.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Quinta-feira, 31 de Outubro de 2013

Reflexão: The power of Love

Caros leitores,

     De todas as energias e forças do universo a energia do Amor é a mais forte de todas. Todo o universo está a passar por um período de profundas mudanças que acabam por vir gerar ainda mais confusão mental, às mentes já algo conturbadas dos Seres humanos. Todas as semanas surgem fenómenos naturais no planeta (tsunamis, cheias, tremores de terra, incêndios, etc.) que perturbam as zonas afectadas do globo terrestre, às quais podemos acrescentar as atitudes dos seres humanos que, detentores de um certo poder, tentam “manipular” os destinos evolutivos do planeta. Esses conjuntos de pessoas que pretendem dominar o planeta são, como a maioria das pessoas sabe, as organizações secretas, países, estados, governos, grupos de guerrilha, religiões, enfim, uma grande variedade de organizações, que vão tentando manipular o Ser humano das mais variadas formas. Uns tentam através da força das armas, outros através do “poder” que lhes é conferido quando ocupam determinados lugares de organizações e outros através da religião comandando as pessoas através da mente.

     Na realidade esta reflexão era para abordar o tema Amor, mas senti a necessidade de escrever o parágrafo anterior para, na generalidade, lhes dar um exemplo global dos gestos e atitudes desprovidos de qualquer tipo de sentimento de Amor. Na verdade vivemos num planeta onde diariamente somos “obrigados” a lidar com esse tipo de gestos, desprovidos de amor, compaixão, humildade ou até mesmo humanidade, o que é triste e me leva a pensar: Mas que evolução teve a mente humana desde os nossos antepassados? (Pare de ler e pense um pouco na pergunta.)

     Em meu entender, o primeiro passo que devemos dar para podermos usufruir e usar a energia do Amor é amarmo-nos a nós próprios acima de tudo. Quando um Ser se ama impregna-se de Amor, passando a ser como um sol irradiando “raios” de luz e Amor em seu redor. Ao nos preenchermos com Amor vamos também dar um contributo fundamental para a nossa mente, de forma a termos pensamentos mais positivos, puros, humildes e humanos, sem segundas intenções e sem nunca querer prejudicar ninguém. Normalmente o Ser humano quando fala da palavra Amor utiliza-a associada à palavra Sexo, o que restringe imenso o verdadeiro sentido da palavra Amor, até porque sexo é algo que pode ser praticado com ou sem Amor, dependendo da maneira de ser de cada um. Veja-se o seguinte exemplo, ao longo da história algumas pessoas deram provas de verdadeiro Amor (Buda, Tao, Jesus, Madre Teresa de Calcutá, São Francisco de Assis, Santo António, entre outros) e quando se fala da vida e obra dessas pessoas nunca se fala de sexo, o que demonstra bem que Amor verdadeiro nada tem a ver com isso, estando apenas associado a isso quando se fala de Amor entre dois seres humanos especificamente (namorados, casados, etc.).

     Diariamente podemos colocar Amor em tudo o que fazemos, no trabalho, nas conversas, na socialização, nos gestos, nas atitudes, isto é o Amor Incondicional (uma dádiva desinteressada) praticada em prol do nosso semelhante, e acreditem que quando toda a humanidade praticar esse tipo de gestos, teremos sem dúvida um mundo muito melhor para todos os seres, onde predominará o Amor e a compaixão entre todos. Termino esta reflexão dizendo que uns gestos de Amor por dia, nem sabem o bem que lhes fazia.

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 21 de Abril de 2011

Feliz PÁSCOA para TODOS

A Páscoa (do hebraico Pessach, significando passagem através do grego Πάσχα) é um evento religioso cristão, normalmente considerado pelas igrejas ligadas a esta corrente religiosa como a maior e a mais importante festa da Cristandade. Na Páscoa os cristãos celebram a Ressurreição de Jesus Cristo depois da sua morte por crucificação (ver Sexta-Feira Santa) que teria ocorrido nesta época do ano em 30 ou 33 da Era Comum. O termo pode referir-se também ao período do ano canônico que dura cerca de dois meses, desde o domingo de Páscoa até ao Pentecostes.

Os eventos da Páscoa teriam ocorrido durante o Pessach, data em que os judeus comemoram a libertação e fuga de seu povo escravizado no Egito.

A palavra Páscoa advém, exatamente do nome em hebraico da festa judaica à qual a Páscoa cristã está intimamente ligada, não só pelo sentido simbólico de “passagem”, comum às celebrações pagãs (passagem do inverno para a primavera) e judaicas (da escravatura no Egito para a liberdade na Terra prometida), mas também pela posição da Páscoa no calendário, segundo os cálculos que se indicam a seguir.

A Páscoa cristã celebra a ressurreição de Jesus Cristo. Depois de morrer na cruz, seu corpo foi colocado em um sepulcro, onde ali permaneceu por três dias, até sua ressurreição. É o dia santo mais importante da religião cristã. Muitos costumes ligados ao período pascal originam-se dos festivais pagãos da primavera. Outros vêm da celebração do Pessach, ou Passover, a Páscoa judaica, que é uma das mais importantes festas do calendário judaico, celebrada por 8 dias e onde é comemorado o êxodo dos israelitas do Egito, da escravidão para a liberdade. Um ritual de passagem, assim como a "passagem" de Cristo, da morte para a vida.

A última ceia partilhada por Jesus Cristo e seus discípulos é narrada nos Evangelhos e é considerada, geralmente, um “sêder do pesach” – a refeição ritual que acompanha a festividade judaica, se nos ativermos à cronologia proposta pelos Evangelhos sinópticos. O Evangelho de João propõe uma cronologia distinta, ao situar a morte de Cristo por altura da hecatombe dos cordeiros do Pessach. Assim, a última ceia teria ocorrido um pouco antes desta mesma festividade.

No português, como em muitas outras línguas, a palavra Páscoa origina-se do hebraico Pessach. Os espanhóis chamam a festa de Pascua, os italianos de Pasqua e os franceses de Pâques.

