Quarta-feira, 17 de Dezembro de 2008

A Experiência fora do Corpo

A experiência fora do corpo é uma projecção em tempo real próxima ao mundo físico. Essa frequentemente ocorre como parte de uma experiência de quase morte. É quando a pessoa é retirada de seu corpo por causa de algum tipo de trauma severo, exemplo: um acidente de carro, cirurgia, ataque cardíaco, o nascimento de uma criança, etc. Aqueles que tem essa experiência ficam cientes das coisas que acontecem no mundo real, em tempo real, tais como: conversas e eventos ocorridos ao redor de, ou próximo a, seus corpos físicos. Em muitos casos, esses eventos e conversas são precisamente relatados pelas pessoas após terem retornado a seus corpos.

Nota: A experiência fora do corpo é ligeiramente diferente da projecção astral ou sonho lúcido devido a seu aspecto objectivo de tempo real. Isto é causado pelo corpo astral contendo uma grande quantidade de matéria etérea, o que o mantém próximo ao mundo físico.

Existem duas causas principais da experiência fora do corpo em tempo real:

O corpo da pessoa está próximo da morte, ou pensa que está, o que faz com que uma grande quantidade de matéria etérea seja canalizada para dentro do corpo astral na preparação para o processo de morte. A pessoa possui chakras activos que estão fazendo algo similar. (canalizando matéria etérea para dentro do corpo astral). Ter chakras activos pode ser uma habilidade natural, ou ela pode ser desenvolvida com treino.

Nota: Você pode fazer projecção conscientemente, e ter uma experiência fora do corpo em tempo real se matéria etérea suficiente for gerada pelos chakras. Em uma projecção em tempo real, a realidade é percebida como objectiva (real) e o tempo é normal (tempo real).

Tecnicamente, quando você faz projecção dentro do mundo físico em tempo real como em uma experiência fora do corpo, ela ocorre realmente dentro da área limiar da zona intermediária, entre as dimensões física e astral. Se o corpo astral contiver suficiente matéria etérea ele pode existir apenas ligeiramente fora de fase da realidade. Isso significa que a projecção é em tempo real é tão próxima da dimensão física que é indistinguível dela.

Existem fortes barreiras naturais a projecção consciente em tempo real, a experiência fora do corpo, no mundo físico. A quantidade da matéria etérea produzida e canalizada para o corpo astral é uma delas. Ela limita a duração de qualquer projecção em tempo real ao grau de controle e desenvolvimento do chakra.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 01:17
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

Portugal - Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. A Experiência fora do Cor...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007