actividade do intelecto e determina assim uma grande complexidade do pensamento: nós veremos a aparição de perturbações de ordem psicológica. Cada centro determina, pois, um número bem preciso de perturbações inerentes à qualidade de sua energia respectiva" (op. cit., p.85).
Publicado por Viktor às 11:00
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão sobre Reiki…

. O REIKI na minha Vida

. Obsessão Espiritual

. Chakras e Corpo Astral

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007