A festa tradicional associa a imagem do coelho, um símbolo de fertilidade, e ovos pintados com cores brilhantes, representando a luz solar, dados como presentes. De fato, para entender o significado da Páscoa cristã atual, é necessário voltar para a Idade Média e lembrar os antigos povos pagãos europeus que, nesta época do ano, homenageavam Ostera, ou Esther – em inglês, Easter quer dizer Páscoa. Ostera (ou Ostara) é a deusa da Primavera, que segura um ovo em sua mão e observa um coelho, símbolo da fertilidade, pulando alegremente em redor de seus pés nus. A deusa e o ovo que carrega são símbolos da chegada de uma nova vida. Ostara equivale, na mitologia grega, a Deméter. Na mitologia romana, é Ceres.

Os termos "Easter" (Ishtar) e "Ostern" (em inglês e alemão, respectivamente) parecem não ter qualquer relação etimológica com o Pessach (Páscoa). As hipóteses mais aceitas relacionam os termos com Estremonat, nome de um antigo mês germânico, ou de Eostre, uma deusa germânica relacionada com a primavera que era homenageada todos os anos, no mês de Eostremonat, de acordo com o Venerável Beda, historiador inglês do século VII.

 

Páscoa no Judaísmo

Segundo a Bíblia (Livro do Êxodo), Moisés lançou 10 pragas sobre o Egito. Na última delas (Êxodo cap 12), disse Moisés que todos os primogênitos egípcios seriam exterminados (com a passagem do anjo da morte por sobre suas casas), mas os de Israel seriam poupados. Para isso, o povo de Israel deveria imolar um cordeiro, passar o sangue do cordeiro imolado sobre as portas de suas casas, e o anjo passaria por elas sem ferir seus primogênitos. Todos os demais primogênitos do Egito foram mortos, do filho do Faraó aos filhos dos prisioneiros. Isso causou intenso clamor dentre o povo egípcio, que culminou com a decisão do Faraó de libertar o povo de Israel, dando início ao Êxodo de Israel para a Terra Prometida.

A Bíblia judaica institui a celebração do Pessach em Êxodo 12, 14: Conservareis a memória daquele dia, celebrando-o como uma festa em honra de Adonai: Fareis isto de geração em geração, pois é uma instituição perpétua .

 

Tradições pagãs na Páscoa

Na Páscoa, é comum a prática de pintar-se ovos cozidos, decorando-os com desenhos e formas abstratas. Em grande parte dos países ainda é um costume comum, embora que em outros, os ovos tenham sido substítuidos por ovos de chocolate. No entanto, o costume não é citado na Bíblia. Portanto, este costume é uma alusão a antigos rituais pagãos. Ishtar ou Astarte é a deusa da fertilidade e do renascimento na mitologia anglo-saxã, na mitologia nórdica e mitologia germânica. A primavera, lebres e ovos pintados com runas eram os símbolos da fertilidade e renovação a ela associados. A lebre (e não o coelho) era seu símbolo. Suas sacerdotisas eram ditas capazes de prever o futuro observando as entranhas de uma lebre sacrificada. A lebre de Eostre pode ser vista na Lua cheia e, portanto, era naturalmente associada à Lua e às deusas lunares da fertilidade. De seus cultos pagãos originou-se a Páscoa (Easter, em inglês e Ostern em alemão), que foi absorvida e misturada pelas comemorações judaico-cristãs. Os antigos povos nórdicos comemoravam o festival de Eostre no dia 30 de Março. Eostre ou Ostera (no alemão mais antigo) significa “a Deusa da Aurora” (ou, novamente, o planeta Vênus). É uma Deusa anglo-saxã, teutônica, da Primavera, da Ressurreição e do Renascimento. Ela deu nome ao Shabbat Pagão, que celebra o renascimento chamado de Ostara.

 

A palavra Páscoa em várias línguas

  • Afrikaans - "Paasfees"
  • Alemão - Ostern
  • Árabe - عيد الفصح (ʿĪdcrisdutividade u l-Fiṣḥ)
  • Basco - Bazko
  • Búlgaro Великден ('Velikden)
  • Catalão - Pasqua
  • Espanhol - Pascua
  • Esperanto - Pasko
  • Finlandês - Pääsiäinen
  • Francês - Pâques
  • Friulano - Pasche
  • Geórgia- (Aghdgoma)
  • Grego - Πάσχα (Páscha)
  • Húngaro - Húsvét
  • Inglês - Easter
  • Irlandês - Cáisg
  • Islandês - Paska
  • Italiano - Pasqua
  • Japonês - イースター (Īsutā)
  • Latim - Pascha ou Festa Paschalia
  • Letão - Lieldienas
  • Neerlandês - Pasen
  • Norueguês - Påske
  • Polonês - Wielkanoc
  • Português - Páscoa
  • Romeno - Paşti
  • Russo - Пасха (Paskha)
  • Sueco - Påsk
  • Turco - Paskalya
  • Ucraniano - Великдень (Velykden')
Publicado por Viktor às 17:01
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 15 de Março de 2011

Eu Sou... ...Tu Es

Caros Irmãos,

      Há um slogan publicitário que diz: “Todos diferentes, todos iguais”, o que realmente é uma expressão que coloca as pessoas a pensar, pois sendo o termo utilizado pela “United Colors of Beneton” as pessoas interpretam o mesmo como referente apenas ao vestuário. Contudo, aquilo também se reporta ao Ser, porque na realidade somos iguais (na criação, origem e essência) e diferentes (devido à influência do plano mental em nós).

      Por mais que lhes tenham incutido o contrário, todos vocês são seres divinos, seres de luz, fonte de amor, com um coração bondoso e uma essência pura. Contudo existe em todos os seres vindos ao plano terrestre imensas condicionantes, umas que trazemos já implementadas em nós tipo chip e depois todas as outras que nos são introduzidas na mente pelos pais, professores, comunicação social, religião, governos, etc., o que nos afasta cada vez mais do nosso objectivo comum (o caminho em direcção ao plano divino, ou à felicidade suprema). O que acabei de lhes dizer são as principais barreiras na ascensão do Ser. Para todos aqueles que não sabem o que é ascensão significa, o caminho de descoberta interior (local onde se encontra a verdadeira essência do Ser).

