.Já em Agenda

*Cursos de Reiki e Karuna de Todos os níveis*-*Workshop's de Técnicas de Reiki*
Segunda-feira, 31 de Agosto de 2009

Reflexão do dia

O

 universo está a passar por tempos algo conturbados relacionados com a evolução da espécie humana. Estão a chegar ao planeta Terra Frequências Vibracionais de altos níveis e quando a Esmeralda de Cristal for activada no Portal 9-9-9, grandes e rápidas mudanças nas consciências das pessoas vão ocorrer em todo o planeta.

Estas mudanças são mais do que necessárias no meu ponto de vista, pois nos dias que correm muitas pessoas (espíritos encarnados) vivem muito agarrados aos prazeres da vida terrena o que os faz estar cada vez mais distantes da origem (Deus). Digo origem porque dentro de cada um de nós e até mesmo de cada uma das nossas células, está um pouco Dele, o Divino criador da humanidade. Quando as pessoas me procuram vêm pelos mais variados motivos (stress, fobias, depressões, ansiedade, problemas emocionais, etc…). A partir do momento em que as pessoas através do Reiki começam a ser ajudadas têm uma melhoria nos níveis físico, emocional, mental e espiritual. Nalguns casos pode também, com o decorrer do tempo, sofrer alterações de personalidade positivas, através do despertar da sua verdadeira essência interior, o seu EU. Como é óbvio, este tipo de alterações reproduz efeitos no comportamento da pessoa perante os outros, principalmente quando estes lhe são mais chegados (esposa, esposo, filho, filha, pai, mãe, pai), tanto aqueles com que vive como os que se encontram mais afastados. Quando as pessoas começam a despertar o seu Eu, a sua verdadeira essência, passam por um processo onde imensas perguntas lhe surgem na mente e a descoberta de facetas interiores permitem que se consciencialize que na verdade algumas das atitudes que até então tomava não eram as mais correctas nem estavam em harmonia com a sua verdadeira essência.

Em jeito de conclusão termino lançando um apelo a todos os familiares de pessoas que andam a ser acompanhadas/tratadas através do Reiki. Aceitem as pessoas e as mudanças nas mesmas, pois ninguém é dono de ninguém e cada um tem o seu livre arbítrio, por isso respeitem as alterações positivas das pessoas.

Saudações Reikianas

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:16
Link | Comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 3 de Fevereiro de 2009

Doenças...

Os nossos desejos são como o fogo, quanto mais alimentamos mais brilha a sua chama. Desde que os desejos não possam sempre ser satisfeitos, a frustração, a raiva e o ressentimento estabelece-se.

A doença é a resposta da Mãe Natureza aos nossos incansáveis esforços para a destruição e indulgência. A doença é a maneira que a Natureza tem para nos acalmar. Na sua compaixão, ela avisa-nos primeiro, com problemas de saúde brandos, de que estamos a caminhar para um precipício. Quando teimosamente, recusamos ouvir então somos atacados por estados de doença mais agravados.

A saúde, ao contrário, é uma feliz jornada de volta à harmonia. Desejos, possessões materiais, gratificação dos sentidos, são vistos na perspectiva própria. Amor, fé, compaixão, partilha e carinho, ocupam o lugar das emoções negativas. Isto coloca-nos em contacto com nosso Guia Interior. Se estamos a ouvir, se estamos harmonizados, o Guia Interior nos guiará.

Portanto, a doença, tem um importante papel na nossa vida, sendo no nível físico, emocional, mental ou espiritual. Quando ela aparece, antes de a pensar terminar, devemo-nos interiorizar e procurar a consciência da sua origem.

Tomemos o exemplo de uma dor de cabeça. Quando a sente, vai ao armário e toma um comprimido para a eliminar e, na maior parte das vezes, isso basta para que seja eliminada. Óptimo, porém o que fez, nada mais foi do que mascará-la, pois brevemente, ela voltará, pois a dor de cabeça nada mais era do que um sintoma, não uma doença. Você só obterá um resultado efectivo, combatendo a causa da dor de cabeça e para isso, deverá consciencializar-se da origem da dor, que muitas vezes, não está no nosso corpo físico, mas sim no emocional, mental ou espiritual. Quando temos consciência da origem, podemos trabalhar na sua resolução. Podemos modificar o que nos está a prejudicar, e consequentemente eliminar a doença.

Por isso é necessário que faça-mos parte do processo de cura. Só assim crescemos. Tudo o que passamos, tem uma razão de ser. As nossas dificuldades projectam a nossa evolução. Porém é necessário absorver os ensinamentos que elas descortinam. E cada dificuldade que superamos, torna-nos mais fortes e preparados para que, quando tivermos que enfrentar algo semelhante não nos atrapalhemos.

Muitas pessoas pensam que, quando entra no caminho espiritual, ou entra em contacto com alguma técnica de equilíbrio, harmonização ou cura, que não mais passará por nenhuma dificuldade, ou não se voltará a adoecer. Porém, isso não é verdade. O que acontece, é que passa a ter uma percepção diferente de todas essas coisas. Os seus valores começam a transformar-se. Começa a valorizar o que realmente é valioso e passa a confiar em tudo o que lhe for necessário e seja do seu merecimento, no momento certo, será conquistado. Desta forma, você liberta-se da ansiedade, pois pode focalizar apenas o presente, sem remoer o passado, ou perder tempo com aspirações para o futuro. Concentrando toda a sua energia no momento presente, cada momento será um momento de alegria, independente desse momento ser feliz ou não. O seu espírito será livre para aproveitar intensamente esse momento. Absorvendo tudo o que ele lhe proporciona. Festejando a felicidade ou aprendendo com a dor. Cada experiência da nossa vida tem o seu potencial positivo, tudo depende da nossa intenção e da nossa entrega. Nós podemos transformar qualquer situação, mas para isso é necessário que sejamos conscientes.

