.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Terça-feira, 8 de Julho de 2014

Reflexão do dia…

Caríssimos,

     Aquilo que define como “fase de transição planetária” é um fenómeno que se dá à escala global e que afecta todos os seres que habitam o planeta, sem excepção. A cada dia que passa mais pessoas sofrem de problemas do foro mental, problemas esses que para a indústria farmacêutica resultam em cada vez mais lucros e benefícios.

     E se um dia eu lhe disser que você é o maior responsável pelos seus problemas de saúde mental, o que diria?    [pense um pouco antes de continuar a ler]

     Desde sempre o Ser humano sempre quis deter o “poder”, numa competição constante entre seres, gerações, povos, países e continentes. Nesta “guerra” começou por usar as “armas” mais rudimentares até às mais evoluídas, mas o uso da força começou a ser condenado pelos povos. Isso fez com que, aquelas “sociedades secretas” que pretendem alcançar poder a “qualquer custo”, se vissem “obrigadas” a utilizar outras técnicas para “controlar” as populações. A partir desse momento a comunicação social passou a desempenhar um papel fundamental, principalmente quando a mesma é controlada por órgãos governamentais, fazendo com que toda a informação tenha de passar pelo crivo da censura.

     É assim que ao longo dos tempos as “sociedades secretas” têm comandado os destinos da humanidade, através do conhecimento global que vão colocando ao dispor da generalidade da sociedade. Dessa forma vão “manipulando” a opinião pública sobre os mais variados assuntos, fazendo também com que a maioria das pessoas se tenha tornado “dependentes” dessa informação facultada. Estas e outras coisas que, ao longo do tempo, tenho descrito nos meus textos, são manobras psicológicas com o intuito de “controlar” a mente humana, no que diz respeito a opiniões e atitudes, tal como acontece na chamada “guerra santa” entre muitas outras coisas. Reparem no seguinte, já foram descobertas curas de doenças “incuráveis” mas porque é que essa informação foi “abafada”? Porque é que ao longo dos tempos a verdade tem sido ocultada da maioria dos seres? [pense um pouco sobre estas questões]

     Todos estes factores têm contribuído para a instabilidade mental da generalidade da humanidade, funcionando psicologicamente como software que se instala na nossa mente, obstruindo o pensamento livre do ser humano. Se compararmos a nossa mente a um disco de computador, todas as falsas crenças, dogmas, mentiras, ilusões e todas as ideias negativas são software malicioso (vírus, cavalos de Tróia, malware). Todas estas coisas e muitas outras têm influência no nosso plano físico, pois este é comandado pelo nosso plano mental, o qual contém “a tal” informação (que frisei anteriormente), as nossas convicções, ideais, dogmas, fé, crenças e todos os outros pensamentos mais ou menos positivos.

     Vamos ser livres libertando-nos dessas amarras mentais, pois parece que a humanidade anda adormecida, num estado de hipnose colectiva. Dê importância a quem deve de dar (assim evita sofrimentos desnecessários), preencha-se de amor (eu amo-me e tu?), transmita esse amor (a todos os que o rodeiam), liberte-se dos apegos (maior fonte de sofrimento na Terra), pratique a caridade (ajudar outro é ajudar-se a si mesmo), seja gentil com os outros (respeite e trate o seu semelhante da mesma maneira que gostaria de ser tratado), procure a verdade dos factos e tire você mesmo as suas conclusões das coisas (não seja do tipo: “Maria vai com as outras”), aceite os outros como são (nem sempre é fácil, mas se for muito difícil ignore), seja feliz e assim poderá fazer felizes os outros.

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz...
Publicado por Viktor às 14:37
Link | Comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Novembro de 2011

Palavras, e o resto?

Caros irmãos,

     Ao longo dos tempos, todos os seres vão aqui e ali proferindo bonitas palavras. Muitas vezes essas palavras são ditas para agradecer, ajudar, transmitir afetos, ternura, carinho, compaixão e amor, e qual é o efeito que isso tem nas pessoas? Sem dúvida que psicologicamente tem um bom efeito, mas por si só é insuficiente.

     Cada vez que se pergunta a uma pessoa (seja em que ponto do globo terrestre): “O que deseja para o planeta?”, a grande maioria responde: “Um planeta sem guerras, sem fome, sem pobreza, com muito amor, paz e prosperidade para todos.”. Sem sombra de dúvida que são desejos e sentimentos nobres, mas como e porque são ditos? São proferidos para se ficar bem “na fotografia”, porque socialmente tem um certo valor, porque “fica bem” e é bonito dizerem-se essas coisas.

     Irmãos, se as palavras matassem a fome, então era inexistente no planeta Terra, mas essas pessoas “mais desfavorecidas” necessitam bem mais de ações do que palavras. Se cada um de nós der um pouco do que tem e de si mesmo, podemos fazer deste um mundo melhor, mais social, mais positivo, com mais amor entre os seres, se cada um der o seu contributo. Vamos ter a coragem e passar das palavras aos atos, e vão poder constatar a felicidade interior que se apodera de vocês através da prática de atos altruístas, da dádiva de amor desinteressada. Vamos todos em conjunto fazer deste um mundo melhor, pois muitos anjos têm as assas amarradas, ficando extremamente condicionados. Vamos-lhe devolver a liberdade, libertando-os dessas amarras que os impede de “voar” como seres livres, donos dos nossos sonhos, pensamentos e do nosso caminho.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:31
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 18 de Novembro de 2011

Atitudes...

Queridos irmãos,

     Em todos os momentos da nossa existência, todos os seres agem e reagem através das atitudes. As mesmas podem ser verbais, gestuais ou comportamentais. Por vezes somos incompreendidos ou mal interpretados nas nossas palavras ou gestos, o que acaba por nos provocar algum aborrecimento. Sabe porque razão este feedback menos positivo lhe provoca esses sentimentos? Porque todo o Ser Humano tem por hábito ver os outros à sua imagem e semelhança, logo cada um tem formas de reagir diferentes, pois até perante a mesma situação a atitude varia consoante o “estado de espírito” que a pessoa se encontra naquele momento.