      Neste momento de Transição, algo conturbado por alguns fenómenos naturais que surgem o que amedronta muitos seres, mas o que se esta a passar é apenas a Transição para o Novo Mundo. Mesmo que não compreenda bem o que lhe estou a dizer, não tema pois foi você mesmo que, no seu estado de consciência mais elevado, escolheu estar presente neste marco histórico da evolução universal. Neste momento a história é reescrita diariamente e você é parte integrante da mesma tal qual como uma personagem ao desempenhar uma peça de teatro, mas você representa no teatro da vida. Liberte-se das amarras do passado, não se preocupe em perder tempo a projectar o futuro, viva o presente, viva o momento e tire dele todo o prazer, vivendo com intensidade para que amanhã não lamente aquilo de que hoje não conseguiu desfrutar.

      Concentre-se em si mesmo, amando-se intensamente, porque você é como um sol que se alimenta de amor e quanto mais se amar, mais brilho, luz e amor conseguirá irradiar de si mesmo. Lembre-se de uma coisa, você nunca está só, pese embora sinta isso, mas esse é um sentimento proveniente de vibrações mais baixas da 3ª dimensão, mas você está constantemente acompanhada pelos seus guias e anjos que com atenção observam a sua evolução e respondem à sua vontade se os chamar ou se lhes pedir auxílio. Não os vê ou não os sente, é porque ainda não alcançou um “certo” estado de consciência universal, mas eles existem, são reais e estão lá. São seres elevados, com uma grande intensidade energética, que são como o vento, não se vê mas sente-se, apesar destes terem também a faculdade de se tornar visíveis quando autorizados para tal, pela hierarquia divina. Compreendo que nos dias de hoje ainda há quem seja assim, pois até no tempo em que Jesus Cristo esteve entre nós, um dos seus discípulos (Tomé) foi assim, por isso ele após a sua ressurreição voltou novamente a aparecer diante deles, naquilo que se define como uma aparição, para provar a veracidade da imortalidade do Ser e, neste caso, comprovando o que anteriormente disse. Termino deixando-lhe um conselho: Seja você mesmo, independentemente do que os outros dizem e pensam, porque isso são apenas pensamentos e palavras e como tal não nos devemos deixar afectar por tal. Seja imensamente Feliz repleto do Amor e da Compaixão da vida na Unicidade (não na dualidade) dos Seres, como partes integrantes de um Todo Divino universal.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: RFM
Publicado por Viktor às 14:15
Link | Comentar | ver comentários (9) | favorito
Quinta-feira, 30 de Setembro de 2010

No Teatro da Vida...

Caros leitores,

     A vida é como um teatro onde cada um de nós, “representa” um determinado papel, por si só escolhido no seu estado de consciência mais elevado. Enquanto Seres encarnados no plano terrestre, ficaram “condicionados” nas vossas verdadeiras capacidades, que ao longo dos tempos foram ocultadas à maior parte das pessoas, através do controlo mental “impingido” às pessoas através das religiões, dogmas e políticas.

     Estas e muitas outras situações nos são impostas diariamente das mais variadas formas, meios e feitios. Mas vamos lá pensar numa coisa, porque não tenho direito a ser feliz? A ter saúde? A ser aceite? A ter abundância? A ter paz? Pois, certamente estas e outras perguntas já lhe surgiram na mente, e que o fazem pensar no porquê das coisas inclusivamente no motivo que o trouxe cá a este planeta. Devido a este tipo de situações, as pessoas são impulsionadas a visionar o seu passado através da regressão ou de outro tipo de práticas. Mas qual é o interesse em saber que no seu passado foi um mendigo, um político, um médico ou um professor? Apenas mera curiosidade “alheia” que serve de alimento ao seu já grande ego. Podem pensar que eu não concordo com tal, mas em verdade lhes digo que não concordo nestes moldes, mas sim se tal for necessário para ultrapassar algum trauma ou fobia que trouxe gravado no seu perispirito. Tal como eu carrego a minha cruz, carreguem somente a vossa e libertem-se dos “fantasmas” passados que lhes impõem um peso maior à cruz. Vivam o aqui e agora saboreando o momento presente na sua plenitude, elevando assim a vossa vibração energética que lhe permite atrair para si outras coisas e Seres de dimensão superior. Consegues lá chegar porque todos nós somos seres divinos, anjos, seres de luz e que através da verdade e do amor vai seguir o seu caminho de ascensão.

     Desde tenra idade, mesmo antes de saber o que ia ser quando fosse adulto, sempre nutri um grande sentimento de amor e compaixão pelo meu semelhante. Fui crescendo passando pelas mais variadas e complicadas provações, em prol do meu desenvolvimento enquanto Ser humano do planeta Terra. Depois de um período de reflexão e meditação sobre a minha pessoa e sondando as profundezas do meu Ser, foi-me desvendada a minha missão: Ajuda & Partilha. Assim, com base nessa informação, defini um rumo e um papel para a minha vida, abraçando a causa tornando-me um trabalhador de luz. Aprendi várias técnicas com vários Mestres, e assim fui crescendo e evoluindo humildemente com o conhecimento que também vou adquirindo com aqueles que procuram nos meus ensinamentos um consolo ou solução para as suas situações. As aprendizagens das verdadeiras técnicas dão-nos as mais preciosas ferramentas para as nossas experiências reais, amadurecidas e exercitadas através de uma prática regular e consciente, pelo grande amor no coração e pela forte dedicação. Assim nasce um Mestre, que fez da seguinte expressão a sua bandeira: “Ajudai os pobres e enfermos, dando de graça aquilo que de graça recebes-te (Jesus)”.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Preparado para a Elevação...
Música: M80
Publicado por Viktor às 14:10
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 16 de Setembro de 2010

Por um Mundo Melhor…

Caros amigos,

Todas as pessoas dizem que gostariam de viver num mundo melhor, pois ninguém está 100% satisfeito com o que tem e com o que se passa à sua volta. Que bonito que seria, pois se assim fosse não existia inveja, intrigas, ódio, rancor, medo, mentira, guerra, roubo, mágoa e tristeza, entre muitas outras coisas. O ser humano viveria em pleno no Amor Incondicional numa harmonia recíproca entre todos os Seres. Mas infelizmente estamos muito longe deste patamar, pois o Ser Humano ainda necessita de muito conhecimento e elevação para atingir esse nível/patamar. Vamos então falar sobre as palavras acima ditas de forma a consciencializar as pessoas, fazendo-as reflectir um pouco sobre as atitudes e o quão emocionalmente reagem às circunstâncias.

