.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 30 de Abril de 2013

A natureza da Alma

Mensagem de Owen Waters.

28 de Abril de 2013.

     Sua alma é o seu ser interior imortal. Ela existia antes do início do tempo e sempre irá existir, até quando você se fundir novamente em seu derradeiro lar espiritual como um aspecto consciente do Ser Infinito.

     Dos 12 níveis ou camadas de dimensões da existência, nós, neste reino físico, estamos na 3ª dimensão. A alma está na 5ª dimensão e o Ser Infinito está além da 12ª. Sua alma é a sua presença espiritual individualizada, operando na 5ª dimensão e ela mantém a comunicação com as almas de todos com quem você interage na vida cotidiana.

     O mundo da alma da 5ª dimensão é não físico. O nosso mundo físico e denso está na 3ª dimensão, embora a 4ª dimensão – o mundo da vida após a morte ou mundo espiritual – seja quase física. O termo quase físico significa que o mundo espiritual é sólido aos seus residentes, ainda que eles sejam etéricos ou como fantasmas, quando comparado as nossas estruturas físicas e densas. Os espíritos podem esbarrar uns nos outros nos reinos espirituais, porque eles são sólidos em relação ao outro.

     A vida no mundo espiritual é como a vida em nosso mundo físico e denso, exceto que há determinadas liberdades que existem pelo fato de possuírem um corpo menos denso. A capacidade de levitar é uma destas liberdades e, melhor ainda, os espíritos podem se projetar quase que de forma instantânea em outro local e subitamente aparecerem lá. É necessário apenas o foco mental e eles aparecem no local de destino.

     Você não vê pessoas usando óculos no mundo espiritual, porque o seu sentido da visão funciona como uma percepção direta, em vez de através dos seus olhos, da maneira com que usamos os nossos olhos. Eles podem se concentrar de forma telescópica em um objeto próximo, até a sua estrutura atômica. O seu sentido de audição, também, pode ser focado para assimilar os sons a grandes distâncias.

     Quando nós, no mundo físico, formos capazes de reaplicarmos os princípios por trás da “projeção astral”, nós, também, teremos o transporte instantâneo a outros locais. Então, adeus aos carros, caminhões, trens, aviões e naves espaciais.

     A 5ª dimensão é o início da existência não física, assim a sua alma é uma esfera não física da consciência. Ela tem a liberdade para se deslocar tanto no tempo quanto no espaço, mas ela passa a maior parte do seu tempo suprindo as necessidades de seu ser físico, encarnado.

     Na 5ª dimensão, quando a nossa alma encontra o outro, eles se reconhecem, não a partir de qualquer aparência física, mas a partir de sua assinatura vibracional única. Cada alma emite um tom de assinatura único, que é uma forma de energia mental que é percebida como um som sutil.

     Sua alma é o arquivista e o catalogador de todas as suas experiências enquanto você adiciona a sua contribuição à vasta gama de experiências humanas na Terra. A maior parte da consciência de sua alma vive aqui na 3ª dimensão com vocês, atendendo a todos as suas necessidades espirituais. Como o seu ser interior, a sua alma o conhece melhor do que a qualquer outra pessoa no mundo, e está disponível para consultas 24 horas por dia, nos 7 dias da semana. O fator limitante é quanto a sua mente física irá permitir e aceitar os pensamentos intuitivos, originados da alma.

     A fim de viver uma vida inspirada pela sabedoria interior, intuitiva, você precisa apenas tomar uma decisão de fazer exatamente isto. Abra a sua consciência aos sussurros de sua natureza intuitiva. Pratique seguir os seus palpites mais íntimos. Anote-os de modo que possa olhar novamente mais tarde e ver o quanto eles se tornaram precisos.

     Acima de tudo, não se intimide se os seus palpites parecerem inexatos durante as suas primeiras tentativas. Isto acontece desta forma para a maioria das pessoas. Apenas continue praticando e muito em breve os seus palpites começarão a se transformar em um recurso tão valioso que você irá se perguntar o que fez sem eles.

Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

Fonte: http://planetaazul.ning.com/profiles/blogs/a-natureza-da-alma

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 17:15
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Abril de 2013

Reflexão sobre Reiki…

Caros leitores,

     Nos mais variados locais encontramos textos explicativos sobre o Reiki, a sua origem, o que é, os seus benefícios e outras coisas mais. Cada pessoa define o Reiki à sua maneira, pois cada um também o sente de maneira diferente.