     Mais uma vez podemos constatar a importância do controlo mental nas nossas atitudes. Uma pessoa tendencialmente negativa observa e transmuta todas as palavras positivas que lhe dizemos em palavras negativas, o que em muitos casos gera uma interpretação errada das sugestões positivas que lhe são feitas (digo sugestões, porque o livre arbítrio da pessoa é quem sempre decide a atitude a tomar).

     Vamos todos ter uma atitude positiva sobre a vida e tudo o que nos rodeia, pois essa forma de estar permite-lhe elevar a sua vibração energética, o que o faz irradiar boas energias o que faz com que atraia para si coisas mais positivas também. Seja positivo e deixe de se lamentar tanto, pois cada um de nós é o principal arguido no julgamento da sua vida.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 15:30
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 19 de Novembro de 2010

Conversas com a Alma *Liberdade*

Meu “Eu Sou” Superior,

         Liberdade é um estado que qualquer Ser humano gosta de ter, mas será que sou livre? Será que posso fazer o que quero? Será que posso seguir os meus mais puros e nobres sentimentos? Será que sou dono e senhor da minha vida e destino? Será que profissionalmente sou aquilo que realmente gosto? Será que aquela com quem escolhi compartilhar a vida me dá liberdade? Será que dou liberdade aos outros? Como alcançar a Liberdade?

Caro Viktor,

         “…mas será que sou livre?”

Esse é um juízo que tu irás fazer de ti próprio, depois de ouvires as respostas às questões seguintes.

         “Será que posso fazer o que quero?”

Se fizeres o que tens vontade de fazer, sem nenhum tipo de factor condicionante (situação ou pessoa), agindo em consciência em prol da tua pessoa e sem prejudicar nada nem ninguém então podes, ou então se for um trabalho altruísta baseado no Amor Incondicional e na dádiva desinteressada.

         “Será que posso seguir os meus mais puros e nobres sentimentos?”

Seguir os teus sentimentos é um bonito acto, mas deverás ter sempre em linha de conta as leis morais universais, principalmente quando há envolvimento de outros Seres.

         “Será que sou dono e senhor da minha vida e destino?”

Viktor, ser dono da vida e do destino é definir o seu percurso no caminho de ascensão em direcção a Deus, norteando-se pelas Leis Cósmicas Universais, sem pressas nem atropelos, sem prejudicar ninguém. Em verdade te digo que se te for possível ir auxiliando aqueles que ao longo do caminho vais encontrando no chão (cansados, atrapalhados, perdidos, desmotivados) servindo para eles como uma luz, um farol, um guia, também te estás a auxiliar a ti mesmo.

         “Será que profissionalmente sou aquilo que realmente gosto?”

Viktor, só tu mesmo é que podes constatar isso, pois isso é uma questão de realização, pois se te sentires realizado com o que fazes significa que gostas, e se gostas é porque felizmente tires-te a oportunidade de escolher o teu caminho profissional, porque há muitos que trabalham por necessidade, mesmo fazendo o que não gostam, que em termos de saúde não é recomendável.

         “Será que aquela com quem escolhi compartilhar a vida me dá liberdade?”

Se a pessoa em causa te dá liberdade para fazeres o que gostas, sempre com o devido respeito pelas regras morais universais que norteiam esse tipo de situação, então essa pessoa dá-te liberdade.

         “Será que dou liberdade aos outros?”

Todos merecem ser livres, e não dar liberdade aos outros significa ter sentimentos de posse sobre a pessoa, o que resulta no Apego. Ninguém é dono de ninguém, mesmo de aqueles que amamos (incluindo familiares e filhos). Treinar o desapego às pessoas é dar liberdade às mesmas, porque aqueles que por ti nutrem verdadeiros sentimentos voltam sempre a cruzar-se contigo no teu caminho. Títulos de propriedade só existem no planeta terra e sobre bens e não sobre pessoas.

         “Como alcançar a Liberdade?”

O Ser humano nasce logo à nascença com uma série de condicionalismos que são como amarras que os prendem aos velhos paradigmas e crenças, impostos pela educação e pela própria sociedade. Há ainda também os governos e religiões que “ocultamente” pretendem comandar as pessoas através das mentes, tal como um pastor comanda um rebanho de ovelhas. Exercer a sua liberdade é viver solto desses paradigmas, é pensar por si mesmo em vez de fazer simplesmente porque os outros também fazem. Seja criativo, siga a sua intuição, respeite todos os seres, pense colectivamente nunca descorando a sua integridade como Ser, e libertando a sua essência divina verificará que o mundo à sua volta também irá mudar.  

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:47
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Segunda-feira, 4 de Outubro de 2010

Perdidos… Sós… Tresmalhados…

Caros irmãos,

Muitos de vós, por vezes já se colocaram as seguintes questões: Porque estou aqui? O que sou?