Sobre a Inveja nada mais vou dizer, pois recentemente coloquei um post onde abordava esse tema.

Porque somos intriguistas? Não sabem o que é, eu explico. Intrigar é manejar uma trama com astúcia e cautela, com o objectivo de difamar ou maldizer determinada pessoa. Porque é que as pessoas são assim? Não têm consciência de que um dia também podem provar do seu “veneno”? As pessoas são assim porque não conseguem aquilo que querem e não suportando ver o seu semelhante “melhor” então tentam por todos os meios deitar por terra os outros. No universo há uma lei que se chama a Lei do Retorno, o que significa que tudo o que faz aos outros (positiva ou negativamente) mais tarde ou mais cedo vai receber de volta, pois o Deus é infinitamente bom mas também infinitamente justo.

Porque temos ódio? Já reparou que esse sentimento que diz nutrir por certa pessoa não é mais do que um bloqueio que você tem por não ter a capacidade de demonstrar o Amor e admiração que nutre pela mesma? O que seria de si se todas as pessoas nutrissem esse sentimento por si? Vamos aceitar o nosso semelhante como ele é, com todas as suas virtudes e defeitos, não pensando só em nós. Isto chama-se de Aceitação (tema também já aqui abordado num post).

Os medos foi um tema que já aqui abordei num outro post, por isso não vou estar agora a falar sobre tal.

Mentira, ilusão ou peta, tudo quer dizer o mesmo, mas porque o fazes? Das duas uma, ou faz para encobrir algo de errado que fez e não quer que outros tenham conhecimento ou então faz propositadamente para denegrir e ofender a imagem de outrem na sua integridade. Nenhuma das 2 situações é bonita, nem se coaduna com as leis universais cósmicas. Não me querendo alongar a explicar isto, apenas lhe digo uma coisa; quando pensar em Mentir, antes de o fazer coloque-se do outro lado e pense se gostaria que a atitude que vai tomar fosse executada por outros contra a sua pessoa!

Guerra, para quê? Isso é coisa de pessoas de baixo nível espiritual. Porquê matarem-se uns aos outros ao invés de passarem a pensar de uma forma colectiva e global e tomarem atitudes que beneficiem ambas as partes sem o detrimento de nenhuma delas?

Porque Roubamos? Quando partires levarás o que trouxeste, ou seja, Nada. Se grato por aquilo que tens respeitando os outros e assim o universo encarregar-se-á de retribuir de alguma forma.

Conclusão: “Em qualquer lugar quando todos ralham e criam uma discussão, todos falam mas ninguém tem razão”. Pois é, quero com isto dizer o seguinte, em vez de perdermos algum do nosso precioso tempo a falar de coisas fúteis, a criticar e a apontar, vamos reverter esse tempo para coisas boas em prol de todos. Mas para que isso seja possível, primeiro tem de começar por si, mudando o padrão de pensamento, a sua forma de estar e encarar o mundo, pois alterando o seu interior vais constatar exteriormente essas mudanças nas pessoas e no seu mundo. Termino deixando esta frase para sua reflexão: Antes de fazeres algo pensa que, o que aos outros fizermos, a nós o estamos a fazer.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:26
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 30 de Julho de 2010

O Pão da Vida

O que lhes vou transmitir é um relato verídico sobre um homem chamado Vítor.

     Depois de meses sem encontrar trabalho, viu-se forçado a recorrer à mendicidade para sobreviver, o que o entristecia e envergonhava muito.

Numa tarde fria de inverno, encontrava-se nas imediações de um restaurante de luxo, quando vê chegar um casal.

Vítor pediu-lhe algumas moedas para poder comprar algo para comer.

- Não tenho trocos - foi a resposta seca.

A mulher, ouvindo a resposta do marido, perguntou:

- Que queria o pobre do homem?

- Dinheiro para comer. Disse que tinha fome - respondeu o marido encolhendo os ombros.

- Lourenço, não podemos entrar e comer comida farta de que não necessitamos e deixar um homem faminto aqui fora!

- Hoje em dia há um mendigo em cada esquina! Aposto que ele quer é dinheiro para beber!

- Mas eu tenho uns trocos comigo. Vou dar-lhe alguma coisa!

Mesmo de costas para eles, Vítor ouviu tudo o que diziam. Envergonhado, queria afastar-se e fugir dali, mas a voz amável da mulher reteve-o:

- Aqui tem qualquer coisa. Consiga algo de comer, e, ainda que a situação esteja difícil, não perca a esperança: há-de haver, nalgum lugar um trabalho para si. Faço votos para que o encontre.

- Muito obrigado, minha senhora. A senhora ajuda-me a recobrar o ânimo! Nunca esquecerei a sua gentileza.

- Você vai comer o Pão de Cristo! Partilhe-o! - acrescentou ela com um largo sorriso, dirigido mais ao marido do que ao mendigo.

Vítor sentiu como se uma descarga eléctrica lhe percorresse o corpo.

Foi a um lugar barato para comer um pouco. Gastou só metade do que tinha recebido e resolveu guardar o restante para o dia seguinte: comeria do 'Pão de Cristo' dois dias.