     Sendo o ser humano uma pessoa por natureza curiosa, constantemente procura informações que possam enriquecer o seu conhecimento, o que faz com que, quando ouvem falar de Reiki, procurem saber o que é para em consciência verificarem quais os benefícios que isso lhe pode trazer. Das inúmeras descrições que podemos encontrar acerca do Reiki, uns escrevem de uma maneira e outros de outra, quando é explicado num diálogo uns falam de uma maneira mais calma e elaborada, outros de uma forma mais descontraída com vocabulário simples.

     Como o ser humano por vezes fica entusiasmado com a ideia que outra pessoa lhe transmite acerca do Reiki e sendo algo “influenciável” pelas palavras ouvidas, acaba por ir fazer a formação ao mesmo local que quem lhe disse fez. Neste contexto pretendo alerta-los para o seguinte: sendo o Reiki uma terapia de base energética, o que uns sentem é completamente díspar do que sentem outros, ou seja, já tive um grupo de 8 formandos onde aquilo que cada um sentiu no decorrer do curso, na sintonização e na meditação foi completamente diferente de formando para formando, pois aquilo que sentimos tem muito a ver com o nosso estado de espírito naquele momento, bem como com a sensibilidade mais ou menos apurada que cada formando tem. Como tal, mais uma vez lhes recomendo que quando sentirem a vontade de se iniciarem, deixem que o vosso interior (intuição) escolha a pessoa (mestre) com o qual o pretendem fazer a vossa entrada neste maravilhoso mundo energético.

     Em jeito de conclusão termino dizendo que o Reiki mais do que tudo aquilo que se ouve, é na realidade aquilo que se sente, pois é dessa forma que cada um vive a sua experiência enquanto Reikiano. Permitam então que ele se manifeste em si mesmo e verifique pessoalmente os benefícios que lhe traz. Ame-se e permita que a energia do amor incondicional o envolva e se impregne dentro de si.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 23:58
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 24 de Setembro de 2009

Força do Pensamento

A força do pensamento tem como medida o grau de evolução do ser humano, e como limite a capacidade que este possuir de utilizaros seus atributos espirituais.

Ela deverá ser sempre desenvolvida com o objectivo de favorecer ao bem comum. Desde que o ser humano cresça na consciência de si mesmo e se identifique com as suas poderosas faculdades latentes, encontrará na força do pensamento o instrumento seguro e eficaz para a realização de todos os seus anseios e aspirações e a protecção da sua saúde física e mental.

A história da medicina regista inúmeros casos de doenças graves cujas curas, por muitos consideradas milagrosas, apenas se deveram à reacção espiritual dos próprios enfermos e à atracão que souberam exercer das Forças Superiores.

A sublimação do pensamento traduz um estado de consciência sensível à evolução do espírito e propício à conquista da felicidade interior e do bem-estar proporcionado por essa felicidade.

O espírito cria a imagem pelo pensamento e só depois a materializa para um determinado fim. Vejam-se as maravilhas da pintura universal. Observe-se a riqueza, a magnificência da obra que consagrou e imortalizou tantos e tantos artistas, através dos tempos. Pois nenhuma delas foi lançada na tela sem que o pintor a tivesse mentalmente concebido em todos os seus detalhes.

O mesmo acontece com o engenheiro. Antes de desenhar o edifício, a máquina, o aparelho, o instrumento, a peça, ele estuda e examina-os nos seus pormenores, por mais pequenos que sejam.

Com o pensamento em acção, engendra primeiro o esboço, corrige depois as prováveis falhas até que a imagem do que vai exteriorizar e materializar no papel esteja mais ou menos perfeita.

De toda a obra humana — toda, sem excepção — criou o espírito a imagem pela acção do pensamento, e só depois a materializou. E se assim ocorre na Terra, muito mais no Espaço onde o poder do pensamento criador é incomparavelmente maior.

Evolução significa, acima de tudo, poder criador. Quanto mais evoluído o espírito, mais poderoso se torna o seu pensamento e a sua capacidade de criar.

Um homem atrasado, por mais nefasta que seja a sua actividade, não pode ultrapassar certos limites impostos pela indigência do raciocínio e pela pobreza mental de que é dotado. Um espírito evoluído, um cientista, por exemplo, se fosse utilizar os recursos de sua inteligência para o mal, poderia causar uma obra verdadeiramente devastadora.