Em verdade lhes digo que todos nós somos seres divinos, anjos, seres multidimensionais capazes dos maiores e mais nobre feitos. Aquilo que nós chamamos de corpo, não é mais do que um “fato de macaco”, o qual temos de usar para podermos estar aqui no planeta Terra, mas que é um grande fardo para cada um de nós, pois encontra-se muito limitado mas suas verdadeiras capacidades, pois até a própria comunidade cientifica diz que nós só usamos 10% da nossa capacidade cerebral. Todos nós estamos cá com o objectivo de evoluirmos segundo as Leis Universais, tais como a lei da atracção, da criação, da permissão, da liberdade de escolha, e não através das leis obtusas da humanidade, que tendem sempre a proteger uns em detrimento de outros. Ao praticar-mos as leis divinas, nuca ficaremos desamparados, mesmo que em momentos conturbados o nosso plano mental queira constantemente dominar a nossa alma, haverá sempre alguém algures que ouvindo o seu sinal de alerta, abre as assas e parte em seu socorro, na unidade e na verdade. Como seres energéticos que somos, vamos olhar para o lado e ver o nosso semelhante como nosso irmão, fazendo-lhe o que gostaríamos que fosse feito para nós, porque o que lhe fizeres a ti o estarás a fazer. Praticar o amor e a caridade para com os outros é fazer deste local um mundo melhor para nós e para eles, trabalhando assim na Unidade, em detrimento da dualidade que cria desavenças, intrigas, mentiras, ódio, rancor enfim, tudo aquilo que é negativo. Praticar a caridade e o amor para com o próximo é algo que se impõe nos dias de hoje, pela igualdade de direitos e oportunidades para todos os viajantes de passagem por este planeta. Somos seres divinos que, com as nossas capacidades algo limitadas, viemos à terra tal qual um menino vai à escola, para aprender o abc e assim mais tarde se conseguir inserir e vingar na sociedade. Auxiliar o nosso semelhante é algo que nos transmite paz, amor e um estado emocional bastante equilibrado, além de elevar a nossa vibração energética.

Irmãos e irmãs, quando lhes perguntam o que queriam para o mundo a maior parte de vocês responde: Paz, harmonia e Amor. Então, nesta época de mudança eu digo-lhes: Muda-te a ti próprio e verás, mas não podendo mudar o mundo sozinho, se todos mudarem passando a viver por esses ideais em detrimento do seu ego, então o mundo mudará também. Assim, vamos agir com o coração e união mostrando ao mundo que estamos aqui e que queremos o seu melhor. Vamos conjuntamente transmitir e reforçar a onda de amor que se estende por todo o mundo, criando assim um Mundo Novo. Tenham fé que nós vos apoiaremos nas vossas actividades altruístas em prol do semelhante.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:00
Link | Comentar | favorito
Quinta-feira, 23 de Setembro de 2010

Aos que Sofem… …Libertação…

Meus Semelhantes,

É a vocês, ó irmãos e irmãs em humanidade, a todos vocês a quem o fardo da vida tem curvado, a vocês a quem as ásperas lutas, os cuidados, as provas têm sobrecarregado, que lhes vou dedicar estas palavras. É com a intenção de lhes dar alento, fôlego e esperança na vida que vos dedico estas palavras. Humilde servo de luz na senda do progresso e verdade, coloco aqui a minha sabedoria, reflexões, conhecimento e esperanças em prol de uma humanidade melhor e do bem-estar supremo comum universal.

Humilde pioneiro da verdade e do progresso, coloco nelas a minha sabedoria e conhecimento em prol do meu semelhante, auxiliando-o na sua caminhada na Terra. Que possam encontrar nas minhas palavras os ensinamentos úteis para prosseguirem a vossa caminhada ou que sejam para vocês a luz ao fundo do túnel, servindo de orientação nos tão conturbados caminhos da humanidade.

Quem é que, nas horas de silêncio e recolhimento, nunca se questionou a natureza e o seu próprio coração, perguntando-lhes o segredo das coisas, o porquê da vida, a razão de ser do universo? Onde está aquele Ser que jamais procurou conhecer no seu destino, levantar o véu da morte e saber se Deus é uma ficção ou uma realidade? Não seria um ser humano, por mais descuidado que fosse, se nunca tivesse considerado alguns destes problemas.

A dificuldade de os resolver, a incoerência e a multiplicidade das teorias que têm sido feitas, as deploráveis consequências que decorrem da maior parte dos sistemas já divulgados, todo esse conjunto confuso, fatiga o espírito humano, tendo-os relegado à indiferença e ao cepticismo.

De facto o homem tem necessidade do saber, da luz que o esclareça, da esperança que o console, da certeza que o guie e sustente, ao longo da sua caminhada. Mas além disso necessita também de conhecer os meios para ver a verdade distanciando-se assim das trevas e preenchendo-o de luz, paz amor, harmonia e felicidade.

Para que tal seja possível, deverá desligar-se dos velhos paradigmas e sistemas preconcebidos, penetrando no mais profundo do seu Ser, conseguindo assim ouvir a sua voz interior que lhe transmite a mais pura verdade e essência (voz da razão e consciência). Ao fazerem isso vão meditar sobre os problemas da vida e da morte sondando os seus profundos abismos. Dirijam à Eterna Sabedoria um forte apelo e Ela lhes fala, como sempre responde a todos. Após haver duvidado, acreditei, após haver negado, vi. Então a paz, a confiança e a força moral desceram sobre mim. Estes são os bens que, na sinceridade do meu coração desejoso de ser útil aos meus semelhantes, venho oferecer àqueles que sofrem e se desesperam.

Jamais a necessidade de luz fez-se sentir de maneira tão imperiosa sobre a terra. Uma imensa transformação se opera no seio das sociedades. Depois de ter sido submetido, durante uma longa sequência de séculos, aos princípios da autoridade, o homem aspira cada vez mais à libertação de todos os entraves e dirigir a si próprio. Ao mesmo tempo em que as instituições políticas e sociais se modificam, as crenças religiosas e a fé nos dogmas se foi enfraquecendo. A liberdade, em todos os seus domínios, tende a substituir a coação e o autoritarismo guiando as nacções para novos horizontes. O direito de alguns torna-se o direito de todos; mas, para que esse direito soberano esteja em conformidade com a justiça e traga frutos, é preciso que o conhecimento das leis morais venha a regulamentar seu exercício. Para que a liberdade seja fertilizada, para que ofereça às acções humanas uma base certa e durável, deve ser complementada pela luz, pela sabedoria e pela verdade. A liberdade, para os homens ignorantes e viciosos, não seria mais que um instrumento que ia ferir aquele que o transportavam, como se de uma arma se tratasse.