Mas uma vez mais sentiu aquela descarga eléctrica a percorrer-lhe o corpo: O PÃO DE CRISTO!

"Um momento! - pensou - Eu não posso guardar o 'Pão de Cristo' só para mim".

Parecia-lhe como que escutar o eco de um hino antigo que tinha aprendido na catequese.

Naquele momento, passava um velhote ao seu lado.

- Quem sabe, se este pobre homem não terá fome também - pensou - Tenho de partilhar o 'Pão de Cristo'.

- Ouça - chamou Vítor - Quer entrar e comer uma comidinha quentinha?

O velho voltou-se e encarou-o de olhar incrédulo.

- Está a falar sério, amigo? O homem não acreditava em tanta sorte, até estar sentado à mesa coberta com uma toalha e com um belo prato de comida quente à frente.

Durante a refeição, Vítor reparou que o homem envolveu um pedaço de pão num guardanapo de papel.

- Está a guardar um pouco para amanhã? - Perguntou.

- Não, não. É conheço um miúdo da rua e que tem passado mal ultimamente. Estava a chorar com fome, quando o deixei. Vou levar-lhe este pão.

- O Pão de Cristo! - Recordou novamente as palavras da senhora e teve a estranha sensação de que havia um terceiro convidado sentado naquela mesa.

Ao longe, os sinos da igreja pareciam entoar o velho hino que antes lhe tinha ressoado na cabeça.

Os dois homens foram levar o pão ao menino faminto que o começou a devorar com alegria. Subitamente, deteve-se e chamou um cãozinho, um cachorrinho pequeno e assustado.

- Toma lá. Metade é para ti - disse o menino. O Pão de Cristo também chegará para ti.

O catraio tinha mudado de semblante. Pôs-se de pé e começou a correr com alegria.

- Até logo! - disse Vítor ao velho - Nalgum lugar encontrará emprego. Não desespere! Sabe? - sussurrou - Isto que comemos é o Pão de Cristo. Foi uma senhora que me disse quando me deu aquelas moedas para o comprar. O futuro só nos poderá trazer algo de muito bom!

Enquanto se afastava, Vitor reparou melhor no cachorrinho, que lhe farejava as pernas. Abaixou-se para o acariciar, quando descobriu que ele tinha uma coleira onde estava gravado o nome e o endereço do dono.

Vítor pegou nele e caminhou um bom bocado até à casa dos donos do cão, e bateu à porta.

Ao ver que o seu cãozinho tinha sido encontrado, o homem primeiro ficou todo contente; depois, tornou-se mais sério, pensando que se calhar o teriam roubado; mas, encarando a cara séria de Vítor e vendo no seu rosto um ar de dignidade, disse então:

- Pus um anúncio no jornal oferecendo uma recompensa a quem encontrasse o cão. Tome!

Vítor olhou o dinheiro, meio espantado, e disse:

- Não posso aceitar. Eu apenas queria fazer bem ao animal.

- Pegue-lhe! Para mim, o que você fez vale muito mais que isto! E olhe, se precisar de emprego, vá amanhã ao meu escritório. Faz-me falta, ao pé de mim, uma pessoa íntegra assim.

Vítor, ao voltar pela avenida, como que volta a ouvir aquele hino que recordava a sua infância e que lhe ressoava no espírito. Chamava-se 'REPARTE O PÃO DA VIDA'.

NÃO TE CANSES DE DAR, MAS NÃO DÊS SOBRAS,

DÁ COM O CORAÇÃO, MESMO QUE DOA.

QUE O SENHOR NOS CONCEDA A GRAÇA

DE TOMAR A NOSSA CRUZ E SEGUÍ-LO, MESMO QUE DOA!

     Jesus: Senhor, eu amo-te muito, e necessito de ti sempre: estás no mais profundo do meu coração.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 14:13
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 16 de Fevereiro de 2010

Servir mais, trabalhando mais

Sempre fazer mais, trabalhando mais.

O dia reaparece carregando preocupações ante a carga de lutas entretidas na véspera?

Servir mais, trabalhando mais.

Provações repontam, de improviso, anunciando empeços maiores ou desastre iminente?

Trabalhar mais, servindo mais.

Companheiros queridos nos deixam a sós, quando mais complexa é a nossa própria situação perante as responsabilidades que assumimos no bem de todos?

Servir mais, trabalhando mais.

Crises se nos articulam à frente, propondo-nos sacrifícios e obrigações que nos parecem impraticáveis?

Trabalhar mais, servindo mais.

Obscureceram-se caminhos e discórdias sobrevieram, impondo-nos a impressão de que nos achamos sob a influência dos inimigos da luz?

Servir mais, trabalhando mais.

Angústias, desapontamentos, decepções, embargos, exigências e frustrações nos surpreenderam de chofre...

O que era esperança é desencanto, o que era alegria fez-se amargura... O dia escurece, a força como que nos abandona ...

Tudo se nos afigura contrário à expectativa da hora primeira?

A solução a todos os problemas é trabalhar mais e servir mais.

Fora do trabalho, que se expressa em serviço ao bem geral, estamos connosco, mas, dentro do serviço que se expressa em trabalho constante no bem dos outros e na felicidade de todos, estamos e estaremos com Jesus.

Espírito: BATUÍRA

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 12:01
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

Mensagem do dia...

Mãe Santíssima!

Enquanto as mães do mundo são reverenciadas, deixa te recordemos a pureza incomparável e o exemplo sublime...

Soberana, que recebeste na palha singela o Redentor da Humanidade, sem te rebelares contra as mães felizes, que afagavam Espíritos criminosos em palácios de ouro, ensina-nos a entesourar as bênçãos da humildade.

Lâmpada de ternura, que apagaste o próprio brilho para que a luz do Cristo fulgurasse entre os homens, ajuda-nos a buscar na construção do bem para os outros o apoio de nossa própria felicidade.