E se isto é possível num mundo tão modesto, de tão reduzida evolução espiritual, imagine-se a imensa força criadora, o extraordinário poder de realização dos espíritos altamente evoluídos cujas actividades são exercidas em planos mais elevados.

O pensamento vigoroso emana do espírito forte, adestrado, experiente. Em cada encarnação bem aproveitada, ele trabalha conscientemente, para melhorar, ainda mais, a sua personalidade psíquica.

E é na ordem deste progresso que crescem o poder do pensamento e a capacidade de conceber, de criar, de realizar obras, cada qual mais importante.

O grande repositório da sabedoria não está na Terra, mas no Espaço Superior. Os progressos avançados da moderna tecnologia não seriam ainda conhecidos, se muitas das suas parcelas não tivessem sido transmitidas aos seres humanos pela via da intuição, vale dizer pela força do pensamento, diante da qual todas as distâncias se anulam.

Das riquezas espirituais que a criatura tem forçosamente de conquistar neste planeta, assume papel de excepcional relevo a faculdade do pensamento, de cujo poder concentrado e abrangente depende a racional solução de todos os problemas da vida.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:02
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 13 de Agosto de 2009

Um Marco na Vida

O PRIMEIRO NÍVEL (Essencial) ou Shoden (tradicional) definido como “A descoberta e o acordar do curador interior” é o curso de iniciação no mundo do Reiki. É no meu ponto de vista o curso mais importante dos três pois é aquele que mais transformação nos traz a nível da personalidade na vida privada, social e profissional de cada um. É neste período que se dá inicio a mudanças ao nível da sensibilidade e intuição que, vão aumentando o longo do tempo através da prática continuada do Reiki. Estas mutações operam-se consoante a mente (espírito) se vai purificando à medida que vai assimilando a verdadeira e fundamental essência do Reiki. A entrada neste universo permite que, aquelas máscaras formadas no pensamento das pessoas sejam removidas e as mesmas mostrem na realidade aquilo que são, na sua mais pura essência. Porque ser Reikiano é ser verdadeiro, agir com pureza, respeito e amor incondicional para com o seu semelhante.

Para dar início a esta caminhada e após o curso que pode ter uma duração de um dia ou dois, conforme planeamento por parte do formador (mestre instrutor), bem como o valor do mesmo. Na parte final da formação, os formandos (alunos) são iniciados através de um procedimento denominado de: Ritual Iniciático. Este ritual é um momento único, simbólico e muitas vezes caracterizado por uma componente vibratória, sensorial e sentimental muito intensa, pois durante o mesmo o formador (mestre) e o formando (aluno) fundem-se num só estabelecendo um encontro de energias ímpar que é mais ou menos sentido por parte do formando (aluno) consoante o seu nível de sensibilização energética. Durante este processo, o formando (aluno) pode ser elevado a níveis de consciência de tal forma elevados que podem surgir na mente lembranças de vidas passadas, visões de entes queridos que já se encontram noutros planos, vozes de entidades superiores que tentam comunicar connosco e as mais variadas sensações fazendo deste um momento único e intensamente marcante na nossa vida. Após este ritual, os formandos (alunos) passam por aquilo que defino como processo de Purificação Interior e tem uma duração de vinte e um dias ininterruptos. É neste período que grandes alterações se dão no formando (aluno), pois agora as modificações vão ser empreendidas de dentro para fora, ou seja, a nossa verdadeira essência vai ser revelada e tornamo-nos naquilo para que viemos e não no que pretendemos demonstrar ser. Neste período podem ocorrer algumas perturbações tais como uma maior actividade intestinal, visceral, náuseas, dores de cabeça, alguma agitação e stress mas que passa através da prática continuada da auto-aplicação pois estes fenómenos definem-se como crise de cura. O nosso organismo entrou também numa fase diferente pois a partir deste momento vai-se habituar à entrada e circulação de energia que até então praticamente nunca tinha sentido e como tal, terá de se habituar e por isso podem-se dar reacções da mais variada ordem. Durante este o processo o formando (aluno) vai notar no seu dia-a-dia alterações ao nível comportamental bem como na forma de estar e encarar o mundo. Sendo este tipo de alterações produzidas de dentro para fora, chegamos por vezes a ficar um pouco admirados com as nossas reacções às mais variadas situações do dia-a-dia, que por vezes nos leva a pensar, como é que eu reagi assim? Na verdade, a nossa ligação à fonte (deus) está mais vincada e permite-nos reagir intuitivamente de uma forma célere, mais justa e com um profundo sentimento de amor incondicional para com o nosso semelhante. Apesar de maravilhosos estes sublimes gestos de auxílio ao semelhante com a intenção de lhe proporcionar um melhor bem-estar, somos muitas vezes incompreendidos porque devido à actual conjuntura mundial, actos de bondade e generosidade são sempre observados com desconfiança e até mesmo repúdio por parte de terceiros. Isto por vezes deixa-me triste porque se algo me diz que posso contribuir para a felicidade e bem-estar de aquele semelhante, e ele rejeita veementemente a minha oferta que com tanto carinho e humildade eu lhe ofereci.