Vejamos os exemplos que a natureza nos dá, onde uma colónia de formigas trabalha diariamente no sentido colectivo e não individual, como grande parte da humanidade ainda teima em fazer.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Estado de Espiríto: Feliz por partilhar com todos
Música: M80
Publicado por Viktor às 14:41
Link | Comentar | ver comentários (4) | favorito
Terça-feira, 13 de Julho de 2010

O Grande Engano

O nascimento do homem é o começo dos seus desgostos. Quanto mais tempo viver, mais estúpido se tornará, porque a ansiedade de evitar uma morte inevitável será cada vez mais aguda. Que amargura! Vive para aquilo que está sempre fora do seu alcance! A sua sede de sobrevivência no futuro torna-o incapaz de viver o presente.

Chuang Tzu

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Publicado por Viktor às 01:38
Link | Comentar | favorito
Terça-feira, 29 de Junho de 2010

Perdão vs Liberdade

Perdoem, conquistando assim a liberdade de servir.

Praticar o bem implica esquecer o mal.

No teu local de trabalho semeia a tolerância, para sanar perturbações vãs.

No lar difunde o entendimento para que as sombras não te perturbem o espírito.

Onde estejas tem sempre presente o amor incondicional, para que o auxílio dos outros contribua para a paz na tua vida.

A compreensão entre todos nós é imprescindível para não contribuirmos para uma teia de discórdia global.

A morte não é uma libertação simplesmente. Depois desta, muitos transportam consigo um cesto envenenado com o qual perturbam os melhores sonhos dos que ficam, fazendo com que estes conservem no seu coração um vulcão em constante erupção que destrói as esperanças de quem passa o portal do túmulo.

Não procures o inferno do ódio para a tua alma.

Entende e serve os outros, para que amanhã não tenhas desgostos oriundos de forças ocultas.

Colocar as reconciliações no percurso da morte é envenenar o próprio percurso de vida.

Desculpa sempre, não fomentando ambientes favoráveis a energias negativas.

Nem sempre somos as vitimas reais, pois por vezes impelimos o próximo a agir contra nós, que perante a justiça divina os incriminamos erroneamente.

Toda a intolerância é violência.

A dureza espiritual é uma crueldade.

Quase sempre a crítica corrói o bem-estar e harmonia.

Sabendo que vamos encontrar uma projecção nossa, conservemos a harmonia, o perdão e o amor, para que na devida altura possamos ser atendidos.

Saudações Holísticas

NAMASTÊ

Música: M80
Publicado por Viktor às 14:02
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Outubro de 2009

A Causa da Doença

Consoante a perspectiva do terapeuta, a doença resulta do desequilíbrio. O desequilíbrio resulta de você se ter esquecido de quem é. O esquecimento da própria identidade cria pensamentos e acções que conduzem a um estilo de vida insalubre e, consequentemente à doença. A doença, em si, é um sinal de que você está desequilibrado porque se esqueceu de quem é. Mensagem directa dirigida a você, diz-lhe não só que você está desequilibrado, mas também lhe mostra os passos que o/a levarão de volta ao seu verdadeiro Eu e à saúde. Essa informação é muito específica; basta-lhe saber chegar a ela.

Nessas condições, a doença pode ser compreendida como uma lição que você dá a si mesmo para ajudá-lo a lembrar-se de quem é, no seu caminho para a evolução espiritual. Você pensará imediatamente em todos os tipos de excepções a essa afirmativa. A maioria, porém, o restringirá a uma percepção da realidade que apenas incluí esse determinado período de vida e apenas a vida no corpo físico. Meu propósito, contudo, é mais transcendental. As afirmações supre citadas só serão compreendidas de modo total e saudável se você já admitir sua existência além das dimensões físicas do tempo e do espaço. Elas só podem ser consideradas afectuosas se também o incluírem como parte do todo e, por conseguinte, o todo. Baseiam-se na ideia de que a individuação e a totalidade são a mesma coisa. Isto é, a priori, o todo é constituído pelas partes individuais, e as partes individuais, portanto, não só são parte do todo, mas também, como um holograma, são o próprio todo.

Durante o meu processo de crescimento pessoal, ocorreram mudanças importantes que modificaram drasticamente minha maneira de trabalhar com as pessoas. Na primeira, comecei a receber orientação, durante as sessões, de mestres espirituais sobre o que fazer então para auxiliar quem está a receber Reiki o que fazer para lhe devolver a harmonia e bem-estar. Na segunda, a mais ampla visão sobre o universo que me foi dada, permite-me abordar as questões de outra forma ou seja de outro plano o que permite que através do diálogo induzido possa auxiliar a clarificação das mentes. A pouco e pouco, a minha prática passou da de um terapeuta para a de um curador e conselheiro espiritual.

A cura, a principio, tornou-se uma extensão da terapêutica e, logo, o núcleo central de toda a terapêutica, porque alcança todas as dimensões da alma e do corpo muito além das que a terapêutica simples é capaz de alcançar. Eu estava a curar a alma ou a transformar-me num canal para ajudar a alma a lembrar-se de quem é e para onde está a ser dirigida nos momentos em que se esquece de si e sai do caminho por culpa da doença. Esse trabalho é muito satisfatório, cheio de êxtase na experiência de energias superiores e seres angélicos que vêm auxiliar os processos de transmutação. Ao mesmo tempo, é estimulante enfrentar a dor de uma doença física terrível, que o terapeuta tem de experimentar, até certo ponto, se quiser curar, pois muitas vezes o terapeuta acaba por absorver momentaneamente a dor do paciente e, depois através de processos de limpeza liberta-se da mesma. Eu necessitava de me sujeitar a ver a tremenda energia e os desequilíbrios da alma com que vivem um sem-número de pessoas. A humanidade carrega consigo uma dor horrível, uma horrível solidão e um anseio profundo de liberdade. O trabalho do terapeuta é um trabalho de amor. O terapeuta chega a essas áreas dolorosas da alma e, delicadamente, redesperta a esperança. Redesperta suavemente a antiga lembrança da identidade da alma. Toca a centelha de Deus em cada célula do corpo e recorda-lhe mansamente que ela já é Deus e que, já sendo Deus, flui, inexorável, com a Vontade Universal, para a saúde e para a totalidade.