Saudações Reikianas.

NAMASTÉ

Publicado por Viktor às 09:31
Link | Comentar | favorito
Quarta-feira, 3 de Outubro de 2007

AMOR LIVRE

Pergunta: Qual das duas, a poligamia ou a monogamia é mais conforme à lei da Natureza?

Resposta: A poligamia é lei humana cuja abolição marca Progresso social. O casamento segundo as vistas de Deus tem que se fundar na afeição dos seres que se unem. Na poligamia, não há afeição real: há apenas sensualidade. Item n° 701, de "O livro dos Espíritos".

Comenta-se a possibilidade de legalização das relações sexuais livres, como se fora justo escolher companhias para a satisfação do impulso genésico, qual se apontam iguarias ou vitaminas mais desejáveis numa hospedaria. Relações sexuais, no entanto, envolvem responsabilidade. Homem ou mulher, adquirindo parceira ou parceiro para a conjunção afectiva, não conseguirá, sem dano a si mesmo, tão-somente pensar em si. Referentemente ao assunto, não se trata exclusivamente da ligação em base do matrimónio legalmente constituído. Se os parceiros da união sexual possuem deveres a observar entre si, à face de preceitos humanos, voluntariamente aceitos, no plano das chamadas ligações extralegais acham-se igualmente submetidos aos princípios das Leis Divinas que regem a Natureza. Cada Espírito detém consigo o seu íntimo santuário, erguido ao amor, e Espírito algum acabará com o "lugar sagrado" de outro Espírito, sem lesar a si mesmo. Conferir pretensa legitimidade às relações sexuais irresponsáveis seria tratar "consciências" qual se fossem "coisas", e se as próprias coisas, na condição de objectos, reclamam respeito, que se dirá do acatamento devido à consciência de cada um? É óbvio que ninguém se lembrará, em são juízo, de recomendar escravidão às criaturas claramente abandonadas ou espezinhadas pelos próprios companheiros ou companheiras a que se entregaram, confiantes; isso, no entanto, não autoriza ninguém a estabelecer liberdade indiscriminada para as relações sexuais que resultariam unicamente em licença ou devassidão. Instituído o ajuste afectivo entre duas pessoas, levanta-se, concomitantemente, entre elas, o impositivo do respeito à fidelidade natural, ante os compromissos abraçados, seja para a formação do lar e da família ou seja para a constituição de obras ou valores do espírito. Desfeitos os votos articulados em dupla, claro que a ruptura corre à conta daquele ou daquela que a empreendeu, com o aceite compulsório das consequências que advenham de semelhante resolução. Toda sementeira se acompanha de colheita, conforme a espécie. É razoável nos lembremos disso, porquanto o autor ou autora da defecção havida, ante os princípios de causa e efeito, é considerado violador de almas, assumindo com as vítimas a obrigação de restaurá-las, até o ponto em que as injuriou ou prejudicou, ainda mesmo quando na conceituarão incompleta do mundo essas criaturas tenham sido encontradas supostamente já prejudicadas ou injuriadas por alguém. O diamante no lodo não deixa de ser diamante, sem perder o valor que lhe é próprio, diante da vida. A criatura em sofrimento não deixa de ser criação de Deus, sem perder a imortalidade que lhe é própria, à frente do Universo. Que a tentação de retorno dos sistemas poligâmicos pode ocorrer habitualmente com qualquer pessoa, na Terra, é mais que natural - é justo. Em circunstâncias numerosas, o pretérito pode estar vivo nos mecanismos mais profundos de nossas inclinações e tendências. Entretanto, os deveres assumidos, no campo do amor, ante a luz do presente, devem prevalecer, acima de quaisquer anseios inoportunos, de vez que o compromisso cria leis no coração e não se danificarão os sentimentos alheios sem resultados correspondentes na própria vida. Observem-se, nos capítulos do sexo, os desígnios superiores da Infinita Sabedoria que nos orienta os destinos e, nesse sentido, urge considerar que a Vontade de Deus, na essência, é o dever em sua mais alta expressão traçado para cada um de nós, no tempo chamado "hoje". E se o "hoje" jaz vincado de complicações e problemas, a reportarem do "ontem", depende de nós a harmonia ou o desequilíbrio do "amanhã".

Emmanuel

Publicado por Viktor às 08:35
Link | Comentar | favorito
::: GUESTBOOK :::

.Autor do Livro "Partilhas de um Ser"

.Eu

.Local/Contacto:

«Albufeira, Estremoz e Guarda». Cursos, Palestras, Partilhas & Workshop's. Tlm: 962856134 mail: mestreviktor@gmail.com Fundador do Projecto Social "REIsocialKI®" & Autor do Livro: "Partilhas de um Ser" - APR

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.subscrever feeds

.Dezembro 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.LINKs

.posts recentes

. Reflexão do dia

. Doenças...

. AMOR LIVRE

.Arquivos

. Dezembro 2018

. Outubro 2018

. Setembro 2018

. Julho 2018

. Outubro 2017

. Maio 2017

. Abril 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Novembro 2016

. Outubro 2016

. Agosto 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Março 2016

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007