Benfeitora, que te desvelaste, incessantemente, pelo Mensageiro da Eterna Sabedoria, sofrendo-lhe as dores e compartilhando-lhe as dificuldades, sem qualquer pretensão de furtá-lo aos propósitos de Deus, auxilia-nos a extirpar do sentimento as raízes do egoísmo e da crueldade com que tantas vezes tentamos reter inconformados e no desespero os corações que mais amamos.

Senhora, que viste na cruz da morte o Filho Divino, acompanhando-lhe a agonia com as lágrimas silenciosas de tua dor, sem qualquer sinal de reclamação contra os poderes do Céu e sem qualquer expressão de revolta contra as criaturas da Terra, conduz-nos para a fé que redime e para a renúncia que eleva.

Missionária, salva-nos do erro.

Anjo, estende sobre nós as níveas asas!...

Estrela, clareia-nos a estrada com teu lume...

Mãe querida, agasalha-nos a existência em teu manto constelado de amor!...

E que todas nós, mulheres desencarnadas e encarnadas em serviço na Terra, possamos repetir, diante de Deus, cada dia, a tua oração de suprema fidelidade:

“Senhor, eis aqui tua serva, cumpra-se em mim segundo a tua palavra.”

Espírito: Anália Franco

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 14:14
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 26 de Janeiro de 2010

Trocas Energéticas

Diariamente trocamos ideias, pensamentos, contactos e olhares com outras pessoas, numa interactividade energética constante. Quer vocês acreditem ou não, somos corpos energéticos e mantemos intercâmbios constantes de energia uns com os outros.

Além disso a energia de cada um é diferente e não se manifesta da mesma forma ao longo de toda a nossa vida. Sofre mutações consoante algumas mudanças provocadas nos nossos estados emocionais (alegria/tristeza/amor), mentais (preocupado/tranquilo) e espirituais (contratos/guias). Assim sendo, devemo-nos pautar por uma conduta positiva de Amor Incondicional e Partilha com o nosso semelhante, para que essas energias tenham uma vibração suave, doce e relaxante que actuem profundamente ao nível microscópico celular.

Certamente algum dia, estando vocês bem dispostos, chegaram a um determinado local ou tiveram um encontro com uma certa pessoa que, além de algum mau estar criado parece que vos sugou a energia deixando-vos cansados! Uma coisa vos digo, isso pode acontecer. E porque acontece? Acontece porque a pessoa que vos provocou essa interactividade energética encontra-se energeticamente carente e nesse caso se vocês forem Reikianos, perguntem à pessoa se está bem e facultem-lhe alguma energia por vocês canalizada, pois além de ajudarem a pessoa, estão a impedir que a mesma vos “saque” a vossa energia.

Por isso queridos Reikianos, vamos canalizar as nossas energias e pensamentos para o bem-estar comum supremo universal, para que assim a nossa luz energética seja cada vez mais intensa, irradiando feixes de luz energética para todos aqueles que de alguma forma estabelecem contacto connosco (visual, verbal, físico).

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 14:44
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 30 de Novembro de 2009

O Plano Psíquico

As pessoas devem compreender que o denominado "plano psíquico" nada tem a ver com a Espiritualidade. É unicamente uma faculdade da consciência humana que pode ser posta em jogo por aquelas pessoas que lhe prestarem suficiente atenção. Porém, adverte-se àquele que deseja entrar sozinho no plano psíquico, consciente ou inconscientemente, é melhor que não houvesse vindo a esta encarnação, pois a fascinação dos fenómenos psíquicos é tão impregnante, que todo aquele que se ancora neste plano, não se liberta dela nesta encarnação; pode necessitar de várias encarnações para libertar-se.

Em todo nível de consciência há um fragmento da Verdade não compreendida, pois, se não houvesse, não seria possível sustentar-se (só a Verdade é eterna: a mentira existe, é possível, porém transitória). Deveis compreender que em todas as coisas, em toda actividade há mais ou menos energia divina em acção, talvez mal usada, porém em acção.

A pessoa sincera não prestará atenção aos fenómenos psíquicos visuais ou auditivos e deve compreender que deve atravessá-los directamente, pelo poder de sua vontade interior (a chama azul) e sua determinação, e entrar no Cinturão Electrónico onde se expressa unicamente a Verdade.

Amado ser, enquanto explico este assunto, que é necessário, quero que tomeis a resolução de não sentir temor algum. Dentro do nível psíquico do pensamento e sentimento actua o que se conhece como "a força sinistra" neste mundo. Algumas vezes, almas que alcançaram esplêndidas vitórias interiores, não compreendendo a realidade do que estou mencionando, permitiram que sua atenção se detivesse ou fosse atraída para este nível, pelo fato de terem as suas faculdades físicas despertadas prematuramente; e ainda pela razão de que uma semelhança da Verdade e alguns fenómenos lhes foram apresentados para atrair sua atenção. Mas, se prestarem a devida atenção, verão que essa semelhança com a Verdade desaparece.

Um dos atributos mais fascinantes deste plano é o das falsas profecias, as quais fazem com que o indivíduo faça outras mais audazes ainda. De vez em quando se cumpre alguma para manter a atenção mais fortemente. Junto com isto, há uma substância que é introduzida no cérebro (não posso explicar mais agora), o que torna impossível, mesmo ao mestre, interferir para ajudar, porque implicaria actuar contra o livre-arbítrio da pessoa que aceitou a situação. Há alguns casos em que a pessoa compreende o erro antes que seja demasiado tarde, e ante a sua intensa chama­da para ser libertado, um dos Irmãos é enviado para esse fim.

Ocasionalmente, há alguém que por sua grande pureza passa através deste plano sem conhecê-lo ou contactá-lo. Este indivíduo é realmente muito feliz. As forças neste plano trabalham directamente sobre a natureza sensorial e sobre as paixões do indivíduo, porque é mais fácil chegar ali.

Aqueles que perderam o poder controlador (domínio) sobre as suas paixões, ira ou sexo, se enredaram na esfera psíquica do pensamento e sentimento e abriram assim as portas de seus belos e maravilhosos Templos de Deus.