Fazer aconselhamento espiritual às pessoas é difícil, pois é um tema tabu para muitas pessoas e exige de nós um conhecimento aprofundado do plano espiritual e um coração diamante que irradie Amor Incondicional em todas as direcções, tal e qual como o Sol irradia a sua Luz e Calor, penetrando nos tecidos e alcançando as mais ínfimas células que em conjunto formam o corpo humano.

Saudações Estelares

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 03:32
Link | Comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 7 de Outubro de 2009

Astrologia Não

Da Gloriosa Plenitude da Luz e da Substância Omnipresente de Deus provém a abundância de todas as coisas.

O estudante que for suficientemente forte e firme para sustentar-se apenas com sua "Poderosa Presença EU SOU", nunca dividindo a Presença e o Poder de Deus um só instante, encontrar-se-á ascendendo constantemente para esta Poderosa Perfeição, e livre para sempre de toda a ideia ou reconhecimento de qualquer limitação.

A pessoa que se puder manter dentro desta Poderosa Presença, será muito feliz. Para benefício de algumas pessoas que, apesar de muito sinceras, estão av deixar, sem saber, que sua atenção se afaste desta Presença Íntegra, desejo expor alguns fatos, sem qualquer intenção de me imiscuir no livre-arbítrio de cada um. Os documentos que citarei estão em nosso poder e cobrem estes últimos cem anos.

Desejo falar-vos hoje sobre a ilusão da astrologia. Nenhum ser vivo poderá dedicar-se à astrologia e, ao mesmo tempo, entrar na Presença do "EU SOU" e lá ficar. Por trás da prática actual da astrologia, está o desejo humano e a oportunidade de justificar e gratificar os desejos externos. Deixai-me expor um fato aterrador que está nos nossos arquivos: "Não há coisa alguma, nem fase de estudo que tenha causado mais fracassos e mais crimes indirectos do que á fraude causada pela astrologia de hoje."

Em anos recentes existiu, na cidade de Chicago, um brilhante estudante de metafísica que, aceitando conscientemente o engano de seu horóscopo, foi impulsionado ao suicídio.

O que a humanidade mais necessita, e os estudantes acima de tudo, é da rocha firme que é a "Consciência da Poderosa Presença "EU SOU", sobre a qual permanecerão a salvo e livres dos abismos que constituem as maquinações externas. Os estudantes não necessitam saber dos decretos negativos de uma morte em perspectiva, nem da chamada má sorte do destino; só devem dar crédito à Invencível Presença EU SOU que preenche tudo, que é a única e toda vida de nosso Ser e para onde nosso coração precisa ser dirigido e lá mantido firmemente.

Na Presença "EU SOU" não há altura que o estudante não possa alcançar, mas se permitir que a sua atenção se detenha em astrologia, numerologia e as muitas "lógias" de hoje, não haverá abismo em que não possa cair.

O emprego actual da astrologia não se parece em nada com o emprego que tinha séculos atrás. Naquela época, não transmitia declarações negativas de qualquer espécie. O grande mal ao fixar a atenção na astrologia é que os estudantes aceitam as declarações negativas muito mais do que eles próprios admitem. A força sinistra negativa gerada no mundo pela humanidade, sempre se vale de coisas como estas para obter e prender a atenção, especialmente do estudante que está progredindo, e assim mantê-lo naquilo que o faça descer em vez de o elevar.

Onde há um horóscopo que indica a morte de alguém, várias mentes se fixam nessa ideia e indirectamente se comete um verdadeiro crime tão subtil que os indivíduos se horrorizariam se lhes fosse demonstrado que tiveram alguma participação nele. Porém, esta é a Verdade. Se pudésseis ver, por um dia, do grande Ponto de Vista Interno, a força destruidora gerada e usada através do emprego que hoje se faz da astrologia, fugiríeis dela como de uma víbora venenosa que espera para vos atacar e introduzir o veneno em vossas veias.

Eu vos digo, amados estudantes, em nome de vossa Luz e do vosso progresso, permanecei dentro de vossa Presença "EU SOU". Não deixeis que vossa atenção seja desviada ou dividida por nenhuma coisa externa, se desejais evitar a roda da reencarnação indefinidamente.

Do Grande Amor de Meu coração - crendo e sabendo do Ponto de Vista Interno, ao qual vós não tendes acesso ainda - Eu vos aconselho evitar tudo o que tenha sabor a uma expressão ou condição negativa. Então, ascendereis nas Asas de Vossa "Poderosa Presença EU SOU", para a liberdade e bênção da Eterna Perfeita e Ilimitada Luz. Como disse, não desejo me imiscuir em vosso livre-arbítrio, porém, as Portas da Liberdade Eterna estão abertas diante de vós, se acreditais na verdade que Eu vos tenho manifestado e que vos ajudará a entrar por essas Portas e receber a Bênção Eterna da Luz que está à espera para envolver-vos.

Se há condições em vossa vida, lar, meio ambiente, das quais vos quereis livrar, ordenai, através da "Presença EU SOU", que estas condições sejam dissolvidas e consumidas ante Sua Poderosa Luz e Poder.