Após entrar neste maravilhoso universo do Reiki, o iniciado ficará também moralmente incumbido de ser mais um elemento para auxiliar na divulgação do Reiki no nosso país, na minha opinião. Desde já alerto que não é fácil pois devido ao conservadorismo que ainda predomina na maioria dos cidadãos, há uma certa relutância em aceitar as terapias oriundas do oriente observando-as com alguma resistência.

Quando por vezes me perguntam: Mestre de aqui a quanto tempo é que posso tirar o segundo nível; eu respondo da seguinte forma: caro amigo(a), não tenhas pressa de tirar o segundo nível. No Japão, país de origem do Reiki, os iniciados chegam a estar um, dois, cinco ou até mesmo dez anos até fazerem essa sintonização, ou seja, apenas são sintonizados quando o seu Mestre entender que já possuem os conhecimentos necessários para tal, cumprindo um certo número de itens por ele definidos como necessários e fundamentais para essa sintonização. Por isso e como a pressa nunca foi boa conselheira não tenham pressa em passar para o segundo nível e aguarde pelo momento certo, dado pela intuição e com uma necessidade profundamente sentida de auxílio ao seu semelhante.

Neste nível as aplicações feitas pelo iniciado a terceiros, centram-se no plano físico essencialmente.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Muita Energia Positiva...
Publicado por Viktor às 09:45
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 19 de Junho de 2008

Reikiano, o que é?

Quem trabalha com a técnica é um profissional,

Quem trabalha com a inspiração é um artista,

Quem trabalha com as mãos é um artesão,

Quem trabalha com a mente é um sábio,

Quem trabalha com a intuição é um místico,

Quem trabalha com o coração é um espiritualista,

Quem trabalha com a técnica, a inspiração, as mãos, a mente, a intuição e o coração é um Reikiano.

[Autor desconhecido]

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:48
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 11 de Junho de 2008

Meditação...

Apesar de se praticar há milhares de anos, a meditação tornou-se mais popular nas últimas décadas. Nos dias de hoje chega mesmo a ser prescrita por psicólogos, médicos e psiquiatras. Os efeitos por ela produzidos no dia-a-dia de quem pratica são muito benéficos física e mentalmente. As pessoas vulgarmente esquecem-se que a mente comanda o corpo e assim sendo, através de exercícios de meditação, estimulam as capacidades mentais e físicas, chegando mesmo a retardar o processo de envelhecimento. Através dela, o ser humano, entende melhor o universo e sente-se em maior harmonia com o mesmo. Ajuda a ter uma visão real do que nos rodeia, permitindo estabelecer a diferença entre a realidade e a miragem. Ajuda a manter a calma em todas as situações. Encoraja o conhecimento profundo dos outros, desenvolve a intuição e capacidade de previsão ou antevisão dos acontecimentos. Ajuda a apurar o sentido da responsabilidade. Ensina a obter prazer físico e mental, ao mesmo tempo que apura o sentido estético. Estabelece a interligação perfeita entre todos os nossos sentidos, bem como entre o ser e o universo, permitindo alcançar a paz de espírito, num mundo conturbado e inconstante.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Calor de Verão...
Publicado por Viktor às 07:30
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. A natureza da Alma

. Reflexão sobre Reiki…

. Força do Pensamento

. Um Marco na Vida

. Reikiano, o que é?

. Meditação...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007