Através destas portas abertas, essas forças psíquicas penetram intensificando as suas paixões até uma condição incontrolável. Melhor seria que o indivíduo pisasse ma cobra-cascavel. Uma vez enredado nesta esfera psíquica, quase sempre fica preso por muitas encarnações.

Porquê isto? Porque imprimem gravações nos seus mundos mentais, das quais não se sabem libertar. Portanto, estas almas nascem de novo com iguais tendências até depois do segundo e terceiro nascimento. São as criaturas depravadas que podem ser encontradas em qualquer lugar que se vá.

Às vezes, a influência é suficientemente maliciosa para se ocultar do mundo exterior durante muito tempo, efectuando a sua obra nefasta em segredo. E aqui está a mais lamentável parte desta situação, que aparenta ser oculta, porém não está.

Nos mais altos planos há grandes e belas almas que, voluntariamente, descem a este plano para ajudar, através de suas radiações, a desligar a humanidade deste estado psíquico. Há voluntários masculinos e femininos, porém a maioria é feminina.

Há belas almas encarnadas em corpos femininos que se unem em matrimónio exterior com uma alma masculina que se encontra emaranhada nesta condição psíquica, para libertá-la.

Se uma pessoa disposta a contrair matrimónio, antes de dar esse passo, evocasse o Deus Interior dizendo: "Se este casamento tem por base um desejo passional, que não se efectue", grandes desgraças e sofrimentos seriam evitados.

E agora a parte essencial de tudo isto: Aqueles que por seus próprios esforços ou pela instrução que recebem, chegam a compreender exactamente o que significa a "Magna Presença EU SOU", ou seja, o verdadeiro Ser de cada um, se firmarem esta verdade, nunca mais serão arrastados a estas discórdias, a menos que se ofereçam para servir, voluntariamente, de acordo com os Mais Altos Planos de Actividade, onde sabem exactamente o que estão fazendo. Nos períodos de guerra que mais facilmente se abrem as portas ao plano psíquico. Por esta razão se observou que depois das guerras há uma maior manifestação de paixões incontroláveis do que em qualquer outro momento. O conhecimento do plano psíquico não deve causar temor especial a ninguém. Se em dado momento as pessoas se tomarem conscientes de estar atravessando este plano, devem, instantaneamente, afirmar: "Eu Sou a Presença Mestra controladora e sempre vitoriosa", e instantaneamente se encontrarão com toda a força necessária para enfrentar as aparências e atravessá-las serenamente, sem temor".

Jesus sugeriu que esta explicação seja dada a todos as pessoas quando entram na Radiação Tríplice. Esta Radiação Tríplice significa que Ele sempre carrega Sua Radiação com a Tríplice Actividade do Pai, do Filho e do Espírito Santo ou a "Presença Eu Sou").

Fonte: O livro de Ouro de Saint Gernain

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 10:18
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 23 de Setembro de 2009

Reiki uma História…

Estado de Espiríto: Repleto de Amor Incondicional
Publicado por Viktor às 09:19
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Segunda-feira, 21 de Setembro de 2009

Mundos de Escolaridade

Os mundos de escolaridade são de natureza idêntica ao nosso planeta. Chegam até eles, por várias razões, espíritos de várias classes para promover, entre si, o intercâmbio de conhecimentos intelectuais, morais e espirituais.

A Terra é um mundo de escolaridade em que as dezassete primeiras classes da série de trinta e três promovem a sua evolução, partindo da primeira e chegando à décima sétima, em períodos que variam muito, de espírito para espírito, mas que se elevam, sempre, a milhares e milhares de anos.

Para a ascensão de uma classe a outra imediatamente superior, não existem privilégios nem protecções. O princípio de justiça funda-se na lei da igualdade. Todos têm de enfrentar idênticas dificuldades e chegar ao triunfo pelo próprio esforço.

O mau aproveitamento de uma encarnação resulta, inabalavelmente, na necessidade de a repetir, tendo o espírito de passar pelas mesmas atribulações até conseguir dominar os vícios e as fraquezas e recuperar o tempo que perdeu.

No mundo que lhe é próprio o espírito tem conhecimento do que se passa nos mundos das classes inferiores à sua, mas ignora o que ocorre nas superiores.

Constatando, porém, as enormes vantagens da ascensão a classes mais elevadas, vive sob o incontido desejo de passar para a frente, a fim de alcançar novos conhecimentos e conquistar mais amplos atributos espirituais.

No mundo correspondente à sua classe, o espírito traça os planos para a nova encarnação que deseja, ardentemente, aproveitar ao máximo. A sua maior esperança é não perder tempo na Terra, não fracassar, não tornar inútil o sacrifício de encarnar.

Os espíritos das classes inferiores, especialmente os da primeira, encarnam sob a orientação de outros mais evoluídos. Esses espíritos são como as crianças que precisam de quem as acompanhe ao Jardim-de-infância.

Nos mundos de escolaridade, as emoções fazem parte da vida quotidiana. Essas emoções são experimentadas, indistintamente, por todos os seus habitantes. Quando o homem se torna superior às sensações da pobreza e da fortuna que completam o quadro das referidas emoções, aí sim, o sentido da vida espiritual começa nele a despertar.

À medida que evolui, o espírito vai-se tornando conhecedor das coisas do Espaço. Se na Terra tanto há que aprender, muito mais, ainda, no Universo. A este, oferece campo o Espaço. O Universo, porém, representa a evolução em marcha.

Prendem-se umas às outras — como elos de uma só corrente — estas três expressões: Espaço, Universo e Evolução. Pesquisar o Espaço, por isso, é estudar o Universo e reconhecer a Evolução.

Há um dever que a todos atinge por igual: Trabalhar para evoluir. Cada qual precisa ocupar o seu lugar e esforçar-se por dar conta das suas atribuições, certo de que tem no Espaço uma posição definida e insubstituível.

Milhões de espíritos encarnados no planeta sentem-se apreensivos por falta de uma bússola norteadora.