Amado estudante, que vos encontrais sob esta radiação, não voltaremos a tratar deste assunto novamente. Possa a "Presença EU SOU" dentro de vós, tomar-vos capazes de ver a Luz e a Verdade do que vos digo.

Vi, dentro de vós, a Luz Gloriosa que pode ser acelerada a uma Radiação Deslumbrante, que vos permitirá expressar a Perfeição. Por isso ofereci Minha humilde assistência, por Minha própria vontade, porém, se a personalidade persistir em deixar que a atenção se coloque em qualquer coisa que não seja a Poderosa Presença "EU SOU" - que Eu sei ser a mais poderosa e a única Presença -Transmutadora capaz de resolver todos os problemas - então, os Meus humildes esforços terão sido em vão.

Eu vos asseguro Meus queridos, que chegastes a um ponto no qual deveis ir para cima ou para baixo. Com vossa atenção determinada e firmemente mantida constantemente na "Poderosa Presença EU SOU", não há condição, força ou presença na Terra e no Céu que possa impedir a realização maravilhosa e gloriosa da Eterna Liberdade e Perfeição.

Se não tendes dentro de vós o sentimento que vos fala sobre o Grande Amor Divino que Me capacita a vos expressar esta Verdade para vossa Protecção, então teremos que esperar o momento em que esta Verdade apareça dentro de vós.

                                        Fonte: Livro de Ouro de Saint Germain
Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:03
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 16 de Junho de 2009

Na Terra

Na Terra, Deus nos concede o corpo, através de pais amigos.

Cada um de nós se lhe faz o inquilino temporário, em regime de responsabilidade.

Deus nos proporciona a riqueza das horas pela contabilidade do Tempo.

Cada criatura, em momento oportuno, apresentará o relatório dos próprios dias.

Deus nos oferta os laços afectivos pelos princípios da afinidade.

Podemos valorizá-los ou não, conforme o nosso próprio arbítrio.

Deus nos cede a propriedade, por intermédio das leis organizadas pelos próprios humanos.

Daremos conta do usufruto respectivo.

Deus nos oferece as sementes pelos recursos da Natureza.

Plantio e colheita são sempre de nossa escolha.

Deus nos confia o dinheiro, através do trabalho ou da generosidade alheia.

Somos responsáveis pela aplicação da finança que nos seja creditada.

Deus nos habilita para a eficiência com máquinas diversas, por meio da própria inteligência humana.

Compete a nós outros a programação e a condução delas.

Em suma, toda criação e doação das vantagens de que dispomos procedem de Deus.

Entretanto, é justo reconhecer que todos os êxitos e problemas da utilização pertencem a nós.

Espírito: ANDRÉ LUIZ

Médium: Francisco Cândido Xavier

Livro: “Passos da vida

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 08:57
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Oração da Criança ao Homem

Edificaste um mundo novo, em que me veja num futuro melhor.

Auxilia-me a ter alegria dentro dele.

Deste-me liberdade.

Ensina-me a ser livre, sendo feliz.

Colocaste-me no centro da cultura, com acesso às mais avançadas experiências.

Guia-me os passos para que não me sinta em desequilíbrio e para que o desequilíbrio não me enlouqueça.

Dizes que me defendes.

Não me recuses os benefícios da escola e do trabalho e nem me induzas a qualquer ideia de ódio e separação.

Inventastes estradas nos céus.

Ajuda-me a construir caminhos em que possa fazer o meu encontro com os semelhantes, no clima da compreensão e da paz.

Criaste máquinas preciosas para meu reconforto.

Ensina-me a dirigi-las com amor e responsabilidade para que elas não me esmaguem.

Desenvolveste o progresso e levantaste a grandeza material em todos os recantos da Terra, e agradeço-te por tudo - a ti que me acolhes com tanto carinho e com tanto amor - mas peço, com todas as forças de meu coração para que não me afastes de Deus.

Espírito: MEIMEI

Médium: Francisco Cândido Xavier

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 12:11
Link | Comentar | favorito
Sexta-feira, 17 de Abril de 2009

Progressão dos Espíritos

Os Espíritos são bons ou maus por natureza, ou são eles mesmos que se melhoram?

“São os próprios Espíritos que se melhoram e, melhorando-se, passam de uma ordem inferior para outra mais elevada.”

Dos Espíritos, uns terão sido criados bons e outros maus?

“Deus criou todos os Espíritos simples e ignorantes, isto é, sem saber. A cada um deu determinada missão, com o fim de esclarecê-los e de os fazer chegar progressivamente à perfeição, pelo conhecimento da verdade, para aproximá-los de si. Nesta perfeição é que neles encontram a pura e eterna felicidade. Passando pelas provas que Deus lhes impõe é que os Espíritos adquirem aquele conhecimento. Uns aceitam submissos essas provas e chegam mais depressa à meta que lhes foi assinada. Outros só a suportam murmurando e, pela falta em que desse modo incorrem, permanecem afastados da perfeição e da prometida felicidade.”

a) - Segundo o que acabais de dizer, os Espíritos, em sua origem, seriam como as crianças, ignorantes e inexperientes, só adquirindo pouco a pouco os conhecimentos de

que carecem com o percorrerem as diferentes fases da vida?

“Sim, a comparação é boa. A criança rebelde se conserva ignorante e imperfeita. Seu

aproveitamento depende da sua maior ou menor docilidade. Mas, a vida do homem tem

termo, ao passo que a dos Espíritos se prolonga ao infinito.”

Haverá Espíritos que se conservem eternamente nas ordens inferiores?

“Não; todos se tornarão perfeitos. Mudam de ordem, mas demoradamente, porquanto, como já doutra vez dissemos, um pai justo e misericordioso não pode banir seus filhos para sempre. Pretenderias que Deus, tão grande, tão bom, tão justo, fosse pior do que vós mesmos?”

Depende dos Espíritos o progredirem mais ou menos rapidamente para a perfeição?

“Certamente. Eles a alcançam mais ou menos rápido, conforme o desejo que têm de alcançá-la e a submissão que testemunham à vontade de Deus. Uma criança dócil não se instrui mais depressa do que outra recalcitrante?”

Podem os Espíritos degenerar?

“Não; à medida que avançam, compreendem o que os distanciava da perfeição.

Concluindo uma prova, o Espírito fica com a ciência que daí lhe veio e não a esquece. Pode permanecer estacionário, mas não retrógrada.”

Não podia Deus isentar os Espíritos das provas que lhes cumpre sofrer para chegarem à primeira ordem?

“Se Deus os houvesse criado perfeitos, nenhum mérito teriam para gozar dos benefícios dessa perfeição. Onde estaria o merecimento sem a luta? Demais, a desigualdade entre eles existente é necessária às suas personalidades. Acresce ainda que as missões que desempenham nos diferentes graus da escala estão nos desígnios da Providência, para a harmonia do Universo.”

Pois que, na vida social, todos os homens podem chegar às mais altas funções, seria o caso de perguntar-se por que o soberano de um país não faz de cada um de seus soldados um general; por que todos os empregados subalternos não são funcionários superiores; por que todos os colegiais não são mestres. Ora, entre a vida social e a espiritual há esta diferença: enquanto que a primeira é limitada e nem sempre permite que o homem suba todos os seus degraus, a segunda é indefinida e a todos oferece a possibilidade de se elevarem ao grau supremo.

Todos os Espíritos passam pela fieira do mal para chegar ao bem?

“Pela fieira do mal, não; pela fieira da ignorância.”

Por que é que alguns Espíritos seguiram o caminho do bem e outros o do mal?

“Não têm eles o livre-arbítrio? Deus não os criou maus; criou-os simples e ignorantes, isto é, tendo tanta aptidão para o bem quanta para o mal. Os que são maus, assim se tornaram por vontade própria.”

Como podem os Espíritos, em sua origem, quando ainda não têm consciência de si mesmos, gozar da liberdade de escolha entre o bem e o mal? Há neles algum princípio, qualquer tendência que os encaminhe para uma senda de preferência a outra?

“O livre-arbítrio se desenvolve à medida que o Espírito adquire a consciência de si mesmo. Já não haveria liberdade, desde que a escolha fosse determinada por uma 98 causa independente da vontade do Espírito. A causa não está nele, está fora dele, nas influências a que cede em virtude da sua livre vontade. É o que se contém na grande figura emblemática da queda do homem e do pecado original: uns cederam à tentação, outros resistiram.”

Donde vêm as influências que sobre ele se exercem?

“Dos Espíritos imperfeitos, que procuram apoderar-se dele, dominá-lo, e que rejubilam com o fazê-lo sucumbir. Foi isso o que se intentou simbolizar na figura de Satanás.”

b) Tal influência só se exerce sobre o Espírito em sua origem?

“Acompanha-o na sua vida de Espírito, até que haja conseguido tanto império sobre si mesmo, que os maus desistem de obsidiá-lo.”

Por que há Deus permitido que os Espíritos possam tomar o caminho do mal?

“Como ousais pedir a Deus contas de Seus actos? Supondes poder penetrar-lhe os desígnios? Podeis, todavia, dizer o seguinte: A sabedoria de Deus está na liberdade de escolher que Ele deixa a cada um, porquanto, assim, cada um tem o mérito de suas obras.”

Pois que há Espíritos que desde o princípio seguem o caminho do bem absoluto e outros o do mal absoluto, deve haver, sem dúvida, gradações entre esses dois extremos. não?

“Sim, certamente, e os que se acham nos graus intermediários constituem a maioria.”

Os Espíritos que enveredaram pela senda do mal poderão chegar ao mesmo grau de superioridade que os outros?

“Sim; mas as eternidades lhes serão mais longas.”

Por estas palavras - as eternidades - se deve entender a ideia que os Espíritos inferiores fazem da perpetuidade de seus sofrimentos, cujo termo não lhes é dado ver, ideia que revive todas as vezes que sucumbem numa prova.

Chegados ao grau supremo da perfeição, os Espíritos que andaram pelo caminho do mal têm, aos olhos de Deus, menos mérito do que os outros?

“Deus olha de igual maneira para os que se transviaram e para os outros e a todos ama com o mesmo coração. Aqueles são chamados maus, porque sucumbiram. Antes, não eram mais que simples Espíritos.”

Os Espíritos são criados iguais quanto às faculdades intelectuais?

“São criados iguais, porém, não sabendo donde vêm, preciso é que o livre-arbítrio siga seu curso. Eles progridem mais ou menos rapidamente em inteligência como em moralidade.”

Os espíritos que desde o princípio seguem o caminho do bem nem por isso são Espíritos perfeitos. Não têm, é certo, maus pendores, mas precisam adquirir a experiência e os conhecimentos indispensáveis para alcançar a perfeição. Podemos compará-los a crianças que, seja qual for a bondade de seus instintos naturais, necessitam de se desenvolver e esclarecer e que não passam, sem transição, da infância à madureza.

Simplesmente, assim como há homens que são bons e outros que são maus desde a infância, também há Espíritos que são bons ou maus desde a origem, com a diferença capital de que a criança tem instintos já inteiramente formados, enquanto que o Espírito, ao formar-se, não é nem bom, nem mau; tem todas as tendências e toma uma ou outra direcção, por efeito do seu livre-arbítrio.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:23
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Quarta-feira, 1 de Abril de 2009

Somos as Mãos de Deus...