Se a que Jesus trouxe, há cerca de vinte séculos, não tivesse sido parcialmente dissipada pela ganância especuladora, muitos e muitos milhões de seres ainda encarnados teriam, há muito, concluído o curso na Terra, e estariam a exercer as suas actividades noutras regiões do Espaço. Tempo perdido não se recupera. É como as águas passadas que não movem moinhos. Ao Racionalismo Cristão cabe uma grande e sublime missão, ainda que bem árdua e por muitos não compreendida: restabelecer a Verdade e reimplantar os magníficos ensinamentos de Jesus na Terra.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:06
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 1 de Setembro de 2009

Lesões Afectivas

Um tipo de auxilio raramente lembrado: o respeito que devemos uns aos outros na vida particular.

Caro é o preço que pagamos pelas lesões afectivas que provocamos nos outros.

Nas ocorrências da Terra de hoje, quando se escreve e se fala tanto, em torno do amor livre e do sexo livre, muitos poucos são os companheiros encarnados que meditam nas consequências amargas dos votos não cumpridos.

Se habitas um corpo masculino, conforme as tarefas que te foram assinaladas, se encontraste essa ou aquela irmã que se te afinou com o modo de ser, não lhe desarticules os sentimentos, a pretexto de amá-la, se não estás em condição de cumprir a própria palavra, no que tange a promessas de amor. E se moras presentemente num corpo feminino, para o desempenho de determinadas actividades, se surpreendeste este ou aquele irmão que se harmonizou com as tuas preferências, não lhe perturbes a sensibilidade sob a desculpa de desejar-lhe a protecção, caso não estejas na posição de quem desfruta a possibilidade de honorificar os próprios compromissos.

Não comeces um romance de carinho a dois, quando não possas e nem queiras manter-lhe a continuidade.

O amor, sem dúvida, é lei da vida, mas não nos será lícito esquecer os suicídios e homicídios, os abortos e crimes na sombra, as retaliações e as injúrias que dilapidam ou arrasam a existência das vítimas, espoliadas do afecto que lhes nutria as forças, cujas lágrimas e aflições clamam, perante a Divina Justiça, porque ninguém no mundo pode medir a resistência de um coração quando abandonado por outro e nem sabe a qualidade das reacções que virão daqueles que enlouquecem, na dor da afeição incompreendida, quando isso acontece por nossa causa.

Certamente que muitos desses delitos não estão catalogados nos estatutos da sociedade humana; entretanto, não passam despercebidos nas Leis de Deus que nos exigem, quando na condição de responsáveis, o resgate justo.

Tangendo este assunto, lembramo-nos automaticamente de Jesus, perante a multidão e a mulher sofredora, quando afirmou, peremptório: "aquele que estiver isento de culpa, atire a primeira pedra".

Todos nós, os espíritos vinculados à evolução da Terra, estamos altamente comprometidos em matéria de amor e sexo, e, em matéria de amor e sexo irresponsáveis, não podemos estranhar os estudos respeitáveis nesse sentido, porque, um dia, todos seremos chamados a examinar semelhantes realidades, especialmente as que se relacionem connosco, que podem efectivamente ser muito amargas, mas que devem ser ditas.

Espírito: EMMANUEL

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Momentos de Ouro

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:57
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Domingo, 16 de Agosto de 2009

Educação

Educa o terreno e terás o pão farto.

Educa a árvore e receberás a bênção da fartura.

Educa o minério e obterás a utilidade de alto preço.

Educa a argila e plasmarás o vaso nobre.

Educa a inteligência e atingirás a sabedoria.

Educa as mãos e acentuarás a competência.

Educa a palavra e colherás simpatia e cooperação.

Educa o pensamento e conquistas-te a ti mesmo.

Sem o alfabeto anoitece o espírito.

Sem o livro falece na cultura.

Sem o mérito da lição a vida seria animalidade.

Sem a experiência e a abnegação dos que ensinam, o homem não romperia as faixas da infância.

Em toda parte, vemos a acção da Providência Divina, no aprimoramento da Alma Humana.

Aqui é o amor que edifica. Além, é o trabalho que aperfeiçoa. Mais adiante é a dor que regenera.

Meus amigos, a Terra é nossa escola milenária e sublime. Jesus é o Nosso Divino Mestre. O espiritismo sobretudo, é obra de educação. Façamos da educação com o Cristo, o culto de nossa vida, para que a nossa vida possa educar-se e educar como Senhor, hoje e sempre.

Espírito:EMMANUEL

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Taça de Luz

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:00
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 5 de Agosto de 2009

No Reino da Palavra

Não grite.

Conserve a calma.

Use a imaginação sem excesso.

Fale com inteligência, sem exibição de cultura.

Responda serenamente a todas as questões difíceis.

Evite a maledicência.

Fuja a comparações, a fim de que seu verbo não venha a ferir.

Abstenha-se de todo adjectivo desagradável para pessoas, coisas e circunstâncias.

Guarde uma frase sorridente e amiga para todas as situações inevitáveis.

Recorde que Jesus legou o Evangelho, exemplificando, mas conversando também.

Espírito: ANDRÉ LUIZ

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Aulas da Vida

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 05:33
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão: The power of Lo...

. Feliz PÁSCOA para TODOS

. Eu Sou... ...Tu Es

. No Teatro da Vida...

. Por um Mundo Melhor…

. O Pão da Vida

. Servir mais, trabalhando ...

. Mensagem do dia...

. Trocas Energéticas

. O Plano Psíquico

. Reiki uma História…

. Mundos de Escolaridade

. Lesões Afectivas

. Educação

. No Reino da Palavra

. Mensagem do Dia

. O Grande Doador

. O Egoísmo

. Problemas do Mundo

. Apelo Fraternal

. Segue Somente o CRISTO

. CARIDADE – A Nossa Bandei...

. Deus está Presente…

. Para Além da Terapia...

. Rogando Paz

. A Adolescência

. Diferentes estados da Alm...

. Reiki vs Bíblia

. Confiando e Servindo

. TÉCNICAS DE ENVIO DE REIK...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007