Onde está Deus? Porque é que por vezes pensamos que nos abandonou? Isso não corresponde à verdade pois ele está sempre presente em qualquer lugar na mais ínfima partícula das coisas. Deus está presente e manifesta-se perto de nós através das mãos, pois uma mão que nos toca, acalma, protege, conquista, atrai, cativa e consola é algo poderoso que está ao nosso alcance. O nosso sentido do tacto é a primeira coisa que aparece após o nascimento e a última a desaparecer em qualquer ser humano. O toque é uma forma de comunicação muito íntima e energética. Tocar e ser tocado é um ritual mágico que encerra em si segredos ocultos difíceis de revelar ao ser humano. As próprias histórias de Amor e Paixão estão repletas de fenómenos provocados pelas mãos no percurso das paisagens corporais de ambos. A mão encontra a sua própria realização no momento em que se torna útil no auxílio ao semelhante através do toque. Mãos que amam são mãos que curam. As nossas vivências evidenciadas pelas mãos no toque ou cumprimento evidenciam o seu percurso e experiência àqueles que tocamos. As mãos de cada um de nós detêm um determinado poder que varia consoante a sua idade, sexo, classe social e acima de tudo do poder interior de cada um. As formas como as pessoas se tocam varia consoante o relacionamento entre as mesmas e consoante a forma de cada um amar. O toque pode ser utilizado para: chamar, cumprimentar, acolher, libertar, consolar, acalmar, aliviar, tratar, seduzir, implorar, transformar, sentir, saber, falar, ouvir, ver e provar. O toque tem um poder tal que chega a anular a impotência das palavras que não conquistam. O que se sente ao tocar nem sempre é aquilo que estava-mos à espera, mas a verdadeira sabedoria predomina no deleite único de cada toque. Através do toque eu transmito o que sinto e a outra pessoa dá-me a conhecer o que sente simultaneamente. Assim, sendo o toque um gesto de carinho, amor, compaixão e consolador, é aí que Deus manifesta a sua divindade para com a sua criação. Sente nas mãos do teu semelhante um gesto de Deus.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:38
Link | Comentar | favorito
Sábado, 7 de Março de 2009

Tratamento à distância…

A interferência ou cura de outra pessoa quando não solicitada é uma interferência nos compromissos kármicos, uma invasão na privacidade e na vida cósmica de cada pessoa. É obrigatoriamente necessário ter sempre a permissão de quem recebe o REIKI. Essa autorização deve ser solicitada mentalmente, através da conexão com o EU SUPERIOR da pessoa que irá receber a energia, bem como por parte da própria pessoa. O pedido mental reporta-se apenas aos casos em que estamos ligados fortemente com a pessoa a ser tratada, como parentes e amigos.

A experiência diz-me que quando enviamos REIKI à distancia para pessoas que estão a passar pelo processo do desencarne (morte), qualquer situação menos boa ou mão resolvida, entre nós e essa pessoa será resolvida.

O envio de REIKI à distancia é de grande utilidade quando o contacto directo pode ser doloroso, quando há risco de contágio para o REIKIANO ou de infecção para o receptor e quando por força das circunstâncias da vida não pode ser presencial; também nos animais quando estão violentos, ou o acesso seja muito difícil.

No envio à distancia o REIKIANO deve concentrar-se sempre a sua atenção e consciência na aplicação, observando e sentindo as ocorrências no decorrer da mesma. É necessário porque durante a aplicação forma-se um Elo de ligação com a pessoa a quem se envia a energia vital. Desperta uma conexão com todos os níveis energéticos, irradiando-se a energia do 70 ao 10 nível.

É conveniente que sempre que possível, seja combinada a hora mais adequada para o envio, pois algumas pessoas costumam ficar sonolentas ou até dormirem, perdem reflexos e a coordenação motora, sentirem calor, calafrios e pressão na cabeça, isso momentaneamente enquanto está a receber.

Um grupo de REIKIANOS irradiando energia em conjunto faz com que o REIKI se eleve potencialmente, fazendo com que em grupo os resultados sejam superiores à soma das energias individuais.

Para o envio de energia à distancia, é necessário um ambiente tranquilo e sem interrupções.

Quanto à postura a adoptar não se deve cruzar as pernas e braços, e libertar o corpo de tenções.

É importante a visualização do rosto e o nome do receptor; se não o conhecer use uma fotografia para facilitar a visualização; se isso não for possível, use o nome completo e a data de nascimento.

Podemos enviar REIKI à distancia a áreas de difícil acesso no nosso corpo, como a coluna. Para isso, deve visualizar a área entre as nossas mãos.

O envio de energia a uma pessoa que esta no mesmo ambiente, além de no outro lado da sala já ser considerada uma distancia para estarmos fora do nosso campo áurico. Nessa modalidade de cura, a energia primeiro actua no campo áurico e depois no físico.

No REIKI existem diversos métodos ou técnicas de envio à distancia conforme já aqui tenho explicado no blogue. Este tipo de envios são feitos por REIKIANOS de nível 2 ou superior, não havendo distâncias impossíveis de ser superadas.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Estado de Espiríto: Bem por poder ajudar...
Música: Buddhish Meditation Music - Zen Garden
Publicado por Viktor às 16:19
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão do dia…

. Palavras, e o resto?

. Atitudes...

. Conversas com a Alma *Lib...

. Perdidos… Sós… Tresmalhad...

. Aos que Sofem… …Libertaçã...

. O Grande Engano

. Perdão vs Liberdade

. A Causa da Doença

. Astrologia Não

. Na Terra

. Oração da Criança ao Home...

. Progressão dos Espíritos

. Somos as Mãos de Deus...

. Tratamento à distância…

. AMOR LIVRE

. A MELANCOLIA

. MELINDRES

. DEVER E LIBERDADE

. PERDÃO E LIBERDADE

. Amor e Liberdade - Valore